Tank 300: o jipe da Great Wall seria uma boa ideia no Brasil?

Tank 300: o jipe da Great Wall seria uma boa ideia no Brasil?

A Great Wall Motors teria acertado a compra da fábrica da Mercedes-Benz em Iracemápolis, interior de São Paulo. Nas instalações que faziam Classe C e GLA, novos produtos surgirão e um deles poderia ser o Tank 300, um modelo originalmente vendido pela marca Wey.


Esta última é associada com SUVs grandes e estilosos, sendo uma marca premium da GWM na China. Mas, o Tank 300 está mais para um rival da Jeep que para um carro de luxo.

Tank 300: o jipe da Great Wall seria uma boa ideia no Brasil?

Por isso e também pelo fato do grupo mudar o foco do produto, o nome Tank virou submarca e o 300 um modelo ficando em separado, compondo o portfólio com o 700, um SUV com visual bem expressivo.

Produzido em Tianjin, uma das cidades centrais da China, o Tank 300 parece um jipe de tamanho compacto até, mas tem 4,760 m de comprimento, 1,930 m de largura, 1,927 m de altura e 2,750 m de entre-eixos.

Com formas robustas e área envidraçada pequena, ampliando assim as colunas e a impressão de robustez, o Tank 300 tem uma boa pegada off road em seu visual, destacado também por seus faróis circulares cortados por barras de LED.

Tank 300: o jipe da Great Wall seria uma boa ideia no Brasil?

Se não fosse pela grade e logotipo (que lembra o da Troller), o Tank 300 passaria bem como um modelo da Jeep. Sem exageros estéticos, ele parece muito mais internacional e atraente que o modelo 700, que beira a extravagância.

Na traseira, estepe na porta de abertura lateral, mais maçanetas salientes, saias de rodas abauladas “a la Wrangler” e para-choques robustos, dão o tom da proposta. Até estribo retrátil ele tem… Por dentro, o Tank 300 tem um acabamento que destoa do exterior.

Tank 300: o jipe da Great Wall seria uma boa ideia no Brasil?

Nada de um visual pobre, porém, a impressão de luxo o faz querer ser um Mercedes-Benz Classe G mais direcionado para AMG. Os difusores de ar circulares e cromados, assim como as telas digitais conectadas de cluster e infotainment não deixam dúvidas disso.

Sob o capô, motor 2.0 turbo com injeção direta e 227 cavalos, além de câmbio automático de 8 marchas, que permitem ao Tank 300 ir de 0 a 100 km/h em 10 segundos e ter máxima de 170 km/h. Pesado, o SUV tem tração 4×4 com bloqueio eletrônico dos três diferenciais. Haveria espaço para ele aqui?

Tank 300 2021 – Galeria de fotos

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.