New Fiesta 2014: modelo fabricado no Brasil quer liderar seu segmento

New Fiesta 2014: modelo fabricado no Brasil quer liderar seu segmento

Ontem publicamos os preços das versões do New Fiesta 2014, e agora temos todas as informações detalhadas vindas da Ford. Se trata da nova geração global do compacto mais vendido do mundo, que segundo a Ford vem para liderar seu segmento no Brasil.


New Fiesta 2014 – Motorização

O New Fiesta 2014 traz como novidades duas opções de motores da família Sigma, um 1.5 16v de 107 e 111 cavalos de potência e torque de até 14,9 kgfm e um 1.6 16v de até 125 e 130 cavalos, com torque de até 16,0 kgfm. Estes motores são leves e eficientes, feitos na fábrica da Ford em Taubaté/SP.

Para melhorar a performance, a Ford aumentou a taxa de compressão para 12:1. O duplo comando de válvulas variável (TiVCT) também contribui para aumentar a eficiência do motor. Ele funciona tanto na admissão como na exaustão, por meio de atuadores hidráulicos, para alterar o sincronismo da abertura das válvulas em relação ao pistão. Além de melhorar a potência e o consumo, o duplo comando reduz as emissões e melhora a partida a frio, com uma ação mais rápida do catalisador.

O motor 1.5 é o mais novo representante da família Sigma. Com bloco e cárter em alumínio, tem um desempenho eficiente com etanol e a gasolina, além de baixa manutenção. Ele é um motor 16V DOHC Flex, projetado para mais de 240.000 km de vida últil.

New Fiesta 2014: modelo fabricado no Brasil quer liderar seu segmento

Outras novidades dos dois motores que contribuem para reduzir o consumo de combustível fazem parte do pacote chamado “Ecopack”. Elas incluem o uso de pistões grafitados para redução de atrito, tuchos polidos, óleo de baixa viscosidade (5W20), bomba de óleo variável, compressor do ar-condicionado de deslocamento variável e monitor de carga da bateria.

O motor 1.6 16v de até 130 cavalos das versões mais caras, apesar de ter um bom número de potência para um hatch compacto, acelera de 0-100 em 12,1 segundos no etanol, um tempo não tão empolgante assim. Segundo o Inmetro, o conumo da versão 1.6 16v é de 7,9 km/l e 11,4 km/l na cidade, ao passo que na estrada o consumo fica em 9,9 e 13,9 km/l.

A Ford também destaca que o New Fiesta hatch 2014 é o primeiro veículo da marca a usar o sistema Ford Easy Start, que aquece a linha de combustível quando necessário para a partida a frio, através de sensores. Essa tecnologia dispensa a necessidade do reservatório (tanquinho) de gasolina e está disponível em todas as versões.

New Fiesta 2014: modelo fabricado no Brasil quer liderar seu segmento

As transmissões usadas no New Fiesta 2014 são manual IB5 de cinco marchas ou a automatizada PowerShift de seis velocidades e dupla embreagem. Segundo a fabricante, a transmissão PowerShift é única na categoria e oferece um novo padrão de conforto e desempenho. Sua tecnologia de dupla embreagem, usada pela primeira vez em compactos no Brasil, garante trocas suaves e sem interrupção de torque, com grande eficiência, silêncio, conforto e durabilidade.

New Fiesta 2014 – Segurança e tecnologia

O New Fiesta Hatch 2014 traz o sistema de conectividade SYNC, disponível somente para as versões 1.6, permitindo interação com telefone celular e músicas por comando de voz em português. A versão 1.5 conta com o sistema MyConnection Gen. 3, com conexão USB e Bluetooth.

Em termos de segurança, o New Fiesta 2014 também apresenta suas armas: tem carroceria fabricada com a aplicação de aços ultrarreforçados e é o único do segmento a oferecer 7 airbags, incluindo um de joelho para o motorista, na versão Titanium. Nas demais versões, o carro é equipado com dois airbags desde a primeira oferta de catálogo.

Outras tecnologias que contribuem para a segurança incluem o controle de estabilidade e tração e o assistente de partida em rampa, além de freio ABS de última geração. A chave programável MyKey é outra tecnologia para a personalização no uso do veículo, nas versões SE e Titanium.

New Fiesta 2014: modelo fabricado no Brasil quer liderar seu segmento

New Fiesta 2014 – Design

O visual do New Fiesta 2014 continua basicamente o mesmo do modelo que foi vendido aqui importado por alguns anos. A novidade é que ele agora traz a nova linguagem de design Kinetic 2.0 da Ford, aplicada também no Novo Fusion e no Novo EcoSport.

Na dianteira, a grade enorme é o elemento mais aparente. A lateral tem vincos que destacam um jogo de luz e sombra, e na traseira temos um aerofólio integrado na tampa do porta-malas e para-choque com elemento inferior em preto.

As cores disponíveis para o New Fiesta 2014 (veja aqui opinião de dono sobre New Fiesta 2014 1.6 SE) são: azul Califórnia, vermelho Arizona, vermelho Vermont, branco Ártico, preto Bristol e prata Dublin.

New Fiesta 2014: modelo fabricado no Brasil quer liderar seu segmento

New Fiesta 2014 – Versões e preços

New Fiesta 2014 – 1.5 S – R$ 38.990

Equipado com duplo airbag, freios ABS com EBD, direção elétrica, ar-condicionado, travas, espelhos e vidros dianteiros elétricos, sistema de som MyConnection Gen. 3 com conexão USB e Bluetooth, alarme volumétrico, rodas de 15 polegadas com calota integral, maçanetas e retrovisores na cor da carroceria.

New Fiesta 2014 – 1.5 SE – R$ 42.490

Acrescenta rodas de liga leve de 15 polegadas, farol de neblina e pacote de acabamento SE.

New Fiesta 2014 – 1.6 S – R$ 45.490 (câmbio PowerShift por R$ 3.500 adicionais)

Adiciona controle eletrônico de estabilidade e tração (AdvanceTrac), assistente de partida em rampa, ar-condicionado digital, vidros elétricos com abertura e fechamento global, sistema SYNC com comandos de voz em português e controles no volante e rodas de alumínio de 15 polegadas.

New Fiesta 2014 – 1.6 Titanium – R$ 51.490 (câmbio PowerShift por R$ 3.500 adicionais)

Tem também sete airbags, bancos e volante em couro, controle automático de velocidade, sensor de estacionamento, sensor de chuva, acendimento automático dos faróis, retrovisor interno eletrocrômico e rodas de alumínio de 16 polegadas.

New Fiesta 2014: modelo fabricado no Brasil quer liderar seu segmento

New Fiesta 2014: modelo fabricado no Brasil quer liderar seu segmento

New Fiesta 2014 – Ficha Técnica

Modelo 1.6 Automático PowerShift

Carroceria: Hatch 5 portas
Motor: Ford Sigma 1.6 16V TiVCT Flex
Número e disposição dos cilindros: 4 em linha
Diâmetro do cilindro: 79,0 mm
Curso dos êmbolos: 81,4 mm
Cilindrada: 1.6 (1.597 cm³)
Potência: 130 cv a 6.500 rpm (etanol)
125 cv a 6.500 rpm (gasolina)
Torque: 157 Nm a 5.000 rpm (etanol)
151 Nm a 4.250 rpm (gasolina)
Rotação de marcha lenta: 780 rpm
Rotação máxima: 6.720 rpm
Relação de compressão: 12,0:1

Transmissão
Automática: PowerShift DPS6
Número de marchas: 6 à frente e ré
Relação de marchas:
1ª: 3,917:1
2ª: 2,429:1
3ª: 1,436:1
4ª: 1,021:1
5ª: 0,867:1
6ª: 0,702:1
Ré: 3,507:1
Relação final
Para 1ª, 2ª, 5ª e 6ª: 4,105:1
Para 3ª, 4ª e ré: 4,588:1

Desempenho
Aceleração 0–100 km/h (s): 12,3 (gasolina)/ 12,1 (álcool)
Velocidade máxima: 190 km/h
Consumo (km/l):
Cidade (NBR 6601): 11,4 (gasolina)/ 7,9 (etanol)
Estrada (NBR 7024): 13,9 (gasolina)/ 9,9 (etanol)
(Números ajustados com base no CONPET)

Capacidades
Peso do veículo em
ordem de marcha (kg): 1.153
Capacidade de carga (kg): 402

Modelo 1.6 Manual

Motor: Ford Sigma 1.6 16V TiVCT Flex

Transmissão
Manual: IB5
Número de marchas: à frente e ré
Relação de marchas:
1ª: 3,846:1
2ª: 2,038:1
3ª: 1,281:1
4ª: 0,951:1
5ª: 0,756:1
Ré: 3,615:1
Relação final: 4,07:1

Desempenho
Aceleração 0–100 km/h (s): 12,3 (gasolina)/ 12,1 (álcool)
Velocidade máxima: 190 km/h
Consumo (km/l):
Cidade (NBR 6601): 12,0 (gasolina)/ 8,0 (etanol)
Estrada (NBR 7024): 14,3 (gasolina)/ 10,0 (etanol)
(Números ajustados com base no CONPET)

Capacidades
Peso do veículo em
ordem de marcha (kg): 1.126
Capacidade de carga (kg): 429

Modelo 1.5

Motor: Ford Sigma 1.5 Flex N-VCT
Número e disposição dos cilindros: 4 em linha
Diâmetro do cilindro: 79,0 mm
Curso dos êmbolos: 76,4 mm
Cilindrada: 1.5 (1.499 cm³)
Potência: 111 cv a 5.500 rpm (etanol)
107 cv a 6.500 rpm (gasolina)
Torque: 147 Nm a 4.250 rpm (etanol)
145 Nm a 4.250 rpm (gasolina)
Rotação de marcha lenta: 780 rpm
Rotação máxima: 6.720 rpm
Relação de compressão: 11,1:1
Transmissão
Manual: IB5
Número de marchas: à frente e ré
Relação de marchas:
1ª: 3,846:1
2ª: 2,038:1
3ª: 1,281:1
4ª: 0,951:1
5ª: 0,756:1
Ré: 3,615:1
Relação final: 4,07:1

Desempenho
Aceleração 0–100 km/h (s): 12,2 (etanol)/ 12,7 (gasolina)
Velocidade máxima: 180 km/h
Consumo (km/l):
Cidade (NBR 6601): 10,8 (gasolina)/ 7,8 (etanol)
Estrada (NBR 7024): 13,7 (gasolina)/ 9,6 (etanol)
(Números ajustados com base no CONPET)

Capacidades
Peso do veículo em
ordem de marcha (kg): 1.108
Capacidade de carga (kg): 447
Características gerais

Direção: EPAS, com assistência elétrica
Diâmetro de giro (m): 10,1
Freio: Discos dianteiros e tambores traseiros,
com ABS e EBD

Pneus: 195/55R15 ou 195/50R16
Rodas: 6,0×15″ de aço ou liga leve/ 6,5×16″, de liga leve

Dimensões externas (mm)
Comprimento: 3.969
Largura com espelhos: 1.978
Espelhos dobrados: 1.787
Altura em ordem de marcha: 1.464
Distância entre-eixos: 2.489
Balanço traseiro: 662

PBT (kg): 1.555
Tanque de combustível (L): 51,6
Porta-malas (L): 281

Abril/2013
Imprensa Ford

Eber do Carmo

Formado em marketing, tem mais de 15 anos de experiência escrevendo sobre o mercado automotivo no Notícias Automotivas, desde que fundou o site em 2005. Anteriormente trabalhou em empresas automotivas, nos segmentos de personalização e áudio. Também teve por três anos uma empresa de criação de sites e catálogos eletrônicos.