Audi A5 – Reclamações e Defeitos

A5 001

Já falamos aqui sobre os problemas do Audi A3 e sobre as reclamações do Audi A4, agora chegou a vez da A5, consideravelmente mais jovem que as irmãs.

Teve um design moderno, mesmo nas primeiras unidades, que se mantém atual, motores potentes e até variações híbridas.

Há um certo receio na aquisição de carros importados usados e com a A5 não é diferente. Será que ela é muito problemática?

Fique de olho no nosso texto de hoje que vamos elencar os principais problemas.

Estreou no Brasil em 2008, exclusivamente com o motor V6 3.2 de 269 cv, que rendia uma aceleração de 0 a 100 km/h em 6,5s com velocidade máxima de 250 km/h.

Posteriormente foi apresentada a versão 2.0 TFSI de 225 cv e 35,7 kgfm de torque, com aceleração de 0 a 100 km/h em 6,6s e velocidade máxima de 241 km/h

Há ainda a motorização 1.8 TFSI de 170 cv e 32,6 kgfm de torque, com aceleração de 0 a 100 km/h em 8,4s e velocidade máxima de 220 km/h.

Existem outras versões dos motores citados, com potências maiores e menores, além da versão híbrida.

Desde a estreia trouxe equipamentos de ponta, como piloto automático adaptativo, frenagem autônoma, sensores de chuva, luminosidade e de estacionamento, além de ser recheada de equipamentos de segurança.

Abaixo elencamos os principais pontos de reclamação dos donos e defeitos apresentados:

Multimídia ultrapassada nas unidades mais antigas

Boa parte dos proprietários reclama da multimídia das unidades mais antigas, as reclamações são:

  • Tela pequena;
  • Poucas funções;
  • Não tem GPS;
  • Não tem Apple CarPlay, nem Android Auto;
  • Cabo para conectar o celular é caro (na casa dos R$ 700,00 na concessionária);
  • Integração ruim com os celulares;

Motor TFSI com consumo excessivo de óleo

Esse é um problema com diversos relatos na internet, que acomete principalmente unidades mais antigas.

O motor tem um alto consumo de óleo, chegando a baixar mais de um litro entre as trocas de óleo.

As causas são variadas, desde coisas simples como a membrana da tampa de óleo, até os retentores das válvulas, então muita atenção na hora da compra.

Bobinas queimando

Outro problema comum é a queima das bobinas nos motores TFSI, cada uma pode passar de R$ 1.000,00 na concessionária, fora dela é possível achar 4 bobinas de marca boa por menos de R$ 2.000,00.

Peças exclusivas que são caras

A5 003

Diversos componentes mecânicos são compartilhados com outras Audis e até alguns carros da VW, então da pra economizar bastante se tiver conhecimento no momento da compra de peças.

Infelizmente peças de acabamento e lataria não são compartilhadas, aí o negócio começa a complicar, pois são exclusivas de um carro de luxo que não vende tanto, por isso são caras.

Dependendo do ano e versão, um farol pode custar de R$ 1.500,00 a até mais de R$ 10.000,00.

O para-choque dianteiro parte de R$ 2.000,00 e atinge mais de R$ 5.000,00.

Ruídos e barulhos ao passar em terreno irregular

O carro tem alguns focos de barulho como a tampa do porta-malas e as portas, assim como o console central e o painel.

Tendo o preço e patamar elevado, esse é um problema que pode ser bem incômodo para os proprietários.

Mecânica complexa e manutenção recorrente

Independente de qual motorização escolher, os motores da linha VW/Audi modernos não aceitam negligência na manutenção preventiva.

Só compre um carro com a manutenção em dia e com comprovante de todas elas, desde óleo do motor até o óleo do câmbio.

Nos motores 2.0 TFSI são comuns problemas de carbonização das sedes das válvulas e a quebra da bomba d’agua, portanto vale uma preventiva nesses itens.

O motor V6 já é menos comum que o TFSI, portanto a mão de obra especializada é igualmente mais escassa.

Se você mora longe de grandes centros, é bem possível que tenha que se deslocar para outras cidades para encontrar um mecânico que entenda desse motor.

Não preciso nem dizer que na maioria das vezes essa mão de obra é mais cara né?

Custos de manutenção elevados

Além de mais delicada, a manutenção é mais cara que qualquer carro mais “simples”.

Peças relacionadas à injeção direta passam facilmente dos R$ 1000,00 cada, ou seja, para trocar 4 bicos injetores e 4 bobinas, não vai gastar menos de R$ 4.000,00.

A turbina comprada fora da concessionária custa na faixa dos R$ 5.000,00

Problemas na turbina

Falando nela, a turbina pode apresentar problemas, seja por óleo do motor fora da especificação, seja por mau uso.

O sinal clássico de problemas no conjunto é fumaça azulada saindo do escapamento após acelerar fundo, então teste o carro com cautela e se não se sentir confortável, leve para um especialista.

Seguro caro

O preço do seguro é elevado, vale a pena dar uma conferida antes de comprar a sua.

Valores na casa dos R$ 10.000,00 não são incomuns.

Câmbio automatizado

As unidades com câmbio automatizado S-Tronic não são problemáticas, porém as embreagens sofrem desgaste com o tempo e a conta pode passar dos R$ 20.000.

Fique de olho em trancos e marchas patinando, se isso ocorrer a compra não é recomendada.

Conclusão

a5 002

Particularmente de todas as Audis modernas, acho a A5 mais bonita, talvez perdendo para a RS6, mas considerando o preço dessa última fica fácil escolher…

O design é de longe o maior atrativo da A5 perante as irmãs A3 e A4, porém a exclusividade do modelo cobra seu preço na hora de mantê-la.

Algumas peças são exclusivas e bem mais caras que o normal, então atenção especial aos acabamentos e peças de lataria.

Se você não liga tanto para o design da A5, talvez valha a pena olhar para uma A4, mais barata, porém parecida mecanicamente, dependendo é claro das versões comparadas.

Resumindo, a A5 é um bom carro, sem muitos problemas crônicos, porém com uma manutenção um pouco cara e delicada.

Se adquirir uma unidade bem conservada e continuar cuidando dela, não deverá ter problemas.

google news2 Quer receber todas as nossas notícias em tempo real?
Acesse nossos exclusivos: Canal do Whatsapp e Canal do Telegram!
Categorias A5

O que você achou disso?

Toque nas estrelas!

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.


Últimas Notícias



c12OrqyAeQ65CANuSaRgcOXX3cvWvBvO3VrU zKQNKMIjAIN28coKUHnlTgz76QZ90
Autor: Luca Magnani

Engenheiro mecânico na indústria automotiva, pós graduado pela Universidade da Indústria do Paraná em Engenharia de veículos elétricos e híbridos.