*Featured Avaliações Esportivos Hatches Mercedes Benz

Mercedes A250 Turbo Sport: boa performance (e pouco conforto)

Mercedes A250 Turbo Sport: boa performance (e pouco conforto)

O Mercedes-Benz A250 Turbo Sport é uma versão intermediária do hatch médio da marca alemã. Ele tem um visual bastante agressivo e é um meio termo entre a eficiente opção de entrada A200 e a alta performance do A45 AMG.


Custando R$ 163.500, o A250 Turbo Sport apresenta alguns diferenciais em relação ao A200, destacando-se como principal o motor 2.0 Turbo de 211 cv. Você pode até ter visto um ou outro médio com potência semelhante, mas no caso do modelo da Daimler, cada cavalo é explorado ao máximo.

Apesar de ter foco na esportividade, oferecendo condução atraente e performance condizente, o Mercedes-Benz A250 Turbo Sport não é um carro beberrão. Pelo contrário, ele é mais eficiente do que muitos carros bem mais fracos em poder e desempenho. Vamos conhecer um pouco mais?

Mercedes A250 Turbo Sport: boa performance (e pouco conforto)


Por fora…

O Mercedes-Benz A250 Turbo Sport logo de cara revela que tem algo mais do que o normal. O pacote AMG reforça a aptidão para giros altos, curvas fechadas e boas arrancadas, tudo isso feito com classe e sem exageros.

Na frente, destaque para a grade com elementos hexagonais cromados “suspensos” sobre um fundo preto, tendo ainda duas barras cromadas e a famosa estrela de três pontas. Os faróis bi-xênon com LEDs integrados e fundo preto garantem um aspecto mais agressivo ao conjunto frontal, completado pelo para-choque com spoiler integrado e desenho aerodinâmico.

Contra o branco e o preto do Mercedes-Benz A250 Turbo Sport testado, o vermelho se sai muito bem como contraste. No protetor frontal, a tonalidade que remete à esportividade indica que este Classe A não está para brincadeira.

Mercedes A250 Turbo Sport: boa performance (e pouco conforto)

As rodas de liga leve AMG aro 18 com pneus Run Flat 235/40 R18 apresentam acabamento diamantado com fundo grafite claro. O visual é muito esportivo e a impressão aumenta ainda mais com as pinças de freio pintadas na cor vermelha, que surgem como adorno para este alemão.

Nos para-lamas, um aplique metálico com o nome “Sport”, bem como as saias laterais mais proeminentes e os retrovisores com repetidores de direção. Apesar da proposta, a base dos vidros apresenta um friso cromado elegante, enquanto as colunas B possuem acabamento em preto brilhante. O teto solar panorâmico envolve mais da metade da parte superior e caiu muito bem nesta unidade de cor branca.

Mercedes A250 Turbo Sport: boa performance (e pouco conforto)

Já a traseira só assume o perfil que é característico do projeto do Classe A atual, que é um hatchback baixo e largo, tendo um estilo geral mais esportivo, mesmo na versão mais simples. As lanternas de LED são grandes e ajudam a deixar o visual mais musculoso.

O defletor de ar sobre a tampa do bagageiro não é muito proeminente, mas agrada visualmente com as bases em preto brilhante. O para-choque apresenta vincos de fundo preto nas laterais e a parte inferior com acabamento preto, filete vermelho e escape duplo cromado. Por fim, a suspensão mais baixa indica que as diferenças não são apenas cosméticas.

Mercedes A250 Turbo Sport: boa performance (e pouco conforto)

Por dentro…

O interior do A250 é claramente direcionado para a proposta final do carro. Falamos isso porque o projeto do atual Classe A é de um carro originalmente esportivo, tanto que no A200, ele parece querer algo mais do que apenas um bom desempenho, apresentando um aspecto visual que supera o de seus rivais.

No caso do Mercedes-Benz A250 essa impressão é deixada de lado, já que agora ele oferece um visual interior condizente com a proposta. O acabamento interno em tonalidade escura, costuras vermelhas no acabamento em couro ARTICO e nos difusores de ar, textura negra que remete à fibra de carbono no painel, cintos de segurança vermelhos, pedais de alumínio, detalhes cromados, cluster de fundo branco, entre outros, confirmam o objetivo de oferecer uma versão mais dinâmica.

Com posição de dirigir em posto mais baixo, como é característica básica do Classe A, a versão intermediária do Classe A tem volante de fundo chato de boa empunhadura, acabamento em alumínio e regulagens de altura e profundidade, além da tradicional alavanca da transmissão 7G-Tronic e os paddle shifts para trocas manuais. Os comandos de mídia e telefonia estão em destaque, enquanto o piloto automático (Tempomat) é mais discreto e fica mais abaixo na coluna.

Mercedes A250 Turbo Sport: boa performance (e pouco conforto)

Assim como outros modelos da Mercedes-Benz, o A250 Turbo Sport não segue a regra comum dos automóveis, tendo assim alavanca de marchas na coluna de direção e freio de estacionamento eletrônico logo abaixo do comando dos faróis no lado esquerdo do painel. Com isso aparece um porta-objetos extra no túnel central e mais espaço para porta-copos e apoio de braço basculante e deslizante.

A tela de LCD “suspensa” à frente do painel não agrada muita gente, por seu visual, e infelizmente ela não é touchscreen. Para controlar as funções da multimídia COMAND Online (com CD/MP3/USB/Aux/Bluetooth e navegador GPS) um botão giratório e cromado fica sobre o túnel central. Os controles de mídia e telefonia apresentam muitos botões, enquanto o ar condicionado dual zone é bem mais amigável. O porta-luvas tem pouco espaço.

Já os bancos dianteiros têm como destaque ajustes elétricos e possuem três memórias. Os assentos apresentam desenho que remete aos carros de competição, tendo formato de concha e perfil envolvente. O acabamento é em couro ARTICO e microfibra, tendo ainda costuras vermelhas em contraste.

Mercedes A250 Turbo Sport: boa performance (e pouco conforto)

Os encostos dianteiros possuem elementos vazados com acabamento em alumínio e iluminação amarela. Os apoios de cabeça são integrados, assim como os traseiros, exceto o central. Há iluminação também nos traseiros, que não são vazados. Há luzes nos puxadores das portas, no assoalho dianteiro e traseiro e luz ambiente no teto, criando um aspecto muito sofisticado e agradável durante a noite.

O teto solar panorâmico ajuda bastante a clarear esse interior escuro do Mercedes-Benz A250 Turbo Sport, que apesar disso, envolve bem os ocupantes. O espaço dianteiro é bom, mas o traseiro poderia ser um pouco melhor. Com assentos mais baixos que os dos rivais, o Classe A tem acesso de carro esportivo e não de um hatch em versão esportiva, e isso deve ser levado em conta por prospectivos compradores.

Por fim, o porta-malas de 341 litros dá conta do recado. Sob o assoalho, há um calibrador e reparador dos caros pneus Run Flat, além de triângulo e um espaço adicional que originalmente é do estepe. Para aumentar a versatilidade em levar bagagens, o banco traseiro é bipartido e ainda conta com acesso ao bagageiro junto ao apoio de braço central.

Mercedes A250 Turbo Sport: boa performance (e pouco conforto)

Por ruas e estradas…

O A250 não tem apenas um belo visual, ele também anda muito bem. O esportivo da Daimler é oferecido com motor 2.0 Turbo de 211 cv a 5.500 rpm e 35,5 kgfm entre 1.200 e 4.000 rpm. Ou seja, a força começa total logo após a marcha lenta. O propulsor é elástico e tem respostas imediatas.

Bem casado com a transmissão de dupla embreagem 7G-Tronic de sete marchas, o 2.0 Turbo entrega tudo o que tem quando exigido. Tanto nos modos ECO (com Start/Stop), quando no Drive ou no Sport, ele não nega fogo e oferece boas retomadas, mesmo quando a função é economia. No modo manual, o condutor pode extrair ainda mais desse belo motor. As trocas de marchas são suaves e quase imperceptíveis.

O ronco do motor tem silvo da turbina e o som da válvula de alívio, dando ainda mais vontade de acelerar. O prazer ao volante é reforçado por uma direção elétrica de respostas mais diretas, freios eficientes (com reforço de discos dianteiros perfurados) e ótima estabilidade.

Mercedes A250 Turbo Sport: boa performance (e pouco conforto)

Controles de tração e estabilidade garantem mais segurança e controle, mas para quem sabe fazer ao vivo, a desativação do segundo é garantia de pura diversão. A suspensão tem ajuste mais firme e não recomenda-se ir além de sua proposta. Buracos, asfaltos destruídos e outros obstáculos devem ser observadas com antecedência, pois a pancada pode ser muito forte. Os pneus de perfil 40 também não vão ajudar a absorver esses defeitos de nosso piso. Pelo contrário, eles reforçarão o desconforto.

Para quando a preferência for por uma condução mais comedida ou no dia a dia do trânsito congestionado, quando toda a esportividade do mundo desaparece no anda e para, o Mercedes-Benz A250 Turbo Sport não faz feio com Start/Stop, que ainda mantém a direção elétrica funcionando e tem boa autonomia para partidas.

Em condução voltada para eficiência, o Mercedes-Benz A250 Turbo Sport obteve média de 9,0 km/litro na cidade e 13,5 km/litro de gasolina na estrada, rodando a 110 km/h. Nessa velocidade, a 7G-Tronic coloca o 2.0 Turbo para “descansar” a 1.900 rpm. O que garante conforto a bordo, além de economia. Andando como ele pede, o consumo aumenta muito, mas nada comparado com a diversão proporcionada.

Mercedes A250 Turbo Sport: boa performance (e pouco conforto)

Por você…

Se o A200 não oferece tudo aquilo que sua aparência sugere, então a escolha é mesmo ir direto para o Mercedes-Benz A250 Turbo Sport. Esse sim casa estilo e performance, dando ao condutor a chance de ir mais além e ter um carro que pode ser quase “dois em um”. Econômico no dia a dia e arrebatador no lazer.

Os 211 cv parecem pouco diante de alguns modelos esportivos mais potentes, mas apenas andando em um modelo alemão é que percebemos o quanto eles exploram potências não tão grandes com eficiência e tecnologia. O Mercedes-Benz A250 Turbo Sport explora bem o que tem e oferece uma boa dose de esportividade sem perder a linha, indo de 0 a 100 km/h em 6,6 segundos e atingindo máxima de 240 km/h. Muito bom!

O valor de R$ 163.500 é sem dúvida alto, mas o Mercedes-Benz A250 Turbo Sport é uma compra mais emocional do que racional. É um carro que simplesmente vale a pena.

Medidas e números…

Ficha Técnica do Mercedes-Benz Classe A250 Turbo Sport

Motor/Transmissão
Número de cilindros – 4 em linha, turbocompressor, injeção direta e Start&Stop
Cilindrada – 1991 cm³
Potência – 211 cv a 5.500 rpm
Torque – 35,5 kgfm entre 1.200 e 4.000 rpm
Transmissão – Automatizada 7G-DCT de sete marchas com funções Sport e ECO, mudanças manuais sequenciais através de paddle shifts

Desempenho
Aceleração de 0 a 100 km/h – 6,6 segundos
Velocidade máxima – 240 km/h
Rotação a 110 km/h – 1.900 rpm
Consumo rodoviário – 13,5 km/litro
Consumo urbano – 9,0 km/litro

Suspensão/Direção
Dianteira – McPherson/Traseira – Barra de torção com quatro links.
Eletro-hidráulica variável

Freios
Discos nas quatro rodas com ABS e EDB

Rodas/Pneus
Liga leve aro 18 com pneus 235/40 R18

Dimensões/Pesos/Capacidades
Comprimento – 4.292 mm
Largura – 1.780 mm
Altura – 1.438 mm
Entre-eixos – 2.699 mm
Peso em ordem de marcha – 1.465 kg
Tanque – 56 litros
Porta-malas – 341 litros
Preço – R$ 163.500

Galeria de fotos do Mercedes-Benz Classe A250 Turbo Sport:

Mercedes A250 Turbo Sport: boa performance (e pouco conforto)
Nota média 5 de 1 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • João Martini

    O que faltava na A200, motor. Um tesao de carro.

    • Raul Cotrim de Mattos

      Ainda falta tração traseira e um preço mais realista.

      • Lucas Duarte Martins

        qual esportivo tem preço realista, para sua categoria?

        • Raul Cotrim de Mattos

          Esse preço é ainda mais irrealista do que os demais…

          • RafaCtba

            E o preço de R$124mil em um novo Honda Civic Si?

          • Filipe Machado

            Qual carro 0km no Brasil tem preço realista? me fale que compro

            Na Alemanha talvez ele tenha preço justo

        • PEDAORM

          O GTI tem preço realista na versão de entrada, e anda igual a esse a250

  • Bruno

    Excelente matéria. Realmente o carro é espetacular, mas o preço também é espetacular!

  • Charlis

    A tração é dianteira igual ao A200, ou integral?

    • Gustavo73

      Dianteira. Só o A45 AMG é integral.

      • Charlis

        Grato.
        Agora, reforça mais ainda minha opinião, muito cara! Rs….

      • !Marcelo Surf!

        A CLA 250 é integral

        • Gustavo73

          Sim, mas no Classe A 250 é só dianteira.

  • _William

    Pra quem tem grana, deve ser dificil fazer um test drive e não levar…carro muito top!

    • 4lex5andro

      fazer o test drive nao é o dificil, muito menos gostar do mercedinho ..

      o complicado é bancar os 165,3 mil reais pedidos na hora de assinar o cheque ..

  • Marcos Vinicius

    Que rodas lindas da Mercedes.

  • Ramom Alencar

    BMW 125I M SPORT = racionalidade
    MERCEDES. A250 = emoção
    nesse caso eu ficaria com a emoção.

    • Gabriel Torque

      botava mais 40 mil e pegava uma M235

      • Raul Cotrim de Mattos

        Sou mais uma C63 AMG usada o/

        • Vellored02

          Mas é bem mais caro de manter que um A250

      • GPE

        Primeiro ponto: a M235i custa 230mil, logo, é uma diferença de quase 70mil reais.
        Segundo ponto: ainda que fosse 40mil a diferença, tal quantia é muito alta pra quem vai comprar um carro nesse valor. É quase 25% do valor dele. 40mil é pouco pra quem vai comprar um carro de 800mil ou um de 840mil, mas é muito pra quem vai pegar um de 160mil.

        • Vellored02

          Isso vale até para seu rival direto o Golf GTi, mesmo na versão top de linha a diferença é de mais de 27 mil reais, isso pesaria se eu tivesse que escolher um dos dois agora. Eu já to com o Golf GTi Premium+teto e o custo beneficio dele é superior e muito, a MB deveria diminuir uns 20 mil pra valer a pena pra roubar clientes da Volkswagen.

          • Filipe Machado

            Diferença que o Golf vem do México agora (impostos menores) esse MB vem da Alemanhã, não

            Antes que diga que o Golf não mudou de preço, aposto que a VW estava praticamente empatando custo de venda com custo operacional quando lançou o Golf por aqui, agora (trazendo do México) eles devem ter um belo lucro

            • Vellored02

              O Golf GTi aumentou o preço depois que veio do México, o meu eu comprei por 132 mil, hoje ele tá por 136 e sem o Dynaudio, sem Auto Hold e freio de estacionamento eletrônico.

      • Filipo

        Antes dela tem a M135i. Deve ser mais barata!

        • marco

          a m135 eh 206 mil dilmas

      • Thales Sobral

        Eu botava mais 2.000.000 e levava um veyron… aaaaaaahhhhhh

  • Matheus Cavalheiro

    Longe de achar ruim, mas achei que o consumo fosse melhor. Algo na casa dos 16 na estrada.

  • Gran RS 78

    Sem dúvida alguma que esse Classe A é o carro, mas acho que o preço está bem alto, mesmo para um modelo premium. Acho que um valor mais “aceitável” seria na casa dos 119 mil reais.

  • Jansen

    O carro é lindo msm, mas gastaria um pouco mais e pegaria a CLA250 aquilo sim é um carro.

  • Jansen

    Os modelos 250 do Classe A e CLA são os melhores custos benefícios, pois são tão belos quanto os AMG tem excelente motorização e são bem mais baratos.

  • Gabriel Torque

    NA MINHA OPINIÃO, não vejo sentido em comprar esse carro

    quem quer um esportivo de verdade, coloca mais 30 ou 40 mil pra levar uma das irmãs M135/M235… que pra quem paga isso por um hatch médio não faz a menor falta

    por 20 mil a menos, da pra levar o v40 R-Design com o novo motor Drive-E da volvo que tem mais desempenho

    por 60 mil a menos da pra levar um mini cooper S que também entrega o mesmo desempenho

    e claro que este não poderia faltar, por 60 mil a menos também da pra levar um GTI que é o mesmo que essa MB, só não tem a argola

    a MB brasil anda dando mancadas nos últimos tempos, os classe A vieram pra ser só mais um, lançaram esse A250 com o mesmo preço e motor da 125i pra ver se compram apenas por ser mais bonito, mas na minha opinião é um carro inferior… deveria estar no mesmo preço do Volvo

    • Charlis

      Penso parecido*.. Quando li o preço, na sequencia o desempenho, ja me veio na cabeça a familia TSI (60mil a menos, MUITO dinheiro), e o Novo Mini…

    • Pedro Paulo ()

      a M235i tá 230k
      125i M tá na casa dos 170k, já a M135i tá na casas dos 209k

      Mas concordo com você em relação ao Volvo V40 e o Mini S (apesar do mini ter menos potência, mas compensar em peso)…

  • Raul Cotrim de Mattos

    Porque não preferir um Golf GTI por 50 mil a menos e desempenho superior? Essa MB nem tração traseira tem…

    • Raul Cotrim de Mattos

      Se bem que em questão de aparência o Golf fica bem sem graça perto desse carro, mas…

  • RFGV

    traçao?

    • Gustavo73

      Dianteira!

  • RFGV

    Em tempo: Vou de GTI. 220 cv, que na verdade são 230, que tmb tem tecnologia alemã, por 40 mil a menos.
    E, na minha opinião, é mais esportivo ainda.

    • Pedro Paulo ()

      você quis dizer por 30 mil a menos né?
      por que o completão tá na casa dos 135k…

    • Raul Cotrim de Mattos

      Só perde no visual, que é bem mais sem graça… se ao menos a MB tivesse tração traseira e um desempenho ao menos igual.

    • Comentarista

      Quase vomito com essa chupação de pau da vw com esse golf.

      • Vellored02

        Eu comprei o Golf GTi Premium + teto e saiu mais barato que o A 250, e ainda tenho mais alguns itens como ACC, Emergency Break, Park Assist, ou seja o Mercedes só compra quem pode pagar mais e é fã da marca e se apaixona pelo Design, tem uma em exposição em um Shopping aqui de São Luís o carro é na cor preta, e toda vez que passo por ele fico hipnotizado pelo design principalmente aquela grade, parecem estrelas no céu.

      • RFGV

        chupaçao de pau? é o carro esportivo com melhor custo x desempenho disponível no mercado… Já andou num? não né…

    • Filipo

      São 220cv, 230cv no pacote disponível na europa, o qual vem além dos 10cv a mais, bloqueio eletrônico do diferencial e rodas maiores.

      • Marcelo Kayro Quintão

        Freios melhores tb :)

      • RFGV

        tem mais de 220cv, já testados no dinamômetro.

        • Filipo

          Todos os veículos turbo se sairão melhor do que o declarado em testes de dinamômetro de rolo, ou seja, apresentarão maior potência e torque. Você já deve ter visto vários casos…

  • Edflu

    Falar de preço é redundância, qual carro tem preço justo ? A MB sempre teve seus valores um pouco acima da concorrência diret a(BMW / Audi)se pensarmos que um Corolla bate quase 100.000 e o civic Si e GTI seus 120 a 130.000 então a MB só está seguindo a infeliz lógica …

    • 4lex5andro

      carro bonito, potente e tem bom desempenho, mas o fator status (da estrela mercedes benz na grade) já encarece o carro por si só, alem do esperado ..

      gasta-se menos e se tem otima diversao tambem, com golf gti , fusca turbo, mini ou , no caso de um sedan de presença , um bmw 320i ..

  • Hadson Nobre

    Amigos, parem de comparar o golf com esse carro. A definição de superioridade de um carro, vai bem além do número de cavalos que o motor possui.

    • Na Dúvida, Acelera!

      De fato, vai em itens de série, custo/benefício e por aí vai, outro ponto que o Golf da um show também, tanto é que na própria Alemanha o Golf vende mais, o Golf vende bem mais em toda a Europa e de quebra surra a Mercedes-Benz Classe A até nos comparativos realizados por lá.

      • Fábio

        Volta pro carblog, lá é lugar de fanboys, aqui de entusiastas! ;)

        • Na Dúvida, Acelera!

          Agora tudo virou motivo para vir chamar os outros de “fanboy”, você sabe no mínimo o significado da palavra “fanboy” para querer vir chamar alguém disso? Pelo jeito você é tão ignorante que chama as pessoas de uma coisa sem nem saber o significado, procure o significado dessa palavra e veja se de fato eu sou um “fanboy”. Sinceramente, não consigo entender essa sua perseguição com o Golf, ter raiva de uma coisa material sem o mínimo motivo? Por favor, você me chama de “fanboy” porém meus comentários são coerentes e são baseados em fatos reais diferentes do seu que tudo que é posrt você tem de se referir ao Golf ou como você adora falar “Gol bombado”, agora eu te pergunto:
          O que o carro te fez?
          Porque tanta raiva assim de uma coisa material?

          • Gustavo73

            Torcida é assim mesmo e não precisa explicar…

        • Marc
          • Léo Hung

            Os sotaques são hilários! :D

      • Thales Sobral

        Vacilo danado hein… Quer dizer que porque vende mais é melhor? Então o Gol é o melhor carro do brazil, e o Bugatti Veyron um micasso, que por sinal, ainda tem umas unidades encalhadas lá no pátio.

        • Na Dúvida, Acelera!

          O único vacilo aqui foi o seu meu caro, querer comparar as vendas de um Gol com a de um Bugatti não faz o menor sentido, meu comentário foi comparando as vendas de dois Hatchs Médios que competem pelo mesmo público e que lá fora custam preço semelhante (já que no Brasil o povo vê status em Série 1 e Classe A).

          • Thales Sobral

            Pfffff deixa pra lá. …

        • RFGV

          kkkkkkkkkkkk
          q b*sta de comparação…

  • Eduardo

    Mercedes delira com os seu preços no Brasil. A200 versões de 110mil e 120mil reais, mesmo que você escolha a versão top ainda não tem teto solar, bancos em couro e o sensor de estacionamento, isso em um carro hatch de entrada?! Agora o A250 é bonito mas um hatch por 163.900 (61.500USD)? Seguindo na linha dos preços delirantes da marca Premium, com o lançamento da nova Classe C o preço no Brasil aumentou 24 mil reais, nos Estados Unidos apenas 1 mil dólares. Comparando as versões de entrada de cada país, C180 no BR e C300 no US. Faça como eu, compre um Audi A3 1.8T e invista a diferença em ações, bom momento para compra de ambos.

    • Léo Hung

      Isso segue uma lógica (utilizada tb pela BMW): não pode custar barato pq perde o status. Imagina pagar 90k num classe A? Vc não está comprando um carro, está comprando um Mercedes, um estilo de vida para poucos afortunados.

      É ridículo, mas é assim que funciona. Racionalizar não adianta. Na europa pode até ter preço similar, mas até lá o status é outro. Golf é carro de classe média, povo. Mercedes de entrada (classe A e B), também, mas tem um charme a mais. :P

  • alixgracus

    Esse carro está superfaturado no Brasil, assim como ocorre com o BMW 125. Na Inglaterra, você tem A 250 a partir de 28.560 libras, BMW 125, de 28.070 libras, e GTi, de 28.650 libras! Ou seja, com todo o renome dessas duas marcas, os ingleses não consideram que esses modelos valham mais do que o GTi. Fato é que, aqui, fora a indecente margem de lucro, paga-se um plus nesses marcas também a título de “status”.

  • SDS SP

    Belo carro… A engenharia automotiva alemã é um case a ser estudado, pois é só olhar o número de patentes aplicadas no ramo. Estão muito a frente dos demais…

  • Marcos Wild

    É a tipica perfeição Alemã,
    pra mim, o melhor carro do mundo é o carro alemão.

  • Marcio Andriani

    Compradores 0 vs 17 Manolos…acho que a Mercedes deveria fazer como no salão do automóvel, nem deixe entrar no carro, e como aquela montadora japonesa que não empresta o carro para testes…

  • Júnior Adorno

    Incrível! Não a Mercedes, pois essa eu já conhecia muito bem. A surpresa ficou por conta do site http://www.noticiasautomotivas.com.br que está de parabéns!!! Redação muito boa, imparcial, sem aqueles blábláblás de redatores que cansam os leitores com suas opiniões e gostos pessoais e assim tornam a leitura massante. Aqui encontrei informações de relevância, pouco encontradas em sites famosos do mesmo gênero. Congratulações, virei fã n.º 1…

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email