Crossovers Matérias NA Renault SUVs

Renault Captur – defeitos e problemas

Renault Captur - defeitos e problemas

Renault Captur é um dos dois SUVs compactos que a marca francesa comercializa no Brasil (o outro é o Duster), tendo sido o sétimo mais vendido no mercado de utilitários esportivos em 2018 com 26.504 unidades.


Com visual atraente, o crossover logo de cara chamou a atenção por seu design, mas será que também tem muito em defeitos e problemas?

Dotado de um estilo mais bem resolvido que o do irmão da Dacia, o Renault Captur atrai pela frente francesa (inspirada no irmão menor, o Captur europeu) e pela boa mescla de cores externas na pintura biton. Aliás, por dentro, o crossover chega a ser mais bonito sem bancos de couro quando a opção é branco com preto, dando um ar diferente do comum.

Com a mesma plataforma do Duster, mas alongada, o Captur tem entre eixos de SUV médio com 2,67 m, além de suspensão bem elevada. Na mecânica, a Renault adicionou o motor 1.6 SCe de 118 cavalos na gasolina e 120 cavalos no etanol, além do câmbio CVT Xtronic da Nissan.


Entretanto, o velho 2.0 Flex de 143/148 cavalos, respectivamente, não ajuda, especialmente por ter câmbio automático de 4 marchas. Este conjunto é uma das reclamações dos clientes, mas em termos de defeitos e problemas, os donos falam de barulhos, falhas no acabamento, baixo nível de óleo e direção problemática. Isso sem contar o consumo exagerado.

Renault Captur - defeitos e problemas

Por ser um carro recente, o Captur ainda não registra muitos depoimentos na internet, apesar das boas vendas em 2018. Entre os defeitos e problemas relatados nas redes sociais, sites de reclamação e de opinião, o modelo apresenta barulho na suspensão dianteira de um Captur 1.6 CVT 2019 com 3.800 km, segundo seu dono.

Num Captur 1.6 CVT 2018 com 7.000 km, o proprietário fez cinco visitas ao revendedor em seis meses. O carro ficou sem aceleração, a multimídia escureceu e trepidação no volante acima de 120 km/h. O cliente vendeu o carro.

Noutro 1.6 CVT de mesmo ano e com 4.000 km, o dono disse que o carro já veio de fábrica com defeitos e problemas. Falha nos freios, o carro não segura de ré, bomba da direção eletro-hidráulica com barulho, trepidação no pedal de freio durante a ré, ventoinha não desligava, só religando e desligando o motor. O carro ficou 20 dias na revenda e não resolveram os problemas.

O nível de óleo baixa fácil no 1.6 CVT com 24.000 km. O carro ficou 24 dias na concessionária para reparar o motor e, 3.000 km depois, o cárter voltou a ficar quase seco. O problema é tido pelos donos como crônico na Renault. Um outro cliente disse que a vareta do óleo era muito curta em seu Captur e trocaram por uma maior na revenda.

Pane elétrica

Renault Captur - defeitos e problemas

Uma dona de Captur estava em viagem, quando percebeu um barulho alto no veículo e uma luz de alerta no painel. O computador de bordo indicou falha nos freios ABS, controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa e controle de poluição. Após esperar horas pelo táxi e reboque, o veículo foi levado para uma revenda e não se sabe se o problema foi resolvido. O caso é de janeiro de 2019.

Outra pane, dessa vez na aceleração eletrônica, fez com que um Captur 1.6 2019 não subisse uma serra em viagem de retorno de férias. Sem sinal de celular, o dono teve que descer na “banguela” e seu carro foi guinchado até sua cidade de origem, com a família voltando de táxi do seguro.

Ruídos diversos

Renault Captur - defeitos e problemas

Um cliente diz que seu Captur 2018 tem peças soltas e falhas no acabamento, especialmente das portas. Outro reclamou que nos primeiros 500 metros, dois barulhos o incomodaram. Um deles era um parafuso do aerofólio, que caiu no assolho do bagageiro. O segundo era na porta do passageiro dianteiro.

O primeiro foi resolvido na hora, mas, com o tempo, os 4 parafusos soltaram e o defletor de ar ficou solto, podendo ter caído. Já na porta, o problema o fez retornar 4 vezes ao revendedor para correção.

O banco do motorista também começou a fazer barulho. O dreno do ar condicionado entupiu e começou a jogar água sobre os pés do condutor. Após 3 dias na concessionária, o Captur voltou com mais barulhos e o cliente teve que viajar assim mesmo. O carro já está com 10.000 km e nada foi resolvido.

O ar condicionado não gela num Captur 2.0 AT 2018, que teve parte do painel empenada perto do para-brisa por causa do calor. Outra queixa fala de uma luz diurna de LED, que entrou água na primeira chuva num Captur 1.6 CVT 2018. Um relato falta também de carpetes para-barro na traseira se desgastando após 2.000 km. Outro modelo com 4.600 km, também não funciona direito o A/C, que desliga com frequência, especialmente em dias quentes.

Noutro caso, os tapetes duraram apenas 4 meses. O dono foi até a revenda fazer a revisão e pedir a troca, mas a loja disse que os mesmos eram brindes. Pagou R$ 45 pelo jogo. Em um Captur 2018, o cliente reclamou de barulho no teto e na suspensão dianteira, que apresentava estalos.

Após 2 dias na oficina da Renault, o carro teve o defletor de ar do teto danificado e o alinhamento, que havia sido pedido junto com o balanceamento, não estava correto. Solucionado esse detalhe na segunda visita, mas os problemas no teto e suspensão não foram resolvidos nem em uma terceira visita, totalizando 6 dias de carro parado e nada corrigido.

Câmbio travado

Renault Captur - defeitos e problemas

Em outra saída de concessionária, um Captur zero km deixou cair uma lâmpada na cabeça do motorista, segundo o próprio, dono do carro. Cerca de 20 dias depois, o câmbio do crossover travou e o veículo teve que ser rebocado. No momento do atendimento, o cliente ficou sabendo que teria direito a carro reserva.

Mas, como era sábado, na revenda de atendimento, não havia serviço nesse dia. Buscando um carro reserva, o mesmo foi atendido na revenda mais próxima de casa, que se recusaram a fornecer o veículo e um vendedor chegou a ter intenção de agredir o proprietário, segundo depoimento. O caso da reparação não foi resolvido.

Problemas na saída de loja

Renault Captur - defeitos e problemas

Após rodar cerca de 300 metros ao sair da concessionária, o dono de um Captur 1.6 2019 viu a luz de alerta de freios se acender. O cliente voltou e deixou o carro, que ficou pronto no outro dia. Três meses depois, o carro apresentou o mesmo defeito e o problema não foi resolvido pela revenda. O carro está com apenas 855 km rodados.

Outro caso de retirada de veículo com problema na Renault, ocorreu com um Captur 2018, que após 2 horas na mão do proprietário, apresentou um barulho no porta-malas. De volta à revenda, o ruído foi descoberto na tampa do bagageiro. Duas semanas depois, o mesmo ruído retornou e acrescido de barulhos na direção e sensor de chuva falhando.

O carro ficou um mês para resolver os problemas na concessionária e, mais um mês após a retirada, o barulho no porta-malas voltou, não sendo resolvido pela assistência técnica.

Consumo alto

Renault Captur - defeitos e problemas

Um proprietário do Captur 1.6 CVT diz que o consumo é alto, fazendo 8 km/l na cidade e 9 km/l na estrada com gasolina. Muitos proprietários reclamaram que o crossover anda bebendo demais. Um deles chegou a dizer que na cidade, com etanol, o carro faz 4,7 km/l.

Muitos dos que reclamam, apontam a falta de força do motor 1.6 com câmbio CVT, que não é capaz de lidar com o peso do veículo e daí eleva bastante o gasto com combustível, seja etanol ou gasolina. Retomadas fracas e fraqueza na subida de serra, são algumas das situações onde o Captur 1.6 não consegui vencer de forma satisfatória.

Um dos donos disse que o Captur 1.6 CVT só é econômico na cidade se o giro for mantido abaixo de 2.000 rpm, pois acima disso, o gasto aumenta muito. Mesmo quem tem o 2.0 automático, também reclama. Estes dizem que a transmissão precisaria de cinco ou seis marchas para oferecer desempenho adequado, especialmente na estrada, além de um consumo melhor.

Outras reclamações

Renault Captur - defeitos e problemas

Como já apontamos em nossas avaliações, os proprietários de Captur em geral apontam muitos detalhes do carro que o desabonam, tais como ausência de ajuste de profundidade na coluna de direção, limitador de velocidade que não memoriza, carpetes de baixa qualidade, apoio de braço curto e inclinado e falta de sinal de alerta do motor ligado com chave dentro do carro.

Mas tem mais, alguns se queixam de falta de marcador de temperatura do motor, difusor de ar central que só regula o fluxo para baixo, tanquinho para gasolina da partida a frio, estepe externo com alto risco de roubo, comandos Eco e limitador/controlador de velocidade embaixo do freio de mão e algo que chama atenção.

Na multimídia, alguns dizem que o score para eficiência no consumo nunca é atingido, chegando no máximo a 2 estrelas, devido ao alto consumo do Captur. Ainda assim, muitos elogiam o estilo do carro, o bom espaço interno e o porta-malas generoso, assim como a robustez para enfrentar a buraqueira.

Também chama atenção que as unidades para clientes PCD tem uma enorme lista de reclamações na internet devido a ausência de muitos itens prometidos e não entregues. Enfim, o Renault Captur, pelo que vende, merece mais atenção.

 

Renault Captur – defeitos e problemas
Nota média 5 de 4 votos

  • Guilherme Ferreira Lucio Lemes

    A minha (PCD 1.6 CVT 2018) já está com 13.000KM. Estou satisfeito, mas esses relatos assustam.

    • Incitatus

      Já fizeram o “Corolla defeitos e problemas”?

      • Geraldo Xavier

        Sim

      • Samluzbh

        Os donos de Corolla não sabem usar a internet para reclamar, daí tem poucas reclamações.

        • Ernesto

          Haters gonna hate!

        • PrGirafales

          kkkk

    • Nicolas

      Quando fui colocar filme no meu carro tinha uma Captur com porta aberta na loja. Só pelo acabamento da porta deu para perceber que é um carro que visa exclusivamente um baixo custo de produção.

  • Louis

    Cheguei a cogitar o Captur, mas o interior paupérrimo e os relatos de alto consumo me fizeram desistir.

    • Piston head

      O painel espanta a maioria. Imagina olhar para aquele big tamagotchi todos os dias, que desgosto.

  • Audeny Junior

    “…alguns se queixam de falta de marcador de temperatura do motor, difusor
    de ar central que só regula o fluxo para baixo, tanquinho para gasolina
    da partida a frio, estepe externo com alto risco de roubo, comandos Eco e
    limitador/controlador de velocidade embaixo do freio de mão e algo que
    chama atenção…” tipo de coisa que tem que ver antes de comprar…

    • Carlos Henrique

      verdade

    • Chris

      O controlador embaixo do freio de mão é bizarro! Quando fomos ver o carro, achamos ele belo por fora, mas todo encanto vai por água abaixo ao entrar..

    • André Luis Versiani

      Viajei em uma recentemente e ficava puto toda hora que queria ativar o Controle de Cruzeiro, tinha que ter pelo menos posicionado melhor já que não tiveram vergonha na cara de instalar um freio de mão eletrônico em um carro tão equipado.

  • Luconces

    Achei extremamente polêmico e que vai dar pano para manga essa matéria com relação ao Captur aqui.

    Por favor postar mais! kkk

    Seria legal fazer do Polo/Virtus pois a quantidade de vídeos no YT reclamando não tá no gibi!

    • Ric_Minas

      No geral esses Suvinhos tem problemas tão comuns e ordinários qto um carro de entrada.
      Qto ao Polo esses problemas mostram que está mais para um Gol melhorado do que para um mini-Golf.

    • Incitatus

      Não fiz vídeo mas tô com vontade. Tirando o motor é gato por lebre.

      • Luconces

        O que ta rolando com o seu?

    • Geraldo Xavier

      Das auto não tem defeitos

    • JOSE DO EGITO

      fala baixo pq aqui ta cheio de fanaticos pela VW vao falar que vc é golpista !!!

      • Luconces

        Ah não! Golpista não! Kkk

  • Domenico Monteleone

    Ruídos diversos já deixaram de ser problema no Brasil, a combinação plástico barato + corte de custos + falta de cuidado na montagem + asfalto lunar dá nisso.

    • Marcos Silva

      Renault pra mim é carro barato vendido a preço de luxo.

      • what_the_hell??

        Concordo que os carros Renault não são uma maravilha, mas vejo que os preços chegam a ser abaixo da concorrência (que tb não são essa coisa toda)! O Kwid mesmo tem preços abaixo dos concorrentes com 4 airbags e direção elétrica.

        Mas sobre o Captur, minha esposa tem um e para mim o motor é o calcanhar de aquiles desse carro! O resto são defeitos que, no dia-a-dia, não incomodam tanto, na minha opinião, e acabariam sendo superados pelo espaço interno e posição alta de dirigir que minha esposa gosta muito! Mas está em tempo de a Renault colocar o 1.3 tce em sua linha! São quase 10kgfm a mais de torque se considerarmos a versão de 150cv (25,5 ante os módicos16.2 do 1.6) que fariam toda a diferença nesse carro!

  • CanalhaRS

    Que bomba hein? Deus me livre.
    Eu ouvi um relato a alguns anos atrás (não sei se verídico) de um ex funcionário que trabalhava uma css de Porto Alegre. Ele cita que a empresa colocava peças usadas nas revisões dos carros e também comprava peças do paralelo e colocava em caixinhas das originais para vendê-las como tal.

    • ALAN_PR

      Infelizmente estas práticas acontecem com frequência em todas as marcas. Aqui na minha cidade acontecia na VW, mas era cambalacho de funcionário, o mesmo depois fez isso na Citroen e Chevrolet, e a galera nem aí para pedir recomendações e quem manda embora também não quer se comprometer e não fala nada.

    • Tommy

      Minha família trabalhava em concessionária Audi/Kia em SP e já lá em 2009 isso era prática velha, hoje com compartilhamento de peças do carro de entrada aos das marcas de luxo então, pode ter certeza que tem peça usada de Gol rodando em Audi “revisado em css” por aí.

  • Rodrigo

    “Em outra saída de concessionária, um Captur zero km deixou cair uma lâmpada na cabeça do motorista, segundo o próprio, dono do carro. ”

    Hahahahahahaha Captur não escolheu esse dono

    • Eskarmory .

      Soou engraçado, mas não entendi. Qual lâmpada?

      • Dead Lock

        Deve ser da luz interna do teto.

      • Rodrigo

        Sei lá, talvez do plafonie central

        • Piston head

          Sim, mas tem uma proteção plástica, como uma lâmpada poderia cair… Não gosto de história mal contada.

  • D34D P00l

    Pior custo benefício dos carros da Banânia, e top 10(ao contrário) de refinamento.

    • Al

      Carro novo com câmbio AT4 só pode ser piada…

  • Emygdio Carlos

    Que abacaxi!

  • Leo

    O maior defeito é não ter um simbolo da Toyota ou Honda na grade frontal. Se tivesse, estava vendendo igual pão quente.

    • Samluzbh

      Ou VW.

      • Unknown

        A VW não vende tanto assim…

    • Ernesto

      Vai ver se existem tantos relatos de problemas nos carros da Toyota como esse aí!.

  • el punidor

    Ditado popular cai como uma luva para esse carro de fachada: ” por fora bela viola, por dentro pão bolorento “. Que carroça, heim dona Renault/Dacia!!

  • ALAN_PR

    Renault do Brasil sempre teve estes acabamentos espartanos e falta de cuidado de montagem. Eu tive um Megane 1,6 sedã, foi uma lástima de carro, posso dizer que foi o pior carro que tive na vida, nunca mais cogitei comprar Renault novamente.

    • D34D P00l

      E isso porque era um dos Renaults limpinhos, agora imagina esse que foi feito pra ser emergente.

    • RodrigoABC

      Tive um megane mk2 2.0, na época era um ótimo carro, acabament não batia, o tecido dos bancos era de fazer inveja a muito couro. Saudades até hoje, não devia em nada para um corolla, vectra “C”, 307, na mesma faixa de preço

      • Cristiano

        Meu sogro teve duas Scenic e a impressão do acabamento era essa mesma. Hoje temos um Sandero em casa, sem comentários hahaha

        • Al

          Sandero não é Renault, é Dacia. Pior que a Captur parece uma Dacia com fantasia de Renault.

          Já Scenic, ou sua mãe Megane, eram outro nível, genuínas Renault. Até o Fluence também está bem acima destes Dacias.

      • ALAN_PR

        Sorte sua, o meu vendi com 8.000 km rodados com o carpete desgastado as beiradas dos bancos desfiando e com problemas no motor que impedia o uso de etanol. O meu era 1,6

        Ahh, e teve o câmbio que quebrou a 3 marcha, a coluna de direção elétrica estragou e um dia de chuva alagou o carro por um defeito no acabamento do painel, a chuva descia pelo parabrisa e alagou tudo, foi bem interessante viajando pela estrada com água até as canelas.

        • RodrigoABC

          Casos e casos. Não tenho motivos para falar mal, você tem. Acontece, vida segue. Um dia compro outro megane por nostalgia.

          • ALAN_PR

            Verdade absoluta o que você escreveu. Eu por exemplo tive um Marea 2,4 20V AUTOMÁTICO e andei 144.000 km com ele sem problema algum. Lá por volta dos 130.000 km o alternador pifou, mas não considero um problema grave.

            Em fim, casos e casos, mas ao contrário de você, eu NÃO terei um Marea novamente por nostalgia. ;)

            • RodrigoABC

              kkkkkkkkkkkkkkk Marea eu teria para coleção. Acho muito bonito e ainda lembro a primeira vez, quando era menino, que ouvi o ronco do 5tech. É um sonho, o problema é achar um que não caiu nas mãos dos “manolos”

              • ALAN_PR

                Ano passado eu vi um Marea Turbo 2001 com 150.000 km único dono, estava impecável, sempre revisado na concessionária até aquele momento. Era de um advogado, também professor de 66 anos. Preto com brancos claros e airbag lateral, uma raridade.

                Ele não vende ou vendia na época, em fim, achar estas raridades é difícil.

    • Diego Felipe

      Nossa, que azar. O Mégane sedã que tivemos aqui em casa foi vendido com mais de 180 mil km. Tenho saudades até hoje.

  • 🅰🅽🅳🅴🆁🆂🅾🅽 – 🆂🅿® ✅

    Parece que falta esmero no carro, só se preocuparam de colocar uma casca nova e mais atraente em cima do Duster e cobrar a mais por isso.

  • Annita Fingenberg

    Esse carro é bonito por fora, tem um bom porte, mas por dentro é uma tristeza. Desde o lançamento reclamam do alto consumo. Em terras de combustível tão caro isso é um fator determinante.

  • Carlos Henrique

    estou com uma vai fazer 2 meses, ja levei 3 vezes na dona renault!!!
    1 o comando do ar estava quebrado o que faz o direcionamento do ar
    2 acabamento da porta traseira sem parafusos de fixação
    3 maçaneta e puxador da porta traseira solto
    4 acabamento da coluna, onde fixado o cinto de segurança
    5 faltando trava do acabamento do porta mala

    tenso!!!

  • Antonio Andrade

    É chinês (Ironic mode on)?

  • Valdek Waslan

    Bonitinho… mas ordinário?
    Não sei…
    Eu conheço duas pessoas que tem Renault a vida inteira e não tiveram problemas, mas sei de gente que se você estacionar um Renault na porta deles eles começam a ter tique nervoso e a se coçar de alergia.
    Enfim… muito do que li na matéria se resume em uma frase: RENAULT SENDO RENAULT.
    Eu sei de um caso em que o carro foi condenado pelos próprios mecânicos da Renault, foi condenado pela perícia e mesmo assim, estando o carro em garantia a Renault lutou até o último minuto para devolver o dinheiro.
    EU NÃO COMPRARIA UM RENAULT!!!

    • Luconces

      O problema desse tipo de matéria é achar que o carro é defeituoso. Se ler matéria de quedas de avião, todos acham que avião é inseguro mas o número de quedas comparado ao número de voos diários é ridículo.

      Se pensar no número das vendas do Captur com o número de reclamações, a proporção é baixa.

      Hoje eu não compraria nenhum Renault por achar que a linha deles está pobre. O dia que vierem Clio, Megane, Zoe, Kadjar, Koleos e mesmo o Twingo eu mudo de ideia.

      • Valdek Waslan

        Como eu disse: tem pessoas que nunca tiveram problemas com Renault.
        Acho que o grande pecado da Renault é a própria Renault e quando digo isso, falo no pós venda.
        Eu não compraria um Renault por não me passar credibilidade no geral e aí eu digo mecânica, atendimento, pós venda e também pelo interior pobre (acho por exemplo os volantes da Renault de uma pobreza sem fim)
        A Citroen, mesmo sendo também francesa me passa um pouquinho mais de credibilidade, mas só um pouquinho.

        • Matthew

          Ah cara, todas as marcas e modelos estão sujeitos a dar problema. Se for ficar caçando na internet defeitos, você não compra nada.

      • Hugo Leonardo Dos Santos

        Zoe já tem

        • Luconces

          Já está a venda?

  • RodrigoABC

    Tem uns relatos que são absurdos, hoje é de se desconfiar de boa parte desses “relatos”. Não estou dizendo impossível, mas alguns também beiram o absurdo. Além disso, pelo visto maioria é caso pontual.

    • kirig

      Tem gente que nasce Zéruela, e assim será até a morte!
      Concordo que é cada problema previsível e banal que não se compreende!
      Vendo tudo o que já se reclamou nesta seção para diversos veículos.

    • Samluzbh

      Tipo o da lampada que caiu na cabeça do sujeito, kkkkkk, de onde sera que ela veio?

    • Tommy

      Tipo gente que compra hatch subcompacto e reclama que não cabe mala ou 5 pessoas. Esse tipo deve ser ignorado.

  • Eduardo Edu

    Por ser derivado da Guster, com certeza é um mini SUV bem robusto, mas os plásticos e a central multimídia são fraquíssimos. Olhando a traseira, o eixo de torção fica bem à mostra e aparecem duas pressilhas com as sobras da alça para baixo que demostram total falta de cuidado da Renault com acabamento.

  • Eduardo Edu

    Bom carro, mas perto da concorrência, pelo conjunto da obra deveria custar menos. Central multimídia e acabamento de Sandero, sem condições.

  • Marcus Vinicius

    Ele precisa ser melhorado como ganhar o 1.6 Turbo , antes da chegada do Novo Duster

    • what_the_hell??

      A linha Renault deve ganhar ainda esse ano o 1.3 turbo (tce)! Aí sim se tornaria uma opção interessante na minha opinião se mantiverem os preços. São 150cv e, sobretudo, 25,5kgfm de torque!

  • Alexis

    A 8 meses atrás eu acabei comprando um WRV por causa dos relatos de problema de motor do Captur, que era a outra opção. O carro, que veio desalinhado da concessionária, foi pra revisão de 10000km hoje cheio de ruídos internos e com a paleta do limpador de parabrisa detonado… O Sentra 2013 que troquei nele só foi fazer o mesmo nível de barulho interno com 50000km, e as paletas originais duraram mais de dois anos… A solução para estes carros novos é usar som alto ou protetor auricular, kkk.

  • Ricardo

    Sou proprietário de uma 18/19 retirada 0km em Outubro de 2018, hoje com 6mil km, até hoje sem reclamações! Fiz uma viajem de 3mil km as praias do litoral sul da Bahia no Réveillon o comportamento do carro foi fantástico, sobre consumo o pessoal tem entender que o carro e grande e pesado, rodas aro 17 e não tem uma aerodinâmica que favoreça, para um motor 1.6 com cambio automático e muita coisa. Acho o desempenho honesto para a proposta de carro Famíliar sem pretensão de ser esportivo.

    • RicLuthor

      Sem contar que o pessoal tem que aprender usar o CVT.

      • what_the_hell??

        É verdade! Só depois de um tempo q a pessoa consegue se acostumar com o CVT

    • what_the_hell??

      Tenho um em casa há quase um ano e tb vi exagero dessa reportagem! Na minha opinião, se trouxerem o motor 1.3 tce e mantiverem os preços, seria o melhor custo x benefício da categoria! Mas, de fato, o desempenho e consumo estão entre os piores da categoria (talvez no nível do renegade, tb criticado por isso).

    • Unknown

      Carro com 6 mil Km e você queria que tivesse apresentado algum defeito já? Rode pelo menos 50 mil para fazer trazer um feedback mais fidedigno.

  • Lucas086

    O acabamento desse captur é muito pobre, é muito Sandrero… por fora é bonita, imponente, mas por dentro, não nega ser uma dacia gourmet, carro muito simples … muitos defeitos devem vim da plataforma simples, compartilhada com a Duster

  • RicLuthor

    O pessoal reclama do consumo da Captur desde o lançamento… Será que não percebem que é um carro pesado, com grande área frontal, com motores subdimensionados e câmbios idem? Como um veículo assim vai consumir pouco?

    Sem contar que muita gente não sabe usar o CVT e o usa como um automático comum, acelerando demais (pisando demais no pedal e variando demais o curso).

  • Leonardo M. G.

    Andei de Captur hoje (fui deixar meu carro pra um reparo e o pessoal da Renault/Nissan me deu uma carona até meu trabalho). O problema da tampa do porta – malas existe, que nem o do Polo (meu pai tentou consertar nas duas CCS VW daqui da minha cidade e nenhuma conseguiu arrumar. Falei pra ele abrir reclamação no site da VW, mas pelo jeito vou ter de abrir pra ele… ).

  • Anderson Trajano

    Eu acho esse o mais bonito entre todos os SUV’s compactos. Uma pena que o grupo Renault/Nissan tenha decido por nos vender apenas carros de baixo custo, pois me interessei por ele no lançamento.

    O problema do Captur é que ele engana muita gente. O pessoal compra achando que é um baita SUV e no final descobre que ele é tão paupérrimo como um Sandero que custa muito menos.

    Não é a toa que a GM diz que o segmento de SUV’s é o mais rentável. Você pega um compacto, bomba ele e vende por 100k. Todas fazem isso, em maior ou menor escala, mas fazem.

    Na versão 1.6 do Captur temos a mesma plataforma do Duster, mesmo motor/câmbio do March e mesmo acabamento do Sandero. Porque ele seria melhor ?

    • Zé Mundico

      Isso mesmo, o Captur é uma gambiarra mal acabada.

  • Jorge Hasnm

    A Captur com 3800 km que estava com barulho na suspensão é a minha, a Renault resolveu o problema em 3 dias , alugou uma Duater Aut, me explicarão qual é foi o problema, e me convenceram.
    Eu mesmo vi o reparo feito, que na realidade é tá mais para um detalhe do que um problema crônico.

  • afonso200

    desse jeito se chama LIXO no atendimento. ….. baixar oleo é comum, por isso muitos renault fumando na rua, pois baixou oleo o motor trabalhou em rendimento inadequadio, e tao tudo ruim os motores

  • Alessandro Vallone

    Péssima reportagem, cata cata de postagens de internet e pobre do começo ao fim.

  • Carlos AM

    Problema 1: Ser um Dacia;
    Problema 2: Ser o Duster.

    • Retrato do Papai

      sabe o que é pior? os dacia são melhores que os nossos “renô”

  • Fernando Orlandi

    Honda HRV – nunca vi dá nenhum tipo de problema desses, aliás, não dá problema! fikdik

    • Samluzbh

      Comentário totalmente desnecessário, fikdik

      • Fernando Orlandi

        É mais que um comentário , é fato. O dia que Renault tiver confiabilidade e qualidade igual Honda talvez seus carros não valham alguma coisa no mercado de semi novos

  • AlemãoMoreira

    Que lixo de matéria hein, informações vindas de um único lado e algumas parecem até exageradas. É ridículo um site com esse tamanho e quantidade de acesso postar algo como “vendedor chegou a ter intenção de agredir o proprietário, segundo depoimento”, quem garante que isso é verdade? A css foi consultada para dar a versão dela dos fatos? Lamentável a difamação gratuita da marca.

  • Zé Mundico

    Pelo que sei, o Captur brasileiro é uma gambiarra genérica, pois não tem nada a ver com o projeto original europeu.
    Parece que quiseram aproveitar o projeto original para fazer um carro maior e recheado de bugingangas mal montadas e mal acabadas, dentro do “afamado” padrão Renault de acabamento.
    No fim das contas, é mais um projeto pega-bôbo da Renault, dirigido para um público que se julga “diferenciado” e “exclusivo”.
    O Captur queria ser o primo rico do Duster mas acabou sendo o filho enjeitado do Sandero….rsrsrsrs

    • MKB

      Eu já vi de perto o Captur europeu, é nítida a diferença de porte. Ele é mais curto, está mais para um hatchback grandão do que pra SUV. Confesso entretanto, que, externamente, o brasileiro é mais bonito. Mas o posicionamento de mercado dele, com aquele interior maquiado de Duster, câmbio de 4 marchas no modelo 2.0, realmente queimou o carro aqui no Brasil.

    • Luis Carlos

      Parei de ler quando você disse que é uma gambiarra que não tem nada de a ver com projeto europeu, se você observar apenas a plataforma foi trocada, que por sinal ficou até melhor que o europeu, quanto ao acabamento é o mesmo, basta olhar as fotos em alguns sites, dizer que mal montado, ai você pegou pesado, deve ser inveja por não poder comprar um.

      • Zé Mundico

        O Captur nacional é o aproveitamento de outro projeto com adaptações principalmente de acabamento. Só por usar a plataforma do Duster já depõe contra o projeto. É mal acabado mesmo, paciência.

    • Luis Carlos

      Dizer que é um atestado de indigência, um carro com quatro airbags, farol projetor com regulagem de altura, piloto automático, controle de velocidade, controle de tração e estabilidade, freios ABS com antiblocante, Câmbio Automático CVT X-TRONIC com 6 velocidades, Media Nav 7’’ Touchscreen com GPS, Câmera de Ré, Sensor de Estacionamento, partida por botão e chave presencial, ar-condicionado digital, sensor e câmera de ré, sensores de chuvas e crepuscular. Procure um que ofereça tanto pelo preço que ele custa.

      • Anderson Trajano

        Na verdade ele se referiu ao projeto em Luis. Equipado ele é, sem dúvida, e ninguém discute isso. O duro é a Renault tentar emplacar aqui um carro que chega aos 100k e tem plataforma de Duster, motor e câmbio de March e acabamento de Sandero. Direção hidráulica, motor 2.0 aspirado e câmbio de 4 marchas só entregam que “por baixo” é um projeto antiquado. Comparando com os carros que a Renault Brasil já vendeu aqui, o Captur é inferior, infelizmente.

  • bpassoni

    Neste sábado fui fazer um test-drive na concessionária Renault para conhecer a Captur, o vendedor pegou uma TOPO DE LINHA. Durante o test-drive observamos que a luz do freio de mão não apagava e ficava apitando ao andar, iluminação central estava muito mal encaixada, quase caindo, e tanque na reserva (em pleno sábado de manhã). Achamos muito estranho um carro de test-drive estar tão descuidado.

    Isso passou um impressão totalmente negativa sobre o carro.

  • Filipe Casagrande

    Aqui em casa, quando fomos trocar de carro ficamos entre o Captur e o 2008 da Peugeot. Optamos pelo 2008 por ser mais barato no semi-novo (visto que o Captur é praticamente lançamento) e hj vejo que fizemos um bom negócio.

  • mrcarvalho66

    Se fosse originário da Dacia seria um pouco melhor.

  • Thyago Fideles

    Gostei da matéria! Gosto de matérias assim, que expõe o lado negativo do carro. Assim o consumidor compra esperando que o que vier é lucro.

  • Lyly Negreiros

    Bem. Gostaria de uma opinião mais específica. Alguém aí tem captur zen 1.6 manual? Esse que quero comprar e gostaria de uma opinião de alguém que tenha.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email