GM e Honda cancelam projeto de carros elétricos baratos

gm bolt
gm bolt

Essa poderia ser a resposta que o mercado brasileiro espera da questão sobre como a GM cogita fabricar carros elétricos no Brasil, mas agora sabemos que não será por meio de um negócio com a Honda.

O projeto de US$ 5 bilhões entre GM e Honda para fabricar crossovers elétricos baratos foi por água abaixo, após os difíceis resultados da General Motors recentemente.

A ideia do projeto era usar a plataforma Ultium em carros menores e mais baratos para servirem tanto à Chevrolet quanto à Honda, o que seria um caminho para se enviar essa base de custo menor para lugares como México, China, Japão e, logicamente, Brasil.

Todavia, a GM desistiu do negócio, ainda mais com a pressão do sindicato UAW sobre a empresa, que perde US$ 200 milhões por semana desde o início da greve.

Em conjunto, GM e HOnda emitiram uma nota: “Após extensos estudos e análises, chegamos a uma decisão mútua de descontinuar o programa. Cada empresa continua comprometida com a acessibilidade no mercado de VE [veículos elétricos]”.

Na Honda, o fim do acordo com a GM não muda seus planos de eletrificação até 2040, enquanto a montadora americana limitou-se a dizer que os projetos vigentes entre as duas empresas, continuam, como no Honda Prologue, por exemplo.

Sem pressa de eletrificar-se, a Honda saí ilesa do negócio, mas a GM agora terá mais problemas, visto que a BEV3 é “enorme” para ser uma plataforma de baixo custo para carros acessíveis.

Na China, a GM se sustenta com projetos da Wuling, mas nos states, não há como imaginar um próximo Bolt se uma base mais barata.

Então, aí vem a má notícia… Durante uma teleconferência de lucros, Mary Barra – CEO da GM – disse aos investidores que a empresa estava mudando seu investimento dos carros elétricos de entrada, no caso o Chevrolet Bolt. Um porta-voz confirmou posteriormente que ela se referia ao acordo com a Honda.

Por ora, o futuro do próximo Bolt parece incerto e também dos planos da GM para fazer carros elétricos baratos fora dos EUA. E aqui? A pergunta continua sem resposta.

[Fonte: Reuters ]

 

google news2Quer receber todas as nossas notícias em tempo real?
Acesse nossos exclusivos: Canal do Whatsapp e Canal do Telegram!

O que você achou disso?

Toque nas estrelas!

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.


Últimas Notícias



unnamed
Autor: Ricardo de Oliveira

Com experiência de 27 anos, há 16 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz testes e avaliações. Suas redes sociais: Instagram, Facebook, X