Honda CR-V – Reclamações e Defeitos

crv 002

A CR-V foi sinônimo de SUV familiar na época da estreia de sua terceira geração aqui no Brasil, espaçosa, com diversos recursos de segurança e confortável, tinha tudo o que se espera de uma SUV, pelo menos para época, hoje esse mercado se expandiu e abrange outros nichos além de famílias grandes que precisam de espaço, para isso a Honda lançou a WR-V e a HR-V, mas nosso texto de hoje é sobre a CR-V, que pavimentou o caminho para esses modelos, vamos falar seus principais problemas e as reclamações dos donos.

Lançada em 2007, a terceira geração fez sucesso no, até então, tímido mercado de SUVs, ela vinha com o motor 2.0 aspirado, que rendia 150cv e 19,4 kgfm de torque, com transmissão automática de 5 velocidades, freios à disco nas quatro rodas, ABS, Airbags e opção de tração integral.

A quarta geração estreou em 2012 com praticamente o mesmo motor, recalibrado passou a ter 155cv e 19,5 kgfm de torque e normalmente com câmbio automático de 5 marchas, porém havia opção de câmbio manual, com central multimídia e versões com airbags laterais, DRL e possibilidade de tração 4×2 ou 4×4.

Já na quinta geração, que estreou em 2018, a Honda adotou o mesmo powertrain do Civic, trazendo motor 1.5 turbo com câmbio CVT, dentre os recursos estão o painel TFT, multimídia de 7 polegadas, acabamento melhorado, mais espaço interno e tração 4×4 como opcional.

Em todas as suas gerações, a CR-V seguiu o padrão Honda, sendo sinônimo de robustez e conforto, mas nem a gigante japonesa está isenta de problemas e reclamações, aqui estão os principais:

3ª Geração e 4ª geração:

crv 004

Atenção ao câmbio automático

Fique atento a trepidações e solavancos nas trocas de marcha, elas devem ser suaves e sem pancadas, a alavanca também costuma apresentar alguns problemas, veja se ela desliza facilmente no guia. Lembre-se que o fluído de transmissão deve ser trocado e dê preferência para unidades com histórico de revisões nesse item.

Consumo elevado e desempenho fraco

O consumo fica na faixa dos 8 km/l na cidade e 10,5 km/l na rodovia, sempre abastecida na gasolina (não era Flex até 2013), o que não é uma média muito boa, especialmente para um carro que faz de 0 a 100 km/h em quase 12s e tem velocidade máxima na faixa dos 190 km/h.

Ajuste de válvulas do motor

As válvulas do cabeçote precisam de ajuste periódico, a cada cerca de 40.000km, boa parte dos proprietários negligência essa manutenção, e alguns mecânicos inclusive dizem que ela não é necessária, mas está no manual e deve ser seguida, caso não feita corretamente o carro fica fraco e com motor barulhento.

CRV 003

Preço e disponibilidade de peças

As peças de reposição originais, em especial acabamentos e lataria, são caras e algumas são difíceis de encontrar, preze por uma unidade bem conservada nesses 2 quesitos para evitar surpresas, um farol original custa mais de R$ 1.000,00 e uma lanterna mais de R$ 500,00.

Problemas na suspensão

O carro é pesado e não foi bem projetado para as nossas ruas esburacadas, ele até se sai bem perante outros modelos, mas mesmo assim o conjunto da suspensão sofre bastante, em especial as bandejas, verifique o estado do conjunto como um todo antes da compra.

Freios sofrem

Assim como a suspensão, os freios também sofrem com o peso do carro, não apresentam problemas, mas desgastam bastante, verifique o estado das pastilhas e do disco, não se esqueça da traseira, normalmente é a mais negligenciada.

Diferencial traseiro

Nas versões 4×4 existe o diferencial traseiro, não é problemático, mas é esquecido por boa parte dos donos, ele requer trocas de óleo periódicas e se não efetuadas corretamente pode apresentar ruídos na rodagem, que são mais perceptíveis em baixa velocidade, a melhor forma de evitar esse problema é pedindo o histórico de manutenções dele.

Recalls

  • O famoso recall do insuflador do airbag envolveu a CR-V, verifique se o serviço foi executado, a não correção do problema pode causar ferimentos graves e até a morte.
  • O sensor de nível de combustível também sofreu Recall, verifique pelo número do chassis se a unidade que está comprando está envolvida e se foi feita a substituição do componente.

5ª Geração:

crv 001

Preço e disponibilidade de peças

Por incrível que pareça, mesmo que o carro seja novo e com a produção ainda ativa, algumas peças demoram até um mês para chegar, normalmente as de lataria, e custam caro, um farol custa mais de R$ 2.000,00. Uma batida mais grave pode fazer com que fique sem carro por mais de um mês, esperando peças da concessionária, e nem é uma boa opção escolher peças paralelas se seu carro estiver na garantia.

Recall

Unidades produzidas em 2018 tiveram recall nas travas do cinto de segurança, que poderiam apresentar problemas no travamento, tanto no lado do motorista quanto do passageiro, em um caso extremo poderiam se soltar.

Conclusão

De todos os carros que avaliamos recentemente, a 5ª geração da CR-V provavelmente é a que menos tem reclamações e problemas reportados, tendo em vista que ela está no mercado há 5 anos.

É um feito impressionante, apesar de ter um motor mais forte e uma pegada mais esportiva a CR-V ainda se mantém fiel aos seus princípios de segurança e conforto, uma verdadeira SUV familiar, os motores turbo requerem mais cuidados que os aspirados, não aceitam falta de manutenção.

Com o fim da garantia e muitos carros caindo em mecânicos não especializados, podemos ver um aumento dos problemas nesse motor futuramente, mas comprando uma unidade bem cuidada, não terá problemas.

As 3ª e 4ª gerações já tem um certo tempo de uso e é natural que algumas unidades tenham sofrido um pouco com donos que não fizeram as manutenções corretamente, ainda assim elas continuam firmes e fortes, sem grandes problemas no motor, por exemplo, não tem um desempenho muito bom e não é econômica, mas ainda assim é uma boa opção de SUV para a família, mas preze por uma unidade bem conservada, especialmente na lataria e acabamentos internos.

google news2 Quer receber todas as nossas notícias em tempo real?
Acesse nossos exclusivos: Canal do Whatsapp e Canal do Telegram!

O que você achou disso?

Toque nas estrelas!

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.


Últimas Notícias



c12OrqyAeQ65CANuSaRgcOXX3cvWvBvO3VrU zKQNKMIjAIN28coKUHnlTgz76QZ90
Autor: Luca Magnani

Engenheiro mecânico na indústria automotiva, pós graduado pela Universidade da Indústria do Paraná em Engenharia de veículos elétricos e híbridos.