Usado da semana

Carro da semana, opinião de dono: Kia Picanto 2012

kia-picanto-2012-opiniao-dono-1-620x465 Carro da semana, opinião de dono: Kia Picanto 2012

Comprei meu Kia Picanto no meio de julho de 2012, na troca do meu Honda Fit 1.4 LXL 2007 (que foi meu terceiro carro, antes tive um C4 Hatch 1.6 16V GLX 2012 e um Renault Clio 1.0 16V 2011). Escolhi o Picanto porque foi o carro que mais me agradou devido aos seus mimos e por ser o lugar que melhor avaliaram o Fit.



Os concorrentes dele na minha escolha eram o Fiat Uno Sporting 1.4 8V e o Chery S18 1.3 16V, todos de motorização superior e preço inferior, porém a diferença ficou bem menor com a boa avaliação que tive na Kia Desing (concessionária que adquiri o veículo).

A entrega foi super rápida, consegui o Picanto na cor que queria (branco), a vendedora foi atenciosa, fiz test drive no manual e no automático antes da compra e decidi pelo manual por medo do consumo do automático (já que tivemos um picanto do modelo anterior aqui em casa, automático e no nos últimos seis meses com ele o consumo foi horrível e a Kia não descobria o “problema”).

kia-picanto-2012-opiniao-dono-2-620x465 Carro da semana, opinião de dono: Kia Picanto 2012

Pontos Fortes

Design: Todos curtiram o Picanto, todos olham pra você na rua, o teto solar impressiona, o visual compacto e charmoso causa boa impressão, aqui no Brasil a Kia tem um posicionamento premium então as pessoas imaginam que o carro é até mais caro do que o absurdo que custa. E todos babam no espelho do motorista com seis luzes de LED. É um compacto que apesar de tudo te dá algum status.

Acabamento: Interessante acabamento, simpático por dentro, apesar de ser em plástico rígico, os apliques em prata fosco causam boa impressão.

Estabilidade: Ainda que a suspensão esteja menos dura que a versão anterior, o carro é muito estável, faz curvas muito bem e torna a direção super divertida.

Direção elétrica: Leve nas manobras, regular em alta velocidade, deixa o carro bem gostoso de dirigir.

Espaço interno: Por incrível que pareça, não é ruim, tudo bem que tenho 1,70 de altura, mas já viajei com 4 pessoas e bagagens e o carrinho aguentou bem, na frente o espaço é bem legal.

Equipamentos (na versão top): Seis airbags te dão segurança e o teto solar é divertido (tinha preconceito com esse item, mas depois de tê-lo sentirei falta se meu próximo carro não tiver). O farol de led e a lanterna de led são um charme a parte, as pessoas se impressionam.

Pontos Fracos

Consumo: Não gosto do consumo do Picanto, sendo um carro super leve como é e tendo o motor 1.0 mais moderno do mercado deveria apresentar um consumo espetacular, mas não é o que acontece. Consigo médias de 7,5 até 10,5 km/l com etanol na cidade, na maioria das vezes fica em 8,5/9,0. Acho ruim demais, levando-se em conta o Clio que eu tinha, com um motor de concepção mais antiga, conseguia 10km/l sempre. Na estrada, o consumo agrada 11,5/12,0km/l com etanol, acho interessante, isso viajando na Dutra/AyrtonSenna sempre mantendo 110/120 km/h. Com gasolina, o motor responde mal e marca 10/12,5km/l na cidade, não utilizo esse combustível.

Durabilidade: Meu volante de couro começou a descascar nessa viagem que fiz agora no fim do ano pro litoral paulista, estou indignado, vou numa concessionária reclamar, é inadmissível num carro com menos de 1 ano e menos de 20.000km. Os bancos ficaram com manchas horrorosas o que me obrigou a por bancos de couro em novembro para melhorar o aspecto, ao reclamar na Kia que fiz a revisão dos 10.000km o atendente disse que era item de desgaste e que a mancha podia ter sido ocasionada por mal uso, no que eu respondi grosseiramente “mal uso esse que o Clio que custava metade do preço aguentava”.

Revisões não tabeladas: As revisões na Kia não são tabeladas, paguei menos de 400 reais na de 10.000km, não achei muito caro, mas poderia ser mais barato, o valor entre as CSSs não varia muito.

Desempenho: Levando-se em conta a experiência com o Picanto, decidi que será meu ultimo carro 1.0, no Clio ainda valia a pena pelo consumo, mas no Picanto não. O carro as vezes é lento para responder, obrigando fazer reduções de marchas, sentia o Clio mais rápido mesmo tendo um motor com menos cavalos.

Detalhes que incomodam: Acho um absurdo num carro que custou 44.800 não tem um pedacinho de tecido nas portas para os apoios dos braços, não ter função bluetooth no rádio, função um toque só no motorista, e o mais chato: os vidros elétricos e o teto solar não fecham na chave.

Defeito apresentado: Bateria descarregou DO NADA (!), numa parada para encher pneu no posto de gasolina, voltei para casa de reboque, revoltado com a pane e no dia seguinte tive que chamar o seguro para dar uma carga rápida, ao levar na Kia disseram que tudo estava em perfeito estado e o problema nunca mais se repetiu.

Conclusão

É um carro pra quem não liga de gastar em combustível, pra quem quer ser diferente dos demais e ter um conforto um pouco acima da categoria. É um bom carro, sem dúvidas, nunca me deixou na mão, mas os defeitinhos acima me incomodam bastante, já estou pensando em troca-lo por um automatizado/automático que seja um pouquinho mais potente, se eu conseguir uns 7/8km/l com etanol como conseguia facilmente no C4 hatch já me dou por satisfeito, ainda mais sem ter o trabalho de passar marchas.

Por Luccas Villela da Silveira

4.0

  • EuSouSeuPai

    Um ótimo carro, pena que o IPI foi o grande vilão do picanto!

    • VictorHugo

      Frase do texto:

      Aqui no Brasil a Kia tem um posicionamento premium então as pessoas imaginam que o carro é até mais caro do que o absurdo que custa!

    • bedotRJ

      É exatamente isso. a R$ 34.900,00, preço de antes do aumento do IPI, ficaria junto do HB20 e continuaria sendo uma ótima opção. A R$ 38.900,00 como está agora, já deixa de ser tão bom.

      • Fabio D.

        Pois é, concordo… seria um posicionamento perfeito para o mercado. Menos lucro por carro e mais por volume, bastante sensata a ideia.

    • granrs78

      O IPI e o Sr Gandini, pois mesmo antes do anuncio do aumento do IPI, a Kia já estava fazendo seus reajustes de preços, e mesmo quando teve a redução do IPI, eles ainda aumentaram mais os preços. Aí fica dificil comprar qualquer modelo Okm dessa marca, mesmo sendo muito bonitos e bons os carros.

  • willyaugusto

    Cara, parece que você mora na zona sul de São Paulo, pela foto… E acredito que deva pegar bastante transito, então arrisco dizer que as médias de consumo do seu carro estão boas sim.
    Do mais, sempre gostei do picanto e ainda tenho a ideia de ter um, como segundo carro. Mas interessante ver que você o julga lento, comparando com outro 1.0. Com certeza é algo que irei considerar antes da compra.

    • Louis

      Já eu pensei que fosse Riviera de São Lourenço rsrsrs

    • O_Corsario

      Me pareceu Moema… Será?

      • LuccasVillela

        No, já morei :) Mas não moro mais, infelizmente.

        • O_Corsario

          hehehe Moema costuma deixar saudades no pessoal…

          • LuccasVillela

            Em mim deixou, Vila Mariana também… São Paulo como um todo!

    • carrosempre

      Ele provavelmente mora na Barra da Tijuca, assim como eu. A Kia Design fica na Avenida das Américas, que tem praticamente todas as concessionárias de marcas; :D

      • LuccasVillela

        Viziiiinho :)

        • carrosempre

          Hehehe, o trânsito na Barra está horrível, principalmente perto do Barra Shopping, nem o "mergulhão" ajudou. Eu moro no Condomínio Mansões.

          • LuccasVillela

            Sei, sei. :)

            Tá ruim, mas não acho tanto, experimente andar em Jacarepaguá ou no resto da cidade, aqui ainda flui. Claro, a região da Alvorada / Barra Shopping é um lixo, mas o resto nem tanto. Eu evito ao máximo, mas como malho na praia e saio da academia seg, qua e sex ás 18h15 termino passando pela alvorada e é um inferno, as vezes sigo pela reserva e dou a volta, indo até o recreio e pegando a Salvador Allende, rs, tudo pra fugir do caos.

            • carrosempre

              Então, é essa parte mesmo que eu falo, Alvorada – Barra Shopping, essa área é um dos piores trânsitos que eu já vi. Tenho um amigo que mora no Pedra de Itaúna, que levou 2 horas para ir do Barra Shopping até em casa.

              • Fabio D.

                Bicho, piada demais esse trânsito. Trabalho no Mario Henrique Simonsen e esse trânsito é NOJENTO. Fica a dica… a rua entre meu condomínio e o Le Monde está aberta… entra à direita, segue em frente, passa pelos fundos do Village Mall (shopping novo) e vai sair lá no Fórum… Almoço no BarraShopping em 2 minutos, eu levava 15!

                • LuccasVillela

                  Sim, a Av. Tim Lopes, ninguém descobriu ainda, amém… Que não descubram porque os imbecis fizeram ela com uma faixa só… Que inteligentes, afinal tem pouco carro na barra, não precisaria mais.

                  @CarroSempre Sério? Carajoo… Duas horas nunca levei aqui na Barra, mas tb, eu faço qualquer coisa pra não ficar no transito, saio entrando por todas as ruas, paro no mercado, no shopping, na china, mas não fico parado em transito por muito tempo.

                  • carrosempre

                    Foi em um dia que praticamente fecharam a Ayrton Senna.

    • bedotRJ

      É Barra ou Recreio, com certeza. Em São Paulo, espaçamento tão grande entre os prédios é coisa rara.

    • diogoramos23

      Ele mora na Barra da Tijuca/RJ, perto do Autódromo.
      Acho que no prédio ao lado… eheheheheh

      • HenriqueHJ

        deve ser por lá mesmo. lá perto da abelardo bueno. as construções atrás em cor de vermelho tijolo são de uma construtora chamada Calper.

      • LuccasVillela

        UAHSUASUHASUHA, adorei a investigação! E adorei acharem que é Moema, já morei lá e AMO aquele lugar. Não, não é SP (infelizmente), é na Barra, na região do HSBC Arena, Autodromo (Parque Olimpico, já que o autodromo se foi já), no condominio Villas da Barra (mas tem que falar Rio2 ou Bora bora para todos conhecerem, hahaha).

        Você mora aqui também? o.O

    • tchones

      Ele mora no Rio de Janeiro. Dá para ver pela placa do carro começando com K

      • Landrutt

        Em Recife também usavam placas começando com K.

    • LuccasVillela

      Não, o transito aqui na Barra é ruim sim, mas flui e eu dirijo em alguns horarios alternativos, com outros carro o consumo não era assim ridículo. :) Eu acho lento o Picanto comparando com o Clio (claro que o Clio não é a mesma coisa que o picanto nos outros aspectos, mas em questão de motor, sou mil vezes o Renault, mais economico e mais disposto).

  • RafaPinheiro

    Para esse carro so faltou um motor melhor o 1.6 do hb20/cerato seria o ideal pelo preço que carro custa. Se eu fosse o autor teria olhado com carinho para o fiat 500. Excelente relato.

    • gcarlos

      Por consumo tanto o motor 1.0 do Picanto quanto o 1.6 do Hb20 se mostraram gastões apesar de MODERNOS como muitos dizem aqui.

      • RafaPinheiro

        Confesso que estou decepcionado com ambos os motores pois sempre ouvi maravilhas deles em relação ao consumo. Mas pelo menos o 1.6 do hb20 entrega um desempenho animador enquanto que o 1.0 não entrega nem consumo nem desempenho.

        • Vitão

          Creio q os motores modernos são economicos, mas se forem somente a Gasolina……

          O q estraga o consumo eh qdo se tornam FLEX…..

          • Sim, foram a primeira geração da Kia de motores flex. Desenvolvidos na Coréia e utilizados apenas aqui no Brasil. Ou seja, a Kia KR precisa melhorar ainda nesse quesito. Eu só queria o original a gasolina mesmo…

          • O_Corsario

            E também tem que ver QUAL gasolina… A nossa tem 25% de álcool, então já complica tudo!

    • LuccasVillela

      Eu ia comprar o 500, só não comprei por ter duas portas, minha vó de 82 anos odiaria e minha mãe tem problema na coluna, logo, quem ia ter ir pra trás sou eu, e eu odeio andar atrás mesmo que seja de vez em nunca (já que é raro sair os três e ela [mãe] tem o smart).

  • Edson Roberto

    Interessante… o carro PIFA por descarregar a bateria mas nunca deixou na mão??? Como assim???

    O carro é bom… mas manchou o banco e gastou cerca de R$1000~R$1500 para colocar bancos em couro… o carro é bom, mas acelera mal e o consumo não é bom… o carro é bom, mas não tem acabamento em tecido nas portas. Sério… que avaliação é essa?

    Que o carro tenha um interior bonito, que seja com design bem bonito (eu acho mto bonito) e ainda caiba em qualquer vaga eu concordo. Mas de acordo com o relato, o carro não é essa maravilha toda não. Ainda que seja bem seguro, eu acho muito salgado o preço dele para o que oferta. É nessas horas que eu sempre cito a falta de termos carros seguros, pois nesse preço são poucos que conseguem chegar proximo dos 6 air bags.

    Entretanto, tratam melhor o condutor ofertando justamente um motor superior que de acordo com o relato, não é o esperado e realmente parece não ser tão economico mesmo. A minha média de alcool na cidade é de 8,5km/l. Mas pode variar conforme o relato, ainda que não faça atualmente menos que 8km/l na cidade com alcool.

    Isso só demonstra que um relato desses faz algumas pessoas vivenciarem certas caracteristicas, ponto positivo. O teto solar é algo que ele achou bacana, se ele andar em um médio onde geralmente esse item é mais comprido, vai achar um sonho. Pegar um carro com teto panoramico? Brilha os olhos.

    Curioso é o mesmo ter tido carros praticamente de 1 ano para o outro. Certamente a venda do C4 se deu pela não necessidade de espaço interno, inclusive para ser de uso urbano. E claro, o consumo. Se isso for valer de detalhe, eu achei uma revisão de R$400 nos 10000km bem cara. Para se ter ideia, na epoca eu pagava R$195 no C3.

    Veja que o C4 custa mais ou menos esse valor. Só que é um carro que possui outras caracteristicas superiores ao Picanto. Entretanto, muitas reclamações citadas pelo dono (que por sinal não tenho visto tanto mais comentando por aqui), são coisas que se tratam de caracteristicas do modelo. Pelo preço, poderia ter encontrado um carro que agradasse nesse quesito. Cito na questão de preços, o Punto por exemplo.

    O que eu mais gostei do relato foi não ter só falado bem do carro… imparcialidade é muito boa, ainda que muitas criticas como eu disse no começo, tenham sido de contraste em não parecer um carro tão duravel assim. (não de mecanica, mas de acabamento).

    • danieldourado_2

      "Acho um absurdo num carro que custou 44.800 não tem um pedacinho de tecido nas portas para os apoios dos braços, não ter função bluetooth no rádio"
      SE acha um ABSURDO, comprou PQ???

      • LuccasVillela

        Vê a resposta abaixo. Acho engraçado, vocês tão 100% satisfeito com o carro, com a casa, com a namorada, com o corpo, com a faculdade, com a mãe, com a PQP de vocês? NADA é perfeito, gente.

        NAQUELE momento não tinha milhões de opção. Carro pequeno (MESMO!) no Brasil é dificil.

    • MecanicoDigital

      Pensei a mesma coisa quando li.

    • LuccasVillela

      Sobre as críticas do começo, não quis "ser fofo" com o carro não. Não acho um carro ruim, nunca deu (e nem devia dar, já que foi zero km) um problema sério, eu reclamei da durabilidade, os bancos ridículos que mancharam, falei tudo que aconteceu. A única coisa que eu esqueci e se puderem adicionar é que meus pneus tem caroços devido ao asfalto e isso já acontecia no Picanto antigo. PÉSSIMO. Na época que minha mãe tinha o antigo ligamos pro 0800 e nada foi feito. E o carro mudou de geração e continua com esses pneus podres e frágeis pro Brasil. Lamentável.

      Na época que comprei não tinha muitas opções, queria o J2, por ser mais barato, mas não tinham lançado. Eu fiquei entre quatro carros, sendo que um não caberia direitinho sendo de frente um pro outro (o smart teria que ficar de lado).

      Chery S18 – 29.900 (na época) [3,60m]
      Uno Sporting – 37.000 (na época) [3,77m]
      Fiat 500 – 40.000 (na época) [3,55m]
      Picanto – 44.800 (na época) [3,57m]

      A escolha se deu pela questão das quatro portas, todos tinham caracteristicas que me incomodavam (e sempre terão, não existe carro perfeito). O S18 tive medo porque na época vendia 50 por mes, agora já tá em 150. O Uno não cabia direito e não sabia se implicariam com o Smart de lado. O 500 era 2P. Não tinha um leque enorme como parece.

      • O_Corsario

        Aí sim vc tocou numa ferida. Porque carro compacto no brasil ainda é confundido com carro de entrada, então quem quer um carro pequeno mas com alguma qualidade acaba com poucas opções. É um nicho que poucos descobriram ou, melhor ainda, quiseram explorar sem cobrar uma fortuna.

        • LuccasVillela

          EXATO. E o povo não entende que carro não precisa ser comprado com régua. Tem gente que não precisa de espaço, na verdade, acho que a maioria não precisa, mas gosta de "ostentar" quando da carona. Eu raramente levo pessoal no banco de trás e sinceramente não ligo pro espaço traseiro, rs.

          • ViniciusSantoro

            Gostei em seus comentários a propriedade sobre o motivo da compra, poucas pessoas que conheço, lembram de ponderar o prioritário na hora de comprar um carro, e depois se arrependem por ter adquirido algo que realmente não queria. Pelo que observei, você quis um carro pequeno e isso é indispensável. Adorei a matéria, mesmo sendo muito 'Cri-cri' com Hyundai e Kia. Obrigado pelos comentários, valeu meu dia.

            • LuccasVillela

              Poxa, obrigado pelo elogio, valeu mesmo :) Não é que seja cri-cri, só fiquei decepcionado. Já tivemos 2 KIAs (Picanto antigo, da minha mãe e o atual meu) e outras marcas deixaram lembranças melhores, como a Citroen por exemplo (com o AirCross da minha mãe e o C4 hatch, que era meu).

              • spok

                Luccas, mas a css trocou seu volante e bateria na garantia ne?! O volante do meu cerato tbm descacascou com 25mil e trocaram de boa, e esse negocio de bateria tem algm problema serio na kia, ja ouvi varios casos, acho que deve ser algm problema com tempo parado no porto ou sei la.
                O banco do cerato tbm eh um lixo o tecido, na hr ja botei um couro.

                • LuccasVillela

                  Então, ainda não fui trocar, tava esperando pra trocar na revisão de 20.000, já tá com 19.000.

                  • dferraz88

                    Luccas, você trocou o C4 no FIT por qual motivo ? Eu tenho um FIT e penso em pegar o C4, teve algum problema sério com ele ? Abs

                    • LuccasVillela

                      Faça isso, se não se importa em ter um carro que vai ficar desatualizado, FAÇA.

                      É, disparado, o melhor carro que já tive (o Aircross da minha mãe tb era muito legal), mas com o C4 eu tinha desempenho, consumo e equipamentos. Consumo eu conseguia 7 ou 8 km/l na cidade. Já consegui 8,5km/l, meu. Acho foda pra um médio 1.6 16V de 1200 kg. Pena que a citroen não trouxe o FlexStart ainda pra ele, e acho que nem trará, ainda assim, adoro o desempenho dele (principalmente com etanol, que dá uma sensível diferença no torque).

                      O acabamento é o melhor do segmento, na minha opinião, pelo menos nos concorrentes de 2011/12.

              • ViniciusSantoro

                Ops, desculpe, não determinei o sujeito… EU SOU CRI-CRI ! hahaha, não vc !

          • O_Corsario

            Sim, eu mesmo passei por coisa parecida. Comprei um compacto cujo preço chegava muito próximo dos médios de entrada, mas eu preferi o compacto pela praticidade e tamanho menor, além, claro, de vir mais equipado, etc.

          • Edson Roberto

            Sim… mas citei no meu comentário que se o problema não fosse espaço, poderia comprar um médio que no final ele traria mais conforto e outros itens de concepção que geralmente os compactos não trazem. Geralmente são carros com caracteristicas de ter soluções fonoabsorventes melhores, mais tratamento para evitar ruidos, entre outros. Entretanto, se sua necessidad eé ter um carro pequeno, eu respeito, tanto que não falei nada contra isso.

      • Edson Roberto

        Luccas,
        Foi como eu citei. Falei que vc foi sincero e ser imparcial, é umtanto dificil para muitos proprietários.

        Eu entendo sua situação em relação a subcompactos (nesse caso, eu prefiro colocar dessa maneira, já que os atuais compactos precisam ser tudo para os donos).

        Vou citra outro carro que vc poderia colocar que é o Fox, ainda que ele tenha 3,82m de comprimento. Considerando sua vaga, percebi que ele ficaria ainda pior em relação ao Smart. Alias, que vagas são essas? Bem piores que da onde eu moro…rs

        Bem… já que vc questionou os demais e comigo vc foi educado, vou dizer um pouco do meu carro.

        Bem, como disse, eu possuo um C3. Esse carro foi adquirido em Setembro de 2008 com certa sorte. Na epoca, os demais carros custavam bem caro para o que ofertavam. Basicamente era assim:
        – Palio ELX 1.4 com direção hidraulica, vidros elétricos e travas elétricas
        – 206 1.4 Sensation com ar condicionado
        – Gol 1.6 Trend (era já o lançamento do atual modelo) com travas elétricas e vidros elétricos
        – Fiesta Rocam 1.6 SÓ O MOTOR mesmo, sem opcionais para a epoca.
        – Sandero esse é curioso, foi lançado o 1.6 8v na epoca que seria minha pedida. R$32000 CARECA e R$40890 com os itens de conforto. O 1.6 16v manual na epoca era R$42000 e não tinha opção de escolher os itens de conforto. Ou com tudo ou não compra. Não comprei.
        – Corsa 1.4 (era relativamente novo no mercado esse motor 1.4 no Corsa) R$36000 só com direção hidraulica

        Não queria carros 1.0 e precisava de ar condicionado por ser consultor e além de ser um ponto bom para mim, eranecessidade, vivia com aspecto de acabado quando chegava nas empresas. Continua….

      • Edson Roberto

        Então observando os carros de epoca, tinha como opção "de recheio" apenas carros 1.0. Modelos em que nunca gostei e descartei foi o G4 (que é G2 na verdade), Palio Fire (pelo menos os de epoca com painel antigo e com itens no interior que me faziam destoar do modelo apesar de gostar do comportamento urbano do carro), Ford Ka 1.0 horrivel de desempenho e minha irma tinha um, beberrão que só ele e por fim Celta. Esse ultimo para mim, só se vale dizer de desempenho e economia de combustivel, masnão compraria. Enfim, a situação não era das boas, a Peugeot já havia informado na epoca que o 207 estava para ser produzido o que me deixou desanimado de ter o Peugeot 206. Achava-o lindo e seria minha escolha. De cara era o mais em conta com os itens de conforto que ele trazia. A grande maioria desse grupo, nas versões carecas sequer traziam limpadores traseiros e ar quente. Um absurdo, já que tinha um Uno 1.0 ELX que trazia isso.

        Eu desanimado já pensando em comprar um carro 1.0 pela necessidade, já pensava se valia a pena pagar R$32000 em um Peugeot que logo seria descontinuado (e na epoca o 206 já estava desvalorizado, chegando a custar depois da compra R$22000, pesquisados por mim). Tirando uma série de questões percebi, que pegava NO MEU CASO, o seguro no Peugeot. Era coisa de R$3500 com minha amiga corretora. Os demias não passavam de R$2000 (assim como é o C3).

        Desanimado, não sabia o que fazer. Precisava de um carro 0km para a epoca, pois seria além de um carro para ficar um bom tempo, ter um uso bem constante o que não me permitiria pegar um usado para dar um "tapa" e possivelmente ficar na mão. (pode acontecer com o 0km também)

        Eis que meu cunhado foi promovido e o mesmo obrigado a comprar um carro "superior" aos que ele tinha. Então ficou entre C4 Pallas e Civic. Só que nessa fui conhecer o Pallas e nem imaginava o C3 para mim. Achava-o caro no preço cobrado ainda que não conhecesse os itens de série do modelo. Continua….

      • Edson Roberto

        Pois bem… foi ai que conheci. Na epoca, o recebera o facelift dianteiro com mudanças onde tudo se concentrava no parachoque e não teria mais a grade separada dele. Deixou o carro dito pela propria Citroen com um aspecto "masculo" (discordo, ficou a mesma coisa) e "rejuvenesceu" o modelo. Eu simplesmente odiei o facelift. Enfim, curiosamente, na epoca a vendedora perguntou quanto eu estava disposto a pagar e depois de dito, ela queria me vender e foi atrás.

        Um cliente tinha desistido de comprar um C3 2008 Prata pois depois do facelift o mesmo estaria pagando o mesmo por um carro desatualizado. Eles cancelaram a venda do anterior e deram um do modelo atual para esse cliente. Só que esse ficou parado sem venda. E foi ai que ela conseguiu fazer um belo negocio e consegui pega-lo por R$7000 a menos do preço habitual dele.

        Essa foi minha historia de compra. No meu caso, os problemas comuns do C3 são:
        – Calha onde ficam os vidros, são importados, uma vez cortados para de raspar nos vidros (riscou todo o insulfilm)
        – Troca do insulfilm por causa disso, preferi fazer em um instalador de confiança onde a Citroen pagou para faze-lo
        – Uma peça de plastico do freio, teve um problema em que deixou a luz de freio acesa, a troca da peça de plastico resolveu o problema

        Detalhe, todos os problemas resolvidos considerados a analise e solução, não me tomaram mais de uma hora. O carro nunca ficou parado por falta de funcionamento. Todas as vezes foram por culpa de batidas que tomei (foram 3). A unica vez que "ficou na mão" foi culpa minha, a bateria depois de quase 4 anos completos deu seu sinal de vida.

        Enfim, o carro hoje está com 88000km e sequer tem barulhos internos de rangidos. Os barulhos são provenientes do porta-luvas por culpa de deixar objetos dentro (e não há algo que absorva, já que é entre peças como o suporte do GPS e carregador por exemplo).

        O carro não é perfeito, mas nunca me deixou na mão por problemas de funcionamento. Ele tem:
        Motor 1.4
        Air bag duplo (impensavel para a epoca nos rivais que sequer queriam pensar que existisse esse item)
        Vidros nas 4 portas com função um-toque em todas
        Telecomando na chave
        Direção elétrica
        Bancos em couro (é a versão Exclusive)
        Radio CD-MP3
        Entre outros.

        • LuccasVillela

          Vejo teu relato e com minha confiança maior na Citroen (ainda que não seja perfeita) e vejo que talvez o C3 se adequasse melhor a mim. Mas naquela época não sabia que não iam implicar no prédio com a questão de estacionar o Smart de lado. Quando colocamos os dois foi um INFERNO, até que eu mandei serrarem a Hilux que avançava pelo limite da vaga mais que meus carros.

          Gostei do relato :)

          • Edson Roberto

            Bem… eu acho que do ponto de vista de escolha de produto, o Picanto é um bom produto, pena que o seu em especifico tenha dado algumas dores de cabeça.

            Mas eu sei que pode parecer cliche, só acho que ele é tão caro nessa versão que vc comprou que é o me deixa um pouco triste de pensar que, para ter um carro tão seguro como o seu tenhamos que desembolsar tanto.

            Agora, sacanagem quanto a sua vaga… é muito pequena. No meu predio é como na sua vaga, só que a vaga é mais comprida (só que estreita).

            Obrigado! :)

            Abraços!

    • kikofar

      Vou concordar contigo. Esse carrinho aí não era pra custar mais do que 36 mil reais… É daqueles bonitinhos, um design que encanta, mas uma fragilidade do conjunto e do acabamento que pelo jeito dão o ar da graça com boa frequência, porque ouvi e li (em outros canais) reclamações semelhantes.

  • Rodrigo

    Conforme dito acima, o Picanto se tornou caro demais pelo que oferece, por conta da mudança de cálculo de IPI para importados sem fábrica no Brasil.

    Enquanto a KIA não resolve o impasse de se vai ou não construir uma fábrica aqui, paira sobre o modelo o boato de deixar de ser importado para o Brasil por conta da falta de competitividade frente a outros modelos.

    Uma coisa que a KIA comeu bola foi oferecer o Picanto com motor Flex. É notório que isso prejudicou (e muito) o consumo exemplar que a versão só a gasolina conseguia antes. Outra coisa que pesa contra o modelo é a falta de um computador de bordo (salvo engano, só conta com mostrador de consumo instantâneo).

    Pelo que você citou em termo de preferências ao conduzir, acho que você iria gostar bastante do Fiat 500, especialmente o automático ou automatizado.

    • LuccasVillela

      Nem consumo instantaneo tem. Odeio isso :/ Minha mãe já teve o anterior, automático e o consumo no final não estava nada bom.

  • Mike_Bravo

    Que decepção com o consumo…meu Uno Economy 1.4 faz 10 km/l com álcool e 12,5 km/l com gasolina, sempre com o ar ligado e 50% do tempo em congestionamentos, sem contar o desempenho interessante, que nunca me deixa na mão na cidade, muito menos parado sem bateria…rs!

    • LuccasVillela

      Paaaara, não fala isso que te invejo, rs.

  • O_Corsario

    Bom, pelo jeito o resumo é: se custasse metade do que custa, não precisaria dizer que o maior atrativo é uma luzinha de led no espelho do motorista que dá um "certo status".

    • LuccasVillela

      Eu devia ter me preparado melhor pra ler críticas tão tontas…

      • O_Corsario

        Bom, acho que fui muito conciso em minha crítica… rs É que fiquei com impressão que o carro é cheio de senões, salvo algumas perfumarias como o tal do LED. Mas poxa, como vc mesmo disse, pifa a bateria, o banco estraga, o volante descasca… Em suma, é um carro que custa muito para o pouco que entrega. Se custasse metade do preço, seria um compacto normal com alguns diferenciais bacanas.
        ENfim, sempre gosto de ler avaliações aqui para conhecer melhor o uso, desculpe se achou meu comentário agressivo, o difícil de escrever é às vezes causar uma impressão errada.

        • LuccasVillela

          Valeu, relax ;) Não esperava isso de você, até porque costumo ler seus comentários faz tempo. Mas entendi agora. Mas é deu a entender que eu comprei o carro porque o espelho tem luz de led. Tem que ser muito idiota pra comprar um carro só por isso, acho dificil alguém fazer isso. O outro disse que se eu andar num médio com teto solar meus olhos vão brilhar… Por Deus, hahaha, o povo aqui é muuuuito mal.

  • johnnyburanelo

    Vc gosta de carros pequenos hein haha um Smart e um Picanto, se bem q p quem mora no inferno de estacionamento e transito de sampa é o que há de bom
    o picanto é uma graça
    e é muito bom
    pena foi o protecionismo da DILMA que fez com que o carro subisse muito o preço

    • LuccasVillela

      Gosto, rs. Acho bem mais fácil, até porque odeio procurar vaga. Mas ali foi questão de vaga, no meu prédio não tem pra alugar e cada apt só tem uma. Tinhamos que dividir ou um estacional dentro do condominio, mas fora do prédio. Aí é chato e complicado.

      • Marcelo_Machado

        E ninguém reclamou de colocar 2 carros em 1 vaga?!?! O pessoal no Rio é cuca fresca. Aqui em SP ia ter reclamação por todo lado, mesmo que os 2 carros ficassem dentro da demarcação da vaga.

        • O_Corsario

          Fato! Se parar uma moto junto com o carro então…

        • zeuslinux

          No meu condomínio, no Rio de Janeiro também, as vagas não são fixas para cada apto. Qualquer um pode parar em qualquer vaga, mas só tem direito a uma vaga. Aí uns folgados cismam de colocar a moto dentro da vaga junto com carros pequenos e acha que isso está certo. E o pior é que há uma área para estacionamento de motos, mas os folgados dizem que suas motos são caras e que se ficarem junto com as outras motos vão acabar arranhadas.

          O problema é que com isso eles prendem a vaga, já que quando saem de carro deixam a moto prendendo a vaga (e quase sempre as melhores vagas). Fico p*** com essa mania de brasileiro querer resolver os seus problemas pessoais criando problemas para os outros. Bastava alugar uma outra vaga ou então vender seu apto e comprar outro com 2 vagas. Ou ter só 1 carro, como eu faço.

        • LuccasVillela

          Então… Reclamaram no começo, mas nós batemos o pé, porque todos param MOTO + CARRO (até porque NÃO tem área de motos). E outra, tem carros enormes aqui maiores que algumas vagas, se eles que atrapalham podem, a gente poderia parar até um avião, desde que não atrapalhasse. Cada morador tem direito a uma vaga, não um carro. É o que diz na legislação do prédio, rs.

          E antes que digam sobre alugar, não tem nenhuma pra alugar. A unica opção é estacionar no condominio mas fora do prédio, só que imagina num dia de chuva, num dia de pressa (quase todo dia, rs), enfim, é horrível.

          Absurdo é uma construtora como a Calper (famosa aqui na região) fazer prédios com uma vaga só, nem só ela, a maioria é só uma vaga… Na Região da Barra e Recreio é impossível, imagina uma família com pai, mãe e dois filhos universitários… A chance deles terem 4 carros é enorme. E só há uma vaga. Lamentável, deviam fazer um subsolo, com mais vaga, pelo menos duas.

  • ricpts

    Gosto do design do Picanto, nunca tinha visto um branco, tem um marrom no meu prédio e acho bem bonitinho.

    Tenho um New Fiesta Hatch, concorrente do Kia Rio no restante do mundo (um degrau acima do Picanto). Os números de consumo são melhores que os da matéria, o que eu acho um absurdo, pois o carro é maior e pego congestionamentos direto (moro em São Paulo)!!!

    Lembro que teve um relato de um dono de um Picanto antigo aqui no NA que era só elogios, será que foi na adaptação para Flex que teve essa piora no consumo?!

  • alfredo_araujo

    Com a grana q vc vai perder na desvalorização desse carro, da pra bancar alguns anos de combustível…
    Trocar um carro novo por outro, por causa do consumo, é queimar dinheiro…

  • duhehe

    Você pagou 44.800 em um carro 1.0 e acha ruim pagar R$ 400.00 na revisão ?

    • LuccasVillela

      Acho, uai. Tenho direito disso, achei que devia ser mais barato, são 10.000, eles ficaram 2/3 horas com meu carro.

    • carrosempre

      Ué, um Honda de 85mil não tem uma revisão tão cara.

      • RafaTrolles

        A revisão de 80 mil de um Fit custa por volta de 1400,00! Mas acho que vc já sabe disso e só fez uma piada.

    • Felipe_Henrique

      Talvez seja por que quase tudo (pra não dizer tudo) que é substituído numa revisão aos 10.000Km é importado.
      Some a mão de obra e morra na faca!

    • thales_sr

      Meu carro custou nessa faixa e as duas primeiras revisões foram 160 reais cada. Considerando que as primeiras revisões são basicamente troca de óleo, 400 reais é caro sim.

  • Marcelo_Machado

    Relato bem contraditório.

    O carro nunca deixou na mão, mas voltou de guincho para casa por causa da bateria.

    Se eu tivesse tudo isso de reclamação no meu carro, não ia achar ele bom.

    Reclama do consumo na cidade de 8,5/9 Km/l chegando até 10,5 Km/l com etanol e acha 11,5/ 12 Km/l na estrada bom?!?!?!?. Só se ele só dirige em avenidas vazias, porque com o trânsito básico de qualquer cidade grande, ou anda e para em quase todo cruzamento de cidades pequenas não dá pra fazer mais do que isso com etanol !!!!! O consumo com etanol na cidade é tão bom que ele é quase o mesmo que na estrada?!?!?!?

    Coloca o Acabamento com ponto forte e depois reclama do volante descascando, do banco que fica manchado e da falta de tecido nas portas?!?!?!

    R$ 400,00 na 1ª revisão que normalmente só troca óleos e filtros é meio carinha!!!!!

    • igorcerino

      lendo o relato, me pareceu arrependido da compra, isso sim.

      • LuccasVillela

        Não exatamente… Mas não foi tudo que eu esperava.

    • LuccasVillela

      1) Já tive problema de bateria com um Honda Fit que tive, usado, por seis meses.

      2) NUNCA tive um carro que fizesse mais de 12km/l com etanol na estrada… Se você achar cinco modelos que faça, me apresente. Nem meu Clio fazia, com ar e andando a 110/120, quase impossível.

      3) ACABAMENTO é diferente de DURABILIDADE. Elogiei um e critiquei o outro.

      4) Também achei caro a revisão.

      • Debraido

        Acho que não existe carro faz mais do que 12km/l no etanol!
        Pode ser que nos números da fabrica, porem na pratica não existe!

        • LuccasVillela

          Né. Concordo. E o Picanto fez 12,1 numa Rio-SP que fiz.

      • Marcelo_Machado

        1) Voltar de guincho pra mim é deixar na mão, não importa o problema. Na minha opnião seria mais correto falar que o carro só deixou 1 vez na mão.

        2) O contraditório para mim é falar que o carro gasta muito fazendo 10 Km/l com etanol na cidade, 8,5/9 de média. Quase a mesma coisa que na estrada. A não ser que vc não pegue trânsito nunca e só ande por avenidas, esse consumo na cidade é muito bom.

        3) Se o material usado não dura, é por que tem baixa qualidade, então o acabamento é ruim.

        4) Vc que falou que não achou a revisão muito cara.

        Mas são só minhas opniões depois de ler o que vc escreveu.

        • LuccasVillela

          1) Ok. Então me expressei muito mal, pena que não dá pra corrigir.

          2) Cidade faz 8,5km/l ou 9km/l… Não é bom. Na cidade chega a 12km/l com ETANOL nas duas. Eu acho ruim na cidade e bom/ótimo na estrada, já que nenhum outro carro que eu conheça faz 12 com etanol na estrada, é um direito meu.

          3) Sua interpretação é diferente da minha.

          4) Não achei muito cara, mas achei acima do que eu imaginava.

          • CharlesAle

            Primeiro parabéns pela sinceridade,sobre a mecânica,é a mesma do HB20,e por tabela e pelo seu depoimento,o pessoal pode vir a não gostar do consumo do mesmo,realmente não há milagre em motorização,se cai a cilindrada e potência,tem que acelerar mais e,com isso,o consumo aproxima,quando não é até maior,que o motor de maior cilindrada,por isso digo,se a pessoa quer bom consumo e desempenho,pegue a versão de cilindrada maior,se tiver lógico,caso,por exemplo,de Fiesta 1.6 ao invés de 1.0….

        • thales_sr

          Bateria pode arriar, sem que isso seja culpa do carro. A marca botou uma marca porcaria e ela não aguentou o tranco… Os primeiros New Civic andavam estourando amortecedor com 20 mil km, culpa de um lote ruim. O carro é ruim por causa disso?

          Achei bastante coerente o relato do Luccas, sem fanatismo pelo veículo/marca, e consciente do seu papel como consumidor.

      • Vitão

        O seu FIT era manual ou CVT? Se for 2007 creio q o motor ainda seja somente a Gasolina….

        Ouvi falar q o consumo do old FIT CVT era super economico……

        • LuccasVillela

          Manual… Gasolina sim :) Conseguia 12,5 km/l na cidade, achava ótimo, já que o desempenho era bem decentinho. Mas não curtia o FIT, tipo, ele era ótimo, estável, simpático, todo mundo adorava o espaço interno, eu gostava da suspenção… Mas era tão sem sal, não me emocionava.

  • carrosempre

    Se hoje eu fosse solteiro e tivesse que comprar um compacto, seria uma boa opção. A Kia Design realmente é uma boa concessionária, só achei que alguns vendedores pareciam viver no mundo da lua, diversas pessoas olhando e interessadas no carros e eles conversando.

    • LuccasVillela

      CSS é sempre assim, tem uns folgados que só querem conversa.

  • Filipe_GTS

    Cuidado, minha prima capotou um desses (igualzinho, branco e com câmbio manual) e o carro manteve as portas trancadas após o acidente, mesmo todo esculhambado (deu pt). Ela teve de sair pelo parabrisa, que quebrou. Detalhe: os airbags abriram sozinhos entre 15 e 20 minutos depois do acidente. Por sorte ela já estava fora do carro. Esse carro foi uma grande decepção para toda a família e amigos que presenciaram esse acontecimento. Ela me disse que perdeu o controle depois de uma forte rajada de vento lateral causada por um caminhão, quando estava entrando numa curva. Hoje ela possui um Civic automático e está contente, comentou que é bem mais estável e não sofre mais com os problemas de instabilidade por ventos laterais e falta de potência.

    • LuccasVillela

      T E N S O ler isso.
      Deu medo… Depois reclamam dos chineses, por isso eu falo: Não existe carro ou marca perfeita.

      • Filipe_GTS

        Pois é, não sei se o carro dela tinha algum defeito ou o que. Ela também não fez questão de discutir o caso judicialmente ou algo do gênero. Era praticamente novo o carro, devia ter uns 6 ou 7 mil quilômetros, talvez fosse um problema de fábrica da unidade. Eu lembro que meu tio (pai dela) disse pra ela não comprar KIA porque era ruim (bem pensamento do passado sem saber que os carros hoje são ótimos). Agora ele diz, de peito estufado: "eu avisei, eu avisei" hahaha.

        • LuccasVillela

          Péssima experiência, essa aí nunca mais comprará Kia, provavelmente. Eu não ligo pra marcas e pra isso, são problemas em algumas unidade, mas como é defeito de segurança realmente me deixa aflito… Do que adianta seis airbags se eles só abrirão depois? hahahaha PÉSSIMO.

    • luizcrjr

      poxa, é quase uma moto!

      falo pelo relato do Filipe.

    • O_Corsario

      Hehehe é claro que o civic é mais estável, não? O problema é o pessoal achar que porte, no mundo do automóvel, é só questão de gosto.

      • RafaTrolles

        Muito bem lembrado, na curva já tem a força centrífuga, vem o vento e mais o deslocamento de ar do caminhão…o Picanto sai voando mesmo, aí vai depender da experiência do motorista.

        • O_Corsario

          Pois é, por isso no resto do mundo são carros URBANOS, pouco apropriados para dividir espaço com veículos pesados em alta velocidade…

    • CharlesAle

      Me veio a mente o acidente do Pedro Leonardo……

  • giodoesitbetter

    Não faz sentido.

    Resumindo, o carro é bonito, tem teto solar, 6 airbags e as pessoas gostam do design, mas o motor é fraco, beberrão, o acabamento é fraco, não tem nem Bluetooth, One Touch, Fechamento de janelas e teto pela chave, a bateria descarrega e é absurdamente caro.

    Eu fui ver o Picanto, mas acabei por comprar o FIAT 500. Não me arrependo.

    • MecanicoDigital

      Acho que vc fez melhor negócio.

  • luizvicalvi

    44.800 em um carro 1.0? Olha eu sei que gosto, cada um tem o seu, mas as vezes fico impressionado de como o povo torra o dinheiro.

    • LuccasVillela

      Que opções eu tinha 4 portas e com menos de 3,6m?
      Chery QQ e Chery S18. O primeiro não suporto o desing. O segundo eu adoro, mas na época do lançamento tava vendendo muito mal devido ao negócio dos freios que entortavam.

    • Felipe_Henrique

      Cilindrada e preço é relativo. Quem dera se, quanto menor mais barato.
      Quer ver? Quanto custa mesmo um Smart Fortwo?

      • LuccasVillela

        49/55. rs

  • lucas_lm

    Tenho um picanto manual modelo 2012 e branco também. A versão que comprei não tem abs,6 air bags, teto e leds.
    Comprei em dezembro de 2011, tem 8300 km rodados. Moro em Belo Horizonte e normalmente meu consumo com gasolina gira em torno de 12km por litro.
    Não tenho nada a reclamar do motor 1.0. Tenho ciência que é 1.0 e, por isso, não espero super desempenho. Porém não acho que compromete e, com álcool, ele fica até bem espertinho.
    Indicaria, não fosse o aumento em razão do IPI, para qualquer pessoa, pois estou muito satisfeito.

    • LuccasVillela

      Também noto melhora com alcool. Não acho 12km/l com gasolina bom…

  • igorcerino

    Vez ou outra ando no clio 1.0 da minha irmã e acho ele extremamente lento; se o picanto é pior: MISERICÓRDIA!

    • LuccasVillela

      HAHAHAHA, sério? Eu não sei, achava o Clio espertinho na medida do possível.

  • MecanicoDigital

    Não gosto de carros pequenos demais, mas se eu tivesse que escolher algo nessa categoria, pelo preço do Picanto, eu pegava um 500.

  • RodWH

    parabens pelo texto, sincero e detalhado.

    Odeio algumas avaliações aqui do NA que o cara compra o carro e com um mês de uso faz uma "avaliação" exaltando cada detalhe da carroça

    • LuccasVillela

      OBrigado :) Com um mês é impossível, ainda tá na lua de mel e não dá pra saber do que vai realmente gostar.

  • tiards

    "Comprei meu Kia Picanto no meio de julho de 2012, na troca do meu Honda Fit 1.4 LXL 2007 (que foi meu terceiro carro, antes tive um C4 Hatch 1.6 16V GLX 2012 e um Renault Clio 1.0 16V 2011)."

    parei de ler quando ele trocou um C4 por isso ai.

    • LuccasVillela

      Precisava de um carro menor, infelizmente.

    • Herumor_

      eu parei de ler quando li os anos dos carros e depois me revoltei que já ta querendo trocar de carro, depois reclama de preço do 0km ¬¬

  • Bikudin

    É bem complicado saber q o Clio é melhor em partes.

  • jcesarcbr

    Tinha simpatia por esse carrinho, mesmo sendo 1.0 (que geralmente exige motoristas pacientes). Após essa sincera avaliação, mesmo que uma dia baixe de preço, não será mais uma opção.

  • riccorreasp

    Um carioca em nosso litoral paulista?

    Mas falam tão mal por aí…

    Nosso litoral norte é simplesmente espetacular.

    • LuccasVillela

      Sou o carioca mais paulista de todos, hahaha, tenho SP tatuado no pulso (sim, se assustem, rs). EU amo o litoral norte, é lindo demais, mas só conheço de passagem. Já o litoral sul vou mais, por ter amigos lá. Não é tão bonito, mas as pessoas costumam ser muuuito gentis e simpáticas.

      • riccorreasp

        Nem gosto de bairrismos. Meu comentário foi pela enxurrada de frases pejorativas que vejo em vários sites quando se menciona qualquer coisa relacionada a SP, Capital ou Estado.

        No G1 da globo, por exemplo, vira uma guerra. De parte a parte.

        • LuccasVillela

          Pode ter certeza que se me ver em alguma guerra dessa alguma dia, é defendendo SP. AMO o estado todo, mas principalmente a capital <3

          • riccorreasp

            Parabéns por sua atitude. Agressividade só gera violência. Na internet, embora não diretamente, também gera.

    • carrosempre

      Também gosto de São Paulo, e o litoral é muito bonito, porém não se compara ao Rio de Janeiro, que como cidade é a mais bonita. Acho que São Paulo lembra mais algumas capitais pelo mundo, muitos prédios e pouco verde. O Rio tem muitos pontos turísticos, belezas naturais, e bem menos prédios. O que eu gosto de São Paulo, é o preço melhor das moradias, os imóveis no Rio estão absurdamente caros.

      • suguii

        Esse negócio de que os imóveis de SP são melhores é relativo, o apartamento que eu comprei 2 anos pra agora, praticamente dobrou de valor e os corretores ainda especulam que vai valorizar mais ainda, pois onde moro é rota pro futuro estádio do Corinthians, onde será a abertura da Copa (se não acontecer imprevistos no caminho rs), é só pesquisar no google imóveis no Tatuapé, o valor está um absurdo….. mas ainda assim prefiro SP…. rs

        Em tempos: já morei no RJ (Barra da Tijuca) a trabalho e amo a cidade, porém só pra curtir umas férias (imagina um japonês que obrigatoriamente toda vez que visita a cidade, tem que ir no Cristo Redentor rsrs), não pra morar definitivo.. rs

        Mas voltando ao assunto da matéria, hoje mesmo eu reparei um Picanto com teto solar no trânsito e confesso que nem sabia da existência, nunca andei em um (só no Cerato e Sportage), mas pelo relato hoje não parece um bom negócio né?

      • LuccasVillela

        Não ligo muito pra belezas naturais, mas adoro morar na Barra, acho aqui confortável, fácil, é outra vida comparada ao resto do Rio (vão começar a apedrejar, meu Deeeeus), mas pra mim tirando Barra, Recreio e Jacarepaguá, sou mil vezes São Paulo, não adianta, por mais que aquela cidade tenha defeitos, aquela imensidão, aquele mundo de opções me encanta.

  • maycu7

    podia ter colocado mais fotos

    • LuccasVillela

      Desculpa aí :/ São da compra, depois parei de tirar foto do carro, dá uma certa vergonha, hahahaha.

  • Michel

    O pior não é pagar 44mil em um carro 1.0, pois nem todo mundo precisa de uma super potência.

    O problema é comprar um carro zero e já querer vender em menos de 1 ano por conta do consumo de combustível que ele conseguiu, que é EXATAMENTE O MESMO MENSURADO PELO INMETRO! Na verdade o autor do artigo ainda não sabe o que quer.

    "É um carro pra quem não se importa com consumo". Quem não se importa com consumo está andando de v8 na cidade!

    • LuccasVillela

      Esse indice do inmetro é furada, assim como vários outros, não acredito, dá pra ter uma base, mas não muito, enfim.

      • Michel

        O modelo antigo é bem econômico, eu dirijo um automático de vez em quando e gosto muito do carrinho, é bem ágil. E um usado custa quase metade do que você pagou neste zero km. O novo eu jamais pagaria o que pedem nele.

  • luizcrjr

    Nunca entrei em um picanto desses, mas imagino um carro super apertado. Gosto de espaço e conforto que está se tornando raro hoje em dia.

  • Marciomaster

    O que ficou legal do relato para todos é a comparação que o proprietário fez entre o motor do CLIO 1.0 16V X o de PICANTO (HB20) e o motor renault leva vantagem em desempenho e consumo. Isso sempre é um bom relato, de pessoas que tem ou tiveram os modelos em questão para fazer um relato.

  • Absinthe666

    45mil em um carro 1.0 sem nenhum ponto positivo aparente? (tirando os 6 airb-bags que acho ótimo)
    bem cada um faz o que quer com seu dinheiro, mas eu não teria coragem, ficaria com o Fit mesmo, é bem mais carro mesmo sendo 2007
    chegou a olhar o 500?

    • LuccasVillela

      Olhei, mas minha vó tem 82 anos e minha mãe dor nas costas… Ou seja, quando saissemos os três eu que teria que andar atrás e eu ODEIO. Minha mãe tem um smart não dá pra sair os tres no carro dela.

  • gparra99

    Bom, desse carro posso falar com propriedade pois tinha um, exatamente igual a esse da foto, branco, so que nao tinha teto, led, mas era automático. O carrinho eh muito gostoso de dirigir, a direção eh muito leve. O consumo, pra um carrinho 1.0 e pequeno, é muito alto. Os alto falantes que vem sao horriveis, nem rola aumentar muito o som. Carro bastante confortavel e bonito. Meu irmao caiu em um buraco com ele e ferrou algumas coisas embaixo, 40 dias sem o carro, pois as peças seriam importadas. comprei 1 semana antes do aumento do ipi, paguei 42mil, e de "brinde" ganhei sensor de estacionamento,insul film, tapetes, e modulo do vidro.
    Esse ano roubaram o carro e ainda estamos a procura de outro.

    • LuccasVillela

      Eu ia comprar automático, mas fiquei com medo do consumo, rs. Fico pensando, o automatico deve fazer 7km/l com etanol na cidade :/ Vergonha :(

      Eu troquei os auto falantes, porque não dá conviver com aqueles vergonhosos que a Kia oferece.

  • Fabio D.

    “…mal uso esse que o Clio que custava metade do preço aguentava”. SIIIIIM, aguenta mesmo!!! HAHAHAHAHAHAHA rindo aqui… o meu já levou cerveja, toddynho, água… Um paninho e ele tá limpinho de novo! Ô carro guerreiro!

    • LuccasVillela

      UHASHUSAUHASHUASUHSAHUASUHASUHSA, tive que ser ironico, po… Ele quis dizer o que? Que eu dava festa nos bancos do Picanto? Uai, mas os do Clio aguentavam, hahahaha. Eu usava no Clio uma espuma magica que tirada, uhasuas, alias, tenho uma história péssima dos bancos do Clio, uma vez fiquei no carro muito tempo e bah namorando e suamos HORRORES, mas muito mesmo e tal… Os bancos ficaram ensopados… Aí no dia seguinte quando abri o carro tinha um cheiro INSUPORTÁVEL de vinagre que levei dias pra conseguir tirar. Horrível. e nem assim desbotou…

      • Fabio D.

        Essa espuma eu conheço… uso direto, pq banco de pano pega cheiro de suor facinho… Nem precisa namorar nele (sim, eu faço isso, só não falei antes pra ser discreto HAHAHA)! Já falei aqui, nego riu… um pano umecedido (beeeeeem torcido) com vinagre (POUCO!!!) e água resolve muito desse mau cheiro. Depois vc entra com a espuma mágica… Fica limpo! Deixa ele aberto no sol por umas duas horas pra secar os bancos e tudo certo…

        Aliás, tá na hora de fazer isso de novo. Temporal de ontem me molhou todo, entrei ensopado no carro e ficou aquele cheiro bom uhauhauha

        • LuccasVillela

          /Quem nunca? uahsuahsuahsas, FATO. Ahhhh, eu não sabia que tirava o cheiro com vinagre, uahsuashuas, bom saber, uahsuashuas… Essa de deixar o carro aberto no sol é boa e deve funcionar, na época eu passei dias com o Clio "a vinagrete de suor" (ecati), mas passou o cheiro, graças a Deus, rs.

  • diegoandrade1

    carrinho bom. eu compraria.

    seria interessante uma opiniao do dono desse Smart ai também, rsrsrs.

  • W_Costa

    Também tenho esse problema com manchas nos bancos no meu (Punto 1.4 com 10 mil km), terei que por couro em breve também, porém não posso afirmar que foi só desleixo, como tenho filhos pequenos já viu…, mesmo assim acho que mancham muito facilmente, até encostar uma latinha de refrigerante suada no banco já deixa manchas.

  • Corvo

    Belo carro ! Excelente para quem precisa de um carro para andar a cidade. Tal vez seria meu segundo carro. Na época (há 8 meses) quando comprei meu carro automático não cognitei a compra do Picanto pela motorização e espaço interno (viajo com frequencia na estrada).
    O único ponto que não gostei é a revisão de R$ 400, um absurdo pagar isso. Infelizmente não entendo essa postura de Kia de querer se mostrar como uma marca premium, sendo que ela não é. O carrinho já é caro, e ainda a manutenção é salgada, ai complica…Não mais, gostaria de saber qual o preço do seguro dele !

    • LuccasVillela

      Bom, eu tenho 21 anos, seguro pra mim é sempre caro, o do C4 hatch 1.6 era uns 5.000, o do Picanto acho que foi quase 4.000 :(

      • Corvo

        Está salgado o preço, mas claro, é pela idade. Quando chegar aos 26 o preço vai diminuir :p

        • LuccasVillela

          Nãooooo, não me lembra isso :/ Já tô me sentindo velho com 21, hahaha, com 26 vou estar pensando em aposentadoria, uhasuahusa.

  • zeuslinux

    O HB20 1.0 é basicamente o primo Hyundai do Picanto porque utiliza o mesmo motor e talvez até a mesma plataforma (isso eu não tenho certeza). Então já dá para prever que o HB20 1.0 também não é lá essas coisas em termos de desempenho e consumo…

    Uma coisa que não entendo é como alguém consegue comprar um carro pequeno e 1.0 ainda por cima tendo saído antes de um C4 hatch e de um Fit (que é bem espaçoso e o motor é bem razoável), a não ser que seja para ter como segundo carro Pelo tamanho das vagas do condomínio, parece que o problema é de vaga, já que o Picanto fica justo na vaga e logo atrás alguém tem um Smart, menor ainda.

    • LuccasVillela

      O Smart é da minha mãe, a gente divide uma vaga, por isso troquei.
      E eu não me apego a categorias, adoro mudar, já que os carros são parecidos.

      Já tive um Renault clio tb, que é hatch de entrada. E não ligo pra espaço interno, teria outro carro pequeno desde que me deixasse satisfeito em aspectos que o Picanto não deixou. Espaço pro motorista e passageiro todos tem, eu não ando com galerão e quando ando com o povo da faculdade é bom que eles fiquem apertados, hahaha.

  • janduir

    Parabéns pelo relato Lucas, e pela paciencia em responder os malas. Mas não existe carro perfeito. Fala-se muito dos carros japoneses, mas entendo que quando era feito no Japão e vendia-se pouco, com certeza, a durabildade era melhor. Hoje, feito aqui, boa parte das peças nacionais, não vejo muita diferença das demais. Já tive 3 carros japoneses seminovos, o 1º honda importado, era um tanque, nunca quebrou. Depois tive um Civic nacional e um Corolla que apresentaram problemas como qualquer outro carro, como um porém, manutenção muito cara. Um coxim do suporte do motor chegou a custar 800,00 e tinha somente na concessionária Toyota.

    • LuccasVillela

      Obrigado Janduir :) Valeu mesmo, eu não me incomodo de responder, porque acho legal a interatividade e conhecer pessoas nunca é demais, só é chato quando te tratam como idiota por tua escolha. AS pessoas precisam entender que cada um tem sua prioridade e a minha no momento era dividir vaga com minha mãe pra não ter que estacionar do lado de fora.

      Eu não me apego a marcar, Janduir, já tive Renault, Citroen, Honda e Kia. E minha mãe, de 2003 pra cá, Fiat Palio Weekend, Fiat Palio, Renault Scenic AT, Kia Picanto AT, Citroen Aircross, Peugeot 207 AT e Smart ForTwo (Automatizado)… A gente nunca ligou pra tamanho de carro ou pra marca, tem que ser bom pra gente, naquele momento… Marcas são griffes, nenhuma vai fazer nada por você, os objetivos delas são sempre lucro. O que você pode fazer é escolher o que melhor se adequa.

  • ToNemAi_

    Não pude colocar meu comentario aqui pq vai contra a opinião de quem aceita os comentarios. triste..

    • LuccasVillela

      Oi?

      • ToNemAi_

        Falei no outro comentário que ninguém baba por um por um picanto fora que isso ai ta + pra carro da Barbie do que pra gente! fora que o jac2 oferece mais e parem com o comportamento ruim de falar pq vem da china é fraco e sei la o q. Qse todos carros do brasil são ruins no latin cap não nem me venham falar sobre isso!

  • leoh13

    O maior erro do brasileiro em comprar carro é essa frase retirada do texto. "É um compacto que apesar de tudo te dá algum status."
    Não estou julgando o dono do carro, se eles sacia as necessidades, quem sou eu para falar algo, só quis apontar essa peculiar palavra chamada de status.

  • Landrutt

    Coincidentemente minha irmã acaba de comprar um Picanto. Na Kia foi onde avaliaram melhor o antigo carro dela, um C3 XTR 1.6 – que meses atrás foi recusado pela JAC por ser francês e que a Citroën colocou o preço do carro no chão. A avaliação da Kia foi 4 mil reais melhor que na concessionária da própria marca dele, fora que ela ainda levou na faixa os tapetes em carpete, película, sensor de estacionamento e alarme. Apesar dos problemas que tivemos com um Kia do nosso pai ela resolveu apostar na marca porque gostou bastante do carrinho. Confesso que até eu gostei também, ele é uma delícia pra dirigir, um perfeito carro urbano. O motor 1.0 é suficiente para o uso ao qual o carro se propõe, achei que responde bem e o consumo está bom, apenas com gasolina. O acabamento é excelente, falta apenas o tecido nos painéis de portas, mas mesmo assim é um plástico agradável ao tato. Não se encontram rebarbas ou partes mal encaixadas, nisso ele é impecável. Me surpreendi com o espaço do carrinho, nem sou tão alto, tenho 1.75m, mas ajustando o banco do motorista para mim ainda é possível que outra pessoa de igual estatura viaje no banco traseiro, coisa que era absolutamente impossível no C3. O banco traseiro tem três apoios de cabeça e cinto de segurança de três pontos para todos os passageiros mas levar 5 pessoas na prática só se forem crianças ou pessoas muito magras, e ainda vão apertadas. Com o assento do meu sobrinho e um adulto ao lado dele não cabe de jeito nenhum outra pessoa no meio. Pra quem gosta de andar com tralhas ele não serve, o porta-malas é minúsculo, mas cabe duas ou três mochilas e bolsas medianas ou compras pontuais no supermercado no meio da semana.

    • ToNemAi_

      Com 1.75 vc não é alto pra fala que é tão alto ok?

  • raphacaveira

    Realmente o consumo do Picanto me decepcionou, eu esperava bastante deste motor três cilindros em termos de economia. Pra mim a única função de carro 1.0 é ser econômico porque pra dirigir é um lixo!(já tive uno e celta) No meu caso os meu carros gastavam muito porque eu sempre forçava o carro ao limite pra ver se andava alguma coisa, mas no seu caso como você anda tranquilo realmente era pra ser econômico.

    • LuccasVillela

      Exato, lamentável, tão cheio de tecnologia e não oferece nada mais que um normal :/

      • raphacaveira

        Eu compartilho com vc o gosto por carros pequenos, o smart da sua mãe seria suficiente pra mim. No meu carro só uso os bancos da frente e no porta-malas no máximo levo uma mochila. Sou fã de pocket rockets, carros pequenos apimentados e que andam muito pelo baixo peso! Se eu morasse na Europa com certeza teria um 500 abarth ou algo do tipo.

        • LuccasVillela

          Eu também. Ou um Mini ou algo do tipo… :) ADORO, acho bem bacana. O Smart é tudo de bom, só incomoda a suspensão não adaptada pro solo brasileiro, um dia faço uma avaliação, rs.

  • kikofar

    Se é pra comprar um urbanóide, eu gastaria no Fiat 500. Nunca fui com a cara do Picanto, mesmo com toda a evolução da Kia.

  • AmmmmmP

    tem uns vídeos o YT de 0 a 100 do Picanto antigo que eu gosto muito… ele tem um barulho encorpado em alta rotaçao. No mais, todo mundo gosta do Picanto, o carro "fofo" rsrsr (já saiu no G1 uma reportagem sobre a reaçao – sorrir – que o Picanto causa nas pessoas)

  • Rods

    Pra começar, me parece que o dono não sabe muito o que quer… Dentre os carros que já teve e as opções de compra, tudo muito diferente….

    Faço ideia do valor que foi perdendo em cada troca….. Mas o objetivo aqui é a avaliação do Picanto…. Então…

    "E todos babam no espelho do motorista com seis luzes de LED." "O farol de led e a lanterna de led são um charme a parte, as pessoas se impressionam."

    Nossa…. Como as pessoas se encantam por luzes….

    "Estabilidade"…. Entre-eixos curto, facilita isso….

    "Durabilidade"… Que dureza eim?! Pior é a cara de pau da CC em falar mau uso…

    "Detalhes que incomodam"… Infelizmente, me parece que você se encantou com os LEDs e se esqueceu dos outros detalhes na hora da compra….

    "Conclusão"…. Compra irracional… Não comprou o carro pela praticidade do tamanho dele… Mas sim pelos mimos….

    Lamentável.

  • Rafael Maia

    Achei meio contraditório o depoimento, muitos pontos fracos e poucos pontos fortes, 44 mil iria de outro carro, minha opinião.

  • edu100022

    Quando fui trocar meu antigo 206 1.6 2008 eu fui ver o Picanto desse mesmo modelo porem na cor marron ou vermelho e olhei também o Fiat 500 Cult mec. com o kit convenience e o kit spot na cor branco perolado ou vermalho perolado. Os 2 estavam no mesmo preço 44.000,00. Então olhei com cuidado os 2. No picanto o espaço traseiro é um pouco melhor que o do 500 e mais facil de entrar por ser 4 portas, a abertura do teto em ambos é do mesmo tamanho, o acabamento interno de ambos também é muito semelhante,já o 500 é mais hi-tech, pois oferece o sistema blue & me que são alguns comando do carro por voz mais bluetooth, entrada USB/Aux com comando de Ipod, piloto automatico, computador de bordo com mais funções, sistema de som da Bose com amplificador e 7 alto falantes com potencia total de 296 W rms, controle de tração e controle de estabilidade e freio a disco traseiro. E no fim eu decidi pelo 500 mais por causa do motor 1.4 que apesar da diferença pequena de potencia em relação ao picanto o torque é bem maior e vem mais cedo então o 500 acaba sendo mais esperto.

  • Herumor_

    reclama que o carro é caro mas é o típico consumidor brasileiro que prefere ser enrabado na compra de 0km e reclama de gastar R$50 com manutenção ¬¬

  • Brunlai

    Eu tenho um igual ao seu(top) comprado em Maio de 2012, está hoje com 17000km, e tenho números um pouco diferentes do que você apresentou. Nunca coloquei etanol, sempre coloco gasolina comum e ando em média 80km por dia, faço entre 15km/l e 17km/l.
    Criticaram muito quando eu comprei o carro, pagar 45mil num 1.0? Parece loucura sim. Mas eu tenho 23 anos, não tenho filhos ando muito com o carro, por isso queria um carro que tivesse um nível bom de segurança, os 6 airbags e o ABS proporcionam isso.
    Qto ao tamanho, eu tive um Palio e um Clio, realmente ele é menor, bem menor, mas pra que eu quero um carro grande? Estacionar ele no Rio de Janeiro é fantástico.
    Ja realizei duas viagens, o motor não me decepciona, os 80cavalos dele são suficientes, o carro é muito leve .
    Os únicos problemas que eu tenho são:
    A bomba de gasolina, do nada, o ponteiro desce, mas logo depois volta ao normal. Não reclamei estou esperando a revisão de 20 mil pra reclamar.
    Os bancos do meu tbm apresentaram o mesmo problema, parece que desbotou, não sei direito explicar, isso me encomoda bastante, não coloquei o couro, pq não sei como funciona o Airbag nos bancos. Alguem sabe se posso forrar de couro bancos com airBag?
    Na época a minha dúvida era entre ele e o 500. Comprei ele e recomendo. O meu carro é bonito, econômico, equipado como nenhum outro nessa faixa de preço e o melhor na minha opinião, se eu por ventura bater de carro, a chance de eu sobreviver é maior que dentre os concorrentes. hehehehe

    Enfim não entendi muito essa avaliação, faria uma totalmente diferente!!

    • Cacio Frigerio

      Pode sim.. é só colocar no local a dita "costura podre".

    • Kenji Ikeda

      Me chamo Kenji Ikeda, tel:77506091 moro no rio de janeiro, o carro é ótimo, confortável, lindo, show show , mas como vc falou , no etanol o carro desenvolve bem, o problema é quando tem mais etanol do que gasolina, vc tem uma surpresa desagradável, o carro não liga de modo algum , parece que afoga, os bancos do meu estão todos manchados, deve ser por conta de gotas de chuvas , outro problema é a revisão dos 20 mil km, é bastante salgado, me cobraram R$ 1,280 reais, ai vc me pergunta!!! vc fez a revisão?? é claro que não, pois não tem mecânico para resolver os problemas mais sérios de mecânica, com certeza vc vai se deparar com enrolação na sua revisão, ou seja, na revisão só sabem trocar óleo , filtro de óleo, filtro de ar, etc.. rsrsrr, não sei se ja surgiu um barulho chato no seu carro , se surgir , é da "correia unica" onde o mesmo faz o ar, alternador, bomba d'água e eixo funcionarem… ou seja, vc já esta com o carro 1,5 ano , sera que vale vc encher o bucho de dinheiro para KIA? pense bem , o seu carro não tem 5 anos de garantia,

  • eccarvalho1976

    Tem um ponto que eu não vi em lugar algum. O Picanto é um carro caro sim (fechei um esta semana por R$ 42.000) mas na versão j320 ou na automática top que não me lembro o catálogo, ele vem com ABS e 6 airbags e é 4 estrenas no EuronCAP. Nenhum carro no Brasil deste preço tem isto. É provavelmente o carro mais seguro que este dinheiro pode comprar! Simples assim… e olha que o que eu comprei (que é o j320 por R$ 42.000) tem farois em led diurno e espelhos com rebatimento elétrico! Tenho uma Edge Limited com teto panorâmico para fins de semana e viajar e apesar de custar quase 4 Picantos, não tem estes últimos itens que mencionei! Em suma, é um carro honesto pelo que oferece!

  • Felipe

    Mais de 40 mil em um carro com motor 1000 é difícil mesmo hein? Eu compraria um outro carro (usado) bem mais confortável, o Fiat 500 é bem melhor. Mas como você parece não se interessar pelos usados… depois não reclame do preço do combustível, ok?

  • Caca

    A unica coisa Ruin do picanto e o seguro, o seguro saiu por 3mil reais pela bradesco.
    De resto o carro a super bom.
    Consigo medias entre 12 a 14 na gasolina e 10 a 11,5 no etanol.

  • Gilmat

    Tenho um Picanto 2012, top de Linha, custou R$ 48.000,00 e faço em media 1000 km/mês em estrada e urbano.

    Só posso dizer duas coisas dele:

    A Ruim é a trepidação do motor 3 cilindros, que as vezes remete a falta de balanceamento e os pneus terem perfil baixos demais 55×14, poderiam ser 65×14 (acho que aumentaria o conforto geral), No mais consumo de média entre 10 e 12 km/l está ótima para um automático.
    A Boa, quem não tem, morre de inveja, pois o carro é dez em designe e em equipamentos de segurança com 6 airbags e freios ABS.

    Falam aqui em FIAT 500, fala sério… FIAT… Nem no PUNTO tem 6 air bags e ABS por menos de 60.000,00.

    Se querem falar em Concorrentes, falem em HYUNDAE, e até alguns CHEVROLET e FORD Nacionais, mas fiat 500 é casca, leva 4 passageiros apertados e pula como mula em poça dágua, com espaço interno de fusca e externo de honda fit, mas fica a dica, se alguém ai, sério sem envolvimento emocional, encontrar outro carro de qualquer marca, entregando a segurança do picanto e os equipamentos de série (Leds, Teto Solar Elétrico, Cambio Automatico, Rodas de liga, Faróis Halógenos e com acendimento automático e o melhor de tudo, sem a porcaria dos tecidos nas portas, etc etc etc), pelo mesmo preço do picanto, avisem aqui, pois a cada tres anos, troco de carro.

  • Willian

    Tenho um KIA Picanto AT que é da minha esposa… EXCELENTE CARRO… Ela tinha um C3 1.4 e não tem comparação.. o Picanto é mto mais carro (menos no tamanho)…

    Automático tem um consumo bom… 7,5 Etanol e 9-10 Km/l gas com mto transito de SP… Na estada 12k alcool e incríveis 18km gasolina…

    RECOMENDO o carro!

  • Fernando

    "todos olham pra você na rua, o teto solar impressiona, o visual compacto e charmoso causa boa impressão, aqui no Brasil a Kia tem um posicionamento premium então as pessoas imaginam…" – "As pessoas se impressionam…"
    Blá blá blá, ou seja, você tem carro apenas por status!

  • Fiat-r

    Faça o que meu pai fez!
    Ele mandou na CSS aqui em PORTO ALEGRE (na SÜD, para quem conhece Porto ALegre) e eles trocaram o volante (que os comandos estavam sem as luzes e estava descascando) com o maior prazer! E ainda tinha um banco que estava descusturado e eles trocaram o banco inteiro!
    Mas isso se paga no preço da revisão! Foi R$1.398 na mesma concessionaria!

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend