Usado da semana

Carro da semana, opinião de dono: Jeep Renegade Longitude 1.8 Flex

jeep-renegade-longitude-flex-vermelho-1-700x394 Carro da semana, opinião de dono: Jeep Renegade Longitude 1.8 Flex

Olá pessoal, meu nome é Rodrigo, tenho 39 anos, sou engenheiro mecânico e moro em Salvador. Gostaria de saudar os leitores do NA! Apresentarei a experiência que tive ao adquirir o Jeep Renegade Longitude 1.8 Flex!



Estou com o carro há quase 3 meses, utilizando-o para ir ao trabalho e para o lazer. Mesmo com pouco tempo, já posso afirmar que o relato de minha experiência pode ajudar a espantar algumas lendas urbanas que rodeiam este modelo.

DECIDINDO TROCAR DE CARRO – abril de 2015

Eu já tive de tudo um pouco em matéria de carro. Brasília, Chevette, Uno ELX, Palio 500 anos, Astra GSI, Focus GLX, Honda FIT LX, Fiat 500 Cult, Fusion AWD e por último estava com uma Honda CR-V EX AWD e um Ka SE.

Como a CR-V, que estava com minha esposa, já estava no 8º aniversário decidimos trocá-la por um SUV/Crossover automático novo. Foi bem na época em que ocorreram os lançamentos do HR-V, Renegade e 2008. Minha intenção era negociar a CR-V, mantendo o Ka SE que estava praticamente 0 km.

jeep-renegade-longitude-flex-vermelho-13-700x394 Carro da semana, opinião de dono: Jeep Renegade Longitude 1.8 Flex

ESCOLHENDO O CARRO

Fizemos o test drive em todos os carros citados acima. Não foi fácil. Fomos à Ford e o atendimento foi normal. Não tentaram empurrar nada diferente do que queríamos. Já fui direcionado pelo EcoSport automático.

Ao entrar no EcoSport Freestyle Plus AT notei que o acabamento interno até que é bom além de ser bonito. Plástico duro? Todos têm. Não achei as tão faladas rebarbas e não vi desalinhamento grotesco. Achei o espaço interno suficiente para mim, minha esposa e o bebê.

O porta-malas é pequeno, ainda mais com as caixas de roda limitando as laterais, reduzindo o aproveitamento dele. O sistema interativo Sync é muito bom, mas aquela telinha ao fundo do painel central com seus comandos manuais nada intuitivos não animam, além de não ter câmera de ré. Compensa apenas por ser um sistema bem efetivo. Airbag frontal e cortina fazem parte do pacote do carro, conta bastante!

No test drive achei o EcoSport bem gostoso de dirigir, tem uma dinâmica veicular bem afinada e responde bem. Suspensão bem macia, confortável. A motorização 2.0 é forte, achei mais do que suficiente para o carro. Mas a troca de marchas no botãozinho da alavanca é dose.

A versão Freestyle Plus AT tinha valor de R$ 82.000,00 e a negociação não foi muito interessante, chegando apenas aos R$ 80.000,00.

Fomos à Honda e o atendimento foi festivo, pois o HR-V acabara de ser lançado. Entrando no carro achei o acabamento interno superior. O painel emborrachado é legal e com certeza vai dificultar os barulhos que podem aparecer com o uso. O console central elevado com as entradas USB abaixo dão uma impressão de modernidade, mas dificultam o manuseio. O espaço interno é melhor, o porta-malas também, mesmo com invasão das caixas de roda nas laterais. O sistema interativo é simples, considerando apenas o bluetooth, sem comando de voz. Airbags apenas na região frontal.

No test drive o HR-V se mostrou um carro muito bom de dirigir também, porém a posição de dirigir considerei inferior ao do EcoSport. Me senti mais em uma perua FIT do que num SUV/Crossover. Os valores também não agradaram muito. A versão com central multimídia HR-V EX sairia por R$ 81.400,00 sem choro nenhum, e nem comando de voz…

Fomos à Jeep. O primeiro contato com o Renegade me surpreendeu pois eu não o achava lá essas coisas pelas fotos, mas ao vivo é bem bacana. Ao entrar no carro notei que o acabamento era também superior ao primeiro carro que eu vi. Pau a pau com a Honda, porém com manuseio das entradas USB mais ergonômicas, assim dizendo.

O espaço interno estava entre Eco e HRV, aceitável. O porta-malas é pequeno, porém o fato dele ser totalmente retangular facilita o uso e otimiza o aproveitamento dele. Sabendo usar, ele acomoda sua bagem direitinho.

Fiz o test drive e claro, achei que o motor era um pouco mais fraco do que os anteriores, mas nada como já ouvi por aqui que tem que pisar fundo para sair do lugar, que é horrível… exagero. O motor roda bem e atende perfeitamente.

Rodei normalmente e me senti muito confortável pela excelente posição de dirigir, câmbio automático bem escalonado com trocas suaves além da suspensão bem acertada. Realmente ela se mostrou suave na medida e forte o suficiente quando exigido (rodei em pista lisa e em outra bem detonada no trajeto que fiz, orientado pela vendedora. Vai ver era para sentir mesmo a diferença de rodagem). Rigidez torcional realmente elevada! O carro se mostra mesmo muito robusto.

Como já estava de olho em SUV automática com central, avaliei a versão Longitude. Já vinha com o UConnect com comando de voz, mas era a de 5”. Utilizei o GPS do Renegade e não tive nenhuma dificuldade em segui-lo na tela de 5”, nem ao utilizar a câmera de ré. Muito bacana os paddle shifts! Quem não concorda com o tempo programado da transmissão automática pode adiantar o engate ou reduzir. Como está à mão, fica fácil.

Preço de R$ 80.900,00 sem choro também e com apenas airbags frontais. O kit segurança sairia por mais R$ 3.600,00, que acrescenta airbag cortina, lateral, joelho e sensor de pressão dos pneus.

E por fim fui à Peugeot. De longe vi o 2008 Griffe AT e achei bem bonito, mas pequeno. A impressão de estar diante de uma revitalização da Escapade era grande. O interior do carro é muito bem feito também, mas não há emborrachado. Há muito do famigerado plástico duro com pintura que ajuda a disfarçar eventuais irregularidades.

Dos que eu avaliei era o mais completo. 6 airbags, central multimídia 7” (sem câmera de ré), paddle shifts, banco de couro, teto solar grande (não abre, mas a impressão é muito boa) e porta-malas pequeno também, porém no mesmo esquema do Renegade, praticamente retangular para melhor aproveitamento.

Só tinha a versão THP para test drive. O motor é mesmo demais! Para quem gosta de ficar arrancando, esse é o carro. Ele responde muito rápido e te empurra contra o banco mesmo! Mas depois de 10 minutos e meio tanque gasto, acredito que não faria mais essa brincadeira. Já passei por isso quando tive meu primeiro carro potente. O carro roda macio, mas a sensação foi parecida com a que eu tive no HR-V.

O preço estava bem fora do que via na internet. 2008 Griffe AT por R$ 77.190,00. Questionei, pois, estava aguardando algo em torno de R$ 74.900,00 conforme divulgado pela própria Peugeot. Aí disseram que era o frete e a cor tinha que ser a vermelha e etc.

jeep-renegade-longitude-flex-vermelho-10-700x394 Carro da semana, opinião de dono: Jeep Renegade Longitude 1.8 Flex

AVALIAÇÃO DO USADO E DECISÃO

Avaliei a CR-V EX AWD 2007 para negociar:
FORD: R$ 29.000,00 / HONDA: R$ 33.000,00 / JEEP: R$ 30.000,00 / PEUGEOT: R$ 25.000,00

Desanimei demais… mas na Jeep acabaram por avaliar o meu Ka SE por R$ 35.000,00. Praticamente o que paguei nele 8 meses antes. Com boa avaliação do Ka, belo design do Renegade (eu gostei), conforto e conteúdo mais do que satisfatórios optei pelo Jeep Renegade Longitude.

SEMPRE HÁ UM PORÉM

Fechando o negócio, veio a questão: quando receberei o carro? Pelo menos 60 dias de espera…, mas por que tanto? Os modelos Sport MT até tinham pronta entrega, mas Sport AT tinha certa espera, enquanto Longitude e Trailhawk eram dúvida. Parece que a Jeep esperava maior demanda pelos básicos, mas ocorreu o contrário. Como eu não tinha pressa, aceitei.

Além disso, próximo de receber o carro, fui informado que o carro faturado “veio” com rodas aro 18” e que isso me custaria R$ 1800,00. Não concordei, discuti na concessionária e no final tivemos um acordo e as rodas ficaram no carro. Foi totalmente “empurrado”! Achei mancada da Jeep!

jeep-renegade-longitude-flex-vermelho-5-700x394 Carro da semana, opinião de dono: Jeep Renegade Longitude 1.8 Flex

IMPRESSÕES

Depois de 63 dias esperando, finalmente chegou! Recebi o belo Renegade Longitude vermelho no início de junho de 2015. Uso o carro para trabalhar e para o lazer, portanto saio com ele todos os dias e enfrento desde trafego intenso até ruas totalmente livres. Rodo praticamente 88 km por dia para trabalhar, onde 29 km são na cidade e 59 km na estrada.

O carro é extremamente confortável. A posição de dirigir é alta e o carro dá uma impressão de ser um tanque, pois é largo e tem-se a visão quase que completa do capô ao volante. Os bancos são confortáveis e o espaço para o motorista é amplo, assim como para o carona. A visualização do painel é agradável e de fácil leitura. O computador de bordo tem múltiplas seleções e apresentações. Eu utilizo sempre a tela do consumo instantâneo para controlar a pisada.

Fiquei surpreso quando rodei com o carro à noite e percebi que os porta trecos das portas dianteiras são iluminados por LED, assim como o contorno do porta copos do console central. Fica bem bonito e nada exagerado. Sempre achei isso uma bobagem, mas confesso que até ajuda ter isso no carro, bem legal.

jeep-renegade-longitude-flex-vermelho-2-700x394 Carro da semana, opinião de dono: Jeep Renegade Longitude 1.8 Flex

A suspensão é bem macia em se tratando da rodagem na cidade. O carro se mostra ágil sem perder a estabilidade no “lane change”. A suspensão é mesmo bem acertada e também se apresenta robusta o suficiente pois até mesmo as pistas irregulares não incomodaram. Isolamento acústico muito bom, capricharam no veículo.

O apoio de braço central é ajustável para frente e para trás, bem parecido com o que havia em um Fusion que eu tive. Acho bem prático. A transmissão automática é bem escalonada. As trocas de marcha são suaves, mas assim como todos os automáticos que tive, sempre rola uma indecisão do câmbio em determinada situação (geralmente quando está em cruise control na estrada e acaba pegando um trecho em declive), mas nada que incomode. É fácil contornar isso pressionando uma vez o paddle shift para subir uma marcha.

jeep-renegade-longitude-flex-vermelho-3-700x394 Carro da semana, opinião de dono: Jeep Renegade Longitude 1.8 Flex

PERFORMANCE E CONSUMO

Fiz uma viagem onde rodei 1.200 km com a família, indo de Salvador a Itapicuru (interior da Bahia), indo de lá para Aracaju e depois retornando a Salvador. Eu, esposa, filhão (bebê de 1 ano e 6 meses) sogra e sogro. (Eu 1,83m e 88kg, ela 1,67m e 52kg, sogra 1,66m e 53kg, sogro 1,75 e 120kg! além do meu garoto com 11kg.)

Fomos todos confortáveis. Eu e o sogro na frente, as meninas com o bebê atrás. Quando digo confortáveis, digo que houve espaço para todos sem ficar um subindo no outro. Teve área para os passageiros ficarem à vontade. Cinto de três pontos e ISOFIX nos bancos traseiros.

jeep-renegade-longitude-flex-vermelho-4-700x394 Carro da semana, opinião de dono: Jeep Renegade Longitude 1.8 Flex

Em estrada o comportamento foi bom, mesmo com o carro cheio. Para falar a verdade eu geralmente curto a viagem, ainda mais com o carro novo. Nunca quis ser o campeão de saída do farol e nem me arrisco em ultrapassagens, mesmo com carros muito potentes.

Claro que noto uma aceleração mais lenta para desenvolver velocidade, mas só em saída. Viajei em trechos de estrada duplicada e estrada de pista simples. Efetuei ultrapassagens normalmente, sem esgoelar o carro. O torque deste E.torQ EVO em alta rotação é bom, portanto em estrada ele se comporta como deve mesmo.

É uma lenda essa história de que o carro é muito amarrado e que não anda, etc. É um carro NORMAL, não é pra corridas. Saliento que eu faço ultrapassagens prudentes e só as efetuo com clareza plena de pista. Não arrisco a mim e muito menos minha família.

jeep-renegade-longitude-flex-vermelho-6-700x1244 Carro da semana, opinião de dono: Jeep Renegade Longitude 1.8 Flex

Na Bahia se vê muitos acidentes fatais por causa de ultrapassagens irresponsáveis nas pistas simples, ainda mais em curva. Acredito que de tanto ver isso, tornei-me mais prudente do que sempre fui.

Toquei a viagem à média de 110 km/h com giro de 2500 rpm. Tirei um consumo de 11,8 km/l com gasolina, medindo no tanque. Achei muito bom, pois falaram tanto que teria que comprar um posto de gasolina para manter o carro… e não é bem assim.

Ao dirigir para o trabalho, uso o carro sozinho, em trecho misto de cidade e estrada tirando consumo médio de 12,5 km/l na gasolina. Já me aventurei no álcool e tirei média de 9,3 km/l (já rodei 1.100 km com álcool). Não notei nenhuma diferença de performance no caro ao mudar de combustível.

jeep-renegade-longitude-flex-vermelho-7-700x394 Carro da semana, opinião de dono: Jeep Renegade Longitude 1.8 Flex

Eu tenho estas médias de consumo utilizando o AC ligado 100% do tempo. Não gosto de andar com vidro aberto, por segurança e para me refrescar mesmo com AC neste calor do Nordeste.

ITENS GERAIS

Bem que eu gostaria que houvesse a ignição por botão, mas só está disponível no pacote tecnologia que custa um absurdo. Pelo menos vem com as duas chaves (original e reserva) canivete com comandos.

Há ajuste manual de altura do farol, e o comando do limpador de para-brisa é meio confuso. Mas dá para se acostumar fácil com o uso. Não há sensor de chuva e nem de farol, o que na minha opinião é supérfluo. Há quem goste e dê valor a isso, mas eu mesmo não ligo.

jeep-renegade-longitude-flex-vermelho-8-700x394 Carro da semana, opinião de dono: Jeep Renegade Longitude 1.8 Flex

A central multimídia conecta bem com IOS e Android. O comando de voz funcionou muito bem até então, só há confusão quando um contato da lista tem mais de um número registrado, coisa fácil de lidar. A câmera de ré funciona legal, mas não indica a distância do obstáculo. Apresenta a imagem na tela de 5” e ao mesmo tempo um gráfico no computador de bordo no painel indicando nível de proximidade. Muito prático e fácil de usar. GPS Tomtom excelente, mas acredito estar um pouco defasado com o mapa atual de onde moro. Mas até o Waze e demais GPS´s que já usei também tem desalinhamento quanto a isso, sem contar que a cidade está passando por obras constantes ultimamente. (Será que a extensão do metrô de Salvador sai do lugar, finalmente?)

No Longitude o ar condicionado é digital de duas zonas, com manuseio simples e intuitivo. Gela rápido.

O porta luvas é de bom tamanho também. Não costumo a carregar muita coisa além do manual do proprietário e caixa de óculos. Dá e sobra bastante. Qualquer coisa, embaixo do banco passageiro há espaço que pode carregar até um laptop se necessário.

jeep-renegade-longitude-flex-vermelho-9-700x394 Carro da semana, opinião de dono: Jeep Renegade Longitude 1.8 Flex

O porta trecos central abaixo do apoio de braço também tem um volume considerável, além de ter mais uma enterrada USB.

É mesmo um carro pesado por ser bem estruturado (não é à toa que tem 5 estrelas para ocupantes e criança), e não fez feio no uso diário. Controle de estabilidade e freio a disco nas quatro rodas fazem a diferença também.

A assistência rampa já me ajudou bastante ao estacionar nas ladeiras de Salvador. É bem gostoso passear com o carro. Acredito que quem já tem o Renegade partilha desta sensação.

jeep-renegade-longitude-flex-vermelho-11-700x394 Carro da semana, opinião de dono: Jeep Renegade Longitude 1.8 Flex

PONTOS NEGATIVOS

Além da empurrada das rodas aro 18” que eu não havia solicitado, tive um problema com o insulfilm. Mas nem é o caso de considerar ponto negativo da Jeep, pois não é item opcional do carro. A instalação é terceirizada e foi malfeita a ponto de eu solicitar que trocassem tudo. Foi trocado e melhorou 100%.

Mas é chato pagar R$ 80.000 em um carro e o serviço solicitado dentro da concessionária ser ruim. Felizmente foi fácil e simples mostrar a situação na css e contorná-la. No geral, só tive esses pontos negativos com a aquisição.

jeep-renegade-longitude-flex-vermelho-12-700x394 Carro da semana, opinião de dono: Jeep Renegade Longitude 1.8 Flex

ENFIM…

Foi um texto longo, admito… Eu queria deixar claro que alguns pontos tão discutidos aqui nos comentários são na maioria das vezes oriundos do total desconhecimento ou “achismo”.
Estou bem contente com o Renegade. Utilizo para trabalhar e para passear, todos os dias. Rodei 4.000 km até então e estou extremamente satisfeito. Acabamento legal, conforto nota 1000, performance e consumo não são excepcionais e estratosféricos, mas são normais e totalmente condizentes para a categoria.

Caso um dia eu estiver rodando por aí e tentarem me ultrapassar com Celtinha esgoelando o motor com janela aberta para poupar AC e potência, jogo para a faixa da direita e permaneço curtindo meu som no conforto do meu carro, com AC ligado, torque em baixa, na velocidade constante do cruise control respeitando limite da via.

É isso aí, pessoal! Estas informações são vindas de proprietário real do Jeep Renegade, espero que tenham sido úteis para um melhor conhecimento deste carro. Valeu!

Por Rodrigo Rodrigues

4.0

COMPARTILHAR:
  • julio

    Comentário bastante detalhado. Me ajudou. Grato.

    • Detalhado, ou enaltecido. O texto parece mais de alguem que jamais fala mal do que tem. Ainda mais rotulando todos os comentarios negativos ao carro como “ignorantes”. Uma vez que até onde eu li, todos os sites automotivos reclamou do desempenho do carro, e do elevado consumo, inclusive o NA. Por sinal o titulo da avaliação do NA é: “Jeep Renegade Sport 1.8 Flex sofre com baixa potência e consumo alto”

      Se bem que, pra quem está saindo de um CR-V manco, o Renegade é mais do mesmo. A conclusão que tive desse relato, é que o HR-V deve ser quase uma Ferrari pro autor, pois se comparar o desempenho e consumo, o HR-V é muitoooo superior.

      Bem, de qualquer forma prevejo alguem chamar os criticos de haters, e denominar “dono” de carro como o supremo entendedor. Curiosamente no relato do Chery QQ, o dono tambem só deu elogios…. e os criticos foram taxados de haters. kkkkkk.

      • Rodrigo

        Creio que deva ler o texto com atenção. Já tive Astra GSi, Fusion AWD, Focus GLX… Além dos carros 1.0, portanto conheço carros lentos e rápidos.
        O desempenho do Jeep satisfaz a MIM, e o texto não é uma tentativa de atrair consumidores para o mundo ser tomado por Renegades.
        Felizmente determino minha compra por minha experiência e experimentação.
        Blogs, revistas e comentários servem apenas para uma avaliação preliminar, já que há sempre tendências e modismos envolviddos.
        Me expus pois acho interessante alguém que realmente é proprietário fazer um relato sobre o que sente no uso real, não pilotos de test drive.
        Boa tarde!

        • Sim, li com atenção, e reparei nos carros anteriores que voce teve. Porem o Focus nao mencionou se é o 1.6 ou 2.0 GLX. De qualquer forma, por experiencia propria, no caso do Focus, mesmo sendo o 2.0, eu já acho manco. hehehe. Mas vamos pegar alguns trechos do seu texto pra eu deixar claro a minha percepção.

          “já posso afirmar que o relato de minha experiência pode ajudar a espantar algumas lendas urbanas que rodeiam este modelo.”
          R. Não sei quais são as lendas urbanas desse carro.

          “É uma lenda essa história de que o carro é muito amarrado e que não
          anda, etc. É um carro NORMAL, não é pra corridas. Saliento que eu faço
          ultrapassagens prudentes e só as efetuo com clareza plena de pista. Não
          arrisco a mim e muito menos minha família.”
          R. Popularmente chamamos isso de tartaruga da pista. hehehe. Uma coisa é ser prudente, outra coisa é ficar suando até achar um espaço vazio para ulttrapassar, no nivel de um boing 747 pra decolar.

          “Tirei um consumo de 11,8 km/l com gasolina, medindo no tanque. Achei muito bom…”
          R. Não acho um bom consumo, mas talvez as condições da estrada que voce infrentou pode ter sido ruins.

          “É mesmo um carro pesado por ser bem estruturado (não é à toa que tem 5 estrelas para ocupantes e criança)”
          R. Ser pesado não significa nada em termos de estrutura pra segurança.

          “Eu queria deixar claro que alguns pontos tão discutidos aqui nos
          comentários são na maioria das vezes oriundos do total desconhecimento
          ou “achismo.”
          R. Concordo com o termo “alguns”.

          “É isso aí, pessoal! Estas informações são vindas de proprietário real do
          Jeep Renegade, espero que tenham sido úteis para um melhor conhecimento deste carro. Valeu!”
          R. Impressao minha ou voce está enaltecendo demais essa coisa de “real dono”?. Pois se as suas informações forem tão reais, logo quem toma como base as suas informações para omitir opinião tambem devem serem taxados de “não dono real”.

          Bem, mantenho minha opinião anterior. Ainda mais que voce não citou nenhum, literalmente nenhum ponto negativo no carro. O que isso é impossivel pra que é 100% imparcial. Não existe no mundo um unico carro sem ponto negativo. Deu mais impressao que voce está tentando se auto convencer que fez o melhor negocio da vida, pelo melhor carro da categoria. Infelizmente não posso ficar aqui postando comparativo de outros sites, mas quem busca, encontra boas informações, principalmente de um site que faz testes usando o GPS pra cronometrar, e nao no reloginho. Até porque a velocidade apontada no velocimetro, cada carro apresenta dados diferentes. Quem tem moto sabe do que eu estou falando, por isso bons sites de motos fazem testes de velocidade com GPS.

          • Rodrigo

            Não concordo, pois não tem nada a ver.

            Mas se é feliz acreditando que é isso, tudo bem!

            • Bittencourt

              Relaxe com ele, Rodrigo.
              Já conheci um sujeito que achou um absurdo eu falar que o 3008 (THP) andava bem. Para ele, quem andava bem era a Jetta Variant mexida dele.
              Penso e dirijo da mesma forma que você. Tenho um Corolla e não ando por aí apostando corrida com ninguém. Certamente ele deve achar o Corolla uma lesma também.
              Sou de Salvador também e sei que aqui não adianta ficar acelerando pois na frente todo mundo fica junto de novo, ainda mais com tanto radar novo…
              Parabéns pela compra, um dos Renegades mais bonitos, só perde pro Longitude verde militar…rs.
              Um abraço!

              • Marco Antônio

                concordo com vc.

              • Rodrigo

                O militar só vi em fotos! Muito bacana!

            • Bikudin

              Nossa!!! O cara escreveu um livro…he he

            • Miguel

              Parabéns pela aquisição Rodrigo, eu particularmente acho o melhor dos SUV´s do momento. Ele pode não ser aquele primor de comportamento como um THP, mas concordo que o carro serve somente quando o dono avalia, pois se nos basearmos pela opinião dos outros fica dificil.
              Aqui em casa temos um HRV EXL, mas apenas porque fui voto vencido, pois gostaria de ter pegado um Longitude também.
              O HRV é bom, tem comportamento dinâmico exemplar, mas realmente parece mais um carro. Eu só sei que ele é mais econômico que nosso antigo carro por que o tanque de gasolina dura mais… hehehee. (Por isso o consumo do Renegade seria totalmente aceitável pra mim).
              Mas é aquela coisa, vc tem que levar o carro que te agrada. Eu por exemplo, ando de HRV, mas torço o pescoço mesmo é pelo Jeep! É ruim vc andar num carro que vc não curte!
              Mas prometi pra mim mesmo que na próxima visita a uma concessionária não tem choro nem vela, eu vou querer um Jeep!

              • André Castan

                Você vai visitar uma concessionária nos EUA?

                • Miguel

                  Oi?

            • ALVIN_1982

              Ele deve ter um Tesla Model S pra falar assim, só pode…

            • Bruno Carvalho

              Rodrigo, achei sua avaliação coerente. Parabéns também por sua cordialidade, nem todos tem paciência pra aturar os chatos de plantão. Pretendo comprar o renegade e suas considerações me deram mais confiança para fechar o negócio. Abraço

              • Rodrigo

                É dose ver como as pessoas gostam mesmo é de colocar palavras na boca alheia!
                Mas já esperava por isso e mantive minha tranqüilidade!
                Espero ter ajudado!
                Abs

                • Marcus Vinicius Teixeira

                  Caro Rodrigo.
                  Parabéns e grato por sua avaliação, meu conterrâneo.
                  Provocações de pessoas que opinam como “pit bulls” não lhe tiraram a tranquilidade.
                  Sua avaliação me foi muito útil e sua simplicidade e atitude cortez com as opiniões adversas foi uma verdadeira demonstração de civilidade.

                  Vamos mostrar que soteropolitanos são civilizados.

                  Saudações.
                  Marcus Teixeira

              • Didio Brancher

                Também gostei dele ter sido detalhista pois test drive são apenas alguns km e quem fala mal do carro e nem sequer testou um deve ser porque não tem grana para comprar um ai andam num marea turbo e se achando os donos da estrada mas na verdade não passam de babacas colocando em risco a vida de pessoas que respeitam limites e acima de tudo respeitam sua família não sou dono de um ainda mas sera meu próximo com certeza parabéns pelo comentário do Rodrigo e pelo seu também certamente são pessoas coerentes abç.

          • Sou obrigado a concordar com o “Lucro Brasil” na questão do desempenho: não é “lenda” a história de que o desempenho do carro é fraco e que ele é amarrado. Seus números em testes de aceleração e retomada são inferiores aos de alguns carros de 1000 cilindradas (aspirados, para ficar claro) de nosso mercado, o que implica invariavelmente em um carro de desempenho modesto, o que é sim, sinônimo do que se convencionou chamar de “amarrado”.
            Agora, é como eu dizia quando tinha o Jetta aspirado: ser um veículo relativamente lento não significa necessariamente que não tenha o desempenho satisfatório para determinado perfil de usuário, e nem que o mesmo deixe de ser seguro na sua utilização rodoviária. É possível viajar com segurança (na questão de desempenho, claro) em um Fusca 1986, bastando para tanto que o condutor se prontifique a respeitar os limites do veículo.
            Acho que foi isso que o Rodrigo Rodrigues procurou passar em seu (bom) texto, com palavras, digamos, um pouco efusivas além do ponto.
            Quanto à escolha, “cada pé tem seu calçado”. Se está feliz com a compra, então significa que ela foi correta.

            • radiobrasil

              Eu fiz o test-drive no Jeep 1.8 AT e pra MIM ele perdeu pra 1 Ka 1.0 desses novos.

              • Peter Bishop

                claro, metade do preço…

            • Peter Bishop

              claro pow! o cara é casado, anda com a família no carro, você quer desempenho de Jaguar XE? óbvio que ia gostar do bicho

              • Vou falar por experiência própria: tive o Jetta aspirado por mais de 3 anos e 60 mil quilômetros, e digo que tive uma ótima convivência com o carro. Sim, você consegue andar com total segurança em qualquer situação com o que fornece o motor 2.0 aspirado, que dá ao modelo números de desempenho até melhores do que se tem no caso do Renegade, diga-se de passagem. O desempenho pode sim ser secundário para diversos consumidores, e eu frisei isso no texto.
                Agora, que andar no meu carro atual com motor THP tem um diferencial brutal em termos de prazer na direção, é inegável, mesmo que você não tenha o pé direito pesado, a ponto de você pegar um carro mais comedido (um com motor 2.0 da PSA, por exemplo), e se ressentir muito na condução.
                O que eu queria dizer é o seguinte: pelo preço cobrado a Fiat/Jeep poderiam abrir mão da redução exagerada de custos representada pela adoção do motor E-torq que já era disponível no nosso mercado (isso passa uma sensação de estar dirigindo um Fiat no lugar de um Jeep, não dá pra negar) e fornecer um novo motor com desempenho mais adequado ao modelo. Não há como não dizer que isso seria positivo e muito bem vindo, mesmo para um pacato pai de família como é o meu caso ou o do Rodrigo. E poderia ser o desempenho de um Golzinho 1.6 que já estaria bom, não precisaria ser um desempenho de Jaguar XE de forma alguma.

            • Jairo Lacerda

              Muito bem.

          • Edu

            zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
            zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
            zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz

          • Marco Schneider

            Concordo com quase tudo o que você falou (menos de achar o Focus 2.0 manco, acho que é devido à minha experiência com Sandero 1.6 e outros carros 1.0 hehehe) e adiciono: quando o autor do texto escreveu “Efetuei ultrapassagens normalmente, sem esgoelar o carro.” eu já imaginei justamente o tipo de cara que empaca todo mundo na estrada de pista simples. O carro com um ocupante já tem desempenho de 1.0, imagine com os mais ou menos 400kg de carga que ele estava levando (5 ocupantes contando como filho dele, mais bagagem), se ele apenas fez ultrapassagens sem esgoelar o carro, estas ultrapassagens foram feitas muito lentamente e deve ter segurado todo mundo atrás dele e dos caminhões na pista.
            Ademais, acho que 3 meses é muito pouco para avaliar o carro. Não li o texto inteiro, mas acredito que nem deve ter passado na primeira revisão ainda… a análise fica muito superficial e na emoção do carro novo.

            • Não vejo problema em omitir opiniao diversa. O problema mesmo foi ele chamar os outros de ignorantes e achismo, para enaltecer a opiniao dele. Alem de que esse negocio que ele citou de piloto de farol, ele devia vir pra SP, e ver como é corrido a vida. Se lá na frente está tudo parado, nao tem logica em sair na frente mesmo. Eu falava pros taxistas que se chegar há tempo, eu pago 10% a mais. Nessa hora o taxista virava piloto, e nao taxi de vovó na base do taxinometro. kkkkk. Mas o antigo Focus 2.0 é manco vai. kkkk. Indo pra Campos do Jordao (estrada ingrime), meu Deus. Só no cambio sequencial, e pe fundo, e mesmo assim nao dava pra manter boa velocidade.

              De qualquer forma, a Jeep adorou esse post. Pra que 1.4 turbo, se brasileiro aceita pagar 80mil num 1.8 que cumpre com “suas” necessidades. Depois ficam de chororo na materia da indonesia com motor 1.4 turbo.

              • Rodrigo

                Por favor, poderia indicar onde foi citado que as demais pessoas são ignorantes?

                • Bem, no momento que voce começa usando o termo “mito”, “lenda”, e na conclusao do texto dizer: “Foi um texto longo, admito… Eu queria deixar claro que alguns pontos tão discutidos aqui nos comentários são na maioria das vezes oriundos do total desconhecimento ou “achismo”.

                  Desconhecimento/achismo, no meu entender, “ignorantes”.

                  • Rodrigo

                    Acho que vai chover… no seu entender, sou ignorante.

                    • Maxwel Araujo Teixeira

                      Esse sujeito que se intitula LUCO BRASIL não passa de um idiota e invejoso. Não liga pra ele, o seu relato foi bem esclarecedor. Parabéns pela aquisição.

                      PS.: Esse pseudônimo “lucro brasil” não passa de um covarde que tem medo de mostrar a cara. Vai te catar, já te conheço de comentários em outros blogs.

                  • Alvaro Guatura

                    Quanta agressividade Lucro Brasil
                    O que foi na avaliação dele que te incomodou TANTO? A felicidade alheia? Não entendi, sinceramente

                    • Marco Antônio

                      kkkkkkkkkkk… Boa!

                    • marck007171 .

                      Me pareceu bem isso mesmo Alvaro Guatura. Parece que se incomodou com a felicidade do outro…

                    • Artur

                      O cara não tem dinheiro pra comprar um e sentiu invejinha! :D

                  • Deadlock

                    É isso aí. Embora seja um bom produto, tem seus pontos fracos (porta-malas, desempenho, consumo, que para muita gente importa). O fato dele gostar e outros não, não quer dizer que os outros são ignorantes por criticar o veículo. Conheço muita gente que não compra devido a seus pontos fracos. Talvez exatamente por isso não seja o líder, embora tenha potencial na fábrica para sê-lo (a fábrica tem potencial para fabricar 10 mil por mês).

              • DougSampaNA

                Eu só compro um René at no dia que for 2.0 com mais torque em 3 mil rpms do que este1.8., que pra mim gira demais pra mostrar a que veio, motor fraco por fraco fico com meu mês gastador 1.4 AT de 100 pôneis a horríveis 5mil e x rpms…motor com baixo torque nunca mais.
                É antes que digam que tem o diesel, eu nunca vou pagar 100k num carro, não to rasgando dinheiro

              • Rbs

                De qualquer forma, a Jeep adorou esse post. Pra que 1.4 turbo, se brasileiro aceita pagar 80mil num 1.8 que cumpre com “suas” Bom, nisso eu não tinha pensado.

              • Lu RS

                Interessante vc achar Focus manco….

                Tive 2 conhecidos que reclamaram..e engraçado…os 2 estavam com problemas no carro..e o pior..o check light da injeção não ligava…

                Fiz uma lista de itens a serem checados na css e os carros mudaram da água para o vinho….

                Fique esperto..pq o Focus 2.0 pode ser qualquer coisa…menos manco..

                E olha q ja testei com vários outros 2.0..tirando o Si..os outros tomaram sufoco…e ficaram para trás…mesmo eu estando com mais gente no carro..

                • Não é só eu que acho o old Focus manco, se ver as avaliações, ou opinioes dos donos no bestcars, tem varias pessoas dizendo o mesmo. A questao é que “manco” cada um tem sua exigencia, por isso nao é unanimidade. O motor satisfaz sem causar estress nenhum.

                  Mas então por que eu acho manco? Simples, a programação do cambio at4 nao ajuda, e o motor é meio amarrado em baixas rotacoes, e tem pouco elasticidade. Em ruas ingremes, ou nas estradas ingrimes, a velocidade cai. E isso tira o conforto de manter a velocidade constante. Tem gente que nao liga pra essa “frescura”, mas sabe como é né. Na estrada eu nao quero tocar no cambio sequencial pra manter a velocidade numa subida. Exemplo, o Astra 2.0 tinha bom torque, e boa elasticidade.

                  • Lu RS

                    Vc tinha um AT…..

                    Realmente o cambio 4 marchas não era o forte do modelo…

                    Mas para época manco ainda não servia..

                    Volta a reiterar….muitoss destes carros possuem alguns probleminhas relacionados que não permitem ao carro desempenhar o melhor….

                    Tanto que os q eu ajudei a “consertar”, todos tinham problema….e o carro realmente ficava sem torque…amarradão em bx rotação…

                    Depois do defeito sanado….a diferença é absurda…

                    Qual era o ano do seu Focus?

                    Tanto que a diferenciação do Duratec sempre foi torque disponível..ainda mais o AT que o comando é diferente para dar mais torque..

                    O relato do Best Cars não quer dizer muita coisa..se os donos tem o carro com problema…q pode ser recorrente……ai já era..

                    • Ah, mas os donos nao tem culpa. Se vem desse jeito de fabrica, culpa da Ford. Meu é modelo 2012

                    • Lu RS

                      hehe não vem deste jeito não……relaxa..

                      Sheet happens baby..

                      O seu é 2012..ele já possui o coletor de admissão variável…

                      Geralmente trava na posição do coletor mais curto…

                      Chamada de válvula IMRC…

                      O carro perde força em bx e média rotação….pois diminui a velocidade do fluxo, não permitindo um enchimento correto do motor…

                      Conserte isso e tenha um Focus com muito mais desempenho com mais prazer ao dirigir…

                      Abraço

                    • Vou ver isso quando voltar ao Brasil. Mas se trava, ou nao, a culpa é da Ford. Vlw

                    • Lu RS

                      Ta certo mano…vc quer achar pelo em kú de ovo…

                      Esta válvula trava em outros carros também…de outras marcas…pois é o mesmo fornecedor..

                      Se vc quer achar um culpado….foi vc de ter escolhido comprar este carro certo?

                      Afina já sabe tudo sobre carro e mesmo assim comprou um 2.0 manco pra dedéu…

                      O cara tentando ajudar…tenho mais é q mandar a pqtp mesmo..

                      Fuiii

                    • kkkkkkkkk. Nao tinha outra coisa na epoca.

                    • Lu RS

                      kkkkkkkkkkkkkkkkkk nem vem que tinha sim!

                    • Tinha nao. Golf era o antigo. Bravo nem quis ver. Cruze ainda estava pra chegar. E Peugeot 308 idem.

                    • Lu RS

                      Vc recusou comprar o “The very Best” ?

                      hjuahauahau não creio!!!

            • Rodrigo

              É fácil julgar sem conhecer.
              Mas se põe fé nisso… tudo bem!

              • Pelo visto voce nao tem habito de ler. Eu disse ai encima, e nos outros comentarios abaixo, que EU tenho um Focus Hatch GLX 2.0 Plus (cor preta).

              • Rbs

                Lucro brazil se passar um dia sem se envolver numa briga . . . Passa mau.

                • Philomeno

                  Mas tá escrito alí no nome do maluco
                  Não sei o que fighting
                  Esse aí se vc cometer um equívoco no trânsito deve ser daqueles que larga o carro andando e desce pra tirar satisfação, como se fosse o rei da cocada preta
                  Gentinha que deveria tomar surra de borracha no traseiro

            • Leonardo M

              Eu sempre que vou fazer ultrapassagem na estrada esgoelo o carro sem dó, mesmo que tenha muito espaço para ultrapassar. Para mim é a solução mais segura, afinal quanto menos tempo você ficar na contra-mão melhor, e não tem nada que de mais raiva do que aquele povo que fica 2 minutos pra fazer uma ultrapassagem e todo mundo que vem atrás tem que esperar a boneca terminar perdendo muitas vezes a oportunidade e tendo que esperar outro momento de fluxo mais livre para a manobra.

              • leandro

                Concordo plenamente, na ultrapassagem meu contagiros vai lá no vermelho e fica… Mas sem espremer o motorista da frente. E se alguem chega p ultrapassar eu dou total condição, tem gente q sente prazer em segurar… Acelera pra dificultar..

                • Leonardo M

                  Quando alguém vai me ultrapassar meu procedimento é sempre o mesmo:
                  Jogo o carro levemente para a direita, diminuo a velocidade, dou seta para indicar que a ultrapassagem pode ser feita pois não está vindo ninguém no sentido contrário e as vezes ainda dou uma buzinadinha e um tchauzinho hehe.
                  No trânsito eu sou sempre o cara que dá a vez, que não cola na traseira de carro popular para mostrar que ele está lento, que quando alguém me cede a vez dou joinha. Já tenho que lidar com tanto babaca no serviço público que não quero ser mais um.

              • Daniel Bezerra

                rsrs também sou assim. Sempre “esgoelo” o carro nas ultrapassagens. Odeio ficar na pista contrária assim como me dá agonia saber que o cara atrás de mim quer passar também e está me esperando. Não é a forma mais econômica de se dirigir, mas, na minha opinião, a mais segura.

              • ALVIN_1982

                Quem não tem experiência esgoela mesmo…

                • Leonardo M

                  E quem tem tb

          • Marcelo Jr.

            parei de ler no “infrentou”
            maluco quer pagar de entendido e nem escrever sabe. tenso!

            • Nao sabia ke era forum de gramatica, mas obrigado por corrigir. (nao fui ironico), e me desculpe tambem por faltas de acentos, pois o teclado eh japones, e a preguica fala alto as vezes. (embora basta eu apertar o atalho e mudar pra portugues.) ありがとう

          • Darwin Luis Hardt

            ei, mas o cara fez 11,8km/l na estrada com a familia toda, até sogra foi junto, entao tá super bom pra um carro pesando no total quase 2 toneladas!

            • Rbs

              kkkkkkk até sogra foi junto, quer dizer que sogra pesa?

              • Darwin Luis Hardt

                pesa de uma certa forma, imagina a energia negativa no carro! haha

              • cepereira2006

                Sogra é a mala mais pesada, kkkkk

          • Iran Borges

            Focus manco? Hehe pra mim o duratec 2.0 já é bom demais… dá e sobra.

          • Leonardo M

            Esse consumo na verdade é HORRÍVEL!
            Meu azera V6 3.0 na estrada faz 12~12,5 km/l, sendo este um sedã imensamente maior que o Renegade e com motor muito mais potente. Tudo bem que sem bagagem nenhuma, mas com 4 pessoas sempre.

            • Claudio Silva Santos

              kkkk mentiroso eu estou vendendo um azera 2010 aquilo na estrada andando a 90km, com muito sacrificio faz 9km/l

              • Leonardo M

                Azera 2010 é 3.3, o novo é 3.0 e mais fraco.
                Na cidade o meu faz 7,5 ~ 8 km/l e na estrada tranquilamente faz 12 ~ 12,5, se for reta então 13,5~14 tranquilo. A 110 km/h ele fica em rotação muito baixa, o que mantém a média de consumo muito boa.

                • Vinicius

                  Nunca, nunca, nunca que um V6 vai fazer 13 na estrada, to falando que esse NA ta ficando estranho, ou esse povo não está sabendo fazer conta de consumo, só pode

                  • Lu RS

                    Chamaram o rapaz para participar do concurso de Nova Bréscia!! rs rs rs rs

                  • Leonardo M

                    Bom o meu faz.

                • Lu RS

                  kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

                  Desculpa velho..mas não aguentei….

                  Já te convidaram para o concurso de nova Bréscia ???????

              • Junior_Gyn

                É possivel sim, meu pai tem um Kia Cadenza 3.0 V6 e fiz uma viagem do RJ pra MG e viajando a 110 Km/h o carro fez 10.5 km/l no CC (cruise control). E olha que do rio a minas é subida de serra

                • Lu RS

                  12,5 nem morto……..esta media de 10,5 é excelente….a maioria não fecha nos 10 por litro……

                  • Junior_Gyn

                    Mas cara, se a 110 km/h fez 10.5 km/l. É [possível] que a 90 km/h e numa região plana vc consiga fazer 12 km/l sim. Agora ele falar que na reta pode chegar a fazer 13/14 km/l ai é viagem. Isso ai é oq eu faço no Golf TSI a 110 km/h, faço em média de 14.5/15 km/l

                    O consumo mais impressionante que tive foi nesse próprio carro. Deu uma cidade a outra ida e volta {200km} numa região bem plana e tive a paciência de andar a 90 km/h, o carro fez 20 km/l medidos ao final do percurso. O RPM ficava em torno de 1700-1800. Tinha até uma foto, mas troquei de cel e deletei a foto. Ainda vou tirar outra pra provar

                    • Lu RS

                      Junior…na boa…

                      Para fazer 10,5 em um carro destes é uma em 1.000.000, situações esporádicas….um ponto fora da curva..etc…

                      Por exemplo Focus 2.0 16v antigo…faz 14,5 na estrada…andando a 110…..em uma viagem de 700 km consegui manter esta média…

                      Consumo varia muito conforme trajeto…
                      20 Eu não acredito..mas ta valendo…..se vc acredita…

                      Ta parecendo o povo que faz 50 km/l com o Up!…

                    • Junior_Gyn

                      Lu RS, eu não preciso vir aq fazer propaganda do carro pra querer convencer alguém a nada. Só disse que eu me impressionei com esse consumo, aferido pelo computador de bordo. Seu focus é 2.0 e não turbo, fazendo com gaste mais mesmo, claro. Andando a 80 km/h e numa região plana, vc não acredita que um motor 1.4T não consiga chegar na casa dos 20 km/L???

                    • Lu RS

                      Junior..não foi este o ponto…não acredito q vc viria aqui fazer propaganda….

                      “Se” realmente o cara atingiu 10,5..é como eu falei…é algo esporádico…mas não algo contínuo..que seja comum entende?

                      No caso se vc viesse me falar de um Accord V6 fazendo 12 a 13 eu acreditaria pois ele possui o desligamento seletivo de cilindros…o q realmente traz economia…

                      Consumo é algo muito relativo….depende muito do trajeto, maneira de dirigir, trânsito, peso, etc…

                      Existem números superlativos que ficam difíceis de acreditar…
                      Só isso..até pq….o que tenho de estrada….e sempre dirigi de maneira econômica….fazendo média melhor que a grande maioria..sei que não é assim pra ter uma média boa em longa distância…

                      Gringo pão duro é assim kakakakakakakak

                      Andando a 80 km/h no plano….sem variação em aceleração…acho que é possível chegar perto disso..mas em trajeto curto…nada muito longe..

                      Motores Gdi por exemplo, em trajetos curtos andando nesta pegada fazem 16,5….pode sim o Tsi 1.4 chegar nos 18…..20 só se houver muito favorecimento….mais trechos em descida…..

                      Na verdade…trajeto plano não se consegue as melhores médias…em trajetos onde existe alternância onde se pode utilizar o cutt off são os melhores..

                      Veja o seu comentário,,que acho muito honesto…… sobre andar a 110 km/ e fazer 15 km/l……. com o Tsi…

                      Só que para melhorar 5 km/l, tem que existir muito coisa a mais para atingir entende?

                      Por exemplo o seu carro, ele possui um BFSC muito bom nesta faixa de velocidade e rotação 110 km/h…podendo até piorar o consumo abaixo dos 90 km/h…

                      Fato este muito comum para estes tipos de motores que possuem variadores de fase…. onde a região de PME cruza com o BFSC…

                    • Junior_Gyn

                      Rsrs. Não quiz dizer em relação ao do V6, na conversa passada me referi só em relação ao Golf msm, a conversa do V6 já morreu no segunda conversa. Flw

                    • Lu RS

                      Bueno o comentário sobre o Golf foi junto hauaha Flw!

              • Lu RS

                kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk povo acha q só tem besta aqui véi kakakaka

                É isso ai mesmo….meu cunhado teve 2…fazia 9 a pau e corda…na melhor média dele fez 9,8..

          • Silvio Brito

            Cara achoacho quevque isto esta mais ligado a expectativa pessoal de cada um. O consumo do carro parece razoável pelo peso q ele carregava. Se o desempenho dele for igual ao crv esta bom. Nao anda como um golf e sim apenaa suficiente na minha opinião.
            Por fim acho q o autor realmente quis proteger suaa escolhas. Mas isso e q todos estão fazendo.

          • Vinicius

            Cara, não querendo defender o dono do carro que diga-se de passagem fez um ótimo texto, mas você apenas discordou em pontos nada a ver, sinceramente um consumo de 11,7 na estrada com o carro lotado ruim para um carro 1.8 automático ? você tem um Up ? Não entendo como o povo do NA consegue façanhas com consumo, carro 2.0 dando 15 na estrada, 12 na cidade, quando tive meu New Fiesta eu era recém habilitado, nunca, digo nunca consegui fazer o carro dar mais de 11, hoje com o Mini, nem em pensamento o carro chega a 13, aqui, o pessoa, fala em médias altas com uma boca muito alta. T
            #Todos andam de Up

            • Acredito que o problema seja contigo, pois com um Duster 2.0 Automático que tive, mantive médias a gasolina nunca inferiores a 9 km/l na cidade e 13,5 km/l na rodovia (velocidade média superior a 100 km/h e inferior a 110 km/h), sempre com ar ligado, e atualmente no meu HB20S 1.6 Automático eu consigo tranquilamente 14,5 km/l na estrada com ar ligado, e 9,5 km/l na cidade, nas mesmas condições. No Hyundai, no início eu gastava mais, por não saber acelerá-lo de forma adequada, mas com o dia-a-dia, lido melhor com ele e tenho tido um carro bastante econômico. Sua média com o New Fiesta está surreal, parecendo média de abastecimento com Etanol, o que indica que não estás sabendo acelerar seus carros de forma adequada, em especial nas retomadas e arrancadas.

          • José Eduardo D’Acampora Guazzi

            Acredito que nos comentários do NA existam muitas pessoas que ficam indignadas com proprietários satisfeitos e avaliações que vão contra a própria opinião. Qual o problema dele não ter tido nenhum problema com o Renegade? Qual o problema dele achar que como ele fala o carro atende o desempenho para ele? O HR-V anda mais no 0-100 mas se não é fator decisivo perto de todo o resto pro cara, qual o problema? Meu amigo o que te atende nem sempre atende a outros. Se eu falar que meu New Fiesta 1.5 S com 11 meses e 22mil km rodados me atende muito bem , com consumo de 17 km/l na estrada a 100 km/h e com 0 de problemas no carro ou na Ford emtão sou mentiroso e fanboy do meu carro agora? Acorda pra vida e compra o que você acha melhor.

            • what_the_hell??

              A questão é que na verdade ele construiu o texto exclusivamente para “desmistificar” o desempenho do carro relatado por todas reportagens; para “provar” que quem acha q o carro tem fraco desempenho OU não andou no carro OU quer fazer teste de arrancada. Quem, como EU, fez o teste drive no carro, não pode achar ele fraco para o uso comum? EU tenho de ser rotulado de “campeão de saída de farol” só porque prezo um pouco mais pela segurança de minha família na estrada?
              Acho q vcs não leram direito o texto!
              E veja bem, eu nunca disse que o carro é uma porcaria! Pelo contrário, eu acho um carro bacana, tem MUITOS pontos positivos. Apenas luto pelo direito de ter a MINHA opinião sobre o desempenho sem ser taxado de imprudente!

            • Eu critiquei quando ele disse em nome de todos. Se pra ele está bom, ok. Mas ele mencionou que é mito, lenda, e baseados em achismo as opinioes contrarias a dele. Se alguem tem que começar a dar ouvidos, não é eu. Leia direito. O texto ficaria sem NENHUM problema se tivesse mencionado apenas Opiniao Particular,. Mas no momento que colocou todos no meio no mesmo nicho de “piloto de farol”, eis o problema. Voce nao sabe ler? Guarda suas magoas pra voce.

          • Peter Bishop

            hater

          • Lu RS

            Apenas um detalhe….GPS comuns não servem…tem q ser específicos para este fim…..

            Já fiz vários testes..e as diferenças são grandes…..

            • Sim. E não sao tao baratos (pelo na epoca que eu lia). Se nao me engano, o Motociclismo e o BestCars que usam.

              • Lu RS

                Eu uso..e paguei mais de 8k nele….

                • 8mil? Vixi. Mas pra que voce usa?

                  • Lu RS

                    Contando conversão etc….deu por ai..

                    Eu faço desenvolvimento de reprogramação em centrais…e o melhor método apesar de existir o dino..é teste de rodagem….

                    • Matheus_P

                      carbase???

                    • Lu RS

                      Carbase não faz DESENVOLVIMENTO….

                      Ela somente grava a programação feita fora do Brasil…..
                      O meu novo local dedicado para este desenvolvimento ficará pronto em 4 meses…faço desenvolvimento desde 2003.. Abraço

                    • Lu RS

                      Nope….

                      A Carbase não desenvolve programação nenhuma..
                      Ela simplesmente grava na central e pronto…a programação vem de fora do Brasil.

                      Meu local específico para desenvolvimento, o qual faço desde 2003, ficará pronto em mais alguns meses…. com dino próprio para 1.400 hp com freio, aparelho profissional para medição de desempenho incluído para os testes de rua.

          • ALVIN_1982

            Não sei o que você fumou, mas que tava estragado, tava…

          • Stark

            Algumas pessoas não ligam se o carro tem desempenho de 1.0 ou de 2.0, como o meu pai. Para ele, desde que o carro não seja uma lesma, está de bom tamanho, pois é um meio de transporte que serve para ir do ponto A ao ponto B com segurança e conforto. Ele já teve oportunidade de dirigir a Evoque de uma amiga, disse que o carro era legal, que tinha desempenho bom (mas com um certo lag), mas parece que não despertou o lado emocional.

            Já eu sou mais exigente e tenho o pé pesado, talvez não me desse bem com o desempenho do Renegade.

          • Josué Mota

            Cara chato esse “lucro brasil” deve ter brigado com o bofe dele dentro de um renegade !!!

          • Eduardo

            Concordo com o Lucro Brasil – SNSD Fighting, não é possível que um carro não tenha nenhum ponto negativo, ainda que seja considerado o melhor da categoria. Motor, consumo e porta-malas são quase unanimidades nas matérias/opiniões sobre o renegade flex como pontos negativos.

          • Bruno Coelho

            Você é burro ou idiota?

        • Marcos Souza

          Concordo.
          Antes de criticar, o pessoal deveria deixar o achismo de lado e fazer um test drive…
          2, 3 segundos a mais num 0 a 100 não faz diferença nenhuma pra 99% das pessoas e tem gente que super-valoriza esses dados.
          Carro bom é o que satisfaz o dono.

          • Darwin Luis Hardt

            o acabamento do carro é de audi praticamente. O carro faz te sentir que valeu a pena a compra. dirigir um e prestar atenção em todos os detalhes: suspensao, isolamento acústico, campo de visão, som de 6 autofalantes, robustes, segurança. Isso tudo até faz te deixar de lado um motor que poderia ser um pouco mais adequado. As pessoas acham que carro é só motor.

            • rodrigo

              É isso aí, pra mim o melhor comentário de todos até aqui.

            • Felix

              perfeita sua colocação Darwin. E tem mais, se quiser e tiver dinheiro, que compre um Trailhawk

              • Darwin Luis Hardt

                valeu, escrevi robustez com S ainda.

        • HugoCT

          Não discuta com donos de Gol quadrado.

          • Bittencourt

            Falou tudo!
            Conheci um sujeito que achou um absurdo eu falar que o 3008 (THP) andava bem. Para ele, quem andava bem era a Jetta Variant mexida dele.

            Um abraço!

        • Gurgelando

          Belo post Rodrigo. Acho que vai ajudar outras pessoas. É claro que cada um deve ter em mente o que é importante para si na hora de comprar o carro. E por isso temos opções diferentes. A propósito você tem bom gosto pra música também ;)

          • Bittencourt

            Quando eu fizer meu relato aqui, vou colocar uma música de Britney Spears no painel e esperar o primeiro comentário…eu também fico olhando o que está tocando no som! kkkkkkkkkk
            Um abraço!

            • celso

              Essa foi boa.

            • Gurgelando

              É… Britney já não é minha praia, mas será um experimento interessante, rsrs.

              • Bittencourt

                Nem a minha, mas o experimento promete mesmo, rs!
                Um abraço.

        • tech76

          afinal colocou os airbags laterais e de cortina ou não?

          • Rodrigo

            Acabei não levando…
            O prazo de entrega iria se extender demais!

            • Linkera

              Desculpe amigo, mas farei uma crítica.

              Num trecho da reportagem você diz que estes itens contavam bastante e no outro você diz que estava atrás de uma SUV automática e com central. Com as comparações minusciosas que deu a respeito das funcionalidades de cada central multímidia, reforçado pela sua escolha, ficou claro qual era a sua prioridade.

              Este é o tipo de comportamento que faz o nosso mercado ser ruim da forma que é. E de termos, como exemplo, um Corolla de R$90mil sem ESP e TCS figurando sempre no Top10 dos mais vendidos.

              Cada mercado tem os carros que quer, e infelizmente o brasileiro quer mais uma central multimidia do que itens de segurança que poderão salvar sua vida e de sua família no caso de um imprevisto.

              • Robson de Carvalho

                Concordo! Veja que os Air-bags laterais – que garantem as 5 estrelas – são oferecido como opcional. A maioria não leva, tb porque custa um absurdo de caro!!!!!

                • Junior_Gyn

                  O carro atingiu 5 estrelas só com os 2 AB. Com todos os AB iria ultrapassar o Golf Alemão na pontuação

              • Daniel Bezerra

                Concordo. Para mim o mínimo são 6. Os de cortina são muito importantes. Protegem a cabeça me batidas laterais, capotamento, etc. Estava olhando o corolla para minha esposa e até engulo a falta do ESP, mas as cortinas só aparecem no sem noção Altis. É fogo. Trocar pacote de segurança por central multimídia é osso. Se faz tanta questão de multimídia, compra o pacote segurança e depois compra um bom DVD JVC, Kenwood, etc que dá de 10 a zero nessas centrais por muito menos.

                • Darwin Rigamonti

                  Ficamos esperando 45 dias pelo pacote segurança, tecnologia e luxo. A fábrica disse que NÃO TINHA PREVISÃO. Acabamos pegando um longitude diesel verde militar sem opcionais. :(

            • Robson de Carvalho

              Oi Rodrigo, Nesse ponto que eu queria tocar. Não se trata de nenhuma crítica a seu texto ou ao veículo, aliás, acho q os dois ficaram bons (texto e carro). Quando você disse que ele tem 5 estrelas no teste de impacto, lembre-se que isso só ocorre quando equipado com TODOS os airbags. Logo, se as pessoas compram o veículo sem o “opcional”, não estão levando as 5 estrelas! Aliás isso é uma safadeza da Jeep/Fiat. Faz a propaganda de carro seguro, mas só vale mesmo se vc comprar um opcional à parte por um preço astronômico!

              Grande abraço e felicidades com seu veículo!

              • Rodrigo

                Boa noite, Robson! Compreendo sua colocação, mas há um equívoco na sua afirmação!
                A avaliação do Latin NCAP é efetuada com a primeira versão. Não só pro Renegade, isso é padrão para todas as avaliações.
                Veja o vídeo e confirme! É o veículo com 2AB. As 5 estrelas valem desde a versão mais básica do Renegade!
                Mas é importante a sua observação! É uma dúvida normal de se ter!
                Obrigado!

                • Robson de Carvalho

                  Olá Rodrigo!
                  Entendo…
                  Mas eu me referia ao teste do EuroNCap e não o Latino. Se você observar atentamente as normas dos testes das duas instituições (N95), verá que os critérios são distintos, isto, é, aqui não se exige airbags laterais nem controle de estabilidade (que passarão a ser exigidos nos testes a partir de 2016). Os carros fabricados na Europa, vêm com esses equipamentos de série. O que isso significa na prática, sobre a proteção de ocupantes? As cinco estrelas do LatinNCap valem menos que as do europeu. Isto é, o teste do Jeep feito no Brasil só avalia a proteção dos ocupantes no teste FRONTAL (duplo airbag). Aí sim, tem 5 estrelas. Mas e a proteção lateral? Essa fica devendo! Abs!

                  • Lu RS

                    Robson…entre no site da Latin ..

                    A Eco e Renegade já foram testadas para impacto lateral..

                    ” O modelo cumpriu com os requisitos da Norma UN95 de teste de impacto lateral.”

                    Abra a aba que contem o PDF..

                    Tanto Latin quanto a Euro tem por padrão testarem os carros com maior volume de vendas do modelo…….

                    • Robson de Carvalho

                      Lu RS,

                      Eu já havia feito isso.

                      O teste lateral do LatinNCap apenas avalia a integridade da caçamba, não dos ocupantes nessas condições!

                      O q esse teste mostra é q a estrutura do veículo deforma-se dentro dos parâmetros estabelecidos pela norma N95 (o PDF)!

                      Ou seja, os ocupantes continuam vulneráveis a esse tipo de impacto!

                      Na europa, além do impacto q simula uma colisão lateral provocada por outro veículo, TB há outro teste em q o veículo é projetado contra uma barreira fixa, como se a coluna B batesse em um poste.

                      Veja os dois vídeos (latino e europeu) e compare. No “nosso”, a cabeça do dummie bate fortemente na coluna (isso faria um pequeno estrago na pessoa). No teste europeu, as bolsas protegem os ocupantes.

                      Então, o Jeep feito no Brasil, embora um bom produto, não é seguro como deveria ser, a menos q o consumidor pague bem mais por isso!

                      Abs

                    • Lu RS

                      Opa blza!

                      O seu “apenas” está com um certo problema…

                      A avaliação estrutural neste caso é feita medindo acelerações na coluna B por exemplo e grau de absorção de energia.

                      Por exemplo existe uma verificação de deslocamento do acelerômetros..

                      O dummie é obrigado a seguir a norma com acelerômetros na cabeça, tórax, etc

                      Ou seja, se avalia sim a integridade dos ocupantes……

                      Na Latin N cap ainda não absorveu o “pole test”, mas com o tempo será…fique tranquilo..

                      São 55 páginas da norma antiga..q certamente fui a utilizada para os testes da Latin….

                      Location Parameter Minimum
                      amplitude
                      Channel
                      count
                      Head Linear acceleration, Ax, Ay, Az 250g 3
                      Upper neck Forces and moments
                      Fx, Fy, Fz, Mx, My, Mz 5kN, 300Nm 6
                      Shoulder – Joint Forces, Fx, Fy, Fz 8kN 3
                      Shoulder – Rib
                      2d IR Tracc Displacement & rotation 100mm 2
                      Thorax – Upper rib
                      2d IR Tracc Displacement & rotation 100mm 2
                      Thorax – Mid rib
                      2d IR Tracc Displacement & rotation 100mm 2
                      Thorax – Lower rib
                      2d IR Tracc Displacement & rotation 100mm 2
                      Thoracic temperature* Temperature, see 2.5.1.3 30C 1
                      Abdomen – Upper rib
                      2d IR Tracc Displacement & rotation 100mm 2
                      Abdomen – Lower rib
                      2d IR Tracc Displacement & rotation 100mm 2
                      Spine – T12 Acceleration, Ax, Ay, Az 200g 3
                      Pelvis Acceleration, Ax, Ay, Az 200g 3
                      Pelvis – Pubic Force 5kN 1
                      Femoral neck – struck
                      side only Force, Fx, Fy, Fz 5kN 3

                      A grande maioria dos carros no Brasil não possui Side bags de série..somente alguns em suas versões top ou veículo já considerados premium…

                      Abraço

                • Leandro

                  Correto Rodrigo.

                • Matheus_P

                  Não achas no mínimo estranho um veículo receber 5 estrelas e não ter 6 ou 7 airbags?

                  • Rodrigo

                    De jeito nenhum. Compreendo que a maioria das pessoas não conheça os métodos e conceitos de carrocerias e nem como este assunto é tratado tanto em montadoras quanto nos laboratórios independentes.
                    O airbag não é a salvação dos ocupantes, muito menos a solução para os acidentes.
                    A avaliação de crash trata de uma série de agentes contribuidores e o airbag é apenas um deles, mas não o menos importante. É muito importante!
                    A deformação na carroceria é a maior contribuidora na análise de crash, aliada às análises de intrusão da coluna de direção na carroceria, deformação nas colunas, reação dos airbags, comportamento em desaceleração instantânea, intrusão do motor na célula de sobrevivência, vazamento posterior de líquidos, HIC (head injurie criteria) entre tantos outros.
                    Portanto, contar os airbags de um carro não o faz mais seguro do que outro.
                    Claro que airbag lateral auxilia bastante, mas não é o que vai definir se o veículo é 5 estrelas ou não.

              • Leandro

                Cara, os testes sa feitos com o carro de entrada, sem pacotes. Abcs

            • Vinicius

              Rodrigo, eu estive para comprar um Renegade, também, e o que me desanimou foi o tempo, me pediram 90 dias para a versão com os airbags extras, isso pesou muito contra como eu já estava sem carro, acabei optando por outro, mas parabéns pela compra.

            • Hum… esses seriam importantes, hein Rodrigo…

        • Franco da Silva

          Belo relato. Parabéns pelo carro!
          Nem liga para quem extrapola nos comentários.
          O pessoal quer ser fã de certas marcas, mas esquecem que são só empresas que nos fornecem produtos (por preços altíssimo, mas aí é outra história) e cada um escolhe aquele que serve para o seu uso.

        • Lu RS

          Rodrigo..

          Gostei do seu relato e claro que pontos negativos do carro surgirão mais adiante devido ao uso, por exemplo, pós venda, ruídos ou outro qualquer problema mecânico que posso aparecer.

          Quanto ao consumo em sua viagem achei interessante..

          Pela proposta do carro e peso, família + bagagens, eu espera um consumo até mais elevado..

          Temos que considerar o motor com pouca km também, notadamente alguns carros melhoram o seu consumo após o “amaciamento”.

          Morei em Vilas do Atlântico e por diversas vezes viajei para o interior, e sei que muitas vezes as estradas são impossíveis de se manterem velocidade constante devido a caminhões..principalmente utilizando a 101 ou de trechos com pavimentação ruim…

          Quando fui para Itacaré nossa média em um Golf 1.6 não passou de 11,6 km/l, andando de maneira normal, com 3 adultos, pegamos trajetos lentos com caminhões e no interior a gente sabe como é…

          Afinal consumo depende muito do trajeto e maneira de direção, claro que o peso conta também, mas em altas velocidades o que mais pega é a resistência aerodinâmica.

          Na família temos um Civic 1.8 16v AT e viajando do RS até SC, não conseguimos fazer uma média maior que a sua, nos mesmos moldes, excluindo o “gordinho” de 120 kg hehehehe.

          Ou seja..fico imaginando no HR-V já que o mesmo é mais alto e possui mais arrasto aero….claro que tem o CVT que ajuda no consumo……mas…….não sei de qtos km/l estaríamos falando a mais…

          Temos um Fit 1.5 AT Twist que dificilmente faz mais que 14 km/l na estrada…com 2 pessoas…..andando de forma tranquila….

          Então não de bola para este povo……a maioria é piloto de Play Station e não tem bagagem em longas distâncias e saber que para manter uma média boa…a coisa não é bem assim…

          Com o mesmo carro dependendo do trajeto se varia até 3 km/l no consumo médio…

          Abraço e obrigado pelo relato..

          • Debraido

            Lu RS, não se esqueça que o forum é frequentado somente por pessoas que possuem carros que fazem 0-100 em menos de 5 seg. e consomem em média 20km/l (transito pesado). As criticas vem daí.

            Falando sério, duvido que um HR-V (ou qualquer outro concorrente) faça uma média muito diferente dessa nas condições que ele colocou no relato.

            • Lu RS

              hauaha tinha esquecido que aqui só tem piloto kakaka

          • MMM

            Lu, minha esposa tem um HRV e viajando em 3 no carro, fez cerca de 14 km/l na estrada usando gasolina. Não achei ruim, principalmente pelo carro ter 2.000 km, além do que a serra aqui é bem íngreme.

            • Lu RS

              Eu acho uma ótima média para um carro desta altura, infelizmente o nosso Fit par fazer 14 tem que rebolar…… o nosso antigo 1.4 CVT fazia 17 na estrada..

              • MMM

                Acho que a grande diferença está no cvt. Particularmente não é o câmbio que mais gosto, mas acho que ajuda bastante no consumo

                • Lu RS

                  Eu achava q estava também.. inclusive a css disse a mesma coisa…

                  Só que quando fui fazer a programação de um Punto Blackmotion na casa de um cliente…ao lado estacionou um senhor q tinha um do mesmo ano que o nosso….só que 1.4 e AT, não é CVT…

                  E ele me mostrou as médias dele..todas anotadas….estrada acima de 15…batendo nos 16 como o nosso antigo modelo..

                  Ai por esta….encontrei mais 2 q falaram a mesma coisa……logo…..a pinga braba é o 1.5…

                  Este modelo novo não sei ainda como esta….tenho um tio meu que comprou um…mas como não tenho muit contato..ainda não perguntei..

          • danlaradd .

            Uma pergunta que responderia essa questão de manco ou não manco, quantas pessoas de fato ja dirigiram, seja em test-drive, carro próprio ou de amigo, o Renegade? Acho que o que ele quis dizer foi que muita gente emite opinião com base em testes de 0-100, mas não andaram de fato no carro. Do jeito que são os comentários, parece que 99% das pessoas aqui já andaram no carro, o que eu duvido muito e que tenha quiçá chegado a 5..10% dos comentaristas.

            • Darwin Luis Hardt

              exato. as pessoas lêem matérias na internet e tiram conclusões apenas com a teoria e esquecem da prática, que sempre diferencia.

            • Robson de Carvalho

              Acho que foi exatamente nesse sentido do que vc acaba de falar que o autor se propôs a “desmistificar” certos comentários com tom de autoridade no assunto mas de quem provavelmente não andou no carro em questão… Vc tá certo, danlaradd!

            • Vinicius

              Eu já dirigi. rsrsrsrsrsrsrsrs. Fiz teste drive no a gasolina, mas queria comprar um diesel, no fim das contas, é um carro normal, me senti andando no Corolla do meu pai, não anda de mais, não anda de menos, não empolga, mas tem uma suspensão muito boa, e é muito confortável, os bancos acomodam muito bem, e o isolamento acústico é muito bom, é um carro honesto, justo para o que se propõe.

            • Daniel Bezerra

              Eu andei no HR-V e achei morto. Se dizem que ele tem desempenho melhor que o Renegade 1.8, então está ruim. Mas cada qual sabe sua necessidade. Não serviria para mim, mas deve servir para muitas pessoas que não se importam com o desempenho. Cada um tem suas prioridades. Só não pode querer que todo mundo tenha que achar que o carro tem um bom desempenho. E pelos números dá sim para ter uma boa idéia do desempenho de um carro.

            • Lu RS

              Claro que sim…a maioria parece q já dirigiu o carro…quando na verdade…….nem passaram perto…

              Mas é isto ai…os blog estão cheio de frustados, jogadores de super trunfo..que tentam desmerecer a aquisição dos outros….

              Acho q está faltando trabalho pra este povo…. Abraço

          • Darwin Luis Hardt

            dica: troca o fit twist at por um da primeira geraçao EX 1.5 CVT que vai fazer 15km/k tranquilo na estrada e uns 11 ou 12 na cidade, hehe

            • Lu RS

              Darwin…

              O Fit antigo que tínhamos era um 1.4 CVT, fazia na minha cidade…q é uma cidade pequena, sem vias rápidas 11 a 12…na estrada fazíamos 17 com 4 adultos + mala…

              Resultado..motor 1.5 nunca mais……

              15 km/l eu faço com um Focus 2.0 16v, mais q isso impossível kakakaka

              • Darwin Luis Hardt

                mas o 1.5 é bom igual, tem 105cv, torque melhorzinho e é econômico igual na cidade ao 1.4 teu. na estrada o focus pode até fazer igual ao fit 1.5, mas na cidade nao. Pra quem vive na cidade vale mais a pena o fit daí

                • Lu RS

                  Olha….o 1.5 pra minha cidade não valeu não…

                  O 1.4 dava banho nele….

                  Não importa a potência…até pq ela so ocorre acima dos 5.000 Rpm…

                  Na cidade este 1.5 AT twit tem feito na média de 6,5 a 7 km/l…mesmo média de um 2.0…

                  Com falei..cidade pequena…não existem vias expressas que possa se desenvolver boa média…

                  • Darwin Luis Hardt

                    é que o teu 1.5AT twist é da segunda geraçao quando a honda bobeou e nao colocou de novo o cambio CVT, todo mundo reclama do consumo da segunda geraçao. Da primeira é excelente, deste novo voltaram com o CVT, acho que faz média parecida com a da primeira geração.

                    é, geralmente pra cidade pequena o carro bebe mais mesmo.

                    • Lu RS

                      Mano..presta atenção

                      Encontrei um proprietário que tem um 1.4 AT do mesmo ano do nosso Twist….não é CVT..

                      Este carro faz a mesma média que o 1.4 CVT antigo que tínhamos..

                      Sacou q o problema não é somente o câmbio??

          • Daniel Bezerra

            Só para acrescentar, e não fazendo nenhuma crítica, minha mãe tem um Fit 1.4 CVT da geração antiga e ela faz 14km/l na cidade. Na estrada eu não sei, pois ela nunca viajou nele. O meu é um 2.0 turbo e na estrada, em linha reta, com controle de cruzeiro ativo, ele faz 12km/l no consumo INSTANTÂNEO rsrs na média, dá uns 9km/l na estrada. Tudo bem que o carro é pouco rodado, mas o da matéria também. Então 12km/l médios na estrada, para mim está bom rsrs

            • Lu RS

              Olá Daniel blza?

              Cara o nosso é 1.5…..eu descobri que o motivo é este mesmo…

              Nosso antigo Fit era um 1.4 CVT…fazíamos 17 km/l na estrada e tocando bem vamos assim dizer…

              Encontrei um senhor q possui um Fit do mesmo “modelo” que o nosso, a nossa versão é o twist.. o dele é um 1.4 AT …

              E ele faz as mesmas médias que fazíamos com o nosso Fit antigo..

              Portanto…

              Quem quer ECONOMIA…deve comprar o FIT 1.4 e NÃO o 1.5..

              Eu tive um MT que é 2.0 T..quando estava original fazia na estrada 14,5~14,3 km/l….carregado e AC ligado…

              Depois que fiz a programação dele pra quase 240 cv, ele fazia a média de 12,5 km/l…mas tbem voava baixo heheh

              Abraço

        • defotube .

          ja tive o bravo dualogic e pra falar a verdade um dos poucos pontos negativos era tentar atravessar rua ao sair em primeira. Na estrada era uma delicia, vc apertava o pé o carro reduzia e ia embora.

        • Sayapo

          Concordo em tudo o que vc disse, no seu texto, e por sinal, muito bem detalhado! Parabéns!!!

        • Disco!

          Sim, mas é sempre bom ter desempenho, para que se possa ultrapassar com segurança, por exemplo

        • Doccar

          Beleza..pelo menos vc encosta a direita pra quem precisa passar. Continue assim.

        • Martini Stripes

          Curti bastante seu relato eu achei interessante e entendi o que você quis dizer com relação a potência do motor. E o pessoal acha que todo carro tem que ser uma ferrari e espaçoso como uma Kombi se não, não está bom.
          Eu ainda estou na dúvida com relação ao motor diesel ou gasolina , mas eu relato ajudou bastante a pensar no futuro porque é um carro que eu estudo.
          Penso que o carro tem que agradar quem está comprando se ele atender a demanda de espaço necessidade de transporte, já era.
          Abraço

        • Thiagusss

          Rodrigo, tem gente que não pode ler um post elogiando que já fica doido.
          Parabéns pelo carro, obrigado por compartilhar sua opinião!

        • FocusMan

          O Lucro Brasil é meio do contra. Belo texto. Parabéns.

      • Ney

        Ele deu o relato pessoal. Cada um possui prioridades e necessidades.
        Eu acharia um veiculo lento tambem, pois hoje dirijo um i30 2.0 e ja o considero lento e gastao (faz 12.5 a 13.5 na estrada com pe bem leve).
        Ele prioriza conforto e comodidade e o Renegade tem.

        • Alessandro Lagoeiro

          Sim, mas poderia ter deixado de lado o tom irônico com os compradores e proprietários de carros de outras categorias. Porque brasileiro acha que para se enaltecer algo precisa se criticar outros?

          • Bittencourt

            Oi Alessandro.
            Não vi ele sendo irônico com os compradores de outras marcas, apenas ressaltando o que ele não gostou ou não liga nos outros modelos.
            Um abraço.

            • Alessandro Lagoeiro

              Essas generalizações como “motorista de Celta” ou a que foi dito acima “Não discuta com motorista de Gol quadrado” na qual você escreveu “disse tudo” mostra que irônico é um termo até brando para alguns comportamentos

              • Bittencourt

                Você quer dizer preconceituoso?
                Na real, o que mais encontro nas ruas são motoristas de carros 1.0 querendo provar que andam tanto quanto os outros.
                Gastam gasolina a toa, pois logo na frente, estamos todos juntos de novo. E eles saem cantando pneu de novo…
                Mas na hora de subir uma ladeira ficam mansos…ai resolvem curtir o passeio…

                • Alessandro Lagoeiro

                  Eu já disse que devo andar em outras ruas e avenidas, porque vejo carros 1.4, 1.6, 2.0, SUV’s, pick-ups, esportivos… Jogando o carro para cima dos outros, andando pelo acostamento, alugando a faixa da esquerda… E olha que proporcionalmente eles até devem fazer menos isso, porque acredito que depois de mais de 20 anos do lobby da Fiat por essa litragem, eles devem ser maioria no trânsito. Muitas vezes comecei a analisar o trânsito ao meu redor e ao contrário dos amiga do NA, notei que a imbecilidade não respeitava valor do carro ou litragem do motor. E desafio qualquer um sair gravando 5 minutos contínuos de video de trânsito e mostrar que carros 1.0 cometem mais infrações que outros.

                • Philomeno

                  Tem os dois lados.

                  Hoje, graças a Deus ao meu esforço pessoal eu tenho um carro potente, mas cansei de andar de carro 1.0 e o que eu via era o seguinte:
                  Muita gente de corolla, hilux, civic golf o que for, mas enfim, carros bons, meio que se sente ofendida ao ver um carro mil (uno, gol e cia) ultrapassando.. ou quando é ultrapassado logo ultrapassa novamente… ou ultrapassa e logo reduz e fica mais devagar que vc de 1.0… é ridículo

                  Historinha:
                  Tinha uma época que eu morava em Lages-SC (família) e fazia faculdade em Florianópolis-SC . Ficava lá cerca de 15 dias e vinha pra casa ver os familiares e tal. Pista simples, muito movimento. O carro era um Celta 1.0 2008 70cv… E como bom jovem universitário, era meio inconsequente…
                  Numa viagem eu tava passando um caminhão, ainda no comecinho da viagem… ai uma caminhonete, se não me engano hilux, passou a mim e ao caminhão pelo acostamento da contra mão, levantando poeira e pedriscos… ato totalmente irresponsável! Chegou a dar uma rabeada ao voltar pra pista.
                  Como eu era moleque ainda, decidi acelerar… Pra resumir: cheguei a lages na traseira da hilux, ao mesmo tempo, andando a mais de 150km/h em vários trechos. Jamais tentei ultrapassar, com medo do maluco me fechar… E também numa reta eu sempre ficava pra trás, dava pra ver nitidamente ele tentando “fugir”..
                  OU SEJA, carro 1.0 anda sim e tem muito dono de carrão que é tão demente quanto esses de carro mil aí que vc citou

                  • Bittencourt

                    Dois carros que nem deveriam chegar a 150km/h: um carro pequeno sem preparação como o seu (já tive um Celta e até hoje sinto falta dele, mas “brincar” a 150 nele, é maluquice) e uma picape média/grande, mesmo com TCA e ESP.
                    Ainda bem que não aconteceu nada com vcs.
                    Um abraço!

                • Leandro

                  Hehehe isso ai.

          • what_the_hell??

            Foi o que não gostei do relato, essas ironias querendo dizer q “ELE É O CARA”, escolheu o carro certo e quem pensar diferente é pq quer fazer prova de largada em sinal ou corrida com o carro.
            Se o desempenho do carro agrada a ele, muito bem, tem muita gente q tb se agrada do desempenho de carros 1.0 como os q ele debochou (coitado do celtinha!!! )
            Só achei q faltou com o respeito qdo ele quer dizer q quem discorda dele ou nunca dirigiu o carro ou quer fazer corrida com o carro! Isso se chama arrogância!

            • celso

              Acho difícil motor 1.0 ,realmente, agradar alguém.

              • Davidsandro18

                Up! TSI mandou lembranças!

                • celso

                  Dá pro gasto. Mas não chega a agradar.
                  Pelo menos a min não agrada.

                  • Philomeno

                    Puro preconceito, só porque o nome é “um-ponto-zero”, afinal todos os testes mostram que anda tão bem quanto 1.6, 1.8 e até 2.0 sem turbo

                    • celso

                      Não é preconceito. Motor um 1.0 é pra carro compacto, eu não gosto de carro compacto.
                      Motor pra mim tem que ter ,no mínimo, 180 CV e 25kgfm pra poder me agradar.
                      Meu Sportage tem 178 CV e 21,4 Kgfm, e não me agrada.

                  • Leandro

                    Ja andou? Anda melhor que mto 2.0 aspirado.

                    • celso

                      Num compacto vai bem. Esse é o problema: no Brasil quem compra compacto é porque não tem condições de comprar um carro maior, e melhor( me refiro à maioria, é claro que alguns gostam de carro compacto).
                      Quando disse que motor 1.0 não agrada ninguém, na verdade, o que eu queria dizer é que carro compacto não agrada.
                      Acho difícil alguém optar pelo Fieta, por exemplo, tendo condições de comprar um Focus,
                      Ou optar pelo UP! , Fox tendo condições de comprar um Golf.

                    • Leandro

                      Depende muito. DS3, 500, A1, são carros compactos mas que agradam em desempenho, acabamento etc. O correto seria você dizer que carro popular não agrada ninguém, pois o Sandero não é compacto e mesmo assim peca em vários quesitos. Mas vai do bolso de cada um . Abçs.

              • Leandro

                Up tsi, rsrs

            • Davidsandro18

              Pois é, foi bem no relato inteiro, mas cagou no penúltimo parágrafo…

        • Concordo com prioridades e necessidades. No Japao o Renegade não teria problema nenhum. Afinal, aqui todo mundo anda no max a 100km/l nas estradas. E tambem nas estradas de mao dupla, ninguem faz ultrapassagem. Há. No Brasil eu tenho Focus GLX 2.0 Plus, e é mais manco e gastao que o seu i30 2.0. kkkkkk.

          • Ney

            Estou nos EUA desde a semana passada e estou dirigindo um Elantra automatico. Eh melhor que o i30 na arrancada (4 vs 6 marchas), mas esperava bem mais. O consumo no computador de bordo ta em 38mpg (16km/L). Isso com gasolina daqui e sem esticar ou pegar muito engarrafamento. Nao gostei.
            E para os que acham que 3 meses nao da pra ter uma base, eu com 1 semana ja tenho a minha. NAO compraria um Elantra. Pior que o i30 para entrar e sair (angulo do vidro), bancos pouco confortaveis (assim como o do i30) e ja esta enferrujando (sim enferrujando) numa area proximo ao farol esquerdo. Carro com 5mil milhas…

            • Exigente. kkkkkkk. Num outro topico me chamaram de exigente por achar o Focus 2.0 manco, imagina voce. kkkkkk

              • Ney

                kkkk da outra vez que eu vim, estava de Mustang, dai a exigencia…
                Ah, tambem peguei o Sentra CVT e foi um dos piores cambios que ja dirigi. Nao me acostumei, troquei na locadora em 4 dias.

        • what_the_hell??

          Eu acho que ele quer impor a opinião dele a todo custo, não respeita a opinião de quem acha o desempenho do carro fraco. Isso fica claro qdo ele usa frases como “Para quem gosta de ficar arrancando, esse é o carro.”, “Nunca quis ser o campeão de saída do farol”.
          EU achei o desempenho dele fraco, sobretudo em retomada, mas eu não costumo andar rápido nem quero levar pra prova de arrancada, como ele disse. É que, em certas situações de estrada, você ter uma boa retomada pode evitar um acidente. A impressão q EU tive no teste que fiz é que se comprasse esse carro eu sempre estaria com receio de fazer uma ultrapassagem, por mais segura que ela parecesse!
          EU apenas respeito quem pensa difrente de mim, se ele acha satisfatório, beleza, parabéns!
          Só não acho respeitosa a forma como ele fala de quem pensa diferente, como quase todas reportagens feitas. Fica parecendo q ele fez todo esse texto pra SE justificar ter comprado o carro!

      • tiago

        Pode ser que ele só enalteça, mas você só denigre, então temos os dois lados.
        No mais ele disse que o desempenho do HR-V é superior, mas não gostou da posição de dirigir, que, para ele, parecia um honda fit.
        Ademais, o Jeep renegade está vendendo mais que o HR-V nos estados unidos, e vendendo bem na europa também. com motor 1.6, 1.8, 2.4… é um bom carro que tem pontos fortes e fracos. Como o próprio autor disse, se ele quisesse o melhor desempenho ia no ecosport 2.0 ou no HR-V, mas ele optou pela robustez acabamento e acerto da suspenção.
        abçs

        • Quando voce compra algo, deve começar primeiro pelos pontos negativos. Quando voce começa a fazer um review (resenha), voce tambem deve começar pelos pontos negativos. Pois qualquer produto, pessoa, país, carro, etc, tem pontos negativos. Porem o que define um comprador? É aquele que sabe dos pontos negativos, mas para ele não foram suficientes para desistir do produto. Porem, cada pessoa tem prioridades e visao diferente do que é negativo ou nao. Respondendo sua primeira frase, eu sempre procuro enaltecer os pontos negativos de “qualquer” carro. Ficar falando da cereja do bolo, para isso é só “folhear” o site do fabricante.

          Quanto aos outros países que voce citou, primeiro entenda que as estradas não sao essas porcarias mal sinalizadas do Brasil, tao pouco a gasolina batizada. No Japao eu teria facil um carro 1.0, mas no Brasil sem chances.

          • tiago

            Não sabia que havia uma regra sobre a ordem dos pontos positivos e negativos, nem que eles eram essenciais, entendo que o autor apenas se propôs a dar a opinião de proprietário dele.
            não sabia que você focava nos pontos negativos de todos os carros,
            uma abordagem interessante, mas às vezes parece que te incomoda o fato de uma pessoa comprar um carro mesmo tendo um que faz 0-100 km/h em 2 segundos a menos pelo mesmo preço.

            • Entendo. Porem isso é um site de informação. Da qual o nome do site mesmo diz: “Noticias”. Quem quer focar nos pontos positivos, basta ir nos foruns de clube. Recheado de informações dos donos.

              • tiago

                Apesar do nome, aqui tem muito mais do que notícias, as avaliações sempre foram, mais ou menos, neste formato, umas descem o pau outras são mais positivas…

                De novo, o autor reconhece que o renegade anda menos que HR-V e Ecosport, mas pra ele essa diferença não foi significativa, visto que ele gostou do acerto da suspensão, da ergonomia, do acabamento, da segurança ( 5 estrelas para criança ) e do design.

                Do jeito que você está colocando parece que é proibido o proprietário estar feliz com a escolha depois de ter feito o test-drive em todos os veículos do segmento.

                take it easy!

                Ahh, e sobre os fóruns automotivos, acredito que você esteja enganado, nestes se discute bastante sobre os defeitos dos carros, mas no intuito de resolvê-los.

                • Ele compra o que ele quer. E faz o relato que ele quer. Porem no momento que ele citou que quem critica faz por lenda ou achismos, ou seja, rotulou que quem critica o carro é hater, logo nem mais considero como relato. O comentario dele apenas coloca os testes dos sites em duvida, e o dele o “real”, como ele mesmo escreveu.

                  Eu não disse foruns automotivos, até porque já fui dono de varias. Eu disse forum de clube.

                  • Debraido

                    Más você já dirigiu o carro?
                    A maioria dos participantes do forum criticam de forma gratuita sim, seja o carro que for, sem nem ao menos terem dado uma olhada mais de perto. É um habito dos brasileiros.

                    • Nao sei o que é a maioria. Alias, mentira, sei sim. kkkkk. Aqui no NA é mais controlado, mas sei que nos outros sites, a zona e a farra é feita entre os haters “sem argumentos”, e os torcedores “pagos”.

                      No momento que é uma unanimidade os testes dos sites, com ou sem GPS pra medir, me dou o direito de ter opiniao. Se isso é ser hater, entao a avaliação do NA tambem é haterismo. Mas eu entendi o que voce quis dizer, porem eu nao fico lendo muito os comentarios nos outros sites, pois a zona é forte. hehehe, e nao estou sendo ironico.

                    • Debraido

                      De alguns sites eu já desisti de participar. Não tem a menor condição.

                    • Muitos comentaristas haters ou fanaticos de outros sites, sao os que foram banidos aqui no NA. Mas nos outros sites, pra manter volume de acesso, o dono deixa rolar. Pra falar a verdade, eu como dono $$ tambem deixaria rolar, mas o Eber (dono do NA) nao gosta de zona.

                    • Maxwel Araujo Teixeira

                      Pois é, vai lá azucrinar no teu site/blog, idiota!

              • Linkera

                Não há lógica isso, pra ser notícia tem que ser ruim? rsrs
                Se fosse assim o site deveria se chamar “Más Noticias Automotivas” rsrs

          • Vini

            hahaha lendo os comentários dá pra ver que tu é um cara bem chato.
            O rapaz aí dono do Jeep comprou o carro pra usá-lo no seu dia-a-dia e não pensando em fazer posteriormente análise profunda técnica como se esse fosse o trabalho dele. Ele fez de boa vontade esse texto emitindo sua opinião sobre o carro que ele comprou. Totalmente desarrazoada a sua postura. O nome da matéria é “opinião do dono”. Você quer dar sugestões – quase ordens – de como ele deve proceder na sua análise do carro blablabla… Por exemplo, eu adoro carros mas não entendo profundamente sobre detalhes dos veículos. E mesmo assim, por ter uma mínima noção das coisas e expor de forma mais ou menos clara o meu pensamento, eu poderia, ainda assim, fazer um relato de um carro que comprei, sem maiores problemas.

            • Eu chamo é de hipocrisia. Ele compra o que ele quer. E faz o relato que ele quer. Emitir opiniao é uma coisa, mas ele rotulou quem descorda da visao dele como haters, achismo, etc. O comentario dele apenas coloca os testes dos sites em duvida, e o dele o “real”, como ele mesmo escreveu. Portanto, me deu o direito a replica.

              E outra coisa, pra ele o renegade tem desempenho satisfatorio pro uso dele. Então porque ele critica o celtinha esgoleando? Quem comprou o celtinha tambem fez por necessidades, e dirige do jeito que quer. Isso eu chamo de hipocrisia, criticas ao “meu” carro sao haters, revistas e testes sao “modismo”. Sei…….

              Eu nao tenho que ficar criticando nenhum texto de opiniao do dono, mas quando ele cita que opinioes contrarias sao haters, ai me deu o direito da replica. Alem de quem nesse momento já deixou de ser um relato.

            • Miguel

              Nem fala! Ele tá debatendo com todo mundo! Não dá pra ler mais a opinião de ninguém! kkkkkkkk

        • MMM

          Concordo, cada um tem suas prioridades. O que não concordo é o cara achar que um Celta vai passar por ele “esgoelando o motor”. Um HRV vai passar bem suave, hehe. Ou seja, ele justifica a prioridade dele mas critica a dos outros.

          De qqr maneira, o Renegade vende bem nos Estados Unidos, mas não tem esse motor manco vendido no Brasil. Só pra vc ter uma idéia, o Jeep como motor 2.4 anda igual ao HRV com o mesmo motor 1.8.

          • tiago

            NÃO É VERDADE, a motor trend testou todos esses SUVs e o renegade 2.4 foi o segundo mais rápido, só perdeu para o mazda CX-3.
            O renegade fez o 0-60 em 9,0s
            O HR-V fez em 9,5s
            O mazda CX-3 fem em 8,6s

            isso que o jeep tem o pior coeficiente aerodinamico!

            • MMM

              Sim, é verdade.
              No teste da Car and Driver o Jeep fez 0-60 em 9,1, enquanto o Honda fez 9,3.
              Por outro lado o Jeep fez 0-100 mph em 32.9, enquanto o HRV fez 29.1.
              No rolling start, o Jeep fez 9.9 no 5-60 contra 9.8 do HRV.
              Retomada 30-50 e 50-70 ambos empataram.

              Conclusão, o Jeep 2.4 anda o mesmo que o Honda 1.8, goste você ou não.

              • Debraido

                Eu ainda me pergunto o quanto essas discussões de Super Trunfo fazem sentido no dia-dia dos motoristas.

                • Esses segundinhos aí realmente são absolutamente nada no uso diário…rs.

                  • MMM

                    Claro que não fazem, mas vc notou que estamos falando do Renegade 2.4, certo?

                    • Notei sim. O Renegade 1.8 fica muito longe do H-RV (no desempenho, pra ficar bem claro).

                • MMM

                  Não discussão de super trunfo, são números reais que ajudam na hora da compra.

                  Eu testei todos os Crossovers compactos (exceto o 2008) para comprar um para minha esposa. Os 2 “finalistas” eram o Renegade e o HRV e comprei o Honda por causa de tamanho de porta malas e desempenho. Não tenho nada contra uma pessoa optar pelo Renegade, mas o carro é bem mais lento que seus concorrentes. Se o comprador sabe disso e escolhe ele, não vejo problema algum. O problema é ficar inventando o que não é verdade para tentar justificar as coisas.

                  • what_the_hell??

                    É isso que tb acho!
                    Cada um tem suas prioridades, vc preferiu espaço e desempenho, ele preferiu uma suposta robustez do Jeep.
                    O q não aguento é ele querer dizer q vc, q achou o motor fraco, e escolheu Hr-v, ou 2008THP, ou outro por causa, entre outras coisas, do desempenho, é pq quer fazer competição de “saída de farol”.

                • Darwin Luis Hardt

                  desenterrou o joguinho de cartas hahaha

                • kravmaga

                  Nas cidades engarrafadas eu acho que não, mas nas estradas e com motoristas que não tenham medo de acelerar nas ultrapassagens e retomadas faz toda diferença sim.

                  Tem muito carro que não responde bem nessas situações, seja por culpa do motor, do câmbio, da suspensão, etc.

                  Já dirigi carros esportivos como uma Ferrari alugada na estrada e é uma delícia. Mas além de ser absurdamente cara, barulhenta, não serve para usar no dia a dia com a família

              • tiago

                Não, não é TOTALMENTE verdade.

                no teste da motor trend o jeep foi mais rapido nos testes:

                JEEP honda
                0-30 3.2 3.6
                0-40 4.7 5.2
                0-50 6.6 7.1
                0-60 9.0 9.5
                0-70 12.0 12.5

                E só perdeu no de zero a 80 mph, e ainda por um décimo de segundo.
                O renegade completou 1/4 de milha em em 16.9 e o HR-V completou em 17.3.
                Portanto o HR-v só tem mais aceleração a partir dos 140 km/h, quando já acabou a pista, rsss, isso por conta do coeficiente aerodinâmico.

                Para terminar, no teste de frenagem o jeep precisou de muito menos freando de 60 mph a 0 mph em 114 pés, enquanto o HR-V precisou de 127 pés, mesmo o jeep sendo muito mais pesado.

                Enfim, goste você ou não, não existe só um teste no mundo, então não saia tirando conclusões pelo que mais te agrada, o mesmo vale para mim.

                • MMM

                  EXATAMENTE. O Renegade 2,4 tem desempenho semelhante ao HRV 1.8. E os números da Motor Trend, mesmo que um pouco diferentes da Car and Driver só provam isso.

                  • tiago

                    cara, essa nossa conversa tá muito super trunfo rssss.
                    Podemos deixar assim: o jeep 1.8 “anda” menos que o hr-v. e o jeep 2.4 “anda” mais que o HR-V ?

                    • MMM

                      Tiago, só para esclarecer, minha intenção não é falar mal do Renegade. Volto a dizer, quase comprei um para minha esposa, mas optei pelo HRV principalmente pelo tamanho do porta malas. Fora isso ela tinha uma Megane GT 1.6 e como temos casa na praia, viajamos quase todos os fins de semana para lá e mesmo sendo uma ótima estrada, nunca gostei de viajar com o Renault exatamente por conta do desempenho que me incomodava, principalmente na volta, pq aí é subida de serra.

                      Não sou de ficar correndo e tinha um Cruze que me atendia bem, mesmo sendo um dos mais lentos sedans médios do mercado. Hoje estou com um Civic 1.8 da empresa e também não é lá essa maravilha. Além do que o porta malas dele é muito pequeno e por isso queria um carro para minha esposa que tivesse porta malas um pouco maior e um desempenho que me atendesse nessas viagens. Quando fiz TD no Renegade, achei o desempenho dele pior que da Megane 1.6 e seria uma coisa que iria me incomodar, por isso meu questionamento aqui.

      • Andre Studart

        Simples, não compre. Não precisa ficar dando ”indireta” para o dono.

      • Bittencourt

        “Ignorantes” porque a maioria fala dos carros sem sequer dirigir, apenas baseado no que lê nas publicações.
        Eu mesmo ontem, me surpreendi com o desempenho do Up! MPI, JAMAIS defenderia desempenho num carro 1.0, mas foi dirigir para mudar de opinião.
        Por isso o termo “ignorantes”, não no sentido ofensivo.
        Um abraço.

      • CharlesAle

        9,3 de média no álcool, é isso mesmo? Então o Renegade 1.8, além de um foguete para andar, é tão econômico quanto um Étios! Tá vendo só, é TODA a imprensa especializada que não soube testá-lo (mega ironic)..

        • Rodrigo

          Ninguém é obrigado a concordar!
          É um dado obtido por mim em situação de uso, não de teste!
          Abs

          • CharlesAle

            Exatamente. Por isso jamais citei que você mentiu. Só achei, comparado com o que a QR vem obtendo, e com o site BCWS, seus dados bem otimista. Só acho que teste, principalmente como o da QR de longa duração, não ser muito diferente da realidade diária.. Do contrário, não haveria motivo para ela divulgar os dados de consumo..

      • Darwin Luis Hardt

        “Se bem que, pra quem está saindo de um CR-V manco, o Renegade é mais do mesmo.” isso pode ser verdade mesmo. Mas a proposta do CR-V nao é pisar, é pra ser um carro seguro, confortável e agradável de viajar. É uma escolha que as pessoas fazem. Mesmo com um motor mais fraquinho ficaria com o jeep ao invés do HR-V que já tem vários relatos de gente reclamando que o tecido das portas mancha com muita facilidade, o limpador de para-brisas é fininho e parece bem frágil (deve ser o mesmo do fit que eu tenho e sinto a mesma coisa), esses detalhes assim que vc paga 80mil e fica aparecendo coisinhas toscas que parecem ser para baratear e lucrar mais

      • RicardoP

        Concordo, o relato tentou se antecipar a eventuais críticas, eu tenho um Golf Highline e fiz um test drive no Renegade 1.8, realmente a pessoa para dar um relato desses tem que se blindar contra críticas, porque é impossível kkk

      • Darlon Anacleto

        You are terrible! Ri muito com essa discussão toda (sim, li a segunda parte, mais abaixo) e vc deve ser jornalista nas horas vagas para ser tão metódico. Mas, concordo que nem tudo devem ser flores e que, talvez o Rodrigo ainda não tenha convivido tempo suficiente com o carro para conhecer o “ladro negro” do modelo. Eu uma vez comprei um carro que deseja jogar de um penhasco, mas, em todo o caso, só o elogiava pois de maneira alguma admitiria meu erro ao adquirí-lo. Não digo que seja este o caso, mas acabei lembrando disso…

        • Metodico é meu apelido. kkkkkkkk

        • cepereira2006

          Diga qual, fiquei curioso.

          • Darlon Anacleto

            Não posso, porque eu tenho um carro dessa marca e eu a defendo com unhas e dentes. Mas, naquela época, aquele modelo específico, importado e mal conservado pelo dono anterior e quebrou tudo que tinha direito na minha mão. Ok, eu falo: era um 306 xs com seis anos de uso. Era legal na época, mas me aconselharam a não trocar meu Palio e mesmo assim eu fiz o negócio.

      • Minerius Valioso

        Compartilho da sua opinião. Eu não cogitaria a escolha do carro pelas más medições de desempenho e consumo, e muito menos esperar mais de 60 dias pelo bichão…

        Mais de R$80 mil num carro que anda igual um Up aspirado (ou talvez até pior), e ainda chamar quem pensa o contrário de ignorante ou piloto de test drive, é ignorância.

        Como se a preocupação com eficiência, torque e segurança em ultrapassagens, fosse coisa de piloto…

      • Robson de Carvalho

        Cara, vc poderia ser mais respeitoso com o autor que está apenas fazendo um relato de experiência. Não se trata de um profissional da área que GANHA pra fazer seus comentários, inclusive patrocinado pelos próprios fabricantes (elogio quem me paga mais!)….

        O texto é muito esclarecedor e garanto que ajudará muita gente.

        O que falta nos comentários em geral, não aqui, apenas, é um pouco de respeito à visão do outro – que pode ser diferente da sua, simples assim, nem melhor nem pior, apenas diferente.

        • O respeito não se exige, se oferece e recebe. No momento que ele chamou os outros de ignorantes e achismo, me dei o direito a replica.

          • Rodrigo

            Repito : mostre algum trecho onde classifico quem quer que seja de ignorante.

      • Alvaro Guatura

        Mimimi mimimi Lucro Brasil..
        na minha opinião é um dos melhores relatos já postados no N/A!

      • Bruno@BRN.CS

        Ai ai ai, ui ui ui

      • André Castan

        Esse cara se acha o “rei da cocada preta” com o renegade. Esse motor e-torq é lixo até na Strada e ele acha ótimo no renegade. Paga 80 mil em um carro sem motor e ainda quer falar que todos que testaram o carro e disseram que o mesmo é extremamente lento estão errados. NA, nota zero por publicar um relato tão parcial quanto este.

  • zekinha71

    Gostei do relato, e confirmou o que sempre achei, os haters nunca devem ter visto um e só metem o pau.
    Quem quer ser piloto de rua que compra um Hellcat, ou qualquer outro V8 pra cima.

    • motstand01

      Eu sempre digo isso, mas o pessoal continua a cagar regra no carro dos outros: o importante é o dono estar satisfeito com o que comprou. Se pra ele, 0 a 100 em 13 ou 14s dá pro gasto, quem sou eu pra questionar? O cara comprou o carro pra ELE, quem dirige é ELE, nas condições de uso DELE, se não há problema pra ele no desempenho ser fraco, eu não tenho nada com isso.

      É fato que o Renegade está longe de ser um expoente em desempenho e consumo, mesmo no segmento. Pra começar, E-Torq deveria estar só na versão de entrada, no máximo. Mas isso se trata só de “e se…”. A realidade é Renegade 1.8, quem gosta compre, quem acha ruim não compre, ou compre o 2.0 Diesel. Se não compraria, não encha o saco, ponha defeito e fique rotulando quem comprou o 1.8. Era pra ser tão simples…

  • Debraido

    Quando andei com um exatamente igual tive as mesmas impressões. Um carro muito bom, bem acabado e robusto.

  • vikey

    Ótimo relato! Obrigado por compartilhar conosco suas impressões!

    • Darwin Luis Hardt

      andei no jeep e senti a mesma coisa do relato. Até hoje só vi 1 cara por aqui falando mal quando fez test-drive, claro que foi do motor. O resto todo deixou o motor passar reto, de tao legal que é de dirigir o jeep

  • netovski

    Eu bem que gostaria de ficar feliz com um consumo de 11,8 km/L na estrada.

    Se faço menos que 17 nessas condições já fico preocupado, pensando se tem algo de errado com o carro.

    • Lucas

      Meu Fusion faz 14km/l na estrada nessas mesmas condições -.-‘ E cara ainda fala que 11,8 é bom.

      • Philomeno

        O carlos 4 carros mandou dizer que o up 0.8L 2 cilindros TSI que ele mandou encomendar faz 37 km/L morro abaixo a 15 km/h movido a caldo de cana e com ventilador de caminhoneiro ligado

        • Gurgelando

          kkkkkkkkkkkkkkk

        • Lucas

          2.0 turbo, baixa rotação, é economico na estrada, não sei pq a ironia. Exagero seria se eu falasse que faço 18km/l com um fusion gtdi, mas 14 está dentro da média. Na cidade ele já não faz mais de 8.

          • netovski

            Mais que isso na cidade aí só com start & stop, mas compensaria com uma bateria AGM de 900 R$.

      • radiobrasil

        2.0T ou 2.5? Peguei ontem um 2.5 flex… mas como tá zero, só ta fazendo 5 kml na cidade.

        • Come On!!

          Não espere nada longe disso de um 2.5 flex (digo, vai melhorar, mas não tanto). Meu primo (quase irmão) está com um 2.0 Ecoboost e fez média 9 km/l consumo misto, mas maior parte na cidade.

          • radiobrasil

            Eu saí de um Captiva 2.4 4 marchas que pesa 1750kg e fazia na cidade 6 km/l e 12,5 na estrada.
            O Fusion por ser mais leve (1550), melhor aerodinâmica e cambio 6 marchas na estrada deve fazer 14 fácil… e se fizer uns 7,5 na cidade pra mim já é melhor que os 6 no máx da Captiva.

        • Lucas

          na gasolina? O meu na cidade faz 7,5 na média na gasolina e é o 2.0T.

      • Rodrigo

        Parabéns. Quando eu tive o Fusion AWD (era o 3.0), não consegui nada melhor do que 11 km/L.

        • radiobrasil

          Mas pelo motor 11 tá ótimo!

          • Rodrigo

            Não! Era 2011! Motor 3.0

        • what_the_hell??

          Quanto ao consumo não achei ruim 11.8km/l, num carro quase 0km pesado e cheio.
          Mas se bem q consumo depende MUITO do pé e condições de pista.

          • Depende totalmente. Mas a 110 km/h e com carro cheio como destacou o narrador… digamos que é um consumo normal para a proposta e o porte do carro, não dá pra esperar algo além disso. É algo próximo do que faz o C4 Lounge THP nestas mesmas condições.

            • netovski

              Pensei que na estrada o 1.6 THP era econômico.

              • 12,30 km/l de média, completamente carregado (5 pessoas e porta malas abarrotado) e em velocidades normalmente abaixo dos 120 km/h, o que foi aferido em viagem de 2500 km que fiz agora no meio do ano em férias. Houve alguns dias de trânsito em estradinhas de terra e sinuosas e em trânsito dentro de Campos do Jordão que alteraram um pouquinho a média para baixo. Ficaria em uns 12,50 km/l se eliminasse essa parte do trajeto.
                Consumo normal, eu diria. Nem bom, nem ruim, semelhante ao que eu tinha no Jetta Aspirado que possui anteriormente ao C4. Rodando vazio (motorista e um acompanhante), chega a médias superiores a 14 km/l. Mas a velocidade tem que ser moderada (cruise control travado em 110 km/h).

                • netovski

                  Me impressiona empatar nas médias com o Jetta 2.0.

                  Obrigado pelas informações!

        • Lucas

          o novo com ecoboost é muito economico na estrada, mas na cidade faço 7,5km/l mesmo.

      • saosao

        Parabéns cara. Agora leia de novo o post e edite seu comentário.

    • Marcos Lopes

      me too.

    • Bruno Wendel Marcolino

      realmente, 11,8 é ruim ao meu ver, mas se pensar que o carro é novo, deve melhorar essa média com o tempo, claro que não chegará aos 17 nem lomba a baixo hehe.

      • radiobrasil

        Segundo manual da Ford por exemplo, pra ter uma média boa só acima de 5 mil km. Pelo menos é o que diz no manual do Fusion

      • saosao

        Vc viu que ele carregava a família toda no carro?

        • Bruno Wendel Marcolino

          sim, vi, e continuo achando um consumo alto para estrada.

      • Darwin Luis Hardt

        vc viu que até a sogra ele carregou?

        • Bruno Wendel Marcolino

          po, realmente o consumo ta bom kkkkkkkkkkk

    • Adriano

      Verdade, consumo bem alto na estrada, meu focus fazia mais de 13 km/l na gasolina andando em média a 140 km/h e eu já achava ruim, agora vou testar o sentra que já vi relatos de até 20 km/l na estrada, eu mesmo consegui 18,8 com o sentra porém o percurso era de 10 km só não deu pra medir direito.

      • Rafael

        Que mundo você vive? Meu focus 2.0 faz 12 em estrada e andando igual velha! E olha que sou o maior defensor de focus, até pq já estou no terceiro.

        • Jorge

          Eu tenho um focus 2.0 e ele faz 15km/l na gasolina em estrada andando a 110km/h. E ele faz 12km/l se aumentar a velocidade na gasolina em estrada. Eu acho o Focus gastão.

          • Adriano

            Exatamente, diferente do novo focus, aonde meu irmão consegue fazer mais q 11 na cidade.

        • Adriano

          Se vc reparar bem o que escrevi, acabei de afirmar que fiz 18,8 km/l com um sentra 2.0 cvt, porém estava a 90 km/h, não consigo afirmar com ctz o consumo do sentra a 140 km/h por não ter oportunidade de teste, provavelmente cairá bem, agora pq seu focus não passa de 12 e o meu fazia mais que 13 eu vivo em outro mundo? Por causa de 1 km/l a mais? Eu é que te pergunto, em que serra vc testou?

    • tiago

      o golf e o renegade são animais completamente diferentes. e quando ele disse que fez 11,8 km/l ele tembém disse que carregava quase 400 kg de carga, então está bem aceitável o consumo, na minha opinião.

      • Come On!!

        Sozinho ele disse que fez 12,5 km/l na estrada, o que continua sendo ruim pra um carro com esse câmbio e abastecido com gasolina.

        • tiago

          Negativo, ele disse que o percurso é misto, não sabemos quanto de estrada e quanto de cidade.

          • Rodrigo

            29km cidade, 58 km em estrada

            • tiago

              Rss, exatamente 1/3 de cidade e 2/3 de estrada, enfim, poderia ser melhor, mas está longe de ser o beberrão que alguns dizem por ai.

        • Marcos Souza

          Já pensou em quantas subidas, tráfego etc? O Brasil é grande demais, a geografia varia muito…se VC estiver numa linha reta sem subida o carro rende muito mais do que numa subida…e o detalhe é q pra subir um carro carregado o consumo sobe muito…pra andar numa velocidade média com o carro carregado numa reta sem aclives, o consumo não sobe tanto assim.
          O maior gasto de combustível é em acelerações e aclives.

      • netovski

        Com certeza, as minhas prioridades são completamente diferentes das dele e foi justamente o que eu destaquei, não tem altura em relação ao solo que me faria sentir confortável com um consumo rodoviário de 11,8 km/L. Carro, pra mim, tem que ser eficiente. Gosto da sensação de poder rodar muito com um tanque cheio, me transmite liberdade. Talvez para ele liberdade seja uma altura maior do solo que permita chegar em lugares onde um sedã ou hatch médio não chegaria.

  • Arnon Coelho Junior

    horrivel desempenho

  • victor

    Po, não precisava ofender as pessoas que tem celtinhas, golzinho e uninhos pelados… Não tenho condições (ainda) de trocar de carro, quando viajo tenho que andar com vidro aberto, pois nem ar eu tenho… fazer o que, cada um na sua

    • b.c

      Totalmente desnecessária essa parte do Celta.

    • Pedro Henrique

      ele provavelmente não conhece bem o celtinha, aquele motorzinho é valente… e com o carro levinho, anda bem legal kkkk

      • Alessandro Lagoeiro

        Algumas pessoas não conhecem nada do que existe além das janelas da sua cobertura.

        • Adriano

          I pronto, la vem falar de elite branca

          • Edson Fernandes

            Elite branca sendo um negro?!?

            Essa é boa….

            • Marco Antônio

              Entendeu errado, ele disse que o cara vai vir com o discurso da elite branca, não que ele é da elite branca.

              • Alessandro Lagoeiro

                Ele pode ter entendido errado, mas o erro maior foi quem pré julgou meu comentário! Acho essa expressão além de racista, um dos motes de qualquer regime fascista.. Não a toa é utilizada pelo politico que é.

                • Marco Antônio

                  kkkk entendo.

              • Edson Fernandes

                Se alguem vem com discurso de elite branca, logo ele deveria participar de um né?

                • Marco Antônio

                  Não sei.

            • Adriano

              Melhor deixar pra lá né?!?

          • Marco Antônio

            kkkkkkkkkk mas o que eles não entendem que é realmente isso. Quando viajei de carro (uno way 2009)com meu pai de MG – PA presenciamos realmente isso, celtinhas e uninhos atravessando carretas em pistas simples. Fomos jogados para o acostamento por um celta, dois gols, e um uno. Foram 4 idas ao acostamento na mesma rodovia. A velha história da ultrapassagem perigosa.

            • Alessandro Lagoeiro

              Sério que só viu esses carros fazendo isso? Devo estar andando demais então! Tem muito 2.0, SUV, pick-up e super esportivo tendo esse tipo de condução..

              Complementando meu comentário, isso é da mesma natureza do famoso Classic (Com variação de Logan e Siena 1,0) lotado com mulher, filhos, sogra, papagaio, porta-malas cheio… Que ficam travando a pista da esquerda nas estradas que o pessoal anda. Pois nas estradas que ando, a maioria dos carros tem o motorista e no máximo um passageiro, independente da cilindrada. E também tem muito carro, 1.0 ou não, cheio. E os que travam a esquerda vão de Celtinhas a super esportivos, passando por pick-ups e SUV’s, só com os motoristas ou cheios. Eu nunca andei nessa estrada onde todo mundo anda que só Celta e Uno que fazem barbaridades, trancam a esquerda…

            • Adriano

              Não existe problema em ultrapassar, porém isso deve ser feito em locais liberados, como linhas descontínuas.
              Qualquer carro será mais rápido que um caminhão carregado, mas tem que saber fazer a ultrapassagem tbm, muito ao menos ligam a seta para tal

              • Marco Antônio

                Concordo plenamente. A imprudência mata, não os motores 1.0.

          • Alessandro Lagoeiro

            Hehehe… Veja meus post’s amigo… Ninguém tem mais raiva desse tipo de designação que eu!

            • Adriano

              Ufa, falha minha então rs, é que no brasil as coisas viram moda ai já viu né kkkkkkkk

              • Alessandro Lagoeiro

                Entendo você! Não é a toa que a expressão foi popularizada pela figura execrável que foi.. Que ensina que temos que odiar os que são bem sucedidos, em vez de se espelhar neles!

                • Adriano

                  Exatamente, engraçado que os que falam isso andam de lacoste e rolex(Vide fotos no facebook) kkkkkk, o povo é realmente cego ou ganha pra concordar.

                • Agora entendi o porque meu amigo odeia ricos. Maldita TV. kkkkk

      • Gabriel M. Vieira

        Eu quando o pego o da minha mãe, um LT 2012, me divirto… hehehe

        • Marco Antônio

          tirei carteira em um celta. Resultado, sou pé pesado. kkkk

          • Gabriel M. Vieira

            Kkkk o pé acaba mudando a calibragem mesmo. Eu tirei num Gol Bolinha… rsrsrs

            • Marco Antônio

              kkkk primeiro 1.6 que peguei, quase preguei na parede. kkkkkk

    • CorsarioViajante

      tbm achei.

    • Bruno Wendel Marcolino

      acho que ele se referiu a quem tem celtinhas/golzinhos etc que andam esgoelando o motor para ultrapassar carros mais caros.

      Acho que é isso, ele que tem de responder qual o intuito dele no comentário. Infelizmente o comentário gerou essa leitura.

      • Alessandro Lagoeiro

        Mas qual o problema de se ultrapassar carros mais caros? E não é proibido subir rotação do carro para ultrapassagem. Aliás, se muitos fizessem isso, viajar seria uma tarefa muito mais prazerosa.
        E não entendo porque preço de carro entrou na argumentação.

        • Adriano

          Se não subir rotação para ultrapassar provavelmente sua velocidade não irá aumentar tbm, a não ser que seja cvt e vc levará um bom tempo para adiquirir a velocidade de ultrapassagem.

          • Marco Antônio

            Sem contar que uma carreta a 90km é uma tarega dificílima para um 1.0. é esgoelando e com um bom tempo pra ultrapassar.

            • Alessandro Lagoeiro

              Depende: Qual 1.0 e em qual condições? Nunca tive problemas com meu Gol, Fiesta e Mille… Mas sempre usava o “booster” para essas situações: O bom senso e a faixa tracejada!

              • Marco Antônio

                Sim, realmente depende muito da condição que vc está trafegando. Belém-Brasília, em retas, e caminhos Bitrem, em um Uno way 2009, ac desligado, duas pessoas no carro, e bagageiro cheio. era um sufoco. Mas sempre feitas com segurança, que é a questão. ^^

          • Alessandro Lagoeiro

            Sim, eu sei. Mas não é um demérito de um carro, é apenas uma característica.

        • Bruno Wendel Marcolino

          Como eu disse:

          “ele que tem de responder qual o intuito dele no comentário.”

          A frase ficou feia mas acho que deu para entender, o cara da avaliação que deve explicar o que ele quis dizer e qual mensagem quis passar.

          Talvez seja essa mesmo, de que tem um carro melhor e tal, ou não.

          Sempre digo, a interpretação está nos olhos de quem lê e as vezes não é o sentido que o autor quis usar.

          Enfim, tem direito de resposta. hehe

    • Gabriel M. Vieira

      Eu até entendi o que ele quis dizer, mas concordo que daria pra passar a mensagem de uma forma menos “preconceituosa”.

      • Marco Antônio

        acho que não foi preconceituoso. Foi realista. Tem muita pessoa com carro 1.0 que passa carro de maior cilintrada só pra falar, “ta vendo, fikou pra trás”. nesse país socializado, o mais fácil de se encontrar são pessoas invejosas culpando o dono da Hilux. Edit: “Sou pobre e nem carro tenho”.

        • CorsarioViajante

          O contrário também é verdade, tem gente que não aceita ser ultrapassado por carro mil. OU seja, no fim, o problema é a cabeça do motorista, não o motor, ultrapassar ou qualquer outra coisa.

          • Marco Antônio

            Sim sim. Os egos acima da prudência.

        • Gabriel M. Vieira

          Sim, eu entendo. Até deixei entre aspas justamente porque não era a palavra que eu queria usar. Mas é fato: Têm os caras que deixam carros mais potentes pra trás e fazem isso. Nem sabem se o cara tá acelerando ou sequer se importando com isso. Eu mesmo, nem ligo… kkkk

        • Alessandro Lagoeiro

          Sério que você nunca viu Hilux barbarizando no trânsito? De que região de Ceres você é?

          • Marco Antônio

            Já vi sim. Doidamente. Hilux, honda cg 125, honda bros 150, até uma toyota bandeirantes. Já vi um bocado de mercedes 1313, 1111, 1113, aaa tem os volvo h16 da Vale tb, que são loucos pra karai véio. 80km em estrada de chão. . As tritons, uns corolas tb, civis, focus, cruze, paratis, gols bolas, uma vez vi um xc60 doidão a uns 180km..Sou do PA amigão. Interior. Já vi muita bosta no transito, e nas estradas que eram pra existir. Mas o problema mesmo é o proselitismo.

          • Marco Antônio

            sou do PA. já vi todo tipo de carro fazendo imprudência. carretas, motos, giricos, paus de arara, enfim. Até canoas. O problema não é ter 1.0 ou 3.0, o problema é ser imprudente.

            • Alessandro Lagoeiro

              Exatamente essa é a questão!

    • Rodrigo

      Boa tarde! Não tive a intenção de ofender ninguém, longe disso!
      É que os haters adoram falar que quem tem o Renegade é ultrapassado por Celtinha ou afins, como se isso fosse um demérito, ou proibido.
      Desculpe-me se acabei por afendê-lo!

      • Alessandro Lagoeiro

        Desculpa, só porque alguém critica o desempenho de um carro é hater?
        A emenda saiu pior que o soneto.

        • Marco Antônio

          Não acho que seja um hater tb. Mas, o politicamente correto tá atacando até os comentário de sites automotivos ultimamente.

          • Alessandro Lagoeiro

            Entenda uma coisa amigo: Educação, respeito e coerência não são sinônimos de ser politicamente correto. Acho que muitas pessoas simplesmente não entendem o que significa essa expressão e acham que todos tem que concordar com eles, eles podem ofender quem bem entendem…

            • Marco Antônio

              Politicamente correto: Vc não deve fazer isso, akilo. Aquilo e aquilo é ofensivo, vc não deve agir assim, para de xingar, para de ofender, o bonito é ser educado, respeitoso e coerente. (não é pra vc).
              Educado, respeitoso, e coerente: Tudo bem amigo, acho que não precisava das ofensas. Temos opiniões divergentes e só. Isso não é uma guerra. (t b não é pra vc).
              O que eu vejo no NA é mais ou menos isso. Tem muito policial de ética por aki.

      • Adriano

        Ultrapassar é relativo, quantos não compram carro 2.0 e andam a 10 km/h na cidade, é ultrapassado até por uma bicicleta.
        Unico favor que essas pessoas devem fazer é ficar na direita, inclusive na estrada, sobre carros 1.0 acho valido sim criticar esses animais ficarem na esquerda e abaixo da velocidade da via, bem propício a acidentes(Valido a zé ruela que pega motor forte e faz a mesma coisa).

      • victor

        Blz, mas conforme alguém disse nos comentários abaixo, não é poque o carro é 1.0 que não pode andar a 120, 130 km/h e ultrapassar os grandões, muitos andam, e andam tranquilos nessa velocidade, assim como meu uno e ainda faz 12 km/L no etanol.
        Não podemos tolerar no trânsito é a imprudência e falta de responsabilidade dos motoristas, inclusive dos que dirigem carros “superiores”.

      • cepereira2006

        Eu te entendo, Rodrigo. Você comprou um carro que tem o motor muito criticado por comentaristas. Já prevendo que receberia uma chuva de insultos, você fez o seu relato com um pé tão atrás, mas tão atrás, que o pé da frente passou uma rasteira em muita gente, rsrs. Te entendo pois também possuo um carro assim, que me atende bem, adoro e nem penso em vendê-lo, apesar do assédio de uns e críticas de outros. Entendo como você, que carro é um conjunto, e ainda não vi um conjunto perfeito. O que falta em um sobra em outro e vice-versa. E o conjunto tem que agradar ao seu usuário-proprietário e não aos demais. Então, se você está feliz com o seu carro, eu fico feliz por você. Gostei do seu relato, pois me senti dirigindo seu carro. Só o que lastimo é o Renegade diesel ter vindo tão mais caro que o seu similar flex, pois um carro de passeio a diesel continua sendo meu sonho de consumo, mas exageraram no preço dele.

    • Hugo Borges

      Ele não quis desmerecer os populares da vida, apenas deixou claro que o carro não precisa ter desempenho extraordinário, ele precisa apenas ser suficiente e confortável. Todo mundo aqui mete pau na Ecosport 1.6 dizendo que é manco, por exemplo, mas ela é confortável e aceitável.

      • Marco Antônio

        Meu pai tem versa 1.6. Não é um primor de carro. Mas faz o que ele precisa, é econômico e carrega a família e bagagem sem aperto. Se ele pretende trocar por ser 1.6? não, ele pretende trocar por um automático. A artrose mata ele em viagens longas. Mas uma coisa acho que o autor tem razão, tem muita gente criticando o renegade por haterismo mesmo. Isso é fato. Agora, pergunta pro meu velho se ele pensa em trocar o versinha dele por um 2008 THP ou por um Renegade sport AT. 1.8 “manco”… Carro é necessidade, quando vc critica algo por não satisfazer sua necessidade eu respeito e até levo em consideração. Mas tem muito nego ai de haterismo mesmo.

    • Marcos Souza

      Acho que a crítica dele se refere ao cara correr na estrada enquanto ele prefere ficar “de boa”.
      Tem muito cara que quer ultrapassar só pra dizer que seu carro é ” possante”.
      Já rodei muito de ka pelado e sei o quanto a gente sofre…em viagens longas eu chegava suado q parecia ter corrido uma maratona

  • Philomeno

    Pareceu vendedor da Fiat, mas mesmo assim foi bem interessante… Aliás, relato inédito!

    Apesar do falatório no NA-Carpleice-Fletaut, o carro não tem nada a ver com 1.0.

    Isso é coisa de gente que não tem CNH ou que nunca dirigiu carro 1.0 ou que tem um 1.0 e acha uma maravilha…

    Veja bem: 10 kgfm de torque mal fazem o carro subir uma serra carregado + a/c… É nessas horas que a diferença aparece. Um carro com praticamente 20 kgfm não é comparável a isso, mesmo que pesse 200 kg mais que a média.

    Eu já tive um Civic 1.8 16v que ficava obviamente mais lento com 4 pessoas + bagagens + ar ligado. É um peso extra de mais de 300 kg… Só que eu repito: isso não tem NADA A VER COM CARRO 1.0.

    Enfim, a internet tá virando um poço de analfabetismo, essa que é a verdade..

    Outra coisa: “Avaliei a CR-V EX AWD 2007 para negociar:FORD: R$ 29.000,00 / HONDA: R$ 33.000,00 / JEEP: R$ 30.000,00 / PEUGEOT: R$ 25.000,00”

    Essas concessionárias estão pagando uma merreca por carros usados (lucram mais vendendo carro usado do que zero, sabiam????)… E quem foi que disse que Honda não desvaloriza?

    • Darwin Luis Hardt

      meu fit 1.5 cvt 2008 a jeep avaliou em 22 mil, sendo que na FIPE tá 30 mil… desvaloriza igual mesmo.

      testei o renegade 1.8 e achei ele mais manco que meu fit 1.5, mas é que o fit tem um motor bom pro peso do carro, fora que ainda tem cambio CVT. Mas nada que eu jogaria fora um renegade 1.8 por causa de um motor um pouco mais fraco

  • Marcos Wild

    Parece um merchandising da Jeep(FIAT).

    Mas largar da mecânica da Honda pra ir para um Fiat, é andar para trás

  • Marcos Wild

    Parece um merchandising da Jeep(FIAT).

    Mas largar da mecânica da Honda pra ir para um Fiat, é andar para trás.

    • Frederico Araripe

      De novo, de novo!

    • anonbr666

      E teu texto “Parece” de hater.

      Esse carro é um Jeep, não um Fiat. Sim, sei que a FCA é dona da marca Jeep, mas amigo, o carro foi projetado pela Jeep nos Estados Unidos para ser um carro global e é sucesso de vendas aqui no Brasil e lá fora, vendendo bem na Europa, na Ásia, nos EUA…
      Esse teu comentário dá a impressão que o carro se trata de um “Palio SUV”, quando na verdade esse é o ÚNICO carro da categoria nasceu SUV e que não é uma versão “Alta” de outro carro, como Ecosport/Fiestão, HRV/Fitão, Duster/Sanderão e 2008/208ão.

      • CorsarioViajante

        Me metendo, eLe disse “mecânica”, e a mecânica do Renegade nesta versão, até onde sei, é Fiat.

        • Darwin Luis Hardt

          mas mecânica é só o motor?

          e o câmbio? suspensão? freios, etc?

          • CorsarioViajante

            É verdade, mas creio que quis se referir ao motor.

    • Matheus Lelis

      Se eu trocasse um honda por uma ferrari eu estaria dando um passo pra trás porque estou comprando um “fiat”?

      • HenriqueHJ

        Claro, imagina quem compra Range Rover Vogue com tecnologia Tata nano!!! não é um passo para trás. é um retrocesso de vida. vai reencarnar pra trás.

      • Marcos Wild

        Nada a ver sua comparação kkkk

        E a mesma coisa que comparar um VW Gol com uma Larborguini, ou um Porsche, ou um Bugati Veyron, ou um Bentley Continental, pois essas marcas são de propriedade da Volkswagen.

        E sem contar que a Fiat nem é mais controladora da Ferrari, após a fusão com a Chrysler que criou a FCA, a Ferrari ficou independente.

        • Matheus Lelis

          Pois é, eu estava sendo ironico, agora, você não, disse que jamais sairia de um honda pra ir pra um fiat, onde na verdade é um jeep, se for assim, ai cabe o meu exemplo. E outra, o renegade é dos SUV compactos o unico com projeto de SUV de verdade, e o restante? Seu HR-V “superior” ao fiat nada mais é que um Fit Way

    • Rodrigo

      Bom, eu tive o Honda e gostei muito. Também tive FIAT e nunca tive problemas.
      Não acredito que andei para trás.

    • netovski

      Se te falarem que o Tritec, que é esse e.torQ, foi um motor feito em uma parceria da BMW e da Chrysler, melhora?

      • Rodrigo

        A maioria acha que o motor diesel do Renegade não é FIAT… Eu acho bem engraçado falarem mal deste motor oriundo da Tritec e elogiarem o Multiair diesel da FIAT, achando que é o contrário! Rsrs

      • Marcos Wild

        Quando a Fiat comprou a Tritec Motors que se localizava em Campo Largo,PR, o que a Fiat chama de e-torq 1.6 e 1.8, eram na verdade 1.4 e 1.6 litro, a Fiat queria aumentar a potencia desses motores sem gastar muito(como sempre), e ela simplesmente aumentou o tamanho dos cilindros sem aumentar a tamanho do bloco, o que era 1.4 se tornou 1.6, e o que era 1.6 se tornou 1.747 cm3(que a fiat fala que é 1.8), tanto é que esse 1.8 não aceita retifica de tão estreita que ficaram as paredes dos cilindros.

        Ou seja, não são os mesmos motores que a BMW e a Chrysler produziram juntas.

        • Matheus Lelis

          Acho que você ta precisando se informar mais sobre a retifica viu, no inicio realmente não tinha jeito, mas hoje tem sim

        • netovski

          É aquele motor modificado pela Fiat, mas estou surpreso com essa gambiarra que fizeram, mantendo o mesmo bloco para maior cilindrada.

        • Darwin Luis Hardt

          do final de 2013 pra cá, os eTorq já foram “arrumados” pra nao dar mais pau de pistões, etc. Pode ver, quem reclama na internet que teve problema com o eTorq é só do ano 2013 pra baixo as datas de postagens.

  • Lenon Slater

    Adorei o relato amigo, estava aguardando algo do Renegade direto de um proprietário, já vi bastantes dele na rua, realmente é mto mais interessante do que por foto. Se não fosse tão absurdo o valor desta versão a Diesel, eu cogitaria. Bem detalhado seu relato, tem que sentir o carro pra prática pra ver o desempenho, porém achei o consumo alto ainda…

  • Lucas

    Dirigindo um Ka 1.0, um CR-V 2007, realmente, o desempenho do Jeep Renegade Flex é bem normal mesmo.

    • CorsarioViajante

      CRV é lento que chega a irritar, um dos poucos casos de carro que chama a atenção de tão lento.

      • radiobrasil

        CRV, Freemont…. são bem semelhantes na lerdeza

        • CorsarioViajante

          Freemont nunca andei, naõ posso falar.

        • Edson Fernandes

          Ao menos o CR-V é economico….rs

          • Rodrigo

            Rapaz… a CRV fazia 7,5 km/L! rsrs
            Não achava muito econômico não!

            • Edson Fernandes

              Cidade ou estrada? Um freemont faz coisa de 4 a 5 km/l na cidade…rs

    • Rodrigo

      Leia novamente o texto… Não tive só esses carros.

      • Lucas

        Eu sei que não, mas falei só como parâmetro. o jeep Renegade Flex automático tem um desempenho bem abaixo da média. O Manual já tem um desempenho mais regular, fiz o test-drive nos dois, acho que foi pra favorecer a economia no Automático. O problema é que como eu pego muita estrada e moro longe, curto ter um carro mais ágil, por isso descartei o Renegade Flex. Talvez num futuro o Diesel me satisfaça.
        Ademais, o Jeep é um carro muito bem construído e bonito, o teto solar panorâmico dele é muito show, pena ser tão caro.

    • netovski

      Tem gente que não liga tanto pra desempenho.

      Até hoje o único carro que andei que achei realmente fraco foi o Uno Vivace 1.0.

      • Zoran Borut

        Tem gente que não liga para carro, mas não compra 1.0 ou CRV por exemplo. O motivo? Trajeto diário. No interior paulista, há muitas pessoas que precisam transitar diariamente por estradas de pista simples sem acostamento, repletas de caminhões canavieiros trafegando MUITO lentamente, e nesses casos ultrapassagens rápidas são questão de segurança.

    • kravmaga

      Pois é, o referencial de desempenho dele parece ser baixo mesmo.

  • Frederico Araripe

    Acho muito top o modelo da Renegade, tanto por fora quanto por dentro, mas esse motor 1.8 mata o carro, passado o “romance”, aposto que não cometeria o mesmo “erro”.

  • Bikudin

    Legal, parabens pela escolha, acho o Renegade bonito tb, é claro q daria um jeito e escolheria sem sombra de dúvida o HR-V, pela economia de comb., cambio CVT, espaço interno e principalmente pela mecanica confiável. Abraços

  • MarcioMaster

    Parabens pelo carro e relato, seria minha escolha.

  • Hugo Henrique Silva Lange

    andei e gostei. motor não é o ponto forte, mas como bem dito, e como eu tb penso, quer carro para arrancada? ta olhando o carro errado, a proposta é diferente, é mais familiar, mais off mesmo e fim de semana… a unica coisa que me deixou chateado neste fiajeep, foi eu nao ter condições momentâneas de ter um. mas, quem sabem chega uo 1.4 turbo? sonhar nao custa nada… rsrsrsrs

    • Marco Antônio

      ou o 2.0 tigershark… um longitude… hum. Caro. kkkkkk

  • Hugosw

    Ótimo relato e parabéns pela compra.
    Carro robusto e seguro.
    Consumo dentro do esperado para um veículo de coeficiente aerodinâmico desfavorável.

    • Marco Antônio

      e com mais de 300 kg extras de bagagempassageiros

  • pedro rt

    cada vez estou mais convencido q o HR-V e o 2008 sao compras melhores q o renegade flex

    • Marco Antônio

      kkkk Querendo ver como vai ficar o Kicks nessa História toda.. Sem falar que o nome ja´vai começar horroroso. QUe carro é esse? Kicks……

    • Edu

      que bom, o dinheiro é seu e vc compra o que achar melhor ao seu gosto…

  • Philomeno

    Bobo Sharp sobre este post:

    “Quem foi que mandou colar sacos de lixo nos vidros?
    EU detesto isso, e agora a minha opinião é regra, o resto é tudo burrice. Todo mundo que usa isso e não concorda com as minhas besteiras é rettardado ou débil mental.”

    E os puxa-sacos logo abaixo:

    “êÊêÊÊêêê 👏👏👏👏”

    Não tem o que tirar daquele louco do Olavo de Carvalho e suas Olavetes… kkk

    • CorsarioViajante

      Que desnecessário!

      • Philomeno

        Olavo sobre o seu comentário:

        “Que patrulhamento é esse, jovem?
        Que mundo chato, que gente chata politicamente (in)correta.
        Ainda se vc fosse moderador do site…”
        *Vou acender um cigarro aqui e baforar na sua cara*

        Não leve a mal… kkk
        Mas gente que se mete a intolerante, autoritário e preconceituoso merece ser motivo de piada mesmo

        • Alessandro Lagoeiro

          Primeiro ele se esconde atrás de um nick e ofende uma pessoa que usa o nome real dizendo que o “anonimato da internet permite que as pessoas ofendam as outras”.
          Agora se comporta como bobo da corte e diz que os outros são motivos de piada.
          Algumas pessoas deveriam ser caso de estudo.

          • Philomeno

            Ahhh sim
            Quanta hipocrisia
            Todo mundo sabe que vc é um dos que mais cria encrenca nos comentários aqui

            • Alessandro Lagoeiro

              Todo mundo quem cara-pálida? Ganhou procuração para falar pelos outros?
              E ache uma ofensa que fiz a alguém aqui.

        • CorsarioViajante

          Eu entendo que esta postura incomode e seja criticável. Mas daí a, sem nenhum nexo com a postagem, agredir gratuitamente um cara com o histórico e conhecimento como o do Bob Sharp… Repito: desnecessário.

          • Philomeno

            Se vc entra no site dele vc deve saber o quanto ele agride gratuitamente as pessoas nos posts e comentários… Então ele mesmo não se dá o respeito. Quem tenta ridicularizar os outros merece resposta a altura.

            Quanto ao nexo do meu comentário com o texto… Bem, tá dizendo ali no texto que o cara se arrependeu dos sacos, digo, dos filmes…
            Se ele fosse Olavete não tinha passado por isso, kkk

            Conte-me mais sobre o histórico do seu ídolo então… Quem sabe eu mude meus conceitos

            • CorsarioViajante

              Não é meu ídolo, e você não precisa mudar seus conceitos, ninguém é obrigado a gostar ou conhecer os outros. Se não faz falta para você, não visite mais “o site dele”, que aliás tem textos de diversos colunistas além do próprio Bob Sharp. Sò acho desnecessário ridicularizar uma pessoa, assim como acharia desnecessário ridicularizar o Éber em outros sites, por exemplo.

              • Philomeno

                Mas aqui no Na jamais eu vi alguém dizer que “a raça daquela gentalha que pensa diferente de mim deve ser exterminada como porcos”

                Muito pelo contrário.. eu acesso o Na desde que era um sitezinho pequeno… E agora é o maior do Brasil… E desde sempre quem vem de preconceito por aqui sempre é mandado embora rapidamente dos comentários…

                E eu sei que lá tem qualidade técnica legal… Eu entro em busca disso… Mas sou intolerante com gente intolerante!

                Aliás, como eu disse. Quem banca o valentão preconceituoso na internet tem que ser escrachado mesmo pra aprender a respeitar os outros. Não estou tomando a iniciativa de ofender… É o teu ídolo que não se dá o respeito, que toma a iniciativa de xingar os outros…

                • CorsarioViajante

                  Porque você repete que é meu ídolo?
                  Se a postura te incomoda, não leia os posts, ou não comente. Eu visito um monte de site só para ler, nem chego nos comentários para poupar aborrecimento. O Autossegredos, por exemplo, tem postagens muito legais, mas por ter moderação muito frouxa é impossível comentar lá.

              • Philomeno

                Outra coisa: eu já vi gente aqui dizendo que os testes do Na são imparciais… Aí algum editor do site responde e tal, as vezes manda o cara embora

                Experimente dizer isso lá pro teu ídolo… Ele vai te responder assim: “Saia daqui idyota. Vc não presta para nada, suma daqui imbecil” e outras asneiras assim… Eu já presenciei esses comentários lá

                Esse tipinho não merece essa idolatria toda não… Vc tem o direito de me criticar, mas eu acho que vc está meio deslumbrado com uma história incrível dele que nem sequer existe…

                • CorsarioViajante

                  Olha amigo, tentei conversar com você, mas você não quer conversar, que brigar, fica repetindo esta coisa de “ídolo” e nem lê o que escrevo.
                  Engraçado, eu dei a abertura para o diálogo mas você não aproveitou, preferiu ficar provocando. E reclama do Bob Sharp… Talvez você seja mais parecido com ele do que gostaria.

                  • Philomeno

                    “Que desnecessário” Belo diálogo…
                    Se fosse seguir essa sua lógica, então vc não deveria ter se incomodado com o meu comentário e ter “me permitido” expor a minha opinião em paz.
                    Não tem provocação… Já disse: não tomo a iniciativa, mas gente intolerante merece intolerância
                    Provocação seria escrever isso tudo aqui sem ter base nenhuma…

                    • CorsarioViajante

                      Estou conversando e o tempo todo vc repete que “é meu ídolo”, que estou deslumbrado, melhor a gente parar por aqui, ninguém tem mais nada a ganhar com este papo neste momento.

  • Gabriel R. P.

    Recentemente andei fazendo uns test drives em diversos carros. Renegade 1.8 AT, 2008 1.6 AT, 208 1.6 MT, Sandero Stepway 16 Easy-R, FIT 1.5 CVT. Costumo dirigir uma S10 CTDI AT e um FIT 1.5 AT. E volta e meia dirijo um Fiesta 1.0 MT. Sinceramente, a Renegade me pareceu o mais amarrado de todos nas arrancadas. Parece muito carro pra pouca força na arrancada. Não chega a irritar, mas é lento sim.

    • Diego

      Vc chegou a forçar o giro do Renegade até o fim ?
      Normalmente esse motor E.torQ 1.8 só entrega a força dele em alta rotação (como boa parte dos motores 16v que não são VVT) ou demais da sua lista ou são vvt ou são 8v

      • Darwin Luis Hardt

        do fit é ivtec, acho que tem que forçar o giro nele pra fazer efeito.

        tenho um fit 1.5 cvt e achei o renegade mais manco que meu fit. Mas nada que me incomodou nem me deixou desiludido

  • Cláudio Henrique Ferreira

    Primeiramente, parabéns pelo texto.
    Concordo plenamente com o final do texto quanto a segurança.
    E quanto ao seguro, qual foi o valor (+-)

    • Rodrigo

      Valeu! Foi 2400,00

  • MMM

    Eu gosto desse carro mas devido ao tamanho do porta malas e desempenho, comprei um HRV para minha esposa e não estou arrependido. Não dou muita importância para consumo pq ela anda bem pouco mas fizemos uma breve viagem com o carro e a média rodoviária com gasolina foi de 14,5km/l. Acho que nem é a questão do motor mas sim o peso desnecessário excessivo do Jeep.

  • Fábio

    Logo virão os haters encherem o saco questionando SUA escolha. Se o carro te atendeu bem e a sua família, ótimo! Se vc dá mais atenção ao acabamento, itens de conveniência e robustez do que desempenho, ótimo, afinal, tudo isso faz parte da sua “realidade”, e ninguém tem nada a ver com isso.
    E eu até entendo a sua “realidade” e consequentemente sua escolha. Vc tem um filho pequeno e o Renegade tem nota máxima para proteção pras crianças o que transmite uma grande sensação de segurança. Queremos sempre o melhor pra nossa família.
    Porém, eu não levaria pq gosto de um pouco mais de desempenho. Esperaria lançar o 2.0 Tigershark ou dependendo levaria o Sport a Diesel.
    Parabéns pela escolha consciente. Aproveito pra perguntar o valor do seguro, principalmente do Sport a Diesel. Quem souber desde já agradeço.

    • Rodrigo

      Obrigado!
      Paguei 2400,00 no seguro!

  • Brasileiro

    Belo relato, parabéns pela aquisição, nada melhor que ouvir relatos dos próprios donos.

  • CorsarioViajante

    Tava legal até o penúltimo parágrafo completamente desnecessário.
    E acho meio ruim postar o relato com tão pouco tempo com o carro, acho muito cedo. Mas enfim…

    • Alessandro Lagoeiro

      Deslumbramento? Lembra muito aquele cara de Roraima (Ou Amapá? Desculpe a confusão. Só sei que é um dos “chifrinhos” do mapa do Brasil) que adora contava vantagem aqui no blog do Fusion que tinha. Foi banido.

      • CorsarioViajante

        Não sei se é deslumbramento ou talvez uma forma dissimulada de resolver o fato do carro naõ ser rápido. Naõ que isso seja um problema, a HRV por exemplo sempre foi lenta, e muita gente é feliz com ela. Mas ele bate tanto nesta tecla e arremata com este parágrafo bobo que dá a impressão que no fim está tentando achar um consolo para algo que o frustrou de tão forçado ficou.

        • Alessandro Lagoeiro

          Eu não conseguiria descrever melhor meu sentimento. Você lembra do cara que escreveu um relato de uma Effa M100 aqui para o NA? Então, mais que relato de opinião de dono, parecia uma “justificativa de dono”. Algumas pessoas acreditam precisam da aceitação de outras para serem felizes. Mas não se preocupe: Vou comprar um up!, Étios, Ágile, Soul, Veloster, Freemont e vou vir aqui tentar justificar minha compra para vocês.

      • Lucas

        vai comprar seu tempra vai.

      • Darwin Luis Hardt

        o cara do fusion é bem chato mesmo hahaha. O fusion isso o fusion aquilo. Faz 30km/l, faz 300km/h, seguro mil reais bla bla bla

    • Charlis

      Realmente …
      Na verdade, já tinha parado na parte que o desempenho é bom e o consumo também…
      Mas ai vi seu comentário, e voltei para ver, desnecessário.

  • Gabriel M. Vieira

    Eu achei o relato bem redigido e detalhado. A única ressalva é que com tão pouco tempo, é raro um carro 0km ter problemas. É a lua de mel que dura um tempo no começo, e depois é que vamos ver se o negócio se mantém ou degringola. O que penso é que existe, sim, muita gente que fala mal sem saber sobre como o carro se comporta na vida real. Ainda assim, cada qual com a sua necessidade e realidade vai tirar conclusões com base em opiniões que são muito pessoais. De qualquer forma, acho muito legal o autor ter dividido com a gente as suas impressões. Talvez seja legal dar um update daqui um ano, já que a rodagem vai estar maior e o período de revisões já vai ter se iniciado também. Abraços e boa sorte com o Renegade, acho ele bem bonito!

  • Tiago

    Apoio de braço ajustável em um Fusion? Tive todas as gerações do Fusion e nunca teve isso…

    • Rodrigo

      Rapaz… agora não me lembro mesmo se ele avançava para a frente como o Jeep!
      Já faz uns anos que vendi! O design do apoio central é bem parecido, mas agora me acendeu a dúvida!

  • Rafael

    Meu pai tambem comprou um e compartilho com você as impressões! Falar que mecânica é fiat só pq a fiat comprou a jeep e pura ignorância! Eu odeio com todas as forças a fiat mas me amarrei no carro. Quem quer desempenho pode optar pela versão a diesel. Povo crítica muito sem conhecimento… Haters…

    • Alessandro Lagoeiro

      “..Falar que mecânica é fiat só pq a fiat comprou a jeep e pura ignorância..”

      Não, a mecânica não é Fiat só porque a Fiat comprou a Jeep. É por que foi ela que desenvolveu. Peugeot usava motores Renault, assim como a Ford (E por consequência a VW) e ninguém comprou ninguém. No caso a ignorância não será de quem falar isso, mas de quem não aceitar. Aí para o fato de ser bom ou ruim é outra coisa…

      • Rafael

        Entre no carro, faça um test drive e verá que de fiat não tem nada! Mais fácil identificar uma cherokee nele do que qualquer fiat top.

        • Ney

          A mecanica FIAT vem do motor FIAT. Existem outros compartilhamentos, mas a motorizacao diz muita coisa. Se fosse a Diesel ai seria outra historia.

          • Rafael

            E mecânica de um carro é somente motor?? Fala sério!

            • Ney

              Vou escrever novamente. “Existem outros compartilhamentos, mas a motorizacao diz muita coisa”. Se pra voce o fato do motor nao sugere a origem, tudo bem. Eu e muitos outros compartilhamos do mesmo raciocinio.

            • Darwin Luis Hardt

              os caras esquecem disso. Esquecem que a suspensão é a melhor que existe, tudo independente mcpherson, o câmbio de 6 marchas da dodge, e o de 9 da própria jeep.

          • th!nk.t4nk

            Lembrando que o E.torQ 1.8 é na verdade de origem BMW. Sofreu modificações pela FIAT, sim, mas se for pra falar de origem então tem que ir na fonte.

        • Alessandro Lagoeiro

          Como brasileiro tem dificuldade de entende uma frase em português simples! A mecânica é Fiat? É sim! Eu disse que é demérito do carro? Não. Já tive Ford e VW com motor Renault, Ford com mecânica VW e não ficava melindrado quando falavam isso. E vou além, a mecânica é Fiat sim, pois mesmo a origem sendo BMW, a Fiat que desenvolveu as adaptações e produz o modelo, assim como meu Ford tinha mecânica VW de origem Audi. E o que adianta entrar no carro e fazer test-drive para ver a origem do motor? Vou me enfiar embaixo do cabeçote?
          Entrarei no carro quando o brasileiro entrar na escola para entender um texto simples!
          Em tempo, um Fiat é um carro dos meus sonhos, e a origem da mecânica dele é Alfa Romeo.

          • Gabriel M. Vieira

            Ainda na busca pelo Tempra? rsrs

            • Alessandro Lagoeiro

              Cara, eu acho que finalmente achei. Mas é complicado. Carro bom custa mais caro. Mas acho completamente fora de propósito mais de 10 mil em um Tempra (Por estado de zero que esteja. Com exceção do Stile Turbo, pelo valor histórico).
              Não vou postar links, mas depois de amanhã irei ver o carro. Antes vou mandar fazer as alianças para o casamento.

              • Gabriel M. Vieira

                Hahahaha, já acompanho faz um tempo seus comentários onde você fala de Tempra. É engraçado, eu acho um carro muito interessante, na época em que estava à venda eu era adolescente e achava um puta carro bonito. Quando andei em um (não dirigindo), achei mais legal ainda. Um dos poucos sedã Fiat que eu realmente tiro o chapéu.

                Boa sorte no casamento com a máquina! Espero que dê certo. Aí você posta suas impressões daqui um tempo.

                • Alessandro Lagoeiro

                  O design dele é fantástico! A frente realmente em cunha, o painel que ainda acho um dos mais bonitos que já foi feito, a traseira desproporcionalmente alta…
                  Cara, você está me fazendo comprar o carro! heheh

                  • Gabriel M. Vieira

                    Se vc gosta, e é seu sonho de consumo… Compra e seja feliz, cara! É isso que importa, o resto é só detalhe hehehe

                    • Alessandro Lagoeiro

                      Valeu! Penso também no Marea. Outra obra de arte italiana!

              • Darwin Luis Hardt

                pelo menos Ouro nao desvaloriza né? hehe

          • Rafael

            Parabéns professor, motor não e tudo, e generalizar é ruim. Mecânica é jeep. Não disse que é ruim ter motor de outra marcar, disse que não é mecânica fiat só por ter motor fiat. TB disse pra fazer um TD pra ver além do que dizem e você tirar suas próprias conclusões, e não pré julgar pela opinião dos outros. Eu dirigi e digo que ta muito acima de qualquer padrão fiat, vai conhecer o carro e diga o que realmente acha

            • Alessandro Lagoeiro

              Vou lembrar o que você escreveu:

              “..Falar que mecânica é fiat só pq a fiat comprou a jeep e pura ignorância!..”

              “..Não disse que é ruim ter motor de outra marcar, disse que não é mecânica fiat só por ter motor fiat….”

              São suas palavras. Você esquece sempre o que escreve?

              • Rafael

                OK professor, não precisa se esforçar tanto… VC não me conhece tanto quanto não conhece o renegade. Contínuo afirmando que um carro e muito mais que motor… E o Renegade é um bom exemplo disso

        • Olhe para o carro e sem muito esforço, enxergue um Novo Uno. Parece uma versão maior e refinada do compacto.

        • Darwin Luis Hardt

          exato. o renegade é padrão jeep, nao fiat. Todo ele.

    • netovski

      Na verdade o carro é um Fiat, mas isso não é demérito a Fiat faz carros bons quando quer. O 500 é fantástico.

      Tive a oportunidade de entrar nesse renegade e pareceu-me caprichado. O painel é todo emborrachado mesmo.

  • Charlis

    Respeito muito sua escolha e seu relato (bem feito por sinal).
    Excluiria o penúltimo paragrafo.
    Mas…. desculpe-me a minha opinião, não tem como elogiar um desempenho deste 15s pra chegar nos 100km/l, e um consumo deste na pista com gasolina, devagar, fazendo menos de 12 km/l?
    Meu carro, também 1.8, faz quase 13km/l com etanol …
    Eu me preocupo com isso, pois é por essas altas vendas, que nós recebemos a Renegade com esse motor duvidoso, enquanto o mundo inteiro tem recebido ela com o motor 1.4 turbo.

    • Matafuego

      Gostei do relato também e concordo com o que você disse sobre o consumo. Meu pai tem um Corolla 1.8 flex. Fizemos uma viagem longa com o carro cheio (4 adultos, porta-malas lotado), com o A/C ligado o tempo tempo e conseguimos a média de 15,5 km/l.

      • Charlis

        Bom hein!
        Os motores 1.8 da Toyota e da Honda, são bem superiores no quesito de economia e desempenho comparados ao eTorq.

    • Come On!!

      Eu também concordo, o relato foi sincero e bastante completo, mas o consumo e potência do carro deixou um pouco a desejar.
      Achei que faltou falar dos pontos negativos do carro também, ele só citou os pontos negativos no momento da compra, como insulfim e rodas, mas e o carro? Não tem nada que não agradou?

      • Rodrigo

        Como não tive nenhuma queixa com ele, além do que foi citado, não há razão de expor mais do que isso!

  • tiago

    vejam esse proprietário fez um teste 0 a 100 km/h e conseguiu 12,6 km/h.
    esse carro não é nenhum foguete, na categoria dele deve ser o menos esperto, mas longe, muito longe das baboseiras que muitos dizem por ai, que é um risco à seguraça e blá blá blá…o desempenho é suficiente.

    video
    https://www.youtube.com/watch?v=KHuhEzu4p8s

  • Louis

    Belo carro, parabéns. Para viajar deve ser muito bom.

  • Lyn

    Parece um pastor da igreja tentando convencer alguem de que esse carro não é lento e pouco economico. #Amem

    • Matheus Lelis

      Depende do ponto de vista ele pode estar certo, ou errado. Se uma pessoa tivesse um carro que fizesse 9 km/l na estrada, comprou o renegade e hoje faz 12, é ótimo, se tinha um up! que fazia seus 18 e agora comprou o renegade, é pessimo kkk. Eu particularmente acho essa média até boa, acho que se a prioridade dele fosse o consumo, ele não compraria nenhum SUV

      • Rodrigo

        Obrigado! Já respondeu por mim!

      • Lyn

        Ele estar satisfeito com o desempenho e consumo do carro não faz do consumo e desempenho desse carro ser bom. Muito menos a ponto dele afirmar que quem acha o contrario é por achismo ou que é mito. Mas se ele esta satisfeito com o desempenho e consumo do carro bom pra ele, que seja feliz com o carro.

        • Matheus Lelis

          Desempenho eu não sei, nunca dirigi, só falo de carro que eu já dirigi, mas o consumo, se fosse meu carro, eu estaria satisfeito, se fosse melhor, ótimo, mas não deixaria de comprar por isso

  • Mr. Car

    Muito bom relato.

  • Vitorugo V.

    “Em estrada o comportamento foi bom, mesmo com o carro cheio. Para falar a verdade eu geralmente curto a viagem, ainda mais com o carro novo. Nunca quis ser o campeão de saída do farol e nem me arrisco em ultrapassagens, mesmo com carros muito potentes”.

    Meus parabéns por esse pensamento. Ahhh se todos pensassem desse modo…

    • Darwin Luis Hardt

      numa viagem longa o que importa mesmo é conforto, que o jeep tem de sobra, a começar pela suspensão.

      E nao adianta o cara querer fazer um trajeto de 600km andando a 130km/h, que a diferença se for andar a 100km/h vai dar quase no mesmo. Pq num trajeto de 600km geralmente tem obra na estrada que o cara tem que parar, engarrafamento, acidente, paradas pra lanche, abastecimento, etc. O negócio é andar na manha mesmo.

  • André

    Nas devidas proporções, com o Fiat Freemont tive os mesmos problemas, pouco motor para a barca.
    Como você disse, andando lento ele vai bem, precisou do carro (e todos estamos sujeitos a isso, mesmo andando de forma adequada) ele não responde (e bebe!).

    Agora o acabamento pelo que vi e espaço interno são fantásticos! Plásticos emborrachados, harmônicos, bem iluminados… Difícil carro desse valor com tanto cuidado. (Também gostei do HRV, só achei motor fraco e posição não muito agradável).

    Pena a diferença para versão diesel ser tão grande… Seria uma ótima escolha.

    No mais ótimo relato e curta seu carro! (É 4×4? Usa off?)

    • Marcos Souza

      O 4×4 é só na versão diesel.

      • André

        Olha! Não sabia…
        Então fica mais caro ainda o 4×4!

  • Ney

    Gosto eh gosto.
    Nao lembro de o HR-V ter painel soft. Ele possui de plastico duro tambem, salvo engano.
    Pra mim o ideal (apesar de nao ser consumidor deste tipo de veiculo) seria no design ter a frente do HR-V, com traseira do Renegade, lateral e painel do Eco (so trocando a telinha com os botoes de celular Nokia por uma tela de 7).
    O painel do HR-V eh medonho com as 3 saidas juntas e o console tentando ser um veiculo superior e dificultando o acesso.
    Ja o painel do Renegade achei muito monocromatico. E preto, que pra mim passa a sensacao de veiculo mais barato do que os de cor clara.

    • Emanuel Martins

      Já ia comentar isso sobre o painel do HRV. É plástico duro também.

  • Neto

    Cara, ótimo gosto musical e pra carro tb.
    Parabéns!

    • Vitorugo V.

      Nossa! Verdade!
      Não tinha reparado. System nervoso rolando

      • Rodrigo

        heheheh!
        Rock in Rio dias 24 e 25, estarei lá!

    • netovski

      Primeira coisa que notei haha

  • Andre Studart

    Ótimo carro! principalmente se precisar da versão 4×4, que no Brasil, não temos opções boas (e que realmente tenham 4×4 útil).. Uma pergunta, alguem saberia me explicar a característica de se ter uma maior rigidez torcional?

  • Luiz

    Estava me ganhando até o comentário enfadonho que fez com que o relato caísse por terra, deixando a impressão que isto não foi um relato mas uma justificativa para o próprio, que o carro tem apenas um motor suficiente o que com certeza é um demérito quando se é gastos mais de 80 mil reais.

    • Rodrigo

      Que pena! Mas a qual comentário se refere?

  • Matheus Cavalheiro

    Relato muito bom. Entretanto, esperava ver algo a mais na parte do porta malas. É o menor em um segmento que se dá valor a esse item. É meu único pé atrás na escolha desse carro.
    Consumo realmente perde para o HR-V, que em condições semelhantes deve fazer uns 14km/L, segundo as publicações.

    • Darwin Luis Hardt

      mas o porta-malas é quadradão, ele é bem versátil e prático se o cara organizar as bagagens até que cabe bastante. e se tirar a tampa então, da pra encher tranquilo.

  • HugoCT

    Primeiramente parabéns pelo carro. Criticar sem conhecer um automovel é um problema que tem aos montes, em vários comentários em sites e blogs. Ao vivo o Renegade é imponente, muito mais que nas fotos. O motor etorq 1.8 16v. é um ótimo motor, quem tem o elogia muito, e de fato esse papo de falta de torque em baixa é caracteristica de todos os 16v, mas nele o povo aumenta, é como o autor disse: não é aquilo que o povo fala.
    Um exemplo é o UP, é um excelente carro, e já vi muitos cometarios dizendo que: ele é manco, feio e etc…. Quem entende e acompanha o mundo dos carros e conhece sabe que não é nada disso. Um modelo que defendo é o Linea (não tenho pq meu foco é economia, uso o carro para tudo, alem da grana curta rs) e fico irritado com os cometarios que são feitos à ele. Eu o conheço e acho um modelo injustiçado.

    • Matheus Lelis

      Eu tenho um também, e é um carro que chega a 210 km/h até tranquilo, andando a 140-160 no alcool dá 8 km/l, (na gasolina nem lembro, faz tanto tempo que não coloco), andando a 100-110 igual ele diz que anda, meu carro dá 10 no alcool, estabilidade excelente, mas falando de motor, eu já disse aqui outra vez, eu garanto que não passo vergonha perto do motor 1.8 do honda ou toyota, mesmo tendo um pouco de cv a menos. Mas como é um fiat, o povo gosta de falar mal, sem ao menos ter entrado ou dirigido um

      • MMM

        210km/h “até tranquilo” em um carro com velocidade máxima de 180km/h? rs

        • Matheus Lelis

          180? Já dirigiu um linea? Tudo indica que não, se quiser me manda seu email que eu te mando fotos da rodovia plana, e um vídeo ate 210, aí você me manda um provando o contrário, já que você diz que a máxima é 180. Já vi comentários mais bem elaborados, mas errar algo que tem em uma ficha técnica é demais, e outra, o que diz na ficha técnica não quer dizer que chega a velocidades acima ou abaixa, eu consigo provar que chega na velocidade que falei

          • MMM

            Desculpe, houve um mal entendido. Eu só tinha lido o seu comentário e não o do Hugo. Assim, achei que vc estava falando do Renegade e não do Linea.

            Aliás só dirigir o Linea quando fui fazer um TD no lançamento, mas ainda era aquele motor 1.9.

          • Zoran Borut

            Só por curiosidade, que método de medição usou para aferir esses 210 km/h?

            • Matheus Lelis

              O mesmo que os não especialistas usam, no painel, não uso gps pra viajar.

              • Zoran Borut

                Imaginei que fosse no velocímetro. Velocímetro não mostra a velocidade exata, em quase todos os carros mostra uma velocidade maior, e quanto maior é a velocidade, maior será a diferença. Os testes de revistas e mídias não usam o velocímetro, usam equipamentos de medição. Por aí você já entende como há tanta gente dizendo que fez 180, 190, 200 km/h em carros que não chegaram sequer a 170 nos testes das mais diversas publicações. Já ouvi coisas como um amigo dizendo que seu Escort SW 1.8 16V de 115cv (zero km à época) havia feito 220 km/h.

                • Matheus Lelis

                  Pois é, mas quando é um carro da fiat ou outra marca que a galera não gosta, só vale no gps (Sim, eu sei que é a velocidade real é só com gps) mas a maioria aqui fala de seus carros somente na velocidade de painel. Se eu te contar que o civic do meu primo ( 2009) não da 200 km/h no painel? (Te garanto que vai ter gente abaixo me respondendo que o civic esta com defeito). Mas isso faz o motor do linea ser melhor? acho que não, mas se fosse o contrario, o motor fiat ia ser comparado logo logo com um 1.0, (já está sendo, no caso dele no renegade). Acho 210 (painel) muito bom pra um carro de quase 1400 kg, e mesmo com 5 pessoas e na subida, eu sempre reduzo marchas, posso estar em um carro 1.0 ou em um v8. Então mesmo carregado, sempre faço ultrapassagens rápidas e seguras. Se fosse um motor PESSIMO como falam, acho que ele não faria isso. Agora, ele no renegade, já é outra coisa, tem aerodinâmica, e mais diversos fatores desfavoráveis, mas não falarei se é bom ou ruim porque nunca andei em um

      • Lucas

        Forçou a barra hein… Nem o Up TSI chega a 210km/h fio.

        • Matheus Lelis

          O up agora que é a referência em desempenho em altas velocidades? Você quebrou a barra

      • Angelo Lucca

        Cara desculpe, mas não acredito que um Linea faz 8 no alcool à 140/160… Se fosse uns 6, tudo bem… Mais que isso não acredito… Não estou duvidando de você, apenas não acredito que faça isso no àlcool…

        • Matheus Lelis

          Sim, faz, andei 700 km a 2 semanas, velocidade de 140 km/h sempre que dava, gastei 85 litros, aqui é quase tudo plano, com poucas subidas e descidas. Agora, já andei 110 km com uma velocidade de 160/180 e deu 6,5 km/l. Na cidade…. quando consigo 5 km/l é muito

          • Angelo Lucca

            Blz… Pq meu Punto fazia 8 andando a 120… Na cidade o maximo era 7,2…

            • Matheus Lelis

              qual motor?

              • Angelo Lucca

                1.4, esse motor só é economico na gasolina… No alcool não dá… Na gasolina conseguia médias de 11 a 12 na cidade…

                • Matheus Lelis

                  Ah ta, pois é, o punto 1.4 a 140 ou mais esta trabalhando forçando, é um motor fraco pro carro, lembro de um palio 1.4 que tinharmos, a 140 na gasolina so dava 11, agora, o motor 1.8 a 140 voce precisa acelerar menos para manter, imagino que isso melhore um pouco o consumo em relação ao 1.4. Acho que o punto mais economico que tenha é o 1.6

  • Rodrigo

    Eu já imaginava que um post sobre o Renegade traria discussão.
    E quanto às linhas sobre o Celta, não tive o intuito de denegrir quem tem tal veículo. Eu mesmo já tive Brasília! Acho que muitos não lêem com muita atenção…
    Sei como é ter um carro simples, dentro das possibilidades. Mesmo assim eu sempre cuidei bem da minha velha Brasília e ela me ajudou muito quando precisei! Assim como meu Chevette, e depois o Uno, e por aí vai. Ocorreu a evolução natural, de acordo com meu crescimento profissional também!
    Não desmereço quem tem carro simples, apenas enfatizei o que muitos “comentaristas” dizem ser demérito, para tentar minimizar ou provocar quem tem um veículo que julgam inferior ou uma compra errada.
    E também não procuro adeptos do Renegade. Me expus apenas para mostrar a percepção de proprietário, não de test driver.
    EU estou contente e bem satisfeito. Se isso incomoda alguns a ponto de julgarem meu relato ser uma justificativa para mim, nada posso fazer.
    E me sugeriram refazer o relato em um ano. Achei uma boa idéia!
    Até mais!

    • Iran Borges

      Muito bom, cara. Parabéns! Ótimo ver um relato real de uma pessoa que não é “jogador de super trunfo” nem é “piloto de arrancada”.

      A quem se ofendeu por causa do comentário sobre o celta: parem de fingir que não entenderam o que o cara quis dizer! E quem não entendeu, esqueça… não serei eu a explicar.

      Obs: Não sou fã de Renegade.

    • André

      Ei! Brasília já foi um carrão!! :)
      Comentarios infelizes fazem parte… Nem esquente com isso.
      É o preço por dar a cara na Web.

      Hoje tenho bom carro; meu primeiro foi um Palio 1.0 azul calcinha usado que pude pagar na época da faculdade e foi carro que mais me trouxe alegria indireta. E nunca me deu problema.

      Satisfação pessoal pode ser incompreendida. Certa vez postei um vídeo no ADG de um carro que tinha e falaram que era do patrão, roubado, devo ser político, mostrando carro dos outros e por aí vai.

      Um “Celta” pode ser a maior alegria de alguém naquele momento.

    • José Luís

      Parabéns pelo teu relato. Vai muito no que penso. Tenho 43 anos, filha pequena, e não viajo para ficar disputando racha na estrada. Estou avaliando um SUV (tenho um Focus Sedan 2013) e teu relatato foi muito bom!

      • Rodrigo

        Obrigado! Procure mesmo um carro que te agrade e que proteja a todos da família!
        Espero que o relato ajude a tirar algumas dúvidas!
        Valeu!

        • dor53

          Tirou muitas duvidas
          o NA postou um teste q diz q ele é fraco e gastão
          parece q não

    • Zoran Borut

      Eu estranhei mesmo foi o fato de você ter dito que a ideia era trocar o CR-V com oito anos de uso porque estava ficando velho, para logo em seguida contar que acabou trocando o Ka de uso diário, com apenas oito meses de uso, pelo Renegade. E passou a usar o Renegade em sua rotina. Oras, isso pareceu realmente uma compra impulsiva, emocional, ainda mais que o Renegade provavelmente consome bem mais que o Ka. Afinal, se podia esperar os 60 dias pelo carro, poderia ter usado os mesmos 60 dias para negociar a venda do CR-V por um preço mais justo. No fim, o relato acabou passando a impressão de ser forçado, ao tentar atribuir bom desempenho, economia, espaço (no caso, o porta-malas reduzido demais) a um modelo que todos sabem não ter estes itens como diferencial. É esse conjunto de dados que transmite a sensação de ser um texto tentando justificar sua escolha.

  • Lucas

    O povo aqui ta mal-humorado né?! Eu hein! Acho que é inveja do cara…só pode

  • Bruce Wayne

    Parei de ler quando vi a foto do carro estacionado em duas vagas, não perdi muita coisa pelo visto.

    • Zé Mundico

      Deixe de ser boçal e azedo ,aprenda a ler e respeitar o testemunho de uma pessoa que perdeu tempo para compartilhar sua experiencia. Tenha modos,menino.

      • Bruce Wayne

        Deixe voce amigo, o autor perdeu a oportunidade de ser escutado no momento que ele se preocupou em responder e desmistificar criticas sobre o carro e que acabam incomodando ele, não acrescentou nenhuma informação útil de nada.
        Vá rodar o mundo Zé.

        • Rodrigo

          Desculpe-me, poderia indicar quando anunciei que alguém era ignorante neste relato?

    • Victor Hugo

      Serio?

      • Bruce Wayne

        Sério.

    • Matheus Lelis

      Poxa, parou de ler logo quando ele ia falar dos pontos negativos? Quem nunca cometeu nada de errado? Ou só quem nunca dirigiu ou quem mente. Ja vi estacionamentos de predios, onde cada morador tem 2 vagas, se ele tem 1 carro, não faz mal parar no meio das duas, não estou dizendo se esse é ou não o caso) ainda evita aquela batidinha na porta do outro quandro abrir.

      • Bruce Wayne

        hahahaha

  • Mauricio L.

    Bom relato parabéns, eu só tive oportunidade de ficar 1 dia com um top de linha trailhawk completo menos teto. Fantastico o carro, acho que cada um tem suas prioridades nos carros, uns buscam conforto, outros desempenho etc. Alguns são mais racionais outros nem tanto heheh, eu não critico a compra nunca na vida, da pra ver que você pesquisou, sabia o que queria e que algo realmente te levou a comprar o renegade, talvez não tenha sido a melhor escolha do ponto de vista de custo/benificio (tomando por base as revistas e testes comparativos), mas se o carro te atende e vc está satisfeito já é uma conquista. Eu não andei no HRV ainda mas eu gostei muito do Renegade acho que compraria um tranquilamente!

    • Rodrigo

      Pena que muitos acham que estou doutrinando compradores pro carro… rsrsrs
      Cada um compra o que lhe convém! É mais do óbvio, né?!

  • Joaquim Grillo

    3 meses com o carro e antes dele esperou 63 dias ou seja 5 meses o carro não existia

    • ricardo

      ele comprou antes quando estava na fase de pedidos …
      vc podia fazer isso pela net ou pela css ja em fevereiro se n engano

  • Wagner

    gostei da avaliação, porem nao acho que 3 meses e 4 mil km sejam parametro para uma avaliação, acho que seria mais produtivo a avaliação do crv que vc disse ter 8 anos

    • dor53

      espere 8 anos

      • Rodrigo

        rsrsrs

  • Lucas

    A seção chama-se: Carro da semana, opinião do dono…Logo a opinião é dele! O cara tem o trabalho de escrever um texto sobre o carro, não ganha nada por isso e ainda é massacrado pelo pessoal. Eu que não farei sobre o meu hehe

    • Redpeak77

      Em tempos de internet, para ser criticado, basta ter opinião…
      Ao invés de agradecer a opinião do rapaz que cedeu o tempo para escrever, acham melhor crucificá-lo na frente de todos.
      Cada crítico quer impor a sua opinião como verdade absoluta, aí fica difícil.

      • Peraldiano

        Pois é. A internet está se transformando num verdadeiro tribunal da inquisição onde todo mundo é culpado e deve ser acusado,julgado,condenado e executado sem piedade.
        Resultado da infantilização do pensamento e dessa garotada mimada que acha que a opinião dos outros não vale nada.

        • Zoran Borut

          Mas você também está julgando e desmerecendo a opinião dos outros, uai.

          • Peraldiano

            Estou constatando uma realidade e um fato que acontece diariamente em várias situações .Ter opinião própria baseada em fatos e demonstrada com argumentos razoáveis é uma coisa.
            Destilar ódio e revolta por desinformação , preconceito e ignorancia é outra completamente diferente. É coisa de criança.
            Adeus.

  • Peraldiano

    Muito bom o relato, bem objetivo e criterioso. Como o rapaz disse, é um carro normal e sem maiores estrelismos e babados. Tem o conforto , desempenho e economia que se espera e nada mais.
    Não sobra nem falta. Ótimo!!!!
    Quanto ao valor da latinha, aí vai do bolso e possibilidade de cada um,mas me parece que na faixa dos suvs médios, seja mesmo a melhor opção.
    E mais uma vez o dinheiro fala mais alto, tão vendo aí?
    E esse povinho nervosinho e zangadinho já está passando dos limites, valha-me nossa senhora!!

  • beto

    Parabéns pela compra, nesta categoria também seria minha opção.

  • Whering Alberto

    Parabéns pela aquisição e pela avaliação. Também acho o Jeep bastante interessante – embora valorize mais a racionalidade do HR-V. Só um adendo para os comentaristas que tentam refutar a avaliação: não façam isso, a menos que também sejam proprietários do mesmo modelo em questão.

    • Rodrigo

      Obrigado!
      Eu não ligo para os comentários dos raivosos ou dos “sem em interpretação de texto”! Eu acho até engraçado a posição que eles tomam ao tentar debater!
      Valeu!

  • André Maia

    Muito boa avaliação, sorte com o carro.

  • Marco Antônio

    Bacana a avaliação, é um carro que ainda vai gerar muitos debates acalorados… seria legal Rodrigo, se vc pudesse fazer um relato com a experiência da primeira revisão… seria muito util também… ademais, curta o carro e fique muitos anos com ele!

    • Rodrigo

      Obrigado! O plano é ficar 8 anos acom ele!
      Valeu!

      • Marco Antônio

        Rodrigo, só uma curiosidade: o sistema de som do renegade é bacana?

        • Rodrigo

          Eu gostei! Os comandos no volante são bem fáceis de usar e a qualidade do áudio é bem satisfatória.
          Mas é a qualidade que encontrei nos demais carros que tive.
          A não sero Fusion, que tinha um sistema de som realmente impressionante.

  • Cleiton Freitas

    Cara seguinte, baita comentário.Parabéns.

  • Mr. On The Road 77

    Parabéns pela bela aquisição!
    Também acho que é um ótimo carro.

  • dor53

    esse negocio de motor fraco é um mito

    • O motor Etorq casado com o Renegade (pesado) e com caixa automática traz um desempenho acanhado ao carro. Arrancada de 0-100 na faixa próxima aos 15 segundos, além de números de retomada pouco inspiradores revelam um carro com desempenho na faixa dos carros de 1000 cilindradas aspirados mais “valentes” do mercado. Não é mito, são números frios e facilmente disponíveis na mídia especializada.
      Agora, é um desempenho suficiente? Aí vai do perfil do condutor. Dependendo do uso, sim, é um desempenho totalmente suficiente.

    • kravmaga

      Procure no google por “renegade testdrivepe” e veja o testdrive o 0-100 que eles conseguiram

      • dor53

        vc compra carro pra disputar arrancada?

  • Bom texto, bem escrito e informativo, contendo o que é normal em relatos de proprietários (o meu inclusive quando o fiz), que é a óbvia parcialidade de quem optou por determinado modelo que é aquele de sua preferência, claro.
    Quanto às observações à respeito das opções estudadas:
    – Ecosport precisa revitalizar seu nível de acabamento interior urgentemente. A ripa que marca a média dos concorrentes subiu muito;
    – H-RV eu não concordo que tenha nível de acabamento compatível com o do Jeep. As superfícies emborrachadas e o design do painel do Renegade são significativamente superiores ao do Honda;
    – 2008 é uma excelente aquisição, mas como segundo carro da família. Seu espaço interno é acanhado, idêntico ao do 208. Seus pontos altos são nível de equipamentos, design interior e exterior, comportamento dinâmico (ênfase para o THP, mas o aspirado é também bem agradável na direção) e nível de acabamento interno. E aí na sua cidade estão “sacaneando” nos preços. Aqui em Goiânia tem sido possível levar 2008 Griffe AT de cor metálica a 72 mil pra casa, fácil. E não há como negar: o carro é basicamente uma perua do 208. Difícil levá-lo para casa como SUV;
    – Renegade tem o porta-malas bem reduzido, até mais que o do 2008, o que limita em certa medida seu uso em viagens com uma família. A afirmação “sabendo usar cabe tudo” é complexa. Meu sogro já viajou para a praia (Goiânia – Bombiinhas) comigo em um Ka de primeira geração e 5 pessoas (instalou um cinto extra no meio do banco traseiro para levar uma neta). O “sabendo usar” dele era levar uma mochilinha cada um e lavar roupas na praia (as mulheres teriam o matado se o pudessem fazer com um olhar… kkkk). A limitação é clara quando se compara a um carro de boa capacidade de porta-malas.
    No mais, parabéns pela compra e pelo texto. Carro tem que agradar ao dono, e a mais ninguém.

    • Darwin Luis Hardt

      olha o Ubaldir aí defensor de peugeot 2008 na área de novo! hehe

      eu lembro que num post sobre o 2008 tu defendeu com unhas e dentes que o 2008 nao era um 208 perúa, e sim um SUV… mas deixa pra lá, já passou!

      o acabamento do renegade é muito superior ao honda, achei isso também, notei de primeira quando toquei no painel, nas portas, em tudo. No HR-V nao fiz test-drive, mas sei que todo honda tem suspensão BEM dura. Meu fit é assim e irrita muito em rua de paralelepípedo. Quando dirigi o renegade, senti que estava num barco na água, nem dava pra sentir buraco, pedra e tudo mais. Levaria o Jeep mais pelo acabamento e suspensão, ou seja, pelo conforto no geral

      • Em nenhuma palavra minha foi negado o parentesco extremamente próximo entre 208 e 2008, pode checar meu texto. Meu comentário foi especificamente a respeito do termo “gambiarra” utilizado para as elevações longitudinais no teto do carro francês. E continuo repetindo: são elementos meramente estéticos que surtiram sim, bom efeito na diferenciação entre o 208 e 2008 e que resultaram em um modelo bem bonito, a despeito de não deixar de transparecer que seja praticamente uma versão perua do 208. É inegável que a falta daquela elevação deixaria o 2008 quase que exatamente um 208 elevado.
        E como eu disse na época, estava considerando o 2008 como uma das opções para segundo carro da família (minha esposa não suporta a ideia de ter um carro de dimensões avantajadas), lista que ainda tinha Honda City, New Fiseta sedã, C3, Fit e qualquer outro com dimensões próximas às do Polo sedã que ela tinha e com bons atributos de segurança passiva e nível de equipamentos. Os outros “SUV’s compactos” não me interessaram pelo preço cobrado em versões melhores equipadas, a despeito de eu ter ido checar cada um deles (exceção de Ecosport e Duster que não me interessavam pelo acabamento devedor) nas concessionárias.
        Tanto considero que 2008 seja pouco mais que uma versão perua com suspensão elevada do 208 que acabei levando pra casa um… 208. Com o lançamento da versão 2016 com 6 airbags e sensores dianteiros, sobrou pouco motivo para que eu pagasse 14 mil reais a mais (na negociação paguei 60 mil na versão Griffe) para ter uma suspensão elevada (sem utilidade para o uso de minha esposa), uma alavanca de freio de mão estilizada (e chata de utilizar), um porta-malas um tapinha maior (também desnecessário para o nosso uso do carro) e o acionamento elétrico do forro do teto panorâmico (no 208 o forro é manual). No fim acabei escolhendo o 208 pelo seu bom acabamento, ótima dinâmica (a direção elétrica dele é diferenciada), pelo nível de equipamentos imbatível na faixa de preço e pelo valor cobrado (um HR-V compatível em equipamentos sairia 30 mil reais a mais). Sem falar nas dimensões bem ao gosto da patroa: bem pequenino.
        Viu? Eu tenho memória ainda melhor que a sua… kkkkk.
        Abraço.

        • Darwin Luis Hardt

          Ta certo Seu Uba. Teus critérios pra escolher o 2008 nesse caso valem mesmo o carro. E a sua memória eh apenas melhor que a minha nesse assunto pq vc repetiu a mesma coisa pra um monte de gente aqui no NA hahaha

          Hoje vi um 2008 passar do meu lado e nem percebi que era um suv compacto. Parecia mesmo uma perua curtinha. Ele eh bem bonito mas dá a impressão de nanico ainda

          • Não escolhi o 2008, no fim das contas, vale uma repassada no texto. Ele é sim um carro bonito, mas não acho que ele possa ser considerado concorrente de Renegade ou HR-V, ou mesmo de Ecostport e Duster, nem mesmo em preço (o 2008 bem completo opera em geral numa faixa de preço perto de R$ 10 mil a menos que os demais). Ele acabou virando um carro de nicho, sem nenhum produto com proposta realmente igual no mercado. Está mais para um “Cross 208” que para um novo produto. Nesse aspecto ele acaba ficando mais próximo de Cross Fox e Citroen Aircross do que dos ditos crossovers compactos do mercado, que possuem uma diferenciação maior com relação aos modelos que os deram origem.

            • Darwin Luis Hardt

              nao pegou o 2008 pra sua mulher entao? Decidiu pelo quê no lugar?

              eu acho também que o 2008 nao dá pra chamar de SUV, uma perua seria mais adequado mesmo.

              • Peguei o 208. A linha 2016 veio com 6 airbags e sensores dianteiros, assim como o 2008. Aí sobrou a mais no 2008 o acionamento elétrico do forro do teto panorâmico, uma alavanca de freio de mão estilizada (e chata pra caramba de usar), uma suspensão alguns milímetros mais elevada (não temos uso pra ela) e um cadinho a mais de porta-malas (também não temos uso pra ele). Ai, pagar 14 mil reais a mais, sem a taxa zero do 208… não tinha porque, fomos de 208 mesmo.
                O carrinho acabou saindo um tanto bom abaixo do que ficaria um New Fiesta, um Fit ou um City com nível de equipamentos assemelhado. E ficou bem ao gosto da minha esposa: um compacto com nível de equipamentos de médio.

                • Darwin Luis Hardt

                  falam muito bem do 208 mesmo. Acho que valeu mais apena ele do que o 2008 pra sua mulher, se é mais pra uso urbano mesmo. E o Fit tá super caro,pra ter idéia, se quiser com câmbio automático, a versão mais barata que tenha um simples computador de bordo custa 60 mil. então é piada mesmo o new fit. Supervalorizado, infelizmente, apesar de eu saber que é um carrão se tratando de versatilidade, consumo e mecânica. Sobre o Fiesta nunca fui muito a fundo.

                  • Acabamento interno do Fiesta ficou aquém do 208, em minha opinião. E na negociação, ele saía quase 7 mil a mais que o 208. As vantagens dele estavam no câmbio powershift (como tem gente reclamando por defeitos nesse câmbio), o airbag extra para o joelho do motorista e a partida sem chave. Vantagens do Peugeot: teto panorâmico (é bem legal) e sensores dianteiros. Acabei indo no Peugeot mesmo, principalmente pela diferença final no preço.

  • Agenor Souza

    Achei o relato muito bom; ficou muito claro para mim que, ao proprietário este carro atende perfeitamente. Não entendi que ele denegriu nenhum outro carro. Pelo contrário. Elogiou os demais em vários quesitos. Um fórum não precisa virar um lugar de fomento de ódio…cada um tem a sua opinião e, desde que não ofenda outras pessoas merece respeito e contra-argumentação (se for o caso) técnica.

    • Edu

      perfeito Agenor,
      o difícil é achar comentário (réplica) com conhecimento técnico ou prático…
      kkk

  • Hebert Saul de Souza

    rsrsrs eu leio alguns comentários, e racho de rir. !

    Foi simplesmente um comprador relatando seus 4.000 primeiros Kilometros, nada mais!

    Achei útil ? sim !!

    Opinião é igual C. cada um tem o seu..

    No dia-a-dia, vc gostaria de ter um carro com um bom acabamento ou pagar 80 mil num interior cheio de plastico duro ? Sim eu gostaria, o acabamento do Jeep ai é muito superior a de outras marcas.

    O consumo te assusta, não, pois a M. de gasolina que temos é isso mesmo, vai reclamar para quem ?

    Obrigado Rodrigo,

    • Rodrigo

      De nada!
      Eu é que agradeço!

      • Marco Antônio

        Rodrigo, o sistema de audio do renegade é bacana? não vi nenhum relato sobre isso nas avaliações… manda sua opinião aí!

      • Rmx

        Rodrigo Vc viajou em 5 incluindo um bebê!
        O Porta malas foi suficiente???
        Tenho um filho com 17 meses e só o carrinho dele ocupa boa parte do porta malas. Tenho um Golf, porta malas pequeno também!

        • Rodrigo

          Eu comprei um carrinho UMBRELLA nos EUA!
          Parece mesmo um guarda-chuva, mas ao abrir é um carrinho bem simples, mas muito prático! Para viagens é o que há! Levo para todo canto! No avião então, é uma beleza!

  • Peraldiano

    Garotada, é o seguinte. Quando o rapaz falou de Celta, ele falou no sentido figurado.
    Foi uma metáfora!
    Da mesma forma que ele citou o Celta, poderia ter citado Uno, Gol,Clio ou qualquer outra dessas latinhas 1.0 que andam por aí detonando em altos giros.
    O que ele quis dizer é que prefere viajar tranquilo, na boa, sem vexame, sem hora para chegar, do que pisar o tamanco do Celta e chegar no fim da viagem enfadado e com os pés cheios de calo.

    • Marco Antônio

      Boa!

  • Guilherme Gimenes

    Não consegui achar no relato, qual foi o valor TOTAL pago afinal? cotei aqui no site da jeep, modelo igual por 86.400 (somente adicionado o pacote do banco de couro, q ja vem com o aro 18)

    • Rodrigo

      Foram 80900,00 pelo Longitude.
      Coloquei banco de couro e insulfilm da concessionária Jeep por R$ 2700,00! (2300 + 400)

      • Guilherme Gimenes

        bacana.. então, o modelo exatamente igual ao seu, sai hj por R$82.900 … 2 mil a mais.. o seu valor final era maior e baixaram para 80.900 ou esse era o valor mesmo? obg.. to querendo pegar um e estou com duvidas ainda.

        • Rodrigo

          Peguei logo que lançaram. Já houve um pequeno reajuste de R$2000,00 há duas semanas, eu acho.
          O Longitude começava por 80900,00!

  • danlaradd .

    Bacana seu texto e sua opinião sobre o carro!
    comento algumas coisas:
    – As rodas aro 18″ estão sendo realmente empurradas em praticamente todos os Renegade da versão Longitude, é quase impossível o achar sem elas e se não me engano, quando a 4Rodas comprou o Renegade do Longa Duração, também passaram por isso. Eu particularmente prefiro as aro 17″ por questão de conforto e achei um pouco chato associarem ela ao banco de couro.
    – O motor não é tão amarrado mesmo não, na minha família tem 2 Renegades, Sport MT, achei o desempenho bem comparável ao de meu Punto 1.6, que para meu tipo de condução, não é nem pouco potente, nem com potencia exagerada, ta ali, na média do esperado para uma condução segura, sem querer bancar o piloto.
    – Isso de insulfilm é um problema generalizado no Brasil, não adianta, nosso país é pouco profissional numas coisas e a economia com materiais e profissionais qualificados (leia-se capazes de fazer uma instalação decente) é absurda.

    • Lucas

      O tenso é que as rodas art 17″ do Longitude acho bem mais bonitas esteticamente que as 18″.

      • Rodrigo

        Eu também curtia as rodas 17… mas acostumei com as 18!

    • Rodrigo

      Acredito que nos primeiros Renegade Longitude muitas rodas aro 18 foram empurradas! Até no carro do teste de 60000km da Quatro Rodas ocorreu a “empurrada”, como você lembrou! Acho que foi na edição de abril ou maio, se não me engano!
      Insulfilm é mesmo complicado! Mas eles acertaram depois!

    • Lucas

      A diferença de desempenho do Manual pro Automático é considerável amigo.

  • Caio Conceicao

    Mentira!!!
    Esse “poinião do dono” é tá FORJADO!!!
    Vamos lá:
    Tb ví o carro e já adianto que seu modelo incluiu o pacote luxo e não foi só as rodas. Está incluso bancos e alguns acabamentos em couro com rodas 18. Se fosse só as rodas, seria pela tabela os 1800 mencionados, mas esse pacote custa 3500, porque seu carro tem os bancos em couro e NÃO É POSSÍVEL COLOCA-LOS SEPARADAMENTE DO PACOTE. Não iriam cobrar só os 1800 e sim os 3500 fora os 80k… E não custa agora que houve aumento no carro, desde o lançamento esse pacote está com os mesmos preços e condições para compra(venda casada do banco com a roda)!!!
    Mt provavelmente vc pagou td aceitando goela abaixo essa versão pra q pegasse o carro logo, pois nas condições da ccs vc iria perfeitamente esperar ao passo q outro cliente aceitaria o versão que “chegou” na loja.
    Tem caroço nessa matéria!!!
    Ta mt mal explicada…
    Tem outra coisa tb: Reparei q os renegade são meio caídos mesmos com o aro18, pois isso deve-se a versão flex q não tem o mesmo acerto na suspensão que o da diesel, deixando o carro mais elevado. Fica estranho no transito um carro robusto q parece estar afundado nas rodas, porém, em qq versão 4×4 ele chama a atenção pela imponência, mas 30mil só por causa do motor, prefiro esperar os novos SPORTAGE e TUCSON.

  • Caio Conceicao

    Mentira!!!
    Esse “opinião do dono” tá FORJADO!!!
    Vamos lá:
    Tb ví o carro e já adianto que seu modelo incluiu o pacote luxo e não foi só as rodas. Está incluso bancos e alguns acabamentos em couro com rodas 18. Se fosse só as rodas, seria pela tabela os 1800 mencionados, mas esse pacote custa 3500, porque seu carro tem os bancos em couro e NÃO É POSSÍVEL COLOCA-LOS SEPARADAMENTE DO PACOTE. Não iriam cobrar só os 1800 e sim os 3500 fora os 80k… E não custa agora que houve aumento no carro, desde o lançamento esse pacote está com os mesmos preços e condições para compra(venda casada do banco com a roda)!!!
    Mt provavelmente vc pagou td aceitando goela abaixo essa versão pra q pegasse o carro logo, pois nas condições da ccs vc iria perfeitamente esperar ao passo q outro cliente aceitaria o versão que “chegou” na loja.
    Tem caroço nessa matéria!!!
    Ta mt mal explicada…
    Tem outra coisa tb: Reparei q os renegade são meio caídos mesmos com o aro18, pois isso deve-se a versão flex q não tem o mesmo acerto na suspensão que o da diesel, deixando o carro mais elevado. Fica estranho no transito um carro robusto q parece estar afundado nas rodas, porém, em qq versão 4×4 ele chama a atenção pela imponência, mas 30mil só por causa do motor, prefiro esperar os novos SPORTAGE e TUCSON!

    • Raimundo M.

      R$ 30mil a mais não são apenas pelo motor, mas inclua o sistema 4WD e o câmbio AT mais sofisticado. O detalhe do motor é que é um diesel naturalmente mais caro que flex com potência similar, mas são 40cv a mais e o torque é uns 50% maior e em menor rotação.
      Falam que o diesel é caro e tal, experimentem agregar um AT no EcoSport 4WD e seu preço bateria a porta dos R$ 86mil, só que o motor não é a diesel e o AT da Ford tenderia a ser o Powershift de seis marchas. Coloque, talvez, uns R$ 1,5mil para possíveis nove marchas ou dez (proposta da Ford de ter um AT10), teríamos um Eco beirando os R$ 90mil. Um motor a diesel com cavalaria similar ao do Jeep não sairia por menos de R$ 10mil, daí teríamos um Eco mecanicamente comparado ao Jeep também por R$ 100mil. O Eco ter mais itens de segurança é só agregar no Jeep, e há a diferença estrutura e de montagem melhor no Jeep, que talvez paguem o cobrado por Sport diesel com pacote de segurança.
      Sobre outros pontos citados na matéria, pode até ser furada e notei que a compra não foi tão racional, pois ele abriu mão de maior segurança no kit do Eco e o desempenho não parece ser tão relevante compensando pela suposta melhor avaliação do ka, mas se vermos que a Jeep cobrou menos no CR-V, na prática, se houve ganho, foi mínimo.
      É bom observar também que o Jeep tem um custo de manutenção superior até que o Honda. Ele parece ter ignorado esse detalhe.

      • Caio Conceicao

        E 30mil é justo por causa disso!?
        E qq outro mercado a diferença da versão normal e diesel não chega a 30% do carro…

    • Rodrigo

      Sr. “Profundo conhecedor”, antes de acusar sem conhecimento algum, observe bem, já que nota detalhes, e verá que o banco de couro tem costura vermelha.
      Foi instalado em concessionária. Eu escolhi a cor da costura, e ainda há a palavra JEEP bordada em preto.
      Educação não parece ser seu forte.

      • Caio Conceicao

        Vc colocou na JEEP ou fora?
        Perdeu a garantia, foi…????
        Aff…
        Olha, conta outra pq o banco só é vendido dentro do pacote. Qd fui à JEEP, tentei tb sondar o valor dos bancos, mas ainda não é possível.
        Tem coisa errada, ou vc ganhou os bancos.
        Nossa q CCS boazinha essa q vc foi… me dá o endereço dela?
        Tem mais uma coisinha: as costuras estão hiper mal-feitas e tortas… coisas de capa xing-ling… o couro tb, está mt fino e sem a aparencia de qualidade dos q ví na loja… Veja a diferença no acabamento do volante e do resto…
        conta mais uma outra lorota!!!

        • Rodrigo

          Parece que nestas concessionárias eles fazem o impossível!
          Paguei R$ 2300,00 para instalar banco de couro.
          JEEP FIORI – (71) 3255-2222
          JEEP CARMEL – (71) 3032-5151

          • Marco Antônio

            agora todo mundo vai pra lá… deu um belo ibope! kkkkkk

            • Rodrigo

              rsrsrsrs
              Tem umas vendedoras bem gatinhas por lá! Pelo menos na Fiori, onde fechei o negócio!

  • SDS SP

    Tenho um Cruze 1.8 AT que já é conhecido pela ineficiência do powertrain e de fato, fica aquém dos concorrentes mais modernos.

    Pelo que andei lendo, o Renegade Flex tem um desempenho inferior ao do Cruze o que me faria descartar o modelo em uma eventual troca, mas isso baseado apenas no que os testes da imprensa automotiva, pois para ter uma conclusão embasada, só fazendo test drive.

    Mas para deixar bem claro, o desempenho e consumo não fazem do Renegade um carro ruim

    • Lucas

      Não fazem ele um carro ruim, mas muita gente já descarta ele por conta disso.

  • Lucas

    Antes que me chamem de hater. Nunca falei que o Jeep Renegade é uma bosta. Muito pelo contrário, o carro é uma maravilha de se guiar, gostei pra caramba da suspensão, acho o carro robusto. Quando soube que a Jeep estava abrindo uma CCS aqui na cidade eu já tinha em mente que ia comprar um pra ser o segundo carro da família.
    Eu fiz o test-drive (duas vezes) e minha esposa uma vez e achamos o desempenho aquém do que estávamos acostumados. Pra um carro de + de 80mil achamos muito fraco mesmo, se fosse pra gastar 85mil num carro com desempenho fraco e consumo alto, melhor comprar um Golf DSG, com desempenho do mesmo porte do nosso outro carro (Fusion Titanium) e consumo muito bom.
    Primeiro, o desempenho é fraco sim. Tem gente que gosta de guiar, não se preocupa em acelerar, então o carro responde bem, pra esse público, o desempenho é ótimo. Tem gente que gosta de dirigir, sentir o carro, quem ta acostumado a pisar e o carro responder, não vai curtir o Renegade. Simples assim, vai variar de condutor pra condutor.
    Outro motivo pra não ter comprado é a taxa de juros que a CCS fez, era ridiculamente alta, no final, financiando 60% do carro, pagariamos uns 50% a mais de juros do que no financiamento do Fusion, na verdade, no final, os dois carros iriam sair o mesmo preço.
    Por fim, compramos um HB20X automático mesmo, pagamos quase 30mil a menos do que o Renegade, compramos no Compra Certa Hyundai, no final a gente vai pagar uns 6mil de juros, pq estamos antecipando tudo. Dai daqui a uns 2 anos compramos um Jeep Renegade Diesel, ou se o Flex vier com um motor novo, mais potente, como o 2.0 Sharkseiláoq, ou algum Turbo. Ou o outro carro da Jeep que vão lançar no Brasil pra substituir o Compass.
    No mais, boa compra, se te satisfaz, então é o melhor carro do mundo.
    E sobre o artigo, está bem escrito e bem detalhado. Quero ver a longo prazo se o Jeep mantém essa robustez, se manter, vai se firmar muito bem no mercado.

  • Higo Belchior

    Parabéns pelo relato Rodrigo, muito bem detalhado.
    Gosto bastante do Renegade e se eu tivesse condições financeiras suficientes, escolheria o carro da Jeep.

  • Rbs

    Excelente comentário talvez o mais detalhado que já vi . . . Pra fechar com chave de ouro só faltou o peso do bebê!!! kkkkkkkkk

  • Brj

    Ótimo texto, bem detalhado sem ser cansativo deu pra esclarecer algumas dúvidas, o Renegade é mesmo um ótimo veiculo.

    • th!nk.t4nk

      O triste é que o cara dá um depoimento honesto e ninguém acredita. Teve um aí chamando o cara de vendedor da FIAT. É mole?

  • Diego

    Desculpe a todos, mas ainda acho que pagar 80.000 em um UNO Bombado é LOUCURAAA…

    • th!nk.t4nk

      Cara, de onde você tirou isso? Sério, os comentários dessa vez passaram de todos os limites do bom-senso.

      • Diego

        é só você olhar um do lado do outro.. é igualzinhoooo kkkkkk

        • th!nk.t4nk

          Ah o visual quadradão? Se for isso… É gosto né.

          • Diego

            Sim e gosto não se descute.. kkkk

            • Angelo Lucca

              Realmente gosto não se dEscute….

        • Zoran Borut

          Nossa, então para você um ônibus é uma Kombi bombada?

    • netovski

      Imagina um Uno com 5 estrelas no NCAP

      Menos hate amigo, de ruim nesse país já basta o governo.

    • Matheus Lelis

      Acho que alguém não tem dinheiro pra comprar um uno bombado e está tentando denegrir a imagem de um carro, mas como vivemos em uma democracia, ta valendo

  • Jonathan

    Achei ótimo o relato, inclusive vou comentar a respeito com o meu padrasto que acho que vai trocar de carro em breve e pensa em dar uma olhada no Renegade. Não vi nada de ofensivo, arrogante ou qualquer coisa do tipo como o mimimi que virou discussão nos comentários. O cara relatou de forma bem clara a percepção dele, as opiniões dele e apenas se resumiu em dizer que muita gente aparentemente fala mal por falar, talvez pela origem “Fiat” do motor, o que convenhamos, é bem normal por aqui. Sei disso porque tenho um Hyundai, ainda que seja um mero HB20 e vejo em toda as notícias a respeito, uma horda de comentarista se resumindo em tirar onda ou falar coisas por achismo ou por clubismo o que na minha opinião, se tratando de montadoras de automóveis, chega a ser patético. Aparentemente são os que se ofendem quando alguém com um pouco mais de vivência ou informação a respeito, dá um relato diferente do que os entendedores de plantão tem como verdade absoluta.

  • Douglas

    O consumo me surpreendeu, meu Sonic manual geralmente gasta mais que isso.

  • Rubem

    esta certo o autor. se ele quisesse desempenho, por 88 mil iria em um sedan que deixa o ecosport ou o HRV com cara de 1.0.

    • netovski

      Se ele quisesse desempenho por metade disso iria de HB20 1.6 ou up TSI.

      • Lucas

        Pois é. Eu fiz isso, comprei um HB20 1.6, economizei uns 30mil. Daqui uns 2 anos quem sabe se o Flex tiver um motor melhor, senão, talvez role um Diesel.

  • Alessandra

    Excelente texto, detalhado e feito por quem tem o carro de fato. Ajudou muito a manter minha ideia de comprar um Renegade – que eu particularmente acho lindo. Obrigada!
    P.S: sou professora de Língua Portuguesa e seu texto está muito claro e bem escrito, parabéns.

    • Rodrigo

      Nossa! É uma honra!
      Muito obrigado!

  • Roger Bersch

    Eu acho que mesmo pisando forte do 2008 gastaria menos combustível que no Renegate, no Renegate pisa, não anda e ainda bebe. Não compraria o 2008, mas mecanicamente é muito superior ao Renegate, esse, só compraria se fosse diesel.

  • Davidsandro18

    Ótimo relato, o importante é você estar feliz com o carro e curtindo bastante o mesmo… Só não tinha necessidade de se desfazer de um carro popular (celta) devido alguns motoristas malucos. Carro não define o seu proprietário. Assim como pode ser um celta, pode ser um up! TSI, um Fusion, uma moto 125, um 2008 THP ou até mesmo um Renegade Trailhawk com o multijet de 170CV!

    • Marco Antônio

      Boa!

    • Rodrigo

      Já escrevi sobre isso abaixo! Se tiver paciência para ler tudo, vai entender que não pretendia ofender ninguém! Afinal de contas, comecei tudo com uma Brasília velhinha!

  • Michel

    Vai chegar uma hora que ninguém mais vai fazer relato algum, as pessoas implicam tanto e o pior é saber que implicam pelo simples prazer do enfrentamento!

    • Rodrigo

      É verdade…

  • kravmaga

    Eu acho o renegade um carro bem interessante e com personalidade, ao contrário dos concorrentes do segmento (inclusive o HR-V). Porém é inegável que o desempenho do carro com o motor 1.8 NÃO é adequado para o peso do carro. E não é opinião de somente algumas pessoas, mas da maioria da prensa especializada que andou com o carro.

    Dá para usar o carro com esse motor no dia a dia ? Claro que dá, asim como muita gente anda com carros 1.0 ainda mais fracos. Mas eles podem justificar parcialmente a escolha alegando o valor baixo do carro e economia de combustível. O renegade com motor 1.8 nem é econômico e nem pode ser considerado barato para os padrões nacionais.

    Discordo que carro com bom desempenho seja para fazer corridas. Meu Jetta tsi tem um bom desempenho mas não é carro de corrida e nem serve para isso.

    Nem todo mundo precisa de um carro desses ou topa pagar o preço disso, mas eu diria que qualquer carro que faça um 0 a 100 em 11 s ou menos tenha um desempenho adequado para pegar estrada com segurança.

    A fiat sabe que o desempenho com motor 1,8 não será considerado bom por muita gente e por isso está fazendo um motor 2.0 tigershark .

    A gente sempre compra carros pelo pacote, com todos os pontos positivos e negativos. O ponto negativo desse carro é sim o desempenho não adequado mas também tem muitas qualidades como acabamento e qualidade construtiva.

    Não é o carro que eu compraria mas entendo quem compre por privilegiar as qualidades do carro. Mas não aceito quem negue que o desempenho é ruim dando a entender que só quem aposta corridas na rua ache ruim.

    • Lucas

      Boa.

  • 1945_DE

    Fiz o teste drive na versao manual e não serviu para mim, o carro leva muito tempo para vencer a inercia. Isto é um fato e não se pode negar. A própria Jeep já está preparando um novo motor mais forte. Mas a tua experiencia é tua. Você não comprou o carro para os outros e sim para você. Se está satisfeito, bom proveito. Abraço.

  • Lucas

    Mas já tem discussão hein.
    1º O carro é lerdo sim.
    2º Se o desempenho do carro supre suas necessidades, isso não faz o carro ser rápido, ele é lerdo, mas é suficiente pra você.
    3º Se é suficiente pra você e você curte o carro, dane-se se os outros acham ele lerdo.

  • Fernando S.

    A avaliação é boa, mas o tempo de uso do veículo é ínfimo ainda, com todo respeito. Acho que seria necessário no mínimo 1 ano (isso com qualquer carro) para poder emitir uma avaliação mais precisa.

  • David

    Ótimo relato. Aqui em SP capital tem muito renegade também, mas os que eu vi até o momento são todos 1,816v flex e dessa mesma versão, ainda não vi nenhum com motorização a Diesel.

  • Thiago C

    Se colocar esse troço na minha frente, taco fogo. Ta louco, pagar 80 mil em carro lerdo. Todo o mimimi de estou curtindo o carro e seu conforto com a família… Bah!!!

    • Rodrigo

      Bom… Eu tinha 80 mil e comprei!
      Ninguém é obrigado a fazê – lo!
      Se não gostou do texto, leia outro!
      Abs

      • Angelo Lucca

        Não entendo uns ataques de fúria que existem por ai… não gosta, não compra! Ai você pensa que o cara anda de carro de 200mil e você vai ver e o cara às vezes nem carro tem…

      • Thiago C

        Legal, ta usando bem o dinheiro. Ótimo investimento.

  • Bruno Luís

    Parabéns Rodrigo Rodrigues ótimo relato.

  • Alvaro Guatura

    Excelente relato, parabéns pela escolha. Seria a minha também se eu pudesse $

  • Guilherme Donini

    Legal a avaliação, mas você não fala quais pacotes você adicionou nem quanto foi o valor final, mas gostei do texto. Só achei uma coisa estranha, suas rodas são da versão Sport a de entrada ou estou enganado? Pois estou pensando em pegar 1 no começo do ano que vem.

  • Rodrigo Dos Santos

    Comprei o renegade a 1 mês. O carro é perfeito.

  • Rafael Yashiro

    “Caso um dia eu estiver rodando por aí e tentarem me ultrapassar com Celtinha esgoelando o motor com janela aberta para poupar AC e potência, jogo para a faixa da direita e permaneço curtindo meu som no conforto do meu carro, com AC ligado, torque em baixa, na velocidade constante do cruise control respeitando limite da via.”

    Quase pulei da cadeira com essa, é exatamente o que penso, acho que os donos de Up! MPI/TSI estão chorando sangue agora.

  • Uislei

    Rodrigo, também sou de SSA e atualmente tenho um Fluence CVT. Quanto está o consumo médio do seu carro dentro de SSA (na “mijolina”).

    • Rodrigo

      Eu não saberia dizer, pois calculo o consumo no tanque! Como utilizo o carro para ir ao polo petroquimico todo e dia e passeio aos finais de semana, a média geral em 12,5 km/L. No álcool, 9,3 km/L.
      Abs

      • Uislei

        12,5 km/l eu considero bom. Se comparar com meu Fluence, que hj está com 16,5 mil km, está bom. Quando vou com minha esposa para o trabalho (trabalhamos tbm no Pólo), ele faz um pouco menos que isso (12,2), mas dentro de SSA não passa de 8 km/l.

  • mariostefa

    Rodrigo, excelente relato. Parabéns

  • Guilherme Camargo

    Parabéns pela compra! Acredito que pra mim não daria certo pelo motor, mas cada um tem sua maneira de dirigir. Se lhe satisfaz, seja feliz!
    Não sou de apostar corrida, mas pego bem estrada e serra em mão dupla. Tenho um i30 2010 pois gosto do torque dele, que me traz segurança nas ultrapassagens. Não tenho a sua paciência no trânsito (mas gostaria de ter), mas também não sou um louco.
    Já tive um fit 1.4 e um Astra 2.0. Adorei o fit, mas não serve pra mim pq preciso de força para retomada.
    Em todo caso, novamente, parabéns!

  • Bruno@BRN.CS

    Considerando o motor, o peso, o desenho que embora eu goste não deve ter uma aerodinâmica muito boa acho 12km/l bem razoável. Parabéns pelo carro Rodrigo, espero novo relato das impressões com mais rodagem.

  • Mayck Colares

    Dois pontos que notei, não entendi porque de tanta reclamação por um conjunto de rodas mais bonitos que o Dono GANHOU (após um erro da ccss tudo bem, mas saiu de graça). Outra coisa, tenho notado que os carros com ar condicionado automático ninguém usa ele no modo automático, então pra que ter? (Eu uso no meu hahaha)

  • Clayton Martins

    Esses relatos com carros pouquíssimos usados servem mais como “primeiras impressões” que qualquer outra coisa. Servem, claro, para que pessoas interessadas em determinado veículo possam conhecer melhor os recursos que o carro oferece e detalhes sobre procedimento de escolha e entrega do veículo e valor de seguro. Durabilidade, pós-venda, preço de peças de desgaste natural e principalmente defeitos, só após dezenas de milhares de km rodados.
    Estou curioso como o Renegade vai se mostrar daqui a uns 2 anos pois a Jeep, nos EUA, seu país de origem, é de uma “confiabilidade” questionável, sempre inferior à GM e Ford.

  • DBR

    Muito bom o relato Rodrigo, fui um dos que pedi sua avaliação e a espero quando estiver com o carro a mais tempo.
    Acho que ajudou a tirar várias dúvidas de muitos aqui ao ter passado sua experiência. SUa opinião foi exatamente a minha quando fiz o test drive nas configuraçoes manual e automático, lógico que vc escreve com mais “conhecimento de causa”.. kkkk
    Abraços e parabéns pela aquisição!

    • Rodrigo

      Obrigado!

  • Vinícius DS

    Se eu rodasse tanto assim, nunca teria um SUV ou um carro beberrão, teria um Up TSI!

    • Artur

      Cada um com seu cada um. Se o cara quis comprar um SUV e tem dinheiro para mantê-lo, tudo bem. Eu também não compraria um SUV, pegaria um sedã (tem muita coisa boa nesse valor que ele pagou no Renegade), mas uma latinha de sardinha horrorosa como um Up! TSI só por causa do motor… nunca! :D

      • Vinícius DS

        Bom, gosto é gosto como você disse. Eu acho o Up simpático, não é lindo, mas também não é feio. Prefiro o design limpo dele do que os carros origami da Hyunday, por exemplo.

        • Rodrigo

          Hehehe
          Eu escolhi o Jeep pois fiquei a fim!
          Gosto do up!, acho um projeto interessante! Conheço -o desde o lançamento na Europa!
          Mas não atendia ao que eu estava procurando mesmo!
          O importante é estar bem com o que dirige! Curta seu up! É seguro e econômico! Boa escolha para uso diário!
          Abs

          • Vinícius DS

            Claro que o importante é estar satisfeito com a sua escolha e respeito isso. Só dei minha opinião usando a racionalidade. E não tenho um Up, tenho um Focus Hatch 2.0 Mk2, mas só uso para viagens.

            • Rodrigo

              Opa! Erro meu! Esse Focus é muito gostoso de dirigir também! Aliás, o projeto dos Focus são bem resolvidos! O carro cola no chão em curvas fechadas e em direção mais agressiva! Excelente para viagens, pois mantém a estabilidade!
              Abs

  • Helder Fonseca

    Excelente texto. Vi um esses dias aqui na minha cidade (Volta Redonda – RJ) e realmente o carro chama a atenção, vermelhão igual ao seu então, nem se fala.

    Parabéns pela compra!!

    E mais uma coisa, não perca seu tempo discutindo por aqui, vai curtir seu carro. hehehe.
    Abraços!

    • Rodrigo

      Dito e feito! Rsrs

  • Atley jackson

    Parabéns pelo excelente relato Rodrigo! Se fosse comigo a “confusão” das rodas 18″ e tivesse recebido as sem custo, ficaria feliz, e não reclamaria tanto.
    E parabéns belo bom gosto musical, SOAD! abraço

    • Cesar Mora

      Verdade! SOAD que estará em sp agora em setembro!

      e também não reclamaria de ganhar essas belas rodas 18″ mas entendo que ele deve ter sofrido um pouco até conseguir essa resolução…

      • Atley jackson

        Pena que não viram para minha cidade Curitiba, mas de qualquer forma vou ao rock in Rio!!
        abraço

        • Rodrigo

          Estarei lá também dia 24! Yeaaah!

  • Antônio Pozzato

    Bom, diante de tanta coisa que li aqui do Rodrigo, claro
    olhei os comentários, não li todos mas observei que muitas pessoas são
    contrarias, outras são favoráveis, bem minha experiência com o Renegade Sport
    1.8 mecânico, pois não gosto do automático foi uma das melhores, o carro me
    surpreendeu, sai da concessionaria na Barra da Tijuca, Rio, dei uma passadinha
    em casa e fui direto pra Petrópolis, a noite e sem conhecer bem os aspectos do
    carro no que diz respeito a segurança em relação a comportamento de controle de
    tração e coisas assim, o carro estava com 6 km rodados. A propósito tenho 63
    anos de idade, já andei de tudo um pouco, fui piloto de provas da extinta Alfa
    Romeo em Xerem.

    Fui direto a Petrópolis, portanto encarei o transito terrível
    da saída da Barra, amarrado, para e anda, cheguei a Jacarepaguá as 7 e pouco da
    noite, peguei algumas coisas e parti pra estrada, simples assim, na cara e
    coragem, afinal acabara de sair de um Punto 1.6, continuando, sai pela Linha
    Amarela, transito lento mais menos complicado, BR-040, amarrado devido a alguma
    coisa que não entendi bem o que era, acho que um acidente, após esse amarrado
    comecei verdadeiramente a andar, no plano e sem me preocupar com consumo pois
    sei que um carro com motor ainda amarrado com o pouco uso, subi então a serra
    de Petrópolis e quis sentir se faria com ele o que fazia com o Punto, pois essa
    era minha duvida, estabilidade e segurança em curvas, além claro do consumo, me
    surpreendeu em tudo, fiz mais que com o Punto, abusei mais, me deixei empolgar
    mais e foi muito bom, marquei tempo e formas de fazer como faço a anos as
    curvas que conheço bem, perfeito.

    Bem de Petrópolis segui pra Teresópolis, via Itaipava,
    estrada estreita, simples e perigosa, ai sim eu vi que não estava de Punto,
    pensei que seria bem mais difícil fazer o tempo que sempre fazia normalmente,
    até pelo medo e inexperiência com o caro, nada disso, abusei de novo, cheguei
    num tempo mais baixo que com o Punto, me senti bem e confesso abusei mesmo do
    Renegade. A volta para o Rio foi tranquila ja sentindo que tinha um carro
    seguro e que podia confiar, afinal ja tinham sido percorridos 260 Km.

    Fim de semana seguinte sai do Rio dormi em Petrópolis e sai
    de Petrópolis rumo a Belo Horizonte, queria saber se consumia o mesmo que o
    Punto e se me levaria no mesmo tempo sem riscos ou ameaças a segurança, fui e
    voltei, rodei por BH, sem problemas voltando a Petrópolis e posteriormente para
    o Rio, num total em uma semana de 2.244 Km. Agora estou brincando com o carro,
    já esta dominado… rsrsrs…um ótimo carro, se souber dirigir, não vai
    perceber isso de motor fraco ou coisa assim, mesmo num carro mecânico como o meu,
    que julgo ainda mais fácil de controlar esse torque que reclamam tanto e ou
    comentam tanto do motor 1.8 eTorq, alem claro de controlar o consumo e as
    arrancadas, pois saio sem forçar e logo estou tranquilo em quarta e quinta
    marcha. Como proprietário minha conclusão é que fiz um bom negocio, me sinto
    bem dentro do carro e seguro mesmo fazendo e cometendo certos abusos, mas até
    aqui perfeito!!!

    • Rodrigo

      Exatamente! Você se sente bem! É isso o que importa!
      Eu tentei expor isso, mas sempre há o julgamento leviano nos comentários!
      Já era esperado!
      Obrigado por compartilhar suas linhas!
      Abs

  • Cesar Mora

    Muito legal Rodrigo, não nego que estava meio reticente sobre um relato com tão pouco tempo, mas parabéns! foi muito bem escrito, esclarecedor, você também rodou bastante com o carro, conseguiu mostrar as características de uma forma lúcida, algo raro hj em dia rs…
    confesso que ajudou bastante a ver o carro com outros olhos… além de achar a sua versão um pacote interessante. ( acho a sport muito simples e as muito completas ficam absurdamente caras) boa sorte com o carro e parabéns por não entregar a CR-V por esses preços baixos, ainda mais sendo uma EX AWD!

  • Edu Silva Souza

    Otimo relato amigo, tem gente que adora criticar e discordar! Sobre seu carro o ponto mais controverso são 2 . O desempenho por exemplo do seu carro é ruim no seguimento , porem satisfatorio para o seu uso ou uso familiar, porque digo isso, porque no segmento o Renegade tem o pior desempenho. MAs com certeza leva uma familia em uma viagem e no uso diario sem problemas.
    Quanto a seu consumo, não é de todo ruim, porem tenho um 3008 thp e minha media cidade estrada é 13,5km/l . Nas circunstancias que vc descreveu fazer 12,5km/l eu faria por volta de 16km/l.

    Mas é um carro legal

  • Peter Bishop

    Avaliação JUSTA. Renegade é carro de família, lento, portanto. Todos os idiotas que pisavam fundo com a família que eu conheci, na estrada se deram muito mau e uns nem estão mais aqui. Quer correr e tem família (o que eu não recomendo)? Vai de Golf Variant. AÍ em vez de pagar 80k, malandro é 110k. HR-V, meu povo, é manco também!

  • Antonio Machado2w

    OBRIGADO RODRIGO pelo seu comentário; com sua experiencia com o RENEGADE, me ajudou a decidir algumas duvidas , se DEUS quiser e com a minha programação vou adquirir o Renegade 1.8 flex cambio manual, obrigado VALEU MESMO ….

  • ################Carlao GTS

    a grande sacada desse 1.8 é a manutenção…. já tem peça.

  • Evaldo Avelar Marques

    Você andou com o carro em estrada de chão? Queria saber como é rodar com esse bichão por estradas de terras esburacadas…

  • Elmo Bruno Portilho Mendes

    Eu gosto pra caraca do jipinho, mas o desempenho é sofrível (fiz test drive). Cabia o 1.4 turbo aí…

  • oscar.fr

    Não consigo entender quem chama o 2008 de reedição da Escapade. Parece que precisam achar um argumento para detonar o carro. Não gostou? Tranquilo, mas não detona e nem busque enaltecer seu carro como sendo o melhor no matter what. Sempre o nosso carro é o melhor para as nossas necessidades e possibilidades, mas isso não pode ser generalizado.

  • Gran RS 78

    Parabéns Rodrigo pela escolha. Se eu quisesse comprar um Suv compacto Okm ficaria entre ele ou o HRV. Entrei em um Renegade da mesma cor que o seu, em um shopping de Campinas, e realmente ao vivo ele é muito bonito, e o interior é muito bem acabado, parece até que pertence a uma categoria acima dos concorrentes diretos dele.

  • Lucas Irrthum

    Boa avaliação, bastante criteriosa e detalhada. Não gosto de carros desta categoria, tais como Duster, Eco Sport, HR-V, Renegade e outros, mas é sempre bom ler uma avaliação bem feita. Pelo preço destes carros, prefiro um sedã médio que, na minha opinião, irá atender da mesma forma. A única ressalva é para aqueles que possuem um sítio ou fazenda, e pegam estrada de terra. Tirando isto, considero um sedã médio superior em quase todos os quesitos. Um exemplo claro disso é o HR-V, que possui o mesmo motor do Civic. Se tivesse um motor mais forte, justificaria. Mas, como não é, o Civic é melhor na maioria dos aspectos (desempenho, estabilidade…)
    Não estou criticando a sua escolha, afinal, cada um sabe de suas necessidades e faz o que bem entende com seu dinheiro. Valeu, um abraço!

  • Rafael D’amico D’amico

    Muito lucido seu comentário, dentro de parâmetros dentro da realidade e só . Tudo a ver com a proposta de um utilitário, quem quer firulas e tal, tem Mercedes , BMW e outros. Carro é prazer. Quem quiser economia tenho um belo pangaré em Guanambi-BA, não gasta uma gota de gasolina, não come pneu, e não paga Ipva. Sou proprietário de um Freemont a três anos sem ocorrências, e já tive de tudo, pois aos 70 anos só resta curtir. Abraços.

  • Nismo

    Texto muito bom e tirou pré conceito que eu tinha desse carro com o motor 1.8.

    Comentário muito pertinente, detalhado e bem escrito.

    Muito obrigado por compartilhar sua experiência conosco.

  • Matheus

    Comentário bastante detalhado, porém duvidoso, avaliaram sua CRV em 30mil mais ou menos? Tudo bem que as concessionárias desvalorizam os carros mas 30 mil está muito abaixo do preço de mercado e outra, avaliaram seu KA em 35 mil, um KA mais caro que uma CRV mesmo que seja 2007, o preço máximo de um KA usado na Internet é 32 e com a desvalorizada que a concessionária dá no máximo que você conseguiria era 26mil/27 mil, mass, se você está dizendo…

  • Luis Carlos Bittencourt

    se quiser trocar as rodas pelas originais 17 eu troco e volto a diferença. se interessar entre em contato. lc.bittencourt@terra.com.br

  • Stenio Reis

    Gostei do texto e me ajudou muito a fechar o negócio no Longitude… Tenho certeza que vou fazer um bom negócio… mas sempre fica um pouco de nó na garganta… mas enfim… Depois passo aqui pra dizer como foram os meus primeiros quilômetros e impressões.

  • MN

    O cara não pode nem fazer uma boa avaliação do carro que ele comprou com o dinheiro próprio… Realmente, o povo não consegue ler sem dar opinião. Particularmente, sou muito curioso por saber que carro tem essas figuras recorrentes em vários blogs, entendendo muito, opinando muito e andando com o carro financiado do pai.

  • Jean Moraes

    Muito bom o texto, acho que deveria ser escritor. Rsrs. Obrigado por compartilhar a experiência com os futuros proprietários. Abraço.

  • Simone Modolo

    Legal, Rodrigo! Eu comprei um 4×4 Turbo Diesel e estou bem satisfeita também. Obrigada por compartilhar suas impressões! Bons passeios em 2016, você e sua família!!!

  • Jean Pedro

    So para constar ele falou uma baboseira ali, Peugeot 2008 com motor THP e razoavelmente mais econômico do que o Renegade com motor Etorq.

  • Ailson Sall Junior

    Obrigado por compartilhar … estou interessado em comprar um Renegade, e fiz o teste e curti muito o carro, mais lendo todas estas opnioes contrárias dei um tempo, sua opinião foi bem clara e bem parecido com q eu penso. .. espero pegar o meu em breve. Abs

  • Leonardo Dominoni Monteiro

    Também já fiz longa viagem com o Renegade e não percebi nem a falta de potencia nem o elevado consumo, chegando a fazer media de 13,3 no inicio da viagem e ficando com média total após os 1800 km 8,8 tudo no alcool. Fiz a mesma viagem com a Toro e tive um resultado bem parecido. O que parece que influencia muito é como se toca o carro, a Toro é mais pesada mas se você arranca de boa e planeja as ultrapassagens sem a necessidade de esticar muito o consumo fica muito bom. As vezes uma dica em trajetos com muitos morros é por a marcha em manual em 6 o que evita reduções desnecessárias. Parabéns pelo carro, muito bom mesmo e com certeza voltaria alugar tanto a Renegade como a Toro para as viagens, confortáveis e gostosos de guiar.

  • Jairo Lacerda

    Gosto é particular. Cada um tem o seu. Eu fiz um test-drive no Renegade no sábado, 12.08.17 e achei o carro horrível. Eu tenho 1,74m de altura e tive a impressão de estar entrando num Fiesta (do velho). Pra entrar no Renegade você já começa tendo a impressão de que vai se machucar na porta. Andei 5 metros e foi o suficiente para captar a lerdeza do carro e o peso que ele tem e a impressão de estar colado no chão. Eu comecei a olhar o Renegade semanas antes, porque vi o interior de um modelo e achei o acabamento lindo. Todavia, só se sente um carro, dirigindo. A minha opinião é que se trata de um automóvel horrível de dirigir, lento, pesado e de aceleração arrastada. Eu tenho uma Tucson 2014 e também é bastante criticada. Mas depois de dirigir o Renegade percebi o quanto o Hyundai é leve e ágil. Mas reforço: é questão de gosto. Pra mim, não rolou.

  • Patricia Granzinoli

    boa avaliação.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email