Carros com teto solar até 20.000 reais

Carros com teto solar até 20.000 reais

Para muitas pessoas, ter um carro com teto solar é um sonho que custa caro, mais precisamente na casa dos R$ 90 mil em nosso mercado. Entre os usados, porém, a situação é bem diferente, com várias opções abaixo dos R$ 20 mil.


Como destacamos em todas as listas para quem tem um orçamento limitado, modelos nessa faixa de preço exigem uma boa dose de paciência até você encontrar uma unidade em boas condições.

Especialmente nos carros com teto solar elétrico, não deixe de verificar todos os seus comandos para se certificar que tudo está funcionando corretamente. Caso contrário, você terá um gasto desnecessário logo de cara.

Além disso, pense em qual tipo de teto solar você procura, pois as diversas opções abaixo oferecem desde uma abertura menor até aqueles que cobrem quase todo o teto, incluindo a área acima dos passageiros de trás.

Leia também: carro com teto solar até 40.000 reais

Para criarmos essa lista, novamente levamos em conta os valores da tabela Fipe. Isso é importante pois as ofertas podem variar muito dependendo da localização do anúncio, nível de conservação do carro, quilometragem acumulada e diversos outros fatores.

Depois de analisar todas as opções até R$ 20 mil, colocamos os modelos mais novos nas primeiras colocações (sempre com imagens apenas ilustrativas), o que aumenta a chance de encontrar aqueles que tem uma quilometragem mais baixa.

Se você está procurando por um carro com teto solar e não quer gastar mais que R$ 20 mil, confira nossa lista!

Confira as mais de 150 listas Top 10 que temos no nosso site!

Peugeot 207 Quiksilver 1.4 2010 – R$ 19.800

Carros com teto solar até 20.000 reais

A série especial 207 Quiksilver foi anunciada pela Peugeot no início de 2010, com valores próximos de R$ 40 mil para as versões de duas ou quatro portas. Hoje, o francês é tabelado por menos da metade disso.

O principal item dessa versão era seu teto solar com acionamento elétrico, algo que a marca já tinha feito com o anterior 206 Moonlight (leia mais sobre ele logo abaixo). Esse equipamento proporcionava uma abertura de 73,4 cm de largura por 52,9 cm de comprimento.

Além disso, o Peugeot 207 Quiksilver vinha com diversos outros itens, como direção hidráulica, ar-condicionado, faróis de neblina, vidros elétricos (dianteiros e traseiros), sistema de som com CD Player e MP3, entre outros.

O motor era o já conhecido 1.4 flex de 82 cv e 12,8 kgfm de torque, aliado ao câmbio manual de cinco marchas.

Peugeot 307 Presence Pack 1.6 2008 – R$ 19.200

Carros com teto solar até 20.000 reais

A Peugeot é uma das marcas que mais apostou no teto solar como um diferencial em seus carros, especialmente em versões especiais. Uma prova disso é que temos outros dois modelos para completar as primeiras posições de nossa lista.

No caso do 307, esse item apareceu na versão Soleil, quando o modelo vinha da França no começo dos anos 2000. Logo depois, o mercado nacional passou a recebê-lo da Argentina, quando essa versão passou a ser chamada de Presence e Presence Pack.

O teto solar era um opcional escolhido por boa parte dos compradores, o que faz com que o mercado de usados tenha uma boa oferta do Peugeot 307 com esse item. Além dele, o francês vinha com ar-condicionado, airbag, direção hidráulica, sensor de estacionamento, rádio com CD Player, entre outros itens.

Seu motor 1.6 entrega até 113 cv e 15,8 kgfm com etanol, aliado ao câmbio manual de cinco marchas. Esse mesmo conjunto é visto no 307 Sedan 2008, tabelado em R$ 19.700.

Peugeot 206 Moonlight 1.4 2008 – R$ 15.400

Carros com teto solar até 20.000 reais

O Peugeot 206 Moonlight apareceu como uma série especial em abril de 2007, mas sua aceitação foi tão boa que a marca decidiu estender sua produção no Brasil.

A grande sacada foi oferecer o teto solar (que vinha com tapa-sol) num segmento que não estava acostumado a tal item, e isso permite ter o modelo usado com valor bem abaixo dos R$ 20 mil que usamos nessa lista.

Ele ainda vinha com ponteira do escapamento cromada, bancos com revestimento exclusivo, ar-condicionado, direção hidráulica, faróis de neblina, vidros e travas elétricos e rodas de liga leve. Sua lista de opcionais ainda incluía sistema de som com CD, MP3, entrada auxiliar e conexão para iPod, além de alto-falantes e haste de antena cromada.

Debaixo do capô, o 206 Moonlight oferecia o motor 1.4 de 82 cv e 12,8 kgfm de torque, com câmbio manual de 5 marchas.

Fiat Idea ELX 1.4 2006 – R$ 20.000

Carros com teto solar até 20.000 reais

A Fiat entrou no segmento das minivans em 2005, quando lançou o Idea (já como modelo 2006) nas versões ELX 1.4 e HLX 1.8. Ambos tinham uma grande novidade como opcional: o teto solar Skydome, que custava R$ 4 mil.

Não é difícil encontrar um modelo usado com esse item (ele saiu da lista de opcionais em 2013), que até hoje se destaca por oferecer 70% da área do teto com vidro. A parte sobre os bancos dianteiros pode deslizar ou inclinar através do comando elétrico. Ainda existe a função um toque e o sensor antiesmagamento.

Além disso, a versão ELX vem de série com direção assistida, sistema My Car, computador de bordo, vidros e travas elétricos, banco do motorista e volante com ajuste de altura, apoio de cabeça para todos os ocupantes, entre outros.

O motor 1.4, muito usado pela Fiat, entrega 81 cv e 12,4 kgfm de torque, com câmbio manual de 5 marchas. Já a versão topo de linha tinha o propulsor 1.8 de 114 cv e 18,5 kgfm, mas as unidades 2008 são tabeladas em R$ 22.800.

Ford Focus Ghia 2.0 16V 2006 – R$ 19.670

Carros com teto solar até 20.000 reais

Falar do Focus Ghia logo nos lembra de um modelo recheado de itens de série, o que fez o hatch da Ford ser bastante procurado quando era vendido no Brasil. Se você procura por um carro com teto solar, ele ainda pode ser uma boa opção.

Representante da época de ouro do segmento, quando brigava com Astra, Stilo, 307 e outros, o Focus Ghia 2006 apresentava seu novo motor 2.0 Duratec, que entregava expressivos 147 cv e 19 kgfm de torque. Havia a opção de câmbio manual de cinco marchas ou automático de quatro velocidades.

Além do teto solar, a versão Ghia tem bancos em couro, apliques de madeira no painel, banco com ajuste lombar, ar-condicionado automático, volante multifuncional, luzes de cortesia na dianteira, airbag duplo, encostos de cabeça e cintos de três pontos para todos os ocupantes, entre outros.

Outras versões desse modelo que também valem a pena são o Focus Ghia 2.0 16V com câmbio automático (tabelado em R$ 20.100 nas unidades 2005) e o Focus Ghia Sedan, que tem o mesmo conjunto mecânico e custa R$ 19.900 nesse mesmo ano.

Audi A3 1.8 Turbo 2004 – R$ 19.900

Carros com teto solar até 20.000 reais

Sonho de muitos no começo dos anos 2000, o Audi A3 tinha diversas opções no mercado brasileiro. Uma delas é a versão de 2004 com motor 1.8 turbo, que custa abaixo de R$ 20 mil na tabela Fipe.

Por ter um visual ainda mais esportivo, a maioria dos compradores optava pelo teto solar. Isso faz com que o mercado de usados ofereça diversas unidades com esse item, tendo ainda diversos outros equipamentos.

Seu motor 1.8 tinha três versões por aqui, sendo a mais potente aquela auxiliada pelo turbocompressor, entregando 180 cv e 23,9 kgfm de torque. O câmbio manual de cinco marchas garantia muita diversão ao volante.

O preço apresentado acima, porém, é da versão com 125 cv. Mas se você prefere o A3 mais potente, saiba que as unidades ano/modelo 2002 são tabeladas em R$ 20,1 mil, o que ainda está próximo da faixa de preço proposta aqui.

Fiat Stilo Abarth 2.4 20V 2003 – R$ 18.800

Carros com teto solar até 20.000 reais

Em 2002, a Fiat apresentou o Stilo em nosso mercado, trazendo um concorrente de peso para o segmento. Melhor ainda, ele tinha o mesmo visual da Europa, assim como Astra, Golf, Audi A3, Focus, Mégane e 307.

Numa época em que os hatches eram tão procurados quanto os SUVs são hoje (sim, isso faz tempo), a Fiat sabia que precisava apresentar algo diferente. Uma prova disso era a versão topo de linha Abarth, que tinha motorização exclusiva e teto solar elétrico.

Esse equipamento, chamado Sky Window, era composto por cinco lâminas de vidro que abriam em conjunto. O teto solar aberto do Stilo Abarth se tornou uma marca registrada, além de proporcionar mais luminosidade e ventilação para todos os ocupantes.

O modelo ainda vinha com sistema de áudio com MP3 (com quatro alto-falantes, subwoofer e amplificador de 100 watts), piloto automático, sistema auxiliar de estacionamento, faróis automáticos e rodas de 16 polegadas (com as opcionais aro 17).

O motor era outro ponto positivo, já que o 2.4 20V entregava 167 cv e 22,8 kgfm de torque, com câmbio manual de cinco marchas.

Chevrolet Vectra CD 2.2 16V 2003 – R$ 17.400

Carros com teto solar até 20.000 reais

Outra boa opção no mercado de usados é o Vectra, que oferecia um excelente nível de equipamentos na versão CD com motor 2.2 16V. Além disso, o sedã trazia um porta-malas de 500 litros, superior aos hatches citados acima.

Em boa forma no mercado nacional, o modelo da Chevrolet vinha com controle de tração, câmbio automático com diversos recursos, volante multifuncional com ajuste de altura, bolsas infláveis, trio elétrico, direção hidráulica, ar-condicionado, freios a disco nas quatro rodas e teto solar.

O motor 2.2 16V usado pelo Vectra também é outro ponto forte desse sedã, entregando 138 cv e 20,7 kgfm de torque. Ele é aliado ao câmbio manual de cinco marchas ou automático de quatro velocidades.

Ford Mondeo Ghia 2.0 16V AT 2003 – R$ 19.760

Carros com teto solar até 20.000 reais

A penúltima opção em nossa lista (ordenada por ano) é o Mondeo Ghia, sedã que carrega o mesmo sobrenome do Focus já citado anteriormente. Ou seja, temos a certeza de um carro bem equipado.

Com preço tabelado um pouco abaixo dos R$ 20 mil nos modelos 2003, o Ford tinha duas versões que se diferenciavam apenas pelo câmbio. O motor era sempre o 2.0 Duratec de 143 cv e 18,9 kgfm, aqui com a transmissão de quatro velocidades.

Além do visual muito elogiado na época, o Mondeo Ghia oferecia retrovisores elétricos, ar-condicionado automático, direção assistida, múltiplos airbags, faróis de neblina, rádio com CD Player, teto solar e rodas de alumínio de 16 polegadas.

Chevrolet Zafira CD 2.0 2002 – R$ 19.400

Carros com teto solar até 20.000 reais

Para muitos, a Zafira foi a melhor minivan que a Chevrolet já vendeu no mercado brasileiro, e esse modelo também teve uma versão com teto solar e diversos outros equipamentos.

Além disso, ela foi a primeira a oferecer sete lugares em sua faixa de preço. Apesar do visual menos ousado que as concorrentes Scénic e Xsara Picasso, as qualidades de seu interior compensavam no final.

A Zafira CD tinha as versões 2.0 8V e 2.0 16V, podendo ser equipada com direção eletro-hidráulica, ar-condicionado, faróis de neblina, rodas de alumínio, airbag duplo, freios ABS e rádio. Tudo isso, é claro, além do teto solar.

Vale procurar por uma unidade que tenha esses itens, o que não é difícil no mercado de usados. O motor da versão mais barata tem 136 cv e 17,3 kgfm de torque, enquanto a opção 16V tem 19,2 kgfm. O câmbio é sempre manual, com cinco marchas.

Outros carros com teto solar até 20.000 reais:

  • Volvo V40 2.0 Turbo 2002 – R$ 19.600
  • Honda Accord EXR 2001 – R$ 17.800
  • Toyota Camry XLE 3.0 24V 2000 – R$ 18.000
  • Volvo S70 2.5 AT 2000 – R$ 17.300
  • Volkswagen Golf GLX 2.0 1999 – R$ 16.500
  • Ford Taurus LX 3.0 V6 1998 – R$ 16.760
  • BMW 318i 1997 – R$ 19.200
  • Mercedes-Benz C240 Elegance 2.4 1997 – R$ 20.200
  • Ford Escort GLX 1.8 1996 – R$ 8.600

Viny Furlani

Formado em Gestão de Negócios, trabalha no segmento automotivo há mais de 17 anos. Em 2009, passou a escrever avaliações e notícias sobre carros, totalizando mais de 2.000 artigos, em vários sites. Além das matérias escritas para o NA, também cuida das mídias sociais do site.