Nissan Kicks vs Fiat Pulse: Veja onde cada um é melhor

pulse abarth avaliacao na 27
pulse abarth avaliacao na 27

A briga entre Nissan Kicks e Fiat Pulse mostra que esses SUVs tem estratégias bem diferentes em nosso mercado.

O primeiro segue com seu público fiel, enquanto o outro está entre os mais baratos do segmento.

Além disso, eles também apresentam muitas diferenças na lista de equipamentos, custo de manutenção, espaço interno e principalmente na motorização.

Mas você vai ficar surpreso com o resultado desse comparativo.

Confira!

nissan kicks active
nissan kicks active

Preço

A estratégia usada pelas marcas neste quesito do duelo é diferente, tanto no número de versões, como na faixa de preço. Enquanto um tem mais versões e é mais caro, o outro enxugou sua linha e aposta em valores mais chamativos.

Vamos começar pelo Kicks 2024 , que não altera o conjunto mecânico em suas sete configurações. O que muda é conteúdo de cada versão, sendo que algumas delas ainda contam com pacotes opcionais (que são vendidos como versões separadas).

Os valores partem de R$ 112.990 na versão Active, o que é interessante no segmento quando vemos que ela vem com câmbio automático e uma lista razoável de equipamentos. Acima dela ainda aparecem as versões Active com multimídia e Sense.

Depois disso, o SUV da Nissan dá um salto de quase R$ 15 mil no preço para chegar à intermediária Advance, que conta com duas opções.

Finalmente, a linha ainda tem a topo de linha Exclusive, que alcança os R$ 148.790.

Confira os preços do Kicks 2024:

  • Kicks Active 1.6 CVT – R$ 112.990
  • Kicks Active 1.6 CVT + Multimídia – R$ 114.990
  • Kicks Sense 1.6 CVT –  R$ 118.290
  • Kicks Advance 1.6 CVT – R$ 132.990
  • Kicks Advance 1.6 CVT + Pack Plus – R$ 135.190
  • Kicks Exclusive 1.6 CVT – R$ 146.790
  • Kicks Exclusive 1.6 CVT + Pack Tech – R$ 148.790
fiat pulse 2024 milazzo santos (1)
fiat pulse 2024 milazzo santos (1)

No caso do Pulse, a estratégia é diferente, pois ele conta com uma versão de entrada com câmbio manual. Isso torna o SUV da Fiat um dos mais baratos do mercado, partindo de quase R$ 104 mil.

Essa mesma versão, chamada Drive, ainda tem a configuração com câmbio automático, que exige R$ 7 mil a mais. Depois, com um acréscimo parecidos no preço, aparece a configuração S-Design, a mais cara com motor 1.3.

Para completar, o modelo da Fiat ainda tem três opções com motorização turbo: a Audace, que sai por R$ 122.490, a Impetus, que já custa R$ 134.490, e a esportiva Abarth, por R$ 149.990.

Esses valores contrastam bastante com os preços de lançamento do Pulse, que chegou ao mercado brasileiro em outubro de 2021. Naquela época, e ainda sem a versão Abarth, a linha começava em R$ 80 mil e chegava a R$ 116 mil.

Mesmo assim, o Pulse consegue atrair mais consumidores se falarmos apenas de seus preços, seja na versão de entrada ou na topo de linha, que oferece um bom conjunto mecânico. Por isso, o italiano leva a melhor nesse tópico.

Veja quanto custa o Pulse 2024 (com o valor máximo com todos os opcionais):

  • Pulse Drive 1.3 MT – R$ 103.990 (R$ 106.880)
  • Pulse Drive 1.3 CVT – R$ 110.990 (R$ 113.880)
  • Pulse S-Design 1.3 CVT – R$ 115.990
  • Pulse Audace 1.0 Turbo CVT – R$ 122.490 (R$ 129.460)
  • Pulse Impetus 1.0 Turbo CVT – R$ 134.490 (R$ 137.340)
  • Pulse Abarth 1.3 Turbo AT – R$ 149.990

VENCEDOR: Pulse.

kicks xplay 2024 5
kicks xplay 2024 5

Equipamentos

Olhando com mais atenção para o que cada um oferece, vemos que o Kicks tem um pacote mais racional em suas versões intermediárias. Ou seja, a opção de entrada Active pode não ser uma boa.

Nesse caso, ele entrega banco do motorista com ajuste de altura, volante multifuncional com regulagem de altura e profundidade, piloto automático, lanternas em LED, A/C, controle de tração e estabilidade, 6 airbags, assistente em rampa, entre outros.

Já a intermediária Advance adiciona rodas de liga leve aro 17, sensor crepuscular, chave presencial, painel em HD de 7″, botão de partida, câmera de ré, sensores de estacionamento e multimídia de 8″, com Apple CarPlay e Android Auto.

A Exclusive tem ar digital e automático, carregador wireless, faróis em LED, alertas de colisão frontal, de mudanças de faixa e de tráfego cruzado traseiro, câmera 360º, monitoramento de ponto cego e som Bose, mas custa quase R$ 150 mil.

Pulando para o Pulse, vemos uma versão de entrada mais caprichada, com A/C automático digital, multimídia de 8,4″ com espelhamento sem fio, faróis e lanternas em LED e piloto automático, ainda que ele tenha apenas 4 airbags.

pulse abarth 2024 milazzo santos (33)
pulse abarth 2024 milazzo santos (33)

Acima, a versão Drive AT adiciona apenas o câmbio automático e a S-Design tem visual escurecido e carregador wireless. Com motor turbo, o Pulse Audace ganha rodas diamantadas e volante em couro.

Ou seja, a opção topo de linha com motor 1.0 turbo Impetus acaba sendo uma boa, pois agrega bancos em couro, multimídia de 10,1″, painel digital, rodas de 17″, GPS e pacote ADAS (frenagem autônoma, alerta de mudança de faixa e farol alto automático).

Olhando para o custo-benefício, a melhor opção do Kicks é a versão Advance (R$ 132.990), enquanto o Pulse já começa bem na versão Drive (R$ 103.990) e fica bem completo na topo de linha Impetus Turbo (R$ 134.490).

VENCEDOR: Pulse.

pulse abarth avaliacao na 48
pulse abarth avaliacao na 48

Motor

Quando o assunto é a motorização de cada SUV, podemos dizer que o embate entre Kicks e Pulse terminaria empatado se o modelo da Fiat tivesse apenas as versões com o motor 1.3 aspirado.

E isso fica evidente nos números. O modelo da Nissan tem motor 1.6 de até 113 cv e 15,3 kgfm, com câmbio automático de 6 marchas, enquanto o rival é 1.3 e entrega 107 cv e 13,7 kgfm, com câmbio manual manual ou automático.

Apesar da diferença nos números, na prática o desempenho é muito parecido. O Kicks chega aos 100 km/h em 11,8 segundos, enquanto o Pulse 1.3 MT faz o mesmo em 11,7 segundos e o 1.3 CVT leva 11,4 segundos.

Na velocidade máxima, o japonês alcança 175 km/l, enquanto seu rival chega a 178 km/l na versão manual e 177 km/l na automática. Pouca diferença, e ela ainda aparece em favor do Pulse.

Mas o fato é que o italiano não tem apenas esse motor, mas também conta com propulsores mais fortes: o 1.0 turbo tem 130 cv e 20,4 kgfm, com o mesmo câmbio CVT, enquanto a versão Abarth 1.3 turbo tem 185 cv e 27,5 kgfm, com transmissão automática de 6 marchas.

Novamente falando sobre o desempenho, o primeiro acelera de 0 a 100 km/h em 9,4 segundos e chega a 189 km/h, enquanto a versão esportiva precisa de apenas 7,6 segundos e tem máxima de 215 km/h.

E ainda resta falar sobre o consumo, onde o Pulse consegue ótimos números com sua versão 1.3 aspirada, especialmente quando equipado com câmbio automático. Confira:

Consumo Kicks 1.6 Pulse 1.3 MT Pulse 1.3 AT Pulse 1.0 Turbo Pulse Abarth
Cidade – etanol 7,8 9,0 9,0 8,4 6,8
Cidade – gasolina 11,4 12,5 12,8 12,1 10,0
Estrada – etanol 9,6 10,4 10,3 10,2 8,8
Estrada – gasolina 13,9 14,7 14,0 14,4 12,3

VENCEDOR: Pulse.

kicks xplay 2024 1
kicks xplay 2024 1

Visual e design

A Nissan acertou no visual do Kicks desde o começo, antes do modelo receber a atualização que temos hoje. E mesmo nela, a marca foi capaz de ajustar alguns aspectos específicos que melhoraram ainda mais seu modelo.

O mesmo ocorreu com o Pulse, que agradou o público brasileiro assim que chegou. Ainda que exista uma diferença notável entre o modelo de entrada e as versões mais caras, o italiano é bonito.

Falando sobre as medidas, o Kicks tem 4,31 metros de comprimento, 1,76 m de largura, 1,59 m de altura e 2,61 m de entre-eixos, sendo maior que o Pulse no comprimento (4,10 m), na altura (1,57 m) e no entre-eixos (2,53 m), mas perdendo na largura (1,77 m).

Vale ressaltar que, na versão Abarth, o modelo da Fiat mede 4,11 metros de comprimento e 1,54 m de altura, enquanto as outras medidas são as mesmas.

No porta-malas, o SUV da Nissan ganha facilmente, pois ele é um dos melhores da categoria nesse quesito. São 432 litros nesse compartimento, contra 370 litros do Pulse em todas as suas versões.

Tirando de lado o aspecto visual, que cada um pode ter uma opinião, o Kicks acomoda melhor passageiros adultos e ainda leva as bagagens com mais facilidade.

VENCEDOR: Kicks.

pulse abarth 2024 milazzo santos (2)
pulse abarth 2024 milazzo santos (2)

Manutenção

Os dois SUVs seguem o padrão de revisões a cada 10.000 km ou 12 meses, e eles também aparecem com o mesmo tempo de garantia, que é de 3 anos.

Olhando para os valores de manutenção, porém, o Kicks acaba sendo mais barato até os 60.000 km. Revezando entre dois valores fixos, suas paradas somam quase R$ 4,4 mil.

Já o Pulse varia entre cada versão e também no valor de cada ida à concessionária. A versão mais barata é a 1.3 aspirada, que chega a R$ 4,6 mil. Depois aparecem as versões 1.0 turbo (R$ 4,8 mil) e Abarth (R$ 5,7 mil).

Revisões Kicks 1.6 Pulse 1.3 Pulse 1.0 Turbo Pulse Abarth
10.000 km R$ 588,00 R$ 540,00 R$ 660,00 R$ 760,00
20.000 km R$ 876,00 R$ 616,00 R$ 676,00 R$ 880,00
30.000 km R$ 588,00 R$ 616,00 R$ 764,00 R$ 760,00
40.000 km R$ 876,00 R$ 1.456,00 R$ 860,00 R$ 1.080,00
50.000 km R$ 588,00 R$ 584,00 R$ 688,00 R$ 792,00
60.000 km R$ 876,00 R$ 816,00 R$ 1.196,00 R$ 1.456,00
TOTAL R$ 4.392,00 R$ 4.628,00 R$ 4.844,00 R$ 5.728,00

VENCEDOR: Kicks.

Vendas

Finalmente, chegamos ao último embate entre esses dois modelos: o desempenho nas vendas. Já podemos adiantar que o Kicks é um dos mais vendidos por aqui, ficando atrás apenas de T-Cross, Tracker, Creta, Compass e Nivus.

Até outubro, foram 41.770 unidades emplacadas, com 6,68% de participação no segmento e a 6ª posição assegurada.

Enquanto isso, o Pulse aparece na 9ª colocação, com 5,85% e 36.552 carros vendidos no ano.

Olhando para o desempenho apenas em outubro, dá pra ver que os dois estão melhorando suas vendas.

O modelo da Nissan emplacou 6.115 unidades, enquanto o Fiat teve 4.157 vendas, ambos acima de sua média em 2023.

VENCEDOR: Kicks.

pulse abarth avaliacao na 38
pulse abarth avaliacao na 38

Conclusão

Em alguns duelos anteriores, vimos que um SUV dominou seu rival em diversos quesitos, mas aqui a história foi diferente: tivemos um empate, com três vitórias para cada lado.

O Pulse levou a melhor no preço, nível de equipamentos e motorização, enquanto o Kicks ficou na frente no espaço interno, custo de manutenção e desempenho nas vendas.

Isso indica qual caminho você deve seguir se estiver em dúvida entre esses rivais: vá de Pulse se preferir um carro mais barato e eficiente, mas opte pelo Kicks se precisa de espaço e quer gastar menos com as revisões.

Fichas técnicas

Kicks

Pulse

Preço  R$ 112.990 a R$ 148.790 R$ 103.990 a R$ 149.990
Motor 1.6 1.3, 1.0 turbo e 1.3 turbo
Potência e torque 113 cv e 15,3 kgfm 1.3 – 107 cv e 13,7 kgfm
1.0 turbo – 130 cv e 20,4 kgfm
1.3 turbo – 185 cv e 27,5 kgfm
Câmbio CVT de 6 marchas MT5, CVT ou AT6
Aceleração e velocidade máxima 11,8s e 175 km/h 1.3 – 11,7s/11,4s e 178/177 km/h
1.0T – 9,4s e 189 km/h
1.3T – 7,6s e 215 km/h
Consumo cidade 7,8 km/l (E) e 11,4 km/l (G) 1.3 – 9 km/l (E) e 12,5/12,8 km/l (G)
1.0T – 8,4 km/l (E) e 12,1 km/l (G)
1.3T – 6,8 km/l (E) e 10 km/l (G)
Consumo estrada 9,6 km/l (E) e 13,9 km/l (G) 1.3 – 10,4/10,3 km/l (E) e 14,7/14 km/l (G)
1.0T – 10,2 km/l (E) e 14 km/l (G)
1.3T – 8,8 km/l (E) e 12,3 km/l (G)
Rodas e pneus 205/60 R16 ou 205/55 R17 195/60 R16 e 215/50 R17
Medidas comprimento, 4,31 m; altura, 1,59 m; largura, 1,76 m; entre-eixos, 2,61 m 1.3 e 1.0T – comprimento, 4,10 m; altura, 1,57 m; largura, 1,77 m; entre-eixos, 2,53 m
1.3T – comprimento, 4,11 m; altura, 1,54 m; largura, 1,77 m; entre-eixos, 2,53 m
Tanque 41 litros 47 litros
Porta-malas 432 litros 370 litros
Peso  1.122 kg a 1.139 kg 1.3 – 1.187 kg
1.0T e 1.3T – 1.281 kg
google news2 Quer receber todas as nossas notícias em tempo real?
Acesse nossos exclusivos: Canal do Whatsapp e Canal do Telegram!

O que você achou disso?

Toque nas estrelas!

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.


Últimas Notícias



viny
Autor: Viny Furlani

Trabalha no segmento automotivo há mais de 18 anos. Desde 2009 trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escrevendo avaliações e notícias sobre carros, totalizando mais de 2.000 artigos.