Lavadora de alta pressão estraga a pintura?

Lavar o carro em casa hoje em dia está muito fácil. Foi-se o tempo em que era preciso usar de paciência para limpar o automóvel utilizando apenas uma mangueira, sendo que muitas vezes a pressão não ajudava.


O que dirá dos lava-rápidos, que no passado só existiam em postos e com aqueles enormes rolos que no final acabavam danificando a pintura e partes dos veículos com sua pressão enorme sobre a carroceria.

Com as lavadoras de alta pressão, ficou fácil arrancar aquela sujeira mais pesada do automóvel, providenciando não só o ensaboamento completo do veículo, mas a rápida retirada do produto e também de outras substâncias que tenham aderido à pintura ou outra parte do carro.

Há uns 20 anos, ter uma lavadora dessas em casa seria um luxo, visto que os equipamentos não eram pequenos e nem baratos. Mas isso mudou totalmente e, além de reduzir o consumo de água, essas máquinas também aceleram o tempo do serviço.

Antigamente, marcas como Kärcher e Wap tinham lavadoras de alta pressão bem grandes, geralmente montadas em carrinhos, devido ao peso. A pressão era semelhante aos produtos atuais, agora bem compactos e leves, que podem ser levados mesmo sem rodinhas para sua manipulação.

Esses equipamentos possuem pressão entre 50 bars (750 psi) e 1.200 bars (30.000 psi), embora alguns superem essa marca. Mas, se você reparou, 1.200 bars é muita pressão.

Na realidade, algumas lavadoras de alta pressão podem ser conectadas a mangueiras de dimensões maiores (no caso da espessura), podendo produzir jatos de água fortes o suficiente para empurrar um homem sobre uma superfície lisa.

Mas, no geral, as portáteis de uso doméstico não são assim tão fortes e podem produzir uma boa lavagem do carro, especialmente se o mesmo estiver bastante sujo. Essa pressão, no entanto, é bem mais elevada que aquela produzida por uma mangueira com bico especial para ampliar a força da água que vem pela rede de saneamento.

Então, para muita gente fica a dúvida: se eu lavar o carro com equipamento de alta pressão, a pintura pode ser danificada? Essa pergunte surge por termos partes mais frágeis nos carros, que poderiam facilmente ser danificadas.

Assim, será que a lavadora de alta pressão estraga a pintura? Não estraga se o jato não for colocado muito próximo da lataria. O uso dessas máquinas lavadoras é indicado para limpeza de superfícies lisas, como é a pintura de carros. 

Alguns fabricantes até indicam como fazer a lavagem correta do automóvel utilizando essas lavadoras de alta pressão. Nesse caso, o indicado é que você comece a lavagem inicial de cima para baixo, a fim de evitar que as sujeiras mais pesadas, presentes na parte inferior da carroceria e nas rodas, sejam projetadas sobre a pintura do veículo, podendo assim riscar.

Na hora de ensaboar, não faça o serviço sob a luz do sol, mas procure um lugar com sombra para fazer isso. De preferência, faça isso desde o começo, se possível.

Para aplicar o sabão, de preferência neutro ou específico para lavagem de autos, utilize o reservatório próprio da lavadora de alta pressão. Se a mesma não tiver esse item, então passe de cima para baixo usando uma esponja ou luva para limpeza especial, fazendo movimentos circulares e sem muita força.

Após a aplicação do sabão, use novamente a lavadora com bico aberto para alcançar o máximo possível de área da superfície da lataria, a fim de reduzir o tempo do serviço e economizar água.

Sempre lave de cima para baixo e procure limpar também as rodas por fora e por dentro, assim como a caixa das rodas. Faça movimentos para agilizar a retirada do sabão da superfície do veículo sem demora.

Feito isso, retire o excesso de água com uma pano apropriado para o mesmo. Depois, utilize outro pano para secar a superfície da carroceria, evitando deixar partes molhadas ou resquícios de água, especialmente se for encerar o carro posteriormente.

Caso contrário, faça o mesmo, visto que se o carro pegar sol por tempo prolongado, aquela água que escorreu pode manchar a pintura. Esse é o motivo pelo qual não é recomendado deixar o carro secando ao sol.

Tanto para uma lavagem completa, quanto para retirar aquela sujeira eventual ou excesso de lama e outros materiais que estão sujando o carro, a lavadora de alta pressão é muito prática.

Usá-la é a melhor forma de se obter um bom trabalho final, deixando o automóvel bem limpo e, se já estiver encerado, brilhante. É por conta dessa facilidade que muitos lava-rápidos abandonaram o sistema de rolos, que só danificavam os veículos, passando assim a usar as pistolas de lavagem.

Então, não há preocupação se o carro foi deixado para lavar nesses estabelecimentos, pois o uso delas está bem difundido. Se for um posto, evite os rolos de lavagem, pois eles realmente prejudicam o carro.

No mercado, as lavadoras de pequeno porte custam a partir de R$ 300, em média.

Autor: