As marcas de carros com piores índices no Reclame Aqui

Todo mundo sabe que o site de reclamações Reclame Aqui se tornou uma grande ferramenta de utilidade pública para aqueles que precisam se expressar sobre um produto, atendimento ou serviço.

O registro de reclamação é totalmente gratuito e eles ainda abrem espaço para que as próprias empresas possam retornar aos clientes com um posicionamento.


O site conta com categorias que possibilitam encontrar reivindicações de diversos setores, como academias, aplicativos, aeroportos, artesanatos, bancos, cartórios, etc.

São levados em consideração pelo Reclame Aqui na hora de avaliar uma empresa os seguintes critérios: índice de resposta, média de avaliações, ou seja, a nota do consumidor, o índice de solução e o de novos negócios entre empresa-consumidor.

As marcas de carros com piores índices no Reclame Aqui

Com a popularidade do site, é possível encontrar todo tipo de crítica, inclusive na área automotiva. Eles fornecem uma lista apresentando as montadoras com as piores taxas de reclamações na plataforma.

Na categoria automotiva, é possível encontrar o melhor fabricante, onde todas as queixas são respondidas, bem como as piores, as mais reclamadas e depois dividido por problemas mecânicos, serviços não inclusos na garantia, peças de má qualidade, danos ao veículo, dentre outros.

O Notícias Automotivas procurou o Reclame Aqui para saber a quantidade de reclamações que o site recebe na categoria das montadoras. Seguem alguns dados que recebemos das reclamações feitas entre 2015 e o dia 15 de fevereiro de 2018:

– 2015: 5.363 reclamações
– 2016: 11.878 reclamações
– 2017: 14.840 reclamações
– 2018 até 15/02: 2.575 reclamações

As marcas de carros com piores índices no Reclame Aqui

A Mitsubishi é a única fabricante automotiva, isolada, com a melhor taxa dentro do site. Em todos os casos que verificamos, apenas 6,1% das reclamações ficaram sem resposta.

A marca possui uma porcentagem positiva de 89,5% dos problemas resolvidos e 93,9% respondidas. A montadora japonesa leva cerca de 15 dias e 15 horas para dar um retorno ao cliente, o que é um prazo relativamente alto, mesmo com a boa taxa de retorno.

A fidelização ainda se destaca, segundo os dados do RA, pois clientes que voltariam a fazer negócio com a Subaru somam 84,9% e sua nota pelo atendimento prestado é de 8,6. Uma boa parte das reclamações estão relacionadas à problemas mecânicos, peças de má qualidade e danos ao veículo.

Infelizmente, nem todas as montadoras possuem uma ótima pontuação no site. Fizemos um levantamento dentro do Reclame Aqui para encontrar as montadoras com mais reclamações e as piores em nível de tempo de resposta, sem retorno, índice de solução, entre outros quesitos.

Essas informações levam em conta o período máximo fornecido pelo site, que é desde junho de 2018 até junho de 2021. Confira:

1) Lifan Motors

As marcas de carros com piores índices no Reclame Aqui

A Lifan Motors lidera o ranking como a mais reclamada, sendo que os principais motivos pela insatisfação dos clientes é a recorrência de problemas, a qualidade do serviço e problemas com a garantia.

Algo interessante é que sua taxa de resposta é muito boa, levando apenas 13 horas em média para que os clientes tenham um retorno da empresa. Dentre as últimas reclamações em 2021, encontramos críticas referentes a problemas com o câmbio do Lifan X60, dificuldade em localizar peças e propaganda enganosa.

Com 2,8 de nota, muito baixa, a Lifan é a pior montadora segundo o Reclame Aqui. Apenas 14,9% voltariam a fazer negócios com ela e o seu índice de solução é de 17,2%. Com um total de 303 reclamações, apenas 72 não foram respondidas.

2) Mercedes-Benz

As marcas de carros com piores índices no Reclame Aqui

Não pense que marcas consagradas do segmento premium passam ilesas no Reclame Aqui, pois a segunda pior nota no site é da Mercedes-Benz: apenas 3,8 de 10.

A marca alemã possui 100% de reclamações respondidas (totalizando 609), mas apenas 22,4% voltariam a fazer negócios com ela, resultando num índice de solução dos problemas de 25,5%. Outro dado interessante é que a marca leva apenas 4 horas, em média, para dar um retorno ao cliente.

Então, o que explica essa nota tão ruim? Pelo menos na visão de quem procurou o site para reclamar, os principais problemas são serviços não inclusos na garantia, recorrência de problemas e defeitos mecânicos. Além disso, existem reclamações sobre a falta de suporte em algumas regiões do país.

3) BMW

As marcas de carros com piores índices no Reclame Aqui

Outra marca do segmento premium que não tem tido muito sucesso no site Reclame Aqui é a BMW, que completa nosso top 3 com uma nota baixíssima de 4,1.

Diferente da concorrente acima, apenas 54,2% das 1029 reclamações foram respondidas, o que gerou um índice baixo de apenas 33,8% dos clientes que voltariam a fazer negócios com ela. Seu índice de solução ficou em 45,4% e o tempo médio para resposta no site é de 2 dias.

As principais reclamações incluem mau atendimento, problemas mecânicos e serviços não inclusos na garantia.

4) Kia Motors

As marcas de carros com piores índices no Reclame Aqui

Com nota geral de 4,3, a Kia Motors é outra marca que tem gerado insatisfação de seus clientes nessa plataforma. Foram quase 500 reclamações nos últimos 3 anos, mas com um ótimo índice de 97,4% de solicitações respondidas.

Por outro lado, apenas 26,5% disseram que voltariam a fazer negócios com a Kia, resultando num índice de solução de apenas 31,1%. Com tempo médio de resposta de 20 horas, as principais queixas são de serviços não inclusos na garantia e problemas mecânicos.

5) Citroën

As marcas de carros com piores índices no Reclame Aqui

Em quinto lugar, a Citroen é a primeira marca francesa a aparecer em nossa lista, mostrando que nem sempre as fabricantes desse país são ruins em seu atendimento. Em seu caso, a nota dada pelos consumidores no Reclame Aqui é de 5,3.

O serviço de atendimento dela demora, em média, 12 dias e 7 horas para atender as reclamações, sendo que 86% das 2.052 queixas feitas desde 2018 foram respondidas. O índice de solução dado pelo site não é tão ruim (53,8%), mas apenas 39,2% voltariam a fazer negócio com a Citroen.

As principais reclamações foram registradas nas seguintes categorias: problemas mecânicos, danos ao veículo, mau atendimento e recorrência de problemas.

As outras mais reclamadas: Jaguar, Land Rover, Peugeot, Toyota, Troller, Volvo, Ford, Honda, Audi, JAC Motors, Volkswagen, Hyundai, CAOA Chery e Fiat. A lista completa pode ser vista no site www.reclameaqui.com.br.

Top 12: Ranking com as piores fabricantes segundo o Reclame Aqui:

1) Lifan Motors – 2,8 de nota e tempo médio de resposta de 13 horas.
2) Mercedes-Benz – 3,8 de nota e tempo médio de resposta de 4 horas.
3) BMW – 4,1 de nota e tempo médio de resposta de 2 dias.
4) Kia Motors – 4,3 de nota e tempo médio de resposta de 20 horas.
5) Citroën – 5,3 de nota e tempo médio de resposta de 12 dias e 7 horas.
6) Jaguar – 5,5 de nota e não dá retorno para os clientes.
7) Land Rover – 5,6 de nota e tempo médio de resposta de 4 dias e 15 horas.
8) Peugeot – 5,8 de nota e tempo médio de resposta de 9 dias e 8 horas.
9) Toyota – 5,9 de nota e não dá retorno para os clientes.
10) Troller – 6,2 de nota e tempo médio de resposta de 5 dias e 16 horas.
11) Volvo – 6,4 de nota e tempo médio de resposta de 14 dias e 19 horas.
12) Ford – 6,5 de nota e tempo médio de resposta de 13 dias e 14 horas.

(As notas aqui são dadas pelos próprios consumidores)

Além da Mitsubishi, Subaru e Renault também tem ótimas notas dadas pelos consumidores no site Reclame Aqui, com 8,2 nos últimos 3 anos.

A primeira atende 100% das reclamações e conta com 87,9% de índice de solução e 71,2% dos que reclamaram voltariam a fazer negócios. Já a francesa tem 99,3% de atendimento das queixas, com 86,2% de índice de solução e 68,8% de clientes que voltariam a fazer negócio.

OBSERVAÇÃO: Os índices e notas aqui mostrados indicam como a montadora trata seus clientes através do site Reclame Aqui. Não é um indicativo da qualidade da marca como um todo, já que muitas empresas nem mesmo reconhecem o Reclame Aqui como um de seus canais oficiais de atendimento a consumidores. Para ter um quadro mais completo da qualidade do atendimento de uma empresa, vários outros fatores precisam ser observados pelo consumidor. Pode ser que, mesmo com índices ruins no site, fora do Reclame Aqui ela tenha um bom atendimento dispensado aos clientes.

Darlan Helder

Natural de São Paulo, é jornalista e fotógrafo. Escreve na internet sobre o universo automotivo desde 2011