Crossovers Manutenção Matérias NA Nissan

Nissan Kicks – defeitos e problemas

Nissan Kicks - defeitos e problemas

O Nissan Kicks é um crossover que está entre os mais vendidos do país, sendo o quarto mais emplacado com 24.994 exemplares vendidos entre janeiro e julho de 2018. Antes importado do México, o SUV compacto da marca japonesa passou a ser feito na fábrica da empresa em Resende-RJ. Mesmo sendo um dos mais desejados, ele também apresenta defeitos e problemas.


Com projeto desenvolvido no Brasil, o Nissan Kicks é um utilitário esportivo que atraiu muito a atenção dos consumidores brasileiros, sendo agora um produto com preços a partir de R$ 72.990. O modelo também oferece uma interessante gama de cores e igualmente uma combinação de tonalidades que ajuda a vender o veículo.

Dotado de estilo atraente, o Nissan Kicks tem um bom espaço interno e 432 litros no porta-malas, atendendo bem nesse aspecto. Outro ponto é um painel com instrumentação análogo-digital e multimídia moderna, além de sistema de monitoramento em 360 graus, alertas de colisão, controle dinâmico de chassi, entre outros.

Na mecânica, porém, o crossover tem somente o motor 1.6 Flex com 114 cavalos e 15,5 kgfm em qualquer combustível, assim como câmbio CVT em quase todas as versões. Mas, mesmo com esse bom pacote, ele peca em alguns detalhes que são imediatamente apontados por seus proprietários. Isso sem contar alguns defeitos e problemas que tiram o sono dos que precisam resolver a questão.


Em pesquisa no Clube do Kicks, parte integrante do Clube Nissan, bem como no site Reclame Aqui e na seção Opinião do Dono do site Carros na Web, vimos diversos relatos de defeitos e problemas com o modelo, mas a grande maioria está relacionada com a qualidade de montagem do veículo, especialmente com críticas em relação à versão brasileira.

Nissan Kicks - defeitos e problemas

Ausências reclamadas

Assim, vamos aos pontos que mais foram destacados nos relatos vistos na internet sobre defeitos e problemas do Nissan Kicks. Mas, antes de entrar exatamente nesses aspectos, o crossover tem várias reclamações em relação à falta de piloto automático e apoio de braço para o motorista.

Tais itens inexistem no produto, mas os donos sempre acham uma forma de driblar o deslize da marca nesse caso, ainda mais por ser um carro com preço médio na casa de R$ 90 mil, como apontam alguns donos.

Independentemente, os proprietários andam instalando controle de cruzeiro e apoio de braço por conta própria, o que dá em torno de R$ 2.000 em média. Também há reclamação em relação à resposta do motor, considerado fraco por vários donos em termos de ultrapassagem e subida de ladeiras.

Nissan Kicks - defeitos e problemas

Nissan Kicks – defeitos e problemas

Travamento de rodas

O travamento de rodas em baixa velocidade é um caso que gerou reclamação na internet. Há pelo menos cinco relatos de regiões diferentes do Brasil, onde as rodas simplesmente travam e num dos casos, o cliente teve que ir ao revendedor quatro vezes para resolver o problema, que enfim foi reparado pela assistência técnica.

Outro dono diz que o Kicks começou começou a apresentar essa tendência de travar rodas em curvas de até 50 km/h e ficou preocupado com relação à segurança. Depois, o problema começou a ocorrer com o carro em linha reta, quando o proprietário levou até a revenda, onde o técnico teria dito que era normal por causa do controle de estabilidade do veículo, mas questionou que antes isso nunca tinha acontecido.

Em outro relato, o dono fala de “desregulamento do acionamento da tração das rodas”, se referindo a um problema que lhe aconteceu, quando os freios travaram com o carro em movimento e ele acabou indo parar no acostamento.

O Kicks em questão tinha pouco mais de 6 mil km rodados, apresentando característica semelhante ao apresentar ruído em curvas e depois o travamento, com uma puxada rápida de direção.

Tanque pequeno

Outro item de reclamação dos donos do Nissan Kicks é o tamanho do tanque, que tem somente 41 litros. Muitos donos dizem que é necessário parar com mais frequência no posto para abastecer, devido a essa limitação. Um relato diz que em viagens longas para regiões com menos pontos de apoio, há preocupação nesse aspecto, com o temor de ficar na estrada.

Alguns falam também do consumo urbano, que não é o prometido, fazendo em média 8 km/l de gasolina na cidade. No Inmetro, o consumo é de 11,4 km/l. Não há reclamação em relação ao consumo de etanol e nem na estrada.

Defeitos eletrônicos

O Nissan Kicks também apresenta alguns relatos de defeitos e problemas eletrônicos. Além do controle dinâmico de chassi, nos casos de travamento de rodas, o crossover gera reclamações – algumas sem solução relatada – sobre os dados do computador de bordo. Os números, segundo os donos afetados, são irreais e afetam diretamente as informações relativas à consumo e autonomia.

A imprecisão já teria levado um dono a ficar quase sem combustível. Alguns dizem que o computador de check da revenda não detecta alterações e um técnico chegou a dizer que “não havia o que fazer”, deixando o cliente estarrecido.

Também relatam dificuldade no espelhamento de aparelhos móveis na multimídia e imprecisão nos dados de navegação. Outro ponto é o farol de neblina (erroneamente chamado de milha pelos donos), que estaria chegando de fábrica solto, precisando a revenda fazer a fixação do mesmo.

Por fim, o botão de partida gerou algumas reclamações, visto que no check da oficina, o dispositivo não apresenta avarias, mas no dia a dia, o mesmo funcionaria de forma aleatória, deixando muitas vezes o proprietário em situação difícil, como no caso de uma idosa em um posto de combustíveis movimentado.

Qualidade da pintura

Alguns donos apontam que a pintura, especialmente a branca, apresenta manchas e mudanças de brilho já nos primeiros quilômetros. Um dos donos diz que algumas partes estavam descascando e outro falou que havia alteração de brilho entre lataria e para-choque, usando assim uma cera para reduzir o efeito, já que havia desistido de brigar na concessionária para a resolução do problema.

Existem casos em que o veículo foi entregue na revenda já com reparos e retoques feitos, o que irritou os donos. O caso é, infelizmente, comum nas concessionárias, visto que se o carro não é riscado na fábrica ou na carreta, pode acabar sendo avariado na própria loja, antes do cliente botar os olhos no veículo.

Barulhos e ruídos internos

Todos os problemas acima possuem alguns relatos e no geral não são muitos, mas o campeão de reclamação dos donos do Nissan Kicks nem faz parte do carro: o vento. A quantidade de relatos impressiona e não se trata do ruído aerodinâmico, comum em qualquer carro, mas de uma infiltração que gera um ruído bem incômodo através das borrachas das portas.

Muitos proprietários dizem que o problema é amenizado apenas com a troca das borrachas de vedação das portas e que existe diferença de qualidade entre o modelo mexicano e o brasileiro (pior) nesse aspecto. Portas com folgas também foram ajustadas para reduzir o barulho.

Um dono de Kicks brasileiro, testou o mexicano na revenda antes de comprar e após pegar o seu, viu a diferença em termos de isolamento acústico. Muitos falam que um forte “apito” ocorre acima de 140 km/h, mas outros relatam que acima de 70 km/h, existe entrada de ar. Ruídos na tampa do bagageiro também são recorrentes, alguns com resolução através de espuma extra e até plástico bolha.

[Fonte: Reclame Aqui / Clube Kicks]

Nissan Kicks – defeitos e problemas
Nota média 3.2 de 9 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Vitor Santos

    O pessoal ta pagando mais de 90 mil nesse carro só por causa do design.. acharam o ponto fraco do brasileiro “ostentação”. Um carro desse com motor fraco e poucas tecnologias não deveria valer mais de 60 mil!

    • Ford Opala Attractive 200TSI

      Fiz um test drive ano passado e achei o carro muito bom, mas realmente o motor tinha que ter mais força. Complicado pagar mais de 80 k num carro e ter que sofrer nas subidas e retomadas.

      Mas se eu fosse comprar um Kicks, seria o Kicks manual, pois custa cerca de 70 k (com desconto), e o carro fica bem mais ágil sem o CVT. Mas o problema será a revenda, pois poucos querem um SUV manual.

      • carlos rodrigues

        O motor do Kicks é bem acertado (mesmo do verso), o problema é que o CVT anestesia bastante o comportamento do carro, não é um problema é uma característica desse tipo de câmbio. Quem não está a procura de comportamento agressivo, vai se dar muito bem com ele. O ponto positivo nisso é o conforto e a economia proporcionada pelo CVT.

    • Mr. Pennybags

      O que tem de proprietário aqui revoltado tá engraçado de ver!kkkkk

    • carlos rodrigues

      Disse tudo. brasileiro avalia carro pela beleza, porte e imponência, por isso o sucesso dos SUV’s. Carros com aparência de robusto mas que na essência não trazem nada que justifiquem o auto preço. As montadoras acertaram em cheio pois investem nos pontos que o mercado mais valoriza, que são a aparência e o porte. O triste nisso tudo é que enquanto prevalecer esse tipo de opção, teremos carros caros e sem conteúdo.

  • Charlis

    Este é o tipo do carro que é excelente na teoria, e ruim na prática, pelo menos foi a minha percepção.
    Sempre falei bem e defendi esse carro por aqui, quando questionavam que o motor 1.6 era fraco, até eu digirir, e mudei completamente de ideia.
    Realmente as respostas entre motor/câmbio são muito aquém do que eu aceitaria em um carro, ainda mais neste valor.

    • carlos rodrigues

      Creio que esse motor com câmbio manual seja bem mais esperto, apesar do conforto e economia, o CVT deixa ele anestesiado, passando uma sensação de falta de força.

      • Charlis

        Creio que sim, porque na teoria o motor é muito bom, e a Kicks é muito leve.
        Acho que o câmbio é o grande responsável.

        []s

    • Eu aluguei um e minha percepção foi justamente contrária. Para mim, o Kicks teve um desempenho superior ao que eu esperava, foi divertido, andou bem e empolgou. As únicas ressalvas que tive foi o pequeno lag no acelerador, quando se tira o pé, e a suspensão que deveria ser mais alta e dar menos batente.

  • F30FLORIPA

    Quanta “coincidência” esta matéria logo após a Quatro Rodas dar ao Kicks o premio de melhor compra.

    • Fábio A.

      Correção:

      “Quanta coincidência esta matéria logo após a Quatro Rodas ter sido paga para dar o prêmio de melhor compra!”

  • Eng Turbo

    “Travamento de rodas
    O travamento de rodas em baixa velocidade é um caso que gerou reclamação na internet. Há pelo menos cinco relatos de regiões diferentes do Brasil”

    Vamos a uma conta rápida de padeiro:

    As vendas de 2017 e de 2018 ate o momento foram de 55k carros, e temos 5 problemas relatados, o que representa 0,009% do total….SÉRIO isso?

    • Rodrigo Ponce

      Parece brincadeira, esse é o problema da internet, dá para fazer muito barulho, aí uma problema em pouquíssimas unidades vira problema crônico.

  • Piston head

    Bizarro. Costumo reparar quando vejo um Kicks na rua, como é pequeno. Fico com a permanente sensação de que realmente não é muito mais que um mero compacto. Na avaliação do Best Cars foi dito que ele também não tem bom ajuste de direção, mas uma falha considerável.

    • Rodolfo

      O carro tem as mesmas dimensões do HRV.

      • Piston head

        Sim, HR-V tb não é lá essas coisas mas o Kicks passa a ~~impressão~~ de ser muito pequeno externamente.

        • Eu o vejo igual ao HR-V, e mais alto. No segmento, só o Creta parece grande.

  • Rodolfo

    Todo carro tem defeitos na fabricação, depende da sua sorte ou azar pegar um desses. É só pesquisar um pouco para ver como os queridinhos HRV, Renegade e Compass estão cheio de reclamações também. Acho que o único problema mais crônico do Kicks é um barulho na tampa do porta-malas.

    • F30FLORIPA

      Isso todos sabemos, mas você acha q foi “coincidência” esta matéria logo após a Quatro Rodas dar ao Kicks o premio de melhor compra?

  • Edu

    Peguei um trecho de 450 km e gastei 26 litros de gasolina,portanto numa conta básica corresponde á média de 17km/l.impresssionante.Apenas confirmo que o carro tem falta de força em subidas.De resto é um carro muito bom,

    • carlos rodrigues

      Tive e essa mesma impressão, não com o Kicks, mas com o versa que utiliza o mesmo motor e câmbio. Atribuo tal sensação, não ao motor, mas sim ao câmbio CVT que possui como característica essa demora nas respostas do motor.

  • dallebu

    Final do ano passado participei de uma visita á fabrica da Nissan em Resende aonde é feito o Kicks.
    Achei uma fábrica bem organizada apesar de não ser das mais modernas nos processos.
    Apesar do Kicks ser nacional, na fábrica existem caixas e mais caixas de peças que vem do México.
    Uma curiosidade que fiquei sabendo é que as versões topo de linha do Kicks supostamente recebem um tratamento diferenciado na fábrica. Após a montagem esses carros seriam separados e submetidos a um controle de qualidade mais minucioso.

    • Natural e esperado, tal qual a Hyundai faz com o Creta Privilége e a linha HB20 Premium.

  • Mr Tony

    Achei que a versão E-power iria estrear ano quem vem junto com a chegada do Leaf…

    Ainda falta um mísero alarme de velocidade, pra mim faz muita falta!

    • Yago G. Oliveira

      Com esse motor fraco nem vai sentir tanta falta de alarme de velocidade.

      • Wellington Myph13

        Colega, carro 1.0 com 70cv chega a 160km/h, o 1.6 do Kicks certamente passa disso com mais facilidade ainda…

        • Yago G. Oliveira

          Mas com segurança não

  • gabriezim

    Tenho há 9 meses. No geral estou gostando. Não é o carro mais rápido do mundo como eu já sabia quando comprei, mas é mais que o suficiente pra o uso civilizado (anda melhor que meu antigo corolla 1.8 at4) e muito econômico. Tirando o tanque pequeno, dos problemas da lista não tive nenhum. Só acrescentaria os pequenos “nheco-nhecos” de acabamento.
    Apareceram cedo, na minha opinião… Vou pedir para verificarem na 1a revisão.

    Quanto a custo-benefício (custo = aquisição + seguro + manutenção), continuo achando ótimo vs as opções disponíveis no mercado, principalmente pelo pacote de segurança na SV+pack plus. 6 bags, abs, esp, controle rolamento, keyless, couro, confortável, econômico, espaço interno bom, pequeno por fora pra esposa não bater nos pilares… Não vai ganhar racha, mas tb não achei nada melhor por 87mil quando comprei.

  • Lucas

    Tem menos defeitos que a Hilux, que o pessoal tanto idolatra como inquebrável.

  • ocampi

    Eu fiz o caminho inverso. Olhei um Fiesta Ecoboost 2018 de 69.000 com desconto por 61.900. Estou fazendo 11km/l na cidade e se preciso de uma esticada faço de 0 a 100 em 9,5seg. Seguro de apenas R$1800,00 meu perfil Sul América. O defeito do Powershift foi identificado em 2016 e hoje o câmbio tem garantia de 5 anos e o carro geral de 3 anos. Acho um absurdo pagar mais de 70.000 reais em um carro que vai consumir mais e ter seguro acima de 3.000 reais em média.

    • FREDRED

      Bela compra, os 5 anos de garantia do cambio deixa os compradores tranquilos, uma pena que não é flex, quem mora em Sp vale muita apena usar álcool.
      Uma das melhor opção de hatch no momento, forte e econômico. Muito melhor que essas porqueiras de Suv que são mancos e gastão. O que tem de Ranegayde nos classificados é de cair o queixo.

      • ocampi

        Hj completei o tanque e o Fiesta 1.0 Ecoboost fez 11,6km/l na cidade com trânsito pesado na volta de aula e fim de férias, estou bem satisfeito com a marca. AInda nem amaciei o motor, ele está com 900km.

    • gabriezim

      Propostas diferentes.
      Fiesta é ótimo carro mesmo, mas pra uma pessoa não muito alta e sem filhos. Não dá pra comparar em espaço interno e porta-malas pra quem família e é mais alto, como é meu caso…

  • Edson Oliveira

    Realmente ,não há como não acreditar que trata-se de uma reportagem feita pra prejudicar a imagem/vendas do veículo.

    Absolutamente TODOS os veículos possuem algum problema, mas daí querer pegar relatos dispersos de fóruns, mesmo aqueles que não são comprovadamente frequentes e afirmar que seja algo crônico, no mínimo é muita má-fé.
    Sou dono de um, modelo SL (18/18) e, antes de comprá-lo, entrei em diversos fóruns, de várias marcas (compass/creta/kicks/HRV) e, depois de MUITO pesquisar, não tive dúvidas que seria a melhor opção, principalmente no custo-benefício.

    Não é potente, como alguns outros, mas responde de forma excelente – devido ao baixo peso.

    Basta vc pisar, pra valer, que responde de forma excepcional (e, claro, vai consumir BEM mais).

    E, comparativamente aos demais, excepcionalmente econômico – moro em ctba e só usei NA CIDADE ainda, fazendo MÉDIA de 11,5km/l (acredite).

    Quanto a defeitos, o único realmente “crônico” é o barulho do porta-malas (facilmente resolvido, na revisão).

    • F30FLORIPA

      Não foi “coincidência” esta matéria logo após a Quatro Rodas dar ao Kicks o premio de melhor compra.

    • FREDRED

      “Basta vc pisar, pra valer, que responde de forma excepcional”

      Que carro vc tinha antes jovem?

    • Wellington Myph13

      Mas ninguém disse que é crônico… São defeitos e problemas apresentados, em certas unidades, com relatos na internet…
      A matéria não cita ser crônico em momento algo…

  • thi

    me desculpe mais não vejo logica esse tipo de matérias com carros recentes ..tem q pegar carros com tempo no mercado e não um carro q foi lançado “ontem ” ..eu me assutei com esse relato , um carro recem lançado apresentando esses defeitos,ai a gente sempre ver como no brasil só tem porcaria.

  • Baetatrip

    Pois é!
    Carros de R$90.000 num motorzinho 1.6 16V e qualidade pior?
    Só o Brasil mesmo!
    Esses SUV´s hj dia e = carro com mulher com salto alto!
    Acha que é de rico, pior que nao é nem 1 pouco!
    Carros novos tá dando probleminhas e menos durabilidade há 5 ou + anos!
    Eu tenho o meu SZK GV3 4×4 ano 12-12 que peguei em set de 2015 com 44 mil km (Está com >115 mil km) e esta inteiro em TUDO!
    Pois eu viajo mt com ele e pego terra, pauleira aguenta d+…… Que os SUV hoje em dia nao aguenta pauleira!
    Como o KICS tem tanque praticamente ao meu Samurai 93 que uso em trilhas!
    Só andar na cidade… e viajar perto, se for longe nem dá para confiar um treco desse!

    • Gorpo de Etérnia

      Vc é o bichão mesmo heim…

      • Baetatrip

        kkkkkkk pior que nao sou!
        Sou da antiga e nao geracao moderno!

  • Nicholas Vale

    Tenho um Kicks SV 2018 e já está com pouco mais de 10 mil KM. Branco perolizado, nota-se sim uma diferença de pintura da lataria para o para-choque. E em relação ao consumo posto na notícia, pura mentira. O meu chega a fazer 12.2 KM/L na cidade e 16.1 na estrada, sempre abastecido com gasolina comum. Pessoas compram os carros teoricamente “populares” achando que vai andar no conforto de uma mercedes, meros inocentes. Não tem o que reclamar do carro.

    • Yago G. Oliveira

      Ontem vi um de cor preta com detalhes em cinza, achei extremamente bonito.

    • sandro99

      As vezes essa diferença de pintura ocorre em função do material onde é aplicada a pintura, já que os para-choques, salvo engano, são de outro material que não o mesmo da lataria.

      • REDDINGTON

        A Hilux tinha esse defeito até a 2017, a 17/18 foi corrigido, o para choque dianteiro tem o mesmo brilho da lataria, acabou aquele aspecto fosco estranho que tinha antes.

        • GPE

          Era bizarro

  • zekinha71

    Nissan até hj não aprendeu pintar os carros direitos, pensava que só nos primeiros March feitos em 2014 que não prestava, mas continua ruim até hj.

    • Yago G. Oliveira

      Uma amiga minha teve esse defeito, nossa, o carro ficou muito feio mesmo. Ela reclamou no facebook e virou sucesso, resultado disso foram eles pedindo o carro pra pintar novamente.
      Falando nisso, a Ford ainda tem problemas de pintura como nos primeiros New Fiesta?

  • Ricardo

    Q se ferrem os SUVeiros! Preferem pegar carro para ostentar do que carros bons de verdade!

  • Ricardo

    Carro pesado,fraco, beberrão e com tanque pequeno. 200 km de autonomia. Hahahaha

    • Charlis

      Kicks pode ter N pontos negativos.
      Mas definitivamente, ele não é um carro pesado, rs.

      []s

      • Ricardo

        É proporcionalmente mais pesado que o March que deve ter a mesma plataforma.

        • Charlis

          OBVIO né Champs?
          Todos os “SUVs” pesam mais que seus derivados compactos.
          Mas chamar esse de pesado, é assinar um atestado de que não entende nada do mundo automotivo.

          Anyway, 1.142 kg, o mais leve dentre seus concorrentes.

          []s

    • Mario Souza

      Com esse “pesado” não podemos dar qualquer crédito a esse post

      • Ricardo

        Proporcionalmente é!

        • F30FLORIPA

          Vc falou besteira.

    • F30FLORIPA

      Só para vc ter um noção de como o Kicks NÃO é pesado, ele é mais leve que o Polo.

      • Ricardo

        Mais uma prova de que é uma farsa para enganar trouxas.

  • EtiosBrio

    e o Onix não tem problemas?

    • F30FLORIPA

      Claro que não, por isso ele é o carro mais vendido no Brasil (estou sendo irônico)

      • EtiosBrio

        rsrs

    • Danilo

      Mas a reportagem é sobre o kicks

    • zekinha71

      Já teve a matéria dos problemas do Onix, foi o primeiro da série de problemas dos carros.

  • Razzo

    “Outro dono diz que o Kicks começou começou a apresentar essa tendência de travar rodas em curvas de até 50 km/h e ficou preocupado com relação à segurança. Depois, o problema começou a ocorrer com o carro em linha reta, quando o proprietário levou até a revenda, onde o técnico teria dito que era normal por causa do controle de estabilidade do veículo, ”

    –> Aí é judiar muito com o consumidor…

  • F30FLORIPA

    Em um país onde o carro mais vendido recebeu nota 0 neste mesmo teste, o Kicks com 4 estrelas (de um total de 5) pode ser considerado muito bom.

    • Mauro Schramm

      Eu não pagaria R$ 100 mil num carro com proteção considerada “fraca” para o peito do motorista.

      • F30FLORIPA

        está chato ver esses perfis fakes fazendo OS MESMOS comentários.
        Não mudam nem uma letra.
        Kicks recebeu 4 estrelas no LatinNCAP. Algo muito bom em um país onde o carro mais vendido recebeu nota 0.

        • Mauro Schramm

          É cada um, viu?

        • Mauro Schramm

          Fio, pegue os seus R$ 100 mil, compre um seja feliz. Simples assim.

        • Mauro Schramm

          está chato ver esses perfis fakes fazendo OS MESMOS comentários.

          Que bom que você consegue ter autocrítica e perceber que é meio ridículo ficar fazendo mimimi em todos os comentários com esse nick fuleirão. rsrsrs

          Kicks recebeu 4 estrelas no LatinNCAP. Algo muito bom em um país onde o carro mais vendido recebeu nota 0.

          Um erro não justifica o outro e você está comparando carros de categorias e preços diferentes. . Kicks teve o pior desempenho no teste de colisão frontal em comparação com seus concorrentes HR-V, Renegade, Ecosport e Creta. Diferentemente desses, Kicks teve desempenho “fraco” e “marginal” na proteção de algumas partes dos ocupantes adultos.

          Relatório do Latin NCAP

          Impacto frontal: A proteção proporcionada à cabeça e ao pescoço do motorista e do passageiro foi boa. O peito do motorista obteve proteção fraca e o do acompanhante recebeu proteção adequada por parte dos sistemas de retenção. Ambos os joelhos, tanto do motorista quanto do acompanhante, tiveram proteção marginal porque foram expostos a estruturas perigosas na área do painel. As tíbias do motorista ganharam proteção adequada e as do passageiro, boa. A área dos pés foi considerada instável, bem como a estrutura.

  • Razzo

    Kicks: motor defasado e fraco, freios à tambor traseiro, falta de piloto automático, carroceria instável em colisão (Latin NCap). Ao menos tem um bom câmbio CVT Jatco CVT7 W/R D-STEP).

  • Alexandre Furtado

    Tenho versa de origem mexicana, e o que tenho observado é a pinturas dos nacionais, march, versa e kicks com algum tempo de usa pintura sem brilho, quase que opaca,

  • Diego G. de Lima

    Esse para-choque traseiro é uma aberração nesse carro, nas fotos ele fica razoável, mas pessoalmente destoa totalmente, o brilho do metal com esse plastico desse tamanho.

    • Eu acho muito bonito. Pra ver como percepção é individual, e gosto é relativo.

  • João Senff

    Tanque pequeno não é problema e sim uma característica do veículo. Quem compra já sabe desse detalhe.

  • afonso200

    sem piloto automatico to fora, assim como HB20 que nao tem tambem

  • REDDINGTON

    Esse carro em si não posso falar nada. Mas o pós-venda da Nissan…falta MUITO, MAIS MUITO pra chegar aos pés de Honda e Toyota, minha sogra levou o carro dela essa semana…não quer outro Nissan nem de graça. Não foi a primeira experiência ruim não.

  • Felipe

    Péssimo carro. Comprei uma SL 0km em 08/2018 além dos barulhos na suspensão e o insuportável barulho de vento acima de 100 km/h, me carro já apresentou defeito no esguicho do limpador de para-brisa, quebra da barra axial da suspensão dianteira e vazamento pelo retentor do virabrequim. Problemas diagnosticados na revisão dos 20.000 km em 06/2018 e parcialmente solucionados somente em 08/2018 por falta de peças na concessionária. O vazamento não foi solucionado e desde a última passada na css só aumentou. Não comprem!

  • Hodney Fortuna

    É indiscutível! Quase sempre um modelo feito no brasil nunca se compara ao antes importado! Isso é fato e já foi inclusive dito por donos de Golf e Audi A3 no passado! O modelo nacional é mais destinado a venda interna ou no máximo exportado para países do Mercosul! Possuímos um Nissan March mexicano e pude constantar isso, apesar de o modelo mexicano ser menos “seguro” que a versão brasileira, o plástico usado no paínel do mexicano tem uma discreta melhor qualidade do que o brasileiro como também o carpete do assoalho do mexicano ser superior. Nem imagino o restante!

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email