VW Nivus vs Hyundai Creta: veja onde cada um é melhor

Volkswagen Nivus 2021 4
Volkswagen Nivus

A disputa hoje será entre dois dos SUVs mais vendidos do país: Volkswagen Nivus e Hyundai Creta.

Juntos, eles somaram quase 118 mil unidades apenas em 2023, mostrando sua força em nosso mercado.

Além disso, os dois preparam novidades importantes para esse ano, o que deve apimentar ainda mais essa disputa.

Mas quem é o melhor atualmente? Em quais quesitos eles se destacam e onde podem melhorar?

Confira!

volkswagen nivus avaliação na 3
volkswagen nivus avaliação na 3

Linha menor e preços mais baixos

A linha do Nivus 2024 é bem menor que seu rival, oferecendo apenas duas versões. Além disso, o conjunto formado pelo motor e câmbio também não muda, pelo menos até a chegada do futuro Nivus GTS, que terá motor 1.4 TSI.

Por enquanto, a gama começa na versão Comfortline, que sai por R$ 132,4 mil e usa o propulsor 1.0 TSI. Acima dessa opção temos a configuração Highline, com o mesmo motor, mas com uma lista de equipamentos maior.

Aliás, ele realmente precisa caprichar nos itens de série, pois custa R$ 17 mil a mais que a versão de entrada. Levando em conta que a opção abaixo já é bem equipada e ambos usam o mesmo motor, a Volkswagen precisa justificar isso de alguma forma.

Confira os preços do Nivus 2024:

  • Nivus Comfortline 200 TSI AT – R$ 132.390
  • Nivus Highline 200 TSI AT – R$ 149.390
creta 2024
creta 2024

Como já destacamos em outros comparativos envolvendo o Creta 2024, sua linha está entre as maiores entre todos os SUVs vendidos por aqui. Se isso é algo positivo ou não, depende do ponto de vista.

Tudo começa com a geração anterior, que segue sendo vendida por um pouco menos de R$ 120 mil na versão Action. Para entrar na gama do modelo atual, o preço pula para quase R$ 138 mil, um belo salto.

Esse é o preço da opção Comfort Plus, que usa o motor 1.0 turbo. Com o mesmo conjunto mecânico ainda temos as versões Limited Safety (R$ 150 mil), Platinum Safety (na casa dos R$ 160 mil) e a esportiva N Line, por salgados R$ 176,2 mil.

Finalmente, o Creta ainda conta com a opção topo de linha Ultimate, que vem com motor 2.0 aspirado e tem o opcional do teto solar, fazendo seu preço girar em torno dos R$ 180 mil.

E se você achou muita coisa, vale lembrar que a gama do Hyundai era ainda maior no mês passado, quando também tinha as versões Comfort e Limited (sem os atuais sobrenomes). A marca decidiu descontinuá-las por terem preços muito próximos das configurações atuais.

De qualquer forma, o Nivus leva a melhor se olharmos apenas o quesito preço, pois tem uma linha mais enxuta e com preços mais atrativos. Isso, é claro, desconsiderando o Creta 1.6 de geração anterior.

Veja quanto custa cada versão do Creta 2024:

  • Creta Action 1.6 AT – R$ 119.990 (geração anterior)
  • Creta Comfort Plus 1.0 Turbo AT – R$ 137.990
  • Creta Limited Safety 1.0 Turbo AT – R$ 149.990
  • Creta Platinum Safety 1.0 Turbo AT – R$ 160.990
  • Creta Platinum 1.0 Turbo AT + teto solar – R$ 165.590
  • Creta Platinum Safety 1.0 Turbo AT + teto solar –  R$ 167.690
  • Creta N Line 1.0 Turbo AT – R$ 176.190
  • Creta Ultimate 2.0 AT – R$ 179.390
  • Creta Ultimate 2.0 AT + teto solar – R$ 181.990

VENCEDOR: Nivus.

volkswagen nivus avaliação na 23
volkswagen nivus avaliação na 23

Bem equipado de série

Focando apenas nos preços, o modelo da VW parece ser mais vantajoso. Mas será que isso se repete se analisarmos o que cada versão oferece em termos de conforto, tecnologia e segurança?

Para descobrir a resposta, vamos pensar apenas no Creta atual, pois a geração anterior está defasada em termos de equipamentos, visual e motorização. Nesse caso, os preços iniciais dos rivais são bem parecidos.

Colocando lado a lado o Nivus Comfortline (R$ 132.390) e o Creta Comfort Plus (R$ 137.990), ambos com motor 1.0 turbo, já começamos a ter uma noção sobre qual deles tem o pacote mais generoso.

Ambos oferecem 6 airbags, câmera de ré, controle de tração e estabilidade, assistente em rampa, alerta de pressão dos pneus, sensor de estacionamento, A/C, rodas aro 16, start/stop e multimídia com Android Auto e Apple CarPlay.

Mas apenas o Nivus tem ACC, carregador sem fio, faróis e lanternas em LED, alerta de colisão frontal com frenagem de emergência , A/C com saída traseira e painel digital de 8″, enquanto o Creta oferece apenas faróis com acendimento automático como diferencial.

Outro exemplo da superioridade do Volkswagen nesse ponto aparece no comparativo entre o Nivus Highline (R$ 149.390) e o Creta Limited Safety (R$ 149.990), que tem preços ainda mais próximos.

hyundai creta platinum 2022 avaliacao na 23
hyundai creta platinum 2022 avaliacao na 23

Em relação às versões anteriores, eles ganham rodas aro 17, faróis de neblina, indicador de fadiga, A/C automático, retrovisores com rebatimento elétrico e chave presencial, mas cada SUV também aposta em outros itens.

O Nivus, por exemplo, agrega sensores de estacionamento dianteiros, frenagem automática em manobras, retrovisor fotocrômico, sensor de chuva e bancos em couro.

Dessa vez, porém, o Creta reage com força, oferecendo o pacote Smartsense com farol alto adaptativo e assistente de permanência e centralização em faixa, além de ter também a partida remota.

É fato que as versões mais caras do Creta oferecem rodas diamantadas de 18″, ACC, teto panorâmico, ar digital, banco do motorista com ventilação, câmera 360º, painel digital e outros, mas para ter o pacote completo é necessário gastar quase R$ 182 mil.

Ou seja, precisamos focar na disputa entre as configurações com preços similares. E ainda que o modelo da Hyundai tenha compensado a diferença na segunda disputa, a diferença nas versões de entrada é significativa, e o Nivus ainda custa R$ 5,6 mil a menos.

VENCEDOR: Nivus.

hyundai creta platinum 2022 avaliacao na 42
hyundai creta platinum 2022 avaliacao na 42

Um trio de motores

Como quase todos os SUVs compactos do mercado, os dois rivais nessa disputa também oferecem a motorização de 1,0 litro com turbocompressor. Parece até que virou uma regra ter esse propulsor no segmento.

No caso do VW, ele usa o conhecido 1.0 TSI de 128 cv e 20,4 kgfm, com câmbio automático de 6 marchas. Já o Hyundai aposta n0 1.0 TGDI de 120 cv e 17,5 kgfm (o mesmo do HB20), também com câmbio automático de 6 velocidades.

Em termos de desempenho, a vantagem nos números a favor do Nivus faz a diferença. Ele chega aos 100 km/h em 9,9 segundos, com máxima de 189 km/h, enquanto o Creta marca 11,5 segundos e atinge 180 km/h.

Mas enquanto a VW usa sempre o mesmo motor, a Hyundai tem outras duas opções em sua linha. A primeira é o 1.6 aspirado de 130 cv e 16,5 kgfm usado na geração passada. Também com câmbio automático de 6 marchas, ele chega aos 100 km/h em 12 segundos e tem máxima de 172 km/h.

volkswagen nivus avaliação na 29
volkswagen nivus avaliação na 29

Se esse tem desempenho inferior, o outro propulsor é mais forte. Estamos falando do 2.0 aspirado de 167 cv e 20,6 kgfm (novamente com câmbio AT6), que baixa o tempo de 0 a 100 km/h para 9,3 segundos e atinge 190 km/h antes de limitar.

Falando sobre o consumo, acontece algo curioso entre esses rivais. Primeiro, vemos que as piores marcas são sempre do Creta 1.6, mostrando que a evolução dos motores é significativa de uma geração para outra.

Já os melhores índices são do Nivus. Na cidade, ele ainda fica muito próximo do Creta 1.0 TGDI, mas na estrada a diferença é maior. Enquanto isso, o Creta 2.0 fica no meio-termo no trecho urbano, mas na estrada ele consegue ser melhor que a versão de 1,0 litro turbo.

Em resumo, o Creta é melhor na gama de motores por oferecer mais opções, mesmo excluindo a opção 1.6, mas o Nivus acaba sendo bem mais econômico e isso faz a diferença com o tempo.

Consumo Nivus 1.0 TSI Creta 1.6 Creta 1.0 Turbo Creta 2.0
Cidade – etanol 8,3 7,1 8,2 7,7
Cidade – gasolina 12,1 10,1 12,0 10,9
Estrada – etanol 10,1 8,1 8,9 8,9
Estrada – gasolina 14,2 11,5 12,2 12,5

VENCEDOR: Empate.

hyundai creta platinum 2022 avaliacao na 19
hyundai creta platinum 2022 avaliacao na 19

Dá pra levar cinco pessoas?

Sabe aquela história de comparar as medidas da ficha técnica com a realidade dentro do carro? Se em alguns modelos os números não se comprovam, aqui a história é diferente.

O Creta de nova geração ganha em tudo quando comparado ao Nivus. Ele tem 4,30 m de comprimento (vantagem de 4 cm), 1,79 m de largura (+ 4 cm), 1,62 m de altura (+ 13 cm) e 2,61 m de entre-eixos (+ 5 cm).

Aliás, o Nivus também é menor quando colocado lado a lado com o Creta 1.6, aquele de geração anterior, que apresenta 4,29 m de comprimento, 1,78 m de largura, 1,63 m de altura e 2,59 m de entre-eixos.

Mas vamos no concentrar nos modelos atuais, onde a Hyundai leva melhor seus ocupantes. No banco traseiro, o espaço para as pernas é um pouco mais generoso e o túnel central é baixo, o que ajuda o ocupante central a não ficar tão apertado.

Claro, não existem milagres entre os SUVs compactos. Se você quiser levar 5 adultos no carro, alguém vai pagar o preço por isso, normalmente o terceiro ocupante da fileira de trás. Mas ele ainda vai um pouco melhor do que se estivesse no Nivus.

volkswagen nivus avaliação na 9
volkswagen nivus avaliação na 9

O que conta a favor do VW é que seu estilo cupê não rouba espaço na altura interna, ou seja, não faz os passageiros encostarem a cabeça no teto. O motivo é que o caimento só ocorre a partir da última coluna.

Um último detalhe está no porta-malas, onde o Nivus tem bons 415 litros e é um dos melhores entre os rivais. Mas acontece que o Creta é ainda melhor, com 422 litros na geração atual e 431 litros no modelo anterior.

Por esse espaço maior no compartimento de bagagens e o conforto superior no banco traseiro, o Hyundai ganha esse ponto do comparativo. Isso sem contar o acabamento do Nivus, que continua devendo como em outros modelos da marca.

VENCEDOR: Creta.

volkswagen nivus avaliação na 33
volkswagen nivus avaliação na 33

Um desconto nas revisões

Enquanto os valores das revisões variam bastante entre as versões do Creta, o Nivus apresente sempre o mesmo número. E isso não apenas por ter sempre o motor 1.0 TSI, mas também por participar com suas duas versões do programa Revisão de Série.

Esse programa elimina o custo das 3 primeiras revisões do Volkswagen, derrubando o valor total até os 60.000 km para menos de R$ 2,3 mil. Enquanto isso, o Creta 1.6 chega a R$ 4,1 mil, o modelo 2.0 alcança R$ 4,5 mil e as versões 1.0 turbo somam R$ 4,6 mil.

É uma diferença muito grande, mas é preciso ressaltar que o Creta seria mais caro de qualquer forma. Primeiro pelo fato de que, olhando apenas os valores das revisões entre 40 mil km a 60 mil km, ele também seria mais caro (R$ 2,3 mil a R$ 2,8 mil).

Além disso, a página que informa os valores das revisões no site da Hyundai está em manutenção no começo de 2024, então tivemos que usar os preços de dezembro de 2023. E isso pode significar que, quando ela voltar, um novo aumento vem por aí.

Revisões Creta 1.6 Creta 1.0 Turbo Creta 2.0 Nivus
10.000 km R$ 358,69 R$ 362,81 R$ 428,22 (sem custo)
20.000 km R$ 740,35 R$ 744,47 R$ 809,88 (sem custo)
30.000 km R$ 667,69 R$ 671,81 R$ 737,22 (sem custo)
40.000 km R$ 925,41 R$ 1.000,94 R$ 1.032,01 R$ 1.528,00
50.000 km R$ 633,35 R$ 637,47 R$ 702,88 R$ 751,36
60.000 km R$ 809,01 R$ 1.246,14 R$ 878,54 R$ 844,36
TOTAL R$ 4.134,50 R$ 4.663,64 R$ 4.588,75 R$ 2.279,36

VENCEDOR: Nivus.

hyundai creta platinum 2022 avaliacao na 8
hyundai creta platinum 2022 avaliacao na 8

Ótimo desempenho nas vendas

Os dois aparecem muito bem colocados nas vendas de SUVs dentro do mercado brasileiro. Mesmo não sendo o mais emplacado da VW, o Nivus assegurou a 5ª posição do segmento em 2023, com 52.103 unidades e 6,66% de participação.

Já o Creta ficou numa posição ainda melhor com seus 65.817 emplacamentos no passado. Isso foi o suficiente para 8,41% de participação nesse segmento e a 3ª posição. E olha que ele quase chegou ao segundo lugar, que foi do Tracker, com 66.643 unidades vendidas.

O que contribuiu para o bom resultado do SUV da Hyundai foi seu desempenho em dezembro. É verdade que todos os carros venderam mais, mas o Creta foi o mais vendido, com 8.579 unidades apenas nesse mês.

Em 2024, ambos devem continuar brigando pelas primeiras posições. A Hyundai já mostrou o modelo reestilizado lá fora, que tem visual menos polêmico e mais tecnologia no interior, podendo chegar por aqui neste ano (ou ainda em 2025).

Já a Volkswagen prepara a chegada do Nivus GTS, que será lançado com motor 1.4 TSI, acerto diferenciado na suspensão, faróis IQ.Light LED Matrix e rodas de 18 polegadas.

VENCEDOR: Creta.

volkswagen nivus comfortline avaliacao na 3
volkswagen nivus comfortline avaliacao na 3

Conclusão

A vitória foi do Nivus, mas não foi tranquila. O modelo alemão é melhor nos preços, com valores inferiores aos da nova geração do rival, e também se mostra mais equipado quando comparamos versões com preços parecidos.

Além disso, ele se beneficia do ótimo programa da marca que elimina o custo das primeiras revisões. Isso é vantajoso especialmente para quem compra o carro 0km, mas também para um possível segundo dono.

Já o Creta se mostrou um carro mais espaçoso, com uma folga superior no banco traseiro e mais espaço no porta-malas. Ele também é mais vendido por aqui, ficando no top 3 dos SUVs em 2023.

O único empate desse comparativo veio na motorização, onde o Hyundai tem mais opções (1.6, 1.0 turbo e 2.0), mas o Nivus é mais econômico, seja na cidade ou na estrada.

Se você quer comprar um desses SUVs, pode optar pelo Nivus se quer um carro com visual mais moderno, bom nível de equipamentos e revisões mais baratas. Mas se não abrir mão de espaço por ter uma família maior, o Creta vai te atender melhor.

Fichas técnicas

Nivus

Creta

Preço  R$ 132.390 a R$ 149.390 R$ 119.990 a R$ 181.990
Motor 1.0 TSI 1.6, 1.0 turbo ou 2.0
Potência e torque 128 cv e 20,4 kgfm 1.6 – 130 cv e 16,5 kgfm
1.0 turbo – 120 cv e 17,5 kgfm
2.0 – 167 cv e 20,6 kgfm
Câmbio Automático de 6 marchas Automático de 6 marchas
Aceleração e velocidade máxima 9,9s e 189 km/h 1.6 – 12s e 172 km/h
1.0T – 11,5s e 180 km/h
2.0 – 9,3s e 190 km/h
Consumo cidade 8,3 km/l (E) e 12,1 km/l (G) 1.6 – 7,1 km/l (E) e 10,1 km/l (G)
1.0T – 8,2 km/l (E) e 12 km/l (G)
2.0 – 7,7 km/l (E) e 10,9 km/l (G)
Consumo estrada 10,1 km/l (E) e 14,2 km/l (G) 1.6 – 8,1 km/l (E) e 11,5 km/l (G)
1.0T – 8,9 km/l (E) e 12,2 km/l (G)
2.0 – 8,9 km/l (E) e 12,5 km/l (G)
Rodas e pneus 205/60 R16 ou 205/55 R17 205/65 R16, 215/60 R17 ou 215/55 R18
Medidas comprimento, 4,26 m; altura, 1,49 m; largura, 1,75 m; entre-eixos, 2,56 m 1.6 – comprimento, 4,29 m; altura, 1,63 m; largura, 1,78 m; entre-eixos, 2,59 m
1.0T e 2.0 – comprimento, 4,29 m; altura, 1,62 m; largura, 1,79 m; entre-eixos, 2,61 m
Tanque 52 litros 1.6 – 55 litros
1.0T e 2.0 – 50 litros
Porta-malas 415 litros 1.6 – 431 litros
1.0T e 2.0 – 422 litros
Peso  1.238 kg 1.6 – 1.359 kg
1.0T e 2.0 – 1.270 kg a 1.359 kg
google news2 Quer receber todas as nossas notícias em tempo real?
Acesse nossos exclusivos: Canal do Whatsapp e Canal do Telegram!

O que você achou disso?

Toque nas estrelas!

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.


Últimas Notícias



viny
Autor: Viny Furlani

Trabalha no segmento automotivo há mais de 18 anos. Desde 2009 trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escrevendo avaliações e notícias sobre carros, totalizando mais de 2.000 artigos.