Manutenção Matérias NA

Carro falhando: o que pode ser?

Carro falhando: o que pode ser?

Carro falhando… fica difícil saber o que está acontecendo, não é mesmo?


Quando o automóvel está funcionando normalmente, acabamos nem percebendo se ele está com algum problema. Porém, só nos damos conta disso quando aparecem sintomas que indicam que o carro está falhando.

Existem alguns fatores que implicam na falha de funcionamento do motor do automóvel, sendo de suma importância percebe-los e verificar o que realmente está acontecendo.

Falhas elétricas e de alimentação em geral são as maiores fontes de problemas que farão o veículo falhar.


Carro falhando: o que pode ser?

Causa elétrica

Carro falhando: o que pode ser?

Entre as várias causas de um carro falhando, a parte elétrica é uma das maiores. Quando se percebe que o automóvel não anda como deveria, é melhor ficar atento aos sintomas para ter uma ideia do que está acontecendo.

Nesse caso da parte elétrica, cabos de vela, velas de ignição e bobinas, por exemplo, podem simplesmente falhar ou deixar de funcionar, gerando alterações no funcionamento do propulsor.

Quando se vê um carro falhando, uma das primeiras coisas que muitos fazem é imaginar que as velas estão gastas.

Sim, é preciso verificar o estado das velas de ignição, pois a carbonização pode surgir de uma mistura ar-combustível muito rica e alterar o funcionamento dos eletrodos da vela.

Isso pode fazer com que a centelha não tenha a mesma intensidade diante de uma camada espessa de material acumulado.

Então, deve-se retirar as velas e verificar seu estado, normalmente substituindo-as por novas. Os manuais dos automóveis indicam o tempo de troca entre as revisões periódicas.

Outro componente que pode fazer o carro falhar é o alimentador das velas, os cabos que vêm das bobinas. Revestidos em material protetor, os cabos de vela podem sofrer avarias, especialmente mecânicas.

O teste mede a corrente que é enviada para as velas de ignição. Se houver alguma alteração, será necessário trocar o conjunto.

Os cabos de vela, assim como as próprias velas de ignição, têm preços variados. Porém, outro componente importante pode ser avariado por velas de ignição e cabos em mau estado.

Trata-se da bobina, que atualmente é eletrônica e que converte a carga de 12V da bateria em até 45.000V para que haja centelhas elétricas na câmara de combustão.

A falha na bobina geralmente é em decorrência de falhas nas velas e cabos, o que acaba forçando esse componente.

Carro falhando com marcha engatada e solavancos quando em alta velocidade, são alguns dos sintomas de problemas na bobina, que também eleva o consumo. Preços e serviços variam de acordo com marca e modelo.

Alimentação de combustível

Carro falhando: o que pode ser?

Fora a parte elétrica, outras coisas podem acabar num carro falhando. A alimentação é uma delas. Diversos problemas são associados com combustíveis e seus dispositivos de injeção do motor. Tratam-se de defeitos e problemas que podem ser facilmente resolvidos em oficinas especializadas.

Combustível, injeção eletrônica, filtro de combustível, bomba de combustível e bicos injetores podem apresentar defeitos e comprometer o funcionamento do propulsor.

Desses, o primeiro é aquele que mais ataca os veículos modernos atualmente, fruto da desonestidade de muitos donos de postos, que querem ganhar mais. Por isso, adulteram o combustível.

Gasolina com água, querosene ou com alto percentual de etanol, neste caso afetando automóveis movidos a gasolina, pode simplesmente contribuir para um carro falhando.

A baixa qualidade do produto fica abaixo no mínimo estabelecido pelo sistema de injeção eletrônica e em decorrência disso, gera uma queima pobre.

Além de derrubar o desempenho do automóvel, gerando também falhas, um combustível ruim – que também pode ser etanol misturado com outras substâncias ou mesmo diesel – afetará a injeção eletrônica, especialmente o chamado “TBI” que é o corpo da borboleta de admissão que pode estar sujo ou com falhas.

Dependendo de marca/modelo, o propulsor nem funciona como forma de proteção.

Outro elemento que pode gerar falhar de funcionamento é o filtro de combustível, afetado por impurezas presentes no produto que foi abastecido ao longo do tempo no veículo.

Assim, com o elemento sujo, a pressão do combustível para a injeção será menor e poderá gerar falhas no funcionamento, especialmente em baixas rotações. Se estiver entupido, não dará partida.

Os bicos injetores também são afetados por sujeira ou falhas elétricas. Eles pulverizam o combustível no coletor de admissão para que a mistura ar-combustível possa entrar com volume dentro da câmara de combustão e detonar.

Porém, a diminuição da vazão de combustível injetado apenas por um pouco, em torno de 10%, pode gerar falhas de ignição e funcionamento do motor.

O carro falhando terá desempenho irregular, elevação do consumo e emissão, podendo até mesmo simplesmente parar de funcionar, mesmo durante a condução.

A bomba de combustível é outro componente que contribui para um veículo falhando nas ruas. Sujeira na peneira interna ou até mesmo falha elétrica, pode fazer com que o veículo tenha problemas.

Em altas velocidades, o automóvel pode engasgar. Em baixa, além de trabalhar irregularmente, ele também está propício a morrer com facilidade.

Falta de força nas subidas, aquele efeito de empurrão sem acelerar e mesmo falha na partida, são sintomas de uma bomba com problemas.

Por isso, ao perceber qualquer dos sintomas acima descritos, busque uma oficina especializada para verificar todos os componentes que possam estar gerando falhas de funcionamento.

Carro falhando: o que pode ser?
Nota média 4.5 de 2 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Yuri Lima

    Antes de gastar $$$ investigando, eu recomendo a quem tem tempo, paciência e jeito com o carro que aplique descarbonizante spray (Car80 ou similar) no TBI do carro e no sensor de fluxo de ar. Além de manter a revisão periodica, claro.
    O meu 2012 com 135mil km estava falhando e, às vezes, apagando quando numa descida engrenado sem acelerar assim que se apertasse a embreagem. Carro com dificuldade na partida e engasgos.
    Apliquei esse produto e resolveu. Tudo me custou 28 reais.
    Agora, faço a limpeza pelo menos a cada 3 meses (além da manutenção rotineira prevista no manual). Nunca mais tive problemas com falhas.
    Então, pesquisem onde fica a tbi do seu carro e o sensor. Geralmente são de acesso até fácil. Façam a limpeza e curtam o carro no sossego!
    Caso não resolva, aí sim, partir para verificar se não é algo mais sério fora do previsto em manual.

    • Louis

      Também já fiz isso e melhorou a instabilidade em marcha lenta. Mas é preciso cuidado por causa do sensor de massa de ar, se desconectar pode dar falha na central do carro, e vai ser preciso zerar os parâmetros com scanner.

      • Yuri Lima

        Sim. Fazer com tudo desligado e depois zerar os parâmetros. Os carros atuais fazem esse “auto aprendizado” sem precisar de scanner. No daqui, vi o tutorial em video, fiz o reset da injeção (muito simples) e tudo ok.

        • Alfredo Araujo

          Para uma pessoa leiga, esse “auto aprendizado” pode ser um problema.
          O auto aprendizado do meu carro, envolve uma série de medidas q, se eu fosse totalmente leigo, não saberia o pq o carro estava se comportando daquela forma, e nem q ele deveria re-aprender algo q eu achava q ele já sabia ! rs

  • Louis

    Uma dica: não deixe para trocar as velas apenas se o carro falhar. Essa tentativa de economizar me custou 4 bobinas.
    Eu achava que o funcionamento do carro “denunciaria” a necessidade de trocar as velas iridium do meu antigo Nissan, fui adiando a troca, e deu problema nas bobinas.

  • Domenico Monteleone

    Vela, cabo de vela, gasolina ruim, bomba de gasolina, bobinas…

  • Zé Mundico

    Até bateria com carga fraca provoca carro falhando. Sem falar em combustível adulterado, infelizmente uma praga no nosso país…

  • Baetatrip

    …… No meu SZK estava com a lenta irregular e sabia que o TBI estava sujo:
    Limpei e troquei as penerinhas+ origins e acabou….
    Nao tem misterio nisso!
    Fica + economico…!

  • Meu carro tava falhando, e a causa era Zinabre na bateria. Quando tiram e colocam a bateria e dao aquelas pancadinhas para encaixar bem. Acontece que com a pancada, vazou material da bateria e oxidou. Solução: trocar de bateria.

  • Henrique Guedes da Silva

    Esqueceu de colocar a mais simples, Sonda Lambda, faz o carro falhar, a temperatura do carro fica maluca, corta aceleração e consome 50% a mais de combustível.

  • Alexandre Monteiro

    Pode ser que não seja um carro japonês, por isso que está falhando.

  • Alfredo Araujo

    Outro motivo q faz o carro falhar e/ou funcionar de forma irregular… Troca de correia dentada de forma irregular. Se o mecânico não faz a instalação correta, além do carro funcionar de forma irregular, a correia pode ter a sua vida útil bem abreviada !

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email