Kia SUVs

Avaliação completa do Kia Sportage

avaliacao-completa-kia-sportage-auto-press-1 Avaliação completa do Kia Sportage

A cada geração, o Kia Sportage cresce e aparece. A versão original, trazida em 1993, tinha personalidade bem off-road, mas com desenho redondinho e acanhado. A segunda, importada a partir de 2005, ganhou porte, trazia algumas firulas no desenho, mas ainda mantinha um aspecto levemente aventureiro. Já a terceira e atual geração é a maior de todas. Tanto em tamanho quanto em ousadia. O novo Sportage deixa evidente a nova orientação mercadológica da Kia, que tenta sofisticar sua imagem através de um design arrojado e original. A linha de cintura é altíssima, as janelas, estreitas e colunas traseiras são bem largas. O aspecto é bem esportivo e robusto, embora tenha pouco a ver com modelos que costumam enfrentar lama.



Até agora, as vendas dessa nova geração do Sportage têm sido bastante tímidas. Desde o lançamento, em novembro, a média tem ficado em torno de 300 unidades mensais. A geração anterior conseguia comercializar exatamente o triplo disso, 900 unidades/mês. A Kia justifica tal acanhamento pelo pequeno volume destinado ao Brasil pela matriz, na Coreia – situação que a empresa promete normalizar a partir de abril. Para o importador, com a importação regularizada, as vendas seriam de aproximadamente 2 mil unidades mensais. Duas vezes o resultado da geração anterior. A proposta é conseguir, até dezembro, nada menos que 16 mil emplacamentos. Isso representaria 15% das 104 mil unidades que a Kia pretende vender em 2011. Coisa de 91% a mais que as 54,5 mil vendas de 2010.

avaliacao-completa-kia-sportage-auto-press-2 Avaliação completa do Kia Sportage

O design do novo Kia Sportage evidencia a intenção de dar um ar mais sofisticado à marca. Mas a motorização definida para o mercado brasileiro deixa o utilitário muito comportado. O propulsor 2.0 16V com comando variável na admissão e no escape, rende 166 cv a 6.200 giros e 20,1 kgfm de torque a 4.600 rpm. É o mesmo trem de força utilizado no Hyundai iX35, modelo com o qual divide plataforma e quase todos os recursos. Só que o modelo da Hyundai conta ainda com coletor de admissão variável, o que gera 2 cv a mais. Este propulsor dá uma mobilidade relativamente limitado ao modelo da Kia, que pesa mais de 1.500 kg – a relação peso/potência fica em pouco esportivas 9 kg/cv.

A opção por este motor tem a ver com os impostos, mais pesados nas motorizações superiores a dois litros. Mas, aparentemente, a Kia não conseguiu reduzir suficientemente os custos para tornar de seu modelo comercialmente atraente. O valor inicial da nova geração do Sportage é 30% superior ao praticado no antigo modelo. A versão mais simples do SUV da Kia, com câmbio mecânico de 5 marchas, sai por R$ 83.900 – o anterior começava em R$ 64 mil.

avaliacao-completa-kia-sportage-auto-press-3 Avaliação completa do Kia Sportage

Com câmbio automático de seis marchas, esta versão vai a R$ 87.900. E o preço do novo Sportage sobe consideravelmente, conforme se adiciona equipamentos, até chegar a R$ 105.900. E há muitos itens a adicionar. O modelo básico vem apenas com o trivial para a categoria: trio, ar-condicionado, keyless, direção, rádio/CD com controle no volante, sensor de luminosidade e de obstáculos traseiro, airbags frontais e ABS.

A versão intermediária traz ainda ar dual zone, espelhos rebatíveis e com aquecimento, rodas de liga leve aro 18, ajustes elétricos para o banco do motorista, chave presencial com acionamento do motor por botão, revestimento em couro, piloto automático e controle de estabilidade e de tração. Esta configuração é vendida apenas com câmbio automático e é a única que pode receber o recurso de tração integral 4X4. Com tração simples, dianteira, sai a R$ 97.900. A tração integral acrescenta mais R$ 5.500 ao preço. Por R$ 8 mil a mais que a 4X2, a versão top agrega apenas teto solar panorâmico, airbags laterais e de cortina e câmara de ré com visor no espelho interno.

avaliacao-completa-kia-sportage-auto-press-4 Avaliação completa do Kia Sportage

Tudo isso deixa o Sportage em ligeira desvantagem diante de rivais de peso, como Chevrolet Captiva, Volkswagen Tiguan e Toyota RAV-4 – que têm preços semelhantes e trazem mais recursos. Já em relação a Hyundai iX35 e Honda CR-V, a briga é mais parelha. De qualquer forma, a missão de vender 2 mil unidade mensais é muito dura. Afinal, os concorrentes que mais vendem não alcançam atualmente nem 1.500 unidades mensais.

avaliacao-completa-kia-sportage-auto-press-5 Avaliação completa do Kia Sportage

Instantâneas

# A primeira geração do Sportage era montada em chassis de longarinas e foi produzida entre 1993 e 2002. O projeto foi realizado em consórcio com a Ford e a Mazda, que o utilizou na pick-up Bongo. A segunda geração, de 2005, já era um projeto derivado do Hyundai Tucson.

# A Kia foi fundada em 1944. Em 1998, o controle da empresa foi adquirido pela rival Hyundai.

# A cor de lançamento do Sportage, com a qual o modelo aparece nas publicidades mundo afora, é laranja. Mas para o Brasil estão sendo trazidas apenas as cores preto, prata, branco, azul e marrom. A cor branca atualmente responde por 40% das vendas do SUV.

# A terceira geração do Sportage, em relação à segunda, ganhou 9 cm no comprimento e 1,5 cm na largura. Perdeu 6 cm na altura, mas boa parte por conta do novo rack, colado à carroceria.

# O Kia Sportage tem cinco anos ou 100 mil km de garantia.

avaliacao-completa-kia-sportage-auto-press-6 Avaliação completa do Kia Sportage

Ficha técnica – Kia Sportage 2.0 16V Automático

Motor: Gasolina, dianteiro, transversal, 1.998 cm³, quatro cilindros em linha, duplo comando no cabeçote e 16 válvulas. Comando variável na admissão e no escape. I injeção eletrônica sequencial e acelerador eletrônico.

Transmissão: Câmbio automático de seis marchas à frente e uma a ré. Tração dianteira. Possui controle eletrônico de tração.

Potência máxima: 166 cv a 6.200 rpm.

Torque máximo: 20,1 kgfm a 4.600 mil rpm.

Diâmetro e curso: 86,0 mm X 86,0 mm. Taxa de compressão: 10,5:1.

Suspensão: Dianteira independente do tipo McPherson com molas helicoidais, amortecedores a gás. Traseira independente do tipo multilink com molas helicoidais e amortecedores a gás. Oferece controle de estabilidade.

Freios: Discos ventilados na frente e discos sólidos atrás. ABS de série.

Pneus: 235/55 R 18.

Carroceria: Crossover em monobloco com quatro portas e cinco lugares. Com 4,44 metros de comprimento, 1,85 metro de largura, 1,64 metro de altura e 2,64 metros de distância entre-eixos. Airbag duplo frontal, laterais e de cortina.

Peso: 1.550 kg em ordem de marcha, com 480 kg de carga útil.

Capacidade do tanque de combustível: 55 litros.

Capacidade do porta-malas: 740 litros e 1.547 com os bancos rebatidos.

Produção: Gwangju, Coreia do Sul.

Lançamento mundial: 2010.

Lançamento no Brasil: Novembro de 2010.

avaliacao-completa-kia-sportage-auto-press-7 Avaliação completa do Kia Sportage

Ponto a ponto

Desempenho – O motor 2.0 16V do Kia Sportage é moderno, potente para a litragem que tem, mas não opera milagres. Os 166 cv a 6.200 rotações são insuficientes para dar grande agilidade ao SUV coreano. Além disso, os 20,1 kgfm só aparecem aos 4.600 giros. Mesmo com recursos como comando variável de válvulas, o motor só começa a mostrar algum fôlego acima de 3 mil rpm. O resultado disso é um carro sem vigor nas arrancadas e ultrapassagens, que exige muito uso do câmbio. A transmissão automática de seis marchas, a princípio, passaria o problema para o próprio carro. Desde que não se queira arrancar do Sportage um comportamento mais esportivo. Aí será preciso utilizar o modo manual sequencial, para evitar os momentos de indecisão da transmissão. Nota 6.

Estabilidade – Para um carro alto, com 1,64 m, o Sportage é bem neutro. Nas versões com rodas de aro 18, o SUV aderna pouco nas curvas e é estável nas retas, mesmo em velocidades altas. Por outro lado, nos pisos irregulares, vibra mais que o recomendável. Já em buraco maiores, absorve bem os choques, sem comprometer a dirigibilidade. Nas frenagens e arrancadas o Sportage se mantém firme. Nota 8.

Interatividade – No Sportage, os comandos ficam nos lugares clássicos: controle de vidros e trava nas portas, faróis e limpadores nas hastes da coluna de direção, regulagens elétricas do banco em botões nas laterais do assento, ar-condicionado no console com botões rotativos e controles de som e cruise control no volante multifuncional. A linha de cintura alta prejudica bastante a visibilidade – o para-brisa traseiro parece uma escotilha, de tão pequena. Não é à toa que há sensores de obstáculos na traseira desde a versão básica. O volante tem bons tamanho e pega e o câmbio sequencial é bem agradável de manipular. O único pecado fica por conta do computador de bordo, comandado através de dois minúsculos botões na borda do cluster e que se escondem atrás do arco do volante. Um alterna a informação mostrada no pequenino visor acima do hodômetro e o outro reinicializa o computador. E não é difícil imaginar que muitas vezes o de “reset” será apertado indevidamente. Nota 7.

Conforto – Os bancos do Sportage são ergonômicos e confortáveis, seguram bem o corpo e têm várias regulagens, inclusive lombar. O teto solar panorâmico, da versão top, também ajuda ao produzir uma sensação de amplitude bastante agradável. A suspensão – McPherson na frente e multilink na traseira – é muito bem-calibrada. Apesar de permitir que o carro role um pouco nas curvas mais fechadas, ela consegue unir estabilidade e maciez de rodagem. Com aro 18, as imperfeições da pista são mais notadas, mas a filtragem feita pelas molas faz com que não incomodem. Nota 9.

Consumo – A Kia prefere não divulgar os dados de consumo, com o velho argumento de que cada motorista vai obter um resultado diferente. No modelo testado, segundo o computador de bordo, o resultado foi o seguinte: 6,8 km/l em uso misto e 8,9 em estrada. Para um veículo somente a gasolina, este índice não é motivo de orgulho. Nota 6.

Tecnologia – A versão top é bem recheada: ABS, airbags frontais, laterais e de cortina, controle de estabilidade e tração, ar-condicionado dual zone, etc. A plataforma também é nova e tem boa rigidez torcional. Falta, porém, conexão Bluetooth para que o som funcione como viva-voz de celular – coisa corriqueira até em compactos. Nota 8.

Habitabilidade – Como um bom utilitário esportivo, a boa altura promove um espaço no interior bem generoso para todos os passageiros. Essa característica também auxilia no acesso ao interior, que tem vários porta-objetos e os quatro passageiros contam com apoio de braços – o quinto já tira o conforto de todos. O porta-malas acomoda bons 740 litros e tem bagagito recolhível. O sistema de rebatimento é muito fácil de usar e eleva a capacidade para acima de 1.500 litros. O teto solar panorâmico é um item que amplia a qualidade de vida a bordo, mas só é disponível no modelo top, que custa mais de R$ 100 mil. Nota 9.

Acabamento – Tem altos e baixos. Os painéis de porta, de instrumentos e do console misturam texturas que são agradáveis aos olhos, mas não ao toque. A não ser pelas área revestidas em couro ou tecido, todo o interior é construído com plástico rígido. Os feltros de carpetes e porta-malas também não expressam grande qualidade. Os encaixes e fechamentos são bem feitos, mas não há requinte. E nem mesmo o acabamento em couro cria uma sensação de luxo ou sofisticação. Difícil justificar tanta economia em um veículo que começa em R$ 84 mil. Nota 6.

Design – O Kia Sportage consegue unir uma certa discrição com traços bastante originais para um SUV. As linhas traçadas pelo alemão Peter Schreyer criam uma sensação de robustez, com a grande área de carroceria pela altíssima linha de cintura, e esportividade – remete aos “hot rods”, principalmente pelas janelas estreitas e a última coluna extremamente grossa. Nota 9.

Custo/Benefício – A Kia começa a abandonar a política de oferecer mais por menos – praticada desde que passou a tentar apagar a imagem de marca de utilitários de trabalho. E acredita que já conseguiu mudar de patamar. Mas isso se refletiu muito bruscamente no preço. O atual Sportage é 30% mais caro que o da antiga geração. Apesar de custar mais ou menos o mesmo que os rivais, não oferece vantagem em relação a potência, requinte ou equipamentos. Nota 6.

Total – O Kia Sportage somou 74 em 100 pontos possíveis.

avaliacao-completa-kia-sportage-auto-press-8 Avaliação completa do Kia Sportage

Primeiras Impressões – Utilitário de passeio

Conforme passam as gerações, mais o Kia Sportage se afasta da lama. A versão original, dos anos 90, era um carrinho pouco potente, mas bem valente para encarar estradas de terra. A atual e terceira geração nem finge ser lameira. Está mais para um crossover. Dos utilitários esportivos ele traz a boa altura livre do solo e a capacidade de encarar os buracos e as irregularidades que infestam as cidades brasileiras. Das minivans, traz qualidades familiares como espaço interno, posição mais sentada de conduzir – melhor para encarar viagens longas – e porta-malas generoso. Mas é no design que o Sportage tenta extrapolar. Com um estilo ousado, esportivo e sem espalhafatos, o visual do modelo não tem nada de controverso. Agrada muitos e não espanta os demais.

A esportividade prometida pelas linhas não é das mais ferozes. Melhor assim, já que o Sportage tem uma motorização muito comportada. Tanto que a Kia do Brasil prefere nem divulgar oficialmente os números, seja de desempenho, seja de consumo. O zero a 100 km/h é feito de 10,8 segundos e a máxima fica nos 182 km/h. São números razoáveis, que não retratam o verdadeiro comportamento do carro. O fato de tanto torque de 20,1 kgfm quanto a potência de 166 cv chegaram em giros muito altos, torna o SUV bem pouco vigoroso. No uso em estrada, qualquer ganho de velocidade exige redução de marcha. Na cidade, as arrancadas são lentas e civilizadas. Para gerar adrenalina é preciso encher o motor de verdade. O que só começa a acontecer a partir dos 3 mil giros.

Por outro lado, o Sportage responde bem às exigências reais e mais comuns do público de utilitários/crossovers: é confortável, imponente e agradável de dirigir. O conforto chega pela suspensão bem acertada, pela correta ergonomia, pelo bom nível de equipamentos e pelo revestimento em couro das versões superiores. Aliás, o couro é o material mais nobre oferecido no interior do modelo. Pois todo o restante do revestimento é em plástico rígido – enquanto na categoria de SUV médio já o comum é contar com painéis espumados.

A imponência e o prazer de dirigir andam juntos no Sportage. A boa altura em relação ao trânsito transmite segurança. Direção tem o peso correto tanto em altas quanto em baixas velocidades e o câmbio sequencial é agradável de usar e responde aos comandos com razoável presteza. Os comandos também estão todos nos locais corretos e tradicionais, o que facilita o processo de familiarização. Outro aspecto que torna a vida a bordo bem agradável é o teto solar panorâmico.

Contraditoriamente, o maior problema de quem está ao volante é visibilidade. Ou a falta dela. Os retrovisores externos, de bom tamanho, não são suficientes para compensar os efeitos colaterais da ousada linha de cintura alta, dos vidros pequenos e da coluna traseira larga. Na hora de estacionar, ainda há o sensor de estacionamento e a câmara de ré, com visor no espelho interno, para facilitar o trabalho. Já no trânsito, a precariedade visual provoca excesso de pontos cegos. Mas, no final das contas, o estilo sempre cobra um preço.

avaliacao-completa-kia-sportage-auto-press-9 Avaliação completa do Kia Sportage

avaliacao-completa-kia-sportage-auto-press-10 Avaliação completa do Kia Sportage

Por Eduardo Rocha – Auto Press

4.0

  • Anderson_Silva

    Carro lindo, porém muito caro, 30% a mais que o antigo é um absurdo !

    • fl4v10r04l

      na verdade o aumento não foi de 30%! O fato é que a versão de entrada da nova geração esta acima da versão de entrada da geração anterior..

      Resultado, você está comparando preços de versões diferentes!
      Se comparar a versão de entrada da geração atual com a equivalente (que não era de entrada) da geração anterior, verá que o aumento não foi de 30%

      • meyerbro

        O mundo todo recebe o Novo Sportage no lugar do antigo. Só no Brasil a CAOA está mantendo as duas versões para cobrar 20 mil a mais pelo mesmo carro, e tem gente que ainda concorda!

        Foi assim com o New Tucson (ix35 apenas no Brasil).

        • Leandro1978

          A Caoa trabalha com a Hyundai. E ela é que faz o Tucson antigo, e em 2013 o ix35. A Kia é representada pelo Sr. José Luiz Gandini e a geração antiga do Sportage saiu de linha.

        • andrefrade

          Amigo, não vendem mais a antiga Sportage!

      • Antes ele partia de 64 mil, agora parte de 83 mil. Então são 30%.
        Não creio que a Kia esteja oferecendo mais que 1000 dólares em itens de série, em relação a versão anterior.
        Pra mim, extenamente o Sportage 2011 é uma REVOLUÇÃO, mas o interior e itens de série, não passa de EVOLUÇÃO.
        No mercado americano ele custava 1 mil dólares a mais, agora já reduziu o preço e 500 dólares. Em relação a antiga.

        • Leandro1978

          Infelizmente o baixo valor cobrado pelas coreanas não fez o mercado exigir o mesmo das concorrentes. Conseqüentemente, a nova geração está chegando no mesmo patamar dos demais ou até acima em alguns modelos.

          • Pode ser Leandro, mas eu acho mais é que as coreanas perceberam que se for bonito, podem cobrar mais caro que tem quem pague.
            As japonesas descobriram isso um pouco antes.
            Com a escala de produção do Gol G5, tenho certeza que ele poderia custar uns 3-4 mil reais a menos, mas não fazem, assim como o Fox. Pois o gasto com aço é quase o mesmo, acabamento melhora mas o custo deles creio que não seja tão grande. Para haver essa lacuna de preços.

            • Leandro1978

              Realmente, elas fizeram a fama e agora estão cobrando por isso. Se é certo ou não o mercado é quem responde. Quando falo que as demais concorrentes poderiam baixar seus preços, me baseio em alguns fatos:
              -O Azera na tabela custa R$ 90.000, porém pode ser encontrado a R$75.000
              -O Passat e a Tiguan custavam R$ 124.000 e hoje custam R$ 100.000,
              -O próprio Gol pode ser encontrado por até R$ 3.000 a menos que o valor de tabela.
              O coreano tem uma produção de menor custo por ser feito na Coréia do Sul, o que permite que a importadora tenha uma boa margem para mexer nos preços. Porém, se não estou enganado, os dois VW vêm da Alemanha, que certamente possui um custo de produção maior que na Coréia e, mesmo assim, teve grande margem de desconto. Porém ambos são do segmento de luxo, onde as montadoras possuem maior margem de lucro, permitindo maiores descontos. O Gol está com um bons descontos, claro que menores, porém por volta dos 10%. Eu estou me baseando nos descontos que as montadoras dão, acredito que elas não pratiquem dumping. Pode ser muita ingenuidade minha, mas acredito que grande parte dos carros no país poderiam estar com valores de 10% a 15% menores do que estão. Claro que tudo isso é baseado mais no achismo, pois realmente não sei qual o custo de produção e margem de lucros das montadoras.

      • Romulo_Max

        Pois é.
        Levando em consideração o Up date q o carro recebeu em relação à geração anterior, como visual,equipamentos e o fato de ser importado,com uma demanda bem superior à dispobilidade de produto… o preço nem está tãooo fora do nosso terrivel padrão, tem carro q recebe aumentos mto mais absurdos por causa de uma simples reestilização.
        Espero q nos proximos meses o preço do Sportage caia.

      • Filippeyke

        É a mesma coisa que a Hyundai fez com o Tucson… quanto custa o ix-35 em relação a ele?

        A diferença é que a Kia pelo menos aposentou o Sportage antigo… (já que não tem fábrica no Brasil pq se tivesse….)

        Mas acho o Sportage mais bonito que o Hyundai, seu rival direto…

    • jttrainer

      lindo? LINDO? eu acho a traseira desse carro HORROROSA pra nao falar pior, akelas lanternas estufadas…. a traseira eh mtooooooooooooo feia

      • RFF

        Acredito que tu sejas um dos poucos que acham isso. Eu, pessoalmente, acho-a linda. Entretanto, como quase todos os KIA atualmente, seu C x B é bem ruinzinho. Há opções que lhe entregam bem mais por valores parecidos (ou até menores…). Em resumo, não compensa comprar, mas feia ela não é!

        Abraço

      • bailascomigo72

        E o que é bonito pra você?

    • Pedromachado

      se o povão não comprar não seria esse preço…mas sabe como e… meu vizinho tem uma tucson,e eu quero um mais bonito e bem mais caro ,so para esnobar…:@

  • Vin_T

    "A cor branca atualmente responde por 40% das vendas do SUV"
    Soh mesmo um carrao desses pra quebrar a resistencia do brasileiro contra o branco…

    • matheusfr94

      kkkkk, lembrei de uma coisa, meu pai trabalha pra arquidiocese de Goiania (braço da Igreja Catolica), e a frota deles é feita só de VWs brancos. compram muito Gol Power, Voyage 1.0, Saveiro City e o pior de tudo: KOMBI!
      e sim, o branco, dependendo da tonalidade e do carro, fica lindo! ultimamente o povo tá comprando muito Fusion branco, o Fluence branco é lindo tb, e esse Sportage branco é show!

  • Caetano2010

    Esse carro é muito lindo msm e ainda branco e com esse teto solar panoramico ficou mais show ainda,e com certeza essa 3 geração é a mais bonita da sportage.

  • mauricio3167

    Carro muito bonito. Um dos SUV mais bonitos do mercado.

  • fl4v10r04l

    esse carro humilha a ix35 quando se vê ao vivo!
    simplesmente espetacular!

    • Dannielfsz

      é verdade, da de capote no ix35!

      • _Pedroking

        O kia e bonito mesmo e da um capote no ix35

        ..fazendo uma analize detalhada do design do ix35 vc pode perceber que ele é mais moderno do que bonito

        • bailascomigo72

          Não sei "disso". iX 35 tem linhas fluídas, é verdade, mas seu teto é mais alto, os farois mais simples e tem muita lata nos para-lamas, fazendo-o parecer "gordo".

  • Anderson_mg

    sem duvidas um carro muito bonito pena que a kia esqueceu seus valores custo x benefício por esse preço do modelo mais completo prefiro um korando, o carro da kia passa imponencia mas acho que como eu muitos estao passando a dar mais valor em suas carteiras

    • RFF

      Realmente, a lista de SUVs/Crossovers que te entregam mais pelo mesmo preço é extensa.

      Abraços

      • bailascomigo72

        ? CR-V tem equipamentos e motor de menos; Rav 4 tem pouquíssimos equipamentos, apesar do bom motor. iX35 é mais cara. Captiva é boa, mas precisa andar com o posto de gasolina ao lado, fora a manutenção absurdamente cara e problemas de acabamento e suspensão.

        • RFF

          CR-V realmente é inferior. RAV4 é elas por elas: ganha em desempenho, tamanho e espaço, perde em design. Mas a Captiva 2.4 185 cv é sim superior à Sportage, queiras tu ou não. Apesar de gastar mais, anda muito mais (a antinga sem injeção direta já andava bem mais), é bem mais equipada pelo mesmo preço (a Sportage de 84 mil nem câmbio AT tem) e realmente tem um acabamento meia-boca, mas o da Sportage é pior (nem tecido nas portas tem)!!! Além disso, tem o 3008, que estupra a Sportage e não deixa nem restos! Já sei que a resposta vai ser algo do tipo: "mas a costura do banco do carona da Captiva é pior, então apesar das infinitas vantagens dela, a Sportage é melhor!" Ou então, "o 3008 é 7 cm menor no comprimento que a Sportage, então, apesar de ser muitíssimo mais equipado, mais bem acabado e andar mais gastando menos, a Sportage é melhor!"
          Na boa cara, tente ser menos Fan-Boy…

          Um abraço

          • Mari

            O 3008 não estupra nada porque Peugeot é um lixo na mecânica e qualidade das peças – mecânicos, donos de estacionamentos e pessoas informadas concordam. É por isso que até os modelos mais baratos tem toda aquele acabamento maravilhoso e bem pensado, só assim pra vender.

  • JulienAvril

    lindo demais, esses malditos impostos acabam com os carros nacionais ou importados !!

  • Potiguar

    O carro é bonito e nada mais. O acabamento é porco e não vale os 84k que pedem por ele na versão de entrada…70k e estaria bem pago.

    • Exato, 70 mil seria o preço honesto ( justo não, mas de acordo com as 'regras do jogo' no Brasil).
      Mas ele ficou bonitinho e ordinário. 84 mil nesse acabamento e com esse consumo, é decepcionante.
      E o teste do 3008, mostrou até 15km/l na estrada, contra 8,9 do Sportage. Imagina só ano que vem a versão flex.

      • RFF

        Por 70 mil acho que a Sportage seria o melhor C x B do mercado, mas por 84 mil ela é uma das piores. Realmente, comparar o 3008 Griffe por 87 mil com essa Sportage de 84 chega a ser uma covardia: o 3008 anda beeemmm mais (0 a 100 em 9,2s contra 11,7s), é beeemmmm mais econômico, beeeemmmm mais equipado (nem o básico câmbio AT a Sportage tem) e muito mais bem acabado. Para finalizar, o que a Sportage tem de mais bonita que o 3008 externamente, o 3008 tem de mais belo internamente (e, pelo menos para mim, o design interno é mais importante que o externo, mas isso é questão de opinião).
        Mas não para por aí: Captiva ecotec e Mit ASX também destroem essa versão de entrada, bem como Outlander e Tiguan destroem a TOP.
        Com excessão do design externo (lindíssimo por sinal) do Sportage, não vejo motivos para adquirí-lo…

        Abraços

        • bailascomigo72

          Tiguan com teto custa mais de 120 mil. Não tem como comparar. Outlander "ganhou" (???) o motor 2.0 da ASX, na troca pelo 2.4, e seu visual perdeu MUITO com a frente Lancer X.

          • RFF

            O Tiguan custava isso, hoje sai por 99 mil…
            E mesmo o Outlander tendo ficado inferior ao anterior (2.4), ele continua beeeemmmm superior ao Sportage: o motor rende quase o mesmo, mas o Outlander tem um acabamento bem mais caprichado, além de ser bem maior. Apesar de eu ter gostado da nova frente do Outlander (à la Lancer), realmente, o Sportage é bem mais bonito, mas essa é a única vantagem do Coreano.
            Em resumo: o Sportage só é mais negócio que CR-V e ix35 (salvo algum outro SUV/Crossover de péssimo C x B que eu tenha esquecido de mencionar)…

            Abraços

      • Leandro1978

        Pessoalmente, apesar de achar o Sportage mais bonito, ficaria com o 3008, cobra menos e entrega mais.

        • São 2. Se o sujeito quer um pouquinho mais de robustez para os buracos do asfalto , de vez em quando uma estrada de chão não castigada e uma posição de dirigir um pouco mais elevada, ele cai como uma luva.

      • Potiguar

        Sem contar que o 3008 Griffe custa 88k, apenas 4k a mais no preço do Sportage peladasso. E vem com um acabamento muito melhor, painel emborrachado…se quiser gastar menos, é só pegar um Allure e ainda assim é mais completo e mais barato que o Sportage de entrada.

        • _Pedroking

          O 3008 é uma opcao ao journey ao air cross c4 picasso e assim vai…
          O tipo de gente que compra o sportage e gente que nao se importa em pagar mais por um carro so por ele ser muito bonito.
          E ja que beleza e o forte da kia da lhe sportage nas madame.

          Eu compraria um captiva v6 usadao (nao tenho preconceito contra 4 cilindros ) mais meu negocio e desempenho e 166 cavalos……

          • CRW_09

            Eu concordo. O público do Captiva, ix35, Sportage não vai abrir mão desses carros pra pegar um 3008.

  • Lucas Guimarães

    Vejo um branco todo dia , mt bonito

  • CanalhaRS

    Muito bonito, muito legal….mas o preço estraga tudo….

  • KawasakiNinja

    Esse carro foi uma grande decepção , na verdade só tem beleza, a relação custo benefício é baixíssima. A versão de entrada então é ridícula, deveria custar uns R$70k no máximo. Não sou fã da GM não mas a Captiva 2.4 2011deixa ele no chinelo: 185cv, cãmbio automático de 6 masrchas, injeção direta, rodas 17¨e por R$86k à vista.

  • jonny_rj

    Esse painel pobre nao condiz com um carro desse valor.

    • _Pedroking

      Painel bonito é o do toyota corolla que custa 89 mil.
      (ironia) (ironia) (ironia) (ironia)
      O painel do sportage e mais bonito e menos pobre que de muito alemao de entrada
      Ja dos japoneses eu nem vou………..

    • Rapaz, se ver os painéis da concorrêcia, pelo menos no design são bem mais simples, eu até gostei do painel do sportage.

      • RFF

        O design do painel, apesar de não ser nada de mais, não é feio. O problema é o acabamento mesmo… A qualidade dos materiais é surpreendentemente pobre…

        Abraços

  • silsas

    Se baixarem os preços ganharão bem mais na quantidade .

    • RFF

      Desculpe amigo, mas tu realmente achas que não existe toda uma equipe de pesquisa por trás disso tudo para saber em qual valor o lucro será maior? Tu achas que este valor é um chute? Claro que não meu amigo, este é um projeto multimilhonário e cada passo é milimetricamente calculado. A questão lucro por carro X nº de carros vendidos já deve ter sido exaustivamente debatida…

      Abraços

  • Tiago_Beneditto

    Agora sim com roda aro 18 e teto solar ficou nota dez, a roda aro 18 deveria vir de série em
    todas as versões, pois a aquela roda que vem nas versões de entrada é feia.

  • JulioNR

    carro muito bacana mesmo, mas esperava que fosse mais completo com melhor acabamento..

    MAS o que houve com o farol e as lanternas com LED?

    • KawasakiNinja

      Ficaram na Coréia, parece q a KIA acha q agente não merece tanto luxo…

  • o_unico

    É impressão minha ou o acelerador engancha no tapete, olha a foto do painel.
    Aliás, claustróficos não podem comprá-lo.

    • Victor_GCA

      não o acelerador é ao contrario. Ele não fica suspenso como o pedal de freio, ele é igual à aqueles aceleradores em joguinho de carro. como esse daqui que eu achei no google http://tecnologia.ig.com.br/noticia_visual/2009/0

      • alyslima

        É igual aceleredor dos antigos opala/jipe… rsss

      • o_unico

        Ah tá, desculpa, mas eu sou leigo quando se trata de carros com transmissão automática. Todos são assim?

  • davi_auto

    Esperava mais desse carro por esse preço!

  • vjtarkan

    aguadando o Optima. e viva a Kia! Morte à CAOA!

  • Gsvieira

    é a ganancia do gandini em ganhar dinheiro, não há o que justifique tanto aumento!

    • RBuriti

      Exato, por 92mil compra uma Captiva com mais motor, 6 airbags, controle tracao e estabilidade. Esse aumento não foi benéfico a KIA.

      • KawasakiNinja

        R$92k nada, aqui no Rio tão vendendo a 2.4 por R$86k à vista

  • AndersonPuff

    Show esse carro…..

  • 4NasCarro

    Compraria a versão top.Muito bonito!

  • Cil

    Bonito sim e tem gente reclamando do preço, que eu não discordo, afinal AINDA tem o frete, que cada concessionária cobra o que lhe dá na telha.

    Eu gostaria de saber qual foi o aumento do preço desse carro lá na Coréia. A Sportage de 64 mil tinha um preço por lá. Se o preço da versão nova subiu por lá, não faria mesmo sentindo o preço aqui continuar 64 mil.

    Isso a parte, se a KIA bota o preço de partida ao redor de 75 mil (sendo generosa) aí sim ia vender com água. Importado por importado, e do jeito que está, ainda prefiro o 3008.

  • 4x4Brasilia

    Por esse preço prefiro um mit asx com câmbio cvt ou então por R$ 100.000 pego uma Outlander

    • KawasakiNinja

      Por esse preço até o velho Tucson tem melhor custo X benefício

  • Cezarskinner

    O povo fala do preço do Sportage, mas compraria tranquilo se tivesse grana, ou preferem um Corolla Altis(comparo claro com a versão de entrada do Sportage)

    • Guga2010

      Você deve ser um ótimo negociante, visto que compara o carro com um dos piores custo x beneficio do mercado (Corolla altis).

    • RFF

      Porque que os Fan-Boys da KIA têm essa mania de comparar os carros da KIA com os carros de pior C x B do mercado para fazer parecer que eles têm bom C x B? É aquela história: algo pode ser muito ruim, mas se tiver algo pior, ele passa a ser bom?

      Abraços

  • silsas

    Calculam o preço X quantidade vendida ?
    Se fosse assim o corolla não estaria vendendo mais que civic e cerato somados .

  • Marciliosp

    nestes preços nao vai vender nem 700 ao mes!

    89 mil a versão top ainda ta caro mas seria mais justo

    • PedroGeraldes

      Amigão meu tem 107 mil reais, na mão pra levar a top na cor branca e a fila de espera alcança 4 meses.

      Ta vendendo mesmo..

  • GMV

    Está muito caro.

  • JJS

    Esse carro é lindo, porem deixa a desejar no motor e no consumo,seu valor tbm em relação a seus concorrentes, fora isso como disse o cezarskinner "melhor comprar o sportage doq o corolla altis.

  • Esse novo Sportage é um dos mais belos automóveis que temos aqui! Graças à Kia e Hyundai, se Ford ou GM querem cainhar seus modelos europeus para o nosso mercado, eu digo: pffff…. tô nem aí.

    Ser feita com assessoria de Ford e Mazda explica o parentesco do jeitão da primeira Sportage com certos carros Ford da época. Provavelmente eles deram pitacos no seu design também.

    Essa nova está muito bonita, a riqueza de detalhes nos designs de todos os modelos da marca mostram que eles não irão usar a política do mal de privar modelos de "menor escalão" de um design bonito e atraente. Legal Kia, ganhou mais um admirador e potencial comprador em um futuro próximo…

  • ACR

    Nesse preço tinha que ter:
    GPS integrado e 8 falantes + sub de qualidade;
    Lanterna toda em LED;
    Farol Xenon;

    Agora, esse velocímetro está muito grande meu, parece o Big Ben

  • NikkoZOll

    Entre Ele eo FORD EDGE , ficaria com oKIa pelo custo benefico, se for pela novidade to lascdo,muito carissimo o EDGE , painel onito com tecnologia e tals , mas FORD Motors Company BRAZILIAN , e uma b… , muito cara as revisoes estoque de peça desistruturada pra importados , se Pro FUsion e uma bosta comprar rodas originais para o fusion , imagine pro EDGE que alem de superlotar a demanda pela falta de produtos , cade o tal fordismo , pro Brasil acho que isso fica so no livros historicos, pra nos na realidade, fico comais duvida da Ford

    POrque a KIA ja non começa a estocar os SPortage e vende em JUlho offcialmente? NAo precisa ficar com medo da nossa concorrencia pilantra KIA

    • RFF

      O EDGE é mais caro, óbvio. Mas é muito mais carro também! Não dá nem para comparar! Do Sportage TOP (105k) para o EDGE básico (122k) dá apenas 17k de diferença, mas o EDGE é muiiiitttoooooo maior, muuiiiiittttoooo mais bem acabado, mais equipado, tem quase 120cv a mais e tração nas 4 rodas…
      Isso é o mesmo que dizer que Fusion é muito caro, já que o Gol é mais barato…

      Abraços

  • ITALIA150

    Estou muito curioso em ver qual será o papel do Fiat freemont neste segmento !

  • edsontak

    Design excepcional. Só que o preço foi decepção. Depois falam da Hyundai…. a Kia não ficou atrás…

  • felipe98

    eu acho lindo demais esse carro, mas o formato dele parece um OVO.

  • Rochahofman

    Bonitão.

  • Tony_76

    Um carro de presença, sem dúvida, porém o consumo de 6,8 km/L (na gasolina) em uso misto releva um motor pouco eficiente. Acredito que nem as velhas blazer 4.3 tinham um rendimento tão ruim.

  • netto

    Design apaixonante, acabamento bom, mas esses preços… Fala sério, hein Kia?

  • Wow02

    eu acho esse carro lindo, inclusive ate mesmo o interior, nao sei dizer quanto ao material… ai sao outros 500…
    agora esse preco ta MUITO alto… assim como o ix35.. perderam a nocao!!

    • Marciliosp

      perderam a noçao mas tem consumidor pra isso!

  • Cleberson

    Acharam o Sportage lento?

    E a CR-V que tem uns 150 cv?

    Por mais que eu tenha tentando convencer meu pai a comprar uma Sportage, ele comprou uma CR-V. Agora reclama que não anda.

    • RFF

      Só porque o CR-V é pior, isso faz do Sportage bom? Um 3008, uma Captiva ou um Tiguam andam muito mais que a Sportage, além de oferecerem muito mais equipamentos e acabamento por um preço semelhante…

      Abraços

  • lucianorj

    Querida, encolheram a SUV! Pra mim, parece uma SUV em miniatura tal qual a Ecosport… tem porte (altura) de SUV, e tamanho de carro médio.

  • rafas1987

    Eu realmente acho que tem coisa errado nessas avaliações, um Jetta 2.0 com 120 cv ganha nota 7 com 10.9 k/cv e esse que tem 9.3 k/cv e comando variavel ganha nota 6. Ta parecendo 4 rodas.

  • Guga2010

    O carro é bonito mas apenas isso não basta, não consigo engolir esse interior….acho de mal gosto e com aspecto de pouca qualidade. E o motor desempolga qualquer um….
    Prefiro Captiva ou 3008 que tem acabamento diferenciado e motor decente pelo tanto que pagamos nesses SUVs.

  • gcaraujo

    Como diz a nova giria…MANOLOS, parem de se enganar – Se vc tem a grana a vista da versao mais simples P.324 – R$ 83.900 , vc vai esperar cerca de 60-90 dias pois devido a alta procura e sem estoque e politicas de importaçao o carro nao se disponibiliza p/ quem tem dinheiro a vista. Agora se vc for um pastel, um mobraozao deste matutos, vc financia seu belo SPORTAGE P.324 – R$ 83.900, por míseros 120-130 mil,financiados no total,onde eles te disponibilizam o carro na hora,te dào o kit tapete e o insufilm(kkkkkk), e a Concessionaria, o vendedor e o banco financiador saem ganhando,TAMBEM, e vc, um T…. sai rindo pensando:" nossa meu vizin vai ficar irado qdo ver minha SPORTAGE nova ,acho q poderia pegar a TOP,porem ficaria um pouco mais salgada,mas nada que eu consiga dividir em 90 meses em suaves parcela de 1500-1800 reais, só não posso pensar mto é no IPVA, no seguro e manutençao,pq senao, nem compro o carro,mas o melhor sera a cara de meu vizin qdo chegar com ela em casa"…esse é o pensamento do BRASILEIRO…

  • welton

    eu tenho uma sportage e ela comesou a entrar ar eu quero saber se de bomba ou de fiutro.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend