Fiat Hatches Manutenção Matérias NA

Fiat Bravo – defeitos e problemas

Fiat Bravo - defeitos e problemas

O Fiat Bravo é um hatch médio que foi fabricado pela marca italiana no Brasil entre 2010 e 2016.


Ele foi produzido em Betim-MG e também em Cassino, Itália, onde terminou seus dias dois anos antes do Brasil. Foi o penúltimo hatch médio feito pela Fiat, já que o Ottimo – na China – era mais novo e saiu de cena em 2017.

Por aqui, o Fiat Bravo incorporou o que a filial brasileira oferecia em termos mecânicos e eletrônicos.

Incorporou o sistema Blue & Me da Microsoft, assim como o criticado câmbio automatizado Dualogic. Sob o capô, o Fiat Bravo viu o motor E.torQ 1.8 de até 132 cavalos e também o esportivo T-Jet.

VEJA TAMBÉM:

Este tinha motor Fire 1.4 turbinado com 152 cavalos e oferecido apenas com câmbio manual.

Com visual bem emocional, porém, rapidamente envelhecido, o hatch teve virtudes e defeitos. Neste último caso, os donos reclamam de problemas com radiador, ar condicionado, freios traseiros que rangem e faróis amarelados.

Fiat Bravo – Defeitos e problemas

Fiat Bravo - defeitos e problemas

O Fiat Bravo foi um carro bastante desejado, especialmente por encarnar a personalidade italiana com visual emocional.

Mas, quando o assunto é problema, ele tem alguns pontos que desagradam muito.

Um dos maiores defeitos e problemas do Fiat Bravo é o radiador.

Inúmeras reclamações estão relacionadas com vazamentos e trincas no sistema de arrefecimento do motor E.torQ 1.8.

Quando o proprietário percebe o problema, consegue reverter a situação com a substituição da peça, que não sai barato.

No entanto, houve casos em que a descoberta do defeito veio tarde, com vazamento e superaquecimento.

Um dos donos de Fiat Bravo nessa situação teve dois prejuízos.

O primeiro foi a troca do radiador por R$ 900, embora outro tenha afirmado um custo de R$ 500.

Além disso, pagou mais R$ 2.000 na retífica do cabeçote, já que a junta queimou.

Também existem casos de sensor de arrefecimento com defeito e o radiador de ar quente, também apresentando problemas.

Para muitos donos, o problema é crônico no Fiat Bravo.

Freios que rangem

Fiat Bravo - defeitos e problemas

Outra reclamação recorrente é relacionada com os freios traseiros.

Como se sabe, o Fiat Bravo tem discos nas rodas traseiras e o problema estaria no ruído provoca pelo conjunto durante a ré.

Os donos reclamam que eles rangem ao movimentar-se para trás.

Um dos clientes consultou um revendedor, que informou que o problema estaria nas pastilhas de freio.

Mesmo com a troca das mesmas, o ruído permaneceu, porém, atenuado.

Outro proprietário de Fiat Bravo também relatou o mesmo problema e após a troca, demorou pelo menos 140 km para o ruído sumir.

Estranhamente, outro dono executou o mesmo procedimento e verificou que as pastilhas estavam desiguais.

Muitos reclamaram, mas não comunicaram a reparação do defeito, que ocorre antes de 30.000 km em alguns casos.

Ar condicionado não gela

Fiat Bravo - defeitos e problemas

Muitos relatos falam de defeitos e problemas no ar condicionado do Fiat Bravo.

As ocorrências começaram desde zero km, com alguns donos reclamando que o ar não gelava desde a saída da concessionária.

Um deles relatou que a revenda teve que trocar o condensador e repor o gás com poucos dias de uso do carro.

Outro teve o mesmo problema aos 2.700 km rodados, enquanto outra queixa fala de troca do compressor em baixa quilometragem.

Mecânica com defeitos

Fiat Bravo - defeitos e problemas

Além das reclamações relacionadas ao câmbio automatizado Dualogic, alguns relatam que tiveram de repor o fluido dessa caixa de câmbio pouco tempo depois de sair da revenda.

Outros tiveram problemas nos engates bem mais tarde, porém, houve recall sobre esse defeito.

Para carros feitos entre 1 de fevereiro de 2012 e 22 de fevereiro de 2014, a Fiat substitui o lubrificante do câmbio e as engrenagens da primeira marcha. A chamada começou em setembro de 2014.

Outro problema apontado por alguns é o vazamento de gasolina no sistema de partida a frio, demanda custo adicional para troca quando fora da garantia.

Também alguns se queixam de vazamento na tampa do cárter do motor E.torQ 1.8, mesmo em baixa quilometragem, como foi o caso de um Bravo com apenas 8.900 km.

A troca foi feita na garantia.

Também são constantes as reclamações sobre alertas de avaria no airbag, injeção e ABS, sendo que muitas vezes estes ativam e desativam sozinhos.

O defeito pode colocar o condutor em um estado de alerta que em muitos casos não procede, devido a ser um defeito elétrico somente.

Existem relatos de panes elétricas no Fiat Bravo.

Um recall do Bravo está relacionado com o airbag do motorista, sendo esse iniciado em dezembro de 2014 e para carros feitos entre 2 de julho de 2014 e 28 de novembro de 2014.

No caso do Dualogic, além do lubrificante, existem falhas relacionadas aos sensores, impedindo o engate de marchas.

Alguns donos de Fiat Bravo se queixaram de impedimento de marcha por conta de sensores relacionados ao sistema do câmbio, como de fechamento de portas e sistema de freio.

Assim, o dispositivo não permite, por exemplo, que se engate marcha com a porta aberta.

Como não se sabe exatamente qual dos sensores está com defeito, o dono precisa investigar a causa.

Outros barulhos e falhas elétricas

Fiat Bravo - defeitos e problemas

Alguns donos de Fiat Bravo reclamam também de barulhos internos e outros defeitos elétricos.

Um deles é o piloto automático que deixa de funcionar de repente.

Embora alguns recorram aos revendedores, outros resolveram por conta própria, com relatos referentes ao fusível, bastando troca-lo.

Também existem queixas contra os sensores de estacionamento que param de funcionar, tanto os dianteiros quanto os traseiros.

O sistema de som com alto-falante subwoofer queimado é relatado por alguns, sendo que a quilometragem varia bastante.

Em dois relatos, o mesmo teve que ser troca dos 43.000 km e 60.000 km.

Tendo um visual emocional, o risco de envelhecimento do estilo é alto no Fiat Bravo, mas não mais que o material do conjunto ótico.

Os faróis de neblina amarelados são apontados por muitos donos como um dos defeitos crônicos do modelo.

Vários dizem que eles amarelam facilmente e outros falam que também embaçam e enchem de água.

Mas, não são somente os faróis de neblina.

As lanternas traseiras também são apontadas por alguns como embaçadas e até com água durante períodos chuvosos ou de mudança de clima.

A resolução é a troca das lentes.

Falando em água, outros apontam para infiltração através das borrachas da tampa do bagageiro, permitindo o encharcamento do carpete interno do porta-malas.

Existem relatos de vedação com defeito também nas portas, especialmente as traseiras.

Os carros da Fiat geralmente apresentam falhas no alarme e nas travas, algo já presenciado em diversos modelos avaliados pelo NA.

No caso do Fiat Bravo, isso não é exceção, sendo que alguns proprietários dizem que ao fechar as portas pelo controle, os vidros simplesmente descem novamente.

Um dos clientes da Fiat insistiu tanto que a revenda trocou as quatro máquinas dos vidros e o problema foi resolvido.

Alguns dizem que somente os vidros traseiros (um ou os dois) não levantam no travamento e que às vezes nenhum levanta.

O problema nunca gerou um recall.

Existem ainda reclamações referentes a barulhos nos bancos dianteiros, tanto do motorista quanto do passageiro.

O ruído seria provocado por articulações com folgas no conjunto de fixação dos assentos.

Também parte dos donos reclamam de barulhos na coluna de direção e falhas no funcionamento da mesma, que é elétrica.

As dobradiças das portas rangem e estalam com pouco tempo de uso e demandam substituição, pois, somente lubrificação não resolve a questão.

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

                              Quem somos

                              O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por 15 anos. Saiba mais.

                              Notícias por email