Hatches Volkswagen

Volkswagen up! TSI é o carro flex mais econômico do País, segundo o Inmetro

volkswagen-cross-up-TSI-NA-6-700x466 Volkswagen up! TSI é o carro flex mais econômico do País, segundo o Inmetro

Apresentado há cerca de duas semanas, o novo Volkswagen up! TSI já se posiciona como o automóvel com motor bicombustível mais econômico do mercado brasileiro, entre os modelos avaliados no ranking do PBE (Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular) do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia). O subcompacto turbo recebeu classificação “A” (verde), com consumo energético de 1,4 MJ/km.



De acordo com a Portaria INMETRO nº 10/2012, que aplica fator de correção aos dados obtidos durante os testes, segundo norma NBR 7024, o up! TSI conseguiu consumo de 13,8 km/l na cidade e 16,1 km/l na estrada, quando abastecido com gasolina (E22). Com etanol (E100) no tanque, o TSI é capaz de percorrer 9,6 km/l na cidade e 11,1 km/l na estrada.

Multiplicando esses números pela capacidade do tanque de combustível do Volkswagen, de 50 litros, a autonomia é de mais de 800 quilômetros.

volkswagen-red-up-TSI-NA-10-700x466 Volkswagen up! TSI é o carro flex mais econômico do País, segundo o Inmetro

O Volkswagen up! TSI avaliado era equipado com ar-condicionado e direção elétrica, superando até mesmo modelos que não dispõem destes recursos. O PBE estabelece que, se a fabricante planeja comercializar mais de 33% dos veículos com ar-condicionado e direção assistida, o consumo de energia desses equipamentos deve ser considerado para obtenção dos resultados.

As versões com motor 1.0 litro aspirado do Volkswagen up! também contam com classificação “A”. O modelo tem consumo energético de 1,54 MJ/km, e é capaz de rodar até 13,5 km/l na cidade e 14,6 km/l na estrada, quando abastecido com gasolina (E22) e até 9,2 km/l na cidade e 10,2 km/l na estrada, com etanol (E100).

O motor 1.0 litro TSI EA211 do up! rende 101 cavalos de potência com gasolina e 105 cv com etanol, a 5.000 rpm, e 16,8 kgfm de torque, entre 1.500 e 4.500 rpm. O propulsor é feito em alumínio e traz cabeçote 12V e duplo comando de válvulas variável.

Os preços do up! turbo variam de R$ 43.490 a R$ 49.990.

Galeria de fotos do Volkswagen up! TSI

  • O campeao. Incrivel é que o consumo do turbo é melhor que o do aspirado. No Japao ocorre o contrario, os aspirados batem 37km/l, e os turbos na faixa dos 27km/l.

    • Gustavo73

      Talvez se o 1.0 MPI tivesse a mesma potência do europeu os resultados dele fossem melhores. Lá o Up tem 60 e poucos cavalos.

    • Bruno Brasil

      Estranho, o turbo se preparado para economia, sempre terá um consumo melhor, uma vez que ele reaproveita uma potencia que o motor aspirado joga fora…

    • visanpai

      O turbo possui injeção direta, certo?

      • Gustavo73

        Aqui sim.

        • No Japao tambem.

          • Gustavo73

            Imaginei, mas como tem tantos. Moldelos aí que nem imaginamos principalmente os keycars. Preferi não arriscar.

    • Franklin Diego

      Eita! Qual a litragem que esses motores conseguem tal façanha? Existe alguma diferença do combustível deles pra conseguir isso? Em suma, qual a mágica? :)

      • Gustavo73

        Lá deve ser E5 ou E10 de cara.

        • Franklin Diego

          Não entendo sobre essas nomenclaturas de tipo de combustível, mas se fosse usado esse tal de E5 ou E10 aqui no Brasil, teríamos algo próximo desses números também?

          • Gustavo73

            São o percentual de etanol na gasolina. Quanto mais etanol maior o consumo. Por características de queima do combustível. Dizem que até E15 o consumo não é prejudicado e ainda diminui os índices de poluição. Acima disso o ca6anda pouco mais e consome mais também. Lembrando que o etanol lá fora é usado como antidetonante na gasolina.

            • Franklin Diego

              Mas então, qual a mágica para se conseguir praticamente o dobro de consumo de vários carros que temos aqui?
              Por mais que a gasolina nossa aqui fosse pura acho que nem chegaria mais do que 25km/l, não?

              • Gustavo73

                Bom de cara ele não está falando do Up. Provavelmente dos keycars, menores e mais mais leves, e com pneus mais finos. Fora que não devem usar a mesma metodologia para analisar o consumo. Mas veja o Golf tsi aqui e na Europa. O consumo lá é melhor que aqui.

                • Franklin Diego

                  Quanto que dá a média de lá e aqui? :)

                  • iCardeX

                    Para rodar praticamente dentro do DF, o meu está com média geral de 17km/L. O meu veículo está com 70.000Km, e 20 meses de vida.

                    Esse consumo de 22km/L consegui rodando à velocidade da via, ou seja, 80km/L. Variando entre 60@80@110km, estou conseguindo 19km/L.

                    • gustavo

                      Sim mas vc sabe que consumo de computador de bordo tem uma margem de erro,!!!

                    • iCardeX

                      Estamos falando de um computador de bordo com sensores de última geração amigo!

                      E nãos seja por isso… https://uploads.disquscdn.com/images/8c34bf724b93924ba789225dcab1baa30d557d71c670b9870e1872cc724ee213.jpg

                    • Thiago

                      Que app é esse que utilizas?

                    • iCardeX

                      Gas Cubby – Fuel Economy & Service Log de Fuelly

                      https://appsto.re/br/0IYOr.i

                      Plataforma: Apple iOS

                    • iCardeX

                      Naturalmente. Mas o Golf não te disponibilizaria 3 telas, independentes, apenas para mensurar o consumo se a precisão fosse assim tão suscetível a erro.

                    • iCardeX

                      Então,e quando entra a tela do Golf e diz: Rodamos 905Km com esse tanque, chefe! Podemos abastecer? Ou você quer arriscar mais 50km com a reserva?

                    • Jayme

                      O meu up! aspirado (MPI) nunca fez menos de 18km/L em Brasília.

                    • iCardeX

                      Obrigado pela dica. O Golf com seus 1.218Kg e seus 4,255m, às vezes torra a paciência.

                • Opaaaaaaaaaaaa. Pessoal, “Kei” siginifica leve. Nada mais que isso. Existe kei van, kei picape, kei roadster, etc etc. Já andei numa keicar (tamanho do UP), numa keivan (atual carro, tamanho de uma Idea), numa kei utilitario (tamanho do tr4 e com 4×4).

                  • Gustavo73

                    Pelas imagens achei que fossem menores tipo o QQ.

                  • Alligator

                    Fala do principal o motor limitado em 660cc

                    • Pedro Henrique

                      para os kei cars não é só a cilindrada que é limitada, o tamanho também, o carro não deve ultrapassar as medidas de 3,4 de comprimento por 1,48 de largura e 2 de altura, além de cilindrada igual ou inferior a 660 cm³

                  • Pedro Henrique

                    o correto é kei jidosha né?

                  • Gurgelando

                    Vc mora no japão atualmente LB?

                • Vitor Barcellos

                  Testes na europa os testes de consumo são mais ”fáceis”… Tanto que aquele Volkswagen XL1 prometia 100 km/l e na pratica era só metade rs

                  • Gustavo73

                    Isso é verdade aqui o INMETRO é pessimista lá parece ser mais otimista os testes.

                • UP japones 1.0, 3 cilindros aspirado, consta 25,9km/l. Vem com ESP, 6 airbags, cambio ASG, start/stop, frenagem automatica, preço de 12400 dolar. Incluso forte imposto por ser importado.

              • Eng Turbo

                – Gasolina de boa qualidade

                – Pouco Ethanol na mistura (Abaixo de 15%)
                – Suspensão baixa, o que melhora drasticamente o CX aerodinamico e consequentemente o consumo
                – Rodovias de boa qualidade, onde a velocidade média é maior e mais constante.
                – Pneus verdes (O nosso up! usa esse tipo)

              • Pedro Henrique

                pior que pode sim, pois por utilizarmos muito etanol e por termos carros bicombustiveis, a taxa de compressão dos motores é alterada para o nosso padrão de combustíveis e isso prejudica o consumo e o funcionamento correto do motor, prejudica ainda mais o desempenho tanto com gasolina quanto com etanol.

              • iCardeX

                Teste em “modo tranquilo”, sem ar-condicionado, com “transito tranquilo”, em “horário tranquilo”… 23,9km/L@80km/h.

                • Nilson Del Santo

                  Esse golf aí ainda não é flex nao é? quero ver a durabilidade desses motores com a nossa alcoolina 27%

                  • iCardeX

                    Compre um e faça o teste, ué!

          • dallebu

            Deve melhorar pouca coisa, talvez 1 km/l…

            • Gustavo73

              Acho que mais.

          • Pedro Henrique

            E vem de Etanol e o número após ele é a porcentagem, por exemplo no brasil utilizamos a gasolina E27, Etanol 27%…

          • Alvaro Guatura

            E5 = 5% de alcool apenas, misturados na gasolina
            Aqui temos quase 30%.. bebe muito mais

            • p_churros

              No Brasil logo teremos o G5%

      • Motor 0,66 de 3 cilindros, cambio CVT, plataforma, carroceria, diversos componentes leves, o carro pesa apenas 600 kilos. kkk. E vem com ESP, e bancos com sistema de aquecimento de série. Isso alem de start/stop, frenagem automatica (como no novo Focus), etc etc etc. Preço é de 6700 dolar. Com imposto de apenas 8%, sobe para algo de 7100 dolar. Caro ne? kkkkkk. E olha que o povo reclama dessa mixaria de imposto. Se eles descobrissem quanto é no Brasil hehehe.

        Ah, e nao ria do motor 0,66 de poucos cavalos. Afinal é um bom motor, com gasolina da boa, pavimentação de primeirissimo mundo, carro levinho, tem desempenho superior aos 1.0 do Brasil; Já o 0,66 turbo, na minha opiniao ganha ate do duratec 2.0 do velho Focus.

        • Franklin Diego

          É de dar inveja a qualquer tipo de ser humano. Já ficaria mais do que satisfeito se tivesse um carro que fizesse uma média de 20km/l andando numa média de 110km/h. Mas não um carro 1.0, teria que ter pelo menos o desempenho de um 1.6 pra poder fechar com chave de ouro.

          • Andre Studart

            rapaz, mas 20km/l a 110km/h é uma média foda em! poucos carros conseguem essa proeza, com exceção dos kei cars (provavelmente)

            • Franklin Diego

              Por isso eu ficaria satisfeito :)

          • iCardeX

            Os números desse motor 1.0 TSi são muito próximos aos dos motores EA-111 de 1.6L.

        • Pedro Henrique

          detalhe, esse consumo é super comum por lá, tem carros que fazem melhor ainda… kkkkkk
          e não acho os 0.66 fracos não, eles devem ter algo como 64cv… ta muito bom pra um carro com motor 33% menor que o vendido no brasil, se fosse 1.0 ele teria por volta de 85 cv. com gasolina apenas, isso é melhor que meu palio fire 1.4 com gasolina (84cv)

          • afonso200

            outra coisa 0.66 e com cambio CVT voce só acelera, se quizer mais potencia em retomadas é só afundar o pé

            • Pedro Henrique

              s s, mas a diversão é com os manuais turbo kkkkkkkk tem um canal no youtube que eles adoram esses estilos jdm, é might car mods, um deles tem/tinha um daihatsu TURD kkkkk assiste lá,

              apesar do turd n ser um kei, ele é um small car kkkkkkkk

        • Alligator

          O caro no Japão é a revisão bi-anual ?

        • leomix leo

          Esse motor aqui o povo vai dizer que é Motor de mobilete em um carro. Infelizmente temos que conviver com motores defasados por causa da ignorância. A VW trouxe esse up! Turbo, espero que as outras se movimentem
          ..

        • Guilherme Batista

          Curiosidade, como que estes carros se comportam nas subidas e cheios ?

          • iCardeX

            Que carros?

          • Aspirado sofre kkkkkk. Como é CVT, sobe sem ficar louco, mas nao dá pra andar rapido. Já o turbo, ai voa. Torque disponivel em baixas rotacoes, tem muita força.

    • Pedro Henrique

      porque será que eles não avaliam aqui com a verdadeira gasolina vendida a E27??

      • Gustavo73

        Boa pergunta, nem a Podium tem mais 22 e sim 25%.

    • carnero

      Pense no turbo como um equipamento regenerativo, isto é, que aproveita o calor dos gases de escape para eficiência energética. Essa eficiência pode ser usada para desempenho ou para consumo. ;)
      Nas usinas de cana e caldeiras é pra isso que serve a turbina.

    • gpalms

      Ele é o campeão, mas uma ressalva… É um carro urbano. Diferença de consumo do aspirado na cidade é 0,3 Km/l (13,8 do TSI Vs 13,5 aspirado). Pra pagar a diferença de R$ 3000,00 tem que rodar 500.000 km na cidade (fiz uma conta rápida contando com gasolina a R$ 3,50). Se estiver equivocado nas contas, por favor me corrijam!

      • iCardeX

        Então, deixe-me esclarecer minha experiência em percurso misto, dentro da realidade de trânsito do Distrito Federal:

        Gol G5 1.6 70.000km = 13,2km/L
        Golf Tsi 1.4 Turbo 70.000km = 16,9km/L

        Resultado: O Golf está consumindo -28% combustível.

        Obs: mesmo motorista (eu), mesmos percursos. Rodo cerca de 50.000km por ano, então, isso “equivaleria” a pensar que a economia de combustível ( considerando o valor de R$ 3,54/L no DF) do Golf em 1 ano seria de aproximadamente R$ 2.935,71.

        • gpalms

          Um carro com ampla faixa de distribuição de torque, com câmbio longo e em trajetos de estrada e mistos mostra todo o potencial de economia do downsizing. Bela economia!
          O que eu quis exemplificar é que, se o foco é o Up! , economia de combustível em trajeto apenas urbano, vale mais o aspirado…

          • iCardeX

            Ok. Mas dentro do DF os trajetos urbanos tem características muito semelhantes à estradas. Poucos semáforos, pista largas, fluxo constante, relevo plano, e trânsito dinâmico. Se eu atinjo constantemente os 22km/L (216sul para 216norte, na pista eixão, 80km/h, em percurso de 16km, dentro de Brasília) o Up deve fazer uns 27km/L no mesmo percurso.

            • gpalms

              Aqui em na região central de Porto Alegre tenho um amigo com um Golf 1.4 dsg. Ele consegue em tráfego pesado 11 km/l gasolina. Trânsito ruim mesmo. Parece pouco, mas faço deslocamentos parecidos com um sedã 2.0 auto aspirado… Fica em 6,5 a 7km/l de consumo. Esse novo golf está muito bom de consumo mesmo. Parabéns pelo carro!!

              • iCardeX

                Outro dia fui a uma festa distante uns 65km de casa, ou seja, 130km de distância em ida e volta. Eu e mais 3 adultos estávamos no veículo. Apostei R$ 50,00 como eu faria uma média de 19km/L (ficou em 18,6km/L) em ida e volta, entre 80km e 100km. O fulano que perdeu (namorado da cunhada), jura por Deus que o computador de bordo está com defeito…

              • Iconic

                Saindo da puc em direcao a canoas, num trecho 50/50 (sai da cidade e pega 448) o UP faz uns 22-25 facin

    • Guilherme Batista

      Pode dar exemplos desses carros?

      • Pedro Henrique

        daihatsu copen, daihatsu mira, daihatsu cocoa, daihatsu tanto, daihatsu wake, daihatsu atrai, daihatsu hijet truck, daihatsu hijet cargo, suzki wagon r, suzuki spacia, suzuki hustler, suzuki alto, suzuki jimny, suzuki alto turbo, suzuki carry, honda s660, honda N-Box, honda N-Wgn, honda N-one, honda Vamos, honda hobio, honda acty truck, honda acty van, Honda acty (esse aqui tem uma caçambinha basculante), Toyota pyxis, toyota pyxis mega, toyota pyxis van, toyota iQ, nissan nv100, nissan Dayz roox, nissan moco, nissan nv100 clipper, nissan nt100, nissan dayz.

        eu dei uma resumida pois existem muitos outros mas são digamos o mesmo nome de carro mas uma versão diferente, com mais apelo jovial ou apelo mais doméstico.
        se tiver algum nome errado desculpa eu não traduzi eles, apenas peguei o nome informado na pagina ou no próprio veículo.
        no honda acty com caçambinha basculante por exemplo, tem algo escrito após acty mas não sei traduzir e não consegui usar o google (era uma imagem),
        peguei só de marcas que eu conheço, no site subaru não encontrei nenhum kei.

        se você assistir qualquer video do japão, ou ver fotos de carros de lá, os veículos kei tem plaquinha amarela com escrita preta.

        • Guilherme Batista

          Acho que ficou meio vaga a pergunta. Na verdade eu queria exemplo de carros turbos japoneses que bebem mais do que os aspirados

          • Pedro Henrique

            aaah, entendi, não sei te informar isso não kkkkk
            mas por exemplo nos kei tem o suzuki alto e o suzuki alto turbo, a versão turbo tem um visual mais esportivo e dizem que bebe mais que a aspirada, claro anda bem mais, mas creio que se o condutor andar suave o consumo deve ser parecido…

  • Iconic

    Facada no bolso com o up! é inicial, na bomba a coisa é muito boa!

    • Rodrigo

      Nem tanto… para efeito comparativo em Salvador, por exemplo.
      1L de gasolina custa R$ 3,59 por aqui.
      Um KA custa R$ 39000,00 e o Up! custa R$ 43000,00
      O Ka faz em média 16 km/L, o up! faria 21km/L.
      O custo por km no KA fica em R$ 0,22/km, enquanto no up! seria de R$ 0,17/km.
      Isso quer dizer que o que se paga a mais no up só começa a valer a penas considerando seu consumo mais baixo a partir dos 100000km rodados. A diferença é de apenas R$ 0,04 por km rodado se compararmos os dois…
      Na realidade do brasileiro que troca de carro de ano em ano ou na média de 3 em 3 anos, não vale a pena.
      A não ser que rode muito, mas muito mesmo!
      Não acho que seja um carro ruim! Eu achei bem legal, mas ainda não vale o que cobram!

      • Mas voce está comparando com Ka 1.0, e UP com desempenho de 1.6. Eu nao penso duas vezes, UP na cabeça. Se puder, faz as contas com Ka 1.5, derrepente mudo de opiniao hehehe.

        • Rodrigo

          Para que o up tenha o desempenho de 1.6, vai ter que pisar. E vai gastar mais.
          Analisei 1.0 com 1.0.
          De repente não acredito que vá aceitar essa análise fria, porém realista!

          • Gustavo73

            Negativo ele tem desempenho melhor que o 1.5 e gasta menos. Essa é a realidade. É só ver o TSI gastando menos que o MPI.
            Lembrando que o torque chega bem antes e se mantém por mais tempo.

            • Rodrigo

              Calma aí, gente! Eu sei que falar de VW por aqui é dose!
              Eu não estou desmerecendo o carro. Estou dizendo que o custo maior do up! só é compensado a longo prazo, mesmo ele sendo mais econômico em comparação com motor de tamanho igual.
              É mais potente? Claro! É mais econômico? Óbvio!
              Mas não vá comparar com motores de tamanhos diferentes.

              • Gustavo73

                Não disse que você está desmerecendo o carro ou eu estou falando do retorno. Mas ele tem desempenho e briga com o 1.5 e não o 1.0 só isso.

              • Myph13 .

                Então compare o preço do up! 1.0 MPI oras, ele já consome menos que o Ka e custa menos que o Ka, pois na tabela é 39k assim como o Ka (Move-up completo) mas na css se consegue por 36k, e ainda tem retrovisor elétrico que o Ka não oferece. O sistema de som agora vem de série no move up
                Agora quer comparar com 43k do move up TSI, compare com o Ka 1.5 que custa muito mais…
                Não quer comparar motores de tamanhos diferentes… entenda que o 1.0T é tão equivalente quanto qualquer 1.6 e anda tão bem como muitos 2.0, e consome como 1.0…

                • Rodrigo

                  Ok

                • Se a minha memoria nao falhe, o Ka tem retrovisor eletrico como acessorio. Já o UP nao tem vidro eletrico traseiro nem chorando. Acho que está na hora de fazer uma nova lista de carros completos hehehe. Passou meio ano desde a ultima lista, qualquer hora faço denovo. Só acho que dessa vez, com menos de 40mil vai ter quase ninguem.

                  https://www.noticiasautomotivas.com.br/que-carros-completos-comprar-com-menos-de-r-40-000/

                  • edet

                    Verdade. Desisti do UP por isso. Vidro traseiro elétrico é um “luxo” do qual não abro mão. Fora outras economias burras do modelo. Uma pena..

              • Gustavo73

                “Calma aí, gente! Eu sei que falar de VW por aqui é dose!”
                A questão não é o fabricante e sim as características de motor. Se fosse o Ka com o 1.0 Ecoboost frente ao March 1.6 16v as pessoas falariam a mesma coisa. Não tente transformar em briga de torcida. O Focus europeu com o 1.0 Ecoboost anda mais e gasta menos que o 1.6 16v. Um provável Fox 1.0 tsi será melhor que o 1.6 16v.

              • Para evitar isso você poderia ter comparado o up aspirado com o tsi.

              • marcos rissato

                Rodrigo, a cilindrada nesse caso não diz nada. Por favor, faça a comparação levando em conta um Ka 1.5 que é mais comparavel em relação ao desempenho. Grato.

              • Andre Studart

                Cara.. a VW diz que o Up! tsi é voltado para a economia, certo? e mesmo assim, o consegue consegue míseros 8.9-9.1 no 0-100, além da mídia como um todo elogiar (e muito) a capacidade de retomadas do carrinho, é um número que bate até com muitos 2.0 por ai

                • Gustavo73

                  0/100 real está mais para 9.5/10 seg. Mas ainda melhor que muitos carros maiores. Claro que não terá a mesma velocidade final e nem o conforto. Mas serve para mostrar a diferença frente a um aspirado 1.0.

                  • Andre Studart

                    Com certeza, eu me impressionei com os números do 1.0T, eu sabia que eram bons, mas não pra tanto, os testes acusam números de retomadas incríveis, pro porte do motor.. Tomara que venda bem para que a concorrência começar a se mecher.. já pensou um fiesta com o 1.0 ecoboost? seria ótimo de se ver

                    • Gustavo73

                      Seria lindo se o Ecoboost e os thp viessem a reboque. Olha queira muito experimentar um 500 TwinAir. Mas é isso, muitos estão preocupados com a marca que trouxe o motor. Deveriam estar felizes de que a concorrência faça o mesmo.

                    • Andre Studart

                      Aquele motor da fiat é excelente, só arranca elogios, pena que a Fiat não consegue emplacar mais nada além de seus populares.. Quem ta com a bola, pelo visto, é a VW e a Ford, com os tsi e os ecoboost, respectivamente, esperar e aguardar.. eu acho o preço do Up! tsi bem conivente com a sua mecânica, resta saber se o mercado também vai achar.. tomara que sim

            • Guilherme Batista

              Sem falar dos 16.8kgmf de torque que aparace já a 1500 rpm.
              Ta é melhor do que a maioria dos 1.6

          • Rafael

            Vai ter que pisar mais que o quê? A comparação é Ka 1.0 com up! 1.0, ou então ka 1.5 com up 1.0 tsi.

            Ps. O up tsi anda mais que o ka 1.5 com muito menos esforço devido a abundância de torque em baixa.

          • GABRIELCSFLORIPA

            Então vc nunca dirigiu um carro turbo atual.
            O torque máximo está disponível bem cedo e não precisa pisar fundo para o carro embalar.

          • Marco Douglas de Paula

            com o ka 1.0 tem que comparar o up 1.0 aspirado…!!!
            que maluquisse é essa?

        • Edson Fernandes

          Desempenho de 1.6? ouso dizer que o up turbo tem desempenho de 2.0 facil.

          • ?? Nao existe compacto com motor 2.0. Ah nao ser que voce está dizendo dos medios. Mas ai nao caso do motor, e sim do peso extra dos medios. O March 1.6 tambem tem desempenho dos medios 2.0;

            • Edson Fernandes

              Sem dúvida me refiro aos médios.

              No proprio clube do Golf no facebook onde já viram os testes de Quatro Rodas e Car and Driver, mostrou que em algumas retomadas devido ao peso x potencia, o up chega a ser mais rapido que o Golf 1.4 TSI. (e é mais rapido que a maioria dos médios 2.0 do mercado)

              Quanto aos compactos 1.6, ele tem ligeira vantagem na maioria, praticamente empata apenas com HB20 e March. Mas o que eu quero dizer é que para uma motorização feita de maneira modesta para nosso mercado ele anda muito bem. Se a preparação deste fosse com 115cv e 17,3kgmf de torque, ele poderia ser ainda mais divertido e mais rapido. Claro que por uma questão de mercado a VW teve que ser mais conservadora, até acredito eu pelo valor do seguro.

          • Guilherme Batista

            O engraçado é que esse UP da um pau no próprio 2.0 do Jetta.
            Como a VW pode colocar esse motor no Jetta ainda

            • Ernesto

              Em breve a VW equipará o Jetta com o 1.4 TSi. Meu amigo, que trabalha em concessionária VW comentou comigo que mês que vem eles farão treinamento para atender a este carro. Provavelmente será lançado em Outubro ou Novembro.

              • Guilherme Batista

                Eu ouvi rumores disso mesmo, o problema que devem aumentar o preço que eu já acho absurdamente caro

            • Edson Fernandes

              Bem… esse 2.0 é bem fraco principalmente qdo está com cambio automatico. Ao menos eu não gostei da performance (e é beberrão)

              • Guilherme Batista

                Eu digo o mesmo

      • Iconic

        Eu quis dizer que é um carro economico, tendo em vista seu preço inicial que, tanto Ka ou Up, ou qualquer outro, é caro. Entretanto não se gasta tanto gas pra rodar comparado a outra categoria.

      • Rubens

        Sério que tu ta comparando 1.0 do ka com o 1.0 turbo do up?
        Na boa parceiro era melhor ter ficado queto, falou merda demais.
        Óbivio que quem pega o up turbo não ta atrás apenas de economia.
        Pró up ter desempenho de 1.6 vai ter que pisar? Kkkkkkk
        Na boa parceiro tu não entende NADA de carro.
        Não é questão de falar da VW por aqui… É questão de falar MERDA em qualquer lugar.

        • Rodrigo

          Considerando o nível dos debates por aqui, creio que eu esteja mesmo equivocado.
          Usei razão, não emoção.

      • Felipe Meyer

        Pro KA ter o desempenho de um UP tsi só sendo o KA 1.6, e nem aqui nem na China ele fará mais de 10km/l. Ou seja, comparação tosca e errada.

        • Rodrigo

          Como já disse anteriormente, usar a razão e experiência por aqui não conta, ainda mais em se tratando de VW.
          10km/L no Ka 1,6 é mais do que viável e comprovado (por mim mesmo), ainda mais que este modelo só existiu até 2014.
          Hoje é 1.0 ou 1.5. Aliás, no 1.5 o consumo gira em torno de pouco mais do que 10km/L normalmente.

          • Rafael

            Cara.. para ser justo é o seguinte: up tsi, anda mais que Gol 1.6, Fox 1.6 16v, Ka 1.5, Punto e Palio 1.6, Cobalt 1.8 e Inox 1.4. Então sem torcida de futebol, anda mais e pronto. Talvez em velocidade final, acima de 160km/h fique atrás de algum desses. Mas até os 160 vai andar na frente.

            Para ele andar bem nao precisa andar a 5000 rpms pra turbina encher como nos carros turbo antigos. A partir de 1500 rpms ele tem mais torque que todo mundo da lista aí, por isso anda mais.

            Quer comparar consumo, precisamos de uma fonte confiável, mas claro que estamos no Brasil e aí a coisa complica. Mas dentro das distorções e tudo, o inmetro é um instituto que transmite maior credibilidade pra mim (qando comparado a 4 todas por exemplo). Seus ensaios tem parâmetros e são feitos com rigor numa mesma metodologia.

            Portanto, é mais justo comparar os consumos entre os carros medidos por eles do que um carro que vc conheceu o consumo e outro que eu conheci. Nossas condições são diferentes.

            O pessoal nao está puxando saco pra VW, eu mesmo possuo um Fiat e que achei o melhor dos carros que já tive, superando até a amada Honda. Acho que é isso.

            • gustavo

              Agora tem que testar na real, na reta e na subida !!

              • Rafael

                Óbvio que ainda não dirigi o up!, mas vou te dar meu exemplo. Possuia um Honda Civic 2010 AT, 1.8. Meu pai possuía um Sentra 2.0 manual de 6 marchas, 2011. Pois sai dele e entrei num Bravo 1.4 16v Turbo, o Tjet. A diferença é enorme para o Civic e boa para o Sentra. O carro anda mais em TODAS as situações, exceto abaixo de 2000 rpms, porque é um motor menos moderno e tecnológico que o tsi do up!. Detalhe que o Bravo é o mais pesado de todos eles, com 1370 kg. O Civic tinha 1200 e pouco.

                Cara, turbo tem muito torque em baixa rotação. Eu consigo viajar no meu carro tranquilamente, com ele carregado, bagagem, ar ligado e em sexta marcha, desde que acima de 2000 rpms e encarar praticamente qualquer subida. Olha que moro em Minas Gerais, e pego muita serra. Até brinco com minha namorada “tanta força na estrada, pra quê câmbio automático?”

                Com o up! será a mesma coisa, pois ele tem quase 17 kgfm de troque a apenas 1500 rpms. Já o Civic que eu tinha, tinha pouco mais de 17kgfm a 4000 e poucas rpms, ou seja, para o Civic andar bem, tinha que estar acima de 4000 giros, no up! a apenas 1500 ou 2000 rotações você já terá muita força. Se você é cético quanto a motores turbo de fábrica, experimenta um. É bem bacana mesmo!

          • Gustavo73

            Rodrigo o único que parece estar pensando com a emoção é você. Os dados (razão) mostram o contrário. O Up anda mais e consome menos. Se você fazia no antigo Ka esse consumo no Up faria ainda melhor só isso.

            • Rodrigo

              Veja a reação nos comentários respondidos a mim.
              Releia o que escrevi.
              Será mesmo que sou eu mesmo quem está agindo com emoção?
              Apenas expus a minha experiência.
              Ninguém é obrigado a concordar, mas o conteúdo da maioria das reações foram no mínimo infantis.

              • Gustavo73

                Algumas pode ser, mas a maioria não. Agora sua experiência inclui dirigir o Up tsi? Se não como disse tem muita emoção no seu comentário.

                • Rodrigo

                  Ok, foi com emoção.
                  Fim de papo

      • Ramom Alencar

        além da manutenção do ka ser mais em conta, só que em uma coisa vc errou, comparou com o ka 1.0.

        • Rodrigo

          Meu “erro” foi avaliar a situação considerando apenas custo, que é o assunto inicial. Veja a primeira mensagem da discussão, postada pelo Iconic.
          Mas a maioria não interpreta nada. O lance é tacar pedra e desmerecer qualquer análise que considerem prejudicial para determinado produto considerado “ideal”.

          • Ramom Alencar

            considerar custos ok, mas a motorização é diferente e portanto não devem ser comparados, para ser “equivalente” vc deveria ter comparado com o ka 1.5, nâo joguei pedras em ninguém, apenas lhe contradisse, meu comentário foi totalmente respeito e dentro de senso…

            • Rodrigo

              Oh, sim! Você foi uma das poucas exceções que utilizaram argumentos para justificar sua posição sobre o assunto!
              Como disse antes, não é obrigação concordar!
              Mas debater é válido desde que haja conteúdo nas avaliações!

              • Ramom Alencar

                amém

  • DevXav

    Se não fosse a facada que esses carros de entrada estão custando, seria uma ótima opção..
    Mas olha, pagar 40 mil em carro de entrada é complicado viu..
    Seja Celta, seja Uno, seja Up!, seja Gol, seja Clio, seja Sandero…

    Esses carrinhos deveriam custar A PARTIR de 25.000,00, e isso ainda estou sendo EXTREMAMENTE generoso, porque o cara vai ter que desembolsar ai mais uns 4 ou 5 mil pra colocar ar condicionado, direção e trio elétrico..

    Enfim, Brasil tá foda.

    • Alexandre Maciel

      Assim você atrai o ódio dos fãs… rsrsrsrs… perguntarão o que se compra pelo mesmo preço e blá blá blá, como se isso, num passe de mágica, diminuísse a percepção de quão caro esse ou qualquer outro sub-compacto são.

    • Martini Stripes

      Vc ainda está valorizando muito o Real…

    • Raphael

      cara….voce frisou bem….todos os carros são absurdamente caros no Brasil…..infelizmente…não é só a VW, nem a FORD, etc.

    • The Canadian

      Não custa 25 mil reais em nenhum lugar onde é vendido, por quê aqui custaria?

      • Gustavo73

        Acho que ele está se referindo baseado no poder se compra. Com impostos diretos e indiretos mais civilizados e lucros mais para os do primeiro mundo talvez o Move Up aspirado pudesse custar algo assim. Veja só de impostos diretos são 35/40%.

        • DevXav

          Exatamente Gustavo!

          A propósito, um professor desta área, que tive a oportunidade de conversar, comentou que estes impostos totais podem atingir até incríveis 52%!!!

          Então se colocarmos em pauta ai o Custo Brasil e o Lucro Brasil, teríamos sim capacidade para melhores preços com certeza..

          • Gustavo73

            Quer dizer o Governo é sócio majoritário sem os riscos e custos de desenvolver um projeto. E isso vale para tudo. Se o pessoal olhar a conta de telefonia, tevê a cabo, internet e luz vai ver o tamanho da tungada. E olha que depois essas empresas pagam imposto de rwnda e tal. Não estou falando que são voiyadas, se fossem não apoiariam os políticos com dinheiro. Pois no final é a gente que paga mesmo. Até a hora que elea matarem a galinha dos ovos de ouro.

  • Douglas

    Se fosse mais baixo como o europeu seria ainda mais econômico.

    • Gustavo73

      Mais baixo e com gasolina E10 e não E27. Fora que no caso do aspirado lá ele é menos potente.

    • Martini Stripes

      Exato @disqus_7VPwdnArEL:disqus, aqui no Brasil o carro tem que apresentar muitos pocotós na ficha do SuperTrunfo, se não o cara chama de chocho antes de dirigir ou saber pra que o carro é feito. Pra que um carro urbano com mais de 80cv? Enfim, mercados diferentes.

      • Pera ae, essas denominações de carro pra cidade, carro pra estrada, carro pra fim de semana, carro pra lazer, carro pra sitio, tudo isso é coisa dos comentaristas burqueses. Pra suprema maioria do povo brasileiro, o carro é unico e pau pra todo canto. Eu jamais compraria um carro com desempenho de 1.0 pra andar nas estradas.

        • Gustavo73

          Sinceramente não vejo problema em rodar comum 1.0 na estrada. Mesmo carregado (dentro do limite do modelo). É só o motorista saber os limites do veículo e os próprios. Agora se ele vai se sentir inferior porque um garoto de 18 ganhou um carro melhor do pai e vai passá-lo com facilidade é outra coisa. Fora isso use o câmbio, e sim nessas condições usando o carro perto do limite do motor o consumo vai pro beleleú.

          • Deus me livreeeeeeeeeeeeeee. kkkkkkkkk. No dia que dirigi um Celta 1.0 na cidade, eu disse: “ohhh, até que o desempenho é bonzinho, exceto o consumo estrondoso”. Mas quando andei na estrada, Jesus amado, que carro lento, toda hora tinha que trocar de marcha, manter 100km era impossivel, ia caindo caindo. Fazer ultrapassagem, só se for pelo acostamento kkkkkkk, Deus me livre. Simplesmente lixo. Passar um caminhao na br116, só se for com nitro. kkkkkk.

            • Gustavo73

              Como eu disse tem suas limitações. Se o cara só pode comprar esse, da para andar. Mas tem que saber como. Claro que para quem está acostumado com carros maiores a coisa muda. Mas temos que manter as comparações na categoria. Se ele pega muita estrada e carregado. Comore um médio usado. Não há mágica.

            • Gustavobrtt

              Celta lento? Desde o vhc ele é bem esperto, só é lento pra quem não sabe dirigir.

              • Eu me acho dirigindo. heheheh. Sou daqueles que corre, faz curvas fechadas, anda igual uma minhoca nas estradas, e na cidade toma cada xingo. kkkkk. O mais importante, nunca bati em ninguem, e já desviei de varios acidentes. Sim, Celta é lento “pra mim”, dentro da categoria voce pode elogiar ele, mas pra mim que ando só com motoresa cima de 1.6, ele é ponei.

                • iCardeX

                  Estranho demais. Quando preciso alugar um veículo, dava prioridade para o Celta mesmo tendo plena certeza daquela câmbio desmilinguido. E repare que eu não rodo menos de 110km por dia. Não morreria de amores pelo veículo, entretanto, reconheço que ele tem um desempenho honesto para a categoria.

            • Myph13 .

              Cara, posso afirmar com 200% de certeza, pois já tive 2 Classics e 2 Celtas, que o seu exagero de falar que o carro é lento na estrada é absurdo…
              O problema do Classic e do Celta são o cambio Curto (Pra mim era bom na cidade, mas causa muito barulho na estrada) e o baixo isolamento acústico, o carro faz MUITO, mas MUITO barulho dentro mesmo, sem miséria, mas falar que ele é Lento? Cara, vc deve estar com 2.0 na cabeça, porque até 1.6 não faz tão milagrosamente melhor quanto vc descreve que o Celta faz de Mal…
              O Celta tem o torque aos 5000rpm, e em 120km/h esta a quase 4mil rpm, Extremamente barulhento, mas com força pra fazer ultrapassagem de boa, eu tive 4 com o mesmo motor 78cv, a afirmo com toda certeza que não é todo esse horror que vc pinta.
              Ando muito mais em cidade, mas sempre que pegava estrada, era com 3 pessoas + bagagem, e nunca faltou folego pra andar bem.
              Agora se vc esta falando de motores anteriores ao 78cv que a GM oferece hj no celta, não posso afirmar nada…
              Motor assim como você disse é o 1.0 Evo da Fiat, que tive um por 1 semana que ganhei de premiação, e trouxe ele na estrada, e Este sim, horrível, em 5a quando começava uma subidinha, não adiantava estar com o pé até o talo, tinha que reduzir MESMO… na cidade então, cambio ruim e pra mim mal escalonado, muito desconfortável…

              • Marcelo Henrique

                Já o antigo Fire é perfeito para o Mille.

                • Myph13 .

                  Muitos falam isso mesmo, que o Fire era um canhãozinho, mesmo com 65cv, mas o torque já estava na cara aos 2500rpm, e vejo isso na rua mesmo, principalmente os malucos com escada no bagageiro, kkk
                  Nunca andei em um…

                • Gustavobrtt

                  Era mesmo, bem divertido. Pena que o uno tomou anabolizante e o motor não acompanhou.

                • Gustavo73

                  O Mille era levinho, nem sentia a falta da direção hidráulica andando.

              • Matthew

                Não há tanta diferença assim entre o VHC e o VHC-E. Ambos têm um desempenho bem razoável para um carro 1.0 L. Aqui em casa tem um Corsa 1.4 Econo.Flex e digo que o desempenho nem é tão superior ao do Celta. A única diferença é que o carro não anda tão esgoelado, porque o câmbio tem relações mais espaçadas. Na pista dá pra andar com ele a 110 km/k com algo em torno dos 3 mil giros.

              • Bem, eu NUNCA tinha andado com motor 1.0 na estrada. Sim, estou com 2.0 na cabeça, e alguns 1.6. Santana 2.0, Doblo 1.6, Focus 1.6, Astra 2.0, Focus 2.0. Depois que dirigi o Celta 1.0 na estrada, e a RAIVA que me deu, afinal nem pra manter os 100km/h na imigrantes ele conseguia. Nem pegando vacuo. kkkkk. Voce pode até dizer que o Celta 1.0 tem bom desempenho se comparar com outros 1.0 da categoria. Mas eu estou dizendo que carro com motor 1.0, ainda mais na estrada (nem que seja 1 vez por semestre), NUNCA mais. Deus me livre.

                • Alexandre Maciel

                  As pessoas não conseguem entender que um aclive com 15º de ângulo, numa reta, com comprimento curto, exige no mínimo uma 4ª e, se for um pouco longo, uma 3ª. E se, mesmo sendo aclive, tiver um caminhão carregado de coco mais à frente, sendo permitida a ultrapassagem, ele exige a segunda. Para completar, depois de descer para a 2a. você tem que passar por 3ª e 4ª até chegar na quinta simplesmente porque o carro não serve para estrada. Não tem força, não desenvolve, as marchas são curtas, a troca provoca queda acentuada de rotação, etc….

                  Adianta falar não, man… isso nem cansa nem faz raiva… hahaha… deixa para fazer esse tipo de comentário em notícia de outra marca.

                  • Gustavo73

                    Mas ele está falando dr um GM. Nada haver com o VW. Mas o que você falou é isso mesmo. Não pode ter preguiça de cambiar. E mesmo assim tem que programar algumas ultrapassagens com antecedência quando carregado.

                    • Alexandre Maciel

                      Eu sei… eu sei… também estou falando do GM. Deixa para lá… hehehe…

                      No mais, falando de uma situação que vivi. Em 2007, com 3 pessoas, um papagaio (causo verídico) e mala cheia, aclive de uns 25º muito longo, tive que parar o carro para passar (em local permitido) por um caminhão carregado com tijolo. Não teve jeito… hahahaha…. lastimável mas tinha que engatar a primeira e o carro não deixou. Detalhe para o fato de que o caminhão estava a 10 km/h no máximo. Talvez nem isso. Não tive como pegar “embalo”, como carro a fricção, porque estava esperando uma carreta que vinha no sentido contrário passar para eu tentar ultrapassar.

                    • Gustavo73

                      Não tem mágica, lotado um 1.0 aspirado está mais no limite que um 2.0 também lotado. O segundo sifre o primeiro, é melhor andar na direita. Nunca tive um 1.0, apesar de ter rido um Fusca. Mas minha namorada teve um Mille EP, o carrinho era ágil na cidade e na estrada com nos dois de boa. Mas se fizer igual alguns que orecisam levar tudo de casa não tem jeito.

                    • CorsarioViajante

                      E entrar no espírito. Se sabe que tem um carro com motor mais fraco, aceite e conviva com isso, vá mais devagar, pegue a direita, relaxe… Quando fiquei um mês sem meu carro, fiz várias viagens com um Uno 1.0, que é realmente fraco. O jeito foi esse, ir tranquilo, respeitando o limite do carro.

                • Myph13 .

                  Se você puder NUNCA mais andar em um 1.0, que bom, mas te garanto que se precisar os 1.0 da GM, VW e Ford(O novo, não o Zetec) não vão te deixar na mão. Agora se quiser relembrar algum dia o que passou pelo que descreve ai, pegue um 1.0 Evo da Fiat, kkkk

              • Alessandro Lagoeiro

                “… tinha que reduzir MESMO..”
                Mas isso é natural em qualquer carro manual. Não acho que seja um atestado de fraqueza. Concordo com sua análise e ainda acrescento: Se a pessoa fala que os 1.0 atuais não andam na estrada (Considerando March, Clio, up!, Gol que conheço) pode apostar que o problema passa beeeeem longe da motorização…

                • Nunca mais andei em 1.0 desde entao. Logo, nao sei como anda os atuais. De qualquer forma, ter que reduzir marcha pra manter, está fora de cogitação.

                  • Alessandro Lagoeiro

                    Brasileiro quer carro com 500 marchas mas tem preguiça de usar o câmbio.

                    • Eu chamo de conforto. Quero só cambio automatico, mas com sequencial ou borboletas, pra usar em ruas e estradas ingrimes.

                    • Alessandro Lagoeiro

                      Sim, natural. Mas se o carro for manual, você vai ter que trocar marcha.

                  • cepereira2006

                    Cara, os 1.0 de hoje estão irreconhecíveis. Tive um Corsa 1.0 1995, dos primeiros, de 50 cv. Era um horror, como um caminhão. Era como dirigir um caminhão lotado de concreto.
                    Hoje estão muito diferentes. Dirigi um Up aspirado na segunda e fiquei pasmo, pois parecia o Polo 1.6 que eu tinha, inclusive muito próximo no nível de conforto. Andava muito mesmo. A embreagem daquele era uma manteiga. Muito macia. O câmbio, de tão bom, me pareceu o mesmo do Polo.
                    Hoje dirigi o Up TSI. Assustador, a gente se empolga esticando o motor. Fiz uma saída de sinal mais forte e ao final da segunda já está em velocidade impraticável, mesmo para uma avenida larga onde eu estava e já tinha passado a concessionária onde deveria ter devolvido o carro e nem notei. Vai ter muito neguinho se matando por aí, pois o bicho voa.

                    • Eu já achava o Focus 2.0 manco, mesmo usando o cambio sequencial, vai ser dificil voce me convencer que o UP aspirado supera minhas “exigencias”. heheheh

                    • cepereira2006

                      Cara, você é exigente mesmo, rsrs

                  • Felipe Altoé

                    Cara ando em um UP! 1.0 e ando sempre em estrada e não vejo sofrimento pra manter a velocidade, nem a necessidade de cambiar. em pista dupla mantenho entre 120 140 mesmo com subidas sem mexer na marcha. Sempre tive esse mesmo preconceito e dizia que nunca iria ter um carro 1.0 mas foi só fazer um teste drive que mudei de ideia. Na minha cidade tem uma serra que os 1.6 antigos subiam de 3ª no meu UP sozinho e sem ar subo em 4ª a 90 por hora…

                • Myph13 .

                  A ideia do “tinha que reduzir MESMO” foi pq eu tinha um Celta, e quando peguei o carro da premiação, fiz o mesmo trajeto que fazia com o Celta, e ele não pedia redução ali naquele ponto.
                  O Celta é mais ou menos assim:
                  De 100 a 120km/h ele vai de boa em Quinta e mantem de boa, se tiver cheio tem que reduzir pra 4a, já o Uno, eu estava sozinho com o pé no talo, chegando a 120km/h, e quando começou a leve subida, não teve jeito, ele foi reduzindo, reduzindo, que tive que reduzir pra 4a e ele não subia a velocidade, ele se manteve entre 95~100, o ponteiro não subia de forma alguma. Foi ali que já falei “Que motorzinho xexelento…”
                  Dai chegando na cidade, usei ele 1 semana pra trabalhar ao invés do Celta, e foi a pior experiência que tive. O carro era mais confortável (lombadas, depressões, ruas esburacadas) que o Celta, isso era FATO, mas o cambio “torto” de ruim, o motor fraco, putz, pra quem dirige o dia todo, é simplesmente terrível…

                  • Mas foi isso que ocorreu com Celtinha na imigrantes. Socando 100km/l, na subidinha, o carrinho vai caindo caindo caindo, e pra nao cair só enfiando a 4 marcha. Porem na 4 marcha nao aumentava a velocidade, entaum eu tinha ke começar a rotação com 3 marcha, mas antes tinha que ir pra faixa da direita, pois os 2.0 pedia passagem. kkkkkkkkkk. Pelo amor de Deus, 1.0 nunca mais.

                  • Alessandro Lagoeiro

                    Acho o Uno uma excelente idéia, pessimamente executada. Um funny car com design descolado e interior criativo. Mas a Fiat acha que isso encobriria a falta de qualidade. Uma alavanca de câmbio que não lembro de um Chevrolet, VW ou Ford da década de 70 para cá (Os Fords tinham curso grande, mas eram precisos. Chevrolet, que trabalhei na manufatura, eram duros, mas também mais precisos). Pequenos defeitos que vão minando a convivência com o carro durante o tempo. Há alguns anos meu tio me pediu ajuda na compra de um carro, porque estava interessado em um carro que já tinha tido, o Fiesta gatinho. Quando o Fiesta ficou velho, ele comprou um Novo Uno 1.4. Os dois ainda estão na família, mas o carro de confiança é o Fiesta. Minha irmã comprou um Uno usado, teve tantos problemas que resolveu se livrar dele comprando um carro zero… Um outro Uno! Quando brigou com meu cunhado, adquiriu um Novo Palio 1.0 por 35 mil sem ar. Porque ela teve tanto problema com o Uno e pegou outro? Ela cogitou outro carro que não o Fiat? A questão foi uma só: Preço. Não adianta falar que tinha o up! mais equipado que o Palio. Que o Ka era uma opção de valor próximo e já vinha mais equipado. Ela nem pesquisou opções, acreditou a Fiat sempre seria mais barato e foi. Para algumas pessoas não valem o “Na concessionária eles dão desconto”. Se o preço anunciado não for mais baixo, elas nem irão na concessionária. Por isso acho um erro de estratégia da Fiat, Chevrolet e principalmente VW que fazem isso.

                • CorsarioViajante

                  Pois é,. Tive um gol 1.0 2001 que fui com uma trupe de teatro até a praia, cinco pessoas + cenários. Fomos e voltamos bem, inclusive na subida da serra. Não sei que tanto drama criam.

                  • Alessandro Lagoeiro

                    Para mim, quem diz que carro 1.0 não anda não sabe dirigir. Simples assim. Andar bem com carro 2.0 ou 1.6 vazio qualquer um anda. Dá o carro 1.0 que segundo o comentarista “não anda” na mão de um motorista de verdade que ele verá o milagre do carro andar e as vezes até consumir menos.

              • V.mario

                Tinha um Prisma 1.0 e a 120km/h ele estava a 4400rpm, o Classic de um colega meu a 120km/h marca também 4400rpm. Nessa velocidade, tanto faz se os vidros estão fechados ou abertos, o barulho é o mesmo, parece que existe uma fábrica dentro do carro, rsrsrsrsrsrrs

            • Alexandre Maciel

              Sem contar que você sai com escoliose com aquele volante torto… hahaha…

              • Pior que eu tenho escoliose.

                • Alexandre Maciel

                  Adquiriu de tanto dirigir Celta? No Classic o painel até consegue disfarçar um pouco. No Celta o negócio é tenso demais. E, como você falou, ficar trocando de marcha em estrada nesses carros é um porre. O cara precisar usar demasiadamente o câmbio e isso torna a viagem muito mais cansativa.

                  • Alessandro Lagoeiro

                    Mas adquiriu carro manual é para passar marcha mesmo!

                    • Alexandre Maciel

                      Sério? Não sabia… obrigado pelo esclarecimento.

                  • No meu caso foi culpa de deitar no sofa mesmo. kkkkk.

                    • Alexandre Maciel

                      Hahahaha… se dirigir Celta ou Classic com certeza vai se agravar… eu já tive Classic e posso dizer com toda franqueza que o volante é torto. A pessoa se acostuma mas é algo no mínimo estranho; para não dizer ridículo… hahaha…

              • Gustavo73

                De repente era moda, o Gol tinha os pedais deslocadoa para o lado.

        • Alexandre Maciel

          Tem gente que não enxerga isso… acha que o cara compra um carro como esse e, chegada, por exemplo, a semana santa, não terá a necessidade de encher o carro “até a tampa” para poder viajar.

          • Gustavo73

            O pior é o cara achar que vai andar e rer comportamento dinâmico igual a quando o carro está vazio. Depois da m, e não sabe porque. Tibe um Gol Tsi 2.0, e quando cheio com 5 cabeças e mais malas, não dava par dirigir da mesma maneira. A frente subia e o comportamento mudava, manobras rápidas de mudança de faixa em alta velocidade que eram tranquilas quando com 2 ou três pessoas ficavam menos na mão carregado. Tem gente que não percebe isso.

        • lait

          Esses lixos 1000 só servem para atrapalhar na pista, principalmente os
          que “acham que são rápidos” na descida você até fica animado achando que “embalou.. agora vai..” mas basta uma subida e o puto fica empacado na sua frente.
          Isso serve tanto para carros, como para carretas, até elas, eles
          conseguem atrapalhar.. ver um monte de carro 1000 fazendo ultrapassagem
          parece coisa dos trapalhões.. sem comentários..

        • Martini Stripes

          Exatamente. Por isso que não é tão econômico quanto poderia.
          E quando o CEO da VW disse que o up é o 3 carro do europeu e o 1 do brasileiro acharam ruim. Mas é isso mesmo o ponto. Se não for potente não vende.

      • Gustavo73

        O próprio Tsi, poderia ser mais econômico se usasse os ajustes de A1 e Polo europeus. Eles tem 95cv na gasolina na Europa. Mas aqui iam falar mais só isso e turbinado!

      • Guilherme Batista

        No meu caso precisa sim. moro em Belo Horizonte. A cidade está entre 800 e 1000 metros de altitude e tem o relevo totalmente irregular. Se o carro tem 80cv, aqui vai parecer que tem 70 ou menos. É bem complicado ficar andando com carro pesado nos aclives daqui e acaba que os carros 1.0 tem consumo maior que muito 1.4 , 1.5 e 1.6 .
        Mesmo assim o problema maior que vejo nos carros com esses motores, é a falta de torque, já que a potência influencia muito mais na velocidade final do que na arrancada.
        Se tiver um motor com 80cv, mas com pelo menos uns 15kgmf de torque e consumo acima de 12km/l, eu não preciso de mais nada

        • Martini Stripes

          Vc concordou comigo. Só quis mudar as palavras.
          É o que dissemos desde o início. Lá fora o mesmo 1.0 TSI tem menos potência e mesmo torque.

          • Guilherme Batista

            Sim concordei, mas foi só pra dizer que com os atuais motores de 80cv não dá, mas se vier um com torque maior e bom consumo, é suficiente.

  • Samuel Ezidio

    imagina se fosse só gasolina !!!

    • Diego

      Apenas pra dar uma ideia o motor do up! na Inglaterra faz a partir de 47.9 mpg (ou 20.3 km/L)

      Claro que o motor é menos potente e carro mais leve por lá…

      • V12 for life

        Acho que ta na média, em um teste de Bob Sharp ele conseguiu 19,3 km/L com gasolina em uma viagem de 300Km com ar ligado, tendo em vista nossa gasolina inferior e os desconhecidos parâmetros da Inmetro, que me parecem forçarem ao máximo.

        • Diego

          Ahh sim, em condições especificas…
          Esse que eu peguei era o pior consumo do site da VW uk (versão de 75 PS, consumo urbano e sem BlueMotion), o melhor que eles colocam lá é de 68.9 mpg = 29.29 km/L (versão de 60 PS, consumo em estrada e com BlueMotion)

          • V12 for life

            Realmente bem especificas, porém foi só a primeira impressão, ele vai continuar com o carro por uma semana, então estou esperando a segunda parte da matéria, pois acredito que vai dar uma boa idéia de uso diário.

          • João Martini

            Agora veja qualquer review do Carbuyer e veja se eles chegam perto desse consumo anunciado. O Focus Ecoboost promete mais de 60mpg, mas eles não conseguiram mais do que 45. E isso serve pra praticamente todos os carros da UE. Os consumos divulgados são otimistas demais. Nossa gasolina tem 27% de álcool mas não é nem de longe ruim.

      • Guilhe

        Lá a gasolina não tem 27% de etanol

    • Marcelo Henrique

      Trabalhando com injeção direta e usando MAF (mais preciso do que o MAP) acredito que o problema de deixar a mistura levemente mais rica para não destruir o cabeçote deve ter sido superado.

  • Jacson M. R. de Moura

    Alguém sabe dizer se haverá versão automatizada do TSI???

    • Gustavo73

      Por enquanto não, o imotion que cabe no Up não dá conta do torque do TSi.

      • Jacson M. R. de Moura

        Obrigado pelo esclarecimento…

    • Jayme

      Se trouxessem o DSG que tem no Golf 1.0 TSI até daria mas para a categoria dele, não vale a pena.

  • Freaky Boss

    Era esperado.
    Parabéns a VW!!!!

  • Bittencourt

    Palmas para a VW!!!

  • FPC

    Estou fazendo média de 13 km/l no Etanol com meu High up!, ando 85% em estrada e 50% com ar ligado. Creio que no Turbo a média seria essa também, porém com mais conforto pelo fato de eu andar mais em rodovias, apesar de que o mpi dá conta do recado pois ando só em pista dupla. Assim que o meu atual ficar com um kilometragem alta irei trocar nesse Tsi.

    • Iconic

      Também pensei nisso.. problema é a mascada mesmo hehehe

  • Rodrigo Pasini

    O teste foi feito com gasolina E22? O correto não seria ter feito com a E27?

    • Gustavo73

      Todos são feitos com E22 não só esse. E sim deveria ser com a E27.

    • Ronaldo G. Ribas

      Todos os testes feitos pelas montadoras utilizam gasolina padrão E22. Não se esqueça que a nossa gasolina começou com adição de 5-6% na década de 70, depois foi para 10, 15, 18, 22, 25 e finalmente 27% este ano. Isto é Brazil…zil…zil…

      • Rodrigo Pasini

        É, e ai a pessoa olha o consumo do teste com uma gasolia e abastece com outra, e ai espera que o resultado seja igual.

        • Gustavo73

          Primeiro que nunca vai ser igual. Vai depender de quem e como dirige, região aonde dirige.(muitas ladeiras) se os pneus estão calibrados corretamente e por aí vai. Eu e minha namorada dirigindo o mesmo carro pelos mesmos percursos chegamos a ter 20% de diferença no consumo. Mas acho que a utilização do E22 é para padronizar com os primeiros testes. Assim a comparação fica mais fácil.

      • Gustavo73

        O teste é feito pelo INMETRO.

  • Adilson

    Dá pra ver claramente que o TSI é mais econômico que o MPI na estrada, provavelmente por manter uma rotação mais baixa em velocidades maiores. Na cidade os consumos se equivalem.

    • Gustavo73

      Com um motor mais elástico a VW mexeu no diferencial, 26% mais longo se não me engano.

    • Guilhe

      Como ele tem o torque abundante num grande intervalo da rotação a VW pode alongar o câmbio e isso se traduz em maior economia principalmente na estrada.

  • Gabriel

    “O PBE estabelece que, se a fabricante planeja comercializar mais de 33% dos veículos com ar-condicionado e direção assistida, o consumo de energia desses equipamentos deve ser considerado para obtenção dos resultados.”

    A direção assistida que interfere no consumo é a hidráulica, não? Ou talvez também estejam considerando o consumo de energia do motor elétrico.

    • Gustavo73

      Nem todos os carros tem direção elétrica. A norma do INMETRO fala no geral

  • Claudio Kaneda

    Não sei se são todos, mas esse carro deve de fazer mais na estrada. O celta de 2011 aqui da empresa rodo 800km + ou – com um tanque, mas praticamente quase 80% de 5ª marcha e média de 90km/h

    • Louis

      Esses testes do Inmetro não batem com a realidade.
      Se eu dirigir este Up TSI, acho que consigo 19km/l na estrada fácil.

      • FPC

        19 eu já fiz com o meu up!, mas com ar desligado. Média de 110 km/h

      • Esses dados do INMETRO são reduzidos em 30% para que fiquem mais próximos da realidade em diversas situações de tráfego, relevo, etc. Ou seja, em algumas situações os resultados obtidos pelos usuários podem ser muito melhores do que aqueles listados na tabela do PBEV.

  • Miro Saraiva

    Mas no próprio teste do NA tinha sido obtido consumo na casa dos 20km/l???
    o inmetro acelerou assim?

    • Esses números de consumo são reduzidos em 30% em relação aos resultados obtidos com a norma NBR para que fiquem mais parecidos com os resultados reais obtidos nas ruas. Esse método também é usado pela EPA nos Estados Unidos. Já na Europa essa “correção” não é aplicada.

    • Mauro Schramm

      Eles aplicam um determinado “ciclo de condução” para simular os condução na estrada e na cidade.
      A palestra abaixo ajuda a entender melhor (espero que o NA não barre o link)

      Veja que no ciclo que simula a condução em rodovia, não é utilzada uma velocidade constante. Isso certamente aumenta o consumo.

      http://www.inmetro.gov.br/metcientifica/palestras/astorfilho.pdf

    • Gustavo73

      Eu e minha namorada temos consumos diferentes usando o mesmo carro no mesmo trajeto. O consumo do INMETRO serve para uma comparação direta com outros modelos usando o mesmo método.

      • cepereira2006

        Por curiosidade, quem é mais econômico?

        • Gustavo73

          Ela, uso muito mais o câmbio gosto do motor mais cheio pronto para responder. Ela é mais calma, até demais às vezes, tem preguiça de passar a marcha. Nossa diferença varia de 10 à 20%. P carro, um Punto 1.4.

          • Ernesto

            Pensei que você teria o menor consumo! Rsrsrs. Aqui em casa às vezes uso o carro da minha mulher e meu consumo é melhor que o dela porque ela costuma “esquecer” de trocar as marchas e aí acaba mantendo rotações mais altas,

  • Autofahrer!

    Em outras palavras, excelente carro, só o defeito de estar no país errado.

    • Astron

      Essa sua foto é cabulosa kkkk

      • Autofahrer!

        Pois é, com esta lama vermelha toda, foi justo cair a chave embaixo do carro. Hahaha…

  • Mr. Car

    16 Km/l com gasolina na estrada eu já faço com um Logan 1.6 8v. Quanto farei com um up!, he, he? E óbvio, o meu vai ter este interior clarinho da terceira foto. Abaixo os interiores “pretinho básico”!

    • Alexandre Maciel

      Já cravei 17 num Fiesta 1.6… hehehe… acho que vc bate os 20 no up!.

      • Mr. Car

        Também acho.

    • durango

      Meu Sandero 1.6 8V no etanol faz 12 regularmente na estrada.
      O torque em baixa ajuda muito.
      O Up tem um motor sensacional, Deve gastar 1 litro a menos a cada 100km rodados.
      Não penso que vale tanto a pena assim. O problema é que o carro não atende uma família, só da para ser o segundo carro.
      Este motor em carros maiores deve ficar muito bom.

      • Mr. Car

        A questão nem é a economia que vou fazer. Já estou com o meu há quase sete anos, bateu aquela sede de novidade na garagem, he, he! Além do mais, para mim será uma troca por algo mais atualizado em termos de segurança. Já o espaço menor, no meu caso não será problema.

        • durango

          Quando meus filhos não dependerem mais de mim, o Up serve perfeitamente. Espero que até lá tenha uma concorrência a altura

      • Gustavo73

        Se você precisa do espaço do Sandero, o Up não te atende. Mas de você okha o Uno ou o Palio Fire as coisas mudam.

  • Brasileiro

    Sem duvidas em questao de performace o Up TSI seria a melhor escolha na categoria carros entrada, porem o acabamento interno poderia ser um pouco melhor, latas internas das portas a amostra e apoios de cabeça dianteiro uniforme, sem regulagem de altura e difusores de ar central com pouca funcionalidade é uma grande mancada.

    • Gabriel M. Vieira

      O Ford KA 1998 já tinha essa lataria aparente nas portas… não me lembro se gerou tanta polêmica à época, mas entendo que o contexto hoje é bem diferente e o Up abusa um pouco mais dessa economia (conceito?). Minha irmã tem um Move Up e o carro é bem legal, eu fiquei surpreso com o desempenho dele com 4 pessoas dentro.

      • Rodrigo

        O primeiro Uno Mille já vinha com a “lata exposta” no interior. Antes dele, o Fusca, Brasília, etc. Nada de novo nesse sentido.

        Acho que pra quem busca um consumo excelente, num carro seguro e alinhado com o mercado global, acabará não ligando para essas frugalidades.
        Quem quiser “luxo”, sofisticação, etc. pode ir para outros concorrentes, em detrimento ao consumo. A vida é assim, cada um escolhe o que é mais prioritário para si.

        • Gabriel M. Vieira

          Sim, é bem o que eu penso também. Uma pessoa que faz uma compra racional e pensa em todos esses pontos não deixaria de comprar o carro por esses detalhes.
          E digo mais: Se Chessus falou, tá falado! hahaha!

          • Rodrigo

            KKKKKKK
            Tutttooooo!

    • Gustavo73

      O acabamento e materiais são muito bons. Você pode não gostar da proposta. Quanto aos bancos, bom modelos muito mais caros e desejadoa tem bancos com o mesmo desenho. Agora o Celta tinha o encosto costurado, isso é não regulava. E ninguém reclamava, o Fusca tem metal nas portas e o pessoal goata. Como disse você pode não gostar da proposta.

      • Alexandre Maciel

        O complicado é pensar que num superesportivo há bancos Recaro que abraçam o condutor… hehehe… o desenho nem é o mesmo no final das contas. É algo querendo ser sem chegar perto de ser.

        Mas acho que, pela mecânica, muitos “problemas” de interior podem ser relevados por alguns. O que lasca mesmo é pensar que o preço deveria propiciar um interior menos desonesto.

        • Gustavo73

          Falo o desenho relacionado ao encosto continuo ao banco. Claro que não tem os apoios e outras coisas. Meu pai teve um Monza hatch com bancos assim e não achava ruim, só diferente. Lembrando que na Europa Up e a concorrência usa bancos assim na maioria dos casos.

  • Fábio

    Marca impressionante considerando a nossa mijolina. Quem quiser conferir, e comparar com outro carros, vai aí a fonte:

    http://www.inmetro.gov.br/consumidor/pbe/veiculos_leves_2015.pdf

    Pena vc ganhar economia mas perder muito dinheiro no momento da aquisição. CARRO CARO! Mas para quem roda muito vale a pena.

  • Paulo Vítor

    Temos que parabenizar dona Volks. Esse motor é um espetáculo. Que sirva de exemplo!

  • Murilo Soares de O. Filho

    Injeção direta!!!

  • denismrscheli

    Volks deveria investir essa inteligente mudança na linha inteira né?

    • Ernesto

      Pouco a pouco ela fará. O Jetta mesmo terá ainda este ano o 1.4 TSi.

  • Pedro Cunha

    Se ainda existirem rodando com o turbo daqui uns 5 anos(quando terminar de pagar o palio fire), até posso considerar comprar um.

  • GPE

    Pq E22? Não deveria ser E27?

    • Gustavo73

      Sim já falaram isso. Acho, só acho que seria uma maneira de manter o padrão frente aos modelos testados antes da mudança de percentual. Mas fica estranho sim.

  • afonso200

    NA façam o teste de consumo como fizeram com o Up! no lançamento, se nao me engano voces atingiram 26km/l a 80km/h vidros fechados e AC desligado, isso ???? esse turbo entao é pra fazer 27,5km/l…………..só nao compro esses economicos pois nao tem cambio AT ou CVT e nao tem Cruise Control……a Mitsubishi ia fazer o Mirage que faz 27km/l c/ ambio CVT mas faz 2 anos e nem começaram a produzilo

  • Alvaro Guatura

    Bem mais realista que os 26km/l da matéria do lançamento

  • ARENANB

    Pois pra mim não é Turbo que faz o carro ficar mais econômico, e sim a injeção direta. Novo Focus é incrivelmente econômico, muito perto do Golf, é unânime de todos os proprietários – embora a Ford divulgue pior. Entã Golf, Jetta, Focus, Up são econômicos – nas devidas proporções – por causa da injeção direta. O motor THP da PSA não é econômico por causa do câmbio automático horrível que usam, mas imagino que o DS3 seja de bom consumo, assim como a 2008.

    • Astron

      Cara o Golf é bem mais econômico que o Focus.

      Eu sei que o Focus é bom pelo porte do carro, mas o Golf é uns 3km mas econômico.

      Na estrada da uns 4, 5km de diferença.

      • ARENANB

        Olha cara, eu consegui fazer, duas vezes, pegando a BR 277 aqui no Paraná, onde tem subidas e descidas, com o piloto automático em 120 km/h, 12,6 km/l e 12,5 km/l, ambas com Etanol. Um colega meu fez o teste de gasolina no mesmo trajeto (Entre Cascavel e Foz do iguaçu), e fez 16,3 em uma das vezes, e 15,9 na outra – depende um pouco do movimento. Acredito que o Golf consiga fazer uns 16,5 a 17 nesse mesmo trajeto com a mesma velocidade. Eu sei que é difícil acreditar, a maioria não acredita, mas o torque do Focus é forte em baixa, tem uma curva bem longa e por isso a subida precisa ser muito íngreme para reduzir da sexta marcha, e a 120 a rotação fica entre 2,5 e 2,6k giros. Tive um Peugeot 208 Griffe 1.6 e esse Focus está mais econômico que ele.

    • _oliveira

      De onde tirou que o cambio auto do THP é horrível?

      • ARENANB

        Ele é burro. Não entende quando você quer andar de boa, não passa marcha, segura demais quando você quer que passa. Não sei se ocorre isso com os aut. em geral da PSA, mas o 308, o DS4 e o 3008, todos são burríssimos. Na estrada você tem que usar ele no manual senão sem chance.

        • _oliveira

          Mas isso é burrice do cambio, ou configuração para esportividade?
          Essa segurada.. acontece mais nas primeiras marchas (1a e 2a)… Então.. se quiser economizar… tem que trocar manualmente é na cidade..
          Já ouvi dizer que o 3008 e o 408 não tem a mesma configuração…

          • ARENANB

            Oxe, mas se for assim qual o sentido da opção S no câmbio? E isso acontece em todas as marchas, um colega meu disse que na estrada ele tinha que colocar no manual para por sexta marcha, porque uma vez que você acelera pra ultrapassar o carro segura na quinta até vc diminuir a velocidade o suficiente pra ter que engatar uma quarta.

            • _oliveira

              O S vai até o limite do giro para trocar marcha. Não importando como está dirigindo. A não ser que queira dirigir modo insano.. acho que é um botão meio inútil na prática mesmo…

              No modo normal.. a 1a e 2a são trocadas com 3000 giros.. mas ele só troca rápido.. se estive acelerando mais forte.. se estiver dirigindo na maciota.. ele chega nessa rotação e espera um pouco..
              Aí é que ele vai gastar… por isso, na cidade, usando o manual para por 3a logo, você consegue economizar.. Você também consegue por 4a e 5a mais cedo se for no manual..

              Na estrada, vai ficar em 5a e 6a.. sendo que se estiver na maciota.. e estiver acima de 80km/h.. é 6a sempre

              Quando ultrapassar ele vai reduzir a quinta.. Terminou a ultrapassagem… se soltar o pé um pouco do acelerador.. ou as vezes só mantendo.. sem acelerar.. ele passa para a sexta.

              Num seria isso não?

              O NA fez testes no DS3 e 308THP.. o consumo na estrada foi exatamente o mesmo…

              • ARENANB

                A parte que você disse “Terminou a ultrapassagem, se soltar o pé um pouco do acelerador ele passa para a sexta” não confere. Nesse câmbio, é fato, você faz uma ultrapassagem pisando um pouco forte, ao terminar você pode tirar inclusive todo o pé, ele mantem a marcha que usou para fazer ultrapassagem, passando para a sexta apenas se colocar manualmente ou ligar o controle de cruzeiro. Inclusive no vídeo de avaliação do 308 da NA, tanto na cidade quanto na estrada você consegue perceber isso.

                • _oliveira

                  É porque esse cambio tem um comportamento… que espera um pouco para subir as marchas… para o caso onde você tenha começado uma ultrapassagem.. parou… e depois decidiu retomar…

                  Ele espera um pouco…coisa de 2 segundos.. e vendo que já terminou.. está mantendo a velocidade.. aí sobe a marcha…

                  Se você tirar o pé todo do acelerador.. aí é outra situação.. ele vai entender que quer reduzir a velocidade.. então.. para que subir a marcha?
                  É regra.. tirou o pé do acelerador.. não vai subir marcha..
                  Nessa situação, mantendo a marcha em 5a ele ainda vai economizar mais… Pois vai cortar a gasolina e vai usar o freio motor economizando pastilhas de freio..

                  O negócio é manter a velocidade.. aí ele sobe a marcha pra economizar… Como acabou de fazer uma ultrapassagem.. deve ter passado de 100km/h fácil… ele vai por sexta se pisar um pouco no acelerador para manter a velocidade…

                  Talvez seja o jeito de até onde pisar no acelerador que seu amigo não tenha achado…

                  Eu conheço o carro.. discordo da avaliação do seu colega sobre ser um cambio burro.. eu achei justamente o contrário pra falar a verdade…
                  Zero trancos.. troca marchas rapidamente.. troca duas se precisar… entende que está na subida/descida..
                  E mesmo no modo manual.. pode deixar o giro cair pra 1000 RPM que se pisar.. reduz sem dar trancos…
                  Mas ele tem uma configuração para esportividade realmente..
                  Então, na cidade, ele segura 1a e 2a se não acelerar… pra ficar pronto para um arranque.. Ele chega em 3000 RPM e espera um pouco.. e então troca…
                  Aí.. querendo economizar na cidade.. tem que por no manual mesmo…

                  Fale com seu colega para experimentar fazer a ultrapassagem… e depois manter a velocidade… se for acima de 80km/h no plano.. ele já coloca sexta…

                  • ARENANB

                    Tenho um Focus SE 2.0 e ele não funciona desse jeito. Você faz uma ultrapassagem e depois de feita se tirar o pé ele vai para a 6ª. Se você tirar todo o pé, ele também vai para a 6ª, porque manter na quinta, por mais que o consumo se mantenha o mesmo em relação a por a sexta, afeta o conforto e força o motor desnecessariamente. E essa questão de apenas 2 segundos também não é assim no câmbio da PSA não. Não sei se você reviu o vídeo do 308, ou até do DS5, é visível que mantém por muito tempo em alta. Hoje inclusive vi um vídeo no Canal Top Speed, do 3008, e também ocorre exatamente o mesmo problema, ele mantém muito a marcha. Dá uma olhada lá, o vídeo foi postado hoje. O câmbio da PSA aut. está sempre em modo Sport. O meu Focus no S, a rotação não muda em relação se eu pisar tudo com o câmbio em D, mas em S ele faz exatamente o que ocorre com os THP, ele não passa a marcha quando eu tiro o pé. Então é notável a semelhança, o Focus em S tem exatamente o mesmo comportamento do THP em D, ou seja, ruim para uma condução confortável.

                    • _oliveira

                      Mas é isso que eu estou falando.. o carro é voltado para a esportividade.. não é que o cambio é burro ou horrível.. ele tem um comportamento esportivo…

                      Eu assisti o vídeo do Top Speed que me recomendou. O que falou lá foi exatamente o que eu falei, se tirar o pé do acelerador ele não sobe marcha. Tem que pisar um pouquinho. Mas isso não quer dizer que é ruim. Inclusive, o motorista lá falou que é um cambio inteligente. Falou que o cambio lê se o carro está numa subida/descida. O que eu também falei. Ou seja, tem qualidades sim o cambio.

                      Tem como fazer o carro subir a marcha, mas lá no vídeo o motorista não conhecia. Ele esperava um comportamento. Mas o carro é diferente. Se ele deixasse o pé um pouco no acelerador, ele passaria a marcha para frente.

                      O mesmo problema existe no teste do DS5. Se quiser, tem como passar a marcha. Basta apertar um pouco o acelerador que ele vai subir a marcha. Ainda mais estando a mais de 100km/h. Se fosse uns 80km/h aí poderia até depender da situação. Mas naquela situação e velocidade não, ele passaria para sexta muito fácil.

                      Nos dois casos é falta de conhecimento do carro.

                      Conhecendo o comportamento do carro, você tem a esportividade o tempo inteiro disponível, e também pode conseguir o conforto quando desejado.

                      Veja, no THP você tem duas opções, tem como manter a marcha ou passar pra frente. O padrão, é deixar a marcha. Se for alguém que não conhece o carro, vai privilegiar a esportividade e até a segurança, caso queira retomar rapidamente. Se é alguém que já conhece o carro, consegue escolher o que fazer no acelerador.

  • XXRS

    Motor certo no carro errado.

  • Baetatrip

    Pois e!
    O que importa nisso e confiabilidade,
    Carro com muita eletronica da muito problemas!
    Estou saindo de uma Tiguan 2.0TSI (Onde convivi desde 0km por quase 5 anos e 118mkm rodados) No inicio ele e show…. Mas com tempo o show da eletronica veio para encher o saco e no fim “morreu”, Estou ajeitando para passar para frente, Nao quero + VW apos desse mega problema que me causou!
    E estou “voltando” para SZK GV (Onde eu jamais teria saido) 2.0 16v de 140cv (Motor J20A)
    onde a eletronica e minima e nunca enche a cabeca nisso!
    Se a TIG estivesse menos proplematica (eletronica), nao teria o arrombo!
    Pois viajo muito de carro e preciso de confiabilidade e facil de mexer tambem
    carros modernos alguns sao bons, mas da muita “briga” na parte eletronica que sao uma merd@ de mexer!
    Motor do TIG e um tesao, Anda d+, belo torque de 28,5kg a 1750rpm
    Motor do GV e excelente em confiabilidade apesar de pacatos 18,9kg a 4000rpm
    VW ja foi boa marca… Hj em dia nem presta…. Mt briga em sonda lambda etc etc!

  • Guilherme Batista

    Acho engraçado como a VW pode ser tão “bipolar” coloca um motorzão desse no UP e me cobra mais de 80 mil num Jetta que toma pau dele como o jurássico 2.0 Apezão

    • Gustavo73

      Isso mostra a diferença entrea VWB parada por uma década. E a VWB que começa a se mexer. Mas fala baixo, pois tenho medo de achar que se. Mexeu de mais e parar.

  • cepereira2006

    Alguém sabe se a central corta a injeção acima da faixa vermelha? Fiz um TD hoje e achei muito fácil alcançá-la e invadi-la. Ao mesmo tempo, o conta-giros é de difícil acompanhamento nesta situação. Então gostaria de saber se há esta proteção do motor.

    • Gustavo73

      Deve ter, não me lembro de um carro moderno ser.
      Quanto ao TD, qual sua impressão?

      • cepereira2006

        O carro voa realmente. Se o cara não tiver cabeça, se mata.
        E não dá vontade de trocar de marcha, só seguir esticando, esticando…
        Só troquei por medo, pois não senti neste motor a perda de torque que vem normalmente em altíssimas rotações. Além disso, o ronco do motor é um verdadeiro tesão.
        Acabei encomendando um, rsrs
        Gosto de carros pequenos pela facilidade de manobrar na cidade e na garagem e há tempos vinha pensando em um turbo, mas achava todos muito caros. Esse lançamento fechou com o que eu queria e acabei trocando meu segundo carro, que até o momento era uma Montana do modelo antigo, que não tinha air bag ou ABS e isto andava me preocupando, fora a vontade de mudar de carro que vai aparecendo com o tempo, pois eu estava com ela desde 2008.
        Mas voltando ao Up, na segunda eu havia feito o TD em um UP aspirado. Fiquei maravilhado pois não esperava tanto do carro. Confortável, pequeno por fora e grande por dentro, gostoso de dirigir como o Polo que eu tive no passado. É um carro maduro, acertado.
        A embreagem do aspirado beira a perfeição, é macia como uma manteiga e aquele o motor aceita bem a minha “preguiça” de acelerar ao arrancar o carro, uma característica minha. Estes dois aspectos eu achei ligeiramente menos eficientes no TSI, mas talvez seja só uma impressão ou a unidade avaliada e não foram suficientes para me demover da vontade de encomendar um imediatamente, rsrs

        • Gustavo73

          Já leu o texto do Bob sobre o Tsi e o câmbio longo.
          “ENTENDENDO O MOTOR 1-L TURBO COM CÂMBIO LONGO”.
          Fala bem disso. O carrinho parece brm interessante. No mínimo por trazer esse motor e quem sabe despertar a concorrência. Se você tiver vontade podia fazer um relato da compra e do carro depois de um tempo. E os preços como estavam?

          • cepereira2006

            Ainda não li o artigo, vou procurar.
            Quando chegar e eu puder andar alguns quilômetros com o meu definitivo, eu volto a postar as impressões iniciais. O prazo de entrega do TSI que me informaram foi de 15 dias.
            Os preços aqui em Floripa, de uma forma em geral, são maiores que nos grandes centros. O usual é tabela mais 2 ou 3 mil, fora a mega-desvalorização do teu usado, isso sem choro valores para fechar. Fiquei feliz por ter conseguido tirar o carro pelo valor de tabela, com muito choro, claro. Creio que muito mais devido à crise econômica, do que pela minha capacidade de negociação. Não tenho Poker face, deixo transparecer minhas emoções, algo que não é bom para a negociação.
            Minhas opções eram o Move com pacote completo e o Cross, sem maps and more e sem couro. O primeiro sairia 44.500 e o segundo 47.000 (em cores sólidas, todos TSI). Achei que a diferença em termos financeiros não era tão grande e acabei pegando o Cross, na cor vermelha (minha esposa queria ver o amarelo, mas não conseguiu, pois na prática non ecziste). Optei pelo Cross por ter um pneu mais largo (185), tem um acabamento em vermelho no painel que segue pela porta, disfarçando a porta vermelha aparente dentro do carro e dá um visual legal. Também pela roda diamantada, que acho a mais bonita dos Ups e do friso lateral, que eu espero que proteja o meu carro do vizinho sem noção da garagem ao lado. O volante também tem um acabamento bacana. O do Move é agradável e tem uma boa pegada, mas visualmente é bem simples.
            Enfim, falei tanto que já está dado o depoimento, rsrs

            • Gustavo73

              Parabéns pelo carro. Valeu pelas informações. Aqui no Rio as coisas são um pouco melhores. Mas nunca comprwi um modelo literalmente no lançamento. E a empolgação quando se adquire o que se quer é normal.
              Abraços

              • cepereira2006

                Realmente me deu medo de fazer isto e levar um carro “verde”, com coisas a ajustar. Só que os últimos dois carros de qualidade que vi lançados (NF e Golf) foram inicialmente oferecidos a preços baixos, subindo logo em seguida. Creio que o mesmo vá acontecer com este Up TSI. Como já estava decidido, resolvi pegar logo, antes que suba. Espero que a VW tenha testado este chuchu direitinho. Abraços

                • Gustavo73

                  Realmente o Golf chegou com preços interessantes e vendeu o dobro na época. Nem me referia ao motor em si, mais aos preços quando é lançamento. Quanto ao TSI, queimando ele a VW queima aqui um nome mundial. E qualquer possibilidade de voltar a vender bem. Pois nem fora ela teria aonde achar um substituto. Ficaria em uma sinuca de bico vom acredito estar a Fiat hoje.

  • Jackson A

    Tecnologia certa no carro errado.

  • Wanderson Fonseca de Jesus

    Quando abastecidos com gasolina E22 ou seja 22% de álcool anidro mas a nossa não é a E27 ou seja 27% de álcool anidro ? de onde tiraram essa gasolina ?

    • Gustavo73

      É a mesma usada nos outros testes. Quando o INMETRO começou era a E22 então mantiveram ele para manter a comparação entre os carros. A gasolina deve ser fornecida diretamente pela BR.

  • RyanSX

    Se é o flex mais econômico então qual o monocombustivel mais econômico?

    • iCardeX

      Em qual faixa de potência?

      • RyanSX

        No caso quero saber o mais economico mesmo, não importa a potencia rsrs

    • Gustavo73

      Diria o Golf 1.4 Tsi.

  • Fabricio Rezende

    Me avisem onde tem gasolina E22 que eu quero.
    Claro que o INMETRO tem toda a sua metodologia, mas queria ver tbm o teste com essa água da E27 que vendem com nome de gasolina!

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend