Mercado

Os carros mais vendidos do Brasil no ano de 2019

Os carros mais vendidos do Brasil no ano de 2019

Como você já sabe (confira as vendas de dezembro de 2019), o mercado brasileiro fechou o ano passado com alta de 7,65%, que permitiu o emplacamento de 2.658.927 de automóveis e comerciais leves, um acréscimo de 188.992 veículos em comparação ao ano de 2018.


No ano de importantes lançamentos, como os Novos Onix e Onix Plus, bem como Novos Hyundai HB20, HB20S e HB20X, o período que se encerrou viu ainda o Novo Corolla e a entrada de mais carros elétricos no mercado, entre outros.

Com o enfraquecimento de segmentos como de hatch e sedã médio, assim como o praticamente desaparecimento das peruas, o mercado em 2019, viu a GM se destacar com mais de 2% de market share sobre a rival VW, que busca a todo custo recuperar a liderança por aqui.

Os carros mais vendidos do Brasil no ano de 2019

VEJA TAMBÉM:

O ano de 2019 também destacou a Renault em quarto, tirando a Ford do quarteto líder, assim como a Jeep ultrapassando a Honda, mesmo com apenas dois produtos que vendem (nacionais) contra cinco da marca japonesa, todos localizados também.

A Chery – agora com a CAOA – foi realmente a que mais cresceu e vem com força para 2020. A Volvo foi a luxuosa que mais se destacou em vendas, mesmo sem fábrica, vendeu mais que Land Rover e Suzuki.

Entre os automóveis, o campeão Onix deitou e rolou no ano passado, ganhando ainda um extra com a nova geração, que ousou manter os mesmos preços, entregar motor turbo e tecnologias de segurança e conectividade inéditas no segmento.

Mesmo com problemas, trouxe ainda o Onix Plus no lugar do Prisma, que ainda fechou em sétimo. O ano também foi do HB20 em nova geração, que ainda não deslanchou. Sem mudança de geração, o Ka discretamente virou vice-líder, mas viu sua marca esvaziar-se por aqui.

Os carros mais vendidos do Brasil no ano de 2019

Líder do PCD, a nova onda do mercado, o Renegade também foi o mais vendido entre os SUVs. Nos médios, o Corolla se manteve bem na frente com a mudança radical de geração, enquanto os hatches médios lamentaram a saída do Focus. Nos esportivos, o Mustang não repetiu a façanha de quase mil vendidos de 2018, mas preservou a ponta.

Nos comerciais leves, faltou o brilho de mais novidades, o que deve acontecer esse ano com, pelo menos, a Nova Strada. E assim, 2019 se encerrou como o ano do PCD, que contribuiu largamente para as vendas diretas, que representou 45,67% das vendas totais de carros e comerciais leves.

Destes, 41,22% eram automóveis. GM e Fiat simplesmente empataram nas vendas diretas com 18,43% cada uma. A VW fechou com 17,04%, seguida da Renault com 10,04% e Ford com 9,13%.

Confira abaixo as 21 marcas, 80 automóveis e 50 comerciais leves mais vendidos em 2019, além das vendas diretas:

Marcas

1º GM 475.684 17,89%
2º VW 414.481 15,59%
3º FIAT 366.135 13,77%
4º RENAULT 239.227 9,00%
5º FORD 218.527 8,22%
6º TOYOTA 215.681 8,11%
7º HYUNDAI 207.656 7,81%
8º JEEP 129.463 4,87%
9º HONDA 129.118 4,86%
10º NISSAN 96.083 3,61%
11º CITROEN 26.513 1,00%
12º MITSUBISHI 21.881 0,82%
13º PEUGEOT 21.612 0,81%
14º CHERY 20.182 0,76%
15º BMW 13.142 0,49%
16º M.BENZ 12.206 0,46%
17º KIA 9.274 0,35%
18º AUDI 8.707 0,33%
19º VOLVO 7.915 0,30%
20º LAND ROVER 5.875 0,22%
21º SUZUKI 3.692 0,14%

Automóveis

1º GM/ONIX 241.214
2º FORD/KA 104.331
3º HYUNDAI/HB20 101.590
4º RENAULT/KWID 85.117
5º VW/GOL 81.285
6º FIAT/ARGO 79.001
7º GM/PRISMA 73.721
8º VW/POLO 72.057
9º JEEP/RENEGADE 68.726
10º JEEP/COMPASS 60.362
11º HYUNDAI/CRETA 57.460
12º TOYOTA/COROLLA 56.727
13º NISSAN/KICKS 56.062
14º FIAT/MOBI 53.444
15º FORD/KA SEDAN 51.260
16º RENAULT/SANDERO 50.303
17º HONDA/HR-V 49.488
18º VW/VIRTUS 46.876
19º VW/FOX/CROSS FOX 38.487
20º TOYOTA/YARIS HB 37.686
21º VW/T CROSS 37.081
22º HYUNDAI/HB20S 34.893
23º FORD/ECOSPORT 34.206
24º VW/VOYAGE 32.055
25º TOYOTA/YARIS SEDAN 29.759
26º RENAULT/CAPTUR 28.660
27º GM/SPIN 28.361
28º HONDA/CIVIC 27.318
29º RENAULT/LOGAN 27.003
30º GM/ONIX PLUS 26.852
31º RENAULT/DUSTER 26.090
32º HONDA/FIT 24.457
33º FIAT/CRONOS 24.080
34º NISSAN/VERSA 21.779
35º FIAT/UNO 19.928
36º TOYOTA/ETIOS HB 18.963
37º GM/CRUZE SEDAN 17.829
38º CITROEN/C4 CACTUS 16.438
39º GM/TRACKER 16.333
40º FIAT/SIENA 16.188
41º HONDA/CITY 14.578
42º TOYOTA/HILUX SW4 13.523
43º VW/UP 13.460
44º TOYOTA/ETIOS SEDAN 13.305
45º GM/COBALT 13.103
46º VW/TIGUAN 13.074
47º HONDA/WR-V 12.160
48º VW/JETTA 11.248
49º PEUGEOT/2008 8.693
50º CHERY/TIGGO 5X 7.971
51º NISSAN/MARCH 6.897
52º CHERY/TIGGO 2 6.250
53º HYUNDAI/IX35 5.786
54º PEUGEOT/208 5.608
55º FIAT/DOBLO 5.530
56º GM/CRUZE HATCH 5.320
57º GM/EQUINOX 4.630
58º BMW/X1 4.257
59º TOYOTA/RAV4 4.242
60º KIA/SPORTAGE 4.082
61º MITSUBISHI/ASX 3.764
62º BMW/SERIE 3 3.629
63º HYUNDAI/TUCSON 3.579
64º MB/CLASSE C 3.565
65º VOLVO/XC60 3.443
66º GM/TRAILBLAZER 3.360
67º FORD/FIESTA 3.330
68º NISSAN/SENTRA 3.189
69º FIAT/WEEKEND 3.185
70º LR/DISCOVERY 3.042
71º CITROEN/C3 2.857
72º CITROEN/AIRCROSS 2.805
73º MB/GLA 2.762
74º AUDI/A3 SEDAN 2.701
75º VOLVO/XC40 2.429
76º CHERY/ARRIZO 5 2.404
77º PEUGEOT/3008 2.367
78º MITSUBISHI/ECLIPSE CROSS 2.356
79º MITSUBISHI/PAJERO 2.195
80º CHERY/TIGGO 7 2.174

Comerciais leves

1º FIAT/STRADA 76.223
2º FIAT/TORO 65.566
3º VW/SAVEIRO 42.270
4º TOYOTA/HILUX 40.419
5º GM/S10 32.161
6º FORD/RANGER 22.218
7º VW/AMAROK 18.911
8º FIAT/FIORINO 17.342
9º RENAULT/OROCH 13.363
10º GM/MONTANA 12.524
11º MITSUBISHI/L200 10.226
12º RENAULT/MASTER 8.478
13º NISSAN/FRONTIER 8.090
14º FIAT/DUCATO 5.489
15º HYUNDAI/HR 3.996
16º VW/EXPRESS 3.497
17º KIA/K2500 2.430
18º PEUGEOT/EXPERT 2.306
19º CITROEN/JUMPY 1.984
20º IVECO/DAILY 35S14 1.825
21º PEUGEOT/PARTNER 1.798
22º M.BENZ/SPRINTER 313 1.571
23º IVECO/DAILY 30S13 848
24º RAM/2500 652
25º CITROEN/BERLINGO 626
26º M.BENZ/SPRINTER 297
27º PEUGEOT/BOXER 222
28º JAC/v260 196
29º IVECO/DAILY 175
30º CITROEN/JUMPER 169
31º M.BENZ/SPRINTER 415 138
32º EFFA/V21 128
33º FOTON/AUMARK 1039 108
34º IVECO/DAILY 5516 90
35º FIAT/UNO 89
36º EFFA/K01 70
37º M.BENZ/SPRINTER 416 68
38º EFFA/V22 66
39º RENAULT/KANGOO 41
40º EFFA/K02 27
41º TOYOTA/BANDEIRANTE 22
42º VW/KOMBI 20
43º M.BENZ/SPRINTER 515 17
44º AGRALE/AGRALE MARRUA 15
45º M.BENZ/SPRINTER 314 15
46º FORD/F100 13
47º FOTON/TUNLAND 12
48º FORD/F75 10
49º WILLYS/OVERLAND 10
50º GM/CHEVROLET 6

VENDAS DIRETAS

Automóveis

1º GM/ONIX 100.321
2º VW/GOL 54.426
3º JEEP/RENEGADE 49.524
4º FORD/KA 44.476
5º JEEP/COMPASS 40.756
6º FORD/KA SEDAN 35.526
7º GM/PRISMA 33.891
8º NISSAN/KICKS 31.952
9º FIAT/ARGO 28.037
10º VW/VOYAGE 27.833
11º RENAULT/SANDERO 27.665
12º RENAULT/LOGAN 23.356
13º HYUNDAI/CRETA 22.936
14º VW/VIRTUS 20.750
15º RENAULT/KWID 20.728
16º HYUNDAI/HB20 20.393
17º GM/SPIN 19.062
18º VW/POLO 18.437
19º FIAT/MOBI 17.929
20º RENAULT/CAPTUR 17.378
21º FIAT/UNO 17.227
22º RENAULT/DUSTER 16.617
23º VW/T CROSS 15.973
24º TOYOTA/COROLLA 15.293
25º FORD/ECOSPORT 14.265
26º GM/ONIX PLUS 12.093
27º TOYOTA/YARIS SEDAN 11.467
28º HYUNDAI/HB20S 11.254
29º GM/COBALT 10.977
30º CITROEN/C4 CACTUS 9.974
31º GM/CRUZE SEDAN 8.109
32º NISSAN/VERSA 7.900
33º TOYOTA/ETIOS SEDAN 6.887
34º VW/FOX/CROSS FOX 6.585
35º FIAT/CRONOS 6.412
36º HONDA/FIT 6.118
37º TOYOTA/YARIS HB 6.020
38º PEUGEOT/2008 5.604
39º FIAT/SIENA 5.598
40º FIAT/DOBLO 5.201
41º TOYOTA/ETIOS HB 5.136
42º VW/TIGUAN 4.439
43º HONDA/CITY 4.275
44º HONDA/HR-V 3.914
45º VW/JETTA 3.794
46º TOYOTA/HILUX SW4 3.742
47º PEUGEOT/208 3.499
48º GM/TRACKER 3.249
49º FIAT/WEEKEND 3.134
50º VW/UP 2.718

Comerciais leves

1º FIAT/STRADA 72.628
2º FIAT/TORO 50.757
3º VW/SAVEIRO 38.682
4º GM/S10 20.109
5º FORD/RANGER 14.803
6º TOYOTA/HILUX 14.376
7º FIAT/FIORINO 12.054
8º GM/MONTANA 10.948
9º VW/AMAROK 10.462
10º RENAULT/OROCH 10.154
11º RENAULT/MASTER 5.825
12º FIAT/DUCATO 4.687
13º MITSUBISHI/L200 4.235
14º NISSAN/FRONTIER 3.649
15º PEUGEOT/EXPERT 2.170
16º CITROEN/JUMPY 1.841
17º PEUGEOT/PARTNER 1.197
18º HYUNDAI/HR 779
19º VW/EXPRESS 676
20º CITROEN/BERLINGO 449
21º RAM/2500 405
22º IVECO/DAILY 35S14 321
23º PEUGEOT/BOXER 219
24º CITROEN/JUMPER 166
25º M.BENZ/SPRINTER 313 109
26º FIAT/UNO 88
27º IVECO/DAILY 30S13 50
28º IVECO/DAILY 45
29º M.BENZ/SPRINTER 25
30º RENAULT/KANGOO 22
31º M.BENZ/SPRINTER 415 17
32º AGRALE/AGRALE MARRUA 15
33º JAC/v260 9
34º TOYOTA/BANDEIRANTE 6
35º KIA/K2500 4
36º HYUNDAI/H350 3
37º IVECO/DAILY 5516 3
38º VW/KOMBI 3
39º FIAT/DOBLO 2
40º FORD/F100 1
41º FORD/F250 1
42º FORD/FORD 1

[Fonte: Fenabrave]

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Lioon

    Tem um grave erro no título da matéria ou já sabem qual será a vendagem de 2020? Fail!!!

    • Maycon Farias

      Kkkkkkk. É a teoria da relatividade do tempo em ação.

  • RicLuthor

    “Os carros mais vendidos do Brasil no ano de 2020”

    2019!

  • Cléber_V

    Por isso a Fiat não se esforça pra vender carro, só o que vende de Strada e Toro eles tiram o lucro do ano…

  • Cesar

    Fanjos deve estar feliz.
    O ano mal começou e seus sonhos começam a se realizar com aumentos em todo canto.

  • Ford Opala Attractive 200TSI

    Como esperado, a Ford ladeira abaixo!

    • Eskarmory .

      Não está não, embora o portfólio seja lamentável, são mais de 211 mil emplacamentos vendendo ”o que tem”, como o se fosse um butiquim prestes a fechar as portas. Me refiro somente a Ka hatch e sedan, Ecosport e Ranger, com esse trio a Ford cresceu 8% em relação a 2018. Claro que não estou falando, muito menos sei do custo residual que terão com a debandada da fábrica em Taboão, mas falando de vendas, de repente tem-se uma operação mais enxuta e de boa rotatividade para as revendas,

  • Carlos AM

    2020 promete grandes alterações no posicionamento das montadoras, principalmente para a Peugeot.
    Com a chegada do novo 208 (caso a Peugeot não pise na bola) a tendência é que voltem a crescer e cheguem próximo da Nissan no ranking.

    • Verdades sobre o mercado

      o Novo (e belíssimo) 208 deve chegar mais para o final do ano e portanto não deve alterar muito o patamar da Peugeot em 2020. Além disso creio que a Peugeot não será agressiva, o que fará com que o carro não venda tão bem quanto poderia.

    • Robson De Jesus Mascarenhas

      Concordo sobre o 208, se a Peugeot adminstrar bem o preço e a assistência , pode subir bem as vendas.

      • omaisbanidodona

        essa conversa da PSA e sempre a mesma coisa e no final sempre morrem na praia nao vendem é nada!!!

        • Verdades sobre o mercado

          rapaz, nada neste mundo é eterno… para o bem e para o mal…

        • tiago

          Este ano vai, pode anotar. só com as economia que a fusão vai criar eles podem oferecer preços competitivos, além de contarem com o Know How da FCA, no que tange o conhecimento do mercado brasileiro.

  • Rogério R.

    Agora quando se fala nas quatro grandes montadoras do Brasil a Renault com 21 anos está agora inclusa de vez como indicam os números. A Ford que é a mais antiga montadora do país com 100 anos caiu para a turma de trás. Para quem vive descendo o sarrafo no Kwid deve estar “amando” ver cada vez mais o Brasil sendo infestado por ele, e curiosamente não é só aqui, pois como já comentei em pouco tempo o pequeno Renault já é o mais vendido na Colômbia, se tornando o carro importado mais vendido do país vizinho(fonte: Andemos). Para quem achava que Kwid seria carro de escada ou de locadora, cerca de 64 mil consumidores em 2019 disseram que não será. Como um fã do Sandero e do Argo falarei deles, o Renault ficou com as vendas equilibradas entre vendas diretas(27.665) e varejo(22.367) tendo uma diferença até baixa, se a marca francesa se esforçar em equipar um pouco mais a versão Zen ou até criar uma versão Zen+ com todos os vidros e retrovisores elétricos, além de faróis de neblina, acho que a balança em favor do varejo venceria. Já o Argo está tendo sorte após a cag… que a Hyundai fez no design do HB20, pois estou notando que os antigos compradores estão migrando para o Argo, Onix e Ka. Digo isso porque o Polo caiu no ranking(quase ficando fora do top 10 em dez./19, mostrando que a maioria dos ex HB20 não compraram o hatch da VW) perdendo um bom terreno principalmente para o Fiat que avançou bem, aproximadamente 1,7 mil unidades na frente do Polo em dez./19 e isso coincidentemente após a chegada do HB20 2020. E antes que digam algo, aproximadamente 51 mil consumidores disseram que o Argo não terá escada no teto ou será locado. Polo caindo no ranking, Up! fora do top 40… isso mostra que casca boa com solda a laser não é tudo num carro aqui no Brasil. É isso aí. Que venha 2020.

    • Verdades sobre o mercado

      Kwid realmente não é carro de locadora, mas o que tem de Kwid em São Paulo com escada no teto não é brincadeira. Você esqueceu de falar do Logan que se não fosse as locadoras estava morto, pois no varejo vende menos até que o moribundo Voyage. Quanto ao Argo ele tem vendido em bom volume para locadoras sim, mas não esta não é a única explicação para seu aumento nas vendas, a versão básica 1.0 e a Trekking também ajudaram. A questão para 2020 é: Como ficará o mercado dos hatches/sedans compactos com o Novo Onix/Plus ? Ele está imbatível no CxB na motorização mais forte e ainda que tenda a aumentar bastante o preço, vai ser uma grande guerra de mercado neste ano.

      • Rogério R.

        Falando do Logan, na época do lançamento do Sandero 2020, Logan 2020 e Stepway 2020 um executivo da Renault numa entrevista no Youtube respondendo porque o Logan recebeu poucas mudanças no exterior(poderia ter recebido as lanternas semelhantes a do hatch), para mim ele deu a entender que o papel do sedan no Brasil é de fato ser carro de locadora e Uber, pois vende pouco no varejo então não valeria a pena investir muito no sedan e para mim deu a entender que a marca jogou a toalha, acho uma pena isso. Um fato que estou achando bem curioso é que só estou vendo flagras do Sandero 3 na Europa. Cadê o Logan 3? Já era hora de alguém ter flagrado o sedan, já que a mídia europeia diz que o lançamento será simultâneo, ou seja, será que realmente vem? Já estou começando a duvidar.

        • Verdades sobre o mercado

          Talvez venha em momento posterior.

    • Francisco Vieira de Bem

      Os produtos da Dacia vendem muito bem na américa latina pelas similaridades entre as realidades da américa latina e do leste europeu. Carros com mecânica simples, poucos componentes, baixo custo de aquisição e manutenção. Soma-se a isso o acondicionamento à estradas lunares comuns à ambas regiões do globo. Trabalho na construção e fazemos muitas obras em regiões com pouca ou nenhuma infraestrutura. Nossa empresa optou pelo Sandero como veículo de trabalho, que tem nos atendido muito bem.

  • Renato

    Corolla é incontestavelmente o líder isolado e depois do novo lançamento enterrou de vez a concorrencia, passando a vender o dobro do segundo colocado. Porém, esse primeiro aumento de preço ontem vai começar uma nova era, de fim dos sedãs e ascensão absoluta dos SUVs. Considerando que até o final de 2020 ele vai sofre mais 2 aumentos, a procura vai cair, os novos SUVs de todas as marcas serão lançados, e será enterrado de vez a categoria.

  • cepereira2006

    Impressionante a queda livre da Audi.

  • Guedes

    Dos 241 mil onix vendidos, 141 foram venda direta, grande parte entendo ser de locadoras. Bela bolha se formando

    • Danilo

      Bolha nada, pra muitos é uma oportunidade. As locadoras vendem ele com um ano de uso por 36 ou 37 mil enquanto um zero nas promoções é 42 mil, e o da locadora vem emplacado, com documento pago e cor metálica se o comprador quiser, o que da uma economia na casa dos 10 mil reais. Um excelente negócio pras montadoras, um bom negócio pro consumidor e um negócio não tão bom pras montadoras que deixam de vender o carro pro cliente a 42 mil e vende pras locadoras a 35 mil aproximadamente.

      • Guedes

        Entendo, mas bolha reside no fato que uma hora a conta não vai fechar para as montadoras e até mesmo para as locadoras. Se os clientes pararem de comprar os carros usados de locadora a bolha estoura.

        • Danilo

          Creio que possa fazer algum problema pras montadoras, pras locadoras nunca será problema, pois compra o carro mais barato do que vende e nesse meio tempo entre a compra e a venda ainda alugam ganhando dinheiro, e nem IPVA eles pagam nesse período, um verdadeiro absurdo com o consumidor comum.

          • Guedes

            isenção de IPVA eu não sabia. o que sei que MG tem IPVA baixo, por isso que emplacam lá.

            • Danilo

              Sou de MG, o ipva aqui pros cidadãos de bem é 4 % pra carros e caminhonetes cabine dupla, 3% pra caminhonete cabine simples e 2% pra motos, pra locadoras é 1%, valor irrisório, um absurdo. Além de comprarem carros muito más muito abaixo do valor de tabela ainda pagam IPVA lá em baixo. Por isso em Dezembro você compra um carro nas revendas das locadoras com o IPVA do ano seguinte pago, pois eles pagam 1/4 do que você pagaria.

              • Guedes

                Certo, pagam então 25% do que cidadão comum (de bem ou do mal) paga. Mas isso é diferente de isenção total. total seria 0%.

                • Danilo

                  É modo de expressão. Quem paga 1% pra mim não paga praticamente nada, ainda mais faturando com o veículo, enquanto nós, na maioria das vezes, temos é despesas com ele. kkkkkk

  • Eskarmory .

    04/01/2020 14:37h – Ainda está 2020 no título…

    • Robinho

      23/01/20 10:45 hs – Ainda está 2020 no titulo…

  • Alessandro Araujo

    Que mercado depressivo! Quase 70% das vendas da GM são Onix/Prisma. No top 10 dos autos, somente 3 carros com projeto para países desenvolvidos, o resto só jabuticabas. Deprimente.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email