Top 10: SUVs até R$ 60 mil

Top 10: SUVs até R$ 60 mil

Como sempre falamos, a bola da vez são os SUVs e o mercado nacional oferece várias opções em novos, mas nos usados a seleção fica um pouco menor. Assim, mostramos aqui os SUVs usados até R$ 60 mil, faixa de preço onde existem opções interessantes.

A seleção desse Top 10 é sempre relativa aos modelos com melhor custo-benefício no mercado de usados e de marcas tradicionais, visto que a maioria dos consumidores quer mesmo é um carro prático para lhe atender no dia a dia.

Assim, marca, modelo, conteúdo, desempenho e consumo, são alguns dos fatores que os tornam atrativos, mas é bom analisar também coisas como tamanho da rede, pós-venda, desvalorização (apesar que todos estão valorizando…) e km.

Nesta lista Top 10, os modelos apresentados podem ser encontrados no mercado de usados com preços nivelados com a tabela Fipe.

Veja nossas outras listas: SUVs até 30 mil, SUVs até 40 mil, SUVs até 50 mil, SUVs até 70 mil

Assim, confira abaixo a lista Top 10 com os SUVs usados até R$ 60 mil:

1) Mitsubishi ASX 2.0 CVT FWD 2014

Top 10: SUVs até R$ 60 mil

Confira as mais de 150 listas Top 10 que temos no nosso site!

Um dos SUVs mais interessantes até R$ 60 mil é o ASX, um modelo que a Mitsubishi ainda produz no Brasil, apesar de usar um novo nome: Outlander Sport. Ele mede 4,29 m de comprimento, 1,77 m de largura e 2,67 m de entre-eixos.

Com esse porte, o ASX possui porta-malas com 415 litros e tanque com outros 63 litros, suficientes para uma boa autonomia, já que ele faz 8,7 km/l na cidade e 9,8 km/l na estrada. Isso é ruim, visto que seu peso é grande: 1.385 kg.

Mesmo com câmbio CVT simulando seis marchas, o ASX ainda tem um motor 2.0 de 160 cavalos e 20,1 kgfm para consumir bem. De qualquer forma, ele faz ir de 0 a 100 km/h em 11,5 segundos e com final de 190 km/h.

Tendo suspensão multilink, vem com ar-condicionado automático, rodas aro 18, direção elétrica, bancos em tecido, sistema de áudio com CD, USB e Bluetooth, volante esportivo em couro e multifuncional, e amplo espaço interno.

2) Chevrolet Tracker LTZ 1.8 AT 2014

Top 10: SUVs até R$ 60 mil

O Tracker de segunda geração, ainda que importado do México, é um dos SUVs mais interessantes da lista. Equipado com motor Ecotec 1.8 de 140 cavalos no derivado de petróleo e 144 cavalos no combustível vegetal, tem um bom desempenho.

Seu torque é de 17,8 kgfm na gasolina e 18,4 kgfm no etanol, tendo ainda transmissão automática de seis marchas e mudanças manuais por botão na alavanca. Tinha cluster semelhante ao do Onix e multimídia MyLink com câmera de ré.

Ar-condicionado, direção elétrica, bancos em tecido e couro, trio elétrico, airbag duplo, freios ABS, etc, faziam parte, mas pecava por não ter mais bolsas infláveis e nem controles de tração e estabilidade, assim como assistente de rampa.

Dessa forma, o Tracker ficava em desvantagem para outros. Por dentro, o espaço atrás era limitado e o porta-malas tinha apenas 306 litros, porém, era um carro bem montado e robusto, com seus 4,27 m de comprimento e 2,55 m de base.

Com comportamento bom ao volante, tinha funcionamento suave do motor e o câmbio correspondia bem ao que se esperava do conjunto, pena que não tinha suspensão multilink. O estilo inspirado no Chevrolet Cruze atraía pelo volume.

3) Renault Duster Dynamique 2.0 AT 2016

Top 10: SUVs até R$ 60 mil

Com acabamento fraco, o Duster nessa faixa de preço é um dos SUVs que obrigam a ter um motor maior. Nesse caso, o que aparece é o vetusto F4R 2.0 16V que entrega 138 cavalos na gasolina e 142 cavalos no etanol.

No torque, 19,7 kgfm no derivado de petróleo e 20,9 kgfm no combustível vegetal, usando assim o câmbio DP0 da Renault (AL4 da Peugeot) com quatro marchas e mudanças manuais na alavanca. Nesse caso, a tração é dianteira.

Robusto e volumoso, o Duster pesa 1.294 kg e o conjunto permite que o mesmo vá de 0 a 100 km/h em bons 10,7 segundos com máxima de 174 km/h. O lado ruim é o consumo de 5,8/9,2 km/l no álcool e 8,5/10,5 km/l na gasolina.

Ainda assim, na gasolina, ele não é de todo ruim para o conjunto que usa. Já o conforto é relativo, visto que a suspensão é muito firme e o acabamento é bem simplificado, para custar menos, assim como Logan e Sandero.

Nesse caso, vem com rodas de liga leve aro 16, trio elétrico, ar-condicionado, sistema de som 2din com CD player e Bluetooth, bancos em couro e tecido, etc. Tem 4,31 m e a base mede 2,67 m. Bom de espaço, tem 475 litros no bagageiro.

4) Peugeot 2008 Griffe 1.6 AT 2016

Top 10: SUVs até R$ 60 mil

O Peugeot 2008 nessa versão é bem popular na lista de SUVs até R$ 60.000. Completo, o modelo da marca francesa traz ar-condicionado dual zone, volante em couro com paddle shifts, direção elétrica, trio elétrico e alarme.

Também vem com computador de bordo, multimídia com espelhamento de smartphone e navegador GPS, bancos em couro, piloto automático com limitador de velocidade, retrovisores com rebatimento automático e teto panorâmico.

As rodas são de liga com aro 16 polegadas e tem sensor de estacionamento dianteiro. Ele apresenta faróis de neblina, luzes diurnas em LED e lanternas em LED. Entrega 355 litros no bagageiro e o espaço no banco traseiro é reduzido.

Medindo 4,15 m de comprimento e 2,54 m de entre-eixos, o Peugeot 2008 (desse ano modelo) vem com a criticada transmissão automática AT8 de quatro marchas, com modos Eco, Sport, Normal e Sequencial.

Além disso, o EC5 1.6 16V Flex tem até 122 cavalos e 16,4 kgfm, permitindo ao 2008 ir de 0 a 100 km/h em 11,9 segundos e fazer 9,4/11,0 km/l na gasolina. No álcool, são 6,8 km/l e 7,9 km/l, respectivamente.

5) Suzuki Grand Vitara 2.0 4×2 AT 2015

Top 10: SUVs até R$ 60 mil

Bem diferente de S-Cross ou da Vitara atual, este SUV de 4,50 m de comprimento, 1,81 m de largura, 1,69 m de altura e 2,64 m de entre-eixos, vem com motor e transmissão em longitudinal e a tração na versão 4×2 é traseira.

Embora as linhas enganem, o Grand Vitara é maior do que aparenta e tem um bom espaço interno e porta-malas de 398 litros. Sua suspensão dianteira é McPherson e a traseira multilink, tendo ainda freios a disco nas quatro rodas e ABS.

Sob o capô, motor 2.0 16V com 140 cavalos e 18,7 kgfm, montado numa caixa automática de quatro marchas com conversor de torque. Pesando 1.580 kg, o Grand Vitara vai de 0 a 100 km/h em 12,5 segundos e tem máxima de 170 km/h.

No consumo, faz 7,8/9,5 km/l com gasolina, cidade/estrada, tendo tanque de 66 litros. No conteúdo, ar-condicionado automático, direção hidráulica, trio elétrico, bancos em tecido, volante esportivo multifuncional e multimídia com GPS.

Também tem banco traseiro bipartido com encosto ajustável e apoio de braço, rodas de liga leve aro 17 polegadas e alarme, entre outros. Ele tem suspensão elevada e o estepe é externo com capa, com a tampa de abertura lateral.

6) Kia Soul EX 1.6 AT 2014

Top 10: SUVs até R$ 60 mil

O Kia Soul não é necessariamente um SUV, mas um crossover, porém, o mercado aceita como tal. Compacto, tem um visual atraente com seus faróis grandes e expressivos, assim como lanternas verticais que se fundem com as colunas C.

Tendo 4,12 m de comprimento, 1,78 m de largura, 1,61 m de altura e 2,55 m de entre-eixos, o Soul EX vem bem completo, tendo ar-condicionado automático, direção elétrica, vidros e travas elétricas, retrovisores elétricos e computador de bordo.

No pacote, há também sistema de som com CD player e Bluetooth, bancos e portas em tecido personalizados com o nome do modelo, banco traseiro bipartido, volante em couro com comandos de áudio, faróis de neblina e rodas de liga aro 16.

Equipado com motor Gamma 1.6 Flex, tem 122 cavalos na gasolina e 128 cavalos no etanol, além de 16/16,5 kgfm, respectivamente. A transmissão automática tem seis marchas e o ajuda a ir de 0 a 100 km/h em 12 segundos e 162 km/h.

Na cidade, ele faz 6,5/9,6 km/l e, na estrada, 7,6/11,3 km/l, respectivamente etanol/gasolina. Apresentando bom espaço interno, seu porta-malas comporta 340 litros, sendo ampliável com o banco traseiro bipartido.  O tanque tem 48 litros.

7) Hyundai Tucson GLS 2.0 AT 2016

Top 10: SUVs até R$ 60 mil

O Hyundai Tucson em sua primeira geração é um carro ainda muito popular entre usados. Pode-se dizer ser o primeiro SUV de muita gente que está começando de baixo e com o tempo vai trocando até chegar a um utilitário mais recente.

Existe uma oferta enorme do Tucson antigo e o modelo 2017 dessa lista até R$ 60.000 é a versão GLS Flex. Esta é a mais completa e traz aí bancos em couro, rodas de liga leve aro 16 polegadas, ar-condicionado digital e direção hidráulica.

Tem ainda piloto automático, suspensão traseira multilink, trio elétrico completo, vigia traseira basculante, suspensão bem elevada, além de um bom porta-malas com 528 litros e espaço interno mediano, especialmente atrás.

Medindo 4,325 m de comprimento, 1,795 m de largura, 1,680 m de altura e 2,630 m de entre-eixos. O tanque tem 65 litros e é muito necessário, dado o elevado consumo do Tucson Flex: 5,0/5,9 km/l no etanol e 7,1/8,3 km/l na gasolina.

Seu motor 2.0 16V tem 142 cavalos na gasolina e 146 cavalos no etanol, além de 19,0/19,6 kgfm, respectivamente. A transmissão automática é de quatro marchas com mudanças manuais. O SUV vai de 0 a 100 km/h em 11,3 segundos.

8) Ford EcoSport SE 1.6 Powershift 2017

Top 10: SUVs até R$ 60 mil

Assim como na lista de SUVs até R$ 70.000, pode-se encontrar o Ford EcoSport com um ano a menos, mas igualmente equipado com o moderno motor Sigma 1.6 com 126 cavalos na gasolina e 131 cavalos no etanol.

Com até 16,1 kgfm, o propulsor é forte e permite um bom desempenho para o SUV, que vai de 0 a 100 km/h em 11,8 segundos e com final de 180 km/h. Seu consumo é bom e na gasolina, faz 10,2 km/l na cidade e 12,1 km/l na estrada.

Na versão SE, vem com ar-condicionado manual, direção elétrica, trio elétrico completo, bancos em tecido, multimídia SYNC, USB/Bluetooth, volante multifuncional e computador de bordo.

Há também rodas aro 16 polegadas de aço com calotas, barras no teto, retrovisores com repetidores de direção, faróis de neblina, entre outros. Tem 4,23 m de comprimento e 2,52 m de entre-eixos, com 356 litros no bagageiro.

9) Hyundai ix35 GLS 2.0 AT 2011

Top 10: SUVs até R$ 60 mil

Embora tenha porte de Grand Vitara, o ix35 nessa lista com preços entre R$ 50 mil e R$ 60 mil – nivelados com a tabela Fipe – tem ano/modelo bem maior, por isso ficou mais para trás no Top 10, assim como seu irmão abaixo.

Ainda importado nesse caso, o ix35 é um dos SUVs médios mais populares e praticamente uma compra obrigatória para quem está trocando de carro entre os usados, servindo de intermediário, geralmente passando do Tucson para o Sportage.

Com design atemporal, ainda é produzido pela CAOA e tem bom espaço interno, além de bagageiro com 465 litros. Medindo 4,41 m de comprimento, 1,82 m de largura, 1,65 m de altura e 2,64 m de entre-eixos, é o Compass do passado…

Visualmente atraente, o ix35 2011 vem com rodas de liga leve aro 18, bancos em couro, acabamento com detalhes prateados, multimídia com GPS e câmera de ré, sensores de estacionamento, trio elétrico e retrovisores autorebatíveis.

Tem ainda direção elétrica e ar-condicionado automático, bem como airbag duplo e freios com ABS. Na mecânica, o motor Theta 2.0 de 168 cavalos e 20,1 kgfm, acoplado ao câmbio automático de seis marchas e mudanças manuais na alavanca.

Vai de 0 a 100 km/h em 12 segundos e tem máxima de 181 km/h, fazendo 7,7 km/l na cidade e 9,3 km/l, sempre com gasolina. Tendo suspensão traseira multilink, é um SUV bastante confortável e bom para viajar.

10) Kia Sportage LX 2.0 AT 2011 

Top 10: SUVs até R$ 60 mil

Nessa versão LX, o Sportage 2011 tem boa aparência por fora, mas é muito simples por dentro. No exterior, frente com detalhes cromados e lanternas parcialmente em LED, além de porte volumoso e barras no teto. As rodas são aro 16.

Por dentro, o painel é todo preto e não há detalhes prateados ou que se destaquem, nem mesmo no volante. Originalmente vem com CD player e Bluetooth, mas muitas unidades no mercado apresentam multimídia com GPS.

O ar-condicionado é automático e o volante tem comandos de mídia, tendo assistência elétrica. Não há piloto automático e os bancos possuem acabamento em tecido. Assim como no ix35, o freio de estacionamento é por pedal.

Igualmente bem espaçoso, garantindo conforto para quem vai atrás, o Sportage LX tem 564 litros no bagageiro. Com 4,44 m de comprimento, 1,85 m de largura, 1,64 m de altura e 2,64 m de entre-eixos, ele é um pouco maior que o ix35.

Automático, usa o mesmo Theta 2.0 com 166 cavalos e 20,1 kgfm, indo de 0 a 100 km/h em 12,1 segundos e com final de 184 km/h. O consumo é de 8,2 km/l na cidade e 11,5 km/l na estrada.

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações.