Carro da semana, opinião de dono: Blazer Executive 4.3 V6 4×4 2002

Carro da semana, opinião de dono: Blazer Executive 4.3 V6 4x4 2002

Relato do Cirdan, moderador do fórum NA, sobre a Blazer de sua família.


Na seção Opinião de Dono do nosso fórum, temos muitos outros relatos igualmente interessantes, vale a pena ler.

A um tempo eu queria trocar meu carro por uma Chevrolet Blazer e meu pai viu minha ideia e comprou uma muito mais nova do que eu planejava para colocar na casa da praia. Nada mais o Vectra chorava para atravessar a estrada de terra e ainda puxar o barquinho.

Compramos ela ano passado. Uma 4.3 V6 Executive Automatica 4×4 (modelo muito dificil de achar) a Gasolina, com câmbio automático. Hj ela ta com uns 26 mil km rodados. Passa a maior parte do tempo parada num estacionamento próximo da balsa da Ilha Bella.

Quando viajamos descemos, deixamos o carro no estacionamento e atravessamos com ela para o outro lado. O carro tem suas qualidades: Motor potente e tração maravilhosa. Já passei por cada lugar com ela em dia de chuva que eu achei que só trator ia me tirar.

Um conforto que não tem igual. O ar-condicionado dá conta do recado e o carro não perde nada dos seus 193 cv. Os problemas: O carro sofre de um problema crônico de consumo. Na estrada ela faz uma média de uns 5 km/l de gasolina.

Tá bom que tem um tanque de 75 litros. Mas chega a doer no bolso, acho que nem o GNV deixaria ela econômica. Outro problema chato é o ruido do porta luvas. Parece q a tampa não encaixa. Ela fecha, mais fica aquele ruído.

Agora vc imagina: estrada de terra com cascalho, aquele balanço e um ruidinho atrapalhando sua viagem. São uns 6 km de barro (na chuva vira lama). Quem procura uma Blazer, evite as abaixo de 99. Além de sofrer com problema de infiltração, elas desvalorizam muito.

Eber do Carmo

Formado em marketing, tem mais de 15 anos de experiência escrevendo sobre o mercado automotivo no Notícias Automotivas, desde que fundou o site em 2005. Anteriormente trabalhou em empresas automotivas, nos segmentos de personalização e áudio. Também teve por três anos uma empresa de criação de sites e catálogos eletrônicos.