Etc Matérias NA

O que são carros sinistrados?

O que são carros sinistrados?

Comprar um carro usado não é uma tarefa fácil. Existem inúmeros fatores que complicam essa decisão, como decidir entre tantas marcas e modelos, analisar as condições de um veículo específico, a negociação do preço, entre muitas outras.


Mas se existe um aspecto que realmente dificulta esse processo, e até impede alguns de fazê-lo, é a possibilidade de sermos enganados em relação à procedência daquele produto. Imagine essa situação: depois de decidir qual modelo você quer e procurar por meses, você encontra um que está 30% ou 40% abaixo do preço de tabela. O que isso lhe diz? Que é uma ótima oportunidade ou que algo está errado?

É exatamente essa a situação que muitas pessoas se encontram, mas sem saber que estão diante de um veículo sinistrado. Mas o que é um carro sinistrado? Como descobrir se ele está nessa condição? Ele terá documentação normal e poderá ser segurado? E, afinal, vale a pena comprar um carro assim?

O que são carros sinistrados?

Dizer que um carro é sinistrado significa que ele foi danificado, avariado ou, usando o termo mais comum, sofreu um sinistro. Também indica que um veículo tenha sofrido numa batida, capotamento ou qualquer outro acidente, e que será coberto pela seguradora conforme exposto na apólice.


Essa expressão é comum no mundo das seguradoras, sendo usada para se referir a um dano estrutural, recuperável ou não.

O que são carros sinistrados?

Dentre os sinistros, existem aqueles que são parciais e os que são totais. O primeiro é quando o carro ainda pode ser recuperado, normalmente com danos que representam até 75% do valor de tabela do veículo. Quando as avarias causadas superam essa porcentagem, ocorre a chamada perda total, e o cliente recebe uma indenização pelo valor máximo. O sinistro total também ocorre quando o carro é roubado ou furtado. Se ele for recuperado depois de ser paga a indenização, o veículo também é considerado como sinistrado.

Mas o que acontece com os carros sinistrados? Na maioria dos casos, eles são vendidos em pátios de leilões, onde qualquer comprador é devidamente informado sobre a situação do veículo. Como citamos no início, seu preço normalmente fica entre 30% e 40% abaixo do valor normal.

Como descobrir se um veículo é sinistrado?

O que são carros sinistrados?

Encontrar um modelo com valor muito abaixo da média normalmente é sinal de que algo está errado. Mas muitos compradores não tem essa percepção, podendo ser facilmente enganados por empresas que deixam de informar sobre sua condição de sinistrado. Como descobrir então se o carro tem esse histórico?

A documentação de um carro nessa condição é normal, mas o documento terá uma observação na parte inferior com o termo “SINISTRO/RECUPERAÇÃO”. Esse é um indício que pode facilmente indicar o seu histórico. Mas é sempre importante fazer uma avaliação minuciosa de qualquer veículo antes de comprá-lo, e isso se torna vital para que você não seja enganado e acabe pagando um valor de tabela por um carro sinistrado.

Um dos principais itens que deve ser visto é a lataria. Veja se existem irregularidades, ondulações e mudanças de textura. Analise a pintura do carro todo (partes que foram pintadas novamente não terão a mesma tonalidade do original, e um carro mais antigo com pintura muito nova também pode ser incoerente). Abra e feche as portas, o porta-malas e o capô. Se for necessário muito esforço, ou você perceber sinais de ferrugem nas soldas, é sinal de uma batida mais forte. Leves batidas com a mão na lata também vão revelar se alguma parte foi preenchida com massa.

Além da lataria, veja com cuidado o alinhamento e balanceamento, a parte mecânica, se existem sinais de infiltrações, etc. Se não tiver grande conhecimento desses itens, leve o veículo para um profissional de confiança.

Vale a pena comprar um carro sinistrado?

Talvez você conheça alguém que já realizou esse tipo de compra e garante que não há nenhum problema. Mas analisar o assunto mais a fundo mostra que não é bem assim. Existem alguns pontos importantes que você deve levar em conta, especialmente em relação a entender qual foi o tipo de sinistro.

O primeiro aspecto é que um carro recuperado de um sinistro dificilmente será aceito por qualquer seguradora para um novo contrato, levando em conta que ele já foi indenizado uma vez (você com certeza já respondeu sobre isso quando foi renovar o seu seguro). E mesmo que seja aceito, ele entrará numa categoria diferente, onde o valor do seguro obviamente será muito maior do que a média de carros sem sinistro e o carro terá que passar por vistorias mais frequentes. A exceção é quando o carro foi roubado e depois encontrado nas mesmas condições, o que torna mais fácil fazer um novo seguro, já que não houve danos.

Outro fator a destacar é que, quando ocorre um sinistro, um perito faz uma avaliação dos danos causados ao veículo, usando o chamado “Relatório de Avarias”, que consta no Anexo 1 da resolução 362 do Contran, de 15/10/2010. São 48 componentes a serem avaliados, cada um com uma pontuação diferente. A soma desses pontos vai colocar o veículo sinistrado em uma das seguintes três classificações:

  • pequena monta (até 20 pontos, não sendo informado no documento)
  • média monta (entre 21 e 30 pontos, já sendo informado no documento)
  • grande monta (superior a 30 pontos, o que torna o veículo irrecuperável)

Quando o veículo é classificado com danos de média ou grande monta, seu documento fica bloqueado administrativamente no DETRAN, e ele precisa passar por uma inspeção num posto credenciado pelo INMETRO para estar apto a rodar novamente. Se um carro aparenta ter passado por essa situação e não tem essa vistoria, ele com certeza será um enorme problema nas suas mãos.

Conclusão

Com tudo isso em mente, tenha sempre muito cuidado com ofertas absurdamente baixas em relação ao preço de tabela. Veículos sinistrados que vão parar num pátio de leilões, na grande maioria dos casos, servem apenas para peças de reposição, e não para serem usados no dia a dia. É muito difícil saber exatamente quais foram os danos causados. E mesmo que eles não tenham afetado a estrutura básica do carro, você não sabe como foi realizado o conserto, se é que isso foi feito.

O que são carros sinistrados?
Nota média 5 de 1 votos

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email