Troca da placa Mercosul não será exigida quando mudar município

Troca da placa Mercosul não será exigida quando mudar município

As placas padrão Mercosul serão obrigatórias no Brasil a partir da próxima sexta-feira, 31 de janeiro de 2020. Na última quarta (22) o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido) anunciou que a troca não será exigida sempre que o cidadão mudar de município.


Em sua conta no Twitter, Bolsonaro disse: “Não será mais necessário trocar de placas sempre que trocar de município”.

A partir do dia 31 a instalação das placas Mercosul será exigida para o primeiro emplacamento e se as placas forem danificadas ou furtadas.

“Não será exigido a troca de placas. As atuais valerão até o fim da vida útil do veículo. Placa nova apenas para carros novos ou em caso de furto ou dano”, destacou Bolsonaro. Ainda assim, os brasileiros que quiserem trocar a placa de forma voluntária, poderão substituir sem restrições.

As peças padrão Mercosul foram anunciadas há cerca de seis anos. Elas deveriam entrar em vigor em 2016. No entanto, devido a muitas disputas judiciais, a troca foi adiada para mais um ano, portanto, 2017. Entretanto, houve mais um adiamento com a alegação de que os órgãos estaduais de trânsito e as fabricantes precisavam de mais tempo para a adaptação.

Até o momento, dez Estados brasileiros já trabalham com as placas Mercosul. São eles: Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Paraíba, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Rondônia.

São Paulo, o estado com a maior frota de veículos do país, ainda não adotou as novas placas. Como informamos anteriormente, o Detran-SP diz que elas estarão disponíveis a partir do dia 1 de fevereiro de 2020.

Além desses Estados brasileiros aqui mencionados, dois países que pertencem ao Mercosul já aderiram à placa: a Argentina e o Uruguai.

Placa Mercosul: quem precisa trocar

  • Veículos novos: incluir no primeiro emplacamento;
  • Veículos usados: se as peças forem danificadas ou furtadas.

[Fontes: G1; Infomoney]

Darlan Helder

Natural de São Paulo, é jornalista e fotógrafo. Escreve na internet sobre o universo automotivo desde 2011