Carros zero até 60.000 reais

Carros zero até 60.000 reais

Com seguidas altas de preço, o mercado automotivo nacional sobe cada vez mais o valor mínimo exigido para comprarmos um carro novo. Será que é possível ter um carro zero gastando até 60.000 reais?

A resposta é sim, mas apenas dois modelos estão nessa categoria: Mobi e Kwid. Outro que sempre aparecia com preços baixos era o Lifan 530, mas ele deixou de ser oferecido pela marca no Brasil.

Mas o que explica valores tão absurdos? A lista de motivos inclui a alta do dólar e a falta de componentes, especialmente os chips. Nesse caso, a indústria automotiva ainda briga com os fabricantes de celulares, computadores e outros que também usam esse item.

Além de tudo isso, os seguidos reajustes também são provocados pelos efeitos da própria pandemia e pela busca cada vez maior por modelos mais sofisticados, o que acaba puxando para cima os valores cobrados pelos carros de entrada.

A expectativa é que esse cenário permaneça por muito tempo, o que fez boa parte dos consumidores se voltar para os usados e, é claro, isso aumentou o valor de tabela deles também.

Para compor nossa lista com carros novos até 60.000 reais, decidimos incluir alguns modelos que custam um pouco mais, pois negociações em concessionárias muitas vezes produzem algum desconto para o cliente. Confira!

Veja também: TOP 10: hatches compactos mais baratos do Brasil

Fiat Mobi – R$ 47.990

Carros zero até 60.000 reais

O modelo zero quilômetro mais em conta do país continua sendo o Fiat Mobi, que briga para se manter nessa posição diante de seu principal rival, o Renault Kwid. No momento, a diferença entre os dois é de R$ 800.


Vale destacar que o italiano chegou ao Brasil em 2016, quando era vendido em seis versões e com preços entre R$ 31.900 e R$ 43.800. Ou seja, em cinco anos seu preço inicial subiu 50,4%.

Outra mudança foi a redução de versões, numa gama que sofreu diversas alterações ao longo do tempo e hoje conta apenas com as configurações Easy, Like e Trekking, todas com motor 1.0 Fire.

Esse propulsor entrega até 75 cv e 9,9 kgfm de torque, sempre ligado ao câmbio manual de cinco marchas. Ele leva 13,8 segundos para atingir 100 km/h, tendo máxima de 152 km/h e consumo médio de 9,4 km/l (etanol) ou 13,5 km/l (gasolina).

Entre novembro de 2016 e abril de 2020, o compacto também teve o propulsor 1.0 Firefly de 3 cilindros, que entregava 77 cv e 10,9 kgfm. Essa opção era mais moderna e eficiente em relação ao Fire.

O Mobi 2022 na versão Easy vem bem pelado, sem direção assistida, rádio ou vidros elétricos. Já a variante topo de linha Trekking oferece tudo isso, vindo até com multimídia de 7 polegadas.

Confira a linha atual do modelo da Fiat:

  • Mobi Easy 1.0 2022 – R$ 47.990
  • Mobi Like 1.0 2022 – R$ 56.290
  • Mobi Trekking 1.0 2022 – R$ 59.990

Renault Kwid – R$ 48.790

Carros zero até 60.000 reais

Como sempre, logo depois do Mobi aparece o Renault Kwid 2022, que parte de R$ 48.790. Assim como seu rival, o francês tinha preços bem mais em conta, partindo de R$ 29.990 quando chegou ao nosso mercado em junho de 2017.

Fazendo a mesma comparação da alta de preços, a Renault reajustou seus valores em 62,7%, e isso em apenas quatro anos. Ou seja, em breve os carros mais baratos do Brasil estarão muito acima dos R$ 50 mil.

Falando sobre sua gama, o Kwid 2022 conta com as versões Life, Zen, Intense e Outsider, sendo que apenas a última já passou dos R$ 60 mil. Mais equipado que o Mobi, pelo menos ele sempre vem com quatro airbags.

Optando pelas versões mais caras, você ainda leva ar-condicionado, direção elétrica, multimídia, câmera de ré, vidros elétricos, entre outros equipamentos.

Todas as configurações tem motor 1.0 de 3 cilindros com 70 cv e 9,8 kgfm, aliado ao câmbio manual de cinco marchas. A aceleração de 0 a 100 km/h leva 14,7 segundos, com máxima de 156 km/h. Já seu consumo médio fica em 10,5 km/l com etanol e 15,2 km/l com gasolina.

Veja a linha completa de suas versões:

  • Kwid Life 1.0 2022 – R$ 48.790
  • Kwid Zen 1.0 2022 – R$ 57.190
  • Kwid Intense 1.0 2022 – R$ 59.290
  • Kwid Outsider 1.0 2022 – R$ 60.990

Volkswagen Fox – R$ 61.690

Carros zero até 60.000 reais

O veterano Fox 2022 não só continua em nosso mercado, mas ele se posiciona como o terceiro modelo mais em conta que seu dinheiro pode comprar. Atualmente, ele parte de R$ 61.690.

Aqui você já percebe a diferença entre os dois mais baratos citados acima e o modelo da Volkswagen, que exige um adicional de R$ 12.900. Como explicado na introdução dessa matéria, decidimos colocar alguns carros que passam um pouco dos R$ 60 mil para completar essa lista, que de outra forma só teria dois modelos.

Falando sobre o Fox 2022, vemos que sua linha atual tem apenas duas versões (Connect e Xtreme), que se diferenciam pela câmera de ré, friso lateral, longarinas, rodas de 16 polegadas, spoiler e volante em couro.

Além de ser mais equipado, o Fox ainda tem motor 1.6 de 104 cv e 15,6 kgfm de torque, com câmbio manual de cinco marchas. Ele chega aos 100 km/h em 10,6 segundos e tem máxima de 183 km/h, mas seu consumo médio é pior (8,7 km/l com etanol e 12,7 km/l com gasolina).

Veja a atual linha do veterano, que já conta com 18 anos de mercado:

  • Fox Connect 1.6 2022 – R$ 61.690
  • Fox Xtreme 1.6 2022 – R$ 67.430

Chevrolet Joy – R$ 62.190

Carros zero até 60.000 reais

Outro velho conhecido dos brasileiros é o Chevrolet Joy, que tem um nome mais recente, mas segue com o visual do antigo Onix. Vendido como o carro de entrada da marca, ele tem apenas a versão Black e custa R$ 62.190.

A diferença entre o Joy e o atual Onix é enorme, o que inclui o visual, a lista de equipamentos e a motorização. Mesmo assim, ele custa R$ 4,9 mil a menos e isso faz a diferença para frotistas e motoristas de aplicativo, muitos comprando com ainda mais descontos.

Oferecendo apenas um pouco mais que o básico, o Joy 2022 vem com ar-condicionado, direção elétrica, luz de posição em LED, rodas de 15 polegadas, chave canivete, travas e vidros elétricos, banco com regulagem de altura e preparação para instalação de rádio.

Debaixo do capô, o antigo motor 1.0 de 80 cv e 9,8 kgfm está ligado ao câmbio manual de seis marchas. Seu desempenho está dentro do esperado (0 a 100 km/h em 13,4 segundos e máxima de 167 km/h), assim como o consumo médio (9,5 km/l com etanol e 13,7 km/l com gasolina).

Veja o preço de sua única versão:

  • Joy Black 1.0 2021 – R$  62.190

Hyundai HB20 – R$ 62.290

Carros zero até 60.000 reais

Fechando nossa breve lista dos carros novos até R$ 60 mil (ou pouco mais que isso), temos o renovado Hyundai HB20 2022. Sua extensa linha tem seis versões, com preços partindo de R$ 62.290.

Se o controverso visual não for um impedimento, saiba que vale muito a pena pagar os R$ 100 adicionais em relação ao Joy e levar pra casa a versão de entrada Sense do HB20.

Além de ser um carro mais moderno, ele oferece quatro airbags, controle de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, computador de bordo e sistema de áudio com Bluetooth, além dos itens que o modelo da Chevrolet tem.

Outra vantagem é seu motor 1.0 de 3 cilindros, de 80 cv e 10,2 kgfm, com câmbio manual de cinco marchas. Seu desempenho é inferior (14,5 segundos até 100 km/h e máxima de 161 km/h), mas o consumo é melhor (10 km/l com etanol e 14,1 km/l com gasolina).

Além disso, o modelo ainda tem o motor 1.0 turbo de 120 cv e 17,5 kgfm, associado ao câmbio manual ou automático, sempre com seis marchas. O anterior 1.6 de 130 cv e 16,5 kgfm deixou de ser oferecido.

Veja a lista de versões do modelo da Hyundai:

  • HB20 Sense 1.0 2022 – R$ 62.290
  • HB20 Vision 1.0 2022 – R$ 65.290
  • HB20 Evolution 1.0 2022 – R$ 69.190
  • HB20 Platinum 1.0 Turbo MT 2022 – R$ 79.490
  • HB20 Platinum 1.0 Turbo AT 2022 – R$ 85.190
  • HB20 Platinum Plus 1.0 Turbo AT 2022 – R$ 90.890

Viny Furlani

Formado em Gestão de Negócios, trabalha no segmento automotivo há mais de 17 anos. Em 2009, passou a escrever avaliações e notícias sobre carros, totalizando mais de 2.000 artigos, em vários sites. Além das matérias escritas para o NA, também cuida das mídias sociais do site.