Seguro do carro: respostas a 11 dúvidas que surgem na hora da contratação

carro interior motorista
carro interior motorista

Pode ser tentador contratar o seguro do seu carro baseando-se apenas no valor anual a ser pago, buscando a empresa que cobra mais barato.

Porém, existem vários detalhes que devem ser levados em conta nessa hora.

Vamos dar as respostas a algumas dúvidas frequentes a respeito de seguro automotivo:

O perfil do segurado

Quando estamos contratando o seguro, nos sentimos um pouco invadidos com tantas perguntas que são feitas sobre nós, nossa família e como o carro será usado.

Mas isso tudo é detalhado para que a empresa seguradora consiga montar um perfil exato de quem somos nós, e quanto de risco nós representamos para o negócio deles.

Mulheres acabam pagando menos, pois tem a tendência de serem muito menos doidas no volante do que os homens são.

Pessoas mais jovens, com idade entre 18 e 25 anos costumam pagar muito mais caro, pois além da inexperiência ao volante, podem talvez sair para a farra com amigos, beber um pouco a mais, e acabar fazendo coisas mais arriscadas ao dirigir um carro.

Quem tem empresa pode se dar bem, pois seguros feitos no nome da empresa podem ser contratados sem um perfil de condutor.

Mudanças no perfil tem de ser comunicadas

Todas as mudanças no perfil tem que ser comunicadas à seguradora, sob o risco de ter a cobertura negada.

É claro que a idade é algo que o sistema dessas empresas vai atualizando automaticamente, mas estado civil, endereço de residência ou distância percorrida por mês, por exemplo, são coisas que precisam ser comunicadas.

Ter um filho que acabou de fazer 18 anos é algo que vai fazer seu seguro ficar mais caro, tenha certeza.

seguro 1
seguro 1

Os tipos de proteção oferecidos

As seguradores oferecem pacotes que incluem acidentes, roubo, furto, e danos a terceiros, como outros veículos e também imóveis.

Você pode contratar somente alguns desses benefícios, mas saiba que a proteção em caso de acidentes é a mais cara, afinal, é aquela que é mais provável de acontecer, pelo menos em cidades com índices não tão altos de roubos.

Se você mora em nas capitais de São Paulo ou Rio de Janeiro, o roubo também é algo que aumenta bem o valor do seguro pago todos os anos.

O seguro pode proteger apenas terceiros, mas esse seguro é mais indicado para quem tem um carro mais barato, pois se você tem uma BMW de R$ 300.000, não vai querer proteger só o carro dos outros, não é mesmo?

Seguro contra terceiros

No caso de seguro contra terceiros, ele te garante que a seguradora pagará todos os danos daquele carro que você danificou, quer seja uma leve colisão ou um acidente mais grave.

Só que lembre-se de que essa proteção contra terceiros tem um valor limite. Geralmente fica entre R$ 100.000 e R$ 200.000.

Talvez, analisando o quanto essa parte do seguro influencia no valor total, valha a pena você aumentar essa proteção, pois se bater em um carro de valor superior a isso, a seguradora vai pagar somente até o limite.

O restante é de sua responsabilidade.

Franquia e valor do carro

Franquia é o valor que você pagará caso o seguro tenha de ser acionado, como, por exemplo, quando você se envolve em um acidente.

A franquia é instituída, pois se ela não existisse, os segurados iriam querer acionar o seguro por qualquer coisinha, como um arranhão no para-choque, por exemplo.

O valor da franquia varia bastante, pode ser de R$ 2.000 ou R$ 20.000, mas geralmente, quando contratamos um seguro com uma franquia mais alta, o valor a ser pagar por ano é reduzido um pouco.

Existe a franquia normal, a franquia reduzida, e a franquia majorada, ou seja, seu carro pode ter, por exemplo, franquias de R$ 3.000, R$ 6.000 e R$ 9.000, fica a você a decisão de escolher uma delas.

Bônus: um desconto sobre o valor do seguro

Bônus classe 5. Sabe o que isso significa?

O bônus é um desconto sobre o valor do seguro, que vai aumentando a cada ano em que você não usa o seguro.

Ou seja, você está a cada ano dando cada vez mais lucros para a seguradora, nada mais justo que ela lhe dê um desconto por isso.

Bônus classe 5 significa que aquela pessoa já usa o seguro por 5 anos, sem nunca o ter acionado.

O bônus pode ir até 10, mas em algumas seguradoras chega a ir a até 20.

Valor de tabela ou determinado?

Quando você contrata o seguro, pode escolher receber o valor da Tabela Fipe do seu carro, ou um valor determinado.

Vamos a alguns exemplos:

Um carro de R$ 100.000 na Tabela Fipe pode ser segurado com:

  • O valor fixo de R$ 100.000, mesmo com o carro se desvalorizando com o tempo
  • O valor da Tabela Fipe, que vai caindo a cada mês
  • Um valor abaixo da Fipe, 80% dela, ou 90% dela
  • Ou mesmo um valor acima da Fipe, 110% ou 120%

É claro que, em cada uma dessas escolhas, o valor do seguro será diferente.

Troca de carro a qualquer momento

Você pode trocar de carro em qualquer momento, se estiver pagando o seguro dele.

Diante dessa situação, você pode decidir por:

  • Encerrar o seguro (e até receber, talvez, algum valor, se você pagou à vista, por exemplo)
  • Transferir ele para o outro veículo, é o chamado endosso

Ao transferir o seguro, você pode receber uma parte do dinheiro de volta, caso seja um carro com seguro mais barato de se fazer, ou pagar a diferença.

Essa diferença pode ser parcelada também, sem problemas.

A vistoria é quase sempre feita por você mesmo

Se você é um cliente novo daquela seguradora, pode ser que ela envie uma pessoa até a sua casa para fazer a vistoria do veículo, o que envolve verificar algumas coisas e tirar algumas fotos.

Mas se você já tem um relacionamento com aquela empresa por algum tempo, o mais provável é que ela envie a você um link pelo celular, para você mesmo fazer a vistoria.

Ela é muito simples, apenas envolve fazer algumas fotos do carro e do documento dele.

A seguradora pode se recusar a pagar

Como as seguradoras são empresas que buscam lucro, como qualquer outra, existem situações em que elas não irão pagar pelo seu prejuízo.

E saiba que elas tem um time de centenas de advogados, para se certificar de que não irão mesmo pagar, mesmo que o assunto evolua para uma briga na Justiça.

Em que casos ela não vai querer pagar?

Vejamos:

  • Participação em rachas e corridas
  • Andar onde o trânsito de veículos seja proibido
  • Conduzir o carro sob o efeito de álcool ou drogas
  • Mentir no questionário do perfil de segurado
  • Simular acidentes só para receber o dinheiro do carro
  • Entregar o carro a alguém que não seja devidamente habilitado
  • Falar que o condutor constumeiro do carro é uma pessoa, quando é outra

Rastreador pode ser mais vantajoso

Em alguns casos de cidades específicas e veículos específicos, pode ser mais vantajoso financeiramente instalar um rastreador via celular ou satélite no veículo, ao invés de fazer o seguro.

Cotações de carros simples como um Gol ou uma Saveiro, podem chegar a mais de R$ 15.000 em locais onde aquela seguradora realmente não está a fim de correr um demasiado risco.

O valor mensal do rastreador será muito menor do que o valor do seguro, só que aí também é necessário fazer um seguro para cobertura de terceiros, caso você bata em um carro muito caro, por exemplo.

Mas, vale lembrar que, usando-se rastreador, você precisará da ajuda das autoridades para ir até o local em que o carro foi levado, e fazer isso rapidamente, pois, como sabemos, os carros roubados em grandes capitais são desmontados pelos bandidos em questão de horas.

O corretor é o melhor caminho

No Brasil, é obrigatório contratar um seguro através de um corretor de seguros.

Pela legislação brasileira, é obrigatória essa participação do corretor. A profissão de corretor de seguros, criada pela Lei 4.594, de 29 de dezembro de 1964, exige exame de habilitação e registro na Susep, aquele órgão que regulamenta o setor de seguros.

O corretor de seguros é o responsável por equilibrar a relação, aproximando o segurado do produto e prestando informações sobre preços, coberturas e indenizações.

E usar um corretor, preferencialmente uma pessoa de sua cidade, que você conheça e confie, é melhor, pois quando você estiver passando por um momento crítico em sua vida, quer diante de um acidente, ou roubo, ele é quem estará lá para atender sua ligação, mesmo tarde da noite.

Ofertas e serviços especiais

Hoje todas as seguradores tem serviços e ofertas especiais para seus clientes.

Dependendo de como for a sua negociação, você pode garantir:

  • Carro extra por até 30 dias
  • Assistência em viagens
  • Descontos em oficinas
  • Guincho até 1.000 km de distância
  • Serviço de despachantes
  • Centro de pilotagem

 

google news2 Quer receber todas as nossas notícias em tempo real?
Acesse nossos exclusivos: Canal do Whatsapp e Canal do Telegram!

O que você achou disso?

Toque nas estrelas!

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.


Últimas Notícias



Autor: Eber do Carmo

Fundador do Notícias Automotivas, com atuação por três décadas no segmento automotivo, tem 18 anos de experiência como jornalista automotivo no Notícias Automotivas, desde que criou o site em 2005. Anteriormente trabalhou em empresas automotivas, nos segmentos de personalização e áudio.