Hatches Sedãs Toyota

Etios automático: versões, preços, motor, consumo, desempenho

Etios automático: versões, preços, motor, consumo, desempenho

Lançado no início de 2016, o Toyota Etios automático chegou para suprir a demanda cada vez mais crescente de compradores de carros populares com transmissão sem o pedal de embreagem. Ele passou a surfar na mesma onda de outros compactos automáticos, como Onix e Prisma, HB20 e HB20S e March e Versa.


O Toyota Etios com transmissão automática está disponível até hoje e é um dos compactos mais em conta com este tipo de câmbio à venda no mercado Brasileiro. É possível estacionar um Etios automático 0 km na sua garagem desembolsando pouco mais de R$ 56 mil.

Abaixo, você pode conferir tudo sobre o carro:

Etios automático: versões, preços, motor, consumo, desempenho

Toyota Etios automático – detalhes

Apesar de se tratar de um carro de concepção bastante simples, visual controverso e interior pouco moderno, o Toyota Etios 2020 é um automóvel que ainda conserva boas virtudes. O modelo tem como um de seus destaques a dirigibilidade bem acertada, tanto na cidade como na estrada.

E o câmbio automático de quatro marchas veio para tornar a condução ainda mais agradável. Ao contrário do que muitos poderiam imaginar, a transmissão automática de quatro marchas entrega um funcionamento bastante suave e lembra até alguns concorrentes equipados com câmbio CVT (tipo de câmbio famoso pela suavidade).

Ele pode ser encontrado com motores 1.3 flex e 1.5 flex. Em ambos os casos, o carro consegue entregar um bom desempenho e boas médias de consumo. Todavia, obviamente, o Etios 1.5 agrada mais, sobretudo andando com o carro carregado.

Além disso, ele é dotado de direção com sistema elétrico, bastante leve. Ela, inclusive, é dona de um diâmetro de giro de 9,6 metros, permitindo fazer baliza com facilidade, sem muito sacrifício para entrar ou sair das vagas. A posição de condução também é digna de nota.

Porém, vale lembrar que o carro foi feito para custar barato (pelo menos na linha de produção). Tem alguns vacilos como a ausência de alto-falantes traseiros mesmo na configuração mais cara. O painel não tem um visual agradável, com painel de instrumentos em posição central para favorecer o deslocamento do volante para a direita ou esquerda dependendo do mercado.

O acabamento também não é um dos melhores. A tampa do porta-luvas tem abertura diferente e um acabamento com a parte superior cortante, o que pode ser um perigo para os mais desatentos.

Continuando a falar do interior, o Etios 2020 consegue entregar um bom espaço. Três pessoas viajam com conforto no banco de trás. O assoalho é quase plano e acomoda bem as pernas dos ocupantes. Há encosto de cabeça e cinto de três pontos para todos os ocupantes. Isofix também faz parte da lista.

A respeito do porta-malas, o Etios Hatch tem compartimento mediano, com capacidade para 270 litros de bagagens. Por outro lado, o Etios Sedan surpreende com um porta-malas com cavernosos 562 litros de bagagem, o maior do segmento.

Etios automático: versões, preços, motor, consumo, desempenho

Toyota Etios automático – versões

Hoje o Toyota Etios automático pode ser encontrado nas carrocerias hatch e sedã, nas versões de acabamento X e XS Plus, com motor 1.3 litro flex ou 1.5 litro flex. Em todos os casos, há uma transmissão automática de quatro velocidades.

Veja a seguir todas as versões do Etios automático disponíveis no mercado brasileiro:

  • Toyota Etios Hatch X 1.3 AT
  • Toyota Etios Hatch X Plus 1.5 AT
  • Toyota Etios Sedan X 1.5 AT
  • Toyota Etios Sedan X Plus 1.5 AT

Etios automático: versões, preços, motor, consumo, desempenho

Toyota Etios automático – equipamentos

Toyota Etios X automático

Segurança: airbag duplo frontal para motorista e passageiro, freios ABS (antitravamento) com EBD (distribuição eletrônica de frenagem), controle eletrônico de estabilidade, controle de tração, assistente de partida em rampas, cintos de segurança frontais com pré-tensionador e limitador de força, encosto de cabeça e cinto de três pontos para os cinco ocupantes, sistema Isofix para fixação de cadeirinhas infantis no banco traseiro, imobilizador eletrônico do motor, entre outros.

Conforto: ar-condicionado, direção elétrica, console central com dois porta-copos frontais e um traseiro, para-sol com espelho para motorista e passageiro, vidros dianteiros e traseiros elétricos, travas elétricas das portas, comando interno de abertura da tampa de combustível, coluna de direção com ajuste de altura, banco do motorista ajustável em altura, retrovisores externos com ajuste elétrico, entre outros.

Visual e acabamento: maçanetas e retrovisores externos pintados na cor da carroceria, faróis com máscara negra, lanternas traseiras escurecidas, vidros verdes, grade frontal com acabamento em preto brilhante, acabamento do painel de instrumentos em preto brilhante, acabamento interno das portas dianteiras em tecido, entre outros.

Tecnologia: painel de instrumentos Digital Smart Screen com tela full TFT.

Toyota Etios X Plus automático

Segurança: ganha alarme perimétrico.

Conforto: recebe piloto automático e descansa-braço central para o motorista.

Visual e acabamento: agrega revestimento em tecido nos painéis de portas traseiras, maçanetas internas cromadas, difusores de ar com acabamento cromado, rodas de liga-leve de 15 polegadas, retrovisores externos com repetidores de seta, acabamento preto na coluna central dos vidros, entre outros.

Tecnologia: oferece computador de bordo com função Eco Wallet, sistema de som Toyota Play com CD player, MP3 player, entrada USB e conexão Bluetooth, dois alto-falantes e dois tweeters e comandos do sistema de som e do computador de bordo no volante.

Etios automático: versões, preços, motor, consumo, desempenho

Toyota Etios automático – preços

Os preços do Etios automático 0 km no mercado brasileiro, segundo o site da Toyota em março de 2020, são os seguintes:

  • Toyota Etios Hatch X 1.3 AT – R$ 56.890
  • Toyota Etios Hatch X Plus 1.5 AT – R$ 63.690
  • Toyota Etios Sedan X 1.5 AT – R$ 61.990
  • Toyota Etios Sedan X Plus 1.5 AT – R$ 66.890

Toyota Etios automático – cores

A atual linha do Toyota Etios 2020 pode ser encontrada em seis tonalidades diferentes para a carroceria. Destas, duas são sólidas e não aumentam o preço final do carro. Já as demais são três metálicas e uma perolizada.

Veja a seguir as cores disponíveis para o modelo:

  • Branco Polar (sólida, sem custo adicional)
  • Vermelho Super (sólida, sem custo adicional)
  • Preto Infinito (metálica, por R$ 1.570 adicionais)
  • Cinza Cosmopolita (metálica, por R$ 1.570 adicionais)
  • Prata Lua Nova (metálica, por R$ 1.570 adicionais)
  • Branco Perolizado (perolizada, por R$ 1.870 adicionais)

Etios automático: versões, preços, motor, consumo, desempenho

Toyota Etios automático – motores

O Etios automático 2020 está disponível com dois motores diferentes para o modelo Etios Hatch e apenas um propulsor para o Etios Sedan. Os dois são produzidos localmente, mais precisamente na planta da Toyota em Porto Feliz, interior de São Paulo.

Há o 1.3 Dual VVT-i flex, dotado de quatro cilindros em linha, quatro válvulas por cilindro (16 válvulas no total) e tecnologia de duplo comando de válvulas variável, que gerencia os sistemas de admissão e escape da câmara de combustão para otimizar a queima de combustível, de modo a melhorar o consumo de combustível e o desempenho.

Há também bloco e cabeçote de alumínio e sistema de pré-aquecimento de combustível com novos bicos injetores, que elimina o subtanque auxiliar de gasolina para partidas a frio com etanol no tanque principal.

Ele consegue desenvolver 88 cavalos de potência com gasolina e 98 cv com etanol, a 5.600 rpm. O torque é de 12,3 kgfm e 12,8 kgfm, nesta ordem, sempre a 4.000 rpm.

As versões mais caras do Etios Hatch e todos os modelos do Etios Sedan usam o 1.5 Dual VVT-i, dotado das mesmas tecnologias. Neste caso, são 102 cv com gasolina e 107 cv com etanol, a 5.600 rpm. Já o torque é de 14 kgfm e 14,4 kgfm, respectivamente, a 4.000 giros.

A transmissão automática tem quatro velocidades e foi herdada do antigo Corolla. Ela tem um software de gerenciamento AI Shift Control (Inteligência Artificial de Controle de Trocas, na tradução livre), que consegue analisar a condição de uso do carro e a posição do pedal do acelerador para selecionar e manter a marcha mais adequada para cada situação de condução.

Na condução diária, este conjunto consegue entregar um bom comportamento. O câmbio faz as trocas de marchas no tempo correto, mesmo em subidas mais íngremes, e consegue manter o motor trabalhando em baixas rotações.

Um dos contrapontos acaba sendo a ausência de uma quinta ou sexta marcha. Quando o motorista precisa exigir mais do conjunto, pisando fundo no acelerador, o motor “grita” e o câmbio segura a troca de marcha, elevando o giro do propulsor.

Fora isso, ele não dispõe de paddle shifts atrás do volante. As trocas manuais de marchas são feitas somente através da alavanca no console central.

Etios automático: versões, preços, motor, consumo, desempenho

Toyota Etios automático – consumo

Conforme os dados divulgados pelo Inmetro no Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE), os números de consumo do Etios 2020 com câmbio automático são estes:

Toyota Etios Hatch 1.3 automático

  • Consumo de 8,2 km/l na cidade e 9,2 km/l na estrada com etanol;
  • Consumo de 11,8 km/l na cidade e 13,3 km/l na estrada com etanol;
  • Notas “C” na comparação relativa na categoria e “B” na comparação absoluta geral.

Toyota Etios Hatch 1.5 automático

  • Consumo de 8,1 km/l na cidade e 9,2 km/l na estrada com etanol;
  • Consumo de 11,9 km/l na cidade e 13,2 km/l na estrada com etanol;
  • Notas “C” na comparação relativa na categoria e “B” na comparação absoluta geral.

Toyota Etios Sedan 1.5 automático

  • Consumo de 8,4 km/l na cidade e 10,4 km/l na estrada com etanol;
  • Consumo de 12,2 km/l na cidade e 14,9 km/l na estrada com etanol;
  • Notas “B” na comparação relativa na categoria e na comparação absoluta geral.

Etios automático: versões, preços, motor, consumo, desempenho

Toyota Etios automático – desempenho

Veja a seguir os números de desempenho do Etios 2020 automático na aceleração de 0 a 100 km/h e a velocidade máxima:

Toyota Etios Hatch 1.3 automático

  • Aceleração de 0 a 100 km/h em 12,5 segundos;
  • Velocidade máxima de 170 km/h.

Toyota Etios Hatch 1.5 automático

  • Aceleração de 0 a 100 km/h em 11,1 segundos;
  • Velocidade máxima de 187 km/h.

Toyota Etios Sedan 1.5 automático

  • Aceleração de 0 a 100 km/h em 11,3 segundos;
  • Velocidade máxima de 186 km/h.

Etios automático: versões, preços, motor, consumo, desempenho

Toyota Etios automático – garantia e revisões

O Etios 2020 agora é comercializado com garantia de fábrica de cinco anos, sem limite de quilometragem. Até 2019, a garantia de fábrica do carro era de três anos. O período maior está sendo oferecido também para os demais automóveis da Toyota ofertados no Brasil.

Já a respeito das revisões, a Toyota trabalha com preços tabelados. Veja abaixo os valores:

  • Revisão de 10.000 km ou 1 ano: R$ 248,30
  • Revisão de 20.000 km ou 2 anos: R$ 507
  • Revisão de 30.000 km ou 3 anos: R$ 399
  • Revisão de 40.000 km ou 4 anos: R$ 777
  • Revisão de 50.000 km ou 5 anos: R$ 405
  • Revisão de 60.000 km ou 6 anos: R$ 738

Sendo assim, as seis revisões do carro até os 60 mil quilômetros rodados ou seis anos de uso (o que ocorrer primeiro) totalizam um valor de R$ 3.074,30.

Toyota Etios automático – concorrentes

Chevrolet Onix e Onix Plus LT 1.0 Turbo AT – R$ 56.990 e R$ 60.090

Etios automático: versões, preços, motor, consumo, desempenho

A nova dupla Onix e Onix Plus aparecem por aqui na versão de entrada, que entrega uma boa relação custo-benefício. Os modelos são os únicos da lista a usar um motor turbo, no caso um 1.0 Turbo flex de três cilindros, com até 116 cv e 16,8 kgfm, atrelado a um câmbio automático de seis marchas.

Entre os equipamentos, há seis airbags, controles de estabilidade e tração, assistente de partida em rampas, Isofix, ar-condicionado, direção elétrica, vidros elétricos nas quatro portas, travas elétricas, chave canivete, banco traseiro bipartido e rebatível, sistema de monitoramento da pressão dos pneus, sistema de som com Bluetooth e dupla entrada USB, seis alto-falantes, entre outros.

Volkswagen Gol e Voyage 1.6 AT – R$ 58.120 e R$ 63.870

Etios automático: versões, preços, motor, consumo, desempenho

Velhos conhecidos dos brasileiros, os modelos Gol e Voyage também têm versões com câmbio automático. Os compactos da Volkswagen usam um motor 1.6 16 MSI flex aspirado de até 120 cv e 16,8 kgfm. A transmissão é uma automática de seis marchas.

De série, eles oferecem ar-condicionado, direção hidráulica, sinalização de frenagem de emergência, banco traseiro rebatível, vidros dianteiros e travas elétricas, banco do motorista com ajuste de altura, suporte para celular no painel com tomada USB, rodas aro 15 com calotas, entre outros.

Ford Ka SE Plus e Ka Sedan SE 1.5 AT – R$ 61.940 e R$ 63.550

Etios automático: versões, preços, motor, consumo, desempenho
Ford Ka automático

Ainda falando dos concorrentes, a Ford oferece a dupla Ka e Ka Sedan com motor 1.5 litro flex aspirado de três cilindros (136 cv e 16,1 kgfm) e câmbio automático de seis marchas. O primeiro modelo aqui citado é na versão SE Plus, enquanto o segundo é o SE.

Oferecem itens como vidros dianteiros e travas elétricas, sistema de som com Bluetooth e comandos de voz, Isofix, computador de bordo, ar-condicionado, direção elétrica, banco traseiro bipartido, abertura elétrica da tampa do motorista, entre outros. O Ka SE Plus agrega retrovisores elétricos, faróis de neblina, piloto automático, sensor de estacionamento, vidros elétricos traseiros, central multimídia, entre outros.

Nissan March e Versa SV 1.6 CVT – R$ 62.190 e R$ 67.290

Etios automático: versões, preços, motor, consumo, desempenho

Por último, mas não menos importantes, há a dupla da Nissan: March e Versa. Esses modelos oferecem um motor 1.6 litro flex de até 111 cavalos de potência e 15,1 kgfm de torque. São os únicos desta lista com transmissão automática do tipo CVT continuamente variável.

Eles são equipados com rodas de liga-leve aro 15, faróis de neblina, ar-condicionado, direção elétrica, volante multifuncional, vidros elétricos nas quatro portas, travas elétricas, retrovisores elétricos, computador de bordo, central multimídia com Android Auto e Apple CarPlay, entre outros.

Toyota Etios automático – ficha técnica

Motor

1.3 Dual VVT-i

1.5 Dual VVT-i

Tipo

Dianteiro transversal, Gasolina e Etanol

Dianteiro transversal, Gasolina e Etanol

Número de cilindros

4 em linha

4 em linha

Cilindrada em cm3

1329

1476

Válvulas

16

16

Taxa de compressão

13:1

13:1

Injeção eletrônica de combustível

Multiponto

Multiponto

Potência Máxima

88 cv com gasolina e 98 cv com etanol, a 5.600 rpm

102 cv com gasolina e 107 cv com etanol, a 5.600 rpm

Torque Máximo

12,3 kgfm com gasolina e 12,8 kgfm com etanol, a 4.000 rpm

14 kgfm com gasolina e 14,4 kgfm com etanol, a 4.000 rpm

Transmissão

Tipo

Automático de 4 marchas

Automático de 4 marchas

Freios

Tipo

Disco ventilado (dianteira) e tambor (traseira)

Disco ventilado (dianteira) e tambor (traseira)

Direção

Tipo

Elétrica

Elétrica

Suspensão

Dianteira

McPherson, independente com barra estabilizadora

McPherson, independente com barra estabilizadora

Traseira

Eixo de torção

Eixo de torção

Rodas e Pneus

Rodas

Aço de 14 polegadas

Liga-leve de 15 polegadas

Pneus

175/65 R14

185/60 R15

Dimensões

Comprimento total (mm)

3.777 (hatch) e 4.369 (sedã)

3.777 (hatch) e 4.369 (sedã)

Largura sem retrovisores (mm)

1.695

1.695

Altura (mm)

1.510

1.510

Distância entre os eixos (mm)

2.460 (hatch) e 2.550 (sedã)

2.460 (hatch) e 2.550 (sedã)

Capacidades

Porta-malas (litros)

270 (hatch) e 562 (sedã)

270 (hatch) e 562 (sedã)

Tanque (litros)

45

45

Carga útil, com 5 passageiros mais bagagem (kg)

ND

ND

Peso em ordem de marcha (kg)

945 (hatch) e 965 (sedã)

965 (hatch) e 985 (sedã)

Coeficiente de penetração aerodinâmica (Cx)

0,33

0,31

Toyota Etios automático – fotos

Leonardo Andrade

Leonardo Andrade

Leonardo atua no segmento automotivo há quase nove anos. Tem experiência/formação em administração de empresas, marketing digital e inbound marketing. Já foi colaborador em mais de sete portais do Brasil. Fissurado por carros, em especial pelo mercado e por essa transformação que o mundo automotivo está vivendo.

  • Rick Wakeman

    Boa analise. Tenho um e concordo com tudo que foi falado. Só acrescento o seguinte:
    – o porta luvas tem ar gelado;
    – o painel tft é bem completo e moderno, com um ótimo visual
    – os barulhos no painel em alguns anos começam a incomodar bastante (não sei se é só o meu que deu isso).

    • RodrigoABC

      Tenho um também
      Sobre o que foi dito, tenho pontos a discordar (1.5 AT hatch)
      – Estabilidade em estrada deixa a desejar.
      – Não há trocas manuais na alavanca, apenas posições do câmbio.
      – Já a direção, embora elétrica, não é tão leve como esperava. Dizem que usa um motor mais fraco, compensado pelos números de voltas do volante (3.8 batente-batente).

      Já os pontos que concordo:
      – Ótimo para a cidade, sua altura em relação ao solo é muito boa.
      – Suspensão e pneus de perfil alto absorvem bem os buracos e irregularidades.
      – Por ser leve, responde bem em algumas faixas de rotação/velocidade, embora sinta falta de mais uma marcha.

      No mais, é um carro de baixo custo, mas cumpre bem sua função de um daily para ir trabalhar e/ou estudar.

      • Rick Wakeman

        O meu TB não tem trocas manuais, pensei que algum modelo teria isso. A direcao elétrica do argo que eu tinha era mais leve que a do Etios, mas não sei se a do argo que eh mais leve que a maioria ou se eh a do Etios que eh mais pesada que a maioria.

        • RodrigoABC

          Os outros carros são Fox HL, New Fiesta e Compass. Do etios, mesmo com pneus mais finos, é mais pesada. Como digo muito provavelmente tem um motor elétrico fraco para o sistema de direção.

        • RO

          Argo é mais pesada do que outros carros que dirigi.

          • Rick Wakeman

            Eu ja tive Argo, Versa e Etios, com direção elétrica. Argo era o mais leve entre eles. Versa e Etios eram similares em peso.

  • afonso200

    pena em inicio de 2019 perder a XL, XLS e a Platinum…… mas inicio de 2019 ganhou controle tração e estabilidade….. sao menos de 100unidades Platinum, menos de 200 XLS e menos de 400 XL com controle de tração e estabilidade….. pois depois ficou só o X e X Plus…….mancada terem tirado os mais top, devido ao Yaris

  • MonHoe

    63 mil e n tem sensor de estacionamento ou câmera de ré…

  • El Gato!

    Tenho um em casa. Comprei um Platinum 1.5 18/18 zero km para minha esposa, com a proposta de ser o nosso “city car”. Ágil, robusto, mecânica simples, econômico, seguro barato, manutenção quase inexistente.

    – Motor bem lerdo, mas nem reparamos nisso no circuito urbano.
    – Câmbio adequado e bem escalonado para o motor.
    – Completinho, tem tudo que precisamos.
    – Único problema até agora foram os ruídos internos, que com menos de 10 mil km incomodavam muito. Na primeira revisão, disse o quanto aquilo me incomodava e pedi uma solução definitiva. Em resumo: desmontaram todos os painéis de porta e painel do carro para colocar uma manta anti ruído muito eficiente, tudo dentro da garantia. Em resumo. Hoje o carro tem mais de dois anos de uso, quase 30 mil km, e não faz nenhum ruído. É lindo ver um carro popular tão silencioso. Impressiona até.

    Para a proposta do carro, nos atende muito bem. Estamos extremamente satisfeitos.

    • afonso200

      ola, dizem que no piloto automatico a 80km.h na rodovia ele faz 21km.l constante

      • El Gato!

        Não sei dizer, pois usamos outro carro para estrada/viagens.
        Mas dentro da cidade ele faz 16 km por litro. Com o A/C ligado, 15,5 km por litro. Estes números foram ainda melhores no primeiro ano, talvez esteja precisando algum ajuste ou regulagem na próxima revisão.

        • RO

          Dentro da cidade em vias expressas sem trânsito nenhum né?

          • d59

            Com vento de 80km/h a favor e gravidade a 5m/s².

            • El Gato!

              Você tem o modelo? É proprietário ou dirigiu algum da sua empresa, alugou, algo assim? Conta a sua experiência pra gente!

            • Rick Wakeman

              Depende do estilo de direção. Muita gente não acredita, mas eu fazia no Argo 1.0 17,5 km por l, na cidade. Trânsito normal. Basta acelerar com moderação, e somente quando necessário. O Etios aqui de casa minha esposa que dirige. Ela faz 13,7 km/l na cidade. Só que não liga pra dirigir de forma econômica. Vê um sinal fechado e não para de acelerar, por ex. Ela continua acelerando e freia uns 10 metros antes. Aí não tem carro econômico que aguente .

              • RO

                Ai já se torna aqueles, desculpe a palavra, “cornos” que veem que o sinal tá aberto e a poucos segundos de fechar e travam quem vem atrás. Ai o bonito passa o sinal e prende todos os outros. Ele economiza combustível e obriga todo o resto a ficar gastando gasolina atoa parado no sinal.

                Eu tinha um Argo, dirigindo de forma normal, sem essa de ficar travando transito, fazia 12 km/l na cidade com o start stop ligado. Já consegui 16 km/l, mas de madrugada numa situação idêntica a rodovia com velocidade constante.

                • Rick Wakeman

                  Como passar o sinal cara? Eu disse quando o sinal tá fechado, não quando está aberto.

                  12 km/l na cidade com o Argo 1.0 com certeza seu carro estava com problema (ou vc kkk). A não ser que seja o 1.8. Em todos os testes que li em revistas ele faz bem mais que isso. Vc não está se esquecendo do freio de mão acionado não, ou dirigindo com o pé apoiado no freio, como o Barrichello confessou um dia? kkkkk

                  • RO

                    Nunca vi esses testes. O máximo que vi é 14Km/l com ar desligado.

                    Ah, e o 1.8 não faz 12 Km/l nem na estrada em velocidade “não lesma”.

                    • Rick Wakeman

                      Coloca no Google consumo argo 1.0….vem vários….fácil fácil

          • El Gato!

            Na maioria em vias expressas, com trânsito normal. Mas mesmo com engarrafamentos, a pior média dele foi 13km/l.

        • Rick Wakeman

          O seu é manual né?

      • RO

        A 80 km/h praticamente qualquer carro faz isso. Mas essa velocidade chega a ser perigosa, é a mesma dos caminhões. Aqui já aconteceram diversos acidentes porque lesmas estavam nessa velocidade e carretas não conseguiram frear. Inicio do ano começou com quatro mortos por conta disso.

        Velocidade minima tem que ser uns 20 km/h acima do que os caminhões pesados trafegam. Um carro pequeno a 100 km/h consegue frear numa boa, um caminhão a 80 km/h não.

    • Rick Wakeman

      Dei mole. O de casa aqui faz muito barulho, mas a esposa que dirige e ficou enrolando pra levar na css pra corrigir o barulho. Aí a garantia acabou. Já era.

  • Luis Carlos Saccon

    Tenho um também , ano 18 , 1.3 X , da minha esposa ….. carro ótimo para a cidade , econômico , gostoso de guiar e não dá manutenção ….. na estrada , não faz feio …… nada a reclamar por enquanto !!!

  • T1000

    carro feio demais

    • Valdek Waslan

      Rapaz…. eu vi cada lançamento de carro elétrico fora do Brasil (principalmente da Renault) que me fizeram achar esse carro lindo. Tem um de dois lugares que mais parece um gafanhoto…. Vai por mim… se prepara que vem coisa pior por aí!!!

  • Henrique12

    Veículo de terceiro mundo que enfeia as ruas brasileiras.

  • Y Roberto

    O Etios pode não ser bonito, mas muitos outros da mesma categoria, também não são bonitos, mas só o Etios é criticado.

    • RO

      Não agradar um ou outro é uma coisa, mas o Etios é praticamente unanimidade.

      • omaisbanidodona

        Alguem sabe o futuro do ETIOS ?

        • RO

          Só é produzido no Brasil atualmente. Deve morrer nos próximos anos.

      • Y Roberto

        Você afirma que as opiniões são unânimes que o Etios é feio.
        Posso até concordar, mas o correto deveria ser o Etios não é bonito
        Você também poderia concordar que atualmente, além do Etios, existem pelo menos outros 5 modelos feios. Logo, o Etios é feio, tanto quanto alguns modelos..
        Se não concordar, você é preconceituoso, afinal quando se está dirigindo um carro qualquer, a gente nem percebe se por fora ele é feio ou não, porque a gente só percebe outros detalhes, como defeitos ou qualidades.

  • Rick Wakeman

    Outra coisa, minha esposa acaba saindo atrasada pro trabalho e passa algumas vezes com velocidade mais alta do que o recomendável em quebra molas. As ruas onde andamos são esburcadas. Os carros aqui norlmalmente tem problemas de suspensão , bieleta, alinhamento etc .

    Mas no Etios, fui trocar os pneus com 60mil km rodados , e nem alinhamento precisou fazer. Suspensão bem firme e bem construída. Isso a Globo não mostra! Kkk

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email