Toyota Corolla Altis Premium faz jus à proposta, mas não ao preço

Toyota Corolla Altis Premium faz jus à proposta, mas não ao preço

O Toyota Corolla deixou para trás a faixa dos R$ 100 mil faz muito tempo, e já encosta nos incríveis R$ 150 mil. A escalada de preços do sedã fez com que ele alcançasse R$ 140.690 na versão Altis Premium.


É essa a versão cedida pela Toyota ao NA, e que representa a opção mais completa do modelo, embora não mais cara, devido ao Corolla Altis Premium Hybrid.

Toyota Corolla Altis Premium faz jus à proposta, mas não ao preço

Por detalhes de acabamento e conteúdo, esta versão é até interessante, embora seu preço alto não justifique de maneira alguma a ausência de alguns itens.

Equipado com motor Dynamic Force 2.0 de dupla injeção e até 177 cavalos, o Corolla Altis Premium foca na eficiência com um CVT de 10 marchas e paddle shifts.

Por fora…

Toyota Corolla Altis Premium faz jus à proposta, mas não ao preço

O Toyota Corolla Altis Premium tem um belo visual, com linhas sofisticadas e um conjunto bem equilibrado, tendo como destaque o aplique preto brilhante na parte frontal.

Os faróis de LED com luzes diurnas se harmonizam com os frisos encrustados ao conjunto sem grade. Abaixo, a grade ampla e em preto brilhante domina.

Toyota Corolla Altis Premium faz jus à proposta, mas não ao preço

Diminutos faróis de neblina ficam quase ocultos nos vincos laterais em cinza. Já as belas rodas aro 17 polegadas diamantadas são discretas e menos interessantes que aquelas do XEi, por exemplo.

As lanternas retangulares possuem efeito 3D com feixes de LED e cromados, que as ligam através do porta-malas. Sem antena, o Corolla Altis Premium completa com teto solar elétrico.

Por dentro…

Toyota Corolla Altis Premium faz jus à proposta, mas não ao preço

No habitáculo, o Toyota Corolla Altis Premium chama atenção pela mescla de cores, com painel em cinza escuro com a parte central em bege, que se estende pelas portas.

Com a parte inferior da guarnição geral em preto, o topo de linha da gama tem bancos em couro de cor cinza. Detalhes em bege e preto brilhante também são vistos no túnel.

As portas possuem revestimento em couro cinza e puxadores em Black Piano, mas com um detalhe: assim como painel, o topo das portas é feito em material soft de boa textura.

Toyota Corolla Altis Premium faz jus à proposta, mas não ao preço

O cluster é analógico com display do computador de bordo, enquanto a multimídia tem tela de 8 polegadas, botões físicos e os úteis Android Auto e CarPlay, além de câmera de ré.

Contudo, o Altis Premium só tem uma porta USB para projeção de smartphone que fica meio escondida ao lado do porta-luvas. À noite é preciso tatear para encontra-la. Existe uma também no apoio de braço, mas apenas para carregamento de bateria.

Já o volante multifuncional em couro destaca as funções do controle de cruzeiro adaptativo e alerta de faixa, itens que diferenciam a versão Altis Premium das demais.

Toyota Corolla Altis Premium faz jus à proposta, mas não ao preço

Nos bancos dianteiros, ajustes elétricos para motorista (8) e passageiro (4), enquanto o traseiro tem apoio de braço com porta-copos, mas carece de USB acessível (fica no apoio da frente).

Além disso, não traz difusores de ar, o que seria um conforto a mais para quem vai atrás. O espaço é muito bom, porém, é preciso atenção com o teto, devido ao teto solar elétrico.

Toyota Corolla Altis Premium faz jus à proposta, mas não ao preço

A altura interna fica reduzida por conta desse dispositivo, como em qualquer modelo que o tenha, reduzindo o conforto de pessoas altas e especialmente quem vai como um quinto passageiro, onde o assento é ainda mais alto.

Este teto solar é de tamanho padrão e com sistema antiesmagamento. O ambiente tem iluminação presencial, ativado quando o motorista se aproxima do veículo.

O porta-malas tem 470 litros e supre bem as necessidades dos clientes do Corolla. Com entrada presencial, o sedã tem partida por botão e rebatimento elétrico dos retrovisores.

Por ruas e estradas…

Toyota Corolla Altis Premium faz jus à proposta, mas não ao preço

O Toyota Corolla Altis Premium é um carro de bom desempenho, embora em sua faixa de preço, devesse é ter mesmo um propulsor com turbocompressor.

Contudo, estamos falando de um Toyota e a marca japonesa não é muito chegada na sobrealimentação em carros de passeio.

Ainda assim, o M20A-FKB é um motor grande e com boa disposição, mesmo com aspiração natural, tendo duplo sistema de injeção de combustível.

Toyota Corolla Altis Premium faz jus à proposta, mas não ao preço

Este possui injetores no duto de admissão para regimes de trabalho mais baixos e injetores internos (dentro da câmara de combustão) para níveis mais elevados.

Assim, ele obtém um bom rendimento tanto em alta quanto em baixa rotação. Falando nisso, ele é um “8 ou 80”, já que em velocidade de cruzeiro a 110 km/h, mergulha em 1.600 rpm.

Isso é em virtude da transmissão CVT Direct Shift, que no exterior é chamada de Super CVT. Com engrenagem de saída e mais nove relações simuladas, ele alcança 10 marchas.

Toyota Corolla Altis Premium faz jus à proposta, mas não ao preço

Ou seja, com tanta marcha, o M20A-FKB ou Dynamic Force 2.0, trabalha manso em cruzeiro. Mas infelizmente ele precisa de muito giro para entregar sua força.

São 169 cavalos na gasolina e 177 cavalos no etanol, alcançados em um nível como de carro esportivo de primeira linha: 6.600 rpm. Ele também corta por aí, nem precisando ir além.

Contudo, o torque passa longe de ser esportivado como a potência, tendo 21,4 kgfm a 4.400 rpm, o que está de bom tamanho para sua proposta técnica.

Toyota Corolla Altis Premium faz jus à proposta, mas não ao preço

Trabalhando dessa forma, o MZEA12 ou Corolla brasileiro, tem boas saídas para um CVT, justamente porque dispensa as polias e correias para essa partida.

Entretanto, mesmo saltando na frente, a progressão a seguir se arrefece nas relações continuamente variáveis, uma característica desse câmbio, amenizando a força.

Assim, mesmo com essa carga de cavalaria e torque, o Corolla Altis Premium vai de 0 a 100 km/h em 9,6 segundos, quando até podia fazer melhor se tivesse outra transmissão.

Toyota Corolla Altis Premium faz jus à proposta, mas não ao preço

Novamente, deve-se ressaltar que o carro em questão é o Corolla e a performance não tem o X marcado pelo cliente logo de início. A eficiência vem em primeiro, assim como o conforto.

Dessa forma, o Toyota Corolla cumpre fielmente aquilo que lhe fora designado ao oferecer um desempenho adequado, sem a mesma pretensão de rivais como o VW Jetta, por exemplo.

É aí que o japonês nada de braçada em sua praia, entregando um pacote que permite fazer bons 11,6 km/l de etanol na estrada, apesar de seu consumo urbano não ser atraente: 6,3 km/l.

Toyota Corolla Altis Premium faz jus à proposta, mas não ao preço

Como muita gente suspeita, carros japoneses não gostam de etanol, então, a gasolina certamente renderá mais nesse propulsor orientado para economia.

Nas retomadas, o Corolla Altis Premium precisa subir muito de giro para reagir, embora o faça com algum prejuízo em ruído e consumo.

Mesmo em pequenas elevações é fácil perceber o esforço do motor com a subida do conta-giros, ainda mais combinado com o CVT. Por isso, no plano, ele anda descansando.

Toyota Corolla Altis Premium faz jus à proposta, mas não ao preço

Ainda se o condutor achar que ele está berrando demais e reagindo de menos, pode usar os paddle shifts e tentar encontrar algo melhor.

Da mesma forma, usar o modo Sport é uma boa, mas apenas se realmente estiver com pressa, porque o tempo de reação não mudará no final a proposta do carro.

Então, relaxe e aprecie o conforto ao rodar e a nova dinâmica de condução da geração 12, com sua direção mais direta e suspensão multilink responsiva, que torna sua dirigibilidade muito boa.

Toyota Corolla Altis Premium faz jus à proposta, mas não ao preço

Para quem andou de Corolla a vida inteira, esta nova geração é uma mudança de rumo e para melhor. Em alguns sentidos ainda não chega ao nível do Honda Civic, ainda mais que o rival tem o VSA.

De qualquer forma, o salto que o Corolla deu foi muito bom e vantajoso. Isso, porém, não tirou o conforto que lhe é de direito, tendo uma boa resposta em pisos variados e um rodar suave.

Nas curvas, ele não vai jogar de lado e nem querer perder a traseira facilmente. Ele contorna bem e agrada muito por isso.

Toyota Corolla Altis Premium faz jus à proposta, mas não ao preço

Mais rígida, a plataforma torna as coisas ainda mais fáceis para o Novo Corolla, que na versão Altis Premium, vem com pacote de segurança adicional.

O controle de cruzeiro adaptativo é um item muito bom para viagens e permite ao condutor relaxar mais em trechos muito longos.

Além de variar a velocidade e distância de acordo com o tráfego, sendo ajustadas pelo motorista, o ACC alerta sobre uma colisão iminente e freia automaticamente se necessário.

Toyota Corolla Altis Premium faz jus à proposta, mas não ao preço

O alerta de faixa é outro item que torna mais segura a condução com o Corolla, especialmente porque alerta visualmente e de forma sonora, assim como vibra o volante e corrige parcialmente.

Pelo preço que se paga por esta versão, tais itens são indispensáveis. Ruim é que, por exemplo, não tenha um simples sistema Brake Hold para descansar o pé no anda-e-para das cidades.

Toyota Corolla Altis Premium faz jus à proposta, mas não ao preço

Muitos não gostam do freio de estacionamento manual, mas a redução nos custos atinge forte o segmento de sedãs médios, ainda mais com a ascensão dos SUVs, que lhes roubam vendas.

Os faróis com função de facho alto automático é outro recurso da versão Altis Premium e ajuda bastante em viagens ou trechos muito escuros, evitando o ofuscamento de terceiros na via.

Por você…

Toyota Corolla Altis Premium faz jus à proposta, mas não ao preço

Não é barato. São R$ 140.690 e, assim como outros rivais, subiu de preço continuamente em 2020, em parte pelo impacto da Covid-19 na economia mundial.

Pelo valor, faltam alguns itens como os já mencionados e outros como estacionamento automático, por exemplo.

Tem rival que tem isso e até internet a bordo, como o Cruze, que custa bem menos: R$ 128.790. É claro que não responde ao pedal como um VW Jetta R-Line, que sai por R$ 137.280.

Toyota Corolla Altis Premium faz jus à proposta, mas não ao preço

Contudo, nem dá para dizer que é o mais caro de sua classe, visto que o Civic Touring já está acima de incríveis R$ 142 mil. Ainda assim, o Corolla tem baixa desvalorização e é uma moeda de troca.

Seus muitos anos de mercado e liderança, bom valor de revenda e pós-venda premiado, fazem com que seja um cara duro de matar. Se a preferência não for performance, ele vai bem.

Medidas e números…

Ficha Técnica do Toyota Corolla Altis Premium 2.0 CVT 2021

Motor/Transmissão

Número de cilindros – 4 em linha, flex

Cilindrada – 1.986 cm³

Potência – 169/177 cv a 6.600 rpm (gasolina/etanol)

Torque – 21,4 kgfm a 4.400 rpm (gasolina/etanol)

Transmissão – CVT com 10 marchas virtuais e mudanças na alavanca e volante

Desempenho

Aceleração de 0 a 100 km/h – 9,6 segundos

Velocidade máxima – 199 km/h

Rotação a 110 km/h – 1.600 rpm

Consumo urbano – 6,3 km/litro (etanol)

Consumo rodoviário – 11,6 km/litro (etanol)

Suspensão/Direção

Dianteira – McPherson/Traseira – Multilink

Elétrica

Freios

Discos dianteiros e traseiros com ABS e EDB

Rodas/Pneus

Liga leve aro 17 com pneus 225/45 R17

Dimensões/Pesos/Capacidades

Comprimento – 4.630 mm

Largura – 1.780 mm (sem retrovisores)

Altura – 1.455 mm

Entre eixos – 2.700 mm

Peso em ordem de marcha – 1.405 kg

Tanque – 50 litros

Porta-malas – 470 litros

Preço: R$ 140.690 (versão avaliada)

Toyota Corolla Altis Premium 2.0 CVT 2021 – Galeria de fotos

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.