Amortecedor recondicionado: O que é? É bom? Vale a pena?

molas amortecedores máquina
molas amortecedores máquina

Você já se deparou com a necessidade de substituir os amortecedores do seu veículo? Se sim, certamente sabe que essa tarefa pode ser um tanto quanto custosa.

No entanto, existe uma alternativa mais econômica que pode interessar a alguns: os amortecedores recondicionados.

Vamos falar um pouco sobre o que são os amortecedores recondicionados e se eles valem a pena ou não.

O que é o amortecedor recondicionado?

O amortecedor recondicionado é um amortecedor usado, que teve seus componentes internos trocados, para voltar a funcionar corretamente, e, na medida do possível, perto de como seria um amortecedor novo.

Por que usar um amortecedor recondicionado?

As empresas que fazem esse serviço destacam dois principais benefícios:

  1. Você vai economizar em relação ao valor de um amortecedor novo
  2. Estará contribuindo para a sustentabilidade ambiental, por aproveitar componentes ainda úteis
amortecedores esportivos
amortecedores esportivos

Como o amortecedor é recondicionado?

Primeiro, o amortecedor é completamente desmontado para acessar todos os seus componentes. Em seguida, cada peça é inspecionada para identificar danos ou desgastes.

Essa inspeção permite que apenas as peças realmente danificadas sejam reparadas ou substituídas, evitando assim gastos desnecessários.

Após a inspeção inicial, todas as partes são limpas e preparadas para a fase de reparo.

Em alguns casos, reparos pontuais podem ser realizados, como a soldagem de trincas ou o remanejamento de peças desalinhadas.

Nesses casos, as peças danificadas são trocadas por componentes novos e compatíveis com o amortecedor em questão.

Desvantagens

Embora o uso de amortecedores recondicionados ofereça vantagens financeiras, é importante estar ciente dos possíveis riscos ou limitações associados a essa escolha.

Um dos principais pontos a serem considerados é a qualidade dos componentes utilizados no processo de recondicionamento.

Dependendo da empresa ou oficina responsável pelo serviço, pode haver variações na qualidade das peças e no nível de habilidade dos técnicos envolvidos.

Além disso, as peças usadas nos amortecedores podem ter sido submetidas a desgaste prévio e podem não oferecer o mesmo desempenho e durabilidade que um conjunto novo.

Vale a pena usar amortecedor recondicionado?

Este editor que vos fala já instalou amortecedores recondicionados em um carro, em uma época de vacas bem magras, lá por volta do ano de 2003, 2004, em um saudoso Kadett GSi preto, ano 1993, modelo 1994.

E infelizmente a experiência não foi boa, pois a empresa que fez o serviço tinha muitas limitações. Desde o começo, parecia que aqueles amortecedores não tinham 100% da eficiência de peças novas.

Na prática, a maioria das empresas que fazem o recondicionamento de amortecedores acaba prestando um serviço de baixa qualidade, entregando amortecedores ruins, ou que vão continuar bons por um período bem menor do que amortecedores novos e com garantia.

Aí as vantagens financeiras com essa decisão acabam sendo anuladas.

O que recomendamos é o uso somente de amortecedores novos, que irão trazer a devida segurança para você e sua família, e uma vantagem econômica maior a longo prazo.

google news2 Quer receber todas as nossas notícias em tempo real?
Acesse nossos exclusivos: Canal do Whatsapp e Canal do Telegram!

O que você achou disso?

Toque nas estrelas!

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.


Últimas Notícias



Autor: Eber do Carmo

Fundador do Notícias Automotivas, com atuação por três décadas no segmento automotivo, tem 18 anos de experiência como jornalista automotivo no Notícias Automotivas, desde que criou o site em 2005. Anteriormente trabalhou em empresas automotivas, nos segmentos de personalização e áudio.