Marcas Matérias NA Mercado Montadoras/Fábricas

Qual é a marca de carros mais vendida no mundo?

toyota-all-cars-1024x682 Qual é a marca de carros mais vendida no mundo?

Você tem ideia de quantos carros foram vendidos em 2017? Com o trânsito cada vez mais caótico na maioria das grandes cidades, é fácil imaginar que o número seja alto. E ele é mesmo. Foram 93,6 milhões de unidades comercializadas, entre veículos e comerciais leves. segundo dados da consultoria Focus2Move.



Se o número acima impressiona, o modo como a China contribuiu para ele impressiona ainda mais. Sozinho, esse país asiático colocou 28.271.791 novos modelos nas ruas, o que representa 30,2% do total! O segundo colocado na lista, os Estados Unidos, aparecem com pouco mais de 17 milhões de unidades, um número expressivo, mas bem abaixo dos chineses. Já o Brasil, que teve o maior crescimento entre os 10 primeiros (9,2%), ficou na 8ª posição, com 2.172.452 unidades.

Em meio a essa oceano de novos carros circulando pelas ruas, algumas marcas se destacaram, seja pela consolidação de sua posição no mercado, seja por seu forte crescimento. O Notícias Automotivas esmiuçou esses números (dados de montadoras individualmente, não de grupos de marcas) para descobrir não só quem vendeu mais, mas também quais fatores contribuíram para isso e como está sendo o desempenho dessas marcas no início de 2018 (dados de janeiro).

1) Toyota – 9,2% do mercado

toyota-all-cars-1024x682 Qual é a marca de carros mais vendida no mundo?



Sim, a Toyota continua firme como a marca de carros que mais vende no mundo. Em 2017 foram 8.713.030 unidades comercializadas (um número recorde), o que representa um aumento de 2,3% sobre o ano anterior e uma fatia de quase 1/10 do mercado mundial. Mas o que ajudou a marca japonesa a continuar nesse patamar?

Se você logo pensou no Corolla, você acertou em partes. É verdade que o modelo contribuiu (e muito) para o número final da Toyota. Afinal, ele foi o carro mais vendido do mundo em 2017, com 1.224.990 unidades. Mas esse número representa uma queda de 6,6% em relação a 2016, o que diminuiu a diferença para o segundo colocado.

Na verdade, a grande estrela da marca no ano passado foi o RAV4, que cresceu 11% nas vendas e emplacou 807.401 unidades, ficando na 5ª posição entre os mais vendidos. Além deles, também aparecem na lista Camry (650.048), Hilux (498.093), Yaris (373.280), Highlander (342.159), Prius (264.325), C-HR (263.930) e Tacoma (218.848).

Desempenho em 2018: A Toyota continua na primeira posição, com 694.363 unidades vendidas. E novamente contando com a ajuda do Corolla, que vendeu 115.057 unidades (24,8% a mais do que em janeiro de 2017). Mas parece que a vida da japonesa não vai ser fácil esse ano, pois a Volkswagen a persegue de perto, com 639.678 modelos comercializados.

2) Volkswagen – 7,2% do mercado

toyota-all-cars-1024x682 Qual é a marca de carros mais vendida no mundo?

A Volkswagen não chegou a incomodar a Toyota em 2017, como parece que vai fazer nesse ano. Mas os números da marca alemã comprovaram sua força: foram 6.815.111 unidades vendidas em todo o mundo.

Outro dado interessante foi seu crescimento de 4,3% em relação a 2016, superior ao da marca japonesa e que indica que a diferença está diminuindo. Isso ocorreu com os bons resultados nos EUA, China e Brasil (apesar das perdas na Alemanha, Reino Unido, Turquia e México).

Quando falamos dos modelos mais vendidos da marca, acontece uma situação similar ao da Toyota. O modelo mais vendido foi o Golf (952.826), mas a grande estrela foi outra: com 703.143 unidades, o Tiguan apresentou uma alta de impressionantes 34,5% em suas vendas, sendo o segundo mais vendido da marca. Os outros foram: Polo (656.179), Jetta (550.649), Lavida (513.288), Passat (469.220), Sagitar (322.261), Santana (303.077) e Bora (246.710).

Desempenho em 2018: Como dito acima, a VW vem mostrando sua força contra a líder Toyota nesse ano. Suas 639.678 unidades vendidas a deixaram com 8,3% do mercado em janeiro, contra 9% da primeira colocada. Será que em 2018 a primeira posição vai mudar de mãos?

3) Ford – 6,5% do mercado

toyota-all-cars-1024x682 Qual é a marca de carros mais vendida no mundo?

A liderança folgada da Ford nos Estados Unidos, sua casa, ajuda a explicar o bom resultado da montadora em 2017. Foram 6.147.209 modelos vendidos mundialmente, um número que quase a colocou na segunda posição. Mas esse “quase” tem explicação: entre as cinco primeiras, a Ford foi a única com um resultado pior em 2017, quando comparado com 2016 (queda de 1,5%). Além disso, a marca teve queda nas vendas em mercados importantes, como Reino Unido, EUA e China.

Isso só não afetou mais seu desempenho porque sua principal estrela, a picape F-Series, cresceu nas vendas no ano passado em 8,7%, contabilizando um recorde de 1.076.551 unidades emplacadas.

O restante da linha teve os seguintes resultados: Focus (671.923), Fiesta (403.757), Escape (375.944), Transit (325.917), Explorer (320.720), Edge (298.471), Escort (282.232), Kuga (262.797), Ranger (257.983), Ecosport (245.427) e Fusion (228.256).

Desempenho em 2018: O ano não começou como a Ford gostaria, pois suas vendas em janeiro foram de 419.095 unidades, 6,9% a menos do que em janeiro de 2017. Quase todos os seus principais modelos tiveram queda nas vendas, nesse mesmo período, com destaque para o Focus, que caiu mais de 12%.

4) Honda – 5,5% do mercado

toyota-all-cars-1024x682 Qual é a marca de carros mais vendida no mundo?

A quarta posição conseguida pela Honda não foi nada fácil. Na melhor briga do ano, a japonesa acelerou no segundo semestre, finalizando 2017 com pouco mais de 30 mil unidades a mais que a Nissan, 5ª colocada. Foram 5.148.727 modelos da Honda vendidos, representando um bom crescimento de 8% sobre 2016.

E isso se deve principalmente ao Civic, que elevou suas vendas em 21,7% e terminou o ano com 819.005 unidades, sendo o 4º modelo mais vendido em todo o mundo. Logo depois aparecem CR-V (748.048), Accord (529.774), HR-V (337.213), Fit (303.640) e City (269.243).

Desempenho em 2018: Como dito, a briga é boa entre Honda e Nissan. Prova disso é que, diferente do ano passado, em 2018 a Honda caiu uma posição em janeiro, ao vender 406.426 unidades. Mesmo assim, esse número representa um aumento de 11,2% em relação ao mesmo mês do ano passado. Essa disputa promete.

5) Nissan – 5,4% do mercado

toyota-all-cars-1024x682 Qual é a marca de carros mais vendida no mundo?

O desempenho da Nissan nos seis primeiros meses de 2017 foi animador, mas a marca foi perdendo fôlego e acabou na 5ª posição, com 5.115.848 veículos e comerciais leves comercializados (3,8% a mais do que em 2016).

Quem mais ajudou a marca nessa briga foi a dupla Qashqai e Rogue. O primeiro vendeu 498.853 unidades, num crescimento de 10,4%, enquanto o segundo emplacou 449.992 modelos, mas num crescimento superior, de 20,5%.

Depois aparecem X-Trail (426.103), Sylphy (o Sentra chinês, com 412.412), Sentra (315.568), Altima (277.769) e Versa (245.319).

Desempenho em 2018: Com 415.643 unidades vendidas em janeiro, a Nissan conseguiu roubar a 4ª posição da Honda. A explicação para isso é clara: os cinco modelos mais vendidos da marca no primeiro mês de 2018 – Qashqai, Sylphy, Rogue, X-Trail e Sentra – tiveram um crescimento de dois dígitos em relação a janeiro de 2017.

As outras marcas mais vendidas no mundo em 2017

6º – Hyundai (4.406.608 – 4,7% do mercado)

7º – Chevrolet (4.117.573 – 4,4% do mercado)

8º – Kia (2.798.254 – 3% do mercado)

9º – Renault (2.644.358 – 2,8% do mercado)

10º – Mercedes-Benz (2.544.509 – 2,7% do mercado)

 

COMPARTILHAR:
  • Zé Mundico

    Em pouco mais de 30 anos os japoneses tomaram conta do mercado. Qualidade, produtividade e preço.

    • konnyaro

      E o mesmo aconteceu depois com os coreanos e já está acontecendo com os chineses…

      • Pedro Neto

        Exatamente. A turma de “zoi razo” e fera

    • ObservadorCWB

      Seria interessante uma reportagem mostrando as evoluções e involuções da participação no mercado ao longo dos últimos cinco ou seis anos. Daria uma perspectiva sobre o futuro do mercado.

    • Samluzbh

      Daqui 30 anos ou menos serão os chineses.

    • Diogo Dâmaso

      Realmente vc tem razão quanto a qualidade, so não concordo com preço! As japonesas cobram bem mais caro!

      • Pedro Henrique

        hoje pois antigamente os preços eram bem parelhos, como uma hyundai e kia hoje… mas ja se ve a hyundai “prosperar” o preço dos seus produtos…

    • vicegag

      Ué, o Etios não está na lista dos oito mais da Toyota?

      • Alvaro

        Hahahahahaha Só na lista dos 8 mais feios

    • thi

      Carro é alemão . Ando em carolla e nao vejo nada .

    • pedro

      Os asiáticos são fodásticos. É incrível isso, parece que a América Latina e África são a escória do mundo. Não somos nada. Parece que tudo que não dá certo é latino americano ou africano, salvo honrosas exceções. É muito frustrante fazer parte disso. Lugares que a sociedade como um todo não se desenvolve.

      • Zé Mundico

        Atraso é vocação.

      • Cosi fan Tutti

        Que exagero, nem tudo na vida é apenas carros ou produtos tecnologicos, existem tantos outros ativos como culturais, alimenticios, patrimoniais etc..

        • pedro

          Isso sim, mas acabam ofuscadas pelos problemas. Infelizmente.

  • Ricardo

    Queria ver uma lista das marcas individuais e não dos grupos!

  • Igor Guimasi

    Os orientais são foda.

  • awatenor

    Interessante…E também é curioso notar como o “mercado” automotivo do Brèçil funciona: Quanto mais caro, mais vende. Côz-di-dôidu….

  • joao vicente da costa

    Impressionante o quanto a GM encolheu nas últimas duas décadas…

    • Luis Burro

      A popular sempre foi a Chevy,mas o grupo tinha um monte de marcas antes.Individualmente nunca tinha visto qnto cada marca do grupo vendia.

      • joao vicente da costa
        • Alvaro

          Bem interessante! Realmente a Chevrolet hoje em dia, nem em casa, tem muita representatividade. O que sustenta ela deve ser a China, América Latina e mercados do tigre asiático. Porque fracassou na Europa, está com participação cada vez menor na Rússia e Coréia.

          • joao vicente da costa

            Basicamente a China. O mercado chinês é hoje 70% maior que o dos EUA para a GM (sim, 70%!!), sendo lá suas principais marcas a Buick (que está moribunda nos states – a marca toda vende mais ou menos o mesmo que o Honda HR-V sozinho por lá ) e a Chevrolet.

    • Unknown

      Mas no Brasil, mercado de consumidor tapado, vai bem, obrigado!

  • JOSE DO EGITO

    HUMMM sera que é exatamente isso ???!!!! sei nao !

    • th!nk.t4nk

      No Egito o primeiro lugar é camelo.

      • JOSE DO EGITO

        Isso é verdade mesmo,mas na lista dos carros carros tenho minhas duvidas do terceiro lugar para baixo

  • Erivelton Freitas

    Interessante esses números, porque dentre o Top 5, só compraria carros da Nissan e Ford, já que as outras três não me agradam tanto. De resto, é interessante ver a KIA entre as 10 mais, já que aqui no Brasil, com exceção do Sportage, ela esqueceu de todo o resto da sua frota!

    • Unknown

      Verdade, também fiquei surpreso com a Kia entre as 10…

  • zekinha71

    Interessante que segundo aquele blog de fanáticos, a caixinha de creme de leite é o mais vendido no mundo todo, mas nessas lista ele nem aparece, e apareceu um monte de versões do Santana.

    • Robinho

      talvez a geladeira na horizontal se chame Santana em algum lugar…kkkk

  • Louis

    Falando em marcas, percebi uma coisa, já tem concessionária CAOA Hyundai vendendo Chery zero km. Preparem-se, a Chery CAOA vai crescer bastante por aqui.

    • Aqui no final da avenida Atlântica na zona sul de SP, fecharam a Hyundai e reabriram como CAOACHERY

    • Unknown

      Eu quero é mais!

    • Vinícius

      Já saiu até propaganda na TV anunciando a aquisição.

    • Edu

      Bom para o mercado. Até ele entrarem na “dança da prosperidade”.

  • T_101

    De novo isso, não importa o numero total de vendas, GM e VW sabem bem disso, a unica coisa que importa para esses grandes empresas é o Lucro. Maior em vendas é só uma parte do marketing.

    • Robinho

      Concordo…

    • Cássio

      Isso pode desmascarar muitos haters.
      Já pensou se, numa lista dos maiores lucros líquidos, a VW ganha de lavada? Vão acabar na hora os comentários do tipo “A Toyota e a Honda são as que cobram mais caro”. Vai dar tilt na cabeça dos apzeiros.

  • Vinicius Lima Santos

    Incrivel como a Nissan é forte fora do Brasil. Nos estados unidos, voce vê um a cada esquina. Altimas/Rogues.
    Aqui, só o refugo. Versa/march/kicks.

    • FPC

      Fui no Chile em 2015, lá Nissan é igual nos EUA, só carrao, por aqui só o destinado a emergentes mesmo.

    • fschulz84

      Quando trouxeram o Altima por preço de Corolla, ninguém quis. Quando o Sentra antigo custava a partir de 54k, vendia pouco.

      Então, as montadoras somente nos disponibilizam aquilo que queremos.

      • Daniel

        Comentario perfeito!

      • Vinicius Lima Santos

        Todos sem sua culpa, porém a Toyota do Brasil tem um pós-venda que faz o carro se vender sozinho.
        Já a Nissan, tem uma rede de concessionarias bem fraca (eu sou proprietario de um Sentra), e divulgação só surgiu forte agora nessa linha de Kicks.
        Quando você viu a divulgação de um Altima no preço de Corolla na TV?
        Quanto ao publico, concordo que ‘a gente se apaixona’ é pela central multimidia toda colorida.

        • fschulz84

          Sim, eu mencionei o Corolla por ser o mais vendido do segmento, mas quis referenciar ao segmento dos médios.

          Muitas pessoas que conheço, que não precisam de marketing em intervalo da novela para conhecer o carro, já viajaram para outros países, alguns inclusive já tendo alugado o Altima. Chegam na hora de comprar, sequer cogitavam. Mesmo eu gostando do carro, teve um conhecido que comprou um 408 pelo valor que saia um Altima na época (acho que eram 83k).

          E estes mesmos, depois saem falando “Pô, quando vou pros USA vejo um monte de Nissan legal, pena não os termos aqui”.

          Não adianta, brasileiro é conservador no que diz respeito a carros (não que seja um defeito, é simplesmente perfil) e raramente arrisca, até porque carro aqui é bem caro para isso (mesmo eu tendo perfil diferente, entendo quem pensa assim). Então pra que trazer algo novo? Aqui dá muito mais lucro vender pouco e ganhar muito por unidade vendida e boa parte da culpa disso é nossa mesmo. Não exigimos nada das montadoras, o que nos oferecem, vamos que nem gados com o cheque na mão pra fechar negócio.

          Então, por que reclamamos que não temos mais Nissans? Os Renaults legítimos? Os modelos europeus da PSA?

          Imagina se a VW decide trazer a Skoda para o Brasil? Eu duvido muito que fariam sucesso algum por aqui, mesmo com preços inferiores aos correspondentes VW.

          Merecemos exatamente o que temos.

          • Alvaro

            Poxa, muito bom, resumiu bastante o que acontece no nosso mercado e o perfil do consumidor brasileiro: bem conservadore. É a famosa história do “compra carro prata que é mais fácil revender depois”, “carro francês o fulano do ciclano diz que é ruim arrumar” e etc. Não sou hipócrita, eu mesmo me incluo nesse perfil por possuir um VW prata hehehe. Embora não tive escolha na época já que foi uma oportunidade que apareceu usado.

            Recentemente, o lançamento do C4 Lounge renovado recebeu chuva de críticas pelo seu visual controverso e etc. Mas não podemos fazer nada, ele foi pensado para o mercado chinês, está vindo a passeio por aqui, o carro pode vir banhado a ouro que não vai vender.
            A Renault depois de 20 anos de fábrica nacional está conseguindo a confiança no mercado.

            O exemplo do Skoda é exatamente isso. Demandaria muito investimento na divulgação e tempo para convencer o consumidor brasileiro que é uma marca tradicional do grupo VW. Diferentemente na China, onde a marca foi rapidamente absorvida pelo público. Mas é simples, era só trocar o emblema da Skoda pelo da VW (a moda Dacia x Renault) que iria vender horrores.

          • Vinicius Lima Santos

            De acordo. No momento, penso em me desfazer do Sentra por não achar mao de obra qualificada para qualquer probleminha que aparece.
            Quando vejo as opçoes no mercado, ou eu deixo um rim na compra, ou fico no zero-a-zero com um carro pelado.

      • Unknown

        The best!

    • Unknown

      Sim e não. Não considero Kicks refugo. E os outros estão no nível dos veículos oferecidos por aqui…

      • Vinicius Lima Santos

        Neste caso, o ponto é que é uma linha de produto de baixo custo com alta margem de lucro.
        Comparativamente – Kicks é o march elevado. HR-V o Fit elevado.

    • Schlatter70

      O Versa é o carro barato mais vendido nos EUA. É feio que nem bater em mãe, mas tem qualidades.

  • th!nk.t4nk

    5 marcas asiáticas, 3 européias e 2 americanas. Mas o que me surpreendeu foi ter 1 marca premium no top 10, e justamente uma das que cobram mais caro pelos seus carros. Por fim, a Kia também surpreende, já que nao é uma marca tão comum nas ruas do ocidente assim. Os coreanos estão de parabéns.

    • Cássio

      A Kia é comum nos EUA. Mas como vende bem na China, pesa bastante na balança.

      • th!nk.t4nk

        A Kia só tem 3% de market share nos EUA. Eles nao têm nenhum carro entre os top 20, pra você ter ideia. Mas na Ásia eles são muito fortes realmente.

        • Cosi fan Tutti

          Eu já vi modelos Kia como Optima no top 20 americano, e Suvs vendem bem também, até mesmo as minivans, estão ali na concorrencia com a Chrysler. A Kia vende mais que a VW nos Eua.

  • Danilo

    Interessante ver que a Fiat realmente morreu. E no Brasil já começou a decadência.
    O que me surpreendeu foi a Nissan, uma marca que ninguém aposta por aqui, mas que no mundo é altamente conceituada.

    • klaus

      pois é, cadê a Fiat?

      • Zé Mundico

        A Fiat não está no top 10 nem na Europa!
        Deve estar em 12. ou 13 coisa do tipo. Perde até para BMW e Audi, imagine só……

        • joao vicente da costa

          Que decadência…

    • Cássio

      A Nissan sempre tentou investir aqui, uma época era forte em SUVs, depois diminuiu essa oferta e passou para os carros baratos… e seus preços sempre foram os menores do mercado. O problema é o preconceito do brasileiro com a marca.

      • Exaustino

        Nissan e Peugeot queimaram o filme no Brasil pois não tinham peça de reposição.

    • Unknown

      Exato!

    • Alvaro

      Pois é, está começando a decadência. Creio que seguindo a declaração do Marchionne a tendência é que Fiat vire uma subsidiária de carros de baixo custo para países emergentes, a linha 500 ficaria independente aos moldes do Mini, deixando de desenvolver carros maiores que o Tipo/Egea. Os utilitários/SUVs concentrariam na Jeep (que inclusive está conseguindo uma boa representatividade na Europa e Japão), modelos maiores para Alfa e linha comercial para RAM (embora tenha comentado que ia manter a Fiat Professional).

      Lancia e Chrysler devem sumir, ficando a Dodge restrito ao mercado americano e mexicano, basicamente para vender Challenger e modelos rebadges.

    • Edu

      Por grupo a FCA está em 8º ou 9º lugar.

  • Ricardo

    Quero uma lista de carros mais vendidos no Brasil separados por motorização.

  • Ricardo

    Interessante Mercedes em 10º, deve ser por causa do oriente médio. Ford é por causa dos EUA.

    • Lennes

      Toyota é por causa do Brasil kkkk nunca vi povo gostar de um carro para pagar tão caro nesse Corolla.

      • Mauricio Antonello

        Aqui carro é investimento

    • Josê Fagundes

      Se ford fosse somente por causa do USA a chevrolet estaria em 4º porque ela tem quase as vendas da ford nos USA

      • fschulz84

        Exato. A Ford é muito forte na Europa também, coisa que a GM não é.

        • Mr. On The Road 77

          Nunca foi. Usaram a Opel, que era alemã durante décadas. Agora estão praticamente fora da Europa…

          • Unknown

            Lógico! Lá eles não aceitam carros do tipo “zeronix”

      • Alvaro

        Embora com algumas estratégias erradas no Brasil, a Ford mundial está bem posicionado no mundo, possui line-up de sucesso na Europa, EUA e boa participação na Ásia, a fora que consegue emplacar o plano “one Ford” sem produtos muito regional no line-up (excetuando a F-Series e produtos do mercado chinês).

        Enquanto a marca Chevrolet (só da marca da gravatinha, excluindo outros do grupo) está bastante fraca no cenário global, está perdendo participação na Rússia, fracassou na Europa e está encolhendo até na Coréia (que extinguiu a GM Daewoo) o que salva é a participação massiva da Chevrolet e outras marcas do grupo, como Buick e Cadillac, na China e América Latina.

    • celso

      Oriente Médio ?
      Qual é a marca premium mais vendida na China, nos EUA e na Europa ?

  • Razzo

    7º – Chevrolet: quem te viu, quem te vê…

  • thi

    ALEMAO É MOSTRO , GRUPO LIDER E SEGUNDA INDIVIDUAL , QUEM ERA A VW A 20 ANOS ATRAS … E ACHO Q ESSE ANO ASSUME A PONTA .

    PS: golf, Tiguan ,Passat e polo … Sao tudo de bom

  • Ainnem Agon

    Parabéns à Kia por ultrapassar a Renault.

  • Cássio

    Sinceramente, o que me impressiona positivamente é a Honda. Ela não tem tantas opções de modelo como VW, Toyota ou Nissan, mas mesmo assim vende muito. Segundo uma pesquisa recente, ela não é líder de vendas em nenhum país (na verdade acho que era de apenas 1 do Caribe ou do Oriente Médio), mas tá ali, sempre entre as primeiras.

    • Unknown

      Verdade. A gama de produto deles fora do Japão é bem reduzida e mesmo assim está entre as mais vendidas no mundo!

  • vi.22

    o título correto seria “a marca mais vendida do mundo”.. pois existe a diferença da marca que é mais vendida em número de países e a marca mais vendida em numero de unidades…

  • Luis Carlos K.

    Interessante notar o domínio da Toyota também nos grandes segmentos. Apesar das críticas, muitas vezes com razão, o Corolla ainda é o carro – sedã – mais vendido do mundo, a Hilux lidera entre as picapes, o RAV4 lidera entre os Suvs, e o Prius entre o híbrido. Esse time titular forte reforça a imagem da marca, aliado à fama dos japoneses conquistada ao longo dos anos.

    • Mario Souza

      Putz começa bem e escorrega quando diz sedã.

      • Luis Carlos K.

        ??

        • Mario Souza

          Como entender seu comentário. Se você não considera a F-series como um só veículo e considera o corolla um só veículo quando todos sabemos de suas várias diferentes versões e modelos. Contraditório isso não?

  • Rodrigo

    Ué, cadê a Fiat??? (Contém ironia)

  • Mario Souza

    Todos os dados são do focus2move que separa os veículos de acordo com seu nome fantasia.
    Lembrando que em 2017 foi incluído o Auris na conta do Corolla. Lembrando também que provavelmente a versão da foto é a menos vendida no mundo! Seria interessante a divisão da quantidade de corolla sedã, versões vendidas em todos os continentes, o número de hatch vendidos, o número de peruas e o número separado do Auris, sedã e hatch vendido. Tenho essa curiosidade. Engraçado separar o Sentra do Sylphy sendo que somente muda o nome, veículos idênticos por fora e por dentro e não fazer referência a divisão do Rogue e Rogue Sport (qashqai). Aí vem toda a incorreção baseada somente no nome do veículo. A VW tem os mesmos veículos com as mesmas alterações que a toyota faz para satisfazer mercados diferentes com a diferença de mudar o nome dos veículos.
    1ºJetta (550.649)+Sagitar (322.261)+Lamando
    2ºCivic 819.005 unidades – O mesmo carro no mundo inteiro, sem variações e sem nomes diferentes de marketing.
    3ºLavida (513.288)+Bora (246.710)
    4ºSylphy (412.412)+Sentra (315.568)
    * corolla é uma incognita, não dizem quantas unidades do sedã foram vendias e ainda misturam com o auris usando o mesmo nome para fazer volume! Haja marketing para fazer os outros de trouxa heim!

  • thi

    A fiat ta no pilotao de Tata,Dacia

  • Matheus Santos

    FIAT deveria passar por uma reformulação , mudar a indentidade visual dos seus veículos. Quando eu vejo um carro da FIAT me imagino tirando carteira naquele carro, Ou seja: Os carros da FIAT são ”franzinos”

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email

receber-noticias Notícias por email