Home Comprando e Vendendo Como comprar um carro pelo menor preço possível

bruce bueno mesquita Como comprar um carro pelo menor preço possível




É incrível como muitas pessoas acabam comprando um carro e pagando um preço alto demais por ele. Isso acontece por vários motivos… falta de pesquisa, erros em negociações, ir até a concessionária, etc. Opa, espere aí. Seria um erro ir até a concessionária? Em um primeiro momento, sim. Veja porque dizemos isso.

Bruce Bueno de Mesquita (acima) escreveu o livro “The Predictioneer’s Game”, que é um guia para as pessoas conseguirem o que querem na vida usando um estudo de modelos matemáticos de conflito e cooperação entre tomadores de decisão inteligentes. Parece complicado, mas na prática é algo que nos ajuda no dia-a-dia.

E ele publicou também um vídeo mostrando como devemos agir para conseguir comprar um carro pelo menor preço possível. O vídeo está logo abaixo, mas para aqueles que não entendem muito de inglês, o método dele é o seguinte:

1) Decida exatamente que carro você quer, incluíndo equipamentos, cor, etc.

2) Não vá até nenhuma concessionária.

3) Ligue para várias concessionárias perto de onde você mora, em um raio de 20, 30, 50 quilômetros, até a distância que você achar apropriada. (Aqui, para quem mora no interior, cabe pesquisar em concessionárias da capital, mesmo que isso signifique viajar uma distância longa para comprar o carro. Em estados próximos de São Paulo ou do Rio de Janeiro, ir até estas cidades também é uma boa pedida.)

4) Diga que você irá comprar o tal carro hoje às 5 horas da tarde, e que você quer saber o preço dele pelo telefone, que você comprará o carro da concessionária que te der o melhor preço.

5) A pessoa da concessionária lhe dirá que não é possível comprar um carro pelo telefone, então você argumenta que é possível sim, que já viu várias pessoas fazerem isso, usando este exato método (o que não é mentira, pois você viu o vídeo aqui no NA). E diga que se ainda assim o vendedor não quiser lhe dar o preço, você entenderá que aquela loja sabe que não tem o melhor preço e que ela prefere ficar fora dessa negociação.

6) Então a pessoa lhe dirá uma coisa ou outra: “obrigado, tenha um bom dia”, ou falará o melhor preço possível. Talvez mesmo falando o melhor preço possível a pessoa reclame que você talvez comprará o carro de uma loja que der um preço muito parecido, de por exemplo 50 reais a menos.

7) Você falará então que é isso mesmo, a compra será feita na loja com o melhor preço, nem que seja 50 reais abaixo. Por isso, é bom o vendedor falar o melhor preço mesmo, o menor valor possível, para ganhar a venda.

8) Neste momento é bom deixar claro para o vendedor que você quer o preço final, incluíndo quaisquer taxas, frete, etc, pois você chegará na loja com um cheque no valor combinado, e se lá o preço acabar sendo maior, você irá para a próxima loja, com o segundo melhor preço.

Logo em seguida, Bruce comenta que chegou a comprar um carro com preço de 6.000 dólares a menos que em outra loja, graças a este método. Uma jornalista européia fez um teste e conseguiu comprar um carro pagando 2.500 euros a menos do que imaginava.

Nota do editor: eu (Eber) pessoalmente comprovei no passado que as concessionárias sempre querem que você vá até lá para comprar um carro ou saber um preço, e que se você for firme, os vendedores acabam falando o preço por telefone. Muitos comentam também que a melhor época do mês para comprar um carro é no final dele, dias 29, 30, 31… pois os vendedores tem metas a bater e estão mais dispostos a dar descontos nessa época, a fim de conseguir vender aquele último veículo que falta em sua cota.

Veja o vídeo:


  • marcosdias1977

    A maioria das pessoas se deixa levar pela emoção na hora de adquirir um automóvel aqui no Brasil. essa atitude custa caro para o bolso. O conselho, é juntar mais dinheiro e pagar a maior parte do veículo à vista. Evitando o nariz de palhaço.

    • Romis_gtr

      Emoção e pressa……faz 18 anos e a primeira coisa é CNH e carro!

      • Geanmatheus

        E o ego, para mostrar que comprou um carro melhor que o do vizinho!

        • RenePOA

          Parem com esse papo de vizinho, pô !
          Se ele tiver um Uno tu não vai poder comprar um carro melhor ?
          A vida é curta, não percam tempo e aproveitem o máximo.

          • Geanmatheus

            Já ví muitos se endividando sem poder para mostar status.
            Pagando juros altos e financiando em muitas prestações.
            Não sei se isso é bom ,pra mim não.

          • Herumor_

            quando a gente fala de vizinho não é UM vizinho, é o fato de brasileiro comprar carro para mostrar para os outros e não para usar…

            • andre_0102

              Falta cultura(ponto). Educação, trabalho estão em nível inferior a um carro na escala de valores do brasileiro médio. Precisa falar mais….

              PS Aproveitando o espaço das dicas, fica uma(para os amigos do NA): Seguro de carro se faz no começo do mês, é quando os corretores tem desconto para oferecer…

      • Sr_Wilson

        concordo e discordo, concordo pq tirou carteira você já quer um carro e acaba indo pela emoção, discordo pq eu por exemplo já trabalhava a um tempo, isso é, já tinha dinheiro guardado, meu pai ainda complementou (uns 50% do valor, hehehe) o que me faltava pra comprar o carro que eu queria e comecei a procura-lo uns 6 meses antes de tirar carteira e o comprei ainda com 17 anos, isso é eu tinha carro mas não tinha cnh, amigo meu que dirigia pra gente sair, heheheh, e eu agora que já tenho carro, dois alias (um meu e outro da dona encrenca), negocio nem que seja um ano inteiro mas não saio da css sem desconto bom, senão vou pra outra.
        mas a maioria tira a carteira pra depois ir atrás do carro, ai fica naquele desespero e aceita a primeira proposta que consegue pagar…

      • Filipe_GTS

        No exato dia dos meus 18 anos eu comecei a auto escola e o dia do meu aniversário de 18 anos constou no documento de compra e venda do carro que eu adquiri. Cara isso é paixão, vontade imensa de dirigir…

        • LuccasVillela

          Consegui aguentar um pouco mais, fiz 18 anos 02/09/2009. Minha CNH só chegou dia 21/06/2010 e só comprei meu primeiro carro (um Clio) em agosto de 2010, rs.

    • X11auto

      Na verdade, diminuindo o tamanho do nariz de palhaço, pois pelo preço do carro no Brasil, mesmo a vista e com desconto, você ainda leva um narizinho de palhaço!

    • WorthWRT

      Interessante, meu fox saiu 10% abaixo do preço da internet na lábia. Foi o que aconteceu:

      Na minha cidade tavam pedindo preço de internet, então fomos ver na capital onde tem duas concessionárias.
      Na primeira concessionária deram um preço bom, como cor nao era o problema desde que fosse metálica então era bem negociável.
      Pegamos o preço dessa concessionária e fomos pra a outra.
      Nessa segunda tinha o mesmo carro com mesmos opicionais. Nisso a conversa se resume em algo do tipo:
      "Me de seu menor preço possivel, a concessionária A me deu um preço, me dê um preço melhor"
      "Quanto foi que eles pediram?"
      "Só digo depois que vcs me de derem seu melhor preço…."

      No final, compramos na concessionária B, saiu de 49000 (preço internet) por 44800 com emplacamento (outubro) + tapetes e outro mimo que pai pediu.

    • afonso200

      só que nos EUA a negociação funciona……..aquik no feirão não adianta nada. o carro nos dias normais supondo o G5 tá 28,190 $$$ no feirão ele tá os mesmo 28,190………que inferno de feirão é esse ?????? me digam, nos EUA eles fazem de tudo p/ ganahr o comprador, aqui parecem que não querem ganhar dinheiro, ou pior ganham na margem de lucro, dai que eu fico pé da vidaa

      • Tripa-Seca

        É que aqui, se um não cair no buraco, a arapuca está pronta para o próximo…

      • http://www.youtube.com/user/WithintheCloud?feature=guide D7V5

        Duas observações:
        - Americano quando compra financiado (muitos fazem isso) pagam taxas de juros muuuuuito baixas (o juro por lá, nos dias de hoje anda negativo)
        - Feirão por aqui está + para vender financiado do que a vista. Por isso pouca variação no preço. E os juros que o comprador irá pagar, serão de queimar a mão eheheh.

      • radiobrasilcombr

        Feirão é "efeito placebo"… dá falsa impressão de BOM NEGÓCIO.

      • andre_0102

        Feirão foi inventado pelas montadoras e concessionárias para dividir o custo do marketing, é um mega investimento em propaganda e nada de desconto, adivinha quem sai ganhando….

    • BillJr

      Me lembro que teve uma postagem aqui no NA de uma pessoa falando que conseguiu comprar um 0km com um bom preço (claro, em termos de Brasil). Parece que era um Novo Uno 2 portas, com ar, trio elétrico, DH + ABS e Airbags, custando em torno de 30 mil. No post ele fala como conseguiu a façanha.

      • Pedro_Rocha

        Consegui um Corolla GLI 2011 AT por 61K quando o preço de tabela era 70K. Barganhei esse descontão comprando uma semana antes da chegada do xunado 2012.

        A melhor época para comprar carros é na mudança do modelo, pois assim é uma via de mão dupla: você quer comprar e o vendedor quer se livrar do modelo antigo.

  • Astrehl

    Pura realidade! Fiz algo muito próximo disso e consegui pouco mais de 8% de desconto na compra de um carro. Saber exatamente o que quer comprar é o passo mais importante.

    • experientdriver

      sempre tive ótimos resultados em feirões de fábrica

      com diversos vendedores brigando pela venda, consegue-se ótimos descontos fazendo leilão entre eles

      • Ruuubinho

        Feirão era bom, mas agora já não tem muita vantagem. A única vez que consegui um bom preço, foi em setembro de 2005 quando eu e um camarada compramos 2 novo corsa iguais, um p/ cada um. Chegamos no feirão e brigamos forte pelo preço, preço fechado falamos que não era um só carro, seriam 2. Ai foi uma briga de faca entre as concessionárias. Conclusão, veio ambos os carros vieram com rádio/doc/ipva/tapete/friso/tanque cheio e um desconto de 2mil p/ cada um.

    • Debraido

      Na empresa utilizando esse método compramos um Punto essence 1.8 16v por R$44.000,00…. Um ótimo preço, com blue&me e algumas coisas a mais..

    • Eugenissimo

      E você já percebeu a quantidade de pessoas que deixa comentários em sites sobre carros, como o NA, com perguntas do tipo: "Amigos, tenho R$ 50 mil para comprar um carro zero. Qual vocês me recomendam?"

      Juro que nessas horas dá vontade de responder: "Compre a Kombi daquela propaganda ali em cima… é branca, cor da moda!"

      • Tripa-Seca

        Qual o problema da pessoa vir aqui e ouvir/ler nossa opinião. O problema do mercado é justamente os desinformados!

        • Eugenissimo

          Uma pessoa que tenha internet, que seja capaz de encontrar um site sobre carros, e que seja capaz de publicar um comentário em um site, também poderia ser capaz de raciocinar sobre suas necessidades, pesquisar sobre os carros, ao invés de fazer uma pergunta tão genérica. Só ontem já vi 2 comentários do tipo. Quer dizer que tanto faz comprar um Mille com todos os opcionais e acessórios, uma Kombi, um sedã de luxo usado ou uma picape? Isso que eu quis dizer. "Dê-me a resposta pronta e não me obrigue a pensar!"

          • Tripa-Seca

            Porque sempre a Kombi como exemplo? Será que ninguém vê que ninguém compra Kombi para passear?
            Nunca conheci ninguém que comprasse uma Kombi para uso pessoal…Nunca…
            Mas falando sobre o tema, a pessoa sabe das suas necessidades, mas quer ouvir a opinião de outras pessoas…É um exemplo de humildade , isso sim..
            No exemplo que você deu mesmo, a pessoa quer um carro 4 portas, com ar, e equipamentos de segurança, como airbag e ABS. Quantos carros tem nessa configuração? Ou você acha que a pessoa sai de casa falando "Quero comprar um sedã médio com potência entre 130 e 150 Cv, com entre-eixos de 2,60 e na faixa de 50 a 55 mil.
            Eu por exemplo, queria comprar um carro de 30 mil, e tinha que ter prestação barata, baixa manutenção e ter 4 portas…Quantos modelos me atendiam?

            • Eugenissimo

              Eu já conheci gente que tinha Kombi para uso pessoal, sim.
              Nos comentários que eu vi, não havia nenhuma menção aos equipamentos, ao número de portas, a coisa nenhuma. Apenas ao valor – e nenhuma informação a mais.
              E foi por isso que citei a Kombi: para mostrar o disparate de pensar num carro apenas pelo valor que se pode pagar, sem levar em conta as exigências impostas pela utilização cotidiana ou pela situação financeira.

            • thales_sr

              Infelizmente, se for pra comprar financiado, acho que nem olharia pro valor do veículo em si. Negocia, briga pelo valor do veículo, aí os juros do financiamento matam qualquer bom negócio que se tenha feito na negociação do preço… :(

  • JeraDF

    muitas concessionarias vw, fiat, gm e ford tem o tele vendas.
    pode chegar na concessionaria que vcs verão um bando de gente num canto só com o telefone na mão.

    • andre_0102

      Tentando convencer o infeliz a ir lá tomar um café. (segundo passo no manual do vendedor) O primeiro é fazer um cadastro.
      Comprei meu usado a 6 messes, visitei várias CCS e Multimarcas, 2 messes de procura, mas comprei o que queria pelo preço que podia pagar, a vista!

  • marcelosngt

    Boa dica. Obrigado pelo esforço em traduzir pra quem não fala inglês!

  • diegowyvern

    O vídeo é bom, mas matéria não ficou lá bem escrita…

    • AutoIng

      Realmente, o NA está precisando de um redator urgente…

  • carronomundo

    Eu compro quando as pessoas estão desesperadas por dinheiro haha

  • hugogyn94

    Putz sei nao viu,pode ser tao dificil achar um carro com preço abaixo que vc ta com de pagar,eu so acho preço bom so os carros semi-novos.

    • Eugenissimo

      Com a inadimplência crescendo, tem muita gente que se aventurou na compra de um carro full-size (não, não me refiro a um carro grande, mas a um carro cujo preço é maior do que o bolso…) desesperada para vender sua máquina… Isso resulta em bons preços para carros com pouco uso.

      • Antidumping

        Cara, isto é a maior lenda do mercado automotivo brasileiro. Já houveram inúmeras crises e nunca vi nenhum negócio da china. No máximo fiquei sabendo de alguns golpes pega-trouxa.
        Quem quer vender rápido e barato vende em CSS no mesmo dia e ponto final. Quem ganha são as empresas. Consumidor nunca ganha.
        E ainda assim, as pessoas pesquisam entre CSSs para conseguir um preço um pouco melhor ou menos pior.

        • Eugenissimo

          Bem, então preciso dizer isso para os colegas do banco em que eu trabalho, que estão anunciando seus carros no site interno de classificados (intranet corporativa). Quem diria que meus colegas e chefes estão anunciando "golpes pega-trouxa" com os próprios carros…

          Dois meses atrás, uma colega comprou o Captiva 2.4 2011 de outro colega anunciado na intranet por 64.900. O preço médio está em 72.000.

          • Antidumping

            "Quem diria que meus colegas e chefes estão anunciando "golpes pega-trouxa" com os próprios carros…"
            Isto que vc fez se chama distorcer palavras… Eu posso fazer o mesmo, por exemplo:
            Sinto muito pelo banco mão de vaca que está levando seus colegas ao abismo financeiro e o parabenizo por ser o consultor financeiro dos mesmos já que cada um lhe confidenciou a enrascada em que se meteram.
            Curioso é como cada um prefiriu se desfazer dos bens por uma ninharia sem antes pesquisar com parentes, nas CSS ou revendas. Eles devem gostar mesmo dos colegas.
            Sinto pelo seu colega do Captiva 2.4, mas nem de longe a situação dele se assemelha ao problema de inadimplência do mercado. A classe C (responsável pelo dobramento dos números) sequer pode almejar tal bem.
            PS: Quem precisa de dinheiro urgente, vai na loja e vende. E recebe o depósito na hora. Não anuncia na INTRANET.

            • Eugenissimo

              Ok, desculpe, colega especialista internacional em Finanças. Não quis ofendê-lo. Devo ter entendido errado tudo que vejo em meu dia-a-dia. Por exemplo, pensei que um certo banco recordista em lucro tivesse demitido 4 mil funcionários há pouco tempo, mas devo estar enganado. Também imagino que um dos maiores bancos do país obviamente não pagaria jamais um salário mixuruca ao redor de 1500 reais à maioria de seus funcionários, enquanto adquire outros bancos e corta salários. Realmente, o crescimento da demanda, especialmente entre carros acima de 1.0, deve ter sido motivado pela classe C, aquela que trabalhava de empregada doméstica e hoje é advogada. Só fiquei curioso com uma coisa: quanto será que ofereceriam por um Captiva 2.4 2011 se tentássemos vendê-lo a uma loja independente? 258.600 reais? 315.900? Não faço ideia. Agora tenho que acabar de varrer a praça para não perder meu emprego de gari da nova classe média emergente. Fui! ;)

              • Antidumping

                Oh, quanta maturidade! Alguém contradiz o que vc pensa e a solução é a ofensa?
                Quando estamos falando de economia brasileira, o que vc vê no dia a dia seria bem irrelevante… se vc fosse economista.
                Bancário??? Não… nem tanto… O micro que vc vê não reflete o macro.
                Ps: Comprar a concorrência e reduzir salários não é sinônimo de crise ou bolha. É sinônimo de estratégia capitalista. Inclusive demorou pro seu setor, hein? Bem vindo ao que o resto do Brasil vivenciou no século XX.
                Me acorde qdo a demissão na sua empresa atingir 25%. ;)

                • Eugenissimo

                  4.000 colegas de uma mesma empresa viram-se, de uma hora para outra, sem condições de arcar com suas dívidas – como o financiamento de sua casa ou seu carro novo – pelo simples fato de não terem mais emprego.

                  O que eles farão com seus carros financiados?

                  Outros milhares de trabalhadores viram seus rendimentos mensais – com os quais pagavam o "crédito farto e barato" que lhe permitiram ter uma casa nova, um carro melhor… – despencarem. Como farão para arcar com os custos anteriores?

                  Tivemos uma explosão de crédito nos últimos anos – ou, dito de outra forma, tivemos uma explosão de financiamentos imobiliários e de automóveis nos últimos anos. Numa situação assim, qualquer demissão ou redução salarial que atinja milhares de trabalhadores vai fazer surgir no mínimo centenas de inadimplentes – ou de ofertas de bens móveis e imóveis com preços abaixo do valor de mercado pela urgência da venda.

                  Apenas respondi ao seu comentário pretensioso, colega. Sua maturidade é maior do que a minha, pelo visto. Parabéns. Fim de papo.

    • KTA2010

      A regra n.º 1 é nunca comprar lançamentos. Com um lançamento você não consegue alcançar a meta da reportagem. Tem fila de espera, ágil, etc. Normalmente se pega um bom desconto com carro do ano anterior ou quando a fabricante promove alguma mudança significativa no modelo, ou até mesmo quando irá sair de linha. Os dois últimos carros que comprei foram nestas condições. O primeiro foi um Fiesta 1.6 completo 0km por 35 mil reais (desconto de 12 mil reais no preço do site da Ford) em novembro de 2008 (no auge da crise financeira mundial). O último foi um Focus Sedan automático 2009 0 km que comprei em Fev/2010 por 57 mil (desconto de 8 mil reais no preço de tabela), visto que além de ser um carro do ano anterior, é movido somente a gasolina, e como a Ford estava lançando o Focus Flex naquele exato momento, a CCS queria queimar o estoque. Eu acho que é só nestas oportunidades que conseguimos ser menos roubados na hora de comprar um carro novo.

  • Gabriel_Nint

    Nos aqui em casa sempre fazemos isso. A ultima foi com o i30, que era tabelado em 62 mil e a concessionária fazia por 59 mil, automatico sem couro. Conseguimos negociando o banco em couro de graça, que custava 2 mil reais e mais alguns mimos, como a entrega na metade do tempo estipulado por todas as concessionarias.

    Mas também ficamos 2 dias ligando para todas as concessionarias da região sul de SP e até uma de Sto. André, no ABC.

  • Jack_Nicholson

    Parece lógico, afinal o vendedor não pode te enrolar com papo furado e não pode perder a venda…. gostei.

  • Emerson_Lima

    Nas concessionárias VW é muito difícil negociar: todas tem o mesmo preço e pronto. E fazem cara de "se v. não comprar, outro compra". É complicado. Modelos em lançamento também são de negociação ruim.

    • Eugenissimo

      Pior que é verdade. Olha lá a linha 2013 com novas supercalotas, pára-brisas e volante de série do Gol G4, Parati, Golf e Kombi…

      • rafthehay

        Opa, eu perdi as notícias dos últimos dias, é verdade que a linha 2013 do Gol vem com volante??? Só falta me dizer que também tão incluindo adesivo preto na coluna B, aí vc me mata do coração! Tenho que ir pra concessionária.

        • davi_auto

          Esse post mitou, vale a pena ver as pérolas (as "novidades" e os comentários): http://www.noticiasautomotivas.com.br/volkswagen-

        • radiobrasilcombr

          Parece que na linha 2013 vem até chave reserva , estepe, banco com espuma e vidros laterais. E pra melhorar agora o carro vem com PINTURA. Incrível! Por isso que eu AMO a Das Auto… (nunca tive e nem pretendo ter um VW).

      • Tripa-Seca

        Só não entendi o que tem a lista de opcionais pobre com que o cara falou, mas tudo bem…
        E ele também se enganou: O preço da VW varia de concessionária para concessionária, como qualquer marca…

        • Eugenissimo

          É que ele citou a filosofia de venda dos vendedores da Volks: "Se você não comprar, outro compra". De fato, como podemos ver a nova e moderníssima linha 2013, sempre tem um (ou muitos!) cidadão sensato e inteligente para comprar Volkswagen e sustentar as vendas de Gol G4, Parati, Golf etc…

          (sem querer ofender o colega! rsrs)

          • andre_0102

            Liga no final do mês(grande dica da matéria) em mês de poucas vendas, para ver essa postura ir por água a baixo. Eles tem de garantir o leite das crianças como todo mundo…

  • freemontomaisvendido

    Tudo bem que devemos negociar. Mas eu prefiro esperar algum desconto de fábrica. Explico: A margem de lucro de uma concessionária é normal, até abaixa de muitos negócios, pelo mesmo valor. Já o da fábrica é bem maior, então creio que quanto se tem o desconto de fábrica é melhor de negociar. Eu consegui um desconto de 6.000 reais na compra do meu Voyage. Sabe porque? Porque na Fiat, GM, Ford, e algumas VW estavam avaliando meu 207 em 26.000 reais, no máximo. Nessa concesionária consegui junto ao vendedor 30.000 reais, e mais 1.000 reais no carro. Ao seja, 5.000 reais, porém ainda levei algumas coisinhas, como insulfime e emplacamento, totalizando 6.000,00. Isso foi possível devido a uma boa avaliação e o desconto de 1.000 reais de fábrica. Ou seja, o Voyage (36.090,00) saiu para mim mais barato que Celta, Uno, March, e outros.

    • Turbo_Car

      Desconto de fábrica? Você acredita mesmo nisso?

      • freemontomaisvendido

        Acredito assim como existe. O bônus liberado pela montadora, é de acordo com as vendas do modelo. Cabe a concessionária repassar ou não. Numa simulação para a troca do meu Sandero em um Novo Palio ou Punto, o primeiro por ser novo de mercado, não possui o bônus, já o Punto estava com quase 3.000 de bônus. Quando negociamos com a concessionária, eles tentam trabalhar com o preço, em cima desse bônus, caso não consigam, aí sim eles retiram o do pequeno lucro deles para negociar, talvez ganhando vantagem no semi-novo, ou só faz o preço se fizer emplacamento, insufilme.

        • Turbo_Car

          Na época que queria trocar de carro, fui à um feirão da VW aqui em Salvador. O preço era exatamente o mesmo do que na concessionária, a diferença era a forma de pagamento. Você dava x% de entrada e o restante parcelava sem juros (balela!). Somente! Mas o preço base era exatamente o mesmo, sem descontar um centavo sequer.
          Cheguei a sentar pra negociar um Gol Power. O vendedor não tirou um centavo. O Valor do carro era R$ 41.990,00. Com AC, VE, DH e TE.
          Na CSS, o mesmo modelo estava por 42 mil reais exatos 2 dias antes…

          • sergio_masa

            Maravilha né, 10 reais mais barato, e em feirão é aquela bagunça só, som alto, algazarra e confusão.

  • JPaulo10

    Muito útil, especialmente na necessidade de decisão sobre qual veículo e que configuração você deseja, e quanto à melhor data. Você escapa das manhas profissionais do vendedor.
    Mas tem um ponto que o video não mostra: a maioria das pessoas, quando compra um novo carro, negocia como entrada seu veículo antigo. Então, como deixar de ir à concessionária, se o vendedor deve avaliar o carro usado?

    • Eugenissimo

      Sai mais negócio vendendo primeiro o usado para outra loja que faça melhor avaliação, e barganhar um novo já com o dinheiro na mão (ou melhor, no banco, não incentivo assaltos, rsrsrs). Seu comentário mostra para você mesmo como no Brasil as pessoas são apressadas e impulsivas na compra de um carro, que não é algo como um sabonete ou um DVD, que você compra outro no dia seguinte se não gostar…

      • JPaulo10

        Meu irmão tinha um Mégane 1.6 e penou para vender. Usou desde anúncios até idas em lojas. Quem lhe deu o melhor preço foi uma concessionária Toyota, na troca por um Corolla. Tudo é relativo.
        Mas acho que a impulsividade e comodismo (desfazer-se do usado ao mesmo tempo em que se compra o novo) também se devia ao crédito fácil e longo que se praticava aqui, geralmente bancado por financeiras ligadas às montadoras/concessionárias.
        São mazelas, características do mercado brasileiro que o video – logicamente – não mostra. De comum, a dica para fugir da lábia do vendedor, que é igual em todo o mundo.

      • kbk00

        O problema é conseguir vender o seu carro para alguma loja sem comprar outro – a maioria só compra em caso de troca. Claro que você poder vender o seu carro para particular – você pode obter preços melhores mas também é mais trabalhoso. Vai pelo criterio de cada um.

  • Geanmatheus

    É bom comprar carros que os donos não conseguiram pagar o financiamento e dão o carro de graça e você assume o resto…

  • MarcosMV

    Como comprar um carro pelo menor preço possível?

    Mudando de país!

    • filipe_melo

      Colega. Apenas loguei no site para lhe positivar. Não encontrei até agora nenhum comentário mais coerente que o seu!

    • CharlesAle

      Boa marcos,foi disparado o melhor comentário,só mudando de País para ver nosso dinheiro valorizado,pois com essa raça de FDP do governo e da anfavea,nos estamos ferrados………

    • AutoIng

      Eu já desisti de acreditar nesse país faz tempo… Terra de malandro!

    • Tripa-Seca

      Só que a matéria falava do menor preço possível, não de preço baixo ou justo.

      • Eugenissimo

        O menor preço possível para um Celta brasileiro você encontra na Argentina! rsrsrs

  • allannf

    Eu tive paciência e ganhei 5.000,00 na compra de um FOX.

    Passei um bom tempo pesquisando em consercionarias, e em sites de vendas.
    Ate que um dia vim um fox como eu queria.

    O cara tinha tirado da loja faziam 2 meses e estava com 1500km, equipou o carro de tudo que podia, no total ele pagou 42.000,00.
    fez as contas erradas não deu para pagar

    Me passou por 37.000,

    • Eugenissimo

      Acabei de sugerir isso num comentário acima, rsrsrsrs.
      Trabalho no mercado financeiro, e os colegas adoram ostentação… com as facilidades de crédito dos últimos anos e o aperto que isso gerou agora (gente pagando carro novo e casa nova ao mesmo tempo – além de viagens e outros gastos), vejo MUITOS colegas se desfazendo desesperadamente de seus carros e investindo sem alarde em algo mais barato (e "pagável"). Tem muita oportunidade boa para quem é disciplinado financeiramente e não tem afobação na hora de comprar.

    • pessimista2011

      É isso. Uma rápida pesquisa no webmotors e vc já acha carros de todas as marcas com descontos.
      Basta ter paciência, correr atrás e saber negociar.

    • Antidumping

      O que está ocorrendo normalmente é a pessoa rodar com o carro alguns meses e passar o carro de graça caso o novo dono assuma o financiamento. Sem perder nada na prática.
      Inclusive achei estranho o cara ter pago 42k e no final não ter conseguido pagar… Ele pagou a vista ou não?
      Muita gente, muita mesmo, teria medo enorme de comprar carro novo com uma kilometragem tão baixa…
      Tem gente que recebe um carro de lote problemático e entra com processo, prega adesivos e tal.
      Tem gente que vende e compra outro zero e não fica parado.

      • allannf

        o Valor total do carro a vista era 42k, só que ele financiou. Não pode pagar ai eu comprei a vista.

        • Antidumping

          Ah, ok. Neste caso foi bom pra todos…
          Vc pegou um carro zero por um bom preço e ele rodou 2 meses de carro 1500Km, sem andar de busão ou alugar carro e no fim não deveu nada, heheheh.

          • andre_0102

            Pensei a mesma coisa que comentou lá em cima, tem que ficar de olho em barbadas, as vzs o carro apresentou defeitos prematuros e as CCS não conseguem dar uma solução aceitável, muitos acabam repassando.

    • Brunolpi

      Eu comprei o meu FOX PRIME 11/12 em Novembro do ano passado por 42.600 à vista, sendo que o preço de tabela era de 48840. Contudo, fiquei mais de um mês pesquisando e negociando o melhor preço.

      • Krestu

        43k num Fox… Que descontão ein.

        • Brunolpi

          tá achando pouco ou muito? se for pouco olha qual é o carro no site da VW com o valor de 48.840 (só não tem teto e banco de couro) e depois procura um carro do mesmo segmento com os mesmos itens por 42.600,00, talvez vc encontre um camaro.

  • zeuslinux

    Como comprar um carro pelo menor preço possível?

    No Brasil ?! Comprando um carro roubado ou clonado, como muitos vagabundos fazem…

  • Felix_S

    Para quem é do interior tem a sacanagem das lojas não poderem faturar para fora de seu "território". Comprei um carro esses dias e pediram até comprovante de residência, mas pra que se paguei à vista e o Detran só pede a cópia da nota pra emplacamento?

    • Acport

      Isso é outro absurdo que acontece no Brasil. Se você comprar o carro em outro Estado ou fora da área de atuação da concessionária (parece que cada uma tem uma área de abrangência), eles fazem de tudo para você levar o carro emplacado na cidade da concessionária.
      A explicação é que se o carro for emplacado em cidade fora dessa área de abrangência, a comissão vai para outra concessionária, e não a que vendeu.

      • sergio_masa

        Eu fui na Honda de Sao Paulo e eles me disseram que se eu fosse comprar, iriam repassar a venda pra Honda Santos, pois moro no litoral.

  • Rafax

    unico metodo no brasil de comprar qualquer carro de qualidade a preço proximo da realidade so por importação independente, como farei com o meu proximo carro.

    • sergio_masa

      Vale a pena pra carros acima de que valor?

      • garciapepe22

        Gasta-se aproximadamente 125% do valor no país de origem. Acho que para compensar o frete, que custa em torno de USD5.000,00 o carro deve custar no mínimo uns USD30.000,00. Exemplo: Um Camaro SS custa USD32.000,00.+125%=72.000,00USDx1,88=135.000,00BRL. Ou seja, 50 mil Reais de diferença para um de importação oficial. Para os que dizem que não tem garantia: Um motor completo do carro custa 12 mil Dólares nos EUA. Da pra trazer um junto com o carro com a diferença.

  • eethom

    Bem, esta técnica tem lá seu lado verdadeiro.

    Em primeiro lugar, o cara tem TODO o dinheiro para comprar o carro, uma vez que falou que ia fazer o cheque. Com o valor total do carro é MUITO mais fácil comprar um carro e barganhar desconto. Você pode ir na concessionária sim e se não gostar do preço, diga não vai fechar o negócio. Já ocorreu de o vendedor ligar para o cliente de volta com um preço mais baixo.

    Outro ponto está no fato de a concessionária ter o carro que você quer em estoque. Se estiver, o vendedor vai ficar louco para se livrar do carro e vendê-lo logo. Se você quiser um carro com o pacote X e eles tiverem no estoque um com o pacote X e Y, você pode conseguir um bom preço por este carro, com mais opcionais.

    Mas, digo, tratando-se de carros populares e, principalmente, populares lançamentos, fica muito difícil barganhar. Fui ver um Novo Palio e o vendedor (já conhecido) falou: só posso dar desconto de R$ 600,00, a FIAT só autorizou este valor em TODAS as concessionárias (conferi em outra, de outro grupo) e informo que está muito difícil ter carro em estoque, principalmente 1.0. Ou seja, mesmo com todo o dinheiro em mãos, pode ser que você tenha que esperar, tamanha procura.

    A técnica mostrada é adaptável ao mercado brasileiro, pois algumas características não estão presentes em nosso mercado, como carros em estoque.

  • JonathanAbud

    Caro Eber, quanto a sua colocação sobre os melhores dias de compra eu penso que seria melhor no começo, pois é certeza o vendedor ter vendido poucos carros ou até mesmo nenhum, o que pra mim facilitaria uma melhor negociação, e se for deixar para o final do mês, existe a chance de o vendedor ter batido sua meta, e não busque facilitar negócio. Quanto ao melhor mês de compra, vejo os 3 primeiros meses do ano como os melhores para se comprar, visto que é a época que vem as dividas de impostos, presentes do natal, e é uma época que tem carros do ano, mas que foram fabricados no ano anterior e normalmente são vendidos com preço mais baixo.

    • koizo_nit

      A questao é q vc nao vai comprar em UM vendedor, vc vai comprar naquele vendedor que nao bateu a meta, sacou? Por isso a recomendação é IR EM VARIAS LOJAS

      • JonathanAbud

        Concordo, mas mesmo assim é mais fácil encontrar vendedores querendo negociar no início do mês/ano do que do meio para o final, ainda mais agora que tão facilitando compra de carro pra qualquer um.

        • eduardogege

          Mas considerando que o cara pode ganhar um extra fácil (visto que é só uma ligação), provavelmente ele irá fazer um bom preço, independente de ser no começo ou final do mês.

          • JonathanAbud

            Pra mim depende. Acho que se for um carro que seja difícil de vender, concordo com você, é um bom extra, mas se for um carro que ele acredite vender fácil, talvez garantir a venda do próximo mês seja melhor pra ele, principalmente se o mês seguinte tem um historico de poucas vendas…

            • andre_0102

              Sempre depende, negociação não tem regras definitivas, só boas tendencias, mais acho que o melhor é o final mesmo, veja que está fazendo uma pesquisa com vários vendedores, a chance de pegar um preocupado no final do mês é maior, se o cara não fez a meta no mês anterior ele vai ficar mais desesperado ainda no final do outro mês. É este vendedor que está procurando e não quem bateu as metas…

              • JonathanAbud

                E qual sua dica pra identificar os vendedores que não bateram a meta?

  • TTropicthunder

    Isso funciona mais para quem for comprar a vista, no cacau… tipo não vejo vc conseguindo bons descontos comprando em 60 x…

    Se bem q com a inadimplencia ter dobrado (5,5%) os caras estão desesperados…

    • DCald

      normalmente a concessionaria mesmo tenta te empurrar para um financiamento… e, depois do negocio fechado, eles recebem a vista do banco… se vc não pagar, que se entenda com o banco… o deles tá garantido!

  • luishmg

    Como fugir do cartel?

    • JonathanAbud

      Viajando para outro país.

  • Felix_S

    No fundo não tem muito segredo: paciência pra esperar a hora certa e a sorte de estar no lugar certo na hora certa…hehe. Brincadeiras à parte, quando a gente tem que colocar o carro usado na troca, aí tem que ter sorte de vender bem e ainda achar o zero com uma boa bonificação! Troquei meu carro na semana passada, mas depois de uns 3 meses de procura e muitas mudanças de opinião, desisti de Civic, Jetta e Cruze e me decidi pelo 408 THP (sem ágio). Foi a melhor escolha? Em termos de segurança e conforto para a família, acho que foi muito bom. Mas também tive que tomar coragem para encarar um carro que ainda pouca gente tem. Só adianto o seguinte: o carro anda bem e é até econômico.

    • mho

      O carro é bonito, econômico e mecânica BMW. Na boa… se tivesse a mesma grana eu compraria o THP.
      Só as peças que devem ser caras, mas como o carro é novo acho que está muito cedo para se preocupar com isto.

    • eduardogege

      Por quanto você conseguiu? Qual era seu carro anterior e como é a suspensão do 408? Filtra bem as imperfeições ou sente cada milimetro do buraco como o Civic?

      • Felix_S

        Caro Eduardo, meu carro anterior era um Focus Hatch GLX 2.0 10/11. O 408 é branco e veio com banco elétrico. A pedida inicial foi 85K (1 mil de ágio), mas que foi tirado depois. Esse 408 THP ainda é difícil de achar e nem consegui uma base de preço na internet além da tabela de fábrica. Comparando com o Focus a suspensão é bem firme, sendo que a traseira dá umas batidas secas nos buracos, mas comparar com o multi-link é covardia. Mas o carro parece ser bem robusto e no conjunto o carro é muito bom, com destaque para o motor e para o farol de xenon direcional. Como carro pra família foi uma ótima escolha.

    • DCald

      Qdo tem o usado pra entrar na historia o esquema é o seguinte:
      - pesquise o menor valor a vista para o carro pretendido…
      - pesquise o maior valor que vão pagar no seu carro…
      - calcule a diferença… dai vá em uma das 2 concessionarias: ou a que deu o maior valor no seu usado ou na que deu o menor valor para o carro pretendido… jogue as cartas na mesa… não colou? pegue o celular e ligue para o vendedor da outra loja… faça leilão com os dois vendedores ao mesmo tempo…

      Eu já fiz isso e deu certo… peguei o maximo no usado e paguei o minimo no 0km…

  • RALSILVA

    Gostei da dica de telefonar para diversas concessionárias e saber quem é quem. Vale até para mais de um fabricante ao mesmo tempo (ex: quero Freemont, CRV ou Sportage). Só que depois vai ficar todo mundo ligando pra saber sobre a sua decisão.

    Mas é muito melhor pesquisar assim do que sair de casa, sentar na frente de um vendedor, e este não dar a mínima, nem te olhar direito.

  • mho

    Só uma coisa, a maioria dos vendedores prometem mil coisas mas na hora de assinar o contrato e eles podem te tapear nesta hora.
    Parece uma coisa boba, mas leiam o contrato com muita atenção mesmo que demore horas.

  • koizo_nit

    Brasileiro é preguiçoso e acomodado ate quando vai gastar muito $$$, a maioria das pessas que conheço é enrabada, ops acaba comprando, na primeira loja que entra.

    • andre_0102

      Levei dois messes pesquisando e negociando, minha família já estava fazendo piada, alguns achavam que eu nunca iria comprar, me chamavam de enrolado, indeciso. Comprei oque queria, pelo que podia pagar, a vista! Agora eles ainda tem a cara de pau de dizer que eu tive sorte!
      Brasileiro é F*(*&%$&$ mesmo!

  • Alex_cps

    Infelizmente, o comprador de carro brasileiro típico não liga em pagar menos, só se importa com o valor da parcela… e para piorar, ele é FACILMENTE INFLUENCIÁVEL, se deixando levar por qualquer abobrinha que os vendedores falam. Basta ver quanta gente vai na concessionária querendo um carro azul ou vermelho mas acaba levando mais um preto ou prata…. Ou gente que quer comprar um modelo, mas acaba sendo convencida a levar outro, etc…

    • Julio_F

      Pois é.
      O fulano que compra um carro de entrada ao invés de pagar 24x de 1500 acha que 60x de 1200 é mais negócio. Matemática financeira boa que esse povo tem.

      • Antidumping

        O problema é que brasileiro é criativo. Na real ele pode pagar 60x de 700… Mas aí ele inventa, põe os vale-trnasporte nas contas, para de jantar, para de sair no fim de semana atrasa luz, água telefone, escola e pronto…

        • Eugenissimo

          Muita gente "aproveitou a oferta de crédito" para comprar casa, pagando prestações altas, e ao mesmo tempo trocou o carro por um zero km ou bem mais caro que o que já tinha. Em muitos casos, acabaram não conseguindo pagar e tiveram de se desfazer às pressas. Vi gente se desfazendo do imóvel, gente se desfazendo do carro… Isso acontece com mais frequência entre profissionais que não têm emprego rigorosamente estável (professores, por exemplo, podem perder aulas – e renda – de um ano para outro; microempresários…).

          • andre_0102

            A nossa cultura é imediatista, a maioria não pensa a longo prazo, o pior é ouvir coisas como: Só assim brasileiro consegue melhorar de vida.(Que melhorar, acabou de fazer uma divida) ou ainda: Me afundei em divida, mas eu precisava do carro. (Na boa vivia como antes de comprar então). Acho que cada um compra o que quer, quando quer, mas as frases feitas são triste.

  • luizvidal

    eu comprei um peugeot 207 1.6 na epoca era 44 mil e uns quebrados, comprei ele por 38.000 so negociando entre as ccs.
    :D

  • Castle_Bravo

    Aqui não funciona, a menos que queiras um carro exatamente nas especificações que a concessionária tenha em estoque, e outra, a burocracia do emplacamento, documentação, impostos e mais um monte de bobagens atrasa a entrega em uns dois dias, além da papelada toda pra assinar.

  • Filipe_GTS

    O negócio é barganhar…

  • snsrafael

    Vou relatar um fato que ocorreu comigo no final de novembro do ano passado, quando fui atrás de um carro 0km que custasse no máximo R$ 40.000,00, uma faixa de preço triste, aonde vc pode ter no máximo um carrinho popular 1.6, com alguns itens essênciais.

    Me dirigi a uma concessionária da VW aqui em Curitiba, que se chama Servopa, fui ate esta concessionária junto de um colega, o qual um ano antes, tinha adquirido um Gol G5 1.6 Power por um preço até então interessante (se comparado com a tabela), tal motivo foi o principal por eu ter escolhido ir lá.

    Chegando lá o vendedor que ele conhecia nos recepcionou e logo então sugeri o carro que tinha interesse (Gol G5 1.6 Power), sem mostrar muito interesse eu fui escutando o preço que ele disse que o carro custaria, tentando me encantar com os super acessórios (ou calotas) eu segui apenas ouvindo, sem esboçar qualquer encanto com o que ouvia, enfim ele me perguntou qual modelo e com qual acessórios eu queria, então disse que tinha interesse no Gol G5 1.6 Power com computador de bordo, porém ele me informou que o c.b só vinha junto do i-system, que compõe o pacote i-trend high, e os outros opcionais vinham no KIT VIII.

    Então ele me informou que o Gol, custaria R$ 47.660,00 (sem piscar, mas vomitando pelo canto da boca com essa insanidade), eu disse: 'vc ta de brincadeira, num gol?', ele esperava um sorriso meu acredito, foi então que eu disse 'eu nunca vou pagar isso nesse carro, obrigado', ele respondeu rapidamente 'Quanto vc pagaria?', eu respondi 'Pago R$ 40.000,00', isso mesmo, R$ 7.660,00 a menos que o preço que VW aplica nos clientes, muita gente aqui se sentiria mal de oferecer isso acredito, mas eu sempre li esse blog, e o que mais se aprende é que nada aqui vale o que se cobra, por isso resolvi 'chutar o balde', pra ver como ele reagia, foi então que surpreedentemente (ou não), ele disse 'Só um minutor, vou falar com o meu gerente'.

    Algum tempo depois, ele voltou com um ar sério e me disse, 'Ok Rafael, consegui por R$40.500,00', isso mesmo, magicamente ele jogou 'fora' os R$ 7.160,00, eu disse que iria pensar e fui embora da concessionária. Não retornei la e nem entrei em contato, ele acabou me ligando dizendo que mantinha o preço e me oferecia os tapetes do carro de 'graça', rs… Enfim, esse desconto só foi possível pois era fim de mês, eles tem que fechar a cota senão são penalizados pela fábrica, e principalmente por um único motivo, o qual me foi revelado em outra css, eles me deram esse desconto pq a maioria paga o que eles querem.

    ps: Nao comprei o carro, e estou até hoje tentando achar um carro 0km que valha gastar até uns R$ 45.000,00.

    • Eugenissimo

      Uau! Depois dessa me deu vontade de ir em todas as concessionárias Volks que encontrar, só para perguntar o preço e dizer: "Tá louco, tudo isso NUM GOL?"

      Falando sério, não sei se valeria a pena comprar um zero km daqui para a frente que não venha com AB2 e ABS de série, já que em 2014 serão itens obrigatórios (caso não façam uma maracutaia política para livrar a cara dessas "montadoras"). Ou seja, pouco mais de um ano e meio…

      • sergio_masa

        Acho que é uma boa dica mesmo hem, ir em qualquer concessionária no último dia e pedir um carro popular completo, a maioria acho que vai ficar perto dos 50, aí vem a dica de ouro: exclamar: O que, tudo isso num _______ (palio, gol, uno, etc). Pago 40 no máximo. Se não der certo, tente na próxima concessionária. :)

  • metal_sm

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Acabei de chegar da aula de "Teoria dos Jogos" do curso de Economia que faço de noite. Teoria dos Jogos se aplica a muita coisa desde a conflitos armados até a relacionamentos amorosos, afinal a vida é como um jogo onde a sua decisão muda o resultado tanto para voce quanto para os outros

    • sergio_masa

      Então, mas essa teoria dos jogos fala que um esquema só é bom quando muita gente não sabe sobre ele. :)

  • O_Corsario

    Pois é, talvez por telefone seja mais difícil, mas para pagar menos daria as seguintes dicas:
    - pesquisar bem os preços do carro desejado e dos concorrentes
    - pesquisar em diversas concessionárias, para quem mora nas capitais é moleza.
    - principalmente, NÃO TER PRESSA.

    • Debraido

      Vou colocar mais uma..
      - Deixar o fanatismo de lado.

  • 26motivos

    Eu fiz algo aprecido com isso quando meu pai foi trocar o carro em 2010. Ele mora no interior do rio, queria um corolla e estava pra fechar com uma revenda perto da cidade dele por 69, que era uns 500 reais abaixo do preço de tabela. Então resolvi ligar para uma concessioria daqui de sao paulo e falei exatamente isso para o vendedor: perguntei se tinha o corolla no modelo que ele queria a pronta entrega e falei que ele tava fechando por 69mil em outra cidade, mas que eu achava que tava caro, que se ele fizesse um bom preço eu convencia o velho a vir a sampa e fechar com ele, o pagamento seria a vista, o vendedor fechou por 66mil + ipva e alguns brindes, acho que dava até pra diminuir mais, mas já tinha ficado satisfeito. Passei o telefone do meu pai pro vendedor, eles terminaram a negociação pelo telefone, e dois dias depois retiramos o carro na concessionaria. De quebra ainda ganhei mil reais de "comissão"!

  • Julio_F

    Para comprar qualquer coisa na vida com o intuito de economizar é necessário pesquisar preço e negociar, as vezes exaustivamente. E fazer isso sem ter vendedor olhando no seu olho com cara de choro nem te servindo champanhe é bem mais fácil.
    Eu sempre economizo ainda mais, porque não compro carro 0km de maneira alguma. Pesquiso exaustivamente por uma carro pouco usado e em bom estado. É demorado, mas financeiramente compensa muito.

    • http://www.youtube.com/user/WithintheCloud?feature=guide D7V5

      Julio F, está certo. Funciona para a compra racional. Deve-se tomar muuuito cuidado com a procedência do veículo e o estado de conservação.

  • LucianoRN

    Fiz mais ou menos isso na compra do meu March a vista. Fui pessoalmente na Nissan aqui de Natal e o vendedor me tratou com desdém, me ofereceu apenas os tapetes "free", sem negociação e com entrega do carro para 30 dias. Liguei para Nissan em João Pessoa e Recife. Acabei comprando em Recife com tapetes, película, carter grátis, IPVA com desconto e ainda entrega em uma semana!
    Agora aprendi!!!!

  • fschulz84

    Uma coisa que vejo muito acontecer também é a pessoa achar que fez um bom negócio pagando R$ 300,00 a menos por um semi-novo, comparado com o mesmo modelo de outra loja, mas que avaliou o semi-novo de entrada por um valor menor…

    Quando fui comprar meu Focus, no ano passado, já sabia o que queria… Foquei nas características que escolhi (2008 1.6 Flex, cor metálica ou perolizada, tentando fugir do preto ou prata, GL ou GLX, em boas condições).

    Depois de três meses de pesquisas (a maioria pela internet mesmo, boa parte das negociações realmente tentei fazer por telefone), separei aqueles que, no momento me pareciam mais interessantes e fui às lojas, para ver o quanto pagavam no meu Fiestinha Rocam 2001… Em uma loja, encontrei um Focus muito bonito, azul, a cor que eu queria, por 28,5k, conservado… Mas quando foram avaliar meu Fiesta, que valia 12500 FIPE, ofereceram 7800….

    Já na CCS Ford que fechei a negociação, existiam pelo menos uns 8 veículos com a característica que eu queria, e ainda avaliaram meu Fiestinha em 11,5k… Levando em consideração que eu paguei 12,5k no Fiestinha em 2008 (na época valia 14,5k FIPE) e depois de quase 3 anos e 60mil km rodados, creio que a negociação foi boa.

    O preço do Focus era um pouco mais caro (29k) e o escolhido foi da cor verde, mas para qualquer outro preto/prata que eu negociasse, a avaliação continuava a mesma e creio eu que entregar meu Fiestinha na CCS acabou sendo um bom negócio, tendo em vista que peguei o carro desvalorizado, rodei muito e ainda só "perdi" R$ 1000,00

    Mas a maioria das pessoas, não levam estes fatores na hora de uma negociação, somente se baseiam pelo R$ 49.999,99 e acham que estão fazendo um bom negócio por estarem pagando na casa dos 40mil e não dos 50!!

    • JonathanAbud

      E se não tiver tanta pressa, ainda pode vender para outra pessoa, ao invés de vender para concessionaria, que normalmente não avaliam bem o carro e jogam o valor lá embaixo. Quando fui trocar meu carro, avaliaram meu Vectra 2.2 8v 2000 em 7.500, vendi pra uma pessoa por 15.500… Eles supervalorizam o produto deles e rebaixam o nosso.

      • fschulz84

        Ah sim!!! Eu tentei vender o meu, indo a feiras (Anhembi e ABC), mas não saiu nada concreto… Só entreguei na CCS porque achei que para aquela negociação, acabava valendo a pena! :)

        • JonathanAbud

          Pois é, há casos e casos, no meu eu teria me dado mal, já no seu valeu a pena. O importante é não deixarmos desvalorizarem nosso produto.

          • fschulz84

            E não aceitarmos a supervalorização do deles!

  • marciomvo

    Gostei do método. Mas acho que só funciona se não tiver que dar o usado como entrada. Como para vender o usado hoje em dia é complicado, melhor colocá-lo diretamente na negociação. Se fores vendê-lo para um garagista, vão te pagar ainda menos que a concessionária. Então, no meu ponto de vista, nada como negociação direta e exaustiva entre vários concessionários.

    • http://www.youtube.com/user/WithintheCloud?feature=guide D7V5

      marciomvo, o jeito é você tentar vender o seu carro você mesmo. Dá trabalho e toma tempo, mas pode valer a pena. Afinal, dinheiro não vem sem esforço (pelo menos para que não é Banqueiro ehehehe). Uma regrinha que qualquer um pode aplicar é a de se colocar (a sí próprio) um prazo razoável para vender o seu veículo (divulgue entre amigos, ponha na Net, vá a feirões). Se o prazo vencer e você se esforçou, então vá brigar pela menor diferença a pagar (novo – usado), caso contrário, você vendeu e tem o dinheiro para brigar a compra a vista.

      • Eugenissimo

        Você disse tudo!
        Sem contar que a "maior valorização do seu usado" feita pela concessionária numa troca nada mais é que um desconto no preço do modelo novo. Se vendedores de carro fossem pessoas caridosas que fazem boas ações, não teríamos esses preços que temos…

      • andre_0102

        Concordo mas as CCS ganham muitas pessoas efetuando a troca somente depois que o seu novo chegou, meu irmão foi nessa alegava que não poderia ficar s/ carro, perdeu fácil 5k… Até se alugasse um ficava no lucro, mas sabe como é brasileiro, não quer se "incomodar"…

  • http://www.youtube.com/user/WithintheCloud?feature=guide D7V5

    Bom vídeo, bom post.
    As técnicas de negociação ajudam as pessoas racionais de sangue frio.
    O grande destaque é o da informação. Conhecer o produto. Familiarizar-se com o mercado e negociar com a informação.
    Costuma funcionar ehehehe.

  • aitaturbo

    Eu comprei meu ultimo carro desta maneira, um Subaru WRX, liguei para varias concessionarias do pais, procurando cor e preço, e fechei na que realmente ofereceu a melhor proposta, sem nunca ter colocado o pélá. Tudo foi feito por telefone e email, do preenchimento de proposta ao envio das fotos do carro quand este chegou do Japao. Só fui ver o carro quando ele me foi entregue em uma plataforma na frente da minha casa, em outro estado. A tática funciona sim, ainda mais se for a compra de um carro de maior valor e de mercado restrito como meu.

    • Brunolpi

      Pela primeira vez vejo uma pessoa comprando um carro caro fazendo isso. Parabéns! Se todos fizessem isso, independentemente do valor do carro, teríamos preços melhores. Fiz isso com dois carros um CRUZE LTZ (consegui 3.390,00) e um FOX PRIME completo (consegui 6.276,00).

  • Moy

    Me lembro quando minha esposa foi trocar o carro e queria pagar à vista a diferença.
    Sugeri que ela fizesse a pesquisa sozinha.
    Quando ela achou o melhor preço e "cortesias", eu fui sozinho e procurei o vendedor.
    O cara ficou com medo. A aborgadem foi totalmente diferente. O cara tinha oferecido como "cortesia" uma lavagem e polimento, dentre outras absurdos, como carpete no porta malas.
    Fiz uma séria de perguntas técnicas, sobre segurança e mercado.
    Resultado: Não fechamos negócio.
    O terceiro "melhor" preço é que oferecia, de fato, um ganho muito maior.

    Resumindo: As css ainda acham que todo mundo compra por impulso ou por ter a sensação que "saiu ganhando" algo.

    • andre_0102

      Verdade, por isso que achei importante a sitação do período da compra, no fim do mês, se as vendas não foram boas, o vendedor quer fechar negócio, acabou o tempo para joguinhos de palavras e balelas.

    • O_Corsario

      Verdade, é incrível como tem gente pagando R$35.000 num carro e feliz pq ganhou um jogo de tapetes de vinte reais, lavagem e um suposto "protetor de cárter" que muitas vezes nem existe!
      É como digo, num mercado que o diferencial é esse não existe concorrência séria!

  • marciomvo

    Valeu a força, D7V5. Fim do ano, creio que terei que trilhar este calvário. Vou seguir o teu conselho. Abraços.

  • Punto

    Isso é MUITO relativo. Primeiro que vale para quem vai comprar o dinheiro sem dar outro em "troca", ou seja, sem usar o seu usado como parte do pagamento. Só aí elimina uns 70% de quem compra carro 0km… Outro ponto é a fidelização com a autorizada, já que cliente fiel NORMALMENTE tem melhores descontos. Agora algumas coisas valem como não comprar carro no lançamento, até por outras razões (o Punto é o melhor exemplo, sendo "acertado" no decorrer dos meses, sendo OUTRO carro a partir de 2009, não obstante igual na aparência interna e externa). Mas eu particularmente gosto de esportivos e novidades, então…

    • andre_0102

      Meu amigo me permita discordar parcialmente, acho que vale a pena mesmo que não vá fechar negócio, para saber até onde vai o preço dos vendedores, já fica preparado p/ negociar pessoalmente e até jogar revenda contra revenda. Essa história de fidelização é muito relativa, em muitas revendas(na minha opinião na maioria) isso é conversa, só dão os descontos que dariam para qualquer boa negociação, mas concordo que a diferença entre modelos complica, por isso é importante conhecer bem o produto e se for o caso partir p/ 2o, 3o….. melhor preço.

  • AMLAJD

    Se tiver dinheiro para pagar à vista ou um bom cadastro para aprovar um financiamento, principalmente isso, os caras comem na sua mão.

  • Brunolpi

    Meu pai estava querendo comprar um cruze LTZ. Olhamos na concessionária aqui da cidade e eles queria 79.000,00 no carro e diziam que não tinha como tirar mais. Então, negociamos com uma concessionária de outra cidade e ela nos passou o preço de 78.500,00. Ao entrar em contato com uma nova concessionária falamos com o vendedor que queriamos o carro para pronta entrega modelo 12/12, mas que só iriamos comprar se o desconto fosse melhor que os 78.500. O vendedor foi conversar com o gerente e nos trouxe uma proposta de 77.500,00. Ainda não era o ideal, mas acabamos fechando por esse preço. Acredito que tenha sido um ótimo preço, mas ainda poderia ter caído mais.

  • Eugenissimo

    Qual o prazo ideal para vender ou comprar um automóvel? Nunca vi ninguém fazer excelente negócio quando está com pressa "por ter pouco tempo livre". Seja para negociar um carro, uma casa, ou o que for.

    • Antidumping

      "Uma regrinha que qualquer um pode aplicar é a de se colocar (a sí próprio) um prazo razoável para vender o seu veículo (divulgue entre amigos, ponha na Net, vá a feirões). Se o prazo vencer e você se esforçou, então vá brigar pela menor diferença a pagar (novo – usado), caso contrário, você vendeu e tem o dinheiro para brigar a compra a vista."

  • Binho_DF

    O método é válido, porém em algumas cidades só há uma concessionária da marca do carro que você quer e aí fica difícil usar este método. Em alguns casos como de motos importadas, em Brasília por exemplo, só há uma concessionária de algumas marcas para a venda de motos importadas e aí não tem jeito. A única solução é comprar em outro Estado. Já fiz isso com um Honda civic LXS 2008 e uma Honda CBR 1000RR 2008, mais há um preço a se pagar, que no meu caso foi o péssimo atendimento no pós-venda, o que resultou em mudança de marca. Hoje, 2012, possuo carro e moto de outros fabricantes e veículos da Honda por enquanto, não obrigado.

  • deliotech

    REPUTAÇÃO da concecionária, creio que também seja de importância fundamental. Há de tudo no mercado – estelionatários, psicopatas, relapsos, aventureiros … Antes de fazer negócio, experimente jogar o nome da concecionária em questão no site do Reclame Aqui – http://www.reclameaqui.com.br – Parece meio óbvio e até mesmo sem sentido. Mas garanto que você irá ficar de cabelos em pé com a reputação de algumas empresas. Tem até aquelas que já tiveram o Celso Russomano fazendo escândalo na porta … Outro problema são as concecionárias com vendedores psicopatas. Frios e sem escrúpulos, vão tentar aplicar golpes sustentando margens de lucro absurdas. Simplesmente caia fora. Se perceber algum tipo de manipulação ou indução à erro, levante-se da mesa e saia sem olhar pra trás. O dono do dinheiro manda, e ponto. Seu poder é devastador.

  • ADimon

    Corretíssimo! O vendedor sabe que você quer preço e ele vai trabalhar preço. Vai levar ao limite pra você ir até a loja dele.
    O problema de muitas pessoas é a comodidade. "Ah, eu não vou até em tal cidade pra comprar o carro, é muito longe. Posso comprar aqui". (economizei 5% fazendo isso! – um bom pedaço do meu salário, digo, deixei de trabalhar algumas horas pra aproveitar a vida!).

  • marcelo_ricardo

    Pesquisar na internet é uma boa opção…
    Depois é só chegar na CSS e falar "quero comprar tal carro, achei por tal preço nesse endereço, o que vocês podem fazer?"

  • RALSILVA

    Sim, as armadilhas é que são elas. Por isso que tenho medo de entrar na FIAT. Prefiro aquele básico meio que completão, hehehe. E por favor, nada de teto solar. Moro no Brasil, isso é coisa de europeu sem sol.

  • Tanaka

    Eu não conhecia o método mas sou um pechinchador nato, pesquiso muito antes de comprar e faz TOTAL sentido o vídeo. Ano passado eu comprei um Fiat 500 Cult Dualogic com pintura branca perolizada, teto solar, som bose, volante de couro, bluetooth, o top da linha cult por R$ 46.000,00, quanto era o valor de tabela? Beirava os R$ 50 mil e em nenhuma concessionária existia o carro, eu estava quase que comprando um vermelho manual ou um branco sólido. Eu fiquei duas semanas procurando, todos vendedores diziam que era preciso fazer o pedido e iria levar de 100 a 180 dias para chegar o carro. Pesquisando, via telefone mesmo, consegui o carro a pronta entrega em Curitiba (sou de SP/Capital) e em uma concessionária do lado oposto de onde moro. Acabei comprando em SP mesmo, foi pagar e levar dias depois (existe um prazo mínimo de compensação, gerar a nota fiscal, etc. não dá para vc pagar e levar no mesmo dia). Nas concessionárias mesmo eu só pisei para fazer o test drive e outra retirar o carro, foi tudo feito remotamente, via telefone, transferência bancária e motoboy. Nota 10 esse post! Se todos fizessem isso os preços iriam baixar cada vez mais e mais, é preciso valorizar a grana que ganhamos!!! Aproveitando, eu vendi o carro essa semana e vou aplicar a técnica novamente, só que dessa vez com a Chevrolet, vamos ver, conto aqui depois como foi. Abs, Silvio Tanaka.

  • Tanaka

    Outra dica, prefira comprar também entre Março a Abril e Agosto a Setembro, reparem que são os meses que as montadoras fazem mais promoções, pq? Pq as vendas caem e é hora de aproveitar ;) Boas compras! Ah, sobre usados eu tb tenho uma boa técnica para não comprar uma bomba, se quiserem depois posso dar as dicas. Abração!