Revisão Mercedes-Benz: preços e detalhes (2024)

mercedes benz glc 220d 4matic br 1

Seguindo nossa série de matérias sobre o custo de manutenção em cada marca, hoje vamos falar sobre as revisões da Mercedes-Benz. Assim como todas as marcas premium, se prepare para ver valores bem salgados.

Em seu site, a alemã divulga os valores das revisões a cada 10.000 km ou 12 meses, o que ocorrer primeiro. Ao contrário das marcas populares, ela cita apenas até a revisão dos 50.000 km, sendo que depois disso é preciso consultar uma concessionária.

Como de costume, a Mercedes-Benz divide essas manutenções entre os planos Assyst A e Assyst B. O primeiro inclui óleo de motor, filtro de óleo e check-up, enquanto o segundo acrescenta óleo de freio, filtro de ar-condicionado e filtro de ar do motor. Todas já tem a mão de obra inclusa.

Tudo isso faz parte do serviço de pós-venda oferecido pela marca em 54 concessionárias, espalhadas em 42 cidades. Todos os modelos vem com 2 anos de garantia, período que também inclui o serviço de assistência 24 horas.

Algo importante é que a marca não inclui todos os seus modelos quando fala de preço fixo para revisão, por isso a lista abaixo não cita Classe E, EQC, GLE ou GLS. Além disso, mesmo no caso dos modelos citados, os valores das revisões excluem as versões AMG ou aquelas com motores de 6 cilindros.

Vamos então destacar todos os carros da Mercedes-Benz com suas revisões divulgadas no site. Confira!

Classe A Hatch

Mercedes Benz Classe A 2020 1

O Classe A Hatch mudou para melhor nos últimos anos, mas ficou muito mais caro. Com isso, é difícil falar dele como sendo um modelo de entrada, até porque seu posicionamento atual o coloca acima de seu irmão sedan na tabela de preços da marca.

De qualquer forma, o alemão é vendido atualmente nas versões A 250, A 35 AMG e A 45 S AMG. O primeiro começa em R$ 328.900 e tem motor 2.0 turbo de 224 cv e 35,7 kgfm de torque, com câmbio automático de sete velocidades.

Enquanto isso, as versões AMG exploram ainda mais esse mesmo conjunto, extraindo 306 cv e 40,8 kgfm ou 421 cv e 51 kgfm, respectivamente. O primeiro tem o mesmo câmbio já citado, enquanto a versão mais potente tem oito velocidades.

Vale citar que, além do preço bem mais alto (R$ 428.900 e R$ 533.900), a dupla de esportivos não está incluída nos preços da revisão declarada. Com isso, os valores abaixo servem apenas para o Classe A 250, totalizando mais de R$ 11,2 mil.

Revisão Custo
Quilometragem Classe A
10.000 km – Assyst A R$ 1.200
20.000 km – Assyst B R$ 2.690
30.000 km – Assyst A R$ 3.450
40.000 km – Assyst B R$ 2.690
50.000 km – Assyst A R$ 1.200
Total R$ 11.230

Classe A Sedan

Mercedes Benz Classe A Sedan 2019 17

Segundo modelo mais barato da Mercedes-Benz no Brasil, o Classe A Sedan impressiona pelos valores praticados. Mesmo estando numa categoria abaixo de Classe C e outros alemães bem conhecidos, ele começa em quase R$ 300 mil.

Sua linha é parecida com o irmão menor, mas a versão mais barata tem uma diferença importante no motor. O A 200 Sedan Advance (R$ 297.900) usa o propulsor 1.3 turbo de 163 cv e 25,5 kgfm de torque, aliado à transmissão automática de sete velocidades.

Pulando para a versão A 35 AMG Sedan (R$ 436.900), ele tem o mesmo motor 2.0 turbo de 306 cv e 40,8 kgfm do hatch, também ligado ao câmbio automático de sete velocidades e com tração integral.

Falando sobre suas revisões, o sedã alemão não apresenta qualquer diferença para o primeiro modelo que citamos. Suas paradas tem valores entre R$ 1,2 mil e R$ 3,4 mil, totalizando mais de R$ 11,2 mil e deixando de fora a versão AMG.

Revisão Custo
Quilometragem Classe A Sedan
10.000 km – Assyst A R$ 1.200
20.000 km – Assyst B R$ 2.690
30.000 km – Assyst A R$ 3.450
40.000 km – Assyst B R$ 2.690
50.000 km – Assyst A R$ 1.200
Total R$ 11.230

Classe C

mb classe c brasil 1

Modelo mais importante da Mercedes-Benz no Brasil, o famoso Classe C já teve muitas versões em nosso mercado. Sua linha atual acabou de ser lançada por aqui, apresentando novidades em quase todos os aspectos.

Ele usa a plataforma MRA2 e tem estilo de Classe A e Classe S, com mudanças profundas no visual e aumento de 6,5 cm no comprimento e 2,5 cm no entre-eixos. Seu interior também foi totalmente renovado, com cluster digital de 12,3 polegadas e multimídia vertical de 11,9 polegadas.

A nova linha começa com a versão C 200 AMG Line (R$ 349.900), que tem motor 1.5 turbo de 204 cv e 30,5 kgfm, além dos adicionais 20 cv e 20 kgfm do sistema híbrido-leve. O câmbio automático G-Tronic tem nove velocidades.

Já a configuração topo de linha C 300 AMG Line (R$ 399.900) vem com o propulsor 2.0 turbo, também auxiliado pelo sistema híbrido de 48 volts. São 258 cv e 40,8 kgfm (com 27 cv e 20 kgfm adicionais), usando a mesma transmissão citada acima.

As revisões do Classe C são mais caras que o Classe A, com valores entre R$ 1,7 mil e R$ 4,2 mil para os veículos a partir de 2015, o que totaliza R$ 13,8 mil até os 50.000 km. Confira:

Revisão Custo
Quilometragem Classe C (a partir de 2015)
10.000 km – Assyst A R$ 1.700
20.000 km – Assyst B R$ 3.100
30.000 km – Assyst A R$ 4.200
40.000 km – Assyst B R$ 3.100
50.000 km – Assyst A R$ 1.700
Total R$ 13.800

CLA Coupé

Mercedes AMG CLA 35 2020 1

A marca ainda não confirmou oficialmente, mas é quase certo que o Classe A Sedan não terá uma nova geração após 2025. Com isso, caberá ao CLA Coupé preencher esse espaço.

O modelo atual é vendido no Brasil nas versões CLA 250, CLA 35 AMG e CLA 45 S AMG. O primeiro custa R$ 334.900 e vem com motor 2.0 turbo de 224 cv e 35,7 kgfm, aliado ao câmbio 7G-DCT de sete velocidades.

Já os dois modelos esportivos, que não são contemplados pelos valores das revisões abaixo, entregam 306 cv e 40,8 kgfm (câmbio 7G-DCT) e 421 cv e 51 kgfm (8G-DCT). Eles custam R$ 444.900 e R$ 554.900, respectivamente.

Os valores das revisões totalizam R$ 11,2 mil nas cinco primeiras manutenções, tendo uma tabela exatamente igual aos modelos Classe A.

Revisão Custo
Quilometragem CLA Coupé
10.000 km – Assyst A R$ 1.200
20.000 km – Assyst B R$ 2.690
30.000 km – Assyst A R$ 3.450
40.000 km – Assyst B R$ 2.690
50.000 km – Assyst A R$ 1.200
Total R$ 11.230

GLA

mercedes benz gla 35 amg

Outro modelo que compartilha os valores de manutenção citados acima é o GLA , que chegou ao Brasil no início de 2021 em sua segunda geração e surpreendendo com um preço maior que o GLB de sete lugares.

A versão de lançamento GLA 200 AMG Line (que chegou por R$ 325.900 e já subiu para R$ 335.900) conta com o conhecido motor 1.3 turbo de 163 cv e 25,5 kgfm, com câmbio automático de sete marchas.

Posteriormente, o modelo ainda ganhou a configuração GLA 35 AMG, que parte de salgados R$ 504.900 e usa um conjunto com motor 2.0 turbo (306 cv e 40,8 kgfm), câmbio automático de oito marchas e tração integral.

Como citamos, o GLA é mais caro que seu irmão GLB de sete lugares, que usa o mesmo motor 1.3 turbo. A explicação para isso é sua origem: enquanto o GLB vem do México e tem alíquota reduzida, o GLA chega da Alemanha.

O lado positivo é que o valor das revisões não é tão assustador quanto o preço de tabela, pelo menos quando falamos do padrão Mercedes-Benz. O GLA compartilha os valores já citados anteriormente, totalizando R$ 11.230 nas cinco primeiras revisões.

Revisão Custo
Quilometragem GLA
10.000 km – Assyst A R$ 1.200
20.000 km – Assyst B R$ 2.690
30.000 km – Assyst A R$ 3.450
40.000 km – Assyst B R$ 2.690
50.000 km – Assyst A R$ 1.200
Total R$ 11.230

GLB

Mercedes Benz GLB 2021 4

A comparação entre o GLA e o GLB é inevitável, afinal eles compartilham plataforma e motor. A grande diferença está no aproveitamento do espaço interno, o que torna o modelo de sete lugares uma opção bem mais interessante para as famílias.

Vendido nas versões Advance e Progressive, o GLB custa entre R$ 286.900 e R$ 314.900, sendo a opção mais barata da marca por aqui. Ele sempre usa o motor 1.3 turbo de 163 cv que já citamos acima, mais do que suficiente para um SUV desse tamanho.

E já que estamos falando de tantas similaridades entre esses dois utilitários, nunca é demais frisar que seu pacote de revisões tem o mesmo custo do GLA. Ou seja, o custo-benefício aqui é bem superior em relação a seu irmão.

Revisão Custo
Quilometragem GLB
10.000 km – Assyst A R$ 1.200
20.000 km – Assyst B R$ 2.690
30.000 km – Assyst A R$ 3.450
40.000 km – Assyst B R$ 2.690
50.000 km – Assyst A R$ 1.200
Total R$ 11.230

GLC

mercedes amg glc 63s coupe 1

Por fim, chegamos ao GLC, o último modelo citado pela marca alemã em sua lista de valores relativos à manutenção programada. A diferença aqui é que ele oferece as versões SUV e cupê.

O primeiro começa na opção GLC 220 d (Off-road e Enduro), que usa o motor 2.0 turbodiesel de 194 cv e 40,8 kgfm, com câmbio automático de nove marchas. Seus preços variam entre R$ 446.900 e R$ 507.900.

Ainda nessa carroceria, temos as configurações esportivas GLC 43 AMG (R$ 623.900) e GLC 63 AMG (R$ 845.900), com os motores 3.0 V6 de 367 cv e 53 kgfm ou 4.0 V8 de 476 cv e 66,3 kgfm, respectivamente. Todos usam o câmbio automático de nove marchas.

Passando para o cupê, temos o GLC 300 (R$ 548.900), com motor 2.0 turbo de 258 cv e 37,7 kgfm (câmbio 9G-Tronic), e as versões GLC 43 AMG Coupé (R$ 667.900) e GLC 63 S AMG Coupé (R$ 887.900).

O primeiro tem os mesmos números da versão SUV, enquanto o segundo é ainda mais potente (o que fica evidente na letra S em seu nome) e entrega 510 cv e 71,4 kgfm de seu motor V8.

Falando sobre as revisões, e lembrando que elas não se aplicam às versões AMG, vemos que o GLC tem um custo bem alto até os 50.000 km. Na versão movida a gasolina, o valor fica em quase R$ 15,2 mil, enquanto a opção diesel se aproxima dos R$ 15,9 mil.

Revisão Custo Custo
Quilometragem GLC Gasolina GLC 220 Diesel
10.000 km – Assyst A R$ 1.870 R$ 2.120
20.000 km – Assyst B R$ 3.410 R$ 3.580
30.000 km – Assyst A R$ 4.620 R$ 4.450
40.000 km – Assyst B R$ 3.410 R$ 3.580
50.000 km – Assyst A R$ 1.870 R$ 2.120
Total R$ 15.180 R$ 15.850
google news2Quer receber todas as nossas notícias em tempo real?
Acesse nossos exclusivos: Canal do Whatsapp e Canal do Telegram!

O que você achou disso?

Toque nas estrelas!

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.


Últimas Notícias



viny
Autor: Viny Furlani

Trabalha no segmento automotivo há mais de 18 anos. Desde 2009 trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escrevendo avaliações e notícias sobre carros, totalizando mais de 2.000 artigos.