Mercedes-Benz GLB 200 ganha duas versões a partir de R$ 264.900

Mercedes-Benz GLB 200 ganha duas versões a partir de R$ 264.900

O Mercedes-Benz GLB 200 amplia sua gama de versões no mercado nacional. O SUV de luxo importado do México, que era vendido apenas em uma opção, a Launch Edition, que sai de cena.


Agora o GLB 200 adiciona duas novas, que chegam com preços de R$ 264.900 para a Advance e R$ 290.900 para a Progressive.

Mercedes-Benz GLB 200 ganha duas versões a partir de R$ 264.900

Em ambas, o Mercedes-Benz GLB 200 mantém o propulsor M282 de quatro cilindros, que em breve conheceremos como Renault H5Ht no Captur Turbo.

Ele tem 1.332 cm3 (coincidentemente o mesmo do rival Firefly 1.3 Turbo), entregando 163 cavalos a 5.500 rpm e 25,5 kgfm entre 1.620 e 4.500 rpm.

Tendo câmbio automatizado de dupla embreagem 7G-DCT, o Mercedes-Benz GLB 200 vai de 0 a 100 km/h em 9,1 segundos e atinge máxima de 207 km/h.

Mercedes-Benz GLB 200 ganha duas versões a partir de R$ 264.900

Medindo 4,634 m de comprimento, 1,834 m de largura, 1,658 m de altura e 2,829 m de entre-eixos, o SUV tem sete lugares e bagageiro de 130 a 1.680 litros, dependendo da configuração de assentos.

Na versão Advance, o GLB 200 tem rodas aro 18 polegadas com pneus 235/55 R18, enquanto a Progressive vem com aro 19 polegadas, calçadas com pneus 235/50 R19.

O Mercedes-Benz GLB 200 na versão Advance vem com multimídia intuitivo MBUX com duas telas digitais de 10 polegadas, carregador wireless para celular e integração para smartphones Apple Car Play e Android Auto.

Mercedes-Benz GLB 200 ganha duas versões a partir de R$ 264.900

Ele tem ainda assistente de estacionamento, câmera de ré, faróis Full LED e assistente ativo de frenagem, entre outros. Já o GLB 200 Progressive vem com controle de cruzeiro adaptativo e semiautônomo, rodas AMG, teto solar panorâmico e sistemas de assistência ao condutor, como direção ativa, alerta de ponto cego desembarque, aviso de mudança e manutenção de faixa, keyless go total, entre outros.

Conhecido como projeto X247, o Mercedes-Benz GLB ainda usa o motor M282 em versão de 136 cavalos no mercado europeu, assim como o 2.0 M260 com 224 ou 306 cavalos, este último no GLB 35 AMG. O SUV tem ainda o diesel OM655 2.0 com 116, 150 ou 190 cavalos.

 

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.