Usado da semana

Carro da semana, opinião do dono: Volkswagen Fox Trend 1.0 2011

vw fox trend 2011 prata 4 1024x671 - Carro da semana, opinião do dono: Volkswagen Fox Trend 1.0 2011

Olá pessoal do Notícias Automotivas. Como sempre gosto de ler a opinião dos usuários com seus carros, nada mais justo do que eu falar sobre o meu, um VW Fox Trend 1.0 2011/2011.


Comprei o carro usado em 2015 com uns 85.000 km rodados e o vendi com 107.000. Eu nem considerava o Fox como opção, queria algo mais barato, mas com ar e direção pelo menos. Já tive um Fiat Palio da “segunda geração”, e estava em busca de um Fire um pouco mais novo. Mas na época o preço e as condições estavam bons, eu gostei do carro, e acabei levando.

Fox Trend – Carroceria e interior

Acho o carro bem bonito. Como o estilo dos Volks atuais é o mesmo até hoje, esse Fox não parece tão desatualizado. A frente mais quadradinha com faróis de parábola dupla é bonita e essa versão Trend tem os retrovisores com pisca alerta.

vw fox trend 2011 prata 5 1024x576 - Carro da semana, opinião do dono: Volkswagen Fox Trend 1.0 2011


Apesar de ter mudado pouco em relação ao Fox anterior, a traseira é mais bonita também. Tirando um pequeno desnível no lado direito do para-choque abaixo do farol (acho que é um problema crônico do Fox, pois já vi vários assim), a carroceria é bem montada e com peças bem alinhadas.

Por dentro é ainda melhor. Como a Volks queria vendê-lo como um carro de categoria superior ao que era, nessa re-estilização ela mexeu nele todo. O painel é todo novo e assim como a carroceria, tem o mesmo estilo dos Volks mais novos.

vw fox trend 2011 prata 3 1024x576 - Carro da semana, opinião do dono: Volkswagen Fox Trend 1.0 2011

O meu tinha computador de bordo I-System, com várias funções. A iluminação dos instrumentos azul com os ponteiros em vermelho é bonita e tinha até um ajuste da intensidade da luz dos mostradores. O carro também tinha as alças de apoio dobráveis no teto e luz de cortesia para todos. Aliás há até um certo exagero nessas luzes. Na frente, há uma luz central que qualquer carro tem, mas ainda tem um foco para o motorista e um para o passageiro, e ainda tinha mais uma para cada parasol, e ambos tinham espelho com tampa deslizável.

Também tem uma luz no porta luvas (que é meio pequeno aliás), e mais uma no porta malas, com tomada 12v e redes para por objetos nas laterais. A tampa do porta-malas precisava de uma batida meio forte para fechar, mas o espaço era bom para um hatch.

Falando em espaço, o Fox aproveita bem o entre-eixos, é espaçoso na frente e atrás. Todas as portas têm revestimento em tecido, e algum porta objeto. Ele também tem vidros elétricos nas 4 portas e retrovisores elétricos além de sensor de estacionamento.

A qualidade geral é muito boa, mas claro que haviam alguns ruídos, afinal é um carro de 2011. Se estacionasse o carro no sol por muito tempo, o painel fazia uns estalinhos ao rodar.

vw fox trend 2011 prata 2 1024x576 - Carro da semana, opinião do dono: Volkswagen Fox Trend 1.0 2011

Fox Trend – Dirigibilidade e conforto

A suspensão é um pouco dura e como vim de um Fiat (que sempre privilegia o conforto), estranhei um pouco no início, mas esse ajuste tem seus benefícios.

O Fox, mesmo sendo mais alto que o Palio, transmite mais segurança, a carroceria rola menos nas curvas e os pneus aro 14, com perfil mais largo, ajudam na estabilidade. A direção, apesar de ser hidráulica, era um pouco pesada em manobras, mas firme na estrada.

Os freios são suficientes, mas eles começaram a fazer muito daquele ruído típico de disco empenado e precisei trocar. Achei os limpadores do para-brisa ruins. Mesmo trocando as palhetas, eles não varriam tão bem a água da chuva mesmo na velocidade máxima.

Mas os faróis são bons. Por dentro, o computador de bordo é bem útil para monitorar o consumo e o meu veio com sensor de estacionamento que ajuda muito já que a visibilidade traseira do Fox é ruim, a coluna C é larga e o vidro traseiro, pequeno.

Ele poderia apenas ter o retrovisor com tilt down, que aponta o espelho para baixo ao engatar a ré, para não ralar a roda traseira na guia por que, além da visibilidade ruim, o Fox é alto e fica mais difícil enxergar o meio fio.

Os bancos até têm uma boa densidade e a padronagem do tecido é bonita, mas ele cansa mesmo em viagens mais curtas. O ar condicionado gela bem, mas a potência do carro cai e o consumo sobe sensivelmente, a ponto de eu evitar usá-lo. E olha que moro numa cidade bem quente.

vw fox trend 2011 prata 1 1024x576 - Carro da semana, opinião do dono: Volkswagen Fox Trend 1.0 2011

Fox Trend – Pontos negativos

O Fox é uma decepção em desempenho e consumo. Não dá para esperar muita agilidade de um carro 1.0, mas tenho a impressão que meu Palio anterior, com 55 cv, era mais ágil que esse Fox de 75 cv.

Temos um Gol 1.0 2001 que anda mais do que ele também. O Fox é lento em qualquer situação. Até para sair de 1º ele vacila. Você pisa até o fim e o carro não anda. Tem que administrar bem o câmbio para ganhar força, mas o giro do motor cai rapidamente entre uma marcha e outra.

Ao menos o câmbio é bem justo e preciso, típico de carros da Volks. Quando o comprei, fiz uma revisão e troquei velas e cabos e outros componentes, mas não ajudou em nada. Com etanol na cidade, em transito leve, sem ar ligado e sem pisar fundo, ele mal chegava aos 7km/l.

Na estrada andando a 90 km, também sem ar, conseguia uns 9km/l. Essas eram as médias do computador de bordo, mas o ponteiro do marcador de combustível descia rapidamente. Já ví vários relatos de que o Fox tem um alto consumo com etanol e isso nem seria um problema se ao menos o desempenho fosse um pouco melhor.

Na gasolina, ele fica na média do segmento, com uns 12/15 na cidade/estrada, mas a diferença de preço é muito alta. Esse foi o único ponto em que me decepcionei com o carro.

vw fox trend 2011 prata 6 1024x576 - Carro da semana, opinião do dono: Volkswagen Fox Trend 1.0 2011

Fox Trend – Manutenção

Fora a manutenção preventiva que fiz ao comprar, com troca de correia dentada, as velas e o cabo, óleo e filtros, o Fox deus alguns problemas que acho serem normais para um carro 2011.

A direção fazia uns pequenos estalos quando estercada, era a rótula da direção que precisou ser trocada. Esse motor VHT 1.0 é conhecido por um recall que não sei se foi o caso do meu, de tuchos batendo, algum problema com a especificação do óleo. Nunca tive problemas com isso, e ele não fazia nenhum barulho anormal.

Houve o rompimento da correia Poly V, que apesar de ser bem barata, poderia ter causado um acidente sério. Ela rompeu na cidade, estava andando devagar mas tinha acabado de pegar pista. Se houvesse rompido uns 10 minutos antes, acho que o estrago seria grande por que ela controla a direção e os freios, que travam quando ela se solta.

A bomba de óleo também precisou ser trocada em outra situação. Na suspensão ele começou a fazer um ruído meio “seco” na dianteira ao passar em lombadas, e um outro de coisa solta no lado do motorista.

Os vidros elétricos traseiros pararam de funcionar. Como esses problemas apareceram recentemente, e eu já estava querendo vender, eu não os arrumei, mas deixei o comprador ciente deles.

Fox Trend – Veredito

O Fox é bonito, espaçoso e bem completo nessa versão. Se você prioriza isso, e anda sozinho na maior parte do tempo como eu, ele até serve. Mas o baixo desempenho não justifica o alto consumo. Se tiver família ou viajar muito, vá de 1.6, o 1.0 não serve para isso.

COMPARTILHAR:
  • Nicolas_RS

    Eu tenho um 2013, o problemas da palheta resolvi trocando pelas Bosch Aerotwin Ap22m + Ap15m, já os faróis acho horrível, as vezes acho que está até desligado, mas o carrinho é muito manco, se quiser ter torque a 100km/h tem que ficar na 4 marcha.

    • Douglas

      Usa a palheta da Dyna, melhor que da Bosch no Fox.

      • Nicolas_RS

        Vou testar quando estragar as atuais.

    • ricardo alves de carvalho

      palhetas bosch são muto boas e duráveis usei uma no meu gol 1.0 mi 97-97 durou 5 anos,,,,já estou para trocas as palhetas do fox por uma aerotwin…já usei cibie, trico, dyna muito boas também….tive um palio fire 1.0 celebration foi o carro com o melhor farol que já tive.

    • Gabriel Loio

      Meu primeiro carro foi (e é, pq eu ainda guardo ele. Minha estimação hahaha) um Fox 1.0 2008 que, virtualmente, é idêntico ao 2013, em termos de mecânica. Pra solucionar o problema do farol, eu coloquei Bixenônio 6k (coisa de 1000 reais) e, pra solucionar o problema de pouco torque, eu fiz uma modificação logo que sai dele da concessionária que deixou ele muito esperto em baixa: coloquei uma turbina .40 da Garrett, com 0.5 bar de pressão com um cilindro de 10kg pra atuar em todas as marchas entre 1500rpm e 2500rpm, junto com remap e troca de downpipe e intercooler (coisa de 3000 reais, na época). A turbina sempre fica cheia por causa do cilindro e é perfeito pra estrada. Aliado, é claro, a um bom consumo. Pra atender o farol, o turbo e a multimidia com som, eu mudei a bateria de originais 60A pra 80A e troquei o chicote da fiação (coisa de 700 reais). Fica a dica pra uma modificação, se te atender. Pesquise antes tbm em alguma oficina especializada. Estou com esse meu 2008 desde novo e só manutenção preventiva até agora, nunca deu dor de cabeça.

  • Louis

    Quanto ao baixo desempenho e alto consumo, pode até ser problemas, como correia dentada fora do ponto, válvula termostática travada aberta…Teria que ver opinião de outros donos de Fox iguais.
    Sobre a correia poly-v estourar, não creio que os freios e direção travem, apenas ficarão mais duras.

    • Retrato do Papai

      Creio que apenas a direção fique dura, já que o freio é assistido pelo vácuo do motor

      • Ramon Grigio

        Uma curiosidade é que esses motores VHT 1.0 podem “perder vácuo” no momento que se aciona o ar condicionado. Eu tive um gol 09/09 e quase bati várias vezes por falta de freio ao acionar o A/C. Projetinho porco aquele carro. Não sei se afeta o Fox.

        • Retrato do Papai

          Isso era uma falha específica da central eletrônica, portanto também acometia o fox… O que acontecia era que, ao ligar o ac, o giro do motor caía e a central eletrônica não compensava essa queda, gerando menos vácuo no sistema…

          Isso chegou a gerar recall nesses carros, a solução era fazer uma atualização da central eletrônica, fazendo uma manutenção correta do giro do motor ao ligar o ac

          http://g1.globo.com/Noticias/Carros/0,,MUL924319-9658,00-VOLKS+CONVOCA+RECALL+DOS+VEICULOS+FOX+NOVO+GOL+E+VOYAGE.html

    • Ricardo Blume

      Quando a Poly V arrebenta, nada acontece com os freios e quanto a direção, esta fica apenas dura, funciona como uma direção convencional, sem assistência. Experiência própria.

      • Alessandro Araujo

        Discordo quanto à direção. Não vira uma direção convencional. A relação das “engrenagens” entre elas é totalmente diferente. A manual foi feita para se usar a força do braço, diferente da assistida. Ao perder a assistência, esta fica muitissimo pesada, se tornando impraticável dirigir. Qualquer pessoa pode testar isso em seus próprios carros. Basta tentar virar seu volante sem ligar o carro. Não é a mesma coisa que um carro sem DH.

        • Ricardo Blume

          Tive quebra da Poly V em uma Saveiro ano passado. Subindo uma serra consegui trazê-la até a oficina sem problemas. Não fica impraticável como disseste. Abraço.

          • leomix leo

            Na estrada não, mais dentro da cidade é pior que a de um caminhão, a Saveiro do posto de gasolina, quebrou em minha mão, que sofrimento rodar 11km sem direção assistida.

    • invalid_pilot

      Motor 1,0 antigo da VW era manquissimo, mesmo assim rendia mais que o Fire 1,0.

      • ricardo alves de carvalho

        tive fox 1.0 2009-2010 gostei do motor quando comparado com palio fire 1.0 que tive e palio e ideia 1.4 que fiz teste drive e achei fraco e com corsa 1.0 do meu irmão …achei o do fox com mais forca principalmente nas saídas com o carro.

        • invalid_pilot

          Motor Fire 1,0 é a minha pior experiência com carro, motor horrível, fraco, câmbio mal escalonado, impreciso.

          Pior é que ainda vendem essa bomba em carro 0km (Mobi)

          • ricardo alves de carvalho

            sim….fiquei só 8 meses com ele,,,,tinha que desligar o ar quando ira fazer ultrapassagem,,,sem falar que o ar não gelava nada e o cambio realmente era ruim…o que eu gostei dele foi o motor bem elástico acima de 150km…e farol muito bom também.

      • Ramon Grigio

        O fox é um pouco mais pesado que o gol. E quando não se tem muito torque/potencia, qualquer peso extra atrapalha. Mas acho que era o mais torcudo daquela época (2008-2011) com 10,6kgfm no etanol.

    • Wilson Junior

      Eu tive 3 fox. Primeiro um Prime 1.6 uma delicia, anda muito e bebe pouco.
      Depois comprei um 1.0 Trend, anda pouco, bebe muito e você só passa raiva.
      Fiquei 3 meses com o carro e vendi, comprei outro Prime 1.6 que anda muito mais e bebe muito menos.
      O meu 1.0 fazia 6 na cidade com álcool e 9 no máximo 10 na pista.
      O 1.6 fazia 8 na cidade e 11, 12 na pista sempre com álcool.
      Fóx é um ótimo carro, principalmente nas versões mais equipadas.
      Uma dica que dou pra quem esta pensando num Fox, vai de 1.6 que é outro carro.
      A diferença é muito pouca em questão de $.

      • Luciano RC

        Pelo peso e tamanho dele, normal o 1.6 andar melhor e beber menos. O 1.0 só esticando e forçando muito, o que acaba com o consumo. Acredito que nem aquele bluemotion deve ser tão bom de consumo com o 1.0.

      • ricardo alves de carvalho

        tive fox 1.0 trend, fox 1.6 prime, e agora fox 1.6 highline 16v…rodando gasolina sempre com ar nas cidades medias de 9 a 10km sempre marcados na bomba….quanto ao álcool por aqui ( uberlandia mg ) não vale a pena….agora a diferença do 1.0 para o 1.6 e bem grande e outra tocada principalmente na estrada.

  • PEDAORM

    Meu primeiro carro foi um 2012 1.6 Trend com airbags e ABS que eram opcionais na época, ainda lembro de alguns amigos dizendo que pelo preço do opcional era menor pegar com teto solar. Mas o ABS me salvou de varias… Gostava demais desse carrinho. Só me deu alegria e não tive problemas, só manutenção preventiva, mas vale ressaltar que foi vendido com apenas 60 mil km. Parabéns pelo relato.

  • Ricardo

    Não sei se o Fox é tão mais pesado assim em relação ao Gol G5, mas mesmo de passageiro dá a sensação de ser muito mais manco.
    Enquanto isso o antigo 1.0 do Gol G4 era um dos melhores e mais econômicos do mercado.

    • Luiz Henrique Knecht

      Deve ser o projeto, qualquer coisa já ajuda no consumo.
      FOX
      Coeficiente aerodinâmico Cx 0,353
      Área frontal 2,17 m2
      Peso: 1.009 kg
      Gol G5
      Coeficiente aerodinâmico Cx 0,34
      Área frontal 2.01 m2
      Peso: 934 kg

      • Nicolas_RS

        Isso deve fazer uma diferença… Sem contar os pneus, não sei se é de serie, mas meu fox 1.0 é aro 15.

        • Luciano RC

          Isso também influencia. Agora imagina dirigir aquele Fox Bluemotion com o cambio super longo? O carro deve se arrastar.

          • Ramon Grigio

            Tem isso, mas o bluemotion já não é EA-211?

            • Luciano RC

              Nesse último, era com o 1.0 3 cilindros… mesmo com mais torque e potencia, deve se arrastar. Principalmente porque o cambio é mais longo que o do 1.6 16V.

        • ricardo alves de carvalho

          olha o meu fox 1.0 2009-2010 que tive eram 185 aro 14 p6 pirelli,,,,já o fox meu irmão 1.0 2011 são 195 aro 15 p7 pirelli …fazendo o mesmo percurso o fox do meu irmão nunca fez a mesma media do meu fox com pneu 185 e aro 14..na minha opinião acho muito grande e pesado este conjunto 195 aro 15 para um carro com motor 1.0,,,mas do ponto de vista estético fica mais bonito e claro mais área de contato com solo melhora a pegada. o fox por ser mais <> balancá um pouco mais em altas velocidades e quando cruza com outro veiculo este 195 aro 15 fica melhor,,,,,mas a grande maioria só roda na cidade 185 aro 14 estaria de bom tamanho….

  • Itamar

    tenho um 2013. o bicho bebe demais mesmo, no verão é um terror.
    O meu comprei 0, esta com 50 mil km rodados.

    Uma coisa que sempre vejo em fox: luz de freio vira e mexe vejo um com ela queimada.

    Motor é fraco e o carro em si não ajuda para desenvolver bem a velocidade. Tive um Ka 2009 e o bicho voava rs (talvez pela altura e peso do carro).

    O carro em si é otimo e nunca me deu problema, 5 anos comigo e só troquei coisa de rotina mesmo.

    • Marcelo Alves

      Essa das lâmpadas é porque o Fox usa lampadas comuns, minha irmã teve um 1.6 2009 que vivia queimando lâmpadas. Tenho um Polo 2008/2009 que ainda está com todas as lâmpadas originais, a diferença é que o Fox vem com lâmpadas comuns e o Polo usa lâmpadas long-life importadas (Se não me engano são da marca GE).

      Na época até considerei em comprar uma lâmpada original do Polo na css e colocar no Fox, mas a VW pede caro demais nelas, compensava mais ir trocando por lâmpadas comuns a medida em que fossem queimando mesmo.

      • Ricardo

        Isso não é só problema só do FOX, vejo altos carros novos pelas ruas com lâmpadas queimadas, baixa qualidade, hoje em dia até em lâmpadas economizam, enquanto as lâmpadas dos carros dos anos 90 duravam vários anos.

        • RPM

          Tenho um Civic 99,troquei a 1ª lâmpada(freio) agora….durou 19 anos….rsrs

          • Ricardo

            Isso também acontecia com o meu Polo Classic 1999, quando comecei trocar peças em 2014 ainda eram as originais.

          • thi

            no golf do meu tio 94 o que vem antes do golf sapinho..nunca trocou até hoje

        • Nicolas_RS

          Tudo que era dos ano 90 durava anos e anos, hoje em dia tudo é “descartável”.

        • Ramon Grigio

          Meu gol 09 e voyage 2013 é lâmpada a cada 2 meses, nunca vi queimar tanto.

    • thi

      o carro é otimo ,mas só vale o 1.6 ..o 1.0 bebe pelo peso do carro.

      • Itamar

        esqueci de mencionar que o meu é 1.0 rsrs

        meu cunhado tem um 1.6, um baita carro!

        • Wilson Junior

          Exatamente, o 1.6 é outro carro!

    • ricardo alves de carvalho

      nossa seu carro agora com 50,000km considero a melhor fase do motor ( 40.000km a 80.000Km) e quando ele atinge sua maioridade,,,fica amaciado, com todas as pecas motor bem assentadas, fica mais solto, melhora o consumo e o desempenho…quanto ao seu carro estar ruim de consumo e uma pena, ainda mais com esta gasolina cara….

  • Mateus

    Tive um prime 1.6 2012. Gostava demais, mas o acabamento é sofrível, barulhento demais. E olha que a segunda geração melhorou demais comparando com a primeira que tbm tive. O câmbio é bem escalonado e preciso. Bancos duros e o farol é realmente uma decepção. Mas gostava do motor, casava bem com a proposta do carro e o consumo nunca foi alto. Acho que o fox n deveria ter 1.0. Achava ele muito bonito, prata egito com uns detalhes cromados, bem poucos. O retrovisor do meu tinha Tilt Down, mas nunca achei a visibilidade do carro ruim.

    • Luciano RC

      Confesso que me surpreendi com tantos relatos do farol ruim viu… achava que pelo tamanho ele seria bom.

      • Mateus

        posso estar falando abobrinha, mas o fox é levemente inclinado pra frente, pelo menos eu sempre achei. Acho que os faróis apontam muito pra baixo assim o alcance acaba sendo muito pequeno, talvez se tivesse regulagem poderia melhorar.

        • Luciano RC

          Mas ele deve ter a regulagem direta no farol. Não seria complicado resolver isso.
          O problema dos faróis pode estar no refletor mesmo.

  • Verdades sobre o mercado

    Fox é um bom carro, mas com motor 1.0 4 cilindros realmente é de chorar, lento e gastador. 1.6 8v é ótimo na cidade pois tem muito torque.

  • thi

    fox 1.0 é muito pesado, meu irmão temum 1.6 ,carrinho show !!
    qt ao relato ,pra um carro de quase 10 anos ..está muito bom

  • Felipe Welsbacher

    Tenho um 1.6 Itrend 2014. Gosto do muito do carro, o 1.6 consegue ser até mais econômico que 1.0 (tem um 1.0 na minha familia), mas uma coisa que “agrava” essa questão do consumo é que o tanque é meio pequeno, por volta de 42 litros, então autonomia é baixa. A maioria dos carros hoje tem tanque de 50 litros.

    Como o Nicolas_RS comentou, também acho os faróis horríveis, de noite dependendo da estrada tu é obrigado a andar com farol alto.

    • Wellington Myph13

      Tanque do Fox é de 50 Litros… quando você abastece 42 litros é porque só faltam os 8 litros da reserva…

  • Minha irmã teve um desses a até uns dois anos atrás, mesmo ano 2011 desse do relato, só que com motor 1.6. Foi duas vezes em Santa Catarina com ele. Trocou em 2015 por um C3 Exclusive.
    Bom carro, nunca teve qualquer ocorrência com ele. Mas também foi trocado com menos de 30 mil km rodados.

  • RPM

    Na minha opinião,carro 1.0(tirando os turbos),para o nosso relevo e distâncias,é uma aberração…..um resquício da época da Zélia….enfim,ótimo relato….

    • Wellington Myph13

      Os novos 1.0 dão um show nos 1.0 horrendos que tínhamos antigamente…
      Não que seja motor pra quem vai ficar levando família pra cima e pra baixo, mas ao menos agora anda melhor na cidade, e tem que saber ponderar em estrada… Pra quem anda sozinho, é um foguetinho se não tiver dó de esticar marchas até 4-5mil RPM…

      • MarcioMaster

        1.0 sempre 1.0, ando todo dia com 2 modelos diferentes de 1.nada 3 cilindros, mesma M…, não anda não tem baixa, só anda na alta, na cidade bebe bem e a unica vantagem é a economia na estrada.

        • Wellington Myph13

          Bom, eu não concordo, e os carros de empresas com escadas no teto também… E olha que tocam o terror até de Palio Fire hein?

          • MarcioMaster

            Meu caro, todos temos o direito de discordar, mas não estou falando em velocidade, isso todo 1.0 embalado vai bem, estou falando de torque, retomada, segurança e isso não existe em 1.zeros

            • Wellington Myph13

              Eu trabalho de representante, e atendo só a minha cidade, então ando entre 80-100km por dia só em cidade, avenidas, bairros, transito, lombadas, semáforos e etc…
              Sempre tive carro 1.0, já tive 1.6 e 1.8, e além do prazer de poder simplesmente sumir rapidamente em um transito leve com 1.6 e 1.8, o 1.0 da conta facilmente pra uso urbano, mesmo que sua pegada seja mais forte…
              Meu atual é um Polo 1.0 aspirado mesmo, sinto uma falta de desempenho perante aos outros 1.0 que tive que eram mais leves e menores, mas quando é preciso, se eu usar ele acima de 4000RPM, ele sai na frente de 90% do povão em qualquer situação, seja até mesmo em subida…
              Juro que não entendo as pessoas com carros MUITO mais fortes que o meu, “sofrendo” pra pegar uma subida onde não tem radar, não em lombada nem mesmo um cruzamento perigoso pra que seja necessário andar devagar, e o peão ta lá de carro Diesel, Turbo, V6 ou um “mero” 2.0, ralando o pé no acelerador pra manter 50km/h… É de cair o c. da b.nda… Eu fico puto… 10 anos já fazendo isso, você fica “meio” irritado com o transito, principalmente quando vê que não tem transito, é só o povão sendo extra lesma sem necessidade…
              O 1.0 não sai arrancando em subida como faz um 1.6, mas sendo coerente e reduzindo de forma correta, ele tem desempenho satisfatório pra passar qualquer roda presa, sem atrapalhar o transito…

              O que vou concordar, é que tem 1.0 na mão de quem não tem noção alguma, e já peguei vários assim no caminho… Subida com 2 faixas, o cabra ta na direita, tem um busão lááááá na pqp, ele joga na sua frente na esquerda, não reduz, não acelera, não faz nada, dai no meio da subida o carro perde potência, ele só vai trocar de marcha quando o carro começar a pipocar, sendo necessário as vezes colocar até primeira, enquanto isso o busão esta lá, vagarosamente subindo coisa de 2km/h mais rápido que o infeliz… dai acaba a subida, o busão some pra frente, e ele volta pra direita, como se nada tivesse acontecido…

              • Marcelo Alves

                O 1.0 para andar tem que subir o giro e aí a economia vai pro saco, já com um 1.6/1.8 dá para andar direto a 1200 – 1500rpm que ele empurra de boas e fica bem econômico… Meu 1.6 consegue um consumo muito bom passando as marchas sempre antes das 2000rpm e ainda assim consegue arrancar e desenvolver velocidade mais rápido que os 1.0, só nas subidas que preciso esticar pra 2000-2500rpm caso eu queira acelerar rápido. Agora se o relevo da cidade tiver muitas subidas, aí realmente fica ruim andar de 1.0, a maioria deles demora pegar embalo nas subidas…

              • Matthew

                Cara, dá pra se virar com carro 1.0, ok. Mas essa aberração só existe por força da legislação. Tecnicamente é difícil justificar o seu emprego. Tanto que lá fora nem existe muitas opções de motores com esse deslocamento, sobretudo no período pré turbocompressor disseminado como hoje. O motor 1.0-16v da Renault era 1.2 na Europa e foi redimensionado exclusivamente para o mercado brasileiro. O menor motor da Peugeot de 4 cilindros era o 1.4-8v, tanto que na versão nacional 1.0-16v era fornecido pela Renault, ao invés de desenvolverem um motor próprio. A cilindrada que otimiza consumo gira em torno do 1.2~1.3 litro. Motor mil fica muito subdimensionado e exige que seja calibrado pra operar no limite máximo. Repare que o 1.0 da GM rende 80 cavalos no álcool. Se a mesma potência específica fosse alcançada no 2.0 da Família II teríamos um motor de 160 cavalos com apenas 8 válvulas e injeção no duto. Loucura. Tanto que o torque máximo desse 1.0 da GM parece de motor de competição, lá em cima.

                • Ramon Grigio

                  E as taxas de compressão lá nas alturas. É só colocar uma gasolina formulada (mesmo de posto de bandeira) que começa a pipocar…

      • CharlesAle

        Opa Wellington. Meu colega tem um Argo 1.0. Antes, ele tinha um celta VHC. E está reclamando que o celta subia a ladeira de sua casa, em terceira de boa, já o Argo, só de segunda afundando o acelerador! Vai vender o carro assim que quitar o financiamento, daqui a 15 meses..

        • Wellington Myph13

          Rs… Mas o carro é maior e mais pesado, não da pra fazer milagre.
          O Polo talvez fosse o mesmo resultado ou um pouco melhor já que depois dos 4500RPM da pra trocar de marcha que ele mantem o ritmo, já o Argo não desenvolve em alta, se ele trocar pra 3a provavelmente o carro vai cair muito.
          O Celta também engana muito, dependendo da situação, ele deve estar subindo até um pouco mais rápido de Argo do que de Celta, mas o Celta passava a sensação de ir melhor… O cambio curto de caminhão de Celta engana… Eu saía em 4a de lombadas, rs, hoje até com up! tem que sair em 2a, não tem jeito.

          • Ramon Grigio

            Carro com câmbio curto e sem isolamento sonoro engana mesmo. Peguei uma oroch 1.6 sce e estava na rodovia na subida sem olhar no odômetro e pensei “mas esse troço não anda não?, meu voyage 1.0 tec deve andar igual”, aí vi que estava a 125km/h só que não fazia barulho kkkkkk A sensação era que estava a 90 hehehe.

            • Wellington Myph13

              É bem isso… O Bravo que tive era assim… estava mantendo 80km/h e tinha sensação de que estava a 50km/h… dava vontade de ir pisando mais…

        • Samuel Justus

          Tbm tenho um celta e é isso mesmo… O outro carro de casa é um up tsi. Dependendo da situação em lombadas o up tem de sair de primeira e o celta sai tranquilamente de segunda kkkkkkk

          • Wellington Myph13

            Meio exagerado né, se falasse que o up! precisa sair em segunda e o Celta sai de boa até em 4a, eu já acreditava melhor, até porque já tive Celta e já andei no TSI.
            O TSI precisa da 2a pra sair de lombadas mesmo…

            • Samuel Justus

              Se vc vier em baixa velocidade com o up e precisar passar por uma lombada o up até sai em segunda mas sai rateando,diferente do celta que sai na boa, melhor assim?

            • Samuel Justus

              E não que o celta seja melhor, pelo amor de Deus.

              • Wellington Myph13

                Kkkk eu sei que não.
                Só achei estranho o TSI sair rateando em segunda… Andei 3x em um TSI, e não passei por isso, ele precisava “embalar” mas coisa de 1 segundo ele já estava puxando forte… Não saía de lombada arrancando como se fosse em 1a, mas a segunda já dava conta. Isso na gasolina? Os que testei estavam no Etanol…

                Tem um trecho da cidade onde ele é bem “retona”, liso, novo e tem 4 lombadas no caminho… Eu passava em 4a com o Celta o caminho todo, kkkkk

                • Samuel Justus

                  O câmbio do celta deveria ser estudado pela Nasa por esses feitos kkkkk ele faz essas coisas mesmo! Abraço!

        • MarcioMaster

          Esse motor 1.0 3cc mal empurra o Mobi, ou seja o Argo 1.0 se arrasta, isso serve pro polo tambem.

        • Geraldo Xavier

          Motor 1.0 da gm tem muita força em baixa. Um conhecido do trabalho trocou um voyage por um ônix. Ele colocou gnv no ônix e disse que mesmo com gnv e com ar ligado o ônix sobe a rua que ele mora em segunda marcha, coisa que o voyage dele no meio da subida ele tinha que parar e jogar a primeira.

        • Guilherme Batista

          Comparar Celta com Argo é até dureza viu.. Não entendo essas pessoas que reclamam de desempenho do carro depois de comprar.
          Não fez test drive não ? é até complicado levar esse tipo de relato em consideração.

          De qualquer forma o celta tem relação curta que engana bastante, pede pra esse colega fazer um relato na estrada em velocidades mais de 100 por hora, aposto que o Argo vai ter desempenho e consumo melhores.

    • Ricardo Blume

      Os atuais 3 cilindros são incomparáveis aos 1.0 l de 4 cilindros. Andam muito bem na cidade e com bastante economia. Na estrada também não fazem feio não, especialmente pelo fato de quase todos (exceção do Firefly) serem 12 válvulas e desenvolverem bem em alta. Meu antigo Celta MPFI não fazia mais que 9km/l (G) na cidade. Hoje em dia, tem muitos 3 cilindros fazendo 11,12 km/l nas mesmas condições. Faça as contas para um tanque de, digamos, 50 litros. É uma baita diferença.

    • FPC

      Discordo, dependendo do uso da pessoa qualquer 1.0 3 cilindros de hoje em dia serve, eu tenho um, trabalho em outra cidade, ando 72 kms no total sendo 60 de rodovia, vou e volto de boa com ar ligado, mas claro, sempre sozinho, mas com ate 3 pessoas vai de boa. Carro 1.0 ele é econômico até certa velocidade, acima de 100 km/h a curva de economia começa a cair até se aproximar de um com litragem maior, acredito que um 1.0 andando a 120 km/h com 4 pessoas e porta malas cheio faz um pouco mais ou igual que um 1.6. Mas se a proposta for andar sozinho maior parte do tempo, não há custo benefício melhor.

      • Ramon Grigio

        Na minha experiência com gol e voyage g5/g6 eles já se quase se igualam a 120km/h. Se colocar 4 pessoas já é bem provável que o 1.6 beba um poco menos.

      • Guilherme Batista

        Concordo totalmente, até mesmo pq as estradas do Brasil são péssimas e fica difícil andar mais do que isso.
        No meu trabalho eu viajo muito com Ka e Hb 20, ambos 1.0. Geralmente com 2 pessoas e porta-malas cheio.
        Sempre ando com Ar ligado e posso dizer que os dois entregam desempenho suficiente, aliás, a maioria das pessoas estão sempre dirigindo devagar mesmo com carros mais potentes, nem sei pra que ficam comprando carros grandes se não usam.

        O tempo todo fico passando tiozão com Corolla a 90/100 por hora na estrada

  • Douglas

    Tenho um Prime 1.6 2011 e as únicas reclamações que tenho são direção que depois de um tempo faz barulho e do motor de arranque que engasga com o carro quente.

    • Retrato do Papai

      Pede para um eletricista reforçar o aterramento que esse problema do arranque pesado com o carro quente some

    • ricardo alves de carvalho

      cara ja tive um chevette ret 82 com um problema assim ,,,,,e foi resolvido trocando o cabo de aterramento e mudando o local da sua fixação ja que o mesmo estava podre e enferrujado.

  • Victor Barrera

    Tenho um Prime 2013 1.6, basicamente o carro tem dois pontos negativos.
    1 – Consumo elevado para os padrões atuais de carros mais modernos.
    Álcool Cidade 6,5 / 7 km/l Estrada 10 / 10,5 km/l – AC On
    Gasolina 9 / 9,5 km/l Estrada 12 / 12,5 km/l – AC On, entre 90 – 100 km/h
    2 – Porta malas minúsculo, mesmo com a possibilidade de ampliar a capacidade do porta malas puxando o banco traseiro para frente ou rebatendo o mesmo, em situações de viagem mesmo 4 pessoas com bagagem talvez já seja necessário mudar a posição do banco, se for preciso levar um ventilador, cooler ou algo do tipo a dor de cabeça fica ainda maior.
    Tirando esses dois pontos possuo o carro a 3 anos, beirando os 50.000km rodados e apenas troca de óleo, filtros, correias, velas e cabos de vela!!

    • ricardo alves de carvalho

      cara que consumo ruim na estrada de 90 a 100km…este consumo de 12 a 12,5 eu fazia com meu antigo fox prime 12-12 a na estrada com gasolina mais ar rodando entre 140 a 150km,,,,,rodando de 100 a 110 com gasolina e ar todos minhas medias foram na casa dos 15,5 para cima sempre conferidos na bomba…que pneu e aro você esta usando?…trocando ideias em um fórum sobre consumo o relato do cara era de um consumo de carro a álcool rodando na gasolina,,,,conversa vai conversa vem ele usava roda aro 16 pneus 205…estava ai o problema…ano sei se e o seu caso,,,,mas realmente esta muito ruim este consumo.

      • Victor Barrera

        Então, meus pneus são MOMO medida original, 195/55R15..
        Já ouvi muitas historias de possíveis causas para consumo elevado nos Fox, correia dentada fora de ponto, tipo de lubrificante utilizado etc ( no caso uso Mobil 5w40), e mais uma porrada de possibilidades.
        Mas dependendo de quando tempo atrás você conseguia essas médias com o seu Fox, por que a gasolina de 2012 pra cá teve aquele aumento de etanol que mudou bastante o consumo, sem falar as outras variáveis, clima, relevo etc. Sei lá kkk

  • Alexandro Vieira Lopes

    tive um fox 2013 1.6 8v , ele tinha excelente torque
    consumo alcool 7 cidade e 11 estrada
    gasolina 9 cidade e 13 estrada

    a lâmpada dele era zuada e coloquei um xenon, mas ficava queimando sempre!!!

    quem dirige e olha para a esquerda , vê aquela coluna enorme que atrapalha (pior defeito)

    vendi com 75000km e troquei velas freios (muito barulho) e correia.

    não deu problemas e só alegria!!!
    cuidei bem dele, tava com boa suspensão e pneus pareciam novos ahahaha

  • Wellington Myph13

    O 1.0 8v é terrível mesmo… é apenas suficiente pra carro mais leve, no Fox sempre achei um absurdo…
    Quando recebeu o 3 cilindros ele melhorou muito, mas ainda assim é apenas suficiente… Assim como o do Polo é apenas suficiente…

  • Mateus

    Minha avó tem um, do mais básico, 1.0. Só tem direção hidráulica e vidros elétricos. Carro muito gostoso de dirigir! Não é rápido, mas todo o resto é muito bom.
    Quanto ao consumo, fomos na praia nele, com 5 pessoas e porta malas cheio, fez 17km/l com gasolina. Achei bem adequado. Acho que falta noção pra dirigir carro de pouca potência.

  • Vitão

    Andei num Fox 2017 1.6. Gostei do carro, ótimo câmbio, mas a embreagem alta incomodava um pouco nas viagens.

    • ricardo alves de carvalho

      cara tenho um fox 2014-2015 este novo motor ea211 16v e a embreagem e muito alta e dura incomoda bastante,,,,e não tem regulagem…o jeito foi baixar o banco e ficar numa posição mais afastada…e aquele principio da alavanca que a gente estuda na escola, com a perna em uma posição mais horizontal parece fazer menos forca na pedal embreagem.

  • Thiago Ramos

    VIsh, to no meu quinto Fox, sou suspeito demais pra falar. Já tive um Trend 2009 1.0. Era basicão, mandei por trava elétrica pra não esquecer porta aberta. Puta merda, o carro era duro demais! Hahahaa, na cidade era meio manco, mas na estrada achava ele bem honesto. Conseguia manter 140/150 tranquilo sem muita intromissão do motor na cabine. Já o acabamento era sofrivel. Também achava o consumo dele excelente, fazia uns 13 na cidade com gasolina e uns 16/17 na estrada. Na epoca o alcool não valia a pena então eu nem usava. Passei pra um Cross 2005, um alcólatra inveterado, fazia 5km/l no etanol na cidade e max 8 de gasolina. Viajei demais com ele e gastei uma fortura. Era barulhentasso com aquele motor 1.6, mas honesto na força e na potencia, e tinha direção e ar, entao era bem luxuoso comparado com o Trend. Depois fui pra um Prime 2010/11 completasso + teto solar, airbags, abs, era um carro totalmente diferente, já com o motor VHT torcudão mas decepcionante em alta, na estrada era bem sofrivel, mas era economico na medida e bem confortável, além de não ter me dado manutenção quase nenhuma, além da periódioca. Durante o Prime, apareceu a oportunidade de pegar um Space 2010, modelo antigo ainda, Trend, gostei mais do que o cross pelo fato do cambio ser mais longo e ja vir com o motor VHT também. Hoje tenho um Highline com todos os opcionais, 2015 1.6 16v e to muito satisfeito, principalmente com relação ao consumo e desempenho. Na estrada da pra manter 160/170 (em locais apropriados) sem muito esforço em 6a marcha e com menos de 4000rpm. Na cidade ele tem feito em torno de 8.5/9kml no etanol, o que acho admirável, já que moro em BH, mas evito bastante transito também. Na estrada faz entre 9.5/11 no etanol, depende bem do pé, da carga, mas não passa muito disso.

    • ricardo alves de carvalho

      tenho um highline 1,6 16v também…o consumo na estrada no álcool consegui ficar na casa dos 11 km litro,,,,ele roda muito suave mesmo em altas velocidades.

      • Thiago Ramos

        Meu pé é bem pesado na estrada, por isso acho que o consumo nao difere tanto do da cidade. Acho que a sexta deveria ser mais longa, pq quando tira dela e poe na quinta, não faz diferença, tendo q tirar e por a quarta direto. O barulho do botão de freio de mão é insuportável, ninguem consegue resolver hahaha

        • ricardo alves de carvalho

          Tenho este mesmo problema no botao do freio de mão…passo fita isolante…e terrível aquele texto tec

  • Tiago Batalha

    Freio travar por causa da correia poly-v? Isso não existe! Dependendo do carro pode perder: a Direção Hidráulica, Ar condicionado, e até o alternador deixa de carregar a bateria. Mas um dica simples para evitar essa situação é; trocar a correia dentada no prazo correto (ou se possível antes do prazo), E SEMPRE trocar junto a correia poly-v (e correia auxiliar, quando for o caso). Muitas oficinas nem cobram mão de obra para trocar a correia poly-v e auxiliar (isso dependendo do carro/ dificuldade). Ou seja muitas das vezes é somente o custo da peça (correia) que geralmente custa entre 20 e 100 reais.

    • ricardo alves de carvalho

      ja perdi um correia poly v….ainda longe da km recomendado para troca,,,,mas afetou a direção, o ar, e alternador e só, voltei para casa rodando bem devagar, pensei comigo se a poly v rebentou e se a dentada rebentasse também,,,,mas foi um problema pontual apenas….

  • Ricardo Blume

    Quanto a perda de potência ao ligar o ar condicionado é isso mesmo. Carros 1.0 tem pouca potência e o ar rouba força mesmo. Cansei de ter que desligar o ar ao fazer uma ultrapassagem ou em subidas. Não tem milagre. Bacana seu relato. Tente um Fox 1.6 e verás que é outro mundo. Abraço.

  • Hugo Leonardo Dos Santos

    Olha, eu tinha um celta 70 CV e o bichinho na cidade andava bem pra caramba, na estrada chegava nos 100 km/h ai não rendia mais. Depois peguei um Sandero 17/18 já 3 cilindros e minha esposa tem um Picanto 16/16 3 cilindros. Mesmo com ar ligado não sinto diferença nenhuma em relação a rendimento, andam bem pra caramba, diferença só em consumo mesmo . Acho que esses carros 1.0 3 cilindros 12 válvulas são muito bons.

  • HugoCT

    Falou tudo. É bem isso mesmo, pois minha esposa tem um 2012 trend 1.0 rsrsrs

  • Heleno

    Problemas no vidros parece ser muito comum nos FOX, agora o consumo me deixou espantado, jurava que fosse um carro bem econômico, ainda mais 1.0

    • Guedes

      Tem alguma coisa errada com o motor dele. Eu tive Fox e o consumo não era esse nem de perto.

  • CharlesAle

    Matéria boa essa do Fox. Mas a que me impressionou mesmo foi a do Fusion Hibrid, desconfiava até, mas não imaginava que aquele carro é tão bom…Quem sabe um dia…

    • Wellington Myph13

      Só tem que ir de zero, e ficar com ele no máximo 3 anos, porque já tem diversos relatos de Fusion chegando aos 7-8 anos de uso, precisando trocar a bateria, e a troca é só de míseros 30mil reais, rs…

    • Geraldo Xavier

      Gol e voyage também sofrem do mesmo problema. O carro tem vidro nas 4 portas só que de péssima qualidade. Os reparadores já tem o kit dele com cabos reforçados pro problema acabar

      • ricardo alves de carvalho

        no meu primeiro fox 2009-2010 o cabo de aço dos quatro vitros rebentaram na cabeça que faz a fixação dele no motor,,,,em um intervalo de 4 meses,,,,o reparador já me avisou quando troquei o primeiro cabo,,,,,pode esperar que todos vão rebentar,,,dito e feito

        • Geraldo Xavier

          E ele colocou o reforçado?

  • Aristeu Junior

    Minha mãe tem um igual, unicos defeitos do carro foram:
    quebra do ajuste do difusor de ar inclusive o seu tbm tem esse problema, é bem típico dos FOX G2, nunca vi nenhum que não quebrou, e o pior, quebra sozinho.
    calota original é de encaixe e cai sozinha, subsituidas por paralelas que são presas junto com o parafuso da roda
    e só, o resto foi só coisa de uso (pneus, velas, correias, filtros e óleos…)

  • ricardo alves de carvalho

    estou no meu 3 fox,,,,,1 fox 1.0 trend 09-10 comprado dez-09 zero na css…completo 4 portas pintura metálica + roda liga leve rodei 60.000 km 2010,2011,2012 econômico e muito completo para época, ar gelava muito…media nas viagens nordeste acima de 15km já tendo feito ate 17,9 sem ar, tudo marcado na bomba…. gostei muito e troquei por outro..2 fox 1.6 prime comprei usado 27.000 km com um ano de uso em janeiro 2013,,,rodei 60.000 km 2013,2014,2015 motor muito forte em baixa rotação com pegada boa na cidade e boa na estrada, porem não e elástico na velocidade final…consumo 16,7 gasolina com ar marcado na bomba…rodando a 110km na anhanguera e d. pedro…continuei gostando do carro e fui para meu… 3 fox e atual no momento,,,fox 1.6 msi 16v ea211 14-15 comprei usado com 8.200km em fevereiro 2016…fez agora no mês passado dois anos na minha mão e esta agora com 43.838km muito completo e moderno com este novo motor ea211 e cambio 6 marchas , fez 16,3 gasolina com ar e 11,2 álcool com ar sempre medido na bomba no mesmo trecho anhanguera e d. pedro a 110km…carro fantástico na estrada….são 8 anos de fox e mais de 150.000km rodados….carro bem completo com excelente posição para dirigir, grande área envidraçada e boa visibilidade, ótimo espaço interno…pecas fáceis de achar e e baratas comprar …o carro e robusto e confiável com mecânica simples…tem bom valor de revenda, valor de seguro e imposto na media do mercado….só para exemplificar minha ultima troca de óleo ( 4 lts óleo sintético 5w40 api sn 508888vw castrol maxi performance) mais filtro de óleo, cabine, combustível, ar …todos fram ficaram em 190,00 reais mais 20 reais mão obra na dpaschoal…..o que eu não gosto mas e uma característico deste carro são os barulho internos e ser muito duro ( principalmente por usar 195x55x15 pirelli p7) algo que pode ser amenizado trocando por pneus de outras marcas com michelin e goodyear….este carro cai como uma luva para minhas necessidades por isto continuo na linha fox…tenho interesse em uma spacecross 2016 2017…vamos ver o que o futuro nos reserva.

  • Paulo AUGUSTO DE SOUSA

    Bom relato. Também tive um fox 2010/2011 (meu primeiro carro). Comprei ele zero e tinha esse problema das palhetas. Troquei várias vezes e nada. No meu caso a correia poly V arrebentou com 3 anos de uso. No mais, era um bom carro, apesar de ser muito pesado para o motor 1.0. Viajei com ele umas 3 vezes de BSB X RJ e sofria um pouco nas subidas e retomadas.

    • ricardo alves de carvalho

      ja perdi uma correia poly v também….carro mil e assim mesmo,,,mas mesmo sendo 1.0,,,entre todos os outros 1.0 que tive e outros que andei achei ele o mais forte.

  • Guedes

    Eu tive um quase igual, só que era ITREND, tinha os controles do rádio no volante. Peguei zero em 2011 e rodei até os 35 mil e vendi em 2014.
    Não achava ele fraco não e nem beberrão. Muito estranho o seu relato quanto a isso, o Paio é notoriamente mais beberrá e lento, todos donos de Palio relatam lerdeza.

  • Speed Racer

    Tive um Prime 1.6 2011, ótimo carro!

  • Carlos Vinicius Amadeo Rosin

    Amigo minha esposa tem um 2010 Trend com os mesmo acessórios que o seu e concordo com seu relato. Pontos principais do carro são o espaço interno, robusto e os acessórios como o I System (que é muito bonito combinado com o azul e ponteiros vermelhos) que na linha 2012 virou opcional…os trio elétrico acredito ser opcional também além do alarme na chave. Realmente o carro é fraco e beberrão. Minha mulher não consegue média maior que 6,5km/l /sem o AC ligado no alcool na cidade e 9,5Km/l na estrada…olha que moro em Maringá-PR e não temos ladeiras por aqui. Na gasolina consegue-se 9,5km/l cidade e 15 Km/l estrada. Pontos negativos do carro não haver a opção de abrir o portamalas por dentro do carro ( só manual ou botão da chave)…quer dizer voce está com carro ligado e quer colocar algo na mala, tem que desligar o carro pra abrir…esta só existe os Fox que não vem com trava elétrica, os vidro eletricos que o kit de cabos nao vale nada…quebram a cada 2 anos e os traseiros que se usa menos até mais cedo e a direção que passa bastante trepidação do piso…do resto o carro é alegria.

    • Carlos Vinicius Amadeo Rosin

      Detalhe, hoje o carro tem 42 mil km e a manutenção que fiz foi trocar correias dentada e poly-v, velas e cabos NGK (originais são Bosch), as sofríveis buchas de bandejas que só trocando para as do Crossfox para resolver o barulho e pastilhas de freio.

      Outra manutenção PERIGOSA que tive que fazer foi trocar o flexivel que liga o tanque de combustivel ao bocal…ele resseca com o tempo e quando voce coloca mais de 3/4 no tanque vaza combustivel..mas se voce não perceber o risco de incendio é grande..custou R$ 20,00 na VW mais o custo do mecânico para troca.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email