Tracker Premier 1.2 Turbo tem boa proposta em desempenho e economia

Tracker Premier 1.2 Turbo tem boa proposta em desempenho e economia

O Novo Chevrolet Tracker chegou, embora em momento muito ruim para o Brasil e o mundo. Ainda assim, ele surge como uma opção bem interessante no segmento de SUV compacto.


Com design agradável e proposta de oferecer um bom conteúdo de fábrica, além de desempenho com duas opções de motores turbinados, o Chevrolet tem tudo para brigar pela ponta.

Tracker Premier 1.2 Turbo tem boa proposta em desempenho e economia

Na versão Premier, a topo de linha, o Novo Tracker se apresenta com um pacote realmente interessante e ainda veio com alguns acessórios, que previamente custam R$ 3.500.

Assim, o SUV que sai por R$ 112.000, neste visual da avaliação, pula para R$ 115.500. Com preço próximo do VW T-Cross Highline, o Tracker 2021 quer seu lugar ao sol e a liderança.

Por fora…

Tracker Premier 1.2 Turbo tem boa proposta em desempenho e economia

Com uma cor azul bem chamativa, o Chevrolet Tracker 2021 não passa despercebido dos olhares das pessoas nas ruas. Afinal, para alguns, é uma novidade alcançável.

Bem equilibrado esteticamente, o Novo Tracker Premier destaca os faróis de LED com luzes de curva embutidas e assinatura em LED.

A grade cromada se funde com o conjunto ótico, dando fluidez. O para-choque possui LEDs, mas estes são os repetidores de direção e não luzes diurnas, como se possa imaginar.

Tracker Premier 1.2 Turbo tem boa proposta em desempenho e economia

Já as rodas aro 17 polegadas possuem um acabamento bom, assim como as lanternas traseiras em LED, mas com a luz de ré em lâmpada comum.

O aspecto geral é bom e se torna ampliado com os acessórios embutidos, que consistem em bumper pronunciado na frente e atrás, escape duplo cromado e estribos laterais exclusivos.

Por dentro…

Tracker Premier 1.2 Turbo tem boa proposta em desempenho e economia

O ambiente do Tracker Premier 2021 é bem amplo e iluminado, graças ao aumento na área envidraçada e ao teto solar panorâmico.

No painel, um acabamento texturizado em azul chama atenção, assim como nas portas dianteiras, já que as traseiras dispensaram qualquer acabamento extra.

Tracker Premier 1.2 Turbo tem boa proposta em desempenho e economia

Isso é um mal que acomete a maioria dos carros nacionais, infelizmente. O cluster analógico é de fácil leitura e bem completo.

Já a multimídia MyLink é a mais recente e tem boa integração entre os aplicativos, vem com Android Auto e Car Play, além de OnStar e câmera de ré.

A tela é levemente inclinada para trás, diferente dos Onix e Onix Plus. Isso daria melhor visibilidade, porém, com o teto aberto, fica bem difícil visualizar o display.

Tracker Premier 1.2 Turbo tem boa proposta em desempenho e economia

O ar condicionado é automático, mas pelo preço, o Tracker 2021 podia trazer um sistema dual zone. Continuando pelo painel, o porta-luvas é pequeno e curto, expondo filtro do ar e itens sob o painel.

Os bancos possuem boa padronagem com revestimento premium com detalhes em azul e uma faixa de material semelhante ao jeans. Atrás, o espaço é mediano, mas suficiente.

Tracker Premier 1.2 Turbo tem boa proposta em desempenho e economia

Não há difusores de ar adicionais, o que é uma pena. Contudo, existem duas portas USB (na frente tem outra, que não estava funcionando).

Para quem é alto e vai atrás, as laterais são boas. No centro, a altura é bem menor, devido à travessa do teto. Na frente, o conforto é nitidamente maior.

Tracker Premier 1.2 Turbo tem boa proposta em desempenho e economia

Há luz interna traseira e de leitura individual na frente. Os para-sóis são iluminados em seus espelhos. Falando no reflexo, o retrovisor eletrocrômico treme bastante em piso irregular.

Os retrovisores externos são de bom tamanho, mas não possuem rebatimento elétrico. Deveriam, pelo preço. O teto tem persiana elétrica e dois estágios, um automático.

Tracker Premier 1.2 Turbo tem boa proposta em desempenho e economia

Assim como no Equinox, mas em menor medida, o ajuste de profundidade do Tracker 2021 podia ser um pouco mais longo, mas é bem melhor nele que no irmão maior.

No porta-malas, o espaço também é mediano, mas dá para o cotidiano e viagens sem levar a casa toda… A prancha interna ajuda e a tampa superior cabe embaixo, o que é bom.

Tracker Premier 1.2 Turbo tem boa proposta em desempenho e economia

Sim, a abertura do bagageiro é fácil, basta ter a chave no bolso e ele abre sem problemas. No lançamento do Tracker 2021, o carro estaria em N, o que impede a abertura da tampa.

Quanto aos acessórios, os bumpers acrescentam alguns centímetros ao carro, mas não o suficiente para atrapalhar em locais apertados. O escape duplo é bem legal.

Os estribos são atraentes, mas não tão uteis na cidade. Na saída do carro, pode-se sujar a perna neles e pisar direto no chão. Esse degrau só é bom mesmo em picapes e SUVs grandes.

Por ruas e estradas…

Tracker Premier 1.2 Turbo tem boa proposta em desempenho e economia

O Chevrolet Tracker Premier 2021 vem com o novo motor 1.2 de três cilindros com turbocompressor e intercooler, mas dotado de injeção indireta.

Segundo a GM, o custo de produção e manutenção é menor que os injetores diretos. Ainda assim, tal como visto no 1.0 Turbo de Onix e Onix Plus, isso não parece fazer muita diferença.

Tracker Premier 1.2 Turbo tem boa proposta em desempenho e economia

Pequeno, o LIH tem 132 cavalos na gasolina e 133 cavalos no etanol, ambos a 5.500 rpm, enquanto o torque é de 19,4/21,4 kgfm a 2.000 rpm, respectivamente.

A GM conseguiu sacar 2 kgfm a mais de torque com etanol, mas mesmo na gasolina, o propulsor 1.2 Turbo não faz feio.

Mesmo motor usado no Novo Onix Sedan mexicano (confira também Novo Onix Sedan 1.0 Turbo), o LIH tem funcionamento suave e silencioso, tendo boa resposta logo de cara, enchendo em 2.000 rpm e seguindo forte.

Tracker Premier 1.2 Turbo tem boa proposta em desempenho e economia

Com um bom casamento com a caixa automática GF6-3 de seis marchas, o 1.2 Turbo garante vigor ao Novo Tracker nas saídas e acelerações mais fortes, tendo também boas retomadas.

Subindo rápido de giro, ele facilmente alcança 6.000 rpm, cortando pouco depois. Até aí, ele age muito prontamente e nem é preciso recorrer às mudanças manuais.

Tracker Premier 1.2 Turbo tem boa proposta em desempenho e economia

Aliás, a GM insiste em sua proposta de botão para mudança de marchas na alavanca do câmbio, em posição desfavorável. A operação só funciona em posição L no câmbio.

Rodando na cidade, o Tracker 2021 é bem gostoso e sobra em desempenho, girando entre 1.500 e 2.000 rpm, mas disparando rápido nos semáforos se for necessário.

Tracker Premier 1.2 Turbo tem boa proposta em desempenho e economia

Sem chamar atenção, o 1.2 Turbo fez média de 11,5 km/l, o que poderia ser um pouco melhor, dado que o carro tem Start&Stop. Entretanto, este não funcionou em nenhum momento.

Na estrada, o Tracker Premier 1.2 Turbo fica bem à vontade, ultrapassagem com vigor e sem o esgoelar do motor nos carros aspirados. Ele exige pouco mais de 3.000 rpm para isso.

Tracker Premier 1.2 Turbo tem boa proposta em desempenho e economia

Em subidas de pontes ou aclives longos, o giro se mantém fixo nos 2.000 rpm, que é a mesma rotação rodando no plano e a 110 km/h. É mais baixa que dos Onix e Onix Plus: 2.300 rpm.

Isso não só contribui para o conforto a bordo, mas também para a economia e esta não decepcionou: 16,0 km/l. Claro, usando apenas gasolina fornecida pela fábrica.

Entretanto, seu tanque pequeno limita o alcance, que calculamos em pouco mais de 700 km na estrada. Na cidade? Roda pouco mais de 500 km, teoricamente.

Tracker Premier 1.2 Turbo tem boa proposta em desempenho e economia

Feito para andar no automático, o Novo Tracker 1.2 Turbo é um carro bem gostoso de dirigir. A posição do condutor é correta, com limitação suave da coluna de direção para pessoas altas.

A visibilidade é boa, exceto para trás, onde a vigia é bem estreita, como seu limpador. O nível de ruído a bordo é mediano.

Na estrada, com chuva, parecia em dado momento que as janelas estavam abertas, por causa do ruído de vento e do rodar.

Tracker Premier 1.2 Turbo tem boa proposta em desempenho e economia

Já a direção elétrica tem um bom ajuste e é agradável, respondendo bem. No caso dos freios, mesmo com tambores atrás (no T-Cross são discos de série), cumprem bem sua função.

A suspensão é firme com suas rodas aro 17 e pneus 215/55 R17, incomodando um pouco em pisos ruins, como bloquetes, paralelepípedos e asfalto ruim.

Tracker Premier 1.2 Turbo tem boa proposta em desempenho e economia

Na estabilidade, o Tracker Premier 2021 é um carro bem acertado, não inclinando muito e totalmente na mão. A carroceria é alta, mas o ajuste compensou nesse caso.

Em lombadas, depressões e valetas, ele passa bem. Cheio de recursos, o Chevrolet Tracker Premier 2021 traz um benéfico assistente de frenagem autônomo e alerta de colisão.

Tracker Premier 1.2 Turbo tem boa proposta em desempenho e economia

Outro ponto positivo é o alerta de ponto cego nos retrovisores, que ajuda a evitar colisões laterais em condução. O Easy Park é bem prático e funciona corretamente em vagas apertadas.

Estas podem ser paralelas ou perpendiculares. O SUV tem sensores de estacionamento na frente e atrás, assim como controle de cruzeiro e limitador.

Por você…

Tracker Premier 1.2 Turbo tem boa proposta em desempenho e economia

O Novo Tracker Premier 2021 é para quem quer tudo num pacote realmente equilibrado. Agora longe de Equinox, é a opção mais completa do novo SUV.

Tem uma boa quantidade de equipamentos de série e um dos destaques é a internet a bordo, com conexão Claro 4G e planos de dados de até 20 GB mensais.

Tracker Premier 1.2 Turbo tem boa proposta em desempenho e economia

Com Wi-Fi, conecta até sete e dá um extra em entretenimento. Ou seja, dá para viajar sem usar os dados do smartphone, que empresta os navegadores e apps de música.

Faltaram alguns itens já mencionados e mais atenção atrás. De resto, a proposta do Tracker 2021 é aceitável.

Tracker Premier 1.2 Turbo tem boa proposta em desempenho e economia

Pelo que vimos, o conjunto mecânico do Novo Tracker 1.2 é mais equilibrado que o do T-Cross 250 TSI, onde a proposta não condiz com o poder do motor, tal como no Peugeot 2008 THP.

Tirando o efeito “novidade”, o Tracker Premier se mostra um carro bem agradável e de proposta atraente, ainda mais num momento em que os SUVs médios decolaram de preço. Vale a pena.

Medidas e números…

Ficha Técnica do Chevrolet Tracker Premier 1.2 Turbo 2021

Motor/Transmissão

Número de cilindros – 3 em linha, turbo, flex

Cilindrada – 1.199 cm³

Potência – 132/133 cv a 5.500 rpm (gasolina/etanol)

Torque – 19,4/21,4 kgfm a 2.000 rpm (gasolina/etanol)

Transmissão – Automática com 6 marchas e mudanças na alavanca

Desempenho

Aceleração de 0 a 100 km/h – ND

Velocidade máxima – ND

Rotação a 110 km/h – 2.000 rpm

Consumo urbano – 11,5 km/litro

Consumo rodoviário – 16,0 km/litro

Suspensão/Direção

Dianteira – McPherson/Traseira – Eixo de torção

Elétrica

Freios

Discos dianteiros e tambores traseiros com ABS e EDB

Rodas/Pneus

Liga leve aro 17 com pneus 215/55 R17

Dimensões/Pesos/Capacidades

Comprimento – 4.270 mm

Largura – 1.791 mm (sem retrovisores)

Altura – 1.626 mm

Entre eixos – 2.570 mm

Peso em ordem de marcha – 1.271 kg

Tanque – 44 litros

Porta-malas – 393 litros

Preço: R$ 112.000 – Versão avaliada: R$ 115.500 (acessórios externos)

Chevrolet Tracker Premier 1.2 Turbo 2021 – Galeria de fotos

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.