*Featured Crossovers Lançamentos Test Drive Volkswagen

Volkswagen T-Cross 200 TSI: Impressões ao dirigir

Volkswagen T-Cross 200 TSI: Impressões ao dirigir

A Volkswagen fez um novo evento envolvendo o T-Cross, novo SUV compacto da marca alemã, que chega ao mercado em abril com preços de R$ 84.990 para a versão 200 TSI, R$ 94.490 no 200 TSI Automático, R$ 99.990 no 200 TSI Comfortline Automático e R$ 109.990 na opção topo de linha, a Highline 250 TSI, que tem motor 1.4 TSI de 150 cavalos e 25,5 kgfm.


Desta vez, provamos a cereja do bolo do T-Cross, as versões com motor 1.0 TSI, chamadas 200 TSI, numa referência ao torque de 200 nm ou 20,4 kgfm. Com 116 cavalos na gasolina e 128 no etanol, o utilitário esportivo terá a maior parte do mix para este propulsor, que parece ter se encaixado perfeitamente no pequeno SUV da VW.

Volkswagen T-Cross 200 TSI: Impressões ao dirigir

Com este propulsor, o Volkswagen T-Cross 200 TSI é oferecido com transmissão manual ou automática Tiptronic, ambas com seis marchas. O último é dotado de paddle shifts no volante. Na configuração manual, o crossover vai de 0 a 100 km/h em 9,6 segundos e atinge a velocidade máxima de 189 km/h.


No caso do câmbio automático, o Volkswagen T-Cross 200 TSI faz o mesmo em 10,4 segundos e alcança 184 km/h de velocidade final. De acordo com o Inmetro, o consumo médio da versão manual é de 9,1 km/l no etanol e 13,1 km/l na gasolina. Já com câmbio automático, a média é de 8,4 km/l no combustível vegetal, enquanto o derivado de petróleo permite médias de 12,0 e 11,9 km/l, esta última na versão Comfortline.

Volkswagen T-Cross 200 TSI: Impressões ao dirigir

Com foco na segurança, a Volkswagen explicou o desenvolvimento do T-Cross no tocante à proteção dos ocupantes, vindo hoje a receber um prêmio do Latin NCAP pela atuação nos últimos lançamentos. De acordo com a marca, o crossover consumiu 4.600 simulações e 25.000 horas de ensaios para ter uma estrutura rígida o suficiente para dar uma boa proteção aos ocupantes.

Feito sobre a plataforma modular MQB-A0, o Volkswagen T-Cross tem em torno de 47,5% de aços de alta e ultra resistência, que garantem maior rigidez torcional e leveza ao conjunto. O modelo vem de série com seis airbags, controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, bloqueio eletrônico do diferencial, cintos de 3 pontos no geral e sistemas Isofix e Top Tether.

Volkswagen T-Cross 200 TSI: Impressões ao dirigir

Além disso, vem com discos de freio nas quatro rodas, bem como direção elétrica. O Volkswagen T-Cross tem ainda uma série de itens de série desde a versão de entrada, que tem câmbio manual. Confira abaixo, os itens de cada versão e seus opcionais:

Volkswagen T-Cross 200 TSI 2020 – Conteúdo

Volkswagen T-Cross 200 TSI: Impressões ao dirigir

T-Cross 200 TSI Manual – Fora os itens já mencionados, a versão de entrada do crossover vem com luzes diurnas em LED, faróis de neblina com função curva, lanternas traseiras em LED, rodas de liga leve aro 16 polegadas com pneus 205/60 R16, sistema de áudio Media Plus, suporte de celular com fonte USB, trio elétrico completo com tilt down e one touch nos vidros dianteiros, chave canivete com controle, ar-condicionado, sensor de estacionamento, coluna de direção com ajuste de altura e profundidade, encosto do passageiro rebatível para frente, banco traseiro bipartido, faróis com temporizador, luzes de leitura, entre outros.

Opcional: Interatividade I com multimídia Composition Touch e AppConnect com Google Android Auto, Apple Car Play e MirrorLink. Câmera de ré, sensor de estacionamento dianteiro e tweeters. Preço: R$ 1.720.

T-Cross 200 TSI Automático – Como diferencial, essa versão vem grade em preto brilhante e o câmbio automático de seis marchas, além de controle de cruzeiro, volante multifuncional revestido de couro com paddle shifts, apoio de braço central com porta-objetos e saídas de ar condicionado para o banco traseiro, duas entradas USB para o banco traseiro, multimídia Composition Touch com tela de 6,5 polegadas e App-Connect.

Opcional: Interatividade II com câmera de ré, sensor de estacionamento dianteiro e retrovisores com rebatimento elétrico. Preço: R$ 1.590.

Volkswagen T-Cross 200 TSI: Impressões ao dirigir

T-Cross 200 TSI Comfortline Automático – A mais completa opção com motor 1.0 TSI, esta vem com rodas de liga leve de 17 com pneus 205/55 R17, ar-condicionado automático, alavanca de câmbio revestida de couro, banco do motorista com ajuste lombar, câmera de ré, indicador de pressão dos pneus, porta-luvas refrigerado, sistema s.a.v.e. no porta-malas, sensores de estacionamento dianteiros/traseiros e sistema de frenagem automática pós-colisão.

Visualmente ainda conta com colunas B em preto brilhante, bem como grade e para-choque traseiro com detalhes cromados, além de acabamento em tom azul e apliques diferenciados no painel.

Opcional: Design View agrega bancos de couro com detalhes na cor “Marrakesh Brown” e apliques decorativos no painel com detalhes na cor bronze namíbia. Preço: R$ 1.950.

Já o Exclusive & Interactive inclui multimídia Discover Media com navegador GPS, tela de 8 polegadas, comando por voz e entrada USB no console central, espelhos retrovisores externos com rebatimento elétrico, iluminação ambiente em LED, seletor do modo de condução (Eco, Normal, Sport e Individual), abertura das portas sem chave e partida do motor por botão e tapetes adicionais de carpete. Preço: R$ 3.950.

No caso do Sky View II, o pacote traz teto solar panorâmico, retrovisor eletrocrômico e sensores de chuva e crepuscular. Preço: R$ 4.800. Por fim, há também o pacote Premium com Park Assist 3.0, faróis full LED com luzes diurnas embutidas e sistema de som Beats com subwoofer. Preço: R$ 6.050.

Volkswagen T-Cross 200 TSI 2020 – Impressões gerais

Volkswagen T-Cross 200 TSI: Impressões ao dirigir

Com 4,199 m de comprimento, 1,751 m de largura, 1,568 m de altura e 2,651 m de entre eixos, o Volkswagen T-Cross 200 TSI tem porta-malas variando de 373 a 420 litros, bem como tanque de 52 litros. Visualmente, as versões mais simples do crossover não são de todo ruim em termos de acabamento.

A grade totalmente preta da versão manual, assim como da automática, nos faz lembrar dos VW nos anos 80, simples e funcional. Fiel em estilo que consagrou a marca nos anos 70, o T-Cross 200 TSI só se atualiza mesmo na versão Comfortline, que fica próxima da Highline. Em contraste, todos vêm com faróis de neblina e LEDs diurnos, o que é bom.

Volkswagen T-Cross 200 TSI: Impressões ao dirigir

Na traseira, independente da versão, todos possuem o mesmo conjunto de LED com máscara negra, fundidos num conjunto único, que dá mais personalidade ao T-Cross. Embora seja pequeno, impressiona o entre eixos de carro médio, especialmente por denunciar isso com portas traseiras grandes. As colunas C largas dão mais rigidez ao conjunto, também em termos visuais.

Por dentro, no entanto, a simplificação do acabamento salta aos olhos, empregando muitos plásticos de tonalidades escuras, teto todo preto e volante sem detalhes. O sistema de entretenimento, embora tenha Android Auto e Car Play, também segue a simplicidade. Na versão Comfortline pode-se desfrutar da multimídia Discover Media com tela de 8 polegadas e câmera de ré.

Volkswagen T-Cross 200 TSI: Impressões ao dirigir

Nota-se a falta de USB no console, mas as saídas de ar com 2 USBs na traseira, tentam compensar o corte de custos no acabamento. Os bancos possuem conforto relativo, enquanto o espaço interno é mais do que suficiente. O porta-malas, porém, possui sistema de rebatimento e ajuste para se alcançar até 420 litros, o que tá ótimo.

Volkswagen T-Cross 200 TSI 2020 – Impressões ao dirigir

Volkswagen T-Cross 200 TSI: Impressões ao dirigir

Mangaratiba-RJ – O Volkswagen T-Cross 200 TSI é aquele carro que você já sabe o que vai fazer, após já ter experimentado alguns dos irmãos mais velhos (leia-se Polo, Virtus e o up!) equipados com motor EA211 1.0 TSI de três cilindros. Com seus ótimos 20,4 kgfm entre 2.000 e 3.500 rpm, o crossover anda muito bem, como já era de se esperar.

O pequenino de três pistões com turbo e injeção direta, completamente dá conta do recado. O propulsor tem muito vigor para empurrar o T-Cross 200 TSI, que apresenta boas saídas e retomadas superiores aos de crossovers concorrentes, devido a reação rápida do motor ao acelerador. Essa esperteza chega a ser mais nítida que no 1.4 TSI.

Volkswagen T-Cross 200 TSI: Impressões ao dirigir

Rapidamente o ponteiro sobre para a cada de 3.500 rpm e já se sente a força do 1.0 TSI, que logo mantém a casa em ordem lá pelos 2.000 rpm. Se subir o pé e manter, cai para 1.500 rpm e fica sobrando. Nas subidas, no entanto, o câmbio parece vacilar na escolha da marcha e o giro pode cair rapidamente, embora o torque compense bastante isso e rapidamente uma marcha mais curta entra em ação para manter o giro nos 3.500 rpm.

O câmbio tem mudanças suaves e o escalonamento é focado na economia, tendo assim relações longas. Com um ruído característico, o 1.0 TSI do T-Cross chega a ronronar a 1.500 rpm no trânsito, parecendo que vai morrer, mas é apenas impressão, pois a resposta ao pedal é rápida o suficiente para fazer sumir a sensação ruim.

Volkswagen T-Cross 200 TSI: Impressões ao dirigir

Nas mudanças manuais, via alavanca (disruptiva em termos de estilo VW) ou paddle shifts, o VW T-Cross 200 TSI mostra toda sua força, podendo ser esticado até pouco mais de 6.500 rpm, quando aparece o corte. Ele é um pouco ruidoso, porém, somente em regimes bem altos de trabalho, pois na condução urbana ou rodoviária, ele se mantém na média.

Na estrada, consegue-se 2.000 rpm em sexta marcha ou 2.500 rpm no manual. Sim, andamos no manual também e a sensação não é a de dirigir um VW. Nesse caso, a alavanca tem engates duros e pouco suaves, bem diferente daquilo que a maioria conhece desde tempos imemoriais. Com o vigor de um jovem, o 1.0 TSI confere ao T-Cross uma tocada realmente prazerosa.

Volkswagen T-Cross 200 TSI: Impressões ao dirigir

Com pneus série 60 e rodas aro 16 polegadas, o crossover absorve melhor as irregularidades e não perde tanto em estabilidade, com relação ao conjunto com rodas aro 17. A direção é leve e agradável de manusear, atendendo também o sistema de freios “com tudo dentro”. O comportamento dinâmico é bom e realmente a 200 TSI faz jus ao que se esperava dela. Anda bem e parece muito mais frugal que os números do Inmetro. Se apenas tivesse opção desse motor, o VW T-Cross já estaria feito…

Volkswagen T-Cross 200 TSI 2020 – Galeria de fotos

Viagem a convite da Volkswagen.

Volkswagen T-Cross 200 TSI: Impressões ao dirigir
Nota média 3.9 de 8 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • HEnrique

    Painel meio feio, parece de carro velho

    • Como 90% dos VW.

      • Daytona

        Só que por 100k dó mais que num Gol ou Polo…

      • JOSE DO EGITO

        NA ninguem de vcs queimaram o pe com o liquido de arrefeicmento??/ e o nivel de barulho? e barulho do tampao?

        • Marcelo Ecosta

          Você tem que idade, 11 anos? Todo comentário repete a mesma coisa.

        • Geruzzus Filho

          Nossa… os hospitais já abriram leitos extras para receber os queimados do POLO rsrsrs…

        • Lucas de Lucca

          Você tem algum trauma com a feiura do seu Etios e fica batendo nos demais veículos pra compensar né? Só pode.

      • Geruzzus Filho

        E Ford e GM também né? Ou você vai dizer que o painel do Ônix/Prisma, Spin, Cobalt e Tracker são um primor de beleza? Tem também o do Ka que parece de brinquedo chinês e os do New Fiesta e Focus baseados no “novíssimo” painel da Belina 1971, que resiste na marca até hoje.

        • Ananias Anacleto

          O erro de um não justifica o erro do outro. Se é feio, nada de errado tem em apontar o fato.

          • Geruzzus Filho

            Não, não tem nada de errado. É só para lembrar que existem outros piores.

        • Robinho

          aff nada haver…o painel e acabamento da maioria dos carros que vc citou é melhor do que isso ai, e custando beeem menos.

          • Geruzzus Filho

            Verdade. A gente só vê o que quer ver…

        • Drax

          Mas olha o preço de onix e ka pra esse carro aí

          • Geruzzus Filho

            Mas olha a SEGURANÇA de Ônix e Ka para esse carro aí.

        • Nicholas Jensen

          Para mim é feio, e não justifica o preço do carro. Comparando os outros carros que você citou, todos eles (tirando a tracker) tem preços bem mais abaixo.

    • dallebu

      Além do design em si, o acabamento das versões de entrada é uma vergonha. Renegade e HR-V mandam lembrança. Pra mim poder ter até motor de plutônio, mas me deparar com esse acabamento e nesse preço pra mim é inaceitável, prefiro um Renegade manco, eu ia me decepcionar menos a cada dia.

      • Hendel Marques

        Ja penso o inverso. Eu acho esse powertrain muito acertado. Acredito que dá pra engolir o painel. Ainda o acho melhor que o renegade com seu painel lindo e motor beberrão e manco.

        • Gabriel Torque

          10,4 segundos de 0-100 é bom ? Esse TCross 200 TSI ficou manco também

          • Marcelo Ecosta

            Perto dos 14 segundos do Renegade…

            • Gabriel Torque

              O fato do outro ser péssimo não quer dizer que este é bom… apenas menos pior

              • Hendel Marques

                Sim, sim. Eu prefiro esse 1.0 ao 1.8 do renegade. Vamos ver as vendas nos proximos meses se o mercado pensa limitado como eu.

              • Marcelo Ecosta

                E que número você considera adequado para um motor de 116 CV?

            • Mentira! Segundo o quatro rodas é 13.5 segs kkkk

              Sendo que um onix manual faz em 12.3… depois chamam de otário que compra o T-cross com seus 10.9 segs no 0-100. Se ignorância matasse brasileiro estaria morto.

          • Hendel Marques

            Numa SUV 1.0? Ta melhor que muito 2.0 famoso!

            • Gabriel Torque

              O carro tem o tamanho de um sandero, não é um suv

              • Geruzzus Filho

                Para ser SUV tem que ser grande? Então risque da sua lista o Tracker, Creta, Renegade e 2008.

                • Hugo

                  Exceto o Renegade em suas versões mais caras (e olhe lá), todos são crossovers. Mas SUV também ser utilizado. Shopping Utility Vehicle

                  • Geruzzus Filho

                    Se é assim, então, não existem SUV’s no Brasil.

          • Geruzzus Filho

            O CRETA 2.0, cachaceiro, com 166cv faz em 9,7s ou seja, o 1.”zerinho” perde por míseros 0,7s. Você chama isso de diferença grande?!

          • Lucas de Lucca

            Apareceu a primeira criança jogadora de super trunfo;

          • Luconces

            Aonde o 0-100 muda algo na vida de alguém? Pergunto de boa mesmo. Nunca entendi essa tara pelo 0-100.

            Pessoal participa de drag race? Racha? É pra sair vazado no farol no caso de um assalto?

            • Sim, é igual duas crianças de 8 anos que “competem” para ver quem tem o pintinho maior. kkkk

              Falando do t-cross mesmo o 1.0 AT tem ótimo desempenho – anda igual hrv 1.8 e é mais rápido que creta 1.6, renegade flex e até compass flex.

        • Lucas de Lucca

          É o que penso também, pra quem dirige pouca importa acabamento bonitinho, design fluídão, bla bla bla… o que manda é o carro ser gostoso de tocar, boa posição de dirigir e econômico. Se puder ser isso e bonito e bem acabado maravilha, se não, vou preferir o feio gostoso do que o bonito méhhh…

          • Verdades sobre o mercado

            Pessoal prefere uma virgem de 15 anos toda tezãozinho que nem sabe nada do que uma de 30 que não tem mais todo aquele viço mas manda bem…

            • Lucas de Lucca

              Bem por aí mesmo rsrsrsrsrs

            • ViniciusVS

              Uma de 25 não seria o melhor dos dois mundos?

            • Nicholas Jensen

              A diferença da virgem para o carro é que você pode ensinar ela a dar umas boas cavalgadas, já o carro não tem essa consciência toda.

          • ViniciusVS

            Deve ser uma delícia “tocar” um pé de boi na 23 de maio parada. Pode até não ser o seu uso, mas tenha certeza que é o de uma gigantesca parcela de consumidores…

            • Lucas de Lucca

              Mas você considera a T-Cross, a mais barata AT um pé de boi???

              • ViniciusVS

                É o pé de boi dos SUV de shopping.

                Olha o volante, painel, acabamento, bancos… Pagar uma fábula para olhar esse painel de gol todos os dias é complicado… Esse carro tem interior padrão Spin/Spacefox, fica difícil brigar com os concorrentes e cativar o consumidor comum.

                Desculpa, a maioria que paga isso em um SUV compacto não são pilotos de teclado, são pessoas que querem um acabamento aceitável, conforto, confiança e um motor com um desempenho padrão.

                Diferente do UP não é carro para moleque e sim para famílias com uso padrão e pacato… Quem busca esse tipo de carro não quer andar que nem louco no estacionamento do Carrefour com os filhos no banco traseiro, é um carro para quem está em outra fase da vida, em outra energia, o fundamental é justamente o maior calcanhar do carro, o interior agradável…

                Está cheio de Jetta 2.0 Flex, muitos completos com interior claro, enfim… O que o consumidor daquele carro queria? O que o consumidor de um SUV compacto quer? a VW ultimamente vacila demais.

                • Lucas de Lucca

                  Eu apenas estou expondo a minha opinião, eu abro mão de um acabamento frufruzento se o carro for melhor de dirigir, só isso. Quanto a ser piloto de teclado, gostar de dirigir e ser piloto são coisas diferentes. Eu gosto de dirigir, ando 100 km todo dia durante a semana e mais uns 100 no final de semana, e pra mim no final das contas vale o carro que tem uma posição melhor de dirigir, que seja seguro, que seja estável, dinâmico e ágil, que tenha potência e torque para eu ultrapassar tranquilamente (ando muito em pista simples, com muito caminhão pesado, tendo que retomar de 20 km/h para 100 km/h para ultrapassar rápido em segurança) e que seja relativamente econômico. Eu não compraria um T-Cross pois não curto SUV, mas se fosse o caso teria ele sem problema algum, pois acredito que ele será bem igual ao Polo nesses quesitos que citei e este me agrada, e muito. Inclusive, estou aguardando com boas expectativas a chegada do GTS 1.4 para avaliar se pegarei ele ou um Jetta R-Line ou um Civic Touring pro lugar do meu Cruze 1.4T. Provavelmente pegarei o menor pois ainda gosto de hatch e infelizmente hatch médio agora com a saída do Golf não me resta opção e outro Cruze está fora ou importados estão fora de cogitação.

                  • ViniciusVS

                    Lucas, o “piloto de teclado” não foi para você, peço perdão se dei a entender desta maneira.

                    “pra mim no final das contas vale o carro que tem uma posição melhor de dirigir, que seja seguro, que seja estável, dinâmico e ágil, que tenha potência e torque para eu ultrapassar tranquilamente (ando muito em pista simples, com muito caminhão pesado, tendo que retomar de 20 km/h para 100 km/h para ultrapassar rápido em segurança) e que seja relativamente econômico.”

                    No seu caso acho que nenhum SUV compacto será mais interessante que um Hatch médio ou compacto com motor mais forte no padrão do 208 THP, Sandero RS ou algo do tipo…

                    • Lucas de Lucca

                      Não, de boa eu entendi. Só quis dizer que ainda gosto de dirigir. Nada contra também quem vê dirigir apenas como um meio necessário pra ir do ponto A pro B, principalmente se ficam restritos ao trânsito urbano de grandes cidade, nesse caso meu percurso diário me favorece.
                      E sim, SUV por enquanto como disse, segue fora dos planos. Mas pelo que vejo uma hora será inevitável por falta de opção.

      • Lucas de Lucca

        Você dirige ou só fica olhando pro carro? Porque se for a primeira opção powertrain e boa posição de dirigir é praticamente o que deveria definir uma compra. Agora se for a segunda opção, aí entendo seu comentário.
        E nem é questão de defender, o acabamento da família Polo com exceção das versões Highline com painel digital é de doer os olhos e a alma na minha opinião.

        • ViniciusVS

          Depende, no trânsito você fica mais tempo parado olhando o painel que dirigindo de fato kkkkk

      • Robinho

        sou mais o Renegade msm

      • Luconces

        Passei 13 dias usando o Renegade dos meus pais. Longitude Flex. Carro é confortável e o acabamento é bacana mas passei raiva com o motor gritando e o consumo de 4,5 no álcool….

        Nesse caso é preferível sim um acabamento pior e um desempenho bem melhor.

      • beto

        SUV passa longe de ser só motor, vide Tracker.

      • Jean Lehn

        Até o interior do Captur passa mais qualidade que isso ai!

    • Fábio Henrique

      Povo reclamava do Kicks e Tracker “ai, plastico duro com couro pra disfarçar”. Entao agora tomem plastico duro todo preto agahahahahha.
      Pelo preco desse 1.0 turbo se compra um tracker 1.4 nas promocoes da gm.

      • Geruzzus Filho

        Já colocaram nele o controle de estabilidade e de tração? Até pouco tempo nem tinha isso como opcional em um carro de mais de 90mil…

        • Fábio Henrique

          Tem sim, colocarm ate na lt

    • Paulo Albuquerque

      A CMM é ótima, mas parece que eu comprei uma TV 4k de 65 polegadas e instalei em uma parede sem reboco e com todo tipo infiltração possível.

    • Piston head

      Plásticos nessa tonalidade são de extremo mau gosto, parece coisa velha mesmo.

    • Robinho

      painel e exterior é muito feio…

  • CanalhaRS

    O carro custa R$ 100 mil, mas o interior é do mesmo nível de Gol.

    • Raimundo A.

      Tal qual o Polo é e o Virtus está para o Voyage. Não pode reclamar quanto a isso, porque é um VW. A marca não entrega muita diferença nos compactos. Quem quer algo melhor em acabamento tem que pular de categoria.

      • Gabriel Medeiros

        Nem tanto, pq a versão mais básica do T-Cross custa o mesmo que as highline do Polo/Virtus, que já levam um pequeno tapa no visual do painel.

    • TchauQueridos

      Não tinha como ser pior!

      • D34D P00l

        Tem, no Captur e Duster, mas acho que se limita a isso mesmo.

        • JOSE DO EGITO

          mas pelo menos o preço desses dois é MENOR e vc nao corre o risco de queimar o pe com o liquido de arrefecimento e nem ter surdez prematura por conta dos ruidos internos

        • Gabriel Torque

          Duster nem conta né, projeto de uma década que tá se arrastando

        • oscar.fr

          Preciso ver ao vivo esse VW, porque pelas fotos a sensação é ruim. O Captur que todos reclamam, eu não achei ruim. Não fui capaz de perceber toda a diferença entre um Captur e um Renegade de mesmo valor. Isso que eu vinha de um carro bem acabado (para a categoria e o valor), um 208.

          • Ernesto

            De boa, não tem como não perceber a diferença que há entre o Captur e Renegade. O plástico utilizado no Captur é muito pior.

    • Louis

      Está parecendo o Captur com interior de Kwid.

    • JOSE DO EGITO

      È por essas e outras que a GM deita e rola de vender ONIX

    • Com certeza…

      polo de 50K

  • beto

    Tá meio complicado com esse interior aí.

    • th!nk.t4nk

      Interior de carro popular. A VW depenou tudo o que podia no acabamento.

      • Chap

        O crossover default do segmento B na marca seria o T-Roc, mas aí alguém convenceu os chefes da VW que haveria espaço para um carro mais “cheap”, aí veio esse T-Cross.

    • JOSE DO EGITO

      Resumindo:é um SUV derivado do GOL .Pronto chegou o tao desejado carro

      • Lucas de Lucca

        Pelo menos deriva de um Polo, projeto alemão e não de um projeto indiano de baixo custo como o Etios hahahahahaha

        • JOSE DO EGITO

          Vc deve desejar muito um ETIOS ,a reportagem em nenhum momento o citou e vc faz questao de lembrar!,mas pra satisfazer esse desejo em ter um ETIOS,aproveita pq é acapaz de o ano que vem ser o ultimo ano de fabricaçao

  • Raimundo A.

    Faz uma lanterna enorme só para gastar dinheiro com plástico porque não acende nada nela e de tão grande poderia acomodar as luzes de neblina. Luzes que a marca pôs no para-choque na mesma peça dos refletores, mas o nosso não tem inclusive no topo.
    Acerta na oferta de itens de segurança, melhor que a média, mas peca em outras que seriam consideradas básicas.

  • MARCELO THAFFARI

    Sou fanzaço da Volkswagen, mas sendo sincero comigo mesmo este painel das versões mais simples estão horriveis.
    Tenho um Polo, muito mais barato e com o acabamento identico!!!!
    Assim fica dificil defender….

    • MauroRF

      Ainda bem que você tem senso crítico, mesmo sendo fã, pois a enorme maioria dos fãs costuma ser cega e defende tudo.

      • JOSE DO EGITO

        Isso mesmo defendem ate com os pes queimados com o liquido de arrefecimento

        • Marcelo Ecosta

          Mas você é hater e não esconde, não é mesmo? Há meses só comenta isso. Irritante para caramba.

          • Marcus Fumagalli

            Se eu ver um comentário do José do Egito e não ler “líquido de arrefecimento” o dia não tem graça

          • JOSE DO EGITO

            Se vc so de ler ja ficou irritado ,imagina,quem passou por isso na pratica!!

            • Geruzzus Filho

              Eu passei e não “perdi o pé”. Estava quente sim, mas não chegou a queimar a ponto de eu ter que ir para um hospital como você quer fazer parecer.

        • Marcus Fumagalli

          Se eu ver um comentário do José do Egito e não ler “líquido de arrefecimento” o dia não tem graça.

    • Jefferson BC

      Um comentário racional. Puta interior feio…não tem que esconder, essas empresas que mudam isso e melhorem caramba.
      A mesma crítica para outras montadoras…não só em estético, como em mecânica etc…

  • gcaraujo

    Interessante essa versão 1.0 TSI, me parece que performance do carro encaixou mais. E com esse câmbio manual, ficou bem interessante. Agora esses pacotes aí são preços abusivos. Pagar 100 mil em um carro e aí da ter que comprar pacotes?
    Vou aguardar mais um tempo para ver mais informações sobre essa versão !!!!

    • JOSE DO EGITO

      A japonesada da HONDA eos Italianos da JEEP devem estar rindo de de ter dor na barriga,Esse preço cobrado pelo acabamento e equipamentos nao vao vender nada!

      • Gabriel Torque

        Daqui a pouco com desconto de 15 mil igual o Jetta, só se essa for a estratégia nova da VW

      • Léo Faria

        Você pode até falar do acabamento mas a lista de equipamentos por 85k é muito superior aos japoneses,italianos,coreanos,…

        • JOSE DO EGITO

          Só se for numa visao pasional

  • Feliphe Santos

    Tava olhando as fotos do carro por fora, achei lindo, até chegar na foto da porta… Inaceitável um carro que custa a partir de 85 mil ter um acabamento de porta como esse

  • Rafael

    VW apelou com esse interior.
    Por fora bela viola, por dentro.. pão velho, duro e mofado

  • rodpe

    É um Space Fox com grife…

  • Ariano Neves

    Lembrando que é um carro 1.0, ou seja, menor imposto! cobrar um valor desses é ter muito lucro, a diferença para um compacto não é tão grande que justifique esse preço, é surfar na moda dos SUVs para arrancar dinheiro dos que não são tão informados! Achei uma frente de fiat, com lateral do fox, traseira da dodge e interior do gol..

    • Raimundo A.

      Pior é que a frente realmente lembra um Fiat, no caso os Tipo hatch e SW que até tem o DRL incorporado ao farol principal na parte inferior tal qual é no T-Cross mais caro.

  • Vitor Santos

    O carro chega a no máximo 200 KM/H mas o painel marca 260 KKK

    • Raimundo A.

      Isso é normal meu caro. Pior é alguém pensar que a velocidade máxima inscrita no painel se trata da mesma do veículo e não é. São poucos os veículos, normalmente os mais caros, em versões esportivas ou esportivos, a correlação entre o real e o sugerido no painel são condizentes.

      • Vitor Santos

        Eu sei campeão, mas nesse caso eles exageraram um pouco talvez pra causar uma falsa impressão de desempenho aos compradores “noob”. Nem no Fiat punto blackmotion que faz uma ilusão esportiva, o marcador é de 220KM, o que é mais coerente.

        • Raimundo A.

          Na época do Gol GTI, o mostrador salvo engano ia até 240 km/h. Cansei de ver gente dizendo que chegava a essa velocidade. A incoerência da VW não é de hoje.

      • Gabriel Medeiros

        Mas tá exagerado mesmo. No meu 208gt com máxima de 228 km/h, o painel marca até 240.

    • Cláudio Modesto

      É o mesmo painel de todos os vw.

  • Joao Victor

    Que painel horroroso….

    • Geruzzus Filho

      É o mesmo do GOLF e JETTA.

      • Fanjos

        O painel digital é, o painel básico não

        • Geruzzus Filho

          Então é jogo dos sete erros pois eu vejo iguais, exceto a numeração que é mais detalhada. Até os mostradores são iguais e estão na mesma posição.

  • Tochio

    Cada vez me cinto mais pobre !

    • Mr. Pennybags

      isso aí, usar o “cinto” nunca é demais. Segurança em primeiro lugar.

      • Pedrob

        Rindo demais! kkkkkkkkkk

  • Leandro

    Não dava para esperar mais de um carro derivado do Polo. Quem já entrou num Polo sabe que o acabamento dele deixa a desejar, ainda mais se tratando da versão highline, puro plástico duro no painel das portas. O problema é o preço cobrado.

    • TFSI

      Vamos lá, primeiro que as portas dianteiras não são inteiras em plástico duro, o apoio de braço é confortável, contendo espuma. Qual dos concorrentes tem um apoio de braço assim? Não adianta ter tecido em toda a porta se não for confortável, se não tiver espuma embaixo. Segundo, a porta traseira é uma lástima, realmente. Ali é tudo plástico duro, mas qual concorrente oferece tecido nas portas de trás? Só vejo a galera metendo o pau da dupla Polo/Virtus, mas qual concorrente oferece igual ou melhor? Nenhum, tudo plástico duro. A dupla citada acima poderia ser melhor? Claro, sem dúvidas, principalmente pelo preço cobrado no carro. Mas o carro é muito melhor do que apenas painel de porta e soft touch.

      • Rodrigo Martins

        SUV : painel de porta com forração honda HRV dianteira e traseira,
        nissan kicks ,jeep renegade , renault captur, renault duster todos esses tem tecido nas portas dianteiras e traseira , agora os outros concorrentes de polo e virtus realmente é triste , a questão é que o carro vem com muita tecnologia e a volks esquece do acabamento e cobra caro por isso ! concordo com você que carro vai alem da porta macia e soft touch! abraço!

        • TFSI

          SUV é outra situação, eu respondi ao amigo acima acerca do Polo. Sobre o T-Cross, VW pecou nesse quesito, merecia um esmero no interior, justamente pelo preço e também para se distanciar um pouco da dupla Polo/Virtus. Vamos ver se os consumidores são exigentes ao ponto de rejeitar o SUV compacto por causa do acabamento, entre outras coisas.

          Abraço

          • Rodrigo Martins

            verdade ! hoje é tudo questão de control C , control V tudo por causa de corte de custos , agora é ver quem vai ter coragem de pagar o preço de quase 120 mil reais pelo top de linha 1.0 com todos os equipamentos disponíveis

            • TFSI

              Nesse quesito, eu pularia logo pra versão 1.4. Não tem nem comparação. A 1.0 completa de tudo é para aquela pessoa que não faz questão de um motor melhor.

              • Rodrigo Martins

                pior que é verdade , mas infelizmente o brasileiro paga o preço que estiver na frente dele para ter uma novidade e mostrar para o vizinho ! kkk

          • Leandro

            Não tem como se sentir bem dentro do Polo sabendo o valor pago por ele e pelo acabamento que ele oferece na versão mais cara. Se fosse a versão MPI, de entrada, tudo bem, mas na highline com todos os opcionais fica difícil se sentir bem dentro dele. Pelo menos todas as vezes que eu entro no Polo highline de um amigo eu não me conformo com o valor pago pelo carro. Simples assim.

          • Cláudio Modesto

            Nosso mercado é débil mental e as montadoras sabem disso.

    • Pedrov154 #17 🇧🇷

      As portas do T-Cross têm uma faixa de couro (ou imitação de couro) na área onde fica o braço. Testei um Comfortline, o acabamento me pareceu melhor que o do Polo.

  • Dod 2019 New Era

    Que interior nojento é esse?! Achei que no T-Cross a VW iria finalmente se redimir do show de horrores que é o acabamento do Polo/Virtus, mas parece que chutaram o balde mesmo. Não tem como defender, a Volkswagen brasileira não muda mesmo.

  • Duh

    Esse interior da impressão que o carro tá velho.

  • Chap

    Que pobreza de interior…
    Brasileiro tem o que merece mesmo, deixaram de comprar Golf, agora que se ferrem nesse Playmobil aí, pelos mesmos preços.

    • Danilo

      Mas não fomos nós que deixamos de comprar Golf, a Vw que tornou o carro inviável. Preço de marcas premium!

      • Caio Elisei

        o Golf Comfortline 1.0 TSI está / estava custando +- R$ 88.000 na lojas – e com muito mais qualidade de construção e acabamento que esse T-Cross de R$ 84.900 (com cambio manual!)…mas não vendeu nem 900 unidades em 2018 todo e tenho certeza que esse T-Cross vai vender mais de 3k por mês…

      • Fanjos

        O gado aceita pagar mais em um T-Cross que no Golf com mais equipamento, então merece engolir coisas desse tipo mesmo

  • Filipo

    O que mais me incomoda no interior não é nem o painel, que está no padrão da categoria, como Kicks S e Creta Attitude, por exemplo, mas a forração pobre dos bancos e a falta de forração nos paineis de porta.
    Isso sim, para mim, é vacilo e incomoda realmente.

    • Zaskia

      Se você quiser assistir “Captain Marvel” aqui é o lugar! todos os filmes disponíveis, completos com linguagem !!
      aqui: ROOMSERIESXYZ.BLOGSPOT.COM

  • Ananias Anacleto

    Olhei hoje no configurador do site da VW…. o acabamento parece um Polo simplificado, minha nossa, é de chorar de tão simplório. Mas pelo menos é bem seguro. Porém o acabamento segue mantendo o padrão VW, feio, simples, e com um aspecto de extrema fragilidade.
    E coisa mais linda o painel da versão manual sem o tal pacote opcional, com radinho do Polo básico, sem um mísero sensor traseiro de estacionamento…… a R$85.000 …… é, carro está a cada dia que passa, mais e mais, um artigo de luxo para poucos, muito poucos, e cada vez se paga mais por menos.

  • klaus

    olhando primeiro a foto do painel, pensa-se num carro de 40 mil

    • Fanjos

      Deve custar um pouco menos que isso para fabricar mesmo

      • Cláudio Modesto

        Alguém tem que manter o golf na Alemanha a preço de Gol aqui.
        A vw tem 100% de margem aqui e 6% lá. É o jogo.

    • Drax

      Painel de Up!

      • Geruzzus Filho

        Procure um oculista com urgência.

  • MarcBH

    Em pouco tempo esse carro estará com os mesmos descontos do Jetta. Tinha que ser 10 mil a menos. Vai encalhar por esse preço. As pessoas continuarão a comprar HR-V. T-Cross de entrada automático por 94.500,00 x Honda HR-V por 92.500,00. E ainda, motor 1.0 do T-cross x 1.8 do HR-V. Mesmo o 1.0T do T-cross sendo superior, muita gente pouco informada não enxerga dessa forma…

    • Louis

      Eu acho que iria de HR-V também, o interior é muito melhor. E afinal, é onde passamos a maior parte do tempo.

      • Danilo

        Eu iria de Cactus THP, mas sou suspeito pra falar.

      • Paulo Albuquerque

        Sem contar que a Honda tem um ótimo pós-venda, ai vem a VW com o péssimo pós-venda dela e cobra mais caro? por mais que o carro possa ser superior, no mundo real isso não vai ser decisivo na compra final.

    • Na verdade o “povão” não liga pra motor forte e eficiente. Exemplo é o renegade flex gastão e com motor fraco mas com interior requintado. Eu ainda prefiro um t-cross comfortline do que hrv.

    • Cláudio Modesto

      Vai vender loucamente, as outras vão aumentar ainda mais os preços e todos ficarão felizes.

  • Domenico Monteleone

    É o que eu venho repetindo, é muito seguro, tem um belo motor, mas esse interior não me convence, muito menos a desculpa de que ele é simples pq tem tecnologia, já que tirando o motor moderno, o que tem de tecnologia a bordo é opcional, e na versão top.

    • MauroRF

      Não só o interior simples, mas mal equipado pelo preço. Em relação à segurança, eles acertaram bem.

  • klaus

    o painel do novo Prisma dá um banho nisso daí

    • Matthew

      Outro lixo. Mostraram fotos da versão top de linha. Com a mescla de cores e texturas disfarça bem, assim como acontece no T-Cross Highline. Espera só pra ver a nojeira na versão LS monocromática. Fora os comandos de ventilação manuais e coisas do tipo.

  • Fanjos

    Acho que já sei porque tiraram o Golf de linha, se a pessoa entrar dentro de um Highline ela jamais vai comprar um carro desses, e como não da para comprar o Golf pelo preço vão embora para outra concessionaria buscar acabamento melhor.
    Se fosse comparar acabamentos entre a familia VW seria mais ou menos assim
    Gol/Voyage>UP>>Fox>Polo/Virtus/T-Cross>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Golf>>Passat

    • Danilo

      Eu colocaria dessa forma: Gol/Voyage/Up>Fox/Polo/Virtus/T-Cross >…(x1000)>Golf>Passat.

    • TFSI

      Fanjos, só uma correção, o lado correto é este aqui: – UP que é melhor – > – Fox e assim por diante, em termos de acabamento.

      • Fanjos

        Tks

        • TFSI

          Haha :D

  • Debraido

    A VW levou o termo simplicidade a um novo patamar. Por R$100.000,00 o cliente quer algum requinte. E, sinceramente, esse T-Cross não entrega.

  • Mayck Colares

    Se na versão top de 125 mil o acabamento já não tava convencendo imagina isso aí. Muito caro, não acredito nessa liderança não.

  • Bruno Alessandri

    Só a JEEP colocar o 1.3 Turbo no Renegade e pronto: RIP T-Cross. Que interior bizarro. Alguém sabe quando chega o 1.3T nos JEEP?

    • Raimundo A.

      Não vá estranhar se o Renegade usar o 1.0T no lugar do 1.8 aqui. O 1.3T seria ofertado, mas em versões mais caras como a Longitude, segunda oferta talvez, e na Limited.

      • TFSI

        O Renegade pesa muito mais do que o T-Cross. O 1.0 TSI da VW é o 1.0 turbinado mais potente do mercado hoje, encaixa como uma luva no T-Cross – mas ainda acredito que deva faltar potência em certas situações.

        Caso, realmente, venha o 1.0T para o Renegade, acho que o carro vai pecar em desempenho e em consumo, justamente por causa do alto peso. Já o 1.3T deva ficar legal.

        • Bruno Alessandri

          Concordo. Mas o que tenho lido só fala do 1.3.

          • TFSI

            Pode ser, quem sabe um 1.3T de 150CV e 25 de torque? Renegade ficaria filé!

            • Jefferson BC

              Será 1.3T, 150 cavalos e 27,5 de torque, econômico. O motor 1.0T será para o ARGO, CRONOS e a nova STRADA.

        • Geruzzus Filho

          Se faltar potência no 1.0 TSI, o que falar de CRETA 1.6, Kicks, PUG2008 1.6 e até mesmo o Renegado?

    • Danilo

      Chega em 2020. Provavelmente no segundo semestre como modelo 2021.

      • Bruno Alessandri

        Dei uma pesquisada e alguns estão falando que vai ser apresentado em outubro, provavelmente pra vender no início de 2020.

    • beto

      Se esse motor vier no Renegade vai ser um RIP na categoria.

    • Geruzzus Filho

      Ué? E o T-Cross 1.4 não existe?!

      • Bruno Alessandri

        É q msm completinho o interior será muito pobre comparado a um renegade. Eu dou muito valor ao interior do carro. A mecânica do T-Cross é legal.

      • Gustavo Melo

        Concordo com vc. T-Cross Highline 1.4 é muito bem equipado de série e tem o melhor acabamento da linha, mesmo que inferior ao do pesado Renegade 1.8, sobra em desempenho, segurança e eficiência. Renegade e HRV com 2 AB de série são piadas. T-Cross tem 6 AB em todas as versões, ótima sacada da VW no quesito segurança.

    • invalid_pilot

      Precisa ver se a FIAT vai manter o preço do 1,8

      Eu aposto que 1,3 Turbo será mais caro e intermediário entre o 1,8 e o Diesel

    • Jefferson BC

      O renegade esse mês ficou na 6 colocação em vendas geral…vende igual água, mesmo tendo um motor “antigo”. No próximo ano o Renegade vai receber nova central multimídia e novos equipamentos, além dos motores turbo. Vai vender igual água…o mesmo vale para o Compass e a Toro.
      O consumidor não é burro…quem tem 100 mil não é besta, pesquisa muito antes.
      Renegade e Compass vão vender ainda mais, são carro muito interessantes e agregam o fato de terem uma marca que passa “status”, pelo menos aqui no Brasil, agora com os motores turbos no próximo ano, mais econômicos, bem mais fortes, com nova central multimídia e outros equipamento a coisa vai ficar ainda melhor. O mesmo vale para a TORO, carro sensacional e único no mercado.

      • Bruno Alessandri

        Concordo. Na hora de gastar 100 mil vc quer um pouco de requinte, não quer pé de boi.
        Curiosidade: outro dia vi uma avaliação do renegade 1.3T na europa e o cara comparava com o 500x, mas dizia que o Renegade era mais interessante e tinha o apelo da marca Jeep. Ou seja, lá tb existe esse peso.

  • Não entendo como um carro de 100k hoje em dia ainda usa alavanca de freio de mão. Gente, um botão seria tão mais caro assim?

  • MauroRF

    Pelas fotos, tem interior muito simples. Achei também mal-equipado. Para ter nível de equipamentos de concorrentes na mesma faixa de preço, precisa pegar pacotes de opcionais (deveriam acabar com essa política), o que torna o preço absurdamente alto. Pode conquistar consumidores pelo desempenho, mas, acredito eu, desempenho não é tudo nessa categoria. Muita gente que conheço prioriza porta-malas. Eu compraria um T-cross? Talvez, se o preço fosse melhor ou fosse mais equipado. Mas esse interior é de doer.

    • Ananias Anacleto

      Pois é bem verdade. Muitos compradores de SUV pouco ligam pra desempenho. Basta ver que o HR-V e o Kicks com aquele câmbio cvt gelatinoso (leeeeerdo) vendem, mas os dois tem acabamento bem melhor que esse novo T-Cross.

      • O kicks no esportivo fica bastante ágil!

    • Louis

      Neste preço, quem quer desempenho, deveria aguardar o Polo GTS.

  • Baetatrip

    Pois é!
    Esse carro é baixo custo de produção, usando peças plasticas em qualquer lugar e fica assim de cara de “Lego”, nem vau durar nem 5 anos essas peças no interior do carro…..!
    A maçaneta deve ser o primeiro a quebrar de tão fragil é!
    É pé de boi hoje em dia com nenhuma “sostificação” e usando peças baratas e quebram em curto tempo!
    Hoje em dias os carros estão assim….!
    Saudades dos anos 90, onde tinha melhores qualidades em geral e durabilidade……….!

  • Fabio Marquez

    Ai você entra em um Renegade ou HR-V e encontra um bom acabamento, como defender o VW ser tão ruim nisso e custar tão caro quanto?

  • Gustavo

    Acabamento terrivel. Muito espartano por dentro. Volante de Gol, e qualidade dos plásticos também. Roda horrivel e pequena! Até gosto muito do Gol, mas pagar 100 conto num carro e ter a mesma qualidade do Gol, fica dificil. Não gostei tb da traseira com essa lanterna de canto a canto fumê. Carregou muito o visual.

  • Charlis

    Esse T-Cross, na teoria, é o mais interessante do segmento, considerando powertrain, segurança, plataforma, e racionalidade (dentro desta categoria, que já não é muito racional, rs).

    Mas ai a VW-Brasil defeca dentro do carro com tanta vontade, com esse interior horrível, de péssimo gosto, e isso não é questão de ponto de vista, é unânime.
    Exatamente o mesmo problema do Polo, nas versões mais caras é menos horrível, mas nas versões mais simples, o interior faz com que o carro perca todo brilho que tem.
    E o pior, isso não é questão de economia, ao meu ver, é questão de mal gosto de algum responsável no projeto desses 2 carros.
    Visto que, tirando a Renegade, todos os concorrentes também usam o plasticão, porém com cores e textura muito mais interessantes.
    Essas portas são medonhas… o T-Cross e o Polo conseguem ser pior que o Gol e o Fox por dentro.
    Ou as vezes isso tudo foi muito bem combinado no Cartelzão das montadoras, para não destoar frente aos outros.

    Enfim, assim como todas as demais concorrentes, eu jamais deixaria de comprar um sedan médio, no lugar dessa modinha, e infelizmente agora não posso acrescentar os hatches, que sempre serão meus favoritos.

    []s

  • Paulo Vítor

    Apesar dos bons encaixes, a qualidade dos materiais no interior deixa a muito (muito mesmo) a desejar para um veículo desse preço.

  • Natán Barreto

    As pessoas continuam apenas reclamando que o painel é de plástico duro (chover no molhado se tratando de VW), mas o T Cross acabou de ganhar cinco estrelas no Latin NCAP, tem seis airbags em todas as versões, alguns equipamentos de segurança que nem os concorrentes tem na topo de linha, fora outros opcionais que deixam o carro super equipado (e caro como todos no Brasil).

    Depois vcs perguntam pq Onix vende tanto mesmo com 0 estrelas. Tem telinha no painel. Honda e Toyota vendem carros super bem acabados em relação à concorrência, mas pelados de equipamento.

    Quando a marca traz um carro com apelo visual e sem conteúdo vcs reclamam, quando a marca depena o acabamento, mas coloca equipamentos de segurança vocês também reclamam.

    Ter tudo não dá pq não somos EUA nem Europa

    • Raimundo A.

      Não somos nenhum dois, fato, então sugiro aos representantes de montadoras que evitem dizer que o brasileiro é exigente.

      Os comentaristas de sites como eu, você e outros, por sabermos mais sobre o assunto percebem onde estão os pontos fracos e fortes e assim podemos ser bem exigentes, claro, naquilo que o consenso considero importante.

      A maioria que compra carro e não deve fazer parte de mídias onde se pode questionar, não avalia direito os produtos ao irem as lojas, etc, se é exigente, comparada a outros mercados, está nivelada por baixo. O que aqui acham que seria ótimo o veículo ter, é o básico em outros países. Não tem noção do que é relevante e dão importância ao supérfluo.

    • Geruzzus Filho

      Aqui é onde tem os odiadores da VW. Ninguém fala do acabamento do CRETA que é TODO de plástico duro, custa mais de 100mil e vem com aquele marrom de gosto duvidoso. O HB20 que é a mesma coisa de plástico duro e não é nada barato, além de não ter nenhum controle eletrônico de segurança e custar perto de 80 mil a versão X. OS GM compactos nem vou falar NADA pois é perda de tempo, além dos FORD também seguirem o mesmo caminho.

      Todos os outros concorrentes do POLO, para a mesma categoria, são piores que ele no acabamento e tão caros quanto, mas isso ninguém aqui fala. 208 é o melhor, mas é obrigação, por ser francês, que tem má fama no Brasil.

      • Robinho

        amigo, desculpe, vejo muita gente reclamando de todas as marcas, na boa todas as marcas tem qualidade de defeitos, a VW tbm tem defeitos e não venha com essa de “odiadores” – eu tive um VW e so tive dor de cabeça.

        • Geruzzus Filho

          Acontece. Eu sempre tive VW e minha família também. Comprei agora outro VW e é só alegria.

      • Draga

        A sensação q tive ao entrar em um HB20 foi de surpresa pelo acabamento, esperava bem menos, já no polo foi exatamente ao contrário, o polo e um bom carro, o T Cross TB deve ser, mas o interior eh triste no polo de 50 conto, imagine pagar pelo mesmo painel de instrumentos e painéis de porta 85 mil…

        • Geruzzus Filho

          Eu até concordo que o Polo de entrada (1.0Asp. e 1.6) é meio “boca” e que a VW exagerou na depenação, e esse T-Cross de entrada ficou muito ruim, admito. Mas quando falam do Polo, colocam todos os modelos no pacote como se fossem iguais e com mesmo acabamento e isso não é verdade.

          Existem muitos caprichos nas versões 200TSI, principalmente as versões equipadas com os pacotes, que dão um bom nível de acabamento no carro. Aqui tem muito “mimimi” sem embasamento. É bem perceptível quando falam do acabamento do Polo e dizem ser “horrível”, sofrível”,”um desastre” e etc., deixando claro que não conhecem o carro e estão apenas reproduzindo a opinião de outros.

          Nunca vi nenhum carro de fabricante nenhum ser “caprichado” ou bonito no acabamento em suas versões de entrada, TODAS são ruins. Nenhum escapa.

          • Draga

            Não sei qt aos outros, mas já entrei alguns polos, e os básicos, como o do fit por exemplo, eh monocromático e isso dá uma sensação muito pobre, foi o q senti. Agora isso num carro de 85 mil eh difícil de aceitar, temos diversos exemplos neste preço q o painel ao meu ver eh mais agradável, como o finado Golf, Focus, o próprio polo highline, Ecosport, Jetta, franceses, etc. Agora me diga um carro na faixa de preço do t Cross q tem os painéis igual ou mais pobre do que ele, eu não conheço.

            • Geruzzus Filho

              Talvez não tenha deixado claro, mas quando falei do painel/acabamento pobre e dos concorrentes, me referia ao POLO e não ao T-Cross.

              Sobre o acabamento desse T-Cross 200 TSI, olhando pelas fotos (talvez ao vivo seja diferente, não sei) eu concordo que ficou ruim e não tem nem o que falar.

    • RoDs

      Amigo, por 100.000 tinha que vir um pouco melhor né?

  • SDS SP

    Interior simples demais, mesmo sabendo que a maioria dos concorrentes também utiliza plástico duro, dava para caprichar mais nas texturas.
    Ao menos não economizaram nos itens de segurança.

  • Edu

    Já era esperado um bom desempenho com esse powertrain, o preço é que extrapolou em função do acabamento.

  • LuisG32

    Depois que vi o acabamento do Tigoo 5X que meu colega comprou, esse interior do T-Cross dá até pena.

    • Geruzzus Filho

      Então compre logo o seu Tiggo!!! rsrsrs…

      • LuisG32

        Com certeza se fosse gastar 90 mil pra comprar não seria nenhum Suv de shopping, mas o acabamento do Tigoo 5X deixa o Tcross parecendo um gol, isso é fato.

        • Geruzzus Filho

          E eu acredito. Mas tem que ter coragem para comprar um.

    • Jefferson BC

      Verdade…o TIGGO7 realmente tem um acabamento de carro americano e europeu. Esse T-cross e outros brasileiros tem interior terrível, pior é ver doidos elogiando o carro e querendo defender a marca, deve ser vendedores ou acionistas da marca.

  • Humberto Ghirardello

    T-Cross Plastic Line

  • Paulo Albuquerque

    Achei o carro feio externamente e internamente assustador, se olhar pro Renegade/HR-v/ecosport vai parecer que esse carro foi lançado em 2003 junto com a primeira ecosport(exagerei), e tipo poxa o motor e cambio VW sempre e ótimo mas só isso não segura vendas, parece que a VW lançou sem pretensão de nada, poxa VW foi a ultima a entrar no jogo deveria ter se preparado mais, tomara que ela seja agressiva nos desconto pq e foda concorrer contra os asiaticos/jeep .

    • Racer

      Concordo contigo. Estive olhando o Renegade esta semana…e o acabamento (e a percepção visual) são muito melhores.

      • Paulo Albuquerque

        Inclusive a nova ecosport pos facelift tem um acabamento bem legal, nesse seguimento tudo e muito disputado e muito acirrado, um mes um e lider no outro pode ser o outro, chega ser feio pra VW que teve tempo para se preparar lançar algo no meio abaixo, so motor turbo não vende carro(tracker/2008/C4 cactus).

  • José Eduardo D’Acampora Guazzi

    Incrivel como vai vender mais que o Jetta, que ao lado no mesmo showroom,tem o mesmo preço,mais motor, tamanho e acabamento

    • Robinho

      aff um cara deixar de comprar um Jetta, para pagar a msm coisa nisso ai, tem que internar msm.

    • Jefferson BC

      2 porcarias…ambas estão vendendo bem mal.

  • Walter Martinelli

    Tenho um HR-V touring 2017 comprado por 100 mil que dá de 1000 nesse interior de Jeep que foi usado na segunda guerra. É um absurdo um carro com este preço ser tão espartano como o antigo pé de boi. Ponto fora para a VWB. Esperem para ver o novo HR-V turbo em Junho. Tecnologia pura.

    • Fanjos

      Se fosse tão esperto vc pegava o Civic que é infinitamente melhor que o HR-V que é só um Fit de tamanco.
      Vc comprou tão errado quanto o gado que vai comprar essa tranqueira do T-Cross

  • Cromo

    Com câmbio manual e mesmo motor o carro fica mais rápido e mais econômico. Ruim essa política de oferecer a versão manual só para o modelo de base, tanto o manual qto o automático deveriam ser opção para todas as versões.

  • Marcelo Marra

    Essa matéria é uma bela peça publicitária…. Cadê a comparação, ainda que superficial, com outros modelos da categoria?
    Será que o carro não tem nada de ruim mesmo? Nem o preço? Elevadíssimo se considerarmos os equipamentos de série de cada versão e o acabamento sofrível.
    E esses pacotes de opcionais da VW? Só dão prejuízo, pois na hora da venda o valor pago pelos pacotes de opcionais não é incorporado ao valor de venda do carro.

  • TijucaBH

    esse carro na versao mais simples é bem esquisitinho…

  • Garoto

    E estas saídas de ar de Brasília ano 75?

    • Geruzzus Filho

      Olhe os outros, você verá essas mesmas entradas de Brasília 75.

  • Felipe Gonçalves

    Complicado esse negócio de pacotes opcionais. Na verdade um saco.

  • Galeroso

    Então é isso que o pessoal prefere em detrimento ao Golf? Eu passo!
    O pior de tudo é que certamente venderá muito mais do que o falecido Golf no nosso mercado. Vai entender uma loucura dessas.

    • Jefferson BC

      Golf morreu, vende 250 por mês…Renegade vende em 2 semanas o que o Golf não vende em 1 ano. Golf só o seguro mata o carro…a maioria das pessoas querem carro familiar, alto, forte e robusto, ninguém quer motor de 220 cavalos.

  • RoDs

    100k e vem com um painel pobre desse? Complicado…

  • Robinho

    não sei porque, mas este painel, me lembra de uma Brazilia…

  • Carlos Z O Junior

    Deveria se chamar T-Crocs.

  • Racer

    Na boa….A mecânica realmente pode ser boa, mas o carro não empolga. Desenho simples demais e o interior é então de uma pobreza. Até o Tiguan antigo era mais bonito e aparentemente com materiais melhores.

  • Eskarmory .

    Pessoal falando mal do interior, mas por fora tb é uma negação. Carro sem personalidade, sem definição. Olho pra esse monstrinho sem saber se é um crossover desengonçado ou uma minivan. A combinação aerofólio + lanterna + coluna C é de dar arrepios de tão mal resolvida. Credo!!!

    • Jefferson BC

      Exatamente…esse carro pecou nisso também. Ele não tem cara de SUV, não é um carro com a cara e desejo dos consumidores de SUV.

  • kikofar

    Inacreditável que essa joça custe 90, 100 mil e as pessoas irão pagar sorrindo! Vão me desculpar, mas pqp!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    • Cosi fan Tutti

      Mas isso não é culpa da VW, e sim do mercado brasielro, fosse um mercado aberto, teríamos várias opções melhores, do mundo inteiro, mas ae não compensaria pra VW fabricar este carrinho aqui, provavelmente o traria da China. Então é uma faca de dois gumes.

  • kikofar

    O nível de emburrecimento da população, que eu, como professor, venho percebendo nos últimos anos, está culminando agora no mercado de automóveis. O gado compra carros por metro do chão (altura). E as empresas só fazem se adequar ao que os bovinos querem. Não temos mais praticamente as peruas. As minivans também foram superadas. Os hatches médios, ao que parece, também estão de saída…. Nessa toada, em 10 ou 15 anos teremos apenas carrinhos urbanóides ou SUV’s. Quem quiser algo diferente disso, que compre uma miniatura e se divirta com ela.

    • Cosi fan Tutti

      Mas isso ocorre no mundo todo, tanto que nos Eua a Ford abandonou todos os outros segmentos praticamente, só pra focar em Suvs e Pick-ups.

  • kikofar

    Meu último comentário sobre essa jabiraca da VW: carro feito para quem não gosta de carro.

  • Megaman X2✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

    Parabéns VW, colocar esse interior do Gol G4 nesse T-Cross, foi uma economia louvável e de bom gosto…

  • Robinho

    e essas curvas onde esta a CM, que isso? um tela quadrada dentro de uns recortes que não sai de lugar nenhum e não vai para lugar algum…

  • El Gato!

    Deus me livre. Nem de graça.

  • Jefferson BC

    A VW precisa urgentemente mudar a estratégia de venda, esse interior está terrível para um carro desse preço, não é só feio, é pobre!

  • Denis Lopes

    Linda a homenagem da VW trazendo de volta o interior do 1o Gol 1980.

  • Charlis

    Eu simplesmente detestei o Jeep Compass.
    Passei 2 semanas com a Compass Flex alugada aqui no Brasil.
    Ela é manca, bebe absurdamente demais, e ao contrario, ela é baixa!
    A frente dela, por conta dos defletores do parachoque, raspa em qualquer valeta, ou seja, pior que um sedan médio.
    Fora que mesmo se eu gostasse dela, eu me recusaria pagar 120 mil reais, em um carro que venha apenas com 2 airbags.

    Alguns meses atras eu passei 1 semana com uma Jeep Compass alugada nos US.
    Ela é bem melhor que a versão vendida aqui, motor mais forte, e bem mais completa.
    Mas mesmo assim, não me encantou em nada.

    Enfim,
    Eu sou totalmente o contrario desse esteriótipo que você descreveu, alias, que os brasileiros em geram dão valor: status, cara de SUV, multimidia, e afins.
    Eu compro carro baseado apenas em: segurança em primeiro lugar, prazer e desempenho em segundo.
    O resto pra mim, são meros detalhes.

    []s

    • Jefferson BC

      Clarlis, mas aí que está, seu comentário, como você mesmo deixou claro, é extremamente pessoal, é a sua sensação e o seu gosto.
      O mercado automotivo pensa diferente e por isso a Jeep não para de crescer no Brasil e a Fiat também entrando nessa onda de SUV, carregando as outras montadoras para esse segmento.
      O Compass em relação aos outros SUVs do mercado é maior, mais alta, ângulo de ataque bom, e mais forte, principalmente as versões a diesel, aliás, por serem a diesel são as mais baratas do Brasil no segmento.
      Esses carros da Jeep é o estereótipo de SUV e por isso vende tanto, não sou eu que fiz isso, são números. Exceto o consumidor que não tem muita grana e vai para hatch e subcompactos, o resto tá indo para os SUV.
      A toro da Fiat foi lançada justamente para isso é já vende igual água, vende muito.
      A Fiat ano que vem lançará o SUV da toro…além de uma outra SUV. Jeep vai receber outra SUV também. Sem falar as outras marcas.
      As ruas no Brasil são terríveis, os carros em geral não são seguros, tem problema de enchentes etc…a mulherada gosta de carro alto.
      Enfim, essa é a realidade dos números.

      • Charlis

        Discordo, não é pessoal, é fato.
        O angulo de ataque da versão flex é horrível.
        O desempenho e consumo idem, horrível.
        E na diesel, é apenas regular, mas muito atras de todas suas concorrentes: Tiguan, Equinox, Tucson, 3008, CR-V, todas turbos, downsized.

        []s

  • Jean Lehn

    QUE RODA BIZARRA!

  • NutheoTobba

    Olhando o interior desse lixo lembrou muito a pobreza do interior do gol g4, o pior da história

  • fabio bien

    acabamento apenas justo…. mas de uma pobreza só….

  • Max Neves

    Para a produção do Golf 1.4 Flex Highline pra produzir um SUV sem vergonha. O que mata é que vende. Povo compra! Parabéns para nós brasileiros, temos o que merecemos!

  • Danilo

    Se essa simplicidade nos materiais de acabamento se reverter em menor peso e melhor desempenho e consumo eu nem acho tão ruim pois possibilita ter um carro com bom tamanho e econômico. O ruim é quando se tem um carro com acabamento não tão refinado (uso de plásticos duros) e ainda por cima gastão, como no caso da Fiat Toro. Aí é de desanimar.

    • Fanjos

      “Se essa simplicidade nos materiais de acabamento se reverter em menor peso e melhor desempenho e consumo”

      Só reverteu em maior lucro para VW, pq o Golf usa o mesmo motor com um acabamento bem melhor sem gastar mais e andar menos por isso

      • Danilo

        Comparar o consumo de um golf que aerodinamicamente é bem melhor que um SUV mesmo que seja pequeno não é muito racional. O Suv tem maior elevação do solo e uma altura bem maior o que o torna menos aerodinâmico e por consequência faz o carro gastar mais.

  • Diego Crenitte

    Hj passei na vw para ver.um golf 2017 msi. Na frente havia um tcross. Nunca que vale o q estao pedindo. Lamentavel tirarem o golf para dar lugar a este carro sem graca, tosco e caro.

  • willian santos

    R.I.P Volkswagen já foi melhor, Golf GVII vai fazer falt, Honda e Jeep continuaram reinando na onda dos SUVS

  • XNA

    Entrei no T-Cross…
    E no mesmo pátio, havia um Renegade usado .
    A diferença no acabamento quase que gritava : não compre, é porcaria!
    Claro, exagero.
    Fato é que a tentativa da VW entrar no seguimento me parece errada.
    Preço equivocado pra um acabamento medíocre.
    Não há outra palavra.
    Todas as versões, para serem vistas como “custo-benefício” deveriam estar posicionadas no mínimo uns 10.000 reais pra baixo.
    E talvez a manual uns 69.990.
    E é fácil fazer um exercício.
    Se vc possuísse 95.000, pra gastar sem dó, e fosse FanboyVW, não valeria pegar o Jetta de entrada por 93.990?
    Imagine se não fosse FanboyVW!

  • Oswaldo Bustani Jr

    se fosse o mesmo preço do Virtus, estava muito bem cobrado, acabamento muito pobre em todas as versões…. tenho um Polo msi , não vi diferença nenhuma para o meu carro. Caro…muito caro…

  • Oswaldo Bustani Jr

    Na minha opinião a Tracker de de 10 nele…. melhor em tudo…

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email