Combustíveis Mercado Pickups SUVs

Conheça os utilitários e SUV a diesel vendidos no Brasil

Conheça os utilitários e SUV a diesel vendidos no Brasil

Utilitários e SUVs a diesel sempre foram um sonho de consumo de muitos no nosso país. Infelizmente o Brasil proíbe a venda de automóveis de passeio movidos a diesel desde 1976. Somos o único país do mundo com essa proibição. Por isso não pode existir um carro popular a diesel, um sedã médio a diesel, etc.


O porque da proibição dos carros a diesel

Por que essa proibição? O problema é que o óleo diesel é subsidiado no Brasil, ou seja, o governo interfere no preço do diesel para que ele seja mais acessível para abastecer caminhões e ônibus, já que quase todo o transporte feito no Brasil é rodoviário. E o governo não quer bancar cidadãos rodando com carro diesel para economizar, é claro. Se tivéssemos uma ampla rede de ferrovias, não seria assim, e quem sabe poderíamos ter carros movidos a diesel.

Veja uma explicação mais detalhada: Por que não temos carros movidos a diesel no Brasil?

Como então ter carro diesel no Brasil?

Para quem pode pagar uma quantia considerável, temos a opção de utilitários esportivos e consequentemente de pickups e jipes. Além disso, só mesmo as vans de passageiros e carga. Mas aí se trata mais de um investimento puramente comercial ao invés de um veículo para lazer e trabalho.


Então, pensando nisso e seguindo a sugestão do leitor Victor Mattioli, que necessita de um utilitário SUV a diesel para sua família, vamos falar das opções oferecidas no mercado nacional, devidamente separadas por segmentos.

Jipes a diesel

Conheça os utilitários e SUV a diesel vendidos no Brasil

Aqui tínhamos somente dois produtos nacionais. O TAC Stark e o Troller T4. O TAC Stark era catarinense, mas se tornou cearense. O veículo tem tração 4×4 e acabamento inspirado em carros da Fiat. Aliás, o motor diesel é um FPT 2.3 com 127 cv e 32,5 kgfm, sendo o mesmo usado no Fiat Ducato, por exemplo. O design era até certo ponto moderno até o ano de 2013, quando parou de ser fabricado. Na época custava R$ 98.780.

Então o único modelo que sobrou foi o jipe Troller T4. Ele é bastante popular no mercado nacional e atualmente conta com motor diesel 3.2 com 200 cv e 47,9 kgfm, o mesmo da Ford Ranger, já que a Troller é da Ford. Ele continua oferecendo tração 4×4 e tem interior com vários itens de conforto. Pode enfrentar tanto enchentes nas grandes cidades quanto trilhas apertadas no meio da selva. Também feito no Ceará, o modelo é uma das estrelas do Rali dos Sertões e custa a partir de R$ 128.490.

Veja também: Troller T4 Bold é versão limitada que custa R$ 129.990

Veja também: Avaliação do TAC Stark

Pickups a diesel

Conheça os utilitários e SUV a diesel vendidos no Brasil

O primeiro do grupo é o Agrale Marruá, que surgiu de um projeto militar e é voltado para terrenos difíceis, servindo melhor como veículo de trabalho para empresas que atuam em regiões remotas do país. Com cabines simples ou dupla, além de opções sem caçamba, o modelo utiliza motor diesel Cummins ISF 2.8 de 150 cv e 36,6 kgfm. Custa a partir de R$ 170.900.

Veja também: Novo Agrale Marruá tem preços entre R$ 170.900 e R$ 197.050

Já entre as líderes do mercado, a Chevrolet S10 se destaca. O modelo está disponível com cabine simples ou dupla, além de tração 4×2 ou 4×4. Recentemente seu motor 2.8 diesel passou de 180 cv para 200 cv e o torque chega a 50,1 kgfm, sendo o maior da categoria. Tem opção de câmbio automático e preços a partir de R$ 121.390 na cabine simples e R$ 150.390 na cabine dupla.

A rival Ford Ranger também oferece cabine simples ou dupla, tendo motor 3.2 Duratorq com 200 cv e 47,8 kgfm. Existe uma versão 2.2, mas esta é exclusiva para frotistas. Também tem opção automática e tração 4×2 ou 4×4. Os preços partem de R$ 139.270.

Conheça os utilitários e SUV a diesel vendidos no Brasil

Veja também: Impressões ao dirigir Chevrolet S10 2019 diesel

Veja também: Ford Ranger 2017: impressões ao dirigir

A picape de origem indiana Mahindra Pickup era montada em Manaus/AM, com cabine simples chassi ou dupla com caçamba. O motor diesel mHawk 2.2 entregava 120 cv e 29,5 kgfm. Era um modelo espartano e ainda devia em termos de segurança, mas deixou de ser produzida.

Já a Mitsubishi aproveita bem as oportunidades com sua bela L200 Triton, que é oferecida somente com cabine dupla, tração 4×2 ou 4×4 e opção automática. O motor diesel 3.2 entrega 180 cv e 35 kgfm. Também é bastante conhecida nas competições e tem seu próprio campeonato de rali. Os preços ficam na casa dos R$ 114.990 para a geração antiga e R$ 131.900 para a geração nova lançada em 2017, chamada Mitsubishi L200 Triton Sport.

A Nissan tem a Frontier, que foi completamente atualizada em 2017, e passou a ser vendida apenas em uma versão, chamada LE, por R$ 166.700. O modelo sempre vem com câmbio automático, e o motor diesel é um 2.3 biturbo de 190 cavalos de potência.

Conheça os utilitários e SUV a diesel vendidos no Brasil

RAM. O nome já diz tudo em termos de picape grande. A poderosa 4×4 é importada do México e na versão 2500 Laramie oferece luxo, conforto e sofisticação. Além de ser a maior e única do segmento grande, também é a mais potente, já que seu bloco seis cilindros em linha 6.7 fabricado pela Cummins, disponibiliza 330 cv e 104 kgfm. Mas o modelo custa R$ 261.990.

A SsangYong comercializou no Brasil a picape cabine dupla Actyon Sports, que era vendida com motor diesel 2.0 de 141 cv e 31,5 kgfm. A transmissão automática tinha seis marchas e a tração era 4×4. O destaque ficava para o preço bem mais baixo que de marcas mais conhecidas, mas o pós-venda das lojas era sofrível e muitos proprietários ficavam com carros parados por muito tempo sem peças para reposição.

A consagrada Toyota Hilux é a segunda mais vendida do mercado. Produzida na Argentina, a picape da Toyota oferece versões com cabine simples ou dupla, tração 4×2 ou 4×4, transmissão manual ou automática, além de motor diesel 2.8 com 177 cv e 45,9 kgfm. O modelo tem preços a partir de R$ 122.900 na cabine simples e R$ 135.600 na cabine dupla.

Veja também: Avaliação da Toyota Hilux SRX diesel

Outro modelo interessante entre as pickups a diesel é a Fiat Toro. A partir de R$ 108.490 é possível levar para casa uma Toro movida a diesel, com motor 2.0 turbodiesel de 170 cavalos de potência e 35,7 kgfm de torque com câmbio automático de nove velocidades, mas somente com tração dianteira.

Veja também: Foco da Fiat Toro diesel é o asfalto

Por fim, a Volkswagen Amarok. Também produzida na Argentina, a picape possui versões cabine simples ou dupla, bem como tração 4×2 ou 4×4. É a única com opção de câmbio automático de oito marchas. Seu motor é um dos menores entre as picapes diesel do país, tendo apenas 2.0 litros. Ele entrega 140 cv e 34,7 kgfm ou 180 cv e 40,8/42,8 kgfm, respectivamente manual e automática. Os preços começam em R$ 116.490.

SUV a diesel / Crossover a diesel

No mercado nacional, temos algumas opções fabricadas na região e outras importadas. É o segmento que mais se aproxima dos automóveis diesel. Então, enquanto não temos sedãs, hatches e peruas “4×4 com reduzida”, as opções ficam com os SUV a diesel e crossovers a diesel, que os oferecem, podendo assim rodarem livremente neste país. A sul-coreana SsangYong está retornando com o SUV diesel Korando, que deve custar entre R$ 135 mil e R$ 150 mil.

Conheça os utilitários e SUV a diesel vendidos no Brasil

Os modelos mais em conta são o Jeep Renegade e o Jeep Compass, que tem preços a partir de R$ 110.290 e R$ 146.490. Nos dois o motor é um 2.0 turbo diesel com 170 cavalos de potência e 35,7 kgfm de torque, com um excelente câmbio automático de nove marchas, além de um sistema de tração nas quatro rodas com quatro modos de terreno.

O Jeep Renegade é um SUV diesel muito capaz, que possui bons ângulos de entrada e saída, além de suspensão bem robusta e independente nas quatro rodas. É um modelo de estilo retrô, criado para homenagear o clássico Jeep da Segunda Guerra Mundial. Com dimensões compactas, o modelo tem porta-malas pequeno, porém, um bom espaço interno e muito conforto, além de ser um utilitário esportivo com ótimo nível de segurança, graças à sua estrutura bem rígida, que garante também boa dirigibilidade.

Já o Jeep Compass é um irmão maior do Renegade. Maior e mais espaçoso, ele também tem um porta-malas mais generoso, além de um design mais atraente para quem não curte um visual clássico. Além de linhas bem interessantes, o SUV também compartilha de vários elementos estéticos e de um bom nível de equipamento, que permite ao modelo ser um dos mais sofisticados do mercado. Outro aspecto é o conforto maior, tanto em estrada quanto fora dela, mas igualmente com boa capacidade 4×4.

Veja também: Jeep Renegade 2019 – todos os detalhes

Veja também: Avaliação Jeep Compass Longitude diesel

A Chevrolet Trailblazer agora tem 200 cv e 50,1 kgfm como sua irmã S10, oferecendo sempre transmissão automática de seis velocidades. Com excelente espaço interno, conforto e sofisticação, o modelo também oferece bastante segurança, tanto ativa quanto passiva. Poderia vender mais, mas o preço inicial parece ter assustado os consumidores. Atualmente parte de R$ 212.990.

A General Motors perdeu a noção ao elevar incrivelmente o preço desse SUV diesel, que agora custa acima de R$ 210 mil, quando há pouco tempo atrás saía por menos de R$ 180 mil. O aumento expressivo não corresponde a qualquer melhoramento no produto, embora este conta com um bom propulsor diesel e um câmbio automático de seis marchas com sistema antivibração, que deixa o funcionamento da transmissão mais suave e gera economia de combustível, o que é ótimo para um carro diesel. Ela é bem completa e prepara para o fora de estrada com seu sistema 4×4 com reduzida.

No segmento de luxo, o Jeep Grand Cherokee Turbo Diesel finalmente entrou para o time dos “queimadores de óleo”, como dizem os americanos. O motor do SUV importado dos EUA é de origem italiana, sendo o VM Motori (hoje quase toda da Fiat) V6 3.0 com 241 cv e 55,9 kgfm. O câmbio automático tem oito marchas e a excelente tração 4×4 é item de série. O preço é salgado: R$ 289.900.

Este clássico do mundo 4×4 é um SUV diesel bem luxuoso e que apresenta diversos itens de conforto e comodidade, chamando atenção por sua transmissão com um bom número de marchas, mas sua plataforma existe há mais de 10 anos… É um veículo imponente com opções de couro de qualidade, além de excelente espaço para quem vai atrás. Com rodas de liga leve aro 20 polegadas e multimídia Uconnect com tela de 8,4 polegadas, o Jeep Grand Cherokee Turbo Diesel tem ainda Android Auto e Car Play, duas telas de entretenimento no banco traseiro e sistema de rebatimento elétrico do banco do passageiro dianteiro.

Outro importado é o Kia Mohave, que agora é vendido exclusivamente com motor diesel V6 3.0 de 256 cv e 56 kgfm. A transmissão automática tem oito velocidades e a tração é integral. O modelo oferece muito luxo e sofisticação, sendo oferecido por R$ 239.900.

Este SUV diesel é uma boa alternativa na faixa entre R$ 200 mil e R$ 300 mil, apesar da rápida desvalorização. O Kia Mohave é grande e tem espaço suficiente para sete pessoas, além de bom porta-malas. Feito mais para viagens, devido ao seu porte e conforto, o modelo emprega linhas bem conservadoras, mas um bom pacote de equipamentos. Além de 10 airbags, conta ainda com uma sopa de letrinhas com sistemas que vão do controle de descida ao anticapotamento. O ar-condicionado é tri zone e os bancos são revestidos em couro. Com dois tetos solares, o habitáculo é amplo e agradável. Vale a pena.

Land Rover. A marca britânica reina no segmento de SUV diesel no país. Com a Range Rover, ela é considerada a mais conceituada do segmento Premium. O Discovery Sport é o modelo mais em conta com motor diesel, custa R$ 246.500.

O SUV da Land Rover é feito em Itatiaia-RJ, junto com seu irmão Range Rover Evoque. Com design envolvente, o Discovery Sport TD4 tem um motor diesel Ingenium 2.0 de 180 cv e câmbio automático de nove marchas, oferecendo tração integral nas quatro rodas. O modelo chama atenção por ter autonomia de mais de 900 km e um enorme conforto para a família, embora tenha cinco lugares, seu porta-malas é bem grande e supre qualquer necessidade. Além disso, o ambiente é amplo e confortável. O pacote de equipamentos também é bom, com destaque para o ar-condicionado dual zone e teto solar panorâmico.

O Range Rover Evoque é outra opção de SUV com motor diesel. O crossover inglês também é feito no estado do Rio de Janeiro e tem preço partindo de R$ 249.500. Ou seja, R$ 3.000 a mais que o Discovery Sport, mas tem como diferencial um estilo mais sofisticado, nível de acabamento superior e uma ampla gama de opções em pintura com dois tons, tonalidades de couro, apliques e texturas no painel, entre outros. O motor é o mesmo Ingenium 2.0 diesel de 180 cv com câmbio de nove marchas. Com tela dual view na multimídia e teto solar panorâmico, é um SUV muito luxuoso, embora com pouco espaço interno e porta-malas mediano.

Outra opção na gama da marca inglesa é o Land Rover Discovery, que só tem motor diesel V6 3.0 TD6 com 258 cv e um câmbio automático de oito marchas. É o único da marca com sete lugares e tem como destaque comandos elétricos para rebatimento de todos os encostos e apoios de cabeça, bem como para coloca-los na posição original. Tem suspensão pneumática, opção de roda de liga leve aro 22 polegadas, teto solar duplo, acabamento em couro, multimídia com visual em 360 graus, entre outros. Os preços começam em R$ 363.000, mas há opção a gasolina sob encomenda.

Por fim, o supra-sumo do segmento de SUV de luxo no país, o Range Rover Sport, que custa R$ 499.900. O lorde britânico do off-road não teme mesmo os caminhos ruins. Com suspensão a ar e diversos sistemas eletrônicos, o utilitário esportivo tem alto luxo e sofisticação a bordo.

Esse SUV é imponente e exala luxo em qualquer detalhe. O Range Rover Sport tem duas opções de motores diesel, sendo um V6 3.0 de 306 cv – que era 292 cv até pouco tempo atrás – e V8 4.4 com 339 cv. Ambos têm câmbio automático de oito marchas, tração integral Terrain Response 2 e suspensão pneumática, além de muito luxo e conforto. Trata-se de uma opção mais individualista e jovial ao tradicional Range Rover, que tem a versão conhecida como Vogue.

O Range Rover, que aqui é vendido também na versão Vogue, tem preço de R$ 590.950 para a versão com motor diesel V6 3.0 de 306 cv. É o suprassumo do luxo da Land Rover. Com cinco lugares apenas, tem porta-malas enorme, mas ainda mais espaço para quem vai atrás. Uma verdadeira nave, o modelo possui suspensão pneumática que garante conforto e segurança, bem como tela dual view na multimídia e telas de entretenimento no banco traseiro. Existe até uma versão longa por mais de R$ 1 milhão no país. Com mais de 5 m, é um SUV para poucos.

Na Mercedes-Benz, o modelo mais em conta movido a diesel vendido no Brasil hoje é o GLE 350 d 4MATIC, que tem um motor 3.0 de seis cilindros com 258 cavalos e mais de 60 kgfm de torque. O preço fica na casa dos R$ 379.900. Este é um SUV bem luxuoso, mas seu estilo já está cansado, bem diferente do GLE Coupé, mais jovial. É um carro sofisticado e que tem teto solar panorâmico, bancos em couro climatizados, entre outros.

A Mitsubishi conta com vários modelos de SUV diesel no país. Tem o New Outlander, com preço de R$ 181.990, a Pajero Full de três portas que custa R$ 214.990, e a Pajero Full de cinco portas que sai por R$ 248.990.

Além disso, a marca oferece a Pajero convencional, que na versão Outdoor custa R$ 165.990 e na versão HPE sai por R$ 194.990.

Conheça os utilitários e SUV a diesel vendidos no Brasil

Finalmente, o Toyota SW4 encerra as opções de SUV diesel no país. O modelo é o mais vendido do segmento e é fabricado na Argentina, de onde chega com preços que partem de R$ 248.400. O modelo é vendido apenas na versão topo de linha, pois certamente é o que dá as maiores margens de lucro para a Toyota. É absurdo um produto tão caro vender tão bem. A marca e o histórico do produto fazem com que os clientes sejam extremamente fiéis e sempre estejam trocando de modelo dentro da marca.

Enfim, estas são as opções de SUV, picapes e jipes com motor diesel no mercado nacional. Poderíamos ter mais modelos, mas também é o mercado que precisa exigir mais opções, sem isso, continuaremos com poucas ofertas de SUV a diesel por aqui.

Conheça os utilitários e SUV a diesel vendidos no Brasil
Nota média 3.4 de 5 votos

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email