Kicks 2018: veja as versões e seus equipamentos

nissan kicks sl 2018 1

O Kicks 2018 marcou a produção do crossover da Nissan no Brasil, pois, o modelo vinha sendo importado do México desde 2016, embora tenha sido projetado para estrear no Brasil.

Isso se deu nos Jogos Olímpicos de 2016, que ocorreram no Rio de Janeiro, onde o modelo surgiu com toda a pompa, sendo o carro oficial do evento.

Fabricado em Resende, Vale do Paraíba no estado do Rio de Janeiro, o Nissan Kicks passou a ser feito no enorme complexo industrial, que tem alto nível de automação.

Kicks 2018 – versões

A Nissan foi bem polida com o Kicks 2018, oferecendo basicamente três versões, sendo que apenas a de entrada tinha opção de câmbio manual, enquanto as demais eram CVT. A versão PcD era equivalente à S, mas com CVT por R$ 69.990.

  • Kicks S 1.6 MT
  • Kicks S 1.6 CVT
  • Kicks SV 1.6 CVT
  • Kicks SL 1.6 CVT

Nissan Kicks – veja quais são seus problemas

Kicks 2018 – equipamentos

Nissan Kicks 2018 tinha os seguintes itens de série e opcionais:

Kicks S 1.6 MT – Motor 1.6 com câmbio manual de cinco marchas, mais ar condicionado, direção elétrica, vidros elétricos nas quatro portas, travamento elétrico, airbag duplo, freios ABS com EDB, assistente de frenagem, alarme perimétrico, bancos dianteiros Zero Gravity, acabamento de portas e bancos em tecido, chave canivete com controle, computador de bordo, sistema de áudio com Bluetooth e USB, volante de fundo chato com comandos de mídia e telefonia, rodas de aço aro 16 polegadas com calotas, pneus 205/60 R16, coluna de direção ajustável em altura e profundidade, entre outros.

Opcional:

Pack Safety, que inclui controles de tração e estabilidade e assistente de partida em rampa.

Kicks S 1.6 CVT – Transmissão CVT XTtronic com todos os itens de série e opcionais do S MT, mais rodas de liga leve aro 16 polegadas e faróis de neblina.

Kicks SV 1.6 CVT – Todos os itens acima, mais botão de partida, entrada sem chave, chave presencial, câmera de ré, retrovisores elétricos com repetidores de direção, rodas de liga leve aro 17 polegadas com pneus 215/50 R17, multimídia com tela de 7 polegadas e navegador GPS.

Opcionais:

Pack Plus: Bancos e portas em couro, airbags laterais e airbags de cortina.

Kicks 1.6 SL CVT – Itens acima, mais cluster análogo-digital, multimídia Multi-App com Android Auto e CarPlay, maçanetas cromadas, rebatimento elétrico dos retrovisores, pintura externa em dois tons, ambiente com quatro opções de cores, ar condicionado automático, monitoramento em 360 graus, detector de objetos em movimento, controle dinâmico de estabilidade, controle de chassi, controle vetorial em curvas e controle do freio motor.

Opcionais:

Pack Tech: alerta de colisão, frenagem automática de emergência e faróis com assinatura em LED.

Kicks 2018 – preços

O Kicks 2018 tinha uma faixa de preço bem interessante, mas ainda não contemplava uma versão PcD, que surgira alguns meses depois.

A versão S com os itens de segurança custava R$ 72.200, mas com CVT, o preço subia para R$ 79.200.

Valores atuais da tabela Fipe:

Kicks 2018 – motor

O Kicks chegou ao mercado brasileiro com o mesmo motor que vinha do México, o HR16DE. Esse propulsor não é originário da Nissan, mas uma versão do Renault H4M.

Construído em alumínio, com quatro cilindros e cabeçote de duplo comando de válvulas com 16V, o propulsor – apesar da descrição – vem com sistema de injeção eletrônica multiponto e não direta, como sugere o termo.

Tendo 1.598 cm3, o HR16DE vem com sistema flex e tem 10,7:1 de taxa de compressão, além de correia dentada para acionamento dos comandos. Ele também vem com partida a frio e tecnologia de pré-aquecimento do combustível.

Entregando 114 cavalos a 5.600 rpm e 15,5 kgfm a 4.000 rpm, o motor 1.6 do Kicks e disponibiliza essa força nos dois combustíveis, uma estratégia que a Nissan implementou também nos modelos March e Versa.

O propulsor vinha com transmissão manual de cinco marchas ou CVT com simulação de seis marchas. Este último dispunha ainda de um modo Sport, oculto sob o botão na alavanca.

Desempenho

O Kicks 2018 tem aceleração de 0 a 100 km/h e velocidade final, abaixo. O utilitário esportivo tem desempenho fraco com seu motor de 114 cavalos e 15,5 kgfm, sendo bem lento com CVT.

  • Nissan Kicks 1.6 MT – 11,0 segundos com 175 km/h
  • Nissan Kicks 1.6 CVT – 12,4 segundos com 175 km/h

Consumo

O Kicks 2018 tem consumo etanol /gasolina em cidade/estrada, que segue abaixo. O crossover não tem bons ideais, visto que seu motor precisa trabalhar em regimes de rotação mais altos.

  • Nissan Kicks 1.6 MT – 7,8/11,1 km/l e 9,0/13,0 km/l
  • Nissan Kicks 1.6 CVT – 7,7/11,4 km/l e 9,4/13,7 km/l

Kicks 2018 – manutenção e revisão

O crossover tem garantia de três anos e a manutenção é feita com revisões a cada 10.000 km ou um ano, o que vier primeiro:

Revisão 10.000 km 20.000 km 30.000 km 40.000 km 50.000 km 60.000 km Total
1.6 Flex R$ 489 R$ 717 R$ 489 R$ 717 R$ 489 R$ 717 R$ 3.618

Kicks 2018 – ficha técnica

Motor 1.6
Tipo
Número de cilindros 4 em linha
Cilindrada em cm3 1598
Válvulas 16
Taxa de compressão 10,7:1
Injeção eletrônica Indireta Flex
Potência máxima 114 cv a 5.600 rpm (gasolina/etanol)
Torque máximo 15,5 kgfm a 4.000 rpm (gasolina/etanol)
Transmissão
Tipo Manual de 5 marchas/CVT 6 marchas
Tração
Tipo Dianteira
Direção
Tipo Elétrica
Freios
Tipo Discos dianteiros e tambores traseiros
Suspensão
Dianteira McPherson
Traseira Eixo de torção
Rodas e Pneus
Rodas Aço ou Liga leve, aros 16 ou 17 polegadas
Pneus 205/60 R16 ou 215/50 R17
Dimensões
Comprimento (mm) 4.295
Largura (mm) 1.760
Altura (mm) 1.590
Entre eixos (mm) 2.610
Capacidades
Porta-malas (l) 432
Tanque de combustível (l) 41
Carga (kg) 427
Peso em ordem de marcha (kg) 1.109 (MT), 1.142 (CVT)
Coeficiente aerodinâmico (cx) 0,345

Kicks 2018 – fotos

 

google news2Quer receber todas as nossas notícias em tempo real?
Acesse nossos exclusivos: Canal do Whatsapp e Canal do Telegram!

O que você achou disso?

Toque nas estrelas!

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.


Últimas Notícias



unnamed
Autor: Ricardo de Oliveira

Com experiência de 27 anos, há 16 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz testes e avaliações. Suas redes sociais: Instagram, Facebook, X