Chevrolet Trailblazer – Reclamações e Defeitos

Trailblazer 001

A Trailblazer veio com a missão de substituir a Blazer, sendo novamente um SUV baseada na S10, dessa vez mais moderna e sofisticada, apresenta desempenho bem satisfatório para a categoria e tem um visual imponente.

Ela não faz nem um pouco feio frente à sua antecessora, mas será que ela traz as qualidades da irmã mais velha? Fizemos esse texto para te alertar dos principais problemas e focos de reclamação do modelo.

Foi anunciada em 2012 com motor V6 de 239 cv e 33,2 kgfm ou motor 2.8 turbodiesel de 180 cv e 47,9 kgfm de torque, transmissão automática de 6 velocidades

Rendia aceleração de 0 a 100 km/h em 10,5s na versão Diesel e 10s na versão a gasolina, com velocidade final limitada a 180 km/h em ambas as versões.

Dentre os itens estão seis airbags (frontais, laterais dianteiros e do tipo cortina), controles eletrônicos de estabilidade e de tração, ar-condicionado com ajuste nas 3 fileiras (são 7 lugares), multimídia, tração 4×4 e muito mais.

Esses são alguns dos pontos positivos do carro, mas e os negativos? Abaixo estão os prinicpais:

Custo das peças elevado

Cada farol custa mais de R$ 1.000,00 nas versões com LED, retrovisores R$ 1.200,00 cada e as lanternas traseiras R$ 1.500,00 cada.

Só por esses valores já dá pra ter uma ideia que não basta ter o dinheiro contado para comprar o carro, mantê-lo pode sair um pouco caro.

Acabamento ultrapassado, cheio de plástico

Nessa faixa de preço, era esperado um acabamento primoroso, cheio de soft-touch e plásticos de alta qualidade, mas com a Trailblazer 2024 não é bem assim, ela traz quase o mesmo nível de acabamento da S10.

Tem boa parte dos plásticos sem soft-touch, ficando esse restrito para algumas partes do painel e portas, isso além de estética, pode trazer problemas com ruído no longo prazo.

Consumo elevado

As versões equipadas com motor V6 a gasolina tem um consumo médio de cerca de 6,5 km/l na cidade e 8,5 km/l na rodovia, uma média bem ruim

Nas versões Diesel a média fica um pouco melhor com 8 km/l na cidade e 10 km/l na estrada, o peso elevado e aerodinâmica ruim são os principais causadores desse problema.

Volante sem ajuste de profundidade

Esse é um caso comum em alguns carros de valor elevado, e não é diferente com a Trailblazer, o volante não tem ajuste de profundidade, tem somente de altura, o que dificulta o ajuste fino na posição de dirigir.

Ausência do piloto automático adaptativo

Esse não é um item tão solicitado nos carros de entrada, mas em veículos mais luxuosos (e caros) se faz quase um requisito

Caso não esteja familiarizado com o termo, o piloto automático adaptativo é o sistema que se usa de sensores e radares para frear e acelerar o carro sem a necessidade de nenhuma ação do motorista, o que é muito útil para trajetos longos em rodovias, a Trailblazer não conta com esse opcional.

Barulhos internos

Trailblazer 002

O painel e os forros das portas são focos de ruído e o problema vai se agravando com o passar do tempo.

Ao fazer o test-drive no carro, veja se ele apresenta barulhos nessa região, alguns proprietários relatam ainda que o carro é barulhento como um todo após um tempo de uso, na dúvida teste o carro em uma rua esburacada e com o rádio desligado

O isolamento acústico também deixa a desejar, fazendo com que ruídos externos sejam ouvidos com frequência.

Principais recalls

  • Unidades produzidas em 2012, 2013 e 2014 tiveram chamado de recall para avaliação da possibilidade de atrito do cabo da bateria com uma aresta metálica da bandeja da bateria, o que pode danificar a capa isoladora do cabo e provocar curto-circuito com risco de desligamento involuntário do motor e incêndio no compartimento do motor, com riscos de colisão do veículo e de queimadura aos seus ocupantes e a terceiros.
  • Unidades produzidas em 2013, 2014, 2015 e 2016 tiveram chamado de recall para verificação dos acabamentos próximos aos airbags de cortina que podem prejudicar a correta abertura das bolsas.

Conclusão

Trailblazer 003

A Trailblazer herdou sim muitas qualidades da irmã Blazer, tem uma ótima robustez mecânica e aguenta um terreno Off-Road sem grandes problemas.

Assim como as qualidades, herdou os defeitos como consumo elevado, falta de requinte no acabamento e interior ruidoso e sem muitos mimos.

É uma boa opção para quem procura um carro resistente para passeios pelo interior e em estradas esburacadas

Existem opções melhores de SUV para uso urbano, onde conforto, consumo e tecnologia embarcada são mais necessários, ou seja, dependendo do seu uso é uma boa escolha.

google news2 Quer receber todas as nossas notícias em tempo real?
Acesse nossos exclusivos: Canal do Whatsapp e Canal do Telegram!

O que você achou disso?

Toque nas estrelas!

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.


Últimas Notícias



c12OrqyAeQ65CANuSaRgcOXX3cvWvBvO3VrU zKQNKMIjAIN28coKUHnlTgz76QZ90
Autor: Luca Magnani

Engenheiro mecânico na indústria automotiva, pós graduado pela Universidade da Indústria do Paraná em Engenharia de veículos elétricos e híbridos.