Etc Mercado Segurança

O erro de velocidade presente no velocímetro

 

volkswagen-up-velocimetro O erro de velocidade presente no velocímetro



O velocímetro do automóvel deveria ser exato em marcar a velocidade do veículo, mas isso não ocorre. Essa alteração em relação ao movimento real do carro é uma característica inevitável no processo industrial automotivo, mas que apresenta custos razoáveis.

O erro do velocímetro se tornou tão comum que foi até virou norma. Em muitos carros, por exemplo, a discrepância é de 5%, mas na Europa, a Comissão Econômica das Nações Unidas determinou que o erro não poderia ser maior que 10% acrescidos de mais 4 km/h.

Ou seja, se um carro estiver em velocidade real de 90 km/h, o ponteiro analógico ou digital não pode marcar além de 103 km/h. Essa diferença é também utilizada como cálculo para autuação de veículo com excesso de velocidade, na legislação brasileira.

Até 100 km/h, é considerada uma margem de erro de 7 km/h. Acima desse limite de velocidade, o cálculo passa a ser de 7%. Então, toda vez que se passa no radar de fiscalização eletrônica, a velocidade indicada no equipamento da via é sempre menor que a indicada no velocímetro.

honda-civic-touring-avaliação-NA-72 O erro de velocidade presente no velocímetro

Mas mesmo com o “erro de fábrica”, a diferença entre velocidade real e indicada no painel do carro pode variar durante a condução. A pressão dos pneus pode influenciar esse erro, assim como o desgaste do pneu.

Outra fonte de alteração na velocidade indicada é a substituição de rodas e pneus por equivalentes de medidas diferentes das originais, mudando assim o diâmetro do material rodante.

O erro do velocímetro também passa a falsa impressão de melhor performance e de maior economia de combustível, já que a medição deste último se baseia na quilometragem percorrida, apresentando assim um consumo que não reflete a realidade.

Leia avaliações, notícias sobre carros e compare modelos em NoticiasAutomotivas.com.br.

[Fonte: Revista Quatro Rodas]

COMPARTILHAR:
  • Pedro Batista Corrêa Gomes

    Faltou citar que isso é pensado como medida de segurança também, apesar de que no passado essa discrepância ter sido bem maior – alguns modelos chegavam a 20% de diferença. A ideia é que o motorista navegue com uma “margem de segurança” ao notar que seu carro “chegou” ao limite que a via comporta/permite.

    • Lucas Alves

      Penso exatamente como vc, essa margem de segurança é totalmente bem vinda, um tipo de precaução conta os malditos radares.

      • Luis_Zo

        Eu discordo. Não acho bem vinda e inclusive ela atrapalha no fluxo do transito:

        Hoje o erro permitido por lei é de 6%, mais uns 2% que acontecem por variação de pressão do pneu. Ou seja, 8%.

        O erro de medição do radar é muito próximo de zero. Além disso ele só multa quando o veiculo passa 8km/h acima da velocidade.

        Temos então um radar de 60km/h, mas que só multará a 68km/h. A tendencia dos motoristas, que eu julgo errada, é passar a 50-40km/h. Vamos fazer um exemplo com o motorista que passa a 50km/h (velocidade do painel).

        A velocidade real dele é ao redor de 46km/h! Muito, muito abaixo do limite de 68km/h pra levar a multa. Só ajuda a diminuir a velocidade do fluxo.

        Dirijo há 14 anos, sempre passo nos radares com o velocímetro na máxima permitida (ou mais) e NUNCA LEVEI UMA MULTA.

    • xyzR2

      O texto inclusive é equivoco, e leva a entender que a “margem” seria só “para cima”.

      • Thales Sobral

        Mas o “erro” é propositalmente sempre “para cima”. Imagina o carro marcando 100 e a velocidade real 110…. Passou no radar, multa. Não ia ser legal.

      • Daniel

        Até hoje o unico velocimetro que vi marcar errado “pra menos” foi o do meu BR 800 depois de dar muito VDO e deixar o ponteiro quicando.
        De fabrica, os velocimetros sempre marcam com erro “pra mais”

    • Daniel

      O erro da linha gol é absurdo… parece que eles já sabem que o futuro de todos eles vai ser ganhar roda orbital aro 19″ e suspensão socada no chão… hehe

      Lembro quando eu trabalhava em São Roque e ia todo final de semana pra minha casa em Sumaré. No final de semana que eu ia com o carro da empresa (Gol) a viagem demorava 15 minutos a mais que com o Corsa que eu tinha na epoca, indo na mesma velocidade (no velocimetro). Quando usei um gps vi a diferença dos velocimetros, bem consideravel!

  • KevinGR

    Só uma constatação minha, Percebi que quase todos os carros que andei, de popular a de luxo, tinham erro de mais ou menos 8% (100 no velocímetro mas 92 no GPS)

    • Thales Sobral

      Meu carro atual (New Fiesta), é praticamente igual ao valor do GPS.

      • Edson Fernandes

        O meu tbm (Fluence).

        Colocar no controlador automatico fica realmente proximo.

        • Daniel

          No C4, o maximo de erro que deu foi 4km/h… isso a 130km/h.
          Acho que é por isso que sempre parece que os C4 estão correndo mais que todo mundo.

          • Edson Fernandes

            O do Fluence a diferença é de 2km/h apenas. Eu achava o C3 proximo (3km/h) e fiquei impressionado com o Fluence.

            • Daniel

              Dai vc quer andar no limite da estrada e encontra um tranca rua num gol achando que está no limite, mas 15% abaixo disso! heuheuheu

              • Edson Fernandes

                Sabe do curioso? Os que mais tem uma diferença gritante são os Fiat e geralmente além do VW tem esses…rs

                Nem vejo com tanta frequencia os milles andando feito loucos por ai…rs

      • Thiago Nagel Oliveira

        Tenho o New Fiesta tbm e pra mim o erro é praticamente ZERO!

      • leandro

        Meu New Fiesta também tem erro 0. Já o Palio Attractive 1.0 tinha exatos 10% de erro

    • DINEIROO

      A velocidade marcada no GPS, na maioria da vezes, tbm não é a velocidade real, infelizmente.

    • Fábio A.

      No Honda Civic 2011 e no 2014, ambos a 100 km/h marcados no velocímetro, o GPS marca 95 km/h.

  • DevXav

    Celta original consegue sim atingir 180km/h, principalmente se for sem ar condicionado.
    Mas os 200 realmente fica tenso, talvez em uma descida (precipício hahahaha).

    • Fernando S.

      Celta 1.0 a 180 km/h?

      EU PEÇO TRUCO!!

      • Alfredo Araujo

        Já coloquei 180km/h em um Classic… Pq o Celta não chegaria na mesma velocidade ?

      • invalid_pilot

        Concordo, a própria fabricante diz que ele chega a 165km/h de máxima

        Mas sempre tem os pilotos de milzinho que vão jurar de pé junto que deram 180.

        Fato é que é insano dar isso num Celta, o meu a 120km/h ja virava um João Bobo

        • Daniel

          Ele chega a 180 no velhocimetro. A maxima de fabrica é calculada com meio tanque, peso padrão dentro, no plano e ao nivel do mar… dependendo da condição chega a mais sim. também varia de carro com ou sem DH, AC, etc…
          No meu celta varias vezes cortei em 5a com o idosocimetro a 180 (mas eu era doido na epoca… hoje, se eu pegar um celta não passo de 60km/h! hahaha)

          • invalid_pilot

            Na descida até Bike pega 180km/h

      • 1 Raul

        Fiz um vídeo há uns 10 anos com um celta 2007, o bichinho andava bem. Nesse vídeo ele estava com 4 pessoas e cheio de mala.

        https://youtu.be/DBCdiNo5ZZg

        • Retrato do Papai

          estava andando bem pelo nível de carga… o carro estava em quarta marcha? achei o giro muito elevado para uma velocidade de 140km/h, o ruído do motor conseguiu ficar bem elevado até no vídeo (onde geralmente costuma ficar abafado)

          • Edson Fernandes

            Acredite… isolamento acustico aliado a um cambio extremamente curto = Celta. Ele anda bem porque é um tratorzinho.

          • 1 Raul

            Haha, não tenho a mínima idéia. Acho que o vídeo foi feito há 8 ou 9 anos, agora só ando de c4 lounge . Abs

      • O VHC pode até pegar 180km/h, mas vai ser que nem o Seiya de Pegasus depois de derrotar um deus, vai sobrar só o pó da gaita depois…

      • Jurandir Filho

        Se colocar escadinha no teto ele chega a 200 fácil…

      • Thales Sobral

        No painel pode chegar… Erro de velocímetro, um vento de popa, aí já viu né… Sem contar que declives muito suaves (1 a 2%, por exemplo) a gente não consegue perceber, mas ajudam muito na velocidade.

        • Edson Fernandes

          Graças a Deus os ponteiros de velocidade hoje não são “bambos”. Se fosse como do Gol quadrado, iria conseguir bater 220! rs

    • Verdades sobre o mercado

      Celta original a 180km/h no velocímetro só se tiver um carro na frente para tirar o arrasto do ar ou em descida(quando jovem e com menos juízo cortei a injeção de um Corsa Wind em 5a marcha a pouco mais de 190km/h descendo a serra de Curitiba)

      • DevXav

        Já tive um, modelo 2011, VHC gasolina e era possível atingir 180km/h tranquilamente em uma reta.
        Era afundar o pé e esperar que ele pegava sim.

        • Verdades sobre o mercado

          Provavelmente o erro do velocímetro dele era grande, pois mesmo que fosse no alcool, com um.motor bem amaciado(solto) e com medidas de pneus originais, um Celta 1.0 não atinge 170km/h de velocidade real(o que.daria entre 175 e 180 no velocímetro) no plano sem um.veiculo na frente para cortar o ar.

          • 4lex5andro

            No caso do Celta pra dar 180 km/h é bem complicado, como postado, e são vários fatores.

            Talvez com o carro vazio, ar desligado, em uma rodovia com longa reta e em descida, e também longe do nivel do mar (quanto maior a altitude melhor a velocidade). E mesmo assim é difícil.

            • invalid_pilot

              Só que em motores aspirados quanto mais alto, menor potência, neste caso nivel do mar seria melhor, apesar da maior resistência do ar

              • 4lex5andro

                É fato, o certo é “quanto menor a altitude melhor a velocidade”.

            • Thales Sobral

              Longe do nível do mar o motorzinho do celta perde uns pocotós. Melhor no nível do mar hein.
              Deixa os pneus bem calibradinhos também (umas 3 libras a mais ajudam a soltar o carro).

          • DevXav

            Mas ninguém aqui está falando de velocidade real, esse assunto nem veio à tona inclusive..
            O que estava em discussão era o fato do carro mostrar 200 no velocímetro e não chegar nisso..
            Só falei que chega a 180..
            Na boa desisto… daqui a pouco chega um “especialista virtual” falando de pneu, de fator aerodinâmico do carro que “é impossível Celta chegar nessa velocidade”..
            Só tem gênio!!! Fico até pasmo de como o Hu3zil está nessa situação se temos só gênio nesse país né?

            Internet e seus trolls..

            Faz o seguinte: vocês têm razão, Celta não consegue atingir 180 km/h, realmente ele só vai até 150.. vocês estão certíssimos!!

            Pronto..

            • Verdades sobre o mercado

              1) O assunto aqui é velocímetro e a diferença entre a velocidade indicada e a real e foi o que tratamos aqui
              2) Em nenhum momento duvidei que você tenha visto um Celta chegar a 180km/h no velocímetro, apenas ponderei que ele original no plano, sem um veículo na frente para cortar o ar(eu já tive Corsa Wind que pegou 180km/h no velocímetro no plano, mas estava atrás de outro carro) é realmente difícil. Pneus influenciam também.
              3) Quanto ao velocímetro ter marcação de até 200km/h é normal qualquer carro marcar a mais, é meio que marketing, agora no caso do Celta é possível ele passar dos 190km/h se estiver numa descida forte (e o motorista tiver pouco juízo).

              • DevXav

                Não não, Celta não consegue marcar 180km/h no velocímetro e a velocidade real dele sempre é infinitamente inferior à indicada no painel.

                Você tem toda razão senhor gênio da internet.

    • ViniciusCosenza

      Tive um celta 2p 2013, muito leve pros seus 78cv. De 120 ele ia ao seu limite eletrônico de 168km/h sem muita dificuldade, muito mais fácil inclusive que meu New Fiesta 1.5 atual. Bem, se chega a 180, não sei dizer, o meu não chegava, a 168 ele estava aos 6mil e poucos rpm de 5ª e cortava a injeção automaticamente. Quanto a diferença com os radares, fui pego no radar móvel, no ponteiro marcava 160, na multa veio leitura de 158 mas considerando 147, mais uma beiradinha e perdia a carteira kkkkkkkk

    • Daniel

      200 só se tiver modificação (ou derrepente for o 1.4)
      Tive um 1.0 Vhc flex de 71pocotós e cortava em 5a com 180km/h no velhocimetro. A velocidade real era menor (tem até no manual, e pode ser calculada usando as relações de marcha e rotação do motor). Andava bem o bichinho e era economico pra caramba (era sem DH e AC)… mas, pensa num carro desconfortavel! (Acho que só era melhor que fusca, 147, uno milho e LADA! heuheuehue)

  • Pedro Henrique

    what?
    vc leu a matéria certinho?
    o negócio aqui é a velocidade que o ponteiro marca em relação a velocidade REAL, não quantos km/h tem escrito no velocímetro

  • Fernando S.

    Essa diferença entre velocímetro x realidade procede. Certa vez na Anhanguera estava próximo a 120 km/h no velocímetro (creio q estava a 115 pra ser mais preciso) e tinha um pardal escondido. Achei q tivesse sido multado, mas jamais recebi a mesma (em 2014) e nem no licenciamento estava pendente.

    • Artur

      Simples. Na Anhanguera a velocidade máxima é de 110km/h e se você passou a 115km/h estava dentro da margem de tolerância de 7%.

      • ALVIN_1982

        Anhanguera é 100 km/h. Eu não conheço trecho de 110 km/h nela…

        • Artur

          Tem também trechos de 100km/h e de até 80km/h. Não sei te dizer especificamente em quais locais é 110km/h porque, de fato, uso a Anhanguera muito pouco (prefiro a Bandeirantes, menos caminhões e 120km/h praticamente o tempo todo).

      • Fernando S.

        Na Anhanguera a velocidade máxima é 100 km/h

        • Artur

          Então seu velocímetro está altamente desregulado mesmo. Sugiro visitar um mecânico de confiança o mais rápido possível.

          • Fernando S.

            Pelo GPS quando estou a 100 km/h, acusa no GPS entre 92-93. Seguindo essa média, a 115 km/h (velocímetro) devo estar em velocidade real 105 km/h. Como, salvo engano, há uma tolerância de 10% dos pardais/radares para com a velocidade máxima, creio que foi isso que me “salvou”.

            • Artur

              Então está dentro da margem de erro sim amigo. 8% mais ou menos. Tinha entendido errado, que você estaria a 120km/h no velocímetro.
              Aí de 120km/h para menos de 107km/h já ultrapassaria os 10%. Também não seria nada muito grande. Acho que exagerei no meu post anterior! Rsrs

            • Daniel

              A tolerancia é 7km/h até 100km/h e 7% acima de 100km/h
              Se estiver a 200km/h a velocidade considerada será 186km/h! ;P

        • Daniel

          A anhanguera após cordeiropolis sentido interior é 110km/h

          • Fernando S.

            Não sabia, no trecho que ocorreu é na altura de Jundiaí. ABraço

            • Daniel

              Em Jundiaí é 100 mesmo.
              E, corrigindo ali que ficou meio estranho. de Cordeiropolis até a divisa com minas é 110km/h (não apenas sentido interior).
              mas, mesmo nesse trecho tem algumas “reduções pontuais”

    • Louis

      Além do “erro” do velocímetro, os radares também têm uma margem de segurança, creio que multam só os que ultrapassem uma % na velocidade real.

  • Raimundo A.

    O cálculo do GPS é diferente e provavelmente tem margem de erro, só que esta deve ser menor. Outra, quando ele perde o sinal, a velocidade de um trecho sem cobertura seria feito pela diferença da distância percorrida e o tempo demandado. Esse valor pode não ser o real ou mais próximo deste que o GPS ativo indicaria. Seria uma média do percurso, pois o cara pode ter parado, acelerado demais para compensar o tempo que parou, criando um resultado similar a quem não parasse, velocidade constante.

    • Angelo_RSF

      No Waze quando fica sem sinal ele simplesmente para de mostrar a velocidade. (faz tempo que só uso o Waze)

    • Rafael Toledo

      GPS possui erro de posição. Como a velocidade é derivada da posição, mesmo que num momento indique uma velocidade maior da real, no momento seguinte compensa esse erro, indicando uma velocidade menor.. Mas, o erro do GPS é muito maior quando há subidas ou descidas, pois a “resolução” vertical é pior que a horizontal.

  • No_Name

    Passo cravado nos radares de 40, 60 e 80 km/h daqueles que tem o display indicador da velocidade e dá certinho com o velocímetro do meu carro (Fiesta geração atual).

    • Alexandre Maciel

      Isso mesmo.

    • Martini Stripes

      Tinha um Fiesta, e a velocidade dele tem Erro zero!
      Tbm fiquei surpreso e foi o carro que mais levei multas de velocidade.
      Estou com um que tem um erro de uns 6 km/h em média.
      Agora percebo que sempre estava mais rápido que todo mundo e agora ando junto com todo mundo.

      • Alessandro

        Não existe erro zero.
        Lembra-se que o radar também possui uma margem de erro, que somada a margem de erro do velocimetro do carro é que leva-se em consideração para sua multa.

        • Daniel

          A margem de erro do radar é calculada depois. Ou seja, numa lombada eletronica de 60km/h ela só vai multar após 68km/h. Independente do erro de leitura da velocidade.

    • Thales Sobral

      É, o erro dele é bem próximo de zero.

  • Leo Araújo

    Eu sou motorista de van, ônibus.. esses veículos são equipados com tacógrafo. Esses aparelhos são revisados e lacrados com selo do Inmetro por empresas credenciadas. E marcam a velocidade exata.

  • Isaias Freitas

    Já ouvi falar que um caminhão a 90km/h e um carro na andando do lado mostra diferença no velocímetro dos dois, outra coisa que notei, quando troquei as duas 13 por rodas 15, notei diferença na direção, tipo a marcha esticava mais entre as passadas.

    • invalid_pilot

      Provavelmente você deve ter alterado a medida total do conjunto roda+pneu, o que não é recomendável, por isso notou essa diferença já que alterou a relação de trabalho do motor vs ponto de contato e tração.

      • Isaias Freitas

        Sim. Acho q foi isso mesmo. Penso q no velocímetro da alteração na velocidade tbm.

        • Pedro Henrique

          isso acontece diferença inclusive na quilometragem do seu carro, pois você estaria rodando mais do que é contabilizado..

  • Alexandre Maciel

    Quando tinha Honda essa regra de o equipamento de fiscalização marcar a menos valia. Quando mudei para Ford foi a primeira diferença que percebi: pelo menos até 60km/h o equipamento de fiscalização marca o que está no ponteiro.

  • Raul Pereira

    Reparei nisso quando comecei a dirigir e comparava com as lombadas eletrônicas, imaginava mesmo que era uma medida de segurança sempre jogarem a velocidade uns 5km pra cima

  • ChalMust

    Uma vez eu estava de Honda Pop a 197 km/h e aí tirei o celular do bolso e no Waze mostrava 190km/h … é sério!!!!

    • Artur

      Kkkkkkkkkk boa!

    • Thales Sobral

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      Com capacete no cotovelo, claro né!

  • Wagner Lopes

    O “erro” é programado eletronicamente. É o que o fabricante especificar ou o quê a concessionária quiser colocar. Se quiser marcação exata é só configurar.

  • Ricardo

    Basta os velocímetros funcionarem por satélite para diminuir esses erros!

  • IPZ.4

    Infelizmente, não. O GPS automotivo ou de celular (que são meros rastreadores de navegação), utiliza uma frequência de rastreio de uso civil liberada pelo sistema americano (GPS) e, dependendo do aparelho, tb pelo sistema russo (GLONASS), cuja a melhor precisão alcançada nessa frequência são de 3 metros, isso em situações favoráveis.

    Melhores que esses, somente os rastreadores geodésicos, que são caros (R$ 50k) e usados para trabalhos de precisão (topografia, obras etc.), que alcançam cm ou mm de precisão, e ainda assim somente após correção com outros rastreadores de referência.

    Além disso, os “GPS automotivos” também dependem do tempo de amostragem, que, no melhor dos casos, é de 1 em 1 segundo, e olha lá, porque a cobertura do sinal satelital não é constante.

    E só para curiosidade, “GPS” é o nome do sistema americano de navegação. Mas como outros países tb estão fazendo os seus (Rússia = GLONASS, UE = galileo, China e Índia), o termo certo para se referir à todos os sistemas é GNSS (global navigation satellite system)

    Ou seja, pra resumir:

    Rastreador gnss de celular, de carro ou qualquer outro que não seja geodésico, não rola. Tb é apenas uma aproximação.

    • RKK

      Mas o GPS/GNSS tem uma acurácia bem maior que o velocímetro do veículo.

      • IPZ.4

        Depende, cabrón. Por que pensa isso?

        • RKK

          Basta comparar os medidores de velocidade nas estradas com o GPS e com o velocímetro. O GPS fica muito mais próximo destes medidores certificados pelo INMETRO.

    • IPZ.4

      Por nada, cabrón ;)

  • Freaky Boss

    Qualquer medição, de qualquer equipamento, tem erro, mas a discussão é que em velocímetros parece ter um erro desproporcional ao nível tecnológico dos automóveis (que é alto).

    • Louis

      Concordo, com a tecnologia de hoje, 10% de erro só pode ser intencional.

  • Ricardo

    Pensei num medidor de velocidade baseado em sonda, mas acho que também haveria erros devido a variação da altura do carro. Acho que com esse sistema dos carros autônomos a velocidade deve ser bem precisa, pois acho que nunca perde os sinais de satélites.

  • Vitor Kaneko

    Cara é preciso porque eu já fiz o teste no sem parar aqueles que tem o sensor de velocidade e quando eu passei no GPS marcava 38km/h, no painel estava 40km/h e no sem parar marcou 38km/h

  • Carroças S&A

    Meu carro atual usa medidas originais de 175/65 14 mas troquei o conjunto por pneus mais borrachudos 175/70 14. Além de aumentar sensivelmente a altura e a maciez ao rodar tmb alterou a relação de marchas pois em 5a marcha a 100km/h com a medida original ele girava em 3400rpm e agora ele gira em torno de 3150rpm. Como pego mais rodovia de pista dupla para o meu caso achei vantajosa a substituicao,perco em desempenho de retomadas mas ganho no consumo. Já sei que os engenheiros de plantão vão dizer que isso altera a dinâmica do carro mas sei que somente numa situação extrema e meu estilo de guiar é de dono de Corola rs. E concluindo a aferição do velocímetro pelo GPS diminuiu agora para apenas 1km/h para menos e antes da substituição ficava nos 7km/h.

  • Novaess GTO

    Se veículos populares (e até alguns abaixo de 100.000 reais) fossem tão rápidos assim não teríamos v6, v8…v12!!!
    Falando em engenharia, um motor pequeno, econômico, potente, barato e durável, com todas essas características ao mesmo tempo, é algo a frente do nosso tempo. Não existem milagres!

  • Alessandro

    “O velocímetro do automóvel deveria ser exato em marcar a velocidade do veículo”

    Não há instrumentos metrológicos exatos, mas sim, padrões com uma margem de confiança.
    O que te garante que uma regua mede 100cm a 30ºC dá a mesma medida em 20ºC?

  • LEONAM FERRO SERAFIM

    Um UP fazendo 10,4 km/l de consumo? Explica essa aí fanboy.. kkkk

  • Sassá

    Pior mesmo é velocimetro de gol 1.6 com escala até 240….Sem falar de 1.0 até 220. E tem gente que acredita….

  • Daniel

    Viram isso senhores “donos da faixa da esquerda”? Que acham que estão no limite e não devem dar passagem?

    Pois então, saiam da esquerda porque, além de ser obrigatório dar passagem pra quem vem mais rápido, você ainda não está no limite!!!

  • Daniel

    Sabe qual o motivo da europa limitar o erro?
    É pra não ter um bando de lerdo na estrada!

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email