*Destaque *Featured Crossovers Lançamentos Linha 2018/2019 Mitsubishi Preços

Mitsubishi ASX 2018/2019: preços, consumo, detalhes, motor

A Mitsubishi já está oferecendo em suas concessionárias a linha 2018 do Mitsubishi ASX.

O crossover passa a ser equipado com um motor 2.0 litros flex e abandona a opção de câmbio manual, agora disponível somente com a transmissão automática CVT.


Além disso, o Mitsubishi ASX 2018/2019 teve seus preços reduzidos em até R$ 7 mil e agora parte de R$ 97.990.

Mitsubishi ASX 2018/2019: preços, consumo, detalhes, motor

Apesar de não parecer, o Mitsubishi ASX já tem certa idade.


Não na geração atual, mas no curso de sua história. Ele nasceu como RVR – nome que ostenta até hoje no Japão. Nascido como uma minivan, o modelo da marca japonesa ficou conhecido fora do mercado nipônico como Mitsubishi Space Runner .

Ele também foi vendido como Mitsubishi Expo LRV, Dodge Colt Wagon, Eagle Summit Wagon e Plymouth Colt Vista Wagon.

Medindo entre 4,29 m e 4,48 m, a primeira geração do ASX durou até 1999, sendo feita exclusivamente no Japão. Era equipada apenas com motores 4G63 1.8 ou 2.0 litros. Dois anos antes de sair de cena, surgiu o sucessor no Japão.

Com desenho mais fluído, a segunda geração do RVR/ASX manteve o tamanho e os motores. Ganhou um dos primeiros motores com injeção direta de combustível, o 2.4 GDI.

Por conta da legislação japonesa, o Mitsubishi Space Runner da segunda geração teve duas larguras, sendo 1,69 m no JDM e 1,78 m no mercado internacional. No entanto, sua produção foi encerrada em 2002.

A montadora japonesa esperaria pelo menos oito anos até reviver o RVR, que internacionalmente ficou conhecido como ASX ou Outlander Sport (América do Norte e Indonésia).

Este apareceu em 2010, mas não mais como uma minivan e sim como crossover compacto.

Com 4,29 m de comprimento (antes do facelift), 1,77 m de largura, 1,62 m e altura e 2,67 m de entre-eixos, o Mitsubishi ASX rapidamente se espalhou pelo mundo, tendo sua produção no Japão, Brasil, China, Malásia, Indonésia e EUA. Aqui no Brasil é feito pelo grupo HPE, ex-MMC.

Desenvolvido sobre a plataforma GS da Mitsubishi, o ASX ganhou diversos motores, sendo um 1.6 a gasolina e outro a diesel, mas este é de origem Peugeot. Com o mesmo combustível há também o DI-D 1.8 ou 2.2.

O motor MIVEC 1.8 e 2.0 são os mais usados, assim como o 2.4. As opções de câmbio podem ser manual de cinco ou seis marchas, mas há câmbio automático de seis marchas ou CVT, este último oferecido no país. A próxima geração do crossover deve ter propulsão híbrida plug-in ou elétrica.

Recentemente, o Mitsubishi ASX recebeu um facelift que deixou a frente com um “X” cromado característico. As alterações deixaram o crossover mais atual e devem prolongar sua vida comercial até por volta de 2020, quando uma nova geração chegará.

O modelo foi vendido na Europa como Peugeot 4008, bem como Citroën C4 Aircross.

Mitsubishi ASX 2018/2019: preços, consumo, detalhes, motor

Mitsubishi ASX 2018/2019 – detalhes

Nos itens de série, a versão mais em conta do Mitsubishi ASX 2018/2019 oferece airbags frontais, freios ABS com EBD, isofix, rodas aro 18, direção elétrica, trio elétrico, ar-condicionado automático, volante e alavanca de câmbio em couro, piloto automático, sistema multimídia com tela de 7 polegadas, DVD player, GPS, Bluetooth e câmera de ré, entre outros.

O modelo intermediário oferece ainda airbags laterais, de cortina e de joelhos para o motorista, controles de estabilidade e tração, assistente de partida em rampas, retrovisores externos com luz indicadora de direção e desembaçador, sensores de luz e chuva, interior na cor bege, bancos em couro, assento do motorista com ajustes elétricos, bancos dianteiros com aquecimento, sistema multimídia com tela de 9,7 polegadas, Android Auto e Apple CarPlay, entre outros. A versão topo de linha agrega teto solar panorâmico e faróis xênon.

Outra versão da linha era a Outdoor, que ostentava um visual mais agressivo e é baseada na versão de entrada, mas com equipamentos como controles de estabilidade e tração, assistente de partida em rampas, detalhes visuais na cor grafite e rodas de 17 polegadas.

No entanto, ela saiu de linha, restando apenas as outras três.

No futuro, o Mitsubishi ASX deve se converter em crossover 100% elétrico, contando com um visual mais arrojado e esportivo, bem próximo dos conceitos que são apresentados anualmente pela Mitsubishi.

A autonomia é outra questão importante, devendo ficar entre 300 km e 500 km.

A aposta em híbridos plug-in deve por parte da marca deve ser reduzida com o possível fim de linha dos incentivos nos EUA. Assim, se torna mais viável investir direto nas baterias apenas.

Com motores elétricos, o Mitsubishi ASX do futuro terá tração nas quatro rodas sem necessitar de grande aparato, tendo apenas dois motores – um em cada eixo – para assim manter as rodas com força.

Além da propulsão elétrica, a Mitsubishi deve aplicar ao ASX do futuro um sistema de condução autônoma de nível 4, onde o motorista vira passageiro. A tecnologia deverá ser compartilhada da Nissan com o ProPilot, permitindo assim que haja uma redução nos custos de software e hardware.

Já a produção nacional, como ocorre agora, provavelmente não ocorrerá por conta dos custos elevados, embora sob a gestão da Nissan, provavelmente a produção venha a ocorrer na planta da controladora nipônica.

Por ora, o mais próximo que o ASX pode chegar é ganhando uma propulsão com motor 1.5 Turbo de 163 cv e 25,5 kgfm, além da manutenção do CVT e da tração nas quatro rodas. Provavelmente uma nova geração intermediária, com o aproveitamento da base atual, venha a surgir antes da chegada do modelo eletrificado, que sem dúvida será o suprassumo do desenvolvimento de produto da japonesa.

Além dele, o futuro deve reservar células mais potentes em densidade, alcançando uma nova meta da indústria, que é de 800 km de alcance. Apenas tecnologias como lítio-ar ou estado sólido, poderão fazer com que as células durem o suficiente energizadas para prover uma autonomia superior à verificada nos carros atuais.

Espera-se que o Mitsubishi ASX faça parte dessa nova gama de produtos de alta tecnologia, que manterão os consumidores conectados em tempo real e garantirá não só a segurança final durante a condução autônoma, mas também a possibilidade de compartilhamento.

Mitsubishi ASX 2018/2019 – versões

Confira os preços do Mitsubishi ASX 2018/2019:

Mitsubishi ASX 2.0 CVT 2WD
Mitsubishi ASX 2.0 CVT 4WD
Mitsubishi ASX 2.0 CVT 4WD + teto e xênon

Mitsubishi ASX 2018/2019: preços, consumo, detalhes, motor

Mitsubishi ASX 2018/2019 – equipamentos

Mitsubishi ASX 2.0 CVT 2WD – Motor 2.0 de até 170 cv, mais câmbio CVT. De série com ar-condicionado automático, direção elétrica, vidros dianteiros e traseiros com acionamento elétrico do tipo one touch, travamento central elétrico com comando na chave canivete, retrovisores externos com ajustes elétricos, volante multifuncional com detalhes em preto brilhante, airbag duplo, freios ABS com EDB, freios a disco nas quatro rodas, controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, assistente de partida em rampa, multimídia com tela de 6,2 polegadas, DVD, navegador GPS, Bluetooth, USB, detalhes externos cromados, ponteira cromada, antena estilo barbatana, aerofólio traseiro, rodas de liga leve aro 18 polegadas, pneus 225/55 R17, maçanetas na cor do carro, câmera de ré, sensor de estacionamento, barras longitudinais no teto, Isofix, banco traseiro bipartido com apoia braço central, acabamento geral preto, paddle shifts, piloto automático, bancos revestidos em tecido, volante em couro, quatro alto-falantes e sensor de pressão dos pneus.

Mitsubishi ASX 2.0 CVT 4WD – Itens acima, mais tração permanente nas quatro rodas, detalhes externos exclusivos, retrovisores com indicador de direção e desembaçador, sensor de chuva, sensor crepuscular, bancos revestidos em couro, bancos dianteiros com aquecimento, banco do motorista com ajustes elétricos, cluster personalizado, comandos de voz, multimídia com tela de 6,75 polegadas capacitiva, Google Android Auto, Apple Car Play, interior em acabamento bege, airbags laterais, airbags de cortina, airbag do joelho (motorista) e partida remota.

Mitsubishi ASX 2.0 CVT 4WD + teto e xênon – Itens acima, mais teto solar elétrico, faróis de xênon e lavador automático de faróis.

Mitsubishi ASX 2018/2019 – preços

Confira os preços do Mitsubishi ASX 2018/2019:

Mitsubishi ASX 2.0 CVT 2WD: R$ 102.490
Mitsubishi ASX 2.0 CVT 4WD: R$ 119.490
Mitsubishi ASX 2.0 CVT 4WD + teto e xênon: R$ 128.490

Com preços abaixo do Outlander 2018/2019, o Mitsubishi ASX 2018/2019 agora custa acima de R$ 100 mil, mas antes nunca havia ultrapassado essa barreira. A versão PCD (Pessoas Com Deficiência) custa R$ 93.563.

A versão Outdoor não fez sucesso, mas já havia surgido com preço acima de R$ 100 mil. 

Mitsubishi ASX 2018/2019: preços, consumo, detalhes, motor

 

Mitsubishi ASX 2018/2019 – motor

O motor do novo ASX 2018/2019 é um 2.0 litros flex de quatro cilindros, que rende 170 cv no etanol e 160 cv na gasolina, a 6.000 rpm, e torque de 22 e 23 kgfm, respectivamente, a 4.250 rpm.

Esta unidade está associada ao câmbio automático INVECS-III CVT com seis marchas simuladas no modo Sport e tração dianteira ou nas quatro rodas.

Esse propulsor foi desenvolvido em parceria com Chrysler e Hyundai, que formaram a Global Engine Manufacturing Alliance (GEMA) em 2002. Dessa união, surgiu a linha 4B1 da Mitsubishi, o Tigershark da Chrysler (hoje FCA) e Theta da Hyundai.

Todos, de alguma forma, equiparam ou ainda motorizam carros feitos no Brasil.

Feito totalmente em alumínio, o 4B10 foi o primeiro da família, tendo 1.8 litro e equipado o RVR de 2010, assim como anteriormente Lancer e o Proton Inspira. Entregava até 143 cv e 17,5 kgfm. A outra versão é o 4B11, um 2.0 litros com até 160 cv na gasolina e 170 cv no etanol, no caso brasileiro.

Além do ASX, equipa o Outlander, bem como Inspira e Lancer. É um motor bem confiável e durável, chegando a usar velas de irídio, coletor de admissão em plástico, coletor de escape em alumínio, duplo comando de válvulas variável, corrente de comando, injeção eletrônica indireta, entre outros.

Esse motor 4B11 tem ainda outra aplicação, só que equipado com turbocompressor e injeção direta, tendo 2.0 litros e alcançando de 280 cv à 410 cv, sempre em versões normais ou especiais dos Lancer Ralliart e Evolution.

Já o 4B12 é um 2.4 litros que entrega 170 cv e 23,5 kgfm, sendo usado desde o Delica até o Lancer. A variante mais recente é a 4B40, um 1.5 litro com turbo e injeção direta, que entrega 163 cv e 25,5 kgfm.

Esse propulsor é exclusivo do Eclipse Cross, que é um crossover irmão do ASX. Provavelmente esse motor deverá equipar modelos da marca no Brasil por conta do Rota 2030.

O câmbio INVECS-III CVT possui gerenciamento eletrônico que permite se adaptar ao modo de dirigir do condutor, além de ter modo Sport e trocas manuais na alavanca ou nos paddle shifts.

O sistema de tração nas quatro rodas tem três modos: 2WD para o dia a dia com economia, 4WD para condução esportiva em pistas sinuosas e 4WD Lock, que permite maior segurança em pistas de baixa aderência.

Mitsubishi ASX 2018/2019: preços, consumo, detalhes, motor

Mitsubishi ASX 2018/2019 – desempenho

Aceleração de 0 a 100 km/h e velocidade máxima final

  • Mitsubishi ASX 2.0 CVT 2WD – 11,5 segundos e 190 km/h
  • Mitsubishi ASX 2.0 CVT 4WD – 11,9 segundos e 188 km/h

O Mitsubishi ASX 2018/2019 apresenta uma boa performance. O crossover da marca japonesa vem com motor 2.0 Flex de até 170 cv e 23 kgfm. Com bom torque em baixas rotações, o propulsor da marca japonesa entrega boa disposição, movendo com desenvoltura o crossover de pouco mais de 1,4 tonelada.

Respondendo prontamente ao acelerador, o motor rapidamente sobe de giro, mas graças ao sistema INVECS-III, o CVT permite manter a linearidade no funcionamento do motor, que sempre estará em giro mais baixo, geralmente entre 1.500 e 2.000 rpm, elevando-se para 3.000 rpm ou até 4.000 rpm em ultrapassagens.

Graças ao comportamento mais neutro, o propulsor sobra um pouco mais, mas as saídas possuem certa lentidão por causa do CVT, que patina inicialmente. Afinal, são duas polias e duas cintas de aço que sofrem escorregamento na variação de relação, por isso existe essa perda momentânea de força.

De qualquer forma, sua principal característica é a economia e o conforto, sempre poupando motor e gasolina. Com ele, o Mitsubishi ASX 2018/2019 consegue uma boa média de consumo, fazendo na cidade 6,9 km/litro no etanol e 9,8 km/litro na gasolina.

Na rodovia, o crossover faz 9,1 km/litro no etanol e 12,6 km/litro na gasolina. Isso tudo com tração 2WD.

Nessa configuração, o Mitsubishi ASX 2018/2019 parece muito leve ao volante, que tem assistência elétrica. O crossover tem boas retomadas e é gradual na aceleração. Nas curvas, ele se mantém bem equilibrado, atuando bem também em mudanças rápidas de trajetória.

A dirigibilidade é muito boa. A suspensão tem uma calibragem voltada para o conforto, mas não depõe contra a estabilidade. Em pisos irregulares, o conjunto filtra bem as vibrações, gerando conforto ao ambiente interno. Os freios atuam de forma eficiente no SUV compacto.

Na versão 4WD, o Mitsubishi ASX 2018/2019 tem um comportamento mais centrado.

O propulsor se esforça um pouco mais para arrastar o conjunto, que tem três opções de tração: 2WD para o dia a dia com economia, 4WD para condução esportiva em pistas sinuosas e 4WD Lock, que permite maior segurança em pistas de baixa aderência. No 2WD, o crossover parece mais desenvolto, mas é também mais econômico.

Para o dia a dia, o Mitsubishi ASX 2018/2019 tem na tração 2WD seu melhor uso, não forçando assim o conjunto para empregar mais energia e gastar mais combustível. Nessa condição, o consumo é apenas um pouco maior.

Com o 4WD, o crossover japonês possui uma condução mais no chão, garantindo curvas mais bem feitas, sem saídas de traseira, mantendo-se bem neutro e garantindo excelente dirigibilidade.

Mesmo em pisos escorregadios, a gestão de tração permite ao Mitsubishi ASX 2018/2019 saídas de curvas bem rápidas, assim como entrada um pouco mais forte. Nesse modo de tração, o consumo urbano é de 6,8 km/litro no etanol e 10,1 km/litro na gasolina.

Na estrada, o modelo faz 8,6 km/litro no etanol e 12,3 km/litro na gasolina.

Para estradas de terra com lama ou areia, o Mitsubishi ASX 2018/2019 modula melhor a força em cada roda, permitindo sair-se melhor em atoleiros leves, bem como areia ou pedras. O foco do crossover é o asfalto, mas isso não o impede de sair bem no fora de estrada.

De modo geral, o crossover da marca japonesa é uma boa escolha para uso no dia a dia e também em viagens de fim de semana ou férias.

Com bom espaço interno, o Mitsubishi ASX 2018/2019 tem posição de dirigir correta e comandos bem à mão. A ergonomia é também muito boa, assim como o espaço geral, especialmente para quem vai atrás.

O porta-malas tem 415 litros, bom para uma família de tamanho médio, típica usuária desse tipo de veículo.

Mitsubishi ASX 2018/2019 – consumo

Cidade

  • Mitsubishi ASX 2.0 CVT 2WD – 6,9 km/litro no etanol e 9,8 km/litro na gasolina
  • Mitsubishi ASX 2.0 CVT 4WD – 6,8 km/litro no etanol e 10,1 km/litro na gasolina

Estrada

  • Mitsubishi ASX 2.0 CVT 2WD – 9,1 km/litro no etanol e 12,6 km/litro na gasolina
  • Mitsubishi ASX 2.0 CVT 4WD – 8,6 km/litro no etanol e 12,3 km/litro na gasolina

Mitsubishi ASX 2018/2019 – manutenção e revisão

Revisão

Custo

Quilometragem

Preços 2.0

10.000 km

R$ 746

20.000 km

R$ 746

30.000 km

R$ 746

40.000 km

R$ 1.395

50.000 km

R$ 746

60.000 km

R$ 746

Mitsubishi ASX 2018/2019 – ficha técnica

Motor

2.0

Tipo

Dianteiro transversal, Etanol e Gasolina

Número de cilindros

4 em linha

Cilindrada em cm3

1998

Válvulas

16

Taxa de compressão

12:1

Injeção eletrônica de combustível

Multiponto

Potência Máxima Líquida (ABNT NBR 5484)

Gasolina: 160 cv @ 6000 rpm / Etanol: 170 cv @ 6000 rpm

Torque Máximo Líquido (ABNT NBR 5484) 

Gasolina: 22,0 kgfm @ 4250 rpm / Etanol: 23,0 kgfm @ 4250 rpm

Transmissão

Tipo

CVT 6 marchas

Tração

Tipo

Dianteira / Integral

Freios

Tipo

Disco ventilado / Disco

Direção

Tipo

Elétrica

Suspensão

Dianteira

McPherson, independente com barra estabilizadora

Traseira

Multilink

Rodas e Pneus

Rodas

Liga Leve aro 17 / 18 polegadas

Pneus

235/55 R17 / 225/55 R18

Dimensões

Comprimento total (mm)

4360

Largura sem retrovisores (mm)

1770

Altura (mm)

1635

Distância entre os eixos (mm)

2670

Capacidades

Porta-malas (litros)

415

Tanque (litros)

60

Carga útil, com 5 passageiros mais bagagem (kg)

550 (4×2) / 490 (4×4) / 525 (Outdoor)

Peso em ordem de marcha (kg)

1420 (4×2) / 1480 (4×4) / 1445 (Outdoor)

Coeficiente de penetração aerodinâmica (Cx)

0,33

Mitsubishi ASX 2018/2019 – fotos

Mitsubishi ASX 2018/2019: preços, consumo, detalhes, motor
Nota média 5 de 1 votos

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email