Honda Lançamentos Motos

Honda Pop 110 estreia novo visual e injeção eletrônica por R$ 5.100

honda-pop-110-1-700x466 Honda Pop 110 estreia novo visual e injeção eletrônica por R$ 5.100

A Honda Pop 110 chega ao mercado. Quase uma década após ter sido introduzida no mercado nacional, a Honda Pop 100 chega à sua linha 2016 com motor de maior cilindrada, agora com injeção eletrônica de combustível, e também visual mais moderno. O modelo, agora conhecido como Honda Pop 110i, estará disponível nas concessionárias da marca a partir de agosto de 2015, com preço sugerido oficial de R$ 5.100.



A nova Honda Pop 110i vem equipada com o novo motor OHC (Over Head Camshaft), monocilíndrico, 4 tempos e comando de válvulas no cabeçote, com 109,1 cm³ de capacidade volumétrica, que desenvolve até 7,9 cavalos de potência, a 7.250 rpm, e 0,9 kgfm de torque, a 5.000 rpm.

honda-pop-110-3-700x466 Honda Pop 110 estreia novo visual e injeção eletrônica por R$ 5.100

O propulsor é dotado do sistema de injeção eletrônica de combustível PGM-FI (Programmed Fuel Injection), que otimiza a combustão e diminui a necessidade de manutenção periódica, além de apresentar uma redução de consumo de combustível.

O modelo já está em total conformidade com a segunda fase do PROMOT 4 (Programa de Controle de Poluição do Ar por Motociclos e Veículos Similares), previsto para vigorar no país a partir de janeiro de 2016.

A Honda Pop 110i será oferecida nas cores Branca, Preta ou Vermelha. O modelo dispõe de um total de 3 anos de garantia, com troca de óleo grátis nas 7 primeiras revisões.

Galeria de fotos da Honda Pop 110i

  • BAYMAXX

    Só não é bonita, mas bastante funcional…
    Os serviços de moto entrega da minha cidade só usam ela com um baú.

  • Lobo

    Nem sabia q isso era produzida ainda.

    • Diego

      Não só existe como é um sucesso de vendas em áreas menos abastadas devido ao seu baixo preço

  • Ediomar

    Possuo uma Honda Dream 1998 que usa o mesmo motor dessa pop 100,alias a pop herdou da Dream o motor 100cc,é muito econômica e por ser leve tem uma agilidade fantástica nos centros urbanos.

    • Maycon Farias

      Eu tive um dream vermelha e branca, ela chega a ser mais bonita e clássica que a Biz atual. Muitas saudades. Vendi e o cara não me pagou desde 2004 kkkkkk

      • Ediomar

        A minha também é vermelha e branca,acho que quase todas sairão assim,mas existem azuis e pretas também,98 foi o ultimo ano da Dream,99 já veio a biz 100,eu adoro o estilo retro dela,por onde passo todo mundo olha kkk.

  • meneghelli1972
    • Natanael Gomes Lima

      E nem precisa de combustível…

  • Edson Fernandes

    Uma duvida por falta de conhecimento: Em motos não faz mais falta o conta-giros? Falo isso porque as vezes imagino eu vc quer esticar e saber se o tanto que se estica a marcha não vai até o limite (em uma subida por exemplo).

    • Lobo

      Não sei como ainda podem existir carros e motos sem o conta-giros, ajuda muito.
      Mas acho q vai pela experiencia mesmo, o cara deve saber qd tem o corte.

      • ViniciusVS

        Só de ouvir o motor, sentir o comportamento do carro e ver a velocidade já da para saber +- onde esta o giro. Enfim eu aprendi a dirigir sem ele e acredito eu que ninguém no dia a dia fica olhando para o conta giros toda vez que vai passar marcha. Meu carro tem conta giros então acompanho as vezes mas da para dirigir sem ele mesmo porque não faz tanta falta assim e ouso dizer que é um instrumento inutil para quem não le o manual do carro ( grande maioria)

        Concordo que deveria ser item obrigatório mas…

        • Louis

          Eu sentia mais falta de conta-giros quando eu tinha um Corsa 1.0 60cv, na hora de ultrapassar, às vezes cortava o giro do motor hehehe, com conta-giros daria mais segurança nessas horas.
          Mas nos carros mais potentes, e principalmente nos automáticos, o conta-giros é mais por curiosidade mesmo.

      • Edson Fernandes

        Isso eu imagino. Eu antes de ter um C3 achava que sentia falta de conta-giros porque não tinha no meu Uno. Hoje no máximo eu o uso para saber o momento certo de ter força no carro para um aclive mais forte. Tirando isso, nem na hora de acelerar um pouco mais forte eu uso.

        Isso qdo eu preciso de força e ainda vejo que há mais o que explorar no conta-giros… (não falo de tirar rachas e tudo mais, falo de me manter em uma situação onde preciso mesmo do motor cheio e ainda há sobra de “RPM” para manter o motor naquela marcha).

    • Foxtrot

      Também não sou entendedor de motos, mas olhando para a parte interna do velocímetro, nós podemos ver alguns arcos com a numeração de 1 até 4. Eu imagino que esses arcos indicam qual é o limite de cada marcha.

      • Andrew B.

        Correto. 1a até 30km/h.
        2/50
        3/70
        4/90

    • Renato Duarte

      Eu mesmo tenho conta giros no painel do carro, mas quase nem olho muito pra ele não,, troco marcha mesmo é pela experiência de ouvir o tempo do motor, maaaaas, é um instrumento que hoje em dia a maioria do povo exige para que tenha em seus veiculos.

    • Gilcimar China

      Faz muita, sim. Não só para dar aquela boa esticada, mas também até para economia da moto.

      Pior que não ter conta-giro, Edson, é não ter marcador de combustível, acredita. As CGs de entrada não tem sequer marcador de combustível; o condutor deve balançar a moto para ouvir o barulho da gososa, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Piada!!!

      • Jorge

        Balançar a moto para ouvir se tem combustível?

        Desta eu não sabia….

        • Gilcimar China

          De certa forma foi uma hiperbole minha, Jorge; mas a CG Fan não tem o indicador de combustível no painel.

          Mas eu ja vi gente balançando a moto para ouvir o som da gasosa.

    • Luiz K. Jr

      Tem um indicador de corte por velocidade no velocímetro, extremamente arcaico, mas acho que funciona…

  • Emanuel

    Dá pra levar as gatinha pra empinar o bumbum. Eu compraria

    • ‘Eduardo Oliveira

      “Na Pop 100 ela empina o bumbum” ♫

  • Wagner Lopes

    Parabéns a esta marca que se tornou símbolo de produtos simplórios, defasados e caríssimos!

    • Alvaro Guatura

      E também de um excelente pós venda, baixo custo de manutenção, e alto valor de revenda.

    • ViniciusVS

      Sim claro, Como a PCX com CVT e Start Stop…

      • Magno

        StartStop pro pessoal de outros países já eh mais antigo que guaraná com rolha amigão . Soh aki que eh novidade . Cá entre nos , a pcx ter colocado isso já pcx nao eh inovação , eh obrigação . E cobram caríssimo .

        • ViniciusVS

          Então mas as lojas ficam aqui e não em “Outros Países”. Se quiser comprar uma moto aqui o preço é esse, agora 9 mil reais uma moto Cvt, com Start Stop acredito que seja sim um meio de transporte acessível e interessante.

          • Magno

            Eh de gente assim que a Honda gosta .. paga caro , e acha que Tah saindo na vantagem … não são 9 mil e sim 9.940 , eh oq tão pedindo aki em SP no modelo 15/15 .. entre 7.5 e 8k estaria muito bem pago . Mas … eu particularmente pegaria esses 10 mil e daria numa Citycom com pouco uso ..

            • ViniciusVS

              Então, não só a Honda mas toda montadora gosta do real consumidor, aquele que compra o produto novo, que faz as revisões na autorizada, compra peças na autorizada e não aquele que tem o produto da marca mas comprou usado de terceiros e não coloca os pés em uma autorizada.
              Infelizmente vivemos em um mercado emergente e tudo é caro, eu adoraria viver no mesmo padrão e ter os mesmos produtos que existem lá fora mas nossa realidade é outra e ficou claro que não é simplesmente parando de comprar produto novo que as coisas melhoram, nosso mercado é de exploração e o dia que deixar de dar lucros eles fecham as portas e saem do país como aconteceu com algumas marcas na década de 90 e por sinal algumas nem chegaram a montar industria aqui.
              Sobre sair na vantagem eu não vejo sentido, aqui existe essa cultura que sempre temos que sair na vantagem ou ir no “jeitinho” mas eu não faço parte dessa regra, eu acredito que o melhor negócio é aquele que cabe no bolso e traz satisfação ao consumidor mesmo porque uma moto é um bem de consumo e não uma aplicação.
              Sobre o valor do produto cabe ao consumidor e a Concessionária negociarem. não custa fazer uma proposta e pesquisar em outras concessionárias se aceitarem ótimo, se não aceitarem mas mesmo assim quiser comprar ótimo também, agora se achar que não vale e não vai comprar tudo bem a concessionária não foi até sua casa e nem te obriga a comprar mas uma coisa é fato, se ninguém comprar uma moto 0km não existirá moto usada futuramente.

              Entendo o seu lado de preferir uma moto usada é opção de cada um e acho que vale apena a partir do momento que o produto te deixa satisfeito, Se ficar satisfeito com a moto usada com certeza fez um ótimo negócio mas nem todos ficam satisfeitos com produtos usados. vai muito de cada um.

              Abraço.

              • Magno

                Eh relativo .. hoje em dia a tendência eh sempre menos por mais . A própria Dafra com a Citycom faz isso , depois que se consolidou no mercado , a cada ano eles aumentam 1000 reais no preço . Uma zero km hoje custa proibitivos $16.900 … mas de novo mesmo , não tem nada , além das lanternas tipo cristal . Mas eh fácil achar uma usada com baixa km por esse valor .mas eu particularmente acho melhor negocio do que uma pcx , além da motorização maior , tem um certo gosto pessoal . Fui em varias Ccs ver a pcx , mas nao consigo ficar entusiasmado com a compra como fiquei qdo fui ver as citycom ..

    • Renato Duarte

      cara,,, esse novo modelo está sendo lançado justamente pra se adequar às novas exigencias de emissão de poluentes, e você ainda vem com esse papo de “defasado”?? Pode que pra você seja simplorio , mas é o que a categoria exige no momento. Mas defasado não, o preço está nesse patamar pois a concorrencia não oferece modelo à altura e com preço inferior.

    • visanpai

      Parabéns estendido à concorrência, que não dorme no ponto, hiberna!
      É a nossa triste realidade abaixo das 600cc.

  • Joseph Frederico

    Tá mais bonitinha. Pra quem quer se locomover a baixo custo. É essa moto bem aí. Não sei agora com a injeção eletrônica, mas não deve mudar muita coisa.

    • Renato Duarte

      acho que a economia vai mudar pouco,, porem a evolução maior vai ficar por conta do funcionamento, que agora vai ser mais uniforme devido ao sistema eletrônico.

      • Joseph Frederico

        Pois é @disqus_Renato_Duarte:disqus a economia de combustível será maior. Mas em relação a manutenção deve encarecer um pouco devido o sistema eletrônico. Não conheço moto, sei que as carburadas são mais fáceis de manter do que as injetadas devido serem mais simples.

        • Renato Duarte

          Pode que a manutenção do sistema eletronico seja mais caro mesmo,, só que demora mais tempo pra ser feito, hoje em dia os componentes são de boa qualidade e costumam durar muito, ou seja, poderemos enfim nos livrar daquelas constantes regulagens de carburador.

  • Alvaro Guatura

    A Honda é muito esperta, só faltou ser Flex.
    Mas a mecânica já mostra muitas vantagens em relação à Yamaha Crypton.

    O erro é o preço, que deveria ser de um Titan… mas se vende, principalmente no Nordeste… que continua em linha e com as respectivas melhorias

    • YBastion .

      Mano na moral, que vantagem isso aí tem em cima da Crypton 115 da Yamaha? A crypton tem mais freio, as duas rodas são 17 polegadas, o curso das suspensões são os mesmos, a crypton é mais potente, painel mais completo e a autonomia é a mesma coisa e a motoneta da yamaha ainda tem a vantagem do câmbio semi-automatico sem o uso de embreagem.

  • Economy

    Com dez meses de salário mínimo nos EUA, você adquire um Nissan Sentra ou, US$ 1600 por mês.
    No brasil. com oito meses de salário mínimo, você adquire essa grande máquina com motor de 110 cc ou, 780 reais por mês.
    Mas o que interessa é que estando nós bem no futebol, no samba e na farofa, é o que interessa.

    • David

      Então se muda para o EUA… Esse papo enche a paciência.

      • Junoba

        Na verdade, o que eu vejo com isso, é que pessoas como você não querem ver a verdade, e mudar as coisas.

        Tem gente que fala: ´´O que eu posso fazer, né !?“

        Façam um boicote, que tudo muda. Mas se levarmos em conta a mentalidade e o jeitinho brasileiro, vai ficar nisso pra sempre…

        • David

          Eu vejo a verdade mas estou CANSADO DESSE PAPO. Só isso. Se não gosta daqui se muda para um país “justo” e vá lavar prato para comprar uma ferrari usada ou qualquer outra coisa. É até bom pois esse país está cheio demais.

      • Economy

        Então fique aqui passando fome e desempregado! hehehehe…

        • David

          Passando fome não estou só estou desempregado por que a área que gosto está saturada.

          • Economy

            Então! Fique desempregado, ora bolas! Vá curtir a sua condição e amor ao país que não te dá condições justas para que possas prosseguir na vida! Ame os impostos que são remetidos a ditaduras vermelhas, meu caro!

            • David

              Algo mais?

              • Economy

                Sim! Pare de escrever besteira.

    • Junoba

      Se você financiar, a diferença vai ser bem maior, por causa dos juros altos praticados no Brasil.

  • Gian

    Como é feio o motor nessa inclinação, com o cilindro todo inclinado para a frente.
    Esse farol na Pop 100 não caiu nada bem também.
    Particularmente, acharia mais bonito o farol redondo e sem as carenagens como nas CG 125 antigas. Mas é questão de gosto.

  • Vinicius

    Reclamamos dos preços altos dos carros, mas 5,1k nesta perereca? Deveria custar 2,99k no máximo!

  • Luiz K. Jr

    Honda Crise Edition! :D

  • Cesar Mora

    Nossa, faz anos que não vejo uma Pop aqui em São Paulo… achei que nem existia mais… lembro de ver algumas quando lançou, mas nem no litoral que motinhos como a Biz vendem a rodo eu vi muitas Pop 100

  • Otávio Lopes

    Minha projeção da Cg titan

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend