Longform Mercado Minivans Nissan Preços

Experiência na compra de um carro de sete lugares

nissan-grand-livina-2-620x377 Experiência na compra de um carro de sete lugares

Moro no Rio de Janeiro e, em julho de 2014, nossa família foi abençoada com a vinda de mais um bebê. Temos um menino de 6 anos e no início de 2015, chegou nossa filha. Junto dessa novidade, precisaríamos trocar de carro, um carro que fosse possível carregar 7 pessoas, pois sempre temos os avós em casa e sair com bebê sem estar na cadeirinha está fora de cogitação.



Pesquisa por novos

Pois bem, em abril de 2015, comecei a pesquisar pelos carros que possuem essa configuração (Grand Livina, Spin LTZ, J6 e Doblò).
Comecei pelo modelo que mais me interessava, a Grand Livina. De todas que pesquisei, foi a que teve as melhores referências, um ótimo motor e um melhor aproveitamento do espaço interno. O preço que foi passado na época era de R$ 66.600,00 para a versão automática com bancos de couro. Ponto negativo: saiu de linha em dezembro de 14. Portanto, todas as unidades disponíveis eram 14/14 ou 13/14, mas poderiam me atender sem problemas.

nissan-grand-livina-2012-brasil-1 Experiência na compra de um carro de sete lugares

Fui para a Chevrolet, pois a Spin era minha segunda opção. Achei a posição de dirigir, junto com o MyLink, uma combinação ótima. O espaço das 2ª e 3ª fileiras era nitidamente menor que o da Livina, porém, a minivan da GM é um carro que ainda está em linha de produção, apesar de achar seu design controverso. O que me espantou foi o preço cobrado pela versão LTZ, que tem MyLink: R$ 71.000,00. Isso sem bancos de couro e quase nenhuma margem de negociação. Acho que a marca ou está vendendo muita Spin, ou produzindo poucas unidades.

chevrolet-spin-2016-ltz-2-700x500 Experiência na compra de um carro de sete lugares

Resolvi seguir para a JAC, pois apesar de todo o preconceito que o brasileiro tem com o carro chinês, fui de peito aberto para conhecer a novidade e, dependendo do que fosse oferecido, por que não arriscar? Chegando lá, fui muito bem recebido e apresentado ao carro, o modelo J6. Este possui um belo exterior e, agora com o face lift, o interior ficou realmente lindo. O monovolume é o único que possibilita uma grande variação na configuração de bancos, podendo retirar para carregar bagagens. Muito interessante.

jac-j61-700x427 Experiência na compra de um carro de sete lugares

O que assustou foi o preço oferecido de R$ 75.000,00. Isso sem bancos de couro ou multimídia. Embora estivessem abertos para negociar, eu não quis continuar. Acredito que houve uma falha de estratégia comercial, dando um preço muito acima para cair aos poucos. Não gosto dessa estratégia, pois prefiro que me passem o melhor preço para negociarmos. Não sei se houve realmente isso, mas achei o preço cobrado um absurdo. Muito acima dos concorrentes.

fiat-doblo-2015-9-700x546 Experiência na compra de um carro de sete lugares

Dando sequência em minha busca, fui para a Fiat colher informações do Doblò. Essa era minha última opção, pois além de ser um carro totalmente defasado, cujo projeto é da década passada, acho ele muito feio. Mas como meu objetivo principal não é a beleza, vamos ao que interessa.

Perguntei pela versão Essence 1.8, pois a 1.4 é muito fraca até para o Palio, imagina num Doblò carregado. O vendedor me informou o preço de 69.500,00 e, para a Adventure, R$ 78.000,00. Fiquei me perguntando se os carros estão muito caros ou se eu estou ganhando muito pouco! Realmente, pagar quase 80 mil num Doblò, está fora dos meus planos.

Com essa pesquisa feita, fui para casa sem fechar nada e com a certeza de que os preços estão absurdos. Tendo isso em mente, comecei a procurar pela internet, todas as opções dos carros acima, porém usados. Nada com mais de 20 mil Km rodados ou mais de 2 anos de uso. Paralelo a isso, pesquisei também a opinião dos donos dos respectivos automóveis.

Pesquisa por usados

Comecei a busca pelo J6. Como informado, estava em busca de modelos com no máximo 2 anos de uso e baixa quilometragem. Encontrei algumas unidades 13/14, que variavam de R$ 59 mil a R$ 63 mil. Ainda acho muito caro por um usado chinês. Decidi procurar pelo Doblò usado. Todos acima de R$ 50.000 e com alta quilometragem. Não era isso que estava procurando.

Restou as opções que mais me agradavam, Grand Livina e Spin.

A Spin, seguindo a lógica da GM para novos, também com preços variando entre R$ 56 mil e R$ 59 mil com 2 anos de uso e quilometragem dentro do que esperava. Com preços entre R$ 49 mil e R$ 52 mil, a Livina passou a ser a melhor opção para minha garagem e bolso. Restava agora encontrar uma dessa em bom estado.

nissan-grand-livina-1-700x445 Experiência na compra de um carro de sete lugares

Antes de começar essa busca, resolvi ligar para algumas lojas da Nissan aqui no Rio de Janeiro, pois este carro saiu de linha e poderiam ter algumas unidades ainda em estoque com bons descontos. Realmente ainda existiam carros em estoque, mais precisamente 4 unidades para o grupo Nissan, sendo 1 unidade 13/14 manual, 2 unidades 13/14 automáticas e 1 unidade 14/14 automática. Os preços variavam de R$ 49 mil a R$ 55 mil.

Negociei com todas as lojas ao mesmo tempo, mas acabei desistindo das unidades 13/14, por ser informado pela Nissan, que estes modelos só possuem garantia de motor e caixa de câmbio, tal como carro usado. Fiquei surpreso ao saber que não teria os 3 anos de garantia, sendo que se tratava de carros zero km. Fui então determinado na Grand Livina 14/14 completa e negociada ao preço final de R$ 54.500,00.

Achei que foi um bom negócio, mesmo sabendo que era um carro fora de linha, mas com um preço que estava mais baixo que alguns usados com 2 anos! Mesmo não tendo alguns itens interessantes como MyLink, volante multifunção e as 6 marchas da Spin, é um carro que, além de custar quase R$ 17.000,00 a menos, tem um excelente motor 1.8 com 126 cv e câmbio automático, que apesar de 4 marchas, é muito bem escalonado. O modelo possui interior em couro e o maior espaço interno dentre as opções que mais me agradavam.

Vale ressaltar que o objetivo foi puramente funcional. Este não é nem de longe minha preferência de modelo, que recai sobre os sedãs, mas como a vida muda a cada instante, me vi numa situação em que foi necessária a troca do meu sedã por uma minivan de 7 lugares.

Espero que esse relato ajude a quem esteja numa situação parecida, a ter uma visão bem ampla, considerando diversos modelos, novos e usados, abrindo a mente para marcas e modelos, que mesmo fora de linha, podem ainda atender perfeitamente as necessidades de uma grande família.

Por Vinicius Luz.

  • saosao

    Legal, parabéns pela aquisição!

    Vc chegou a cogitar carros maiores, como a Freemont, por exemplo? isto é, se ela oferecer 7 lugares…

    • Nismo

      Freemont de 7 lugares custam mais de R$ 100k. Não estou dizendo que o Vinicius Luz não tenha condição de comprar, mas que esse valor está bem acima do que ele procurava e estava disposto a pagar.

      Me refiro a zero km, como o que ele adquiriu. Mas mesmo usado acho que passa da casa dos 80k.

      Acho que foi um ótimo CXB.

      • Hugo Henrique Silva Lange

        freemont 12/13 precision se acha na casa dos 70k.

        • Nismo

          Bom, mas o critério foi comparar um carro zero com outro zero, pois ele deu prioridade para isso.

          Dependendo do estado do carro é um ótimo preço também.

          • 4lex5andro

            nesse segmento, a zafira faz falta, bem como a renault scenic ..

            • Nismo

              Fato!

            • Alessandro Lagoeiro

              Mas se ele cogitava usado, Zafira não era caso de considerar?

            • Leandro Balmant

              Acho que a Zafira faz uma falta enorme. Mesmo ela sendo desatualizada era excelente.
              Acho que poderia ter o câmbio de 6 marchas e manter o 2.0, já estaria suficiente.

        • Andre Monteiro

          Ai o problema fica no seguro e manutenção e revenda (o ultimo pode ate ser questionavel). Jorney acha ate por 50 mil dependendo do ano, mas ai tem que bancar o fato de ser normalmente um carro mais rodado

      • Tem outro fator a ser levando em conta: consumo e manutenção, que pelo que conversei com proprietários e mais alto comparada a livina.

        • Vinicius Luz

          Exatamente! A freemont e sua irmã gêmea Dodge Journey, seriam perfeitas para minha necessidade, mas não para meu bolso. Uma dessas 0km de 7 lugares (precision) passam de 110K. e as usadas na faixa de 70 a 80K possuem uns 4 anos de uso. entra numa idade de manutenção, e peças caras. Por isso não considerei.

          • Mauricio Ferrari

            Olá Vinicius. Parabéns pela aquisição. Sempre considerei a Livina um carro de excelentes qualidades, principalmente a 7L. Eu teria uma dessas com gosto. Parabéns também pela procura de um melhor negócio. Se todos fizessem assim, nosso mercado seria diferente. Uma opção também teria sido a Citroen Grand Picasso. Maravilhosa, segura, espaçosa e completa. Eu sei porque tenho uma, rsrsrs Preços em queda no mercado de usados também. Espero que a Citroen importe o modelo novo para cá.

            • Rogério Barbosa

              Mauricio, estou pensando em comprar um Grand Picasso, usada, que caiba no meu orçamento, seria, ano 2008/09… Vc recomenda? Quais os pontos positivos e negativos do seu carro?

              • Mauricio Ferrari

                Eu recomendo sim. A grande sacada é na hora de comprar o carro, observar bem o estado de conservação dela. Tente descobrir se o proprietário anterior era cuidadoso com a manutenção, observe pontos críticos de desgaste pra ver se foram trocados devidamente, analise motor, câmbio, suspensão. O ideal num carro dessa idade é levar a um mecânico de confiança pra avaliar melhor. E tenha em mente que pode dar alguma manutenção, afinal qualquer carro dá. Positivos…Espaço, conforto, segurança, pouco visado pra roubo,consumo (levando em consideração o peso) beleza (na minha opinião), qualidade geral de construção. (tudo no carro é bem projetado e construído, funciona bem). Negativos. Revenda difícil, desvalorização um pouco maior que nacionais, peças mais caras. Mas raras vezes terá que trocar essas peças. O maior problema depois de ter um carro desse, é a diferença na sensação de qualidade para os nacionais. Você vai achar difícil trocar depois por outro, rsrsrs.

                • Rogério Barbosa

                  Então, nessa faixa de preço, tenho como opção a zafira e a grand livina, 08/09 tbm. E, vendo o que cada carro tem, não dá pra comparar o que oferece o C4 com os outros, em termos de beleza e conforto… Tenho um fiesta 2008 1.0 que ficou pequeno pra familia… rs

          • Jonathan

            Quando li seu relato, também fiquei com a mesma dúvida sobre eventualmente optar por um modelo maior, mas a tua resposta faz sentido…
            Uma dúvida, a Livina bem carregada, ar condicionado ligado e transportando 7 pessoas, anda “bem”? Dá conta do recado tranquilamente?

            • Vinicius Luz

              Jonathan. ainda não andei com ela carregada de bagagens, mas com os 7 ocupantes já. E não tive nenhum problema com o desempenho. É logico que precisamos ter em mente a funcionalidade do carro, e não esperar comportamento esportivo, embora tenha um bom motor. Para cidade, e viagens, sem problema nenhum.

    • Vinicius Luz

      Olá. cogitei sim. cheguei a pesquisar tanto a Freemont, quanto a Santa Fé, porém teria que abdicar da minha “quilometragem ideal”, pois os usados na faixa de R$ 70 a 80K, eram carros com 4 ou 5 anos de uso, com necessidades de manutenção, devido as quilometragens existentes. Também cheguei a pesquisar outra categoria, como SW4, Pajero Full, Mohave, porém para se encaixarem no orçamento, teriam quase 10 anos de vida. além disso, os custos com esse tipo de carro são muito elevado, como peças, seguro etc.

      • saosao

        Legal! vc respondeu à minha dúvida!
        Se o carro é maior, é mais caro e mais gastão (em todos os sentidos), não tem jeito.

      • Cesar Mora

        Parabéns pela escolha, e acredito que conseguiu um bom negócio sim.. até por ser um carro para ficar vários anos, e quando ele foi vendido já estabilizou a desvalorização por ter saído de linha…

      • Alessandro Lagoeiro

        E a Zafira? Tudo bem, só teria alta quilometragem, mas poderia sair bem mais em conta.

  • Valdir Lopes Junior

    Muito bom seu relato. A um ano e meio atrás, apostei todas minhas fichas numa Livina básica ano 2010. O carro tinha somente 22 mil kms, foi um achado. Sei que saiu de linha, mas é um excelente custo-benefício. Minha família e eu estamos adorando!

  • RyanSX

    Apesar do preconceito, achei que foi um ótimo negocio. Além do que Nissan e as nipônicas, tem a fama de serem bastante robustos. na parte mecânica. Alem do mais, creio que uma telinha e comandos no volante não justifiquem 17.000 de diferença, fora que o motor 1.8 da Spin é muito defasado.

    Parabéns pela pesquisa e pelo negócio valeu a pena pesquisar.

    • Vinicius Luz

      Ryan SX, também achei um bom negócio, se considerarmos que temos cross fox a 70K, prisma a 50K, e qualquer 1.0 no mercado de novos beira fácil os 45K. Por 54,5K eu peguei um carro para 7 pessoas, 1.8, automático, ar digital, e couro de fábrica.

  • Raphael

    parabéns pela aquisição e pelo relato, voce comprou um excelente carro por um preço ótimo(dentro do mercado brasileiro), eu sinceramente acho que a spin só vende bem por falta de opção no mercado, pois o carro é feio demais e apertado……a doblo apesar de ser defasada e cara, tem um ótimo espaço interno, mas também não me enche os olhos…….a J6 está cara pq, infelizmente temos que encarar a desconfiança quanto a essas montadoras chinesas, então uma possível revenda além de perder mais valor, deverá ser difícil encontrar comprador…….

  • MarcioMaster

    Bom dia, estou passando pelo mesmo problema aqui em casa, quero trocar o carro da minha esposa por um de 7 lugares e como não quero ir para grandes SUV’s a diesel usadas, até mesmo pela falta de espaço na garagem do prédio, e as opções são essas mesmo. Nenhuma é agradavel no visual, acho a Doblo o carro mais feio do mercado, mas como ja esta a tempo estamos acostumados. Eu não compraria um chines, alem de ter um amigo que tem uma e fala mal do carro. Veiculo fora de linha não compro, sobrou a Spin, que não me agrada em desenho, e a versão Activ (acho que é isso), não ajudou, portanto estou no mato sem cachorro. Que segmento mal explorado pelos fabricantes.

    • Túlio Leal

      Também tenho um colega que fala mal da J6.

    • Foxtrot

      Sempre vi o Kia Carens como uma boa opção nesse segmento e você encontra ela usada por preços atraentes, mas é um carro que já saiu de linha.

    • Arlindo Neto

      Já procurou ver o preço do Grand Picasso, as vezes vale a pena pagar um pouco mais, acho que entre os citados é que mais apresenta ser maior, confortável e completo. É o menos feio rsrs
      Nunca entrei em um, só vi fotos internas e vi passando pela rua pessoalmente, na verdade nem sei muito sobre o carro mas ele me agrada mais do que os citados.

      • Vinicius Luz

        Arlindo. A C4 Grand Picasso, realmente é muito mais CARRO, mas também muito mais CARO. Uma nova está R$ 100K. entra numa disputa mais com freemont. Meu orçamento era metade disso. Uma usada eu não considerei, pois as que caberiam no meu orçamento são de 2009 a 2011. Já muito usadas e com alta quilometragem. além de ter peças de reposição e custo de manutenção muito elevados.

        • Eder Iff

          sei que ja se passaram 2 anos apos este comentário, mas não podia deixar de comentar que a mecânica do livina (gran livina) são compartilhadas com as da Renault, tendo custo de reposição altos também assim como qualquer carro Frances, na verdade meu comentário não é preconceituoso com carros franceses, mas sim pelas pessoas que julgam pela nacionalidade do carro, conheço muitos taxistas de livina que jogam a arrogância de ter um carro japonês, mas não sabe que o motor, virabrequim, dentre varias outras peças são da Renault, portanto como um ex proprietário de um Picasso (o carro gente) digo que as peças podem ate serem caras, porem são bem duráveis, diferente de muitos carros populares que temos por ai, o maior problema deles é ter um mecânico de confiança que conheça bem o carro, tendo um, da pra fugir do assalto das concessionarias, e quem tem mecânico de carro francês de confiança, fica difícil querer outro carro, pois o conforto dos carros da Citroen por exemplo, são incomparáveis pelo custo beneficio.

  • João Wilker

    Em 2012 eu fiz a mesma pesquisa, pq tenho um comercio e não tenho condição para ter dois carros, pq o certo seria uma strada, mas a strada só vai duas pessoas então fui pra esse rumo de carros de 7 lugares.

    A spin estava pra sair mas nem quis esperar depois que eu vi as fotos em revista.
    Achei a Livina muito apertada, principalmente para quem vai lá atras, que é muito ruim para ter acesso aos últimos bancos ! além de ser muito feia, e muito básica.

    Fui ver o J6 com todo o preconceito do mundo, mas quando eu vi as diversas configurações do banco, e que todos os bancos saiam e virava um furgão o carro, achei bem interessante ainda mais pro meu ramo que tenho que levar muitas coisas.

    Dai veio as ventagens que as outras não tinha alem das configurações dos bancos, como freio a disco nas 4 rodas, ar condicionado digital, regulagem elétrica dos faróis, volante multifuncional, motos 2.0 e entre outras coisas.

    Tenho o carro a quase 3 anos e só agr que eu vou ter que mexer no meu bolso pq a homocinética zuou, mas nunca precisei tocar no meu bolso nem pra trocar uma lanterna, só as revisões mesmo.

    Lados negativos do meu J6

    frente muito baixa. E por causa da configurações dos bancos e por ser de couro e tbm por eles serem travados em metal do carro faz muitos nhec nhec internos
    Em subidas tem que forçar o motor 2.0, mas em retas ele anda bem, outra coisa que ele faz bem tbm é beber, bebe mais do que eu kkkkk, faz 7Lt por km. na cidade.

    Estou feliz com o meu chines kkkkkk

    • Louis

      Eu descartaria o J6 por não ser AT.

    • Gustavobrtt

      Homocinética “zoar” com 3 anos? Por isso que ninguém compra chinês mesmo.

      • João Wilker

        ASHUASHUHSUAHUh como eu curto ve algumas pessoas que cometam no NA.
        Que se acha super entendida de carros, mas que não entendem nada kkkkk

        Você julga carro pela idade dele ? Não faz isso meu querido, então quer dizer que vc julga que um carro de um taxista não pode quebrar nada em um ano que a marca do carro é ruim por ser Alemã, Japonesa, americana e tals ? E não pq o cara anda o dia todo com o carro ?

        Meu carro vai fazer 3 anos, mas ja tem 60 mil km rodados, tá pode ser prematuro ? Sim, mas existe um fator que eu passei em 5 alagamentos na mesma hora me locomovendo por SP no dia de chuva do ultimo verão,e fiz isso pra nunca mais, pq perdi a placa do carro e zuei a homocinética. E como vc é muito bem entendido de carro continue andando com a sua ferrari, que eu ando com o meu China, pq a grana que eu tenho pra comprar um carro, prefiro comprar um China do que essas carroças brazucas que muitas pessoas acham que são os melhores carros do mundo UHSAHUSHUSHUHAS. De andar com lixo dos carros brasileiros e andar com os lixos dos carros chineses prefiro o chinas, pq pelo menos pago um pouco menos e não preciso ficar arrumando retrovisores manualmente, meus passageiros não precisa ficar descendo ou subindo os vidros traseiros manualmente, e entre outras vantagens, e se não fosses os chinas vc ainda estava comprando carro sem nada, só com o motor !

  • Ediomar

    Se a Zafira estivesse em linha seria minha opção,nem olharia para as citadas acima,de longe uma das melhores minivans que já foram feitas por aqui,na minha opinião é bem superior que a feiosa Spin e suas concorrentes principalmente na versão Elite.

    • Alvaro Guatura

      E bota superior nisso, o projeto da Zafira é incrível. Deveriam no mínimo ter imitado a solução dos bancos no porta-malas, que alterassem o que fosse necessário.
      E mesmo se o projeto fosse equivalente, o acabamento da Zafira é muito superior ao da Spin, e o desenho externo é bonito/atual até hoje, harmônico, coisa que a capivara jamais será

      • Gustavo73

        A Zafira era superior até em equipamentos. Opção de 4 Airbags e ar-condicionado digital.

      • ObservadorCWB

        Já tive uma Elite – AB frontal E lateral, ar digital, computador de bordo, o sistema de bancos foi desenhado pela Porsche, o 2.0 Flex rendia muito bem, embora fosse beberrona com álcool. E quem vê a atual Opel-Zafira acha simplesmente fantástica. A Gm consegui a proeza de : nos anos 80 emplacar o Monza sempre os dez mais vendidos (e os outros nove eram modelos POPULARES), nos anos 90 emplacou Vectra como padrão entre os sedãs (pelo menos no moelo I e II- o Vectra Berasileiro III foi o começo da derrocada da GM). Os excelentes e atuais (na época) Kadett e Zafira………. HOJE É SÓ LIXO…..

        • Rogerio Venturella

          FATO!

        • alexandre

          Observador, vc resumiu em poucas linhas a triste trajetória da GM no Brasil.

      • Mr. On The Road 77

        A Spin substituiu a Meriva, mas deixou órfãos os fãs da Zafira…

        • Daniel

          E é inferior a Meriva em espaço para os passageiros e em outras coisitas mais… só ganha no espaço de portamalas e cambio automatico de 6 marchas.

    • Debraido

      O único problema, se a Zafira tivesse continuado em nosso mercado, seria o preço que estaria hoje (considerando que já está 2 gerações a frente da nossa). Acho que passaria fácil do 100k.

      • Túlio Leal

        É osso ser 3º mundo…

      • Louis

        Isso mesmo, as pessoas se esquecem que se tivéssemos Zafira, seria muuito mais caro que a Spin.

      • radiobrasil

        Zafira era mais cara que o Vectra na época… ou seja, hoje seria mais cara que o Cruze.. uns 15, 20k com certeza.

        • Debraido

          É bem por ai mesmo.
          A Zafira estaria no patamar da C4 Picasso em preços.

      • Ediomar

        Mas será que mesmo sendo aquela que ainda era vendida no Brasil seria tão cara assim hoje em dia ?,na minha opinião mesmo sendo ultrapassada perante a versão europeia EU,digo EU gostava muito assim como outros tantos sentiram falta quando saiu de linha.

        • Vinicius Luz

          Ediomar, eu concordo com você. Pelas opções que temos de 7 lugares, a GM poderia tranquilamente ter mantido a Zafira em linha. Mesmo sendo um projeto mais antigo, se fosse posicionada na faixa dos 70K, e a Spin na faixa dos 60, como deveria ser, teria ainda boas vendas.

    • Gustavobrtt

      Caso a Zafira ainda estivesse no mercado, não acho que fosse custar menos que R$80k ou R$90k. Ela sempre foi um carro caro. Só estão falando bem dela hoje em dia, pois saiu de linha e tem opções baratas no mercado de usados (as disponíveis bem surradas e muuito rodadas).

  • Alvaro Guatura

    clap clap clap! Parabéns, se todos fizessem isso teríamos um mercado mais justo.
    Eu não gosto apenas do acabamento da Livina, quando fomos comprar o “New” Fit aqui, que não é luxuoso mas bem montado, me senti num carro inferior ao entrar na Livina, mas em custo x benefício e 7 lugares certamente é uma das melhores opções.

    PS: a foto do Jac é do modelo antigo

    • Vinicius Luz

      Alvaro. É bem por aí mesmo. Para falar a verdad, nenhuma delas possui acabamento primoroso. mas isso eu já havia visto tanto fisicamente, quanto no youtube. (existem diversos videos sobre qualquer carro, com avaliações e opiniões dos donos)
      Além da pesquisa na webmotors, pesquisei pelas opiniões dos donos : http://www.carrosnaweb.com.br e também no you tube. Isso feito, planilha tudo no computador, para comparativos de dados e valores. Isso ajuda muito a já sair para busca nas lojas com uma opinião já formada sobre cada modelo.

  • ESouza

    Reclamar de design de carro de 7 lugares é igual reclamar de sutian de gestante que não é sexy rs.. eu sei eu sei, existem exceções claro, como o (a?) Dodge Durango por exemplo…

  • Gustavo73

    Meu cunhado no final do ano passado passou pelo mesmo dilema. Teve gêmeas, o TR4 não dava nem pro começo. Mas ele optou pela Spin, que na época custava menos.
    Mas a sua opção foi excelente, principalmente na questão cxb.

  • Bruno Wendel Marcolino

    saiu de linha? Mas ainda é anunciado no site da Nissan como carro a venda pela marca. Acho que não saiu não.

    edit: mas foi ótima compra, parabéns.

    • pedro rt

      a livina ja saiu de linha, ela so esta no site pq tem algumas unidades a venda ainda

      • Bruno Wendel Marcolino

        Se fosse por isso o Fiesta Rocam estaria no site da Ford ainda não?

        • Ela de fato já saiu de linha mesmo. A Nissan demora bastante para alterar o site, vide March Active ter ficado no site por tempo demais.

    • Vinicius Luz

      Bruno.acredito que ainda esteja no site, por ter unidades para venda. Mas nos lugares que pesquisei, a resposta que tive, é que a fábrica não faz mais a livina/grand livina.

  • Fanjos

    Pensar que uma Grand Caravan custa 25k lá fora

  • Hugo Henrique Silva Lange

    muito bom relato… estou começando a passar pelo mesmo… segundo filho chegando… familia sempre viaja junta… e terei que partir para um 7 lugares… mas nao iria para nenhum destes, o GRAND LIVINA é um magnifico carro… mas partiria para outro seguimento… uma sorento, usada, 7 lugares, ate mesmo a santa fe… creio ter mais conforto e segurança. parabens pela escolha, dentre as que haviam no gabarito, foi a melhor sem duvida alguma.

  • CorsarioViajante

    Ótimo relato, que epopéia! Realmente é engraçado, numa primeira olhada temos muitas opções mas conforme peneiramos vemos que o funil continua bem apertado. Os preços estão mesmo proibitivos e quase nunca recebe-se o suficiente para o que se paga.
    E o “oásis dos usados”, eu tive a mesma percepção, custam muito caro para carros que já foram usados e garibados sabe-se lá como.
    Acho que no fim você achou uma ótima brecha, muitas felicidades com o carro, a família e os avós!
    O que achei especialmente chocante é o preço da JAC… Não é à toa que não vende mais nada. E a terraplenagem da fábrica continua… rs

    • Alessandro Lagoeiro

      Deve estar usando a minivan para fazer a terraplanagem no terreno

      • CorsarioViajante

        Hahaha boa… Eita terraplenagem infinita!

  • Túlio Leal

    É… A vida de quem precisa de carro de 7 lugares não é fácil… pouquíssimas opções e projetos caros e defasados. Não é a toa que a menos piorzinha que é a Spin está vendendo muito bem.
    Estivemos nesse dilema ano passado, mas acabamos optando por uma Zafira Elite usada, que nos pareceu melhor que as opções existentes.
    Agora uma pergunta, Vinicius. Fiquei surpreso com sua informação de que a Livina tem melhor espaço que a Spin. Quanto fomos conhecer a Livina, achei o banco traseiro muito estreito. Tive a impressão de que não cabem 3 cadeirinhas ali atrás. Vc já tentou colocar 7 pax e não teve problemas?

    • Vinicius Luz

      Tulio. Em todos os carros fiz o mesmo teste. sentei no banco do motorista, ajustei a posição pra mim. Com o banco na minha posição, passei para o banco traseiro, e repeti essa operação para a 3ª fileira de bancos. E posso afirmar que a Livina tem o melhor espaço interno, principalmente na terceira fileira. Logicamente esse banco não é para adultos, mas meu filho está adorando. Um banco só dele.
      No meu caso, a cadeirinha será para minha filha, que vai na 2ª fileira junto com a mãe. Quando a avó está junto nesse mesmo banco, não fica nada folgado, mas conseguimos passear e viajar com segurança. Eu diria, que todos esses carros ditos de 7 lugares, levam mesmo 6 pessoas com conforto, se pelo menos 2 forem crianças!!!

      • Mr. On The Road 77

        Na real, é um 5+2 (cinco adultos e duas crianças).

        • Túlio Leal

          +Vinicius. Como falei, miha maior preocupação era mais de largura que de comprimento. Era a capacidade de, por exemplo, colocar duas cadeiras e ainda ir um adulto no mesmo banco.

    • Emerson Silva

      Tulio Leal a confusão é pq Livina citado é o Grand Livina. Diferente do Livina original..

      • Túlio Leal

        Não acho que deva ter diferença na largura dos bancos entre a livina e a grand livina. Minha impressão é de que a única diferença se dá no comprimento do carro. De todo modo, a que fomos conhecer era a Grand livina, e achamos o banco muito estreito para nossas necessidades. Se não tivessemos optado pela Zafira, acho que teríamos ficado com a Spin, entre outros motivos, por esse que expliquei.

        • Paulo

          A livina é estreita mesmo, tenho uma. Mas tem mais espaço pras pernas, ou seja o vão entre um banco e outro é maior.

        • Vinicius Luz

          Tulio. Eu fiz esse comparativo. A livina é sim mais comprida e mais estreita, mas isso não significa que a Spin tem maior largura para os bancos. A largura maior do carro reflete na lataria. O banco da Spin, é igual em largura ao da Livina.

          • Túlio Leal

            Ok, valeu!

    • Valdir Lopes Junior

      Na época em que estava pra trocar de carro, experimentei tanto o Spin como o Livina. A Spin, tem a segunda fileira de bancos entre os pneus traseiros, o que diminui bastante o espaço lateral, enquanto que a Livina tem o banco a frente dos pneus traseiros, o que dá mais espaço lateral.

      • Alessandro Lagoeiro

        Exatamente! Mas o design externo foi prejudicado com o excesso de lata pós-eixo. A função venceu a forma!

  • vin_cius_carvalho

    Parabéns pelo relato. Claro, objetivo e com todas as informações necessárias para quem quer adquirir um carro desse porte.

  • Louis

    Livina é um bom carro, o que mais me incomoda é a falta de regulagem da altura do cinto.
    Também falta regulagem de altura do volante, e a suspensão traseira é excessivamente dura.
    Pontos fortes: motor 1.8 é forte, anda muito (pelo menos na Livina 5 lugares). Apesar da simplicidade interior, o carro é muito robusto, quase não tem grilos internos com 120 mil km. Outra coisa que reparei é no bom projeto de vedação das portas (também muito bons na linha Honda e Toyota), praticamente não entra sujeira, e o fechamento das portas é suave, apesar de não ter borracha dupla.

    • klaus

      e não curti na Livina o péssimo isolamento acústico, com o som do motor invadindo a cabine.

      • Louis

        O que você andou era 1.6 ou 1.8 ? Já ouvi esta reclamação no 1.6 (que nunca andei), mas no 1.8 não me incomoda, aliás acho o funcionamento do 1.8 bem suave.

        • klaus

          não lembro, faz tempo, sei que era automático, mas o barulho incomodava bastante, fora isso gostei muito do carro.

          • Edson Fernandes

            Entao era 1.8.

  • Sem dó de marginal.

    Bom relato, parabéns pela escolha. Eu, já teria comprado uma Gran C4 Picasso….Acho a mais bonita de todas e o acabamento é top.

    • Vinicius Luz

      O problema da C4 Picasso, e a manutenção caríssima. Conversei com algumas pessoas sobre esse carro, e me falaram que ele é um pouco “problemático”. Não custuma dar problema, mas quando se tem…… como eu não poderia pegar uma zero, arriscar numa usada não estava nos planos.

      • Gustavo França

        Meus pais tem uma Livina 1.8 2010 automática, da de 5 lugares. Estão com o carro desde zero e usam pouco o carro. Na época que eles compraram eu tinha um Fit 2010 também e cada vez que pegava o carro da minha mãe ficava com uma inveja daquele motorzão… bom acabei vendendo o Fit em 2012, prioridade era quitar meu apê e troquei ele por um Impreza 95… que 3 anos depois ainda é meu (moro 2 kms de onde trabalho e so uso o carro para ir trabalhar quando tenho que levar o notebook)… mas voltando para a Livina, o espaço é bem maior que o da Spin atrás, além do motor ser bem mais forte. Já fiz inclusive mudanças com ela e sempre foi bem. Outro dia ia viajar para Cananéia e como o Subaru estava na revisão e aluguei um carro na Avis. Tinha pego um hatch premium 1.6 (Punto ou similar) quando cheguei na loja não tinham nenhum carro do porte, e me deram um C4 Picasso… adorei o carro, antes totalmente despercebido hoje vejo todos os dias alguns… e a vontade de pegar um é alta… não dá para comparar com Livina, Spin nem com a Zafira, acabamento e motor muito bons e a suspensão aguentou bem 10km de terra por vários dias…

      • Alex Bertuol

        Caríssima em parte. Meu pai tem uma Citröen C8 2004 há três anos que está com 110 mil quilômetros. As C4 Picasso/Gran Picasso compartilham da mesma mecânica. Os valores que ele pagou até hoje pela manutenção em autorizada são compatíveis com o nível do veículo. O calcanhar de aquiles dessa linha é o câmbio AL4 que é muito eficiente (apesar das quatro marchas), mas ao mesmo tempo, frágil. Ele teve que trocar o câmbio completo com 99 mil quilômetros. Foi remover o câmbio do carro, abrir a caixa e instalar o novo. Valor do serviço: R$ 6.300,00 com mão-de-obra, na autorizada. E garantia de um ano. Agora esta perfeita. E sem os tão falados trancos nas trocas de marchas.

  • pedro rt

    poderia ter dado uma olhada tmb na grand scenic ou na jac T8 q e uma excelente opcao nesse segmento, acho melhor q a J6

    • Vinicius Luz

      por incrível que pareça, eu vi a T8 no dia que estive na JAC. Estavam pedindo R$ 97K pela zero, e achei umas 3 usadas na webmotors no RJ por 80 a 90K. Muito interessante, mas pro meu bolso, muito pesado.
      Confesso que Grand Scenic eu não cheguei a ver. Isso é quase uma mosca branca, e já tem muito tempo que não vende esse carro na Renault. Não sei que condições acharia para esse carro. É o mesmo caso da Mitsubishi Grandis.

  • FerSaccon

    Cogitou a Kia Carens? Eu acho o desing dela bem acertado e o preço está na mesma faixa que estava procurando.

  • Renan Dias

    Parabéns pelo relato e pelo veículo, bem abrangente sobre carros novos/usados e ao mesmo tempo muito objetivo.

  • daniel germano

    Acho lindo uma minivan !!. A nissan livina não agrada muito , mas o doblo , spin , jac j6 , palio week/trek / adv e freemont me agrada bastante !!!.

  • Bittencourt

    Parabéns pela compra, fez um ótimo negócio!
    Se deixar para vendê-la daqui há uns 4 anos, nem vai perder tanto dinheiro assim.

  • Marcelo

    Muito legal o relato, parabéns pela “grande Família :-)”

  • João Cagnoni

    E o Grand Picasso?

    • Matheus Ulisses P.

      Ela é a mais top que temos no segmento, mas não é consideravelmente mais cara? “Zapeei” a net aqui agora e ela é pelo menos uns R$ 20 mil mais cara que Livina e Spin do mesmo ano.

      • João Cagnoni

        Eu achei o modelo usado por 50k.

        • Vinicius Luz

          Matheus. Não é que não exista. O problema é que esse carro de 50K são carros 2010/2011, com 43, 48, e 64 mil quilômetros. São carros que podem estar em excelentes condições, mas já requer uma manutenção mais apurada, e as peças para esses carros são muito caras. No meu caso, eu rodo muito, e logo logo, essas quilometragens passariam a ter 70, 80 e 90 mil km.

  • Matheus Ulisses P.

    Parabéns pela compra! Felizes são os europeus que possuem inúmeras opções excelentes nesse segmento.

  • Benjamin Machado

    Eu já tive o grand livina e tenho o spin de sete lugares…prefiro muito mais o spin…quanto ao preço, da para achar no icarroa 2015,59 mil e 2016 65 mil…estão querendo te roubar.abraco

  • Lúcio Maia

    Tinha uma Zafira Elite 2005 auto (gnv com cilindros embaixo e estepe fino na mala). Fiquei 4 anos com carro e foi só alegria, zero dor de cabeça. Troquei numa Journey RT 2010 que é um fantástico carro, porém meio grande para alguns (minha esposa não dirige esse). Tinha um I30 pra minha esposa, que ao ficar grávida novamente pediu carro mais alto. No ultimo Black Friday Chevrolet comprei uma SPIN LTII auto por 51.500,00 zero. Caro honesto, minimamente equipado, bom, alto, apesar de 108 cv não é muito ruim de andar. Ter que escolher por baixo é muito ruim, digo, com mesmo valor em qq lugar das Américas compraríamos muito mais carro, principalmente no que diz repeito a segurança e tecnologia dos motores. E o pior, imposto que vai pros bandidos comprarem Mercedez. Desculpem foi só um desabafo. Voltanto ao assunto, SPIN 7 lugares realmente não dá, pra quem já teve Zafira com flex 7 ter a segunda fileira montada (fixa) mais perto da primeira para ter a terceira é dose. Poucas opções.

    • Alessandro Lagoeiro

      Lúcio, Cuba e Venezuela ainda ficam na América! heheh.. Só assim para nos salvar da mediocridade total!

  • BMAlves83

    Diante das opções que foram colocadas, acho que também compraria o Livina ainda mais 0km, ótimo negócio, parabéns!

  • MMM

    Algum tempo atrás eu cogitei um carro desse segmento para minha esposa, mas desisti depois de ver as opções. Um absurdo esses carros, que em teoria são familiares, só contarem com AB2, não ter esp nem como opcional, nem isofix, nem cinto central de 3 pontos e nem encosto de cabeça central traseiro.

    • CorsarioViajante

      A livina não tem nem ajuste do cinto de segurança nem do banco… Neste ponto a Nissan desapontou muito.

  • A Gran Livina é um bom carro, nessa configuração então, fica interessante.

    Eu teria cogitado a Kia Carens 13/14 e 14/14 também nas pesquisas de seminovos, pois ela tem um valor bastante acessível após sair de linha.

    • Vinicius Luz

      Dimitthri Vargas. Eu cogitei sim na minha pesquisa, mas sinceramente não sei qual o futura da marca no Brasil. A Kia não se decide sobre a fábrica, estão sem incentivo para importar os carros, e com o dólar flutuando nesse patamar, não sei o que pode ocorrer. Minha esposa tem um picanto 2011, e vive falando que quer um novo, mas eu sempre desaconselho, não pelo carro em sí, que é ótimo, mas pelos motivos acima.
      Outro ponto, é que a Carens 13/14, e 14/14, estão com valores acima do que eu paguei pelo zero km.

      • Concordo com o receio, mas hoje vendo a Hyundai instalada, se o Grupo Gandini desistisse da Kia, ela serviria de moeda de troca da Hyundai Motor com a CAOA, dando manutenção da operação da marca e atingindo o objetivo do grupo de unificar a marca Hyundai no Brasil.

        A Hyundai deve inaugurar ano que vem a fábrica da Kia no México, o que viabilizará operações mais confortáveis da marca no país.

      • XXRS

        Vinicius Luz, eu acho bem improvável que o Grupo Gandini deixe de trazer a Kia. Eles nunca fizeram isso nem na crise do fim dos anos 90, e quando os carros dela eram verdadeiras porcarias, então acho que não farão agora. Os veículos atuais da marca são excelentes, minha irmã possui um Picanto 2013 e é um carrinho muito bom, e as vezes que foi preciso usar o pós-venda da marca o atendimento e disponibilidade de peças foi muito boa. Só peca pelas revisões meio caras…

        • Vinicius Luz

          Landrutt. Eu tive um problema com um item de reposição muito simples, no carro da minha esposa, Picanto 2011. Um pneu rasgou, e precisei comprar 1. Como não queria colocar nada diferente do original, precisei recorrer da rede autorizada, pois a medida do modelo original não existia para comprar em lojas especializadas. Pelo menos em 2012. Hoje mão sei dizer. Foi uma peregrinação para encontrar 1 simples pneu, e quando encontrei…. R$ 400,00. Isso a 3 anos!! Essa experiência me deixou com pé atrás em considerar a Carens. E todas que cabiam no orçamento eram 2011 ou 2012, e com quilometragem passando dos 50 mil.

          • XXRS

            O pneu original é realmente difícil de encontrar, e pelo menos o conjunto que veio no carro da minha irmã era bem ruim. Ruidosos demais, não eram bons. Eram da Hankook. Ela acabou trocando por pneus da Continental na própria concessionária um mês após a compra e ficou muito melhor. Mas não é só a Kia que enfrenta problemas com pneus, meu pai tem um BMW 320i e os pneus run-flat são IMPOSSÍVEIS de achar, pelo que já andamos vendo – o jeito é rezar para nunca rasgar um pneu no asfalto péssimo e nos buracos daqui.
            Mencionei a Carens porque em uma rápida pesquisa encontrei algumas unidades 2013 por menos de 60 mil, mas aqui em Natal-RN…uma 2011 aqui se adquire por cerca de 45 mil. Mas sua aquisição foi muito boa, acho que se eu estivesse na mesma situação que você e encontrasse um “negócio da china” destes iria na Grand Livina mesmo.

  • Claudio Kaneda

    Bela compra, acho o Grand Livina show. Quase comprei um (bem mais usado rsrs), mas teria que entrar em parcelas, coisa que não queria. Como queria automático, acabei ficando com um Fit. Mas sonho de consumo de carro 7 lugares para mim seria o C4 Grand Picasso, porém, é muito caro.

  • Rossano Varela

    “Fiquei me perguntando se os carros estão muito caros ou se eu estou ganhando muito pouco!”: É amigo, eu também tenho essa dúvida, e até cheguei numa conclusão: os carros estão muito caros e eu estou ganhando muito pouco!

    • Vinicius Luz

      Pois é Rossano, é muito difícil ser classe média nesse país!!!!!

  • Peraldiano

    Parabéns pela aquisição. Você foi objetivo, direto e acima de tudo, soube dar valor ao seu dinheiro.
    Em primeiro lugar, você delimitou a necessidade e definiu seu alcance financeiro.
    Depois soube procurar, negociar e mesmo com tantas opções, soube escolher com clareza, pragmatismo e independência.
    Os carros da Nissan são excelentes, mesmo sendo meio feinhos. Mas beleza e feiúra é só uma questão de ângulo e no fim acaba se acostumando.
    Pena que a Livina saiu de linha e a Nissan não colocou nada no lugar. Vai entender….

  • Gustavobrtt

    Ótima compra, eu teria escolhido o mesmo que você.

  • Mr. On The Road 77

    Não entendi como o preço caiu de 66 para 55 no caso das Livinas…
    Também já comprei um carro zero que havia acabado de sair de linha (Megane) e não me arrependo.

    • Vinicius Luz

      Também me surpreendi. Estava já decidido ao mercado de usados, quando resolvi dar essa ultima olhada. Cheguei a receber a oferta de R$ 49.900, pela manual. Mas seria a versão 13/14, que caia no problema da garantia citado no texto.

  • Gian

    Excelente descrição da experiência e no final achei que fez excelente compra.
    Vou indicar seu relato para um amigo que está na mesma situação que você.

  • Vanderlei Santos_JAC_J6_2012

    Em dezembro de 2012 compramos uma J6 11/12 com banco de couro e telas por r$54.000,00. Com uma péssima experiencia com um prisma, não com defeitos mas com o atendimento das CSS não optamos pela spin… Estávamos em busca de garantia e atendimento e preferimos a j6. Na época o espaço interno pareceu bem maior e os jac’s com vendas aceleradas nos seus j3 conseguiram nossa apósta…. E então veio o super IPI e já era para a jac…. Vejo que a marca vai focar nos suv’s t6 e t3 ou t5 que vai trazer e trabalhar só na cota de 5k por ano sem ipi…..

  • Jad Bal Ja

    Passei pela mesma situação, a família de repente teve um aumento de 100% (gêmeos) e o meu Picanto de repente parece que virou uma lata de sardinha.

    Fui direto para os usados:

    Grand Livina, além de sem graça e em vias de sair de produção, tem uma pegadinha, ela não é 7 lugares de verdade, pois no assento do meio só cabe meia bunda…. Na verdade é o espaço de uma apoio de braço, ou seja o carro é na verdade um 6,5 lugares.

    J6, vi varias com bom preço! E ironicamente esse foi o problema, praticamente toda loja que eu entrava tinha uma ou duas a venda e os vendedores pareciam loucos para se livrar dos “abacaxis”, me deu um certo medo de “me casar” com uma chinesa. Mas em termo de projeto só perde para a Zafira, é bonita e bem espaçosa.

    Zafira, como já esta fora de linha tem bons preços, e já desvalorizou o que tinha para desvalorizar. É de longe a que tem o melhor aproveitamento de espaço, da uma surra nas outras inclusive na Spin (que claro não achei usada). Um detalhe, como é um carro usado por famílias com muitas crianças o interior em geral esta surrado ate dizer chega, tinha umas que parecia que o dono anterior carregava cães selvagens….

    Uma que compete com a Zafira e é meio esquecida é a Kia Carens, vi poucas, mas sempre em excelente estado, excelente aproveitamento de espaço e bem equipada. Mas é uma avis rara…. quase comprei uma….

    A Doblo, feia, desajeitada e cara pra cara***! E eu queria automática, não tinha nem com soluçologic…. só vi de longe.

    Como curiosidade vi ainda uma Kia Carnival, portas elétricas, tampa do porta mala eletrica, e preço de eletrificar qualquer um… vi, ri e fugi.

    Acabei com uma Zafira 2010/11 que tava mais ou menos bem conservada, negociei com o vendedor e ele pôs bancos de couro e um descontinho. Estou muito feliz, o motor e o cambio automático de 4 marchas não são exatamente as coisas mais modernas do mercado mas me atendeu bem. O consumo (algo que sempre assusta esse tipo de carro) esta em torno de 10 km/l, razoável para um carro deste peso com cambio automático e 2.0.

  • Cassio

    Você foi coerente. Somente com os dados que você passou, sem dúvida eu teria feito a mesma escolha.

  • Tosca16

    Uma Kombi leva 9 pessoas e essa Rely 7 passageiros … brincadeiras à parte boa analise na compra do carro, parabéns . Citei estas duas por que conheço pessoas que trocaram de carro e hoje possuem uma van chinesa e outra que usa a Kombi para o transporte da família rsrsrsrs .

  • Derek

    Parabéns pelos quadrigêmeos! :D

  • Douglas

    Olha como são as coisas hoje em dia.
    As pessoas procuram logo saber se tem a multimídia e pouco ligam para a dirigibilidade que é o mais importante.

    • Vinicius Luz

      Douglas. Não considerei isso como fator para a compra. Tanto é que decidi por um modelo que não tinha tal equipamento. Apenas deixei claro, que ter esse item, junto com o volante multifuncional, um recurso muito legal. Não pagaria mais 17K pela Spin para ter esse itens. Imagino que deve ter muito gente que escolheria apenas por isso, mas não foi meu caso. A compra foi totalmente racional e funcional.

      • Douglas

        Fez uma boa escolha com a Livina.
        O volante multifuncional realmente é bom, quando comprei o meu nem pensei nele, mas no uso vi que ajuda.

  • Valdir Lopes Junior

    Tenho um Livina 1.6, o carro é espetacular. Faço médias entre 16 e 18 km/l na estrada com gasolina. Jà cheguei a fazer inacreditáveis 23km/l em trechos de serra abusando do embalo e do freio-motor. Apesar de ser motor Renault, anda muito bem, e tem excelente torque em baixa.

    • Paulo

      Rapaz vc é mágico em rs… Tenho uma dessas tb e uma única vez consegui fazer 17 km/l em estrada plana sem passar de 80 km/h. Na cidade acho q o máximo que consigo é 10km/l as vezes ligando o ar. Vc já vez quanto em trecho urbano?

      • Valdir Lopes Junior

        Amigo, fiz essa média também não passando dos 80! Porém na cidade o máximo que consegui foi 9 km/l, pois ela bebe bem em trecho urbano! Na estrada, meu imrão, que tem um focus 1.6 16v fica louco com as médias que faço, enquanto que ele não conseguiu fazer mais do que 12 km/l com o carro dele, he he!

        • Paulo

          É na estrada em velocidades de cruzeiro realmente bebe pouco mesmo. E pode até esta com ar ligado!

  • Vanderlei Santos_JAC_J6_2012

    Em dezembro de 2012 compramos uma J6 11/12 com banco de couro e telas por r$54.000,00 com uma péssima experiencia com prisma, não com defeitos mas com o atendimento das CSS não optamos pela spin… Estávamos em busca de garantia e atendimento. Ao entrar em uma livina manual não nos chamou a atenção…. Hoje a compra racional seria a spin com o fim da livina, mas a J6 está muito show o novo interior comparado ao 11/12 é demais…

  • XXRS

    Eu não sou daqueles aficionados por um “usado semi-velho” mas acho que se precisasse de sete lugares por cerca de 60 mil iria pensar em um usado realmente. Minha primeira opção seria a maravilhosa Grand C4 Picasso, e a segunda uma Kia Carens das últimas safras – ambas deixaram de ser importadas, apenas a Citroën tem previsão da chegada da nova geração este ano.

  • Sergio

    Olha o que tem no mercado americano :/ ford.com/crossovers/flex

  • Alex RB

    Temos uma Livina 1.6 S 11/12 aqui em casa, foi comprada com 40 mil km e agora com 66 ainda não deu nenhum problema, fazendo a manutenção preventiva é um carro que não vai dar dor de cabeça tão cedo; uma pena a Nissan ter a tirado de linha já que é um carro muito honesto, se a básica fosse uns 45 mil hoje ia vender razoavelmente bem

  • Paulo

    Vinicius tenho uma 1.6 q é mecânica Renault a mais de 4 anos e com 240 mil km uso pra trabalho e nunca deu dor de cabeça. Claro já troquei muitas coisas mais em sua grande maioria manutenção preventiva.

    Se posso ajudar esses carros compartilham grande quantidade de peças com tiida, megane, grand scenic e até Logan e nunca sofri com falta de peças. Eu fujo se CSS Nissan pois os preços são astronômicos, procuro primeiro na Renault pós pesquisa de compatibilidade e já achei a mesma peça por quase metade do preço. As auto peças especializadas nessas marcas tb são uma boa e algumas coisas são até bem baratas em comparação com a concorrência.

    • Vinicius Luz

      Paulo.
      Valeu pela dica. Infelizmente o motor 1.8, é só na Nissan mesmo. E como estou “casado” com a rede pelos próximos 3 anos, só abriria mão da garantia, caso fosse estorquido em alguma manutenção.

      • Paulo

        Se precisar trocar alguma peça, vai ser estorquido com certeza! Fora a mao de obra hora deles q é absurda. Eu como rodo muito fugi das CSS pq pra mim é insustentável.

        Sobre a compatibilidade realmente do motor não rola, mas boa parte da suspensão dianteira é do megane, e alguma coisa da traseira do Logan. Buchas, balança, quadro/subchassis tudo igual do megane 2.

  • Andre Monteiro

    Estou em situação parecida… um carro de 5 lugares simplesmente nao cabe 2 cadeirinha e 3 adultos, se os avós forem juntos ai que nao cabe mesmo, gostei muito da Spin, mas resumindo nao comprei nenhuma.

    • Vinicius Luz

      André. Não sei se está no RJ, mas ainda tinham 3 ou 4 Grand Livinas para venda na rede Nissan. Todas 13/14,e portanto com garantia somente de motor e caixa. Chegaram a me oferecer a 1.8 S mecânica por R$ 49.900,00. Não existe carro zero de 7 lugares do padrão que escolhi por esse preço. Mais barato que algumas usadas.

  • Andre Monteiro

    Único carro que eu dirigi que realmente cabem 7 pessoas com folga e ainda tem um porta malas de respeito… Pena que é impossível de comprar, pelo menos para mim.

  • Eu cheguei a fazer esse mesmo périplo no começo do ano passado, pois tinha demanda para um carro com essa configuração em situações que ocorrem com alguma frequência. Mas a conclusão que cheguei foi a seguinte: como estamos mal servidos de modelos nessa categoria. Coisa “boa” mesmo só lá no degrau de cima, com Santa Fé, Jorney, etc. Aí já lá bem acima dos 100 mil reais.
    Pra mim que tenho mais de 1,90 metro, nenhuma serviu. Você acaba levando sete pessoas sem conforto nenhum. Já usei Doblô alugado em viagem para a praia. Deus me livre de ter que conviver com aquilo todo santo dia. A Spin… aqueles bancos da terceira fileira são para torturar alguém, nada além disso. De eu entrar e sair dali uma vez na concessionária para fazer o teste, rasguei meu joelho em um gancho que fica exposto quando o banco está rebatido para entrada/saída de pessoas. Imagine uma criança entrando e saindo dali todo santo dia?
    A Livina tem um espaço um pouco melhor, mas não é nada que mude o panorama de desconforto geral para se poder carregar mais pessoas. Acabei foi ficando nos carros de 5 lugares mesmo e mantendo a solução de sair em dois carros quando necessário. Como é algo esporádico, acabou sendo a melhor solução. Ainda bem que não tenho demanda para essa configuração todo dia. Dá uma saudade da Zafira… aquela ali era realmente um bom produto.

  • Elcio Peixoto

    Vinicius,

    O que tem achado do carro? Ja rodou quantos km? Medias de consumo cidade/estrada.
    Pergunto pois tenho uma Zafira Elite 2010 Aut, e do mercado atual, a única que vejo que possa substituir ela é a Grand Livina. A spin é horrenda de feia, considero um downgrade sair da Zafira pra ela…

    • Vinicius Luz

      Elcio.
      Rodei muito pouco ainda para te passar um valor de consumo. pelo que pude medir (infelizmente não tem computador de bordo) o carro está fazendo uns 6 km/l. na cidade com ar ligado. Como o carro ainda é muito novo, tenho achado o consumo alto, mas com o tempo espero que se estabilize num patamar um pouco melhor. Estou esperando uns 7 a 8km/l na cidade. espero que consiga. É um consumo elevado, mas já comprei sabendo disso. Não posso reclamar. Já tive um Grand Siena 1.6 essence que não fazia mais do que 9 km/l na cidade. POrtanto, como o porte é muito maior, o consumo também se eleva. Mas fora isso, o carro é muito bom. Confortável, silencioso, macio, ótima posição de dirigir. Sinto falta do computador de bordo, dos comandos do volante, e de mais porta trecos. De resto, recomendo.

      • Elcio Peixoto

        Bom. imagino que você consiga coisa em torno de 7. Na Zafira, que o motor é bem como se diz “menos moderno” que o da Nissan consigo na faixa de 6 km/l na Gasolina e de 4.5 a 5 km/l de alcool. Sobre essa do volante e do PC de bordo não sabia, achei que eram pelo menos opcionais. Puta falta faz os comandos e o PC! Mas pra 2 criancas como também tenho espaço é primordial. Vou esperar mais um pouco pra ver se acho uma Freemont de 13 pra cá, que já vem com o cambio de 6 marchas. Com essas queda de vendas creio que o preço abaixe um pouco!

        • Vinicius Luz

          Elcio.
          Essa também era minha escolha, se meu bolso permitisse! A Freemont 13/14, que já vem com as 6 marchas estão na faixa de R$ 90K. Muito pra mim. Quem sabe numa próxima troca.

  • Luccas Villela

    Fez excelente escolha. Esse motor é muito bom, comprou um carro ZERO com preço de usado. Nada teria um custo beneficio tão grande.

  • Herbet Moreira

    Eu também estou pensando num 7L, mas não entra na minha cabeça qualquer chance de ter um desses (Spin, Doblo, Livina, J6)… Meu antigo Siena 1.8, mais potente que a Spin, arriava no chão e bebia muito com 5… imagine esses aí com 7, mais carcaça e menos torque (no caso da Spin)… Pelos relatos de donos, estou bastante inclinado a pegar uma Pajero Full Diesel…. Freemont e Journey são caras em tudo e dão muito mais manutenção que a Full, a SW4 é 13 mil mais cara, menos potente, menos equipada e mais visada para roubo… As principais vantagens que eu vejo na Full é que ela é resistente, durável e confortável para os 7, além de ter ESP e ser automática. As peças devem ser caras, mas acho que a durabilidade do veículo compensa… Só me sobra o seguro pesado pra carregar… Nos relatos de donos, ao menos 2 dizem conseguir entre 10 e 12 na estrada com Diesel… isso pra mim está ótimo… Levando em conta que o Siena 1.8, com 5 dentro, fazia na estrada 10,4 na gasolina…. Uma Full 2008 está por volta de 75mil, com 140 mil km rodados em média…

  • Tosoobservando

    A mais bonita de todas, que continua atual, mas nao esta na lista pois nao é mais importada, é a Mitsubishi Grandis.

    • Vinicius Luz

      cheguei a buscar pela Grandis, no momento que me voltei para as usadas, mas só encontrei uns 2 ou 3 carros aqui no RJ com alta quilometragem (+ 80 mil km). P O preço estava dentro do orçamento, mas eram carros de 2005 a 2008. Poucas peças de reposição.

      • Tosoobservando

        É tem esse problema, mas ela é bem moderna, ate para os dias de hoje.

  • Diego Mello

    Eu ficaria com o JAC J6 melhor custo beneficio, maior garantia, motor mais potente, estética superior.

  • Vanderlei Santos_JAC_J6_2012

    Aqui em casa vamos buscar até o final de ano um hb20 para rodar na cidade e deixar a j6 para os finais de semana…. hoje a minha está com 37800km tirando uma trocar de coxins e as revisões que estão caras o carro é só alegria….. Mesmo no modelo 2012 que perde de lavada para a nova.. Consumo na cidade é de 7km/l…. Estou esperando um par de farois que os atuais estão amarelados, e a troca de um dos bancos da 2° fileira que está com uma pequena folga, em garantia….

  • Roger Abdulack

    Minha mãe tem uma Dobló 1.4 7 lugares e realmente é sofrível pra andar, até vazia! Meu carro anterior, Clio 1.0 16V era muito melhor de andar.

  • Everton Lourenço

    Nissan Grand Livina sem sombra de dúvida, o carro não quebra, os taxistas fazem a festa… Hehehe… Spin é legalzinha mas não tem nem luz no botão dos vidros elétricos… Doblô morreu….J6 qualquer anta sabe que não tem reposição de peças… é carro pra usar no final de semana e pra ficar no máximo dois anos. Livina seguindo as recomendações do manual, trocas de óleo em dia etc.. roda 250 mil km brincando… Boa tarde!

  • Leomir Andrade

    Eu tenho uma livina de 5 lugares excelente carro. Não tive nada de manutenção com ela, mas preciso de um 7 lugares. O problema é que coloquei Gnv e isso reduziu consideravelmente meu custo com combustível. Preciso saber se alguns desses veículos de 7 lugares eu consigo colocar gnv ?

  • Paulo Bourguignon

    excelente texto. estou pesquisando pois com a crise irei precisar transportar funcionarios. levarei em consideraçao cada palavra do sua! obgd!!!

  • Rogério Barbosa

    Estou na mesma situação… Só que com orçamento bem menor… rs
    Terei q ir de um carro de 30 a 40 mil, ou seja, carros 2008 a 2010, provavelmente.
    Gostei muito do visual e dos opcionais do Grand Picasso e gostaria de saber se é a melhor opção, frente aos zafira ou grand livina.

    • Leonardo Lima

      Rogério Barbosa … rapaz no olx vc encontra Spin 2013 de 37 a 40 mil automática; Grand Livina 2012 e 2013 na faixa de 32 mil; Doblo 2012 na casa de 38 mil; Zafira 2011 na faixa de 33 mil e Jac J6 2012 na faixa de 27 a 30. Boa sorte ;)

  • Robson Nishiyama

    Gostaria de saber se você tem esse carro ainda e se está ou gostou dele? Qual a sua avaliação depois de ter usado ele, isso vale pra quem for comentar por favor, estou pensando em adquirir um 7 lugares hoje em dia.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend