Como desamassar um para-choque (secador, água quente e ventosa)

parachoque amassado

Os para-choques dos carros hoje em dia são sempre feitos de plástico.

Seu material ajuda a se ter um pouco de flexibilidade na peça, mas também faz com que o para-choque fique amassado facilmente.

Pode ser que você acabou dando uma encostadinha mais forte com o carro em alguma coisa, como um portão, muro, ou mesmo outro veículo, e agora quer saber como desamassar esse para-choque sem ter gastos altos com reforma, pintura, e outras coisas.

Vamos ver aqui três opções disponíveis para isso, usando um secador de cabelo (ou soprador térmico), água quente e ventosa:

Desamassar o para-choque com um secador de cabelo ou soprador térmico

Como o para-choque é feito de plástico, ele pode ser desamassado usando-se um secador de cabelo.

O princípio é o mesmo dos equipamentos usados em oficinas de funilaria e pintura, chamados de sopradores térmicos.

Eles são iguais ao secador de cabelo, e são usados para desamassar peças plásticas, com a diferença de terem um poder maior de aquecimento das peças.

Se você tiver paciência para fazer o serviço com um secador de cabelo em casa, também será possível desamassar o para-choque com ele.

Você precisa ligar o secador de cabelo na temperatura mais quente, mirar ele na área do para-choque que está amassada, fazer movimentos circulares, e evitar deixar o secador apontado para apenas um local.

Com o passar de alguns segundos ou mesmo minutos, o calor vai começar a amolecer o plástico do para-choque. Então, você poderá fazer com que o processo aconteça mais rapidamente por empurrar a parte amassada por dentro, para que ela volte ao normal.

Desamassar o para-choque com água quente

Outra opção para se desamassar um para-choque de plástico é usar água quente.

É possível ver no vídeo acima que a pessoa não conseguiu apenas desamassar o para-choque usando-se este método, mas também uma área da lataria do carro.

Mas não se deve usar água fervente para fazer isso, pois isso pode estragar a pintura do carro, quer seja a pintura da lataria ou do para-choque.

Recomenda-se esquentar a água e quando ela começar a ferver já desligar o fogo, para que sua temperatura fique um pouco mais baixa.

Logo depois de jogar a água quente e voltar o para-choque ao seu formato original com as mãos, você deve jogar água fria na peça, para que com o choque térmico, ela endureça novamente e fique assim.

Desamassar o para-choque com ventosa ou desentupidor

Este é outro método usado por empresas de reparação e funilaria.

Estes profissionais tem ventosas (aquelas peças de plástico que usamos para grudar suportes de celular no vidro do carro) feitas especificamente para isso.

E é claro que é perfeitamente possível alguém tentar usar uma ventosa mais simples em casa para conseguir puxar a lata, assim como profissionais do tipo “martelinho de ouro” fazem.

Mas é preciso deixar o alerta de que se essa “puxada” com a ventosa for feita da maneira errada, você pode piorar o estrago, e aí nem mesmo o tal do martelinho de ouro vai conseguir solucionar o problema para você.

Em que situações não será possível desamassar o para-choque?

Se a peça estiver com outros tipos de danos, como ralados, trincas, ou mesmo rachaduras, é melhor não mexer.

Você não conseguirá deixar o para-choque perfeito, então é melhor entregar o carro para uma empresa de sua confiança para que eles não só desamassem o para-choque como também pintem ele para o deixar novo por uma segunda vez.

Dê uma olhada em nossa página sobre quanto custa pintar um para-choque , para ter uma ideia de valores deste tipo de serviço.

google news2 Quer receber todas as nossas notícias em tempo real?
Acesse nossos exclusivos: Canal do Whatsapp e Canal do Telegram!

O que você achou disso?

Toque nas estrelas!

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.


Últimas Notícias



Autor: Eber do Carmo

Fundador do Notícias Automotivas, com atuação por três décadas no segmento automotivo, tem 18 anos de experiência como jornalista automotivo no Notícias Automotivas, desde que criou o site em 2005. Anteriormente trabalhou em empresas automotivas, nos segmentos de personalização e áudio.