*Destaque *Featured Lançamentos Linha 2019 SUVs Troller

Troller T4 2019: preço, consumo, motor, fotos, detalhes

Troller T4 2019: preço, consumo, motor, fotos, detalhes
Troller T4 2019

O Troller T4 2019 é, ao lado do Suzuki Jimny, uma das únicas opções de jipes verdadeiramente off-road oferecidos no mercado brasileiro. O utilitário se sobressai pela elevada capacidade de encarar trechos no fora de estrada, além de ser o único do segmento a dispor de motorização turbodiesel.

Atualmente, o T4 2019 pode ser encontrado em somente uma configuração. Ele oferece o mesmo conjunto mecânico da picape Ford Ranger, com um 3.2 litros turbodiesel de até 200 cavalos e tração 4×4, mas neste caso com transmissão manual de seis marchas.


O preço inicial de R$ 133.706. Porém, essa cifra pode variar para mais com a adição de pintura metálica ou perolizada e ainda uma série de acessórios originais para ampliar ainda mais a capacidade off-road do Troller T4.

Saiba abaixo tudo sobre o jipe:

Troller T4 2019 – história

Desenvolvido no Brasil, o T4 emprega motor e transmissão da picape Ford Ranger 2019. Fundada em 1995, a empresa foi criada no Ceará para produção de jipes em baixo volume. No entanto, o primeiro modelo não foi o T4, mas o RF.

O Troller RF era um modelo menor e equipado com motor Volkswagen 2.0 de 114 cv. Esse utilitário foi produzido de 1999 a 2001, mas ainda recebeu uma série especial em 2003. Só a partir de 2001 é que surge o Troller T4.

O principal diferencial, além da mudança de porte da carroceria, é o uso do motor diesel MWM 2.8 com 132 cv.

A produção do Troller T4 2.8 durou até 2005, pois no ano seguinte, o jipe passou a adotar o International NGD 3.0 com 163 cv. Este seguiu em produção até 2012. Em 2013, foi a vez do modelo usar o motor MWM-International TGV, que tinha 3.0 litros, mas com 165 cv. De serie, ganhou snorkel e melhoramentos nos para-choques.

Então, eis que surgiu a segunda geração de fato, o Troller T4 de 2015. O modelo atual surgiu inicialmente como um conceito no Salão do Automóvel de 2014. Diante da boa aceitação e já sob controle da Ford, a empresa recebeu um grande investimento para colocar o jipão nas ruas. Este apareceu com carroceria mais volumosa e mecânica da Ford Ranger 2019.

Com fábrica em Horizonte/CE, a Troller recebeu R$ 215 milhões para modernização da produção do Troller T4 2019, que dispõe de um processo sofisticado de moldagem a quente para peças de fibra de vidro, por exemplo. A unidade já tem capacidade para fazer 250 veículos por mês, o que dá 3.000 ao ano. Com garantia de três anos, o modelo pode ser adquirido em uma rede com 20 concessionários.

No Ceará, a planta de produção tinha um processo de fabricação bastante artesanal. A fábrica recebeu um novo processo de pintura,  fabricação de compósitos de aço e fibra de vidro prensados a quente (SMC – Sheet Moulding Compound), colagem de partes da carroceria por um robô e duas linhas de montagem, onde são feitos separadamente carroceria e o conjunto chassi, motor, transmissão, suspensão e freios.

Troller T4 2019: preço, consumo, motor, fotos, detalhes

Troller T4 2019 – detalhes

O Troller T4 2019 foi lançado em 2014, com renovação do design e da parte mecânica, entre outras alterações importantes. Demetrio Macke Fleck, gerente de Marketing, Vendas e Serviços da Troller, disse na ocasião: “O Novo Troller T4 inaugurou uma nova era para a Troller, com a modernização do produto, a remodelação da fábrica, com novos equipamentos e processos produtivos, e reorganização da rede de distribuição”.

Houve uma alteração no perfil dos clientes a marca com a chegada do Troller T4 2019, já que até então o utilitário 4×4 era adquirido basicamente por pilotos de rali e trilheiros para uso em competições e terrenos de extrema dificuldade, sendo que estes clientes possuíam conhecimento técnico do veículo.

Agora, o utilitário da Ford passa a atender da mesma forma o cliente que aprecia o seu visual, mas que o utiliza na maior parte do tempo em condições urbanas e ocasionalmente faz viagens por trilhas leves ou pratica esportes de aventura.

A ampliação do leque de clientes é um ganho importante para a Troller, pois pessoas com pouco conhecimento de off road, mas que gostam da categoria, agora podem não só ter o carro, mas aprender também com participações em eventos promovidos pela marca.

Macke Fleck explica: “É o cliente que aprecia o contato com a natureza junto dos amigos e da família, usa o Troller T4 nos finais de semana em trilhas leves ou lugares de difícil acesso, como sítio, fazenda e montanha, conhece as técnicas off-road e muitas pessoas nessa comunidade”.

A série especial Troller T4 Bold foi parte dessa estratégia para oferecer novidades aos clientes fiéis e continuar conquistando novos consumidores. De acordo com Macke Fleck: “Mais de 70% dos compradores no novo Troller são clientes novos, vindos de outras marcas, principalmente picapes diesel 4×4 e utilitários esportivos, atraídos pelas suas qualidades off-road e novas características de conforto”.

Como diferencial em relação ao modelo comum, a série especial limitada Bold do Troller T4 seguia o mesmo padrão, mas tinha carroceria pintada em dois tons (cinza e amarelo, cinza e vermelho ou cinza e branco), além de ganchos de reboque em vermelho, adesivo lateral exclusivo, rodas de liga-leve de 17 polegadas e para-choques pintados em preto fosco, entre outros.

No geral, o Troller T4 2019 chama atenção pelos faróis redondos, A grade é ampla e ostenta o nome da fabricante estampado ao centro. As setas nas extremidades e os faróis auxiliares ficam num corpo abaixo. A traseira exibe lanternas em LED e o estepe preso à tampa do porta-malas, esta com abertura lateral e também pintada em cinza.

Já nas laterais do Troller T4 2019, o desenho mais limpo permanece, com direito a linha de cintura elevada, estribos laterais, snorkel no lado direito (também em preto fosco), rack de teto e retrovisores e maçanetas na cor preta. O interior, por sua vez, abusa do acabamento em plástico, além da lataria aparente nas portas.

O acabamento é na cor preta, enquanto o teto tem uma tonalidade mais clara. O ambiente do Troller T4 2019 é bem semelhante ao da picape Ford Ranger devido às maçanetas e ao volante. O painel de instrumentos com elementos circulares, console central com três saídas de ar arredondadas e porta-luvas com tampa.

O peso do Troller T4 2019 é de 2.140 kg e ele mede 4,09 metros de comprimento, 1,97 m de largura, 1,96 m de altura e 2,58 m de entre-eixos. O porta-malas tem capacidade para levar até 134 litros, mas mesmo o espaço interno é reduzido. Feito para quatro ocupantes, o jipão aceita bem duas pessoas e com duas caronas eventuais na traseira.

O Troller T4 2019 é um off-road puro e tem ângulos de entrada e saída, ambos de 51 graus, capacidade de subida em rampa de 45 graus, inclinação lateral de 40 graus, ângulo de transposição em rampa de 30 graus e capacidade de submersão em água de até 800 mm.

Troller T4 2019: preço, consumo, motor, fotos, detalhes

Troller T4 2019 – novidades

A linha 2019 do Troller T4 foi apresentada no Salão do Automóvel de São Paulo de 2018 com algumas novidades. O utilitário passou a ser equipado com uma nova central multimídia. Além disso, a gama do jipe off-road agora conta com novas opções de cores para a carroceria.

O Troller T4 2019 agora sai de fábrica com um novo sistema multimídia da JBL/Harman. Este recurso oferece tela sensível ao toque de 6,5 polegadas e espelhamento de smartphones por meio do Android Auto ou Apple CarPlay. Ele se junta à atual lista de itens que contempla ar-condicionado automático digital de duas zonas, teto solar duplo, computador de bordo, trio elétrico, entre outros.

“O Troller T4 é um veículo único, tanto no desempenho e no design como na proposta de mercado. Ele teve uma grande evolução nos últimos anos e agora avança também na conectividade para atender suas múltiplas opções de uso”, diz Demétrio Fleck, gerente de Marketing, Vendas e Serviços da Troller.

Já entre as opções de cores, há o Vermelho Toscana e o Cinza Moscou.

Fora isso, o Troller T4 segue sem mudanças drásticas.

Troller T4 2019 – versões

A atual gama do Troller T4 2019 pode ser encontrada em somente uma versão de acabamento. Confira abaixo:

  • Troller T4 XLS 3.2 MT 4×4 2019

Troller T4 2019 – equipamentos

Troller T4 XLS 3.2 MT 4×4 2019

Segurança: conta com estrutura metálica tubular interna Space Frame, pneus de uso misto Pirelli Scorpion ATR 255/65, carroceria feita em compósito especial obtido através de SMC (Sheet Moulding Compound), alarme antifurto com fechamento dos vidros e travamento das portas e tampa traseira, freio a disco nas quatro rodas com ABS e EBD, entre outros.

Conforto: oferece tomada 12V, ar-condicionado automático digital de duas zonas, painel de instrumentos com iluminação Ice Blue, banco traseiro bipartido e rebatível, vidros, travas e retrovisores externos com acionamento elétrico, entre outros.

Visual e acabamento: ostenta protetor frontal, estribos laterais, lanternas traseiras em LED, rodas de liga-leve de 17 polegadas com acabamento Cinza Londres e pneus Pirelli Scorpion ATR, aerofólio traseiro com brake light em LED integrado, detalhes de acabamento em cinza Londres na grade frontal, nos estribos laterais e na tampa traseira, bagageiro de teto com capacidade para até 45 kg, teto solar duplo, entre outros.

Tecnologia: dispõe de computador de bordo com sete funções (hodômetros parciais A e B, consumo instantâneo de combustível, consumo médio de combustível, autonomia de combustível, velocidade média e temperatura externa), central multimídia JBL Harman CP100 com rádio AM/FM, entrada USB, conexão Bluetooth, tela sensível ao toque de 6,75 polegadas, Android Auto, Apple CarPlay, dois pré-amplificadores e interface Troller Splash Screen, entre outros.

Troller T4 2019: preço, consumo, motor, fotos, detalhes

Troller T4 2019 – preços

Por estar disponível em apenas uma configuração, o preço do T4 2019 também é único. A única coisa que influencia no preço final é a adição de pintura metálica ou perolizada.

Além disso, a marca oferta uma série de acessórios extras para o jipe off-road, como capa para o estepe, bagageiro de teto, estribo metálico, para-choque off-road dianteiro, pneus BFGoodrich 80/20 Mud, protetor da caixa de transferência e protetor de câmbio.

Confira abaixo o preço do Troller T4 2019:

  • Troller T4 XLS 3.2 MT 4×4 2019: R$ 133.706

Há as pinturas sólidas Branco Diamante II, Preto Mendonza, Vermelho Arizona e Amarelo Dakar. Já as opções metálicas se resumem nos tons Prata Geada e Azul Maresias, enquanto entre as perolizadas há o Verde Maragogi, Cinza Moscou e Vermelho Toscana. As cores metálicas ou perolizadas acrescem R$ 840 ao preço final do jipe.

Troller T4 2019 – motor

O propulsor 3.2 litros Duratorq de cinco cilindros do Troller T4 2019, é um diesel dotado de turbocompressor de geometria variável, intercooler ar-água e injeção direta eletrônica Common Rail. Da mesma forma que na Ford Ranger 2019, o propulsor entrega 200 cavalos de potência, entre 1.750 e 2.500 rpm, e 47,93 kgfm de torque, a 3.000 rpm, associado a uma transmissão manual de seis velocidades.

O conjunto do Troller T4 2019 inclui ainda tração 4×4 eletrônica, com acionamento por botão no console e três opções: além dos modos 4×2 e 4×4 High, que permite mudança a até 120 km/h (“shift on the fly”), há o 4×4 Low para tração máxima em baixa velocidade, além de diferencial traseiro de escorregamento limitado.

Troller T4 2019: preço, consumo, motor, fotos, detalhes

 

Troller T4 2019 – desempenho

Cidade 

  • Troller T4 2019 – 12,3 segundos e 180 km/h

O Troller T4 2019 é um jipão cearense com vocação de berço para o off-road. Apesar do bom acesso e espaço dianteiro, atrás é fatalmente apertado. O ideal é ter crianças ou pessoas de baixa estatura no banco traseiro, que inclusive é bipartido, ampliando o quase inexistente porta-malas, que tem somente 134 litros, mas que pode chegar a 558 litros com o banco rebatido. Ainda assim, quatro adultos no máximo ficam razoavelmente bem dentro do veículo.

Com acessórios ao invés de opcionais instalados, o Troller T4 2019 pode ser desconfortável na hora de dirigir. Quem não tem costume de apoiar o pé esquerdo não terá problemas no jipão, pois não há um apoio (opcional), ficando um vão enorme que faz o pé quase que sumir por debaixo do painel.  Como não se trata de um automóveis de passeio, essa característica não influi em seu desempenho.

A direção hidráulica é firme, mas imprecisa em altas velocidades, assim como a suspensão voltada para fora de estrada, que deixa o veículo um pouco instável nessas condições. A alavanca de câmbio é alta e tem engastes duros, mas precisos.

A embreagem, ao contrário, é macia. O freio a disco nas quatro rodas com ABS mostrou-se eficaz para o porte e projeto do veículo. No geral é aceitável, pois o foco não está no asfalto. O alto torque torna a condução bastante prazerosa em conforto e ruído interno.

O motor 3.2 Duratorq de cinco cilindros tem muita força disponível e na estrada basta manter quinta ou sexta marcha para ter um regime de funcionamento muito bom. O Troller T4 2019 tem um consumo declarado de 12,3 km/litro na estrada e 9,8 km/litro na cidade. A 110 km/h, o propulsor diesel está girando em 1.900 rpm.

O Troller T4 2019 mostra sua verdadeira vocação no fora de estrada, onde a tração 4×4 engatada (pode ser acionada até 120 km/h), permite ao veículo sair-se muito bem em todas as situações de terreno, inclusive em área alagada. Subir e descer as grandes dunas também é fácil para o veículo.

A suspensão trabalha de modo a manter o veículo o mais firme possível sobre o terreno, especialmente em planos inclinados. Na opção 4×4 reduzida, o Troller T4 2019 conta com ajuda do Trac Lock (diferencial autoblocante). O modelo pode atravessar até 800 mm de água. Para enfrentar ruas e estradas esburacadas, o utilitário 4×4 vai muito bem, mas é fora delas que realmente ele mostra o que pode fazer.

Sem dúvidas, é um veículo que continuará como referência no segmento 4×4 no Brasil, ainda mais após o fim da produção do rival TAC Stark, que mesmo após mudar para o Ceará, fracassou na missão de manter-se no mercado.

Todavia, pesa contra o Troller T4 2019, desde o lançamento, a ausência de airbags frontais, mesmo se tratando de um carro off-road. A justificativa é que por ter produção limitada, ele não precisa de protetores infláveis….

Troller T4 2019: preço, consumo, motor, fotos, detalhes

Troller T4 2019 – consumo

Cidade 

  • Troller T4 2019 – 9,8 km/litro de diesel

Estrada

  • Troller T4 2019 – 12,3 km/litro de diesel

Troller T4 2019 – manutenção e revisão

O Troller T4 2019 não tem manutenção com preço fixo. A marca cearense realiza as trocas de óleo lubrificante, filtro de óleo, filtro de combustível, correia em V, filtro de ar e outros componentes essenciais para o bom funcionamento do motor 3.2 de cinco cilindros a cada 20.000 km.

Mas, o diferencial é que as manutenções terão custos variáveis de acordo com o que se tem para fazer no veículo, que é geralmente usado para trilhas, eventos e competições.

Assim, a Troller pode realizar as devidas reparações ou substituições de peças e componentes conforme for necessário para o veículo. A carroceria em fibra de vidro permite troca rápida de partes, reduzindo o tempo de serviço e a espera do cliente.

A base mecânica da Ford Ranger 2019 permite maior oferta de peças e componentes mecânicos, reduzindo custos e também a manutenção. A marca possui rede e atendimentos próprios, podendo realizar diversos serviços.

Troller T4 2019: preço, consumo, motor, fotos, detalhes

Troller T4 2019 – ficha técnica

Modelo:…………………. Utilitário Troller T4 2019
Carroceria:…………….. compósito especial SMC
Chassi: …………………. longarinas de perfil retangular
No portas:………………. 3
No passageiros:……… 5
Tração:…………………… 4×4 part time com reduzida
Direção:…………………. hidráulica de esferas recirculantes
Embreagem: …………. monodisco seco, acionamento hidráulico, 273 mm
Bateria: …………………. 12 V, capacidade 65 Ah
Alternador:…………….. 14 V, capacidade 110 A

Motor:……………………. Ford Duratorq 3.2 L 20V Diesel

Combustível:…………. Diesel S10
Disp. cilindros:………. 5 em linha
Válvulas:……………….. 20
Admissão de ar:…….. turbo VNT Intercooler
Injeção:………………….. eletrônica – Common Rail Piezoelétrico
Diâm. cilindro:……….. 89,90 mm
Curso êmbolos:……… 100,76 mm
Cilindrada:…………….. 3.198 cm3   
Torque:………………….. 470 Nm @ 1.750-2.500 rpm
Potência:……………….. 200 cv (147 kW) @ 3.000 rpm
Rot. marcha lenta:…. 800 ± 150 rpm
Rotação máxima:…… 4.900 rpm
Taxa compressão:…. 15,5:1 ± 0,5

Transmissão                                 

Tipo:………………………. manual mecânica
Nº marchas:…………… 6 à frente e 1 à ré
Relações de transmissão:
1ª:………………………….. 5,441:1
2ª:………………………….. 2,839:1
3ª:………………………….. 1,721:1
4ª:………………………….. 1,223:1
5ª:………………………….. 1,000:1
6ª:………………………….. 0,794:1
Ré:…………………………. 4,935:1
Rel. final:……………….. 3,31:1

Relações de transferência

Normal:………………….. 1,000:1
Reduzida:……………… 2,720:1

Rel. diferencial:……… 3,31:1

Pesos e Rendimentos

Peso em ordem marcha (kg):
Total:……………………… 2.140
Dianteira:………………. 1.091
Traseira:………………… 1.049
Carga útil:……………… 420
Peso Bruto Total:…… 2.560
PBT Combinado:…… 5.100
Massa máxima indicada nos eixos (kg):
Dianteiro:……………………………….. 1.279
Traseiro:…………………………………. 1.385
Cap. máx. reboque sem freios:. 750
Cap. máx. reboque com freios:. 2.400
Carga máx. bagageiro teto:…….. 150
Tanque de combustível (L):……. 62

Consumo de combustível (km/l)

Urbano:………………………………….. 8,85
Rodoviário:…………………………….. 11,93
Aceleração 0–100 km/h:…………. 12,3 s
Nível de ruído dB(A)
Marcha lenta:…………………………. 50,7
Cruzeiro (120 km/h)……………….. 74,2
Nível de emissões:…………………. Proconve L6

Freios

Servofreio:…………….. 10″
Cilindro mestre:……… 22,2 mm
Circuito hidráulico:… duplo independente com ABS e EBD
Freios dianteiros: ….. disco ventilado, 302 mm
área disco: 402,19 cm²/ área pastilhas: 76 cm²
Freios traseiros:…….. disco rígido, 305 mm
área disco: 356,3 cm²/ área pastilhas: 50,25 cm²
Estacionamento:……. acionamento anual, atuação nas rodas traseiras

Suspensão

Dianteira:………………. eixo rígido, com barra estabilizadora e barra panhard, molas helicoidais, amortecedores hidráulicos de dupla ação, eixoflutuante Dana 44-3
Traseira:………………… eixo rígido, com barra estabilizadora e barra panhard, molas helicoidais, amortecedores hidráulicos de dupla ação, eixo semiflutuante Dana 44-4

Rodas:…………………………………… liga leve 17″x8″
Pneus:……………………………………. 255/65 R17 (70% on-road/ 30% off-road)

Dimensões (mm)

Entre-eixos:……………………………. 2.585
Comprimento total:…………………. 4.095
Largura com retrovisores:……….. 1.977
Altura em ordem de marcha:….. 1.966
Balanço dianteiro:………………….. 600
Balanço traseiro:…………………….. 655 (s/ estepe)
Bitola do eixo dianteiro:………….. 1.565
Bitola do eixo traseiro:……………. 1.565
Vão livre solo sob os eixos:……. 227 (dianteiro) 208 (traseiro)
Vão livre solo no entre-eixos:…. 316

Capacidades

Ângulo de entrada:………………… 51º
Ângulo de saída:……………………. 51º
Ângulo transposição rampa:….. 30º
Inclinação lateral máxima:……… 40º
Rampa máxima:……………………… 45º
Travessia na água:…………………. 800 mm
Raio de giro mínimo:………………. 6.350 mm

Dimensões internas (mm)

Espaço pernas dianteiro:……….. 1.054
Espaço cabeça dianteiro:……….. 960
Espaço quadris dianteiro:………. 1.395
Espaço ombros dianteiro:………. 1.460
Espaço pernas traseiro:………….. 794
Espaço cabeça traseiro:…………. 965
Espaço quadris traseiro:…………. 1.290
Espaço ombros traseiro:…………. 1.378

Porta-malas

Largura máx.:………………………………………….. 1.208 mm
Largura mín. …………………………………………… 1.163 mm
Altura do assoalho ao teto:……………………… 900 mm
Volume com bancos posição normal:…….. 134 L/ 159 L (até o teto)
Volume com banco traseiro rebatido:     558 L/ 950 L (até o teto)

Troller T4 2019 – fotos

Troller T4 2019: preço, consumo, motor, fotos, detalhes
Nota média 3.7 de 7 votos

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email