Usado da semana

Carro da semana, opinião de dono: Ford Focus Titanium 2014

Carro da semana, opinião de dono: Ford Focus Titanium 2014

Olá amigos. Vou relatar aqui a minha experiência com o Ford Focus Titanium hatch, que tenho há um ano na minha garagem.


Escolha do modelo e negociação

Sempre gostei de carros hatch. Antes de comprar o Ford Focus eu tinha um Fiat Bravo Essence 1.8. O Bravo possui um acabamento interno muito bom, em alguns pontos diria que até melhor que o Focus. Pecava pelo motor que demorava a desenvolver e pela assistência técnica da Fiat, que teimava em afirmar que os problemas que eu relatava eram características do carro.

Antes do Bravo eu tive um Focus GLX 1.6 e a cada problema que eu tinha com o Bravo eu sentia falta do Focus, mesmo com o acabamento ruim que ele tinha. Com dois anos de Bravo decidi trocar de carro e sempre acompanhei o mercado de automóveis, independente da vontade de trocar de carro, sou leitor assíduo de diversas publicações sobre o tema. Como o meu foco (sem trocadilhos, rs) era um hatch médio entre R$ 60.000,00 e 70.000,00 elegi o Focus e o Golf como os dois candidatos a entrarem na minha garagem.


O Golf realmente é um carro muito bom, com acabamento primoroso e motor de sobra, pois seu 1.4 TSI dá mais do que conta do recado. Para mim o problema do Golf reside no design. Não gosto deste design atual da VW, principalmente no interior. As linhas são muito retas e não me agradam. Design é uma coisa bastante subjetiva, mas que para mim conta.

Além do design, os preços, equipamentos e as condições da Ford eram muito melhores que os da VW e ainda o histórico que eu tive com o Focus GLX, que era muito bom para se dirigir. Tudo isso pesou a favor do Focus. A pá de cal para o Golf foram as condições de negociação: não consegui na época R$ 500 de desconto no Golf, enquanto no Focus me deram mais de R$ 3.000.

Para comprar um Golf com os itens que o Focus Titanium tem eu gastaria pelo menos uns R$ 8.000 a mais. Para completar, na VW não me deixaram fazer test no Golf, pois não tinham carro para test. Na Ford, pelo contrário, test-drive foi oferecido e confirmou a minha decisão de compra. Lembro até hoje o momento que vi meu carro na concessionária, foi uma sensação muito boa!

Paguei R$ 77.500 pelo Focus Titanium 2014/2014, branco. O atendimento da Ford foi muito bom, ao me apresentar o carro a vendedora sabia o que estava vendendo, conhecia o produto. O entregador me mostrou e ensinou a usar todos os itens do carro, que não são poucos!

Como mencionei anteriormente, acompanho a mídia automotiva, comprei o carro já sabendo do facelift que viria agora em 2015. Ao contrário de muitos, não me incomodarei com essa mudança, pois não se trata de mudança de geração e sim um retoque estético. Gostaria que a Ford aproveitasse esse momento para trazer o EcoBoost, porém tudo indica que isso não irá acontecer, pelo menos neste ano.

Carro da semana, opinião de dono: Ford Focus Titanium 2014

Suspensão, câmbio e motor

Dirijo o carro mais nos finais de semana a lazer. Assim que comprei o carro fiz uma viagem com ele para Visconde de Mauá, que fica a 218 km da capital do Rio de Janeiro e algumas fotos postadas aqui foram feitas lá, além de Teresópolis, também no RJ. Na estrada o carro é muito bom, as trocas de marcha são imperceptíveis e ele responde à sua pegada, se você pisa mais forte ele automaticamente deixa para trocar a marcha num giro alto, se pisa leve ele preza pela economia e troca em giro baixo.

O Powershift não deixa o carro ficar anestesiado como em um carro automático, ele responde prontamente, e parece adivinhar o que o motorista quer fazer. Em modo D, se você acelerar pouco ele troca as marchas em rotação baixa, prezando o baixo consumo, porém se você pisar até o fundo o carro se transforma e troca em rotação acima de 6000 rpm. Isso no modo D. No modo S o carro fica bem mais arisco e sempre segura a marcha para trocar em 6.500 rpm. Eu não utilizo os botões para troca manual, não são muito ergonômicos e o câmbio trabalha muito bem sozinho.

Veja também: Ford Focus Sedan

Carro da semana, opinião de dono: Ford Focus Titanium 2014

O motor casa muito bem com o câmbio, não sei se no 1.6 o casamento é tão feliz assim. Em Visconde de Mauá ainda existem estradas de terra peguei algumas sem problemas, fiquei com o receio dos pneus, que possuem perfil baixo, mas eles resistiram bem, sem furos ou danos. Passo diversas vezes em ruas de paralelepípedo e não ouço barulhos, como alguns relatam.

A suspensão do Focus é confortável na medida certa em condução “normal” e para fazer curvas em uma velocidade mais alta é sensacional. Na cidade o conforto dentro dele é grande, a suspensão tem excelente acerto e possuir suspensão independente nas rodas traseiras é um diferencial importante, que poucos carros, mesmo nessa faixa de preço possuem. Há quem pense que suspensão independente nas rodas traseiras não faz tanta diferença, mas faz sim. Se eu puder, nunca mais comprarei carros com eixo de torção na traseira.

Carro da semana, opinião de dono: Ford Focus Titanium 2014

Itens de conveniência e segurança

Chave presencial, botão de partida, faróis e limpadores automáticos são itens que a princípio são dispensáveis, mas quando você tem no seu carro e usa um carro que não tem esses itens, sente falta. A chave presencial é muito boa, dependendo da posição que você pega na maçaneta do carro ele abre a porta (mão completa na maçaneta) ou trava a porta (somente o polegar no sensor da porta, sem segurar na maçaneta. Você até esquece que existe a chave.

A câmera de ré possui sensores que seguem o volante para calcular a rota do deslocamento e, junto com o sensor de ré, estacionar o carro é muito fácil. O ar condicionado digital de duas zonas é muito bom, pois geralmente as mulheres sentem mais frio, e com essa função cada um coloca a temperatura que lhe for mais agradável.

No quesito segurança, os freios são muito bons e o carro conta com tudo que um carro dessa categoria deve ter, como 6 air bags, controle de estabilidade, disco nas quatro rodas ABS, assistente de partida em rampa, sensor de pressão dos pneus, ajustes de altura e profundidade do volante, retrovisor interno eletrocrômico. Faltou o rebatimento elétrico dos retrovisores, disponível somente na Titanium Plus.

Carro da semana, opinião de dono: Ford Focus Titanium 2014

A central multimídia, além dos comandos de rádio, som, MP3 e GPS controla o ar condicionado, que pode ser ligado pela tela de 8”, pelo comando de voz ou pelo botão do próprio ar. Não utilizo muito os comandos de voz do Sync, mas ele entende bem os que se fala e pouquíssimas vezes falha, diferente do Blue&Me do Bravo, que dava raiva ao utilizar, pois aquela “mulher” não entendia nada! A maior utilidade dos comandos de voz fica por conta do uso do telefone.

O GPS é muito bom, nunca perdeu o sinal, que é bem mais forte que os GPS de celulares, além de ser integrada à tela do computador de bordo e ao ficarmos próximo de uma ação a ser executada, como curva acentuada, ele apresenta a informação nas duas telas, caso você não queria desviar o olhar para a tela central, facilita muito a navegação.

Carro da semana, opinião de dono: Ford Focus Titanium 2014

Consumo

Pisando pouco consigo uma média de 17,5 km/l na estrada, na faixa dos 100 km/h com gasolina aditivada (V-Power, que é única que eu uso). O problema é que o carro instiga a andar mais rápido, e aí o consumo baixa e vai para casa dos 12 km/l, mas eu considero este consumo muito bom para um carro 2.0 e acredito que as seis marchas do câmbio ajudem nesse quesito.

Na cidade faço em média 8,5 km/l, também na gasolina. Coloquei somente um tanque de etanol até hoje no meu carro. Aqui no RJ o preço não vale a pena. Com etanol o carro fica um pouco mais arisco e o motor faz mais barulho, mas o consumo dele na época não passava de 6,0 km/l, o que me desanimou a continuar com o etanol. Atualmente o carro está com cerca de 7.200 km.

Carro da semana, opinião de dono: Ford Focus Titanium 2014

Pontos negativos

Pelo valor ele deveria oferecer air bag de joelho, que o Fiesta Titanium possui. Até hoje não entendi o motivo de a Ford não colocar isso no Focus. Outro item que sinto falta é o computador de bordo possuir “Trip B” que a maioria dos carros dessa categoria possui.

Nos modelos 2014 as revisões ainda são de 6 em 6 meses ou 10.000 km e para eu que não rodo muito acaba encarecendo um pouco a manutenção, mas nada muito absurdo. Já na linha 2015 a Ford mudou isso e aumentou o intervalo para 1 ano ou 10.000 km.

Outro ponto negativo diz respeito ao tanque de combustível: quando ele está cheio, em manobras de garagem com o som desligado, dá para ouvir um pouquinho o combustível se mexendo, me parece que o Focus não possui quebra-ondas. Mas como toda vez que eu ligo o carro o rádio já liga junto, esse problema não me afeta.

Carro da semana, opinião de dono: Ford Focus Titanium 2014

O meu carro apresentou um problema forração da porta direita do passageiro traseiro: o acabamento veio solto, mas algo que eu mesmo consegui resolver, bastando dar uma pequena “pancada” com a mão para que o encaixe fosse feito.

O problema mais grave que tive foi a formação de zinabre no contato positivo da bateria. A concessionária resolveu, mas nunca tinha visto isso acontecer em carro novo.

Algo que eu não vejo como ponto negativo mas que alguns donos de carros com pneu de perfil baixo reclamam são algumas batidas secas que o carro dá em ruas esburacadas, mas a meu ver o problema é da pavimentação brasileira e não do carro.

Carro da semana, opinião de dono: Ford Focus Titanium 2014

Conclusão

Ao meu ver quem critica o Focus não conhece o carro ou simplesmente só entrou na versão S, que realmente tem acabamento e custo benefício muito ruim. Aquela história que vemos algumas pessoas mencionarem de que o teto é de espuma e afunda, no Titanium não acontece.

O acabamento interno é muito bom, com painel emborrachado e encaixes bons, sem rebarbas. Na parte exterior também não encontrei nenhuma peça desalinhada no meu. O câmbio Powershift é excelente, funciona muito bem, com trocas de marchas bastante suaves e imperceptíveis.

Direção e suspensão também são excelentes, nessa faixa de preço realmente só tem para o Golf, os outros ficam bem atrás, seja em performance ou no conjunto geral. O mais próximo seria o 308 THP, mas o projeto antigo e sua suspensão o afasta do Focus e Golf como referências no segmento. Enfim, a experiência com o Focus tem sido muito boa, até aqui os problemas foram muito pequenos perto do prazer e conforto de dirigir o carro. Não me arrependo da compra e compraria novamente o Focus, sem dúvida.

Por Leandro Fonseca

Carro da semana, opinião de dono: Ford Focus Titanium 2014

 

Carro da semana, opinião de dono: Ford Focus Titanium 2014

Carro da semana, opinião de dono: Ford Focus Titanium 2014
Nota média 4 de 1 votos

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email