Antigos Clássicos Cupês Esportivos Hatches Listas Top 10

Top 10: Carros esportivos compactos importados dos anos 90

Top 10: Carros esportivos compactos importados dos anos 90

Nesse Top 10, vamos falar dos compactos esportivos que agitaram os primeiros anos de importação de veículos no Brasil após 1990. No geral, todos eles são bem raros de se ver hoje em dia e alguns custam bem mais do que se imagina atualmente. Na época, o tamanho não era tão segmentado quanto hoje em dia, por isso alguns têm menos de 4 m e outros bem acima disso, mas nada muito grande. Para classifica-los, optamos pela potência e torque para relaciona-los. Ainda comentaremos brevemente os que não entraram na lista.


1) Toyota MR2

Top 10: Carros esportivos compactos importados dos anos 90

O Toyota MR2 historicamente é um carro que ganhou uma enorme legião de fãs no Japão e EUA nos anos 80 e seu motor central popularizou o esportivo por ser muito mais em conta que os tradicionais esportivos com essa configuração. Numa carroceria targa, cabia um motor com 200 cavalos a 6.000 rpm e 27,6 kgfm a 3.200 rpm. Com câmbio manual de cinco marchas, o bólido nipônico ia de 0 a 100 km/h em 6,7 segundos e tinha máxima de 225 km/h.

2) Volkswagen Golf GTI VR6

Top 10: Carros esportivos compactos importados dos anos 90


Nos anos 90, a Volkswagen trouxe a terceira geração do Golf e com ela em lote limitado o GTI VR6, lembrando que existia o mexicano com duas portas e motor 2.0 de 116 cavalos. Porém, o VR6 2.8 era muito mais potente, entregando 174 cavalos a 5.800 rpm e 24 kgfm a 4.200 rpm. O câmbio tinha cinco marchas e era manual, fazendo o Golf ir de 0 a 100 km/h em 7,8 segundos com velocidade máxima de 224 km/h. Alguns anos depois, a marca produziu um lote de 99 exemplares da quarta geração com o VR6 mais potente.

3) Citroën ZX Dakar

Top 10: Carros esportivos compactos importados dos anos 90

Nos anos 90, a Citroën chegou ao Brasil através da importadora XM de Sérgio Habib. O ZX, um hatch antecessor do Xsara, foi importado da Europa e depois foi feito no Uruguai, de onde chegou nos últimos anos. Entre as versões comercializadas existia uma bem potente, a Dakar. Equipado com motor 2.0 16V de 167 cavalos a 6.500 rpm, o hatch de duas portas entregando um torque de 20,1 kgfm, mas a 5.500 rpm. O câmbio era manual de cinco marchas e a máxima era de 214 km/h, indo de 0 a 100 km/h em 8,3 segundos.

4) Honda Civic VTi

Top 10: Carros esportivos compactos importados dos anos 90

Ele era baixo, largo e tinha uma frente bem aerodinâmica. Seu pequeno motor era sensação inspirada na Fórmula 1. O Honda Civic VTi era um pocket rocket que muita gente queria ter na garagem. Equipado com motor 1.6 VTEC, o modelo dispunha de nada menos de 160 cavalos a 7.600 rpm e um torque de apenas 15,5 kgfm a elevadíssimos 7.000 rpm! Cheio, o propulsor lançava o VTi de 0 a 100 km/h em 7,3 segundos com máxima de 215 km/h.

5) Alfa Romeo 145 Quadrifoglio

Top 10: Carros esportivos compactos importados dos anos 90

Quando a Alfa Romeo comercializava carros no Brasil, um dos bólidos mais interessantes era o 145 Quadrifoglio. O hot hatch italiano compartilhava a plataforma com o Fiat Tipo vigente na época e trazia um motor 2.0 TwinSpark com 150 cavalos a 6.200 rpm e 18,9 kgfm a 4.000 rpm. Manual e com cinco marchas, o estiloso ia de 0 a 100 km/h em 9 segundos e tinha velocidade máxima de 210 km/h. Esse mesmo motor movia a versão Elegant, que também teve uma versão 1.8 com 138 cavalos e 16,8 kgfm.

6) Mitsubishi Colt GTI

Top 10: Carros esportivos compactos importados dos anos 90

Nos anos 90, o Mitsubishi Colt era um atraente hatch duas portas que tinha uma versão esportiva, a GTI. Esta vinha com motor 1.8 16V com 140 cavalos a 6.500 rpm e 17 kgfm a 5.500 rpm. Munido de um câmbio manual de cinco marchas, o pequeno japonês decolava de 0 a 100 km/h em 7,6 segundos, além de chegar a 210 km/h. Para os mais comedidos em meter a bota, a marca oferecia a versão GLX com motor 1.6 de 113 cavalos e 14 kgfm, obtidos a 4.000 rpm.

7) Renault 19 16S

Top 10: Carros esportivos compactos importados dos anos 90

Ainda sob a CAOA, a Renault comercializou no Brasil o modelo 19, que hoje em dia custa muito pouco e quase não se vê em parte alguma. Mas, na época ele veio com uma versão bem esquentada, que ainda teve uma variante conversível. O Renault 19 16S ostentava um motor 1.8 16V de 137 cavalos e 16,5 kgfm, obtidos a 6.500 rpm e 4.250 rpm, respectivamente. Com transmissão manual de cinco marchas, o hatch francês alcançava 100 km/h em 8,5 segundos e tinha velocidade final de 212 km/h. Nesta versão, ele tinha duas portas, mas havia as RN e RT com motores 1.6 de 74 cavalos e 1.8 com 113 cavalos, respectivamente.

8) Fiat Coupé

Top 10: Carros esportivos compactos importados dos anos 90

Raro nas ruas, o Fiat Coupé foi desenhado por Pininfarina e tinha a mesma plataforma do Tipo, mas ao contrário desse, esbanjava estilo com seus cortes acentuados nas saias de rodas. O motor era um 2.0 16V aspirado com 137 cavalos a 6.000 rpm e 18,4 kgfm a 4.500 rpm. O câmbio era obrigatoriamente manual de cinco marchas e permita ao cupê italiano ir de 0 a 100 km/h em 9,3 segundos com velocidade final de 206 km/h. Poucos foram trazidos ao Brasil.

9) Peugeot 205 GTi

Top 10: Carros esportivos compactos importados dos anos 90

Eleito o hot hatch de todos os tempos na Europa, o Peugeot 205 GTi virou cult no velho mundo e evidentemente não se furtou em vir ao Brasil, mas apenas três desembarcaram. De qualquer forma, agitou o imaginário de muita gente na época e com seu motor 1.9 com 131 cavalos a 6.000 rpm e 16,8 kgfm a 4.750 rpm, o pequenino (3,70 m) usava bem seu câmbio manual de cinco marchas para ir de 0 a 100 km/h em 7,8 segundos e alcançar 206 km/h. Para os frugais, havia o XSi com duas ou quatro portas, que tinha motor 1.4 de 76 cavalos.

10) Mazda MX-3

Top 10: Carros esportivos compactos importados dos anos 90

O cupê da Mazda não chega a ser extremamente raro nas grandes cidades brasileiras. Muitas unidades foram vendidas no país e não é difícil encontrar um para comprar. Com linhas bem esportivas, o cupê MX-3 era um 2+2 muito atraente e chegou inicialmente com motor 1.6 16V de 88 cavalos e 13,5 kgfm, que mais tarde subiu para 106 cavalos com 14 kgfm. Mas, a versão mais poderosa teve motor 1.8 16V com 130 cavalos a 6.800 rpm e 15,9 kgfm a 5.300 rpm. Isso permitia que o bólido fosse de 0 a 100 km/h em 8,5 segundos com velocidade final de 203 km/h. O câmbio tinha cinco marchas trocadas manualmente.

Outros esportivos

Top 10: Carros esportivos compactos importados dos anos 90

Nos anos 90, outros esportivos também figuraram entre os mais desejados, entre eles o Suzuki Swift GTI com seu motorzinho 1.3 de 101 cv. A General Motors trouxe o Chevrolet Tigra direto da Europa com motor 1.6 16V de 100 cv. Ambos eram vistos com frequência nas ruas do país. Os sul-coreanos também estavam representados com o Hyundai Coupe FX, que tinha motor 2.0 de 138 cavalos e câmbio manual, que foi substituído pelo automático seis anos depois.

Top 10: Carros esportivos compactos importados dos anos 90

Havia também os esportivos mais cultuados, como o Mitsubishi Eclipse GST, o preferido dos artistas da época, entregando 213 cavalos. A geração anterior, menos new age, vinha com cintos automáticos, mas tinha 185 cavalos. O Peugeot 306 S16 também foi outro que mexeu com muita gente ao exibir seus 155 cavalos.

Top 10: Carros esportivos compactos importados dos anos 90

Outro francês que circulou por aqui, mas muito mais raro, era o Citroën AX GTi com seu motor 1.4 de 95 cavalos (101 cavalos na Europa). Existem alguns para vender ainda hoje. E os franceses não param por aí. Outra da PSA foi o BX GTi 16S, hoje muito raro e que teve em torno de 100 exemplares oferecidos no país. Seu motor 1.9 16V tinha 160 cavalos e o fazia ir de 0 a 100 km/h em 7,6 segundos. Os Honda CRX “Del Sol” também foi outro que chamava atenção por seu teto retrátil “robotizado”.

Top 10: Carros esportivos compactos importados dos anos 90

Muitos outros esportivos fizeram fama na gloriosa década de 90, mas em segmentos superiores, tendo como destaques Mitsubishi 3000 GT, Subaru SVX, Subaru Impreza WRX, Chevrolet Calibra, Nissan 300ZX, entre outros. Claro, não podemos esquecer das luxuosas, que também fizeram das suas por aqui, tais como a super perua Audi RS2, o poderoso sedã BMW M5 ou o roadster Mercedes-Benz SLK.

 

 

 

 

 

 

Top 10: Carros esportivos compactos importados dos anos 90
Nota média 5 de 1 votos

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email