Fiat Stilo – defeitos e problemas

O Fiat Stilo foi um hatch médio que a marca italiana produziu aqui entre 2002 e 2010, sendo sucessor do Brava e substituído depois pelo Bravo. Seguiu uma linhagem iniciada com o Tipo e que acabou neste último.

Com visual chamativo por sua grande área envidraçada e recursos como o teto solar panorâmico de múltiplos vidros Sky Window, além de sua gama de motores variada.


Aqui, o Stilo não teve a variante perua, que ficou conhecida posteriormente como Croma, adotando o nome do famoso sedã italiano. Teve motores GM durante sua vida, sendo o 1.8 8V de 103 cavalos ou até 114 cavalos (Flex).

Também empregou um GM 1.8 16V com 122 cavalos, mas também ousou uma obra de casa, o temido Fivetech 2.4 20V com 167 cavalos. Perdeu de nunca oferecer um câmbio automático, apenas o automatizado Dualogic.

E o que os donos de Fiat Stilo relatam de defeitos e problemas? Os mais relatos são aqueles considerados crônicos do hatch italiano, sendo eles o teto solar Sky Window e o câmbio automatizado Dualogic.

Fiat Stilo – defeitos e problemas

Fiat Stilo - defeitos e problemas

Alguns proprietários do Fiat Stilo reclamam que, entre os defeitos e problemas do hatch médio fabricado em Betim, teto solar e câmbio automatizado são os mais indicados. Existem outros mencionados com alguma frequência também.

Nesse caso, um dos itens que mais chamavam atenção no Fiat Stilo era exatamente um dos mais problemáticos no modelo, o teto solar Sky Window.

Com múltiplas lâminas, o dispositivo de abertura do teto de vidro gera barulhos e se desregulava, impedindo que os quatro vidros fiquem totalmente alinhados, permitindo assim entrada de água e poeira.

Alguns donos dizem que a manutenção do mesmo é bem cara e que há casos extremos, como um cliente que chegou a ter orçamento de R$ 12.000. O mesmo disse que fez o reparo em um especialista em teto, ficando assim em R$ 1.800.

Na internet, vários são os relatos de problemas no Sky Window e existem até tutoriais sobre o assunto na rede. Quando surgiu, era realmente um dispositivo muito atraente pela comodidade e visual quando aberto.

Dualogic

Fiat Stilo - defeitos e problemas

Outro problema que se abate sobre o Fiat Stilo, na opinião de muitos donos é o câmbio automatizado Dualogic com cinco marchas. O sistema que trocas as marchas e aciona a embreagem da transmissão mecânica é tido como problemático.

Alguns donos falam que ele trava as marchas, reduz de forma errada, prende em uma determinada marcha ou simplesmente não engata algumas delas, gerando ainda trancos e buracos entre as trocas.

Outros donos disseram que buscaram ajuda na assistência técnica das concessionárias, mas que não conseguiram resolver o problema. Tem proprietário que partiu para troca do módulo de comando.

Também existem casos de defeitos no próprio sistema eletro-mecânico de acionamento, mas sem maiores detalhes relatados pelos proprietários. Atualização do sistema ajudou alguns.

Suspensão e tampa do tanque

Fiat Stilo - defeitos e problemas

Alguns donos do Fiat Stilo relataram ainda que a suspensão dianteira (assim como a traseira) é uma fonte de ruídos e problemas. Os defeitos estariam nas buchas de suspensão, consideradas de baixa vida útil.

Muitos são aqueles que reclamam do problema, efetuando trocas precoces em buchas e batentes, assim como das famosas bieletas, que também precisam de substituição frequente.

A suspensão traseira também é outra fonte de ruído, mas sendo comentada como fazendo barulho com o carro cheio, tendo duas ou três pessoas no banco traseiro.

Reclamam ainda de ruídos e vidração no sistema de direção, alguns trocando até a caixa nesse processo. O sistema tem assistência elétrica e com a função City, que permite deixar o volante bem mais leve.

Outros defeitos

Fiat Stilo - defeitos e problemas

Um item que chama bastante atenção no Fiat Stilo, em relação aos seus defeitos e problemas, é a tampa do bocal de combustível, que apresenta falha ao abrir para reabastecimento.

O problema não é exclusividade do Stilo na gama Fiat, sendo que alguns modelos possuem uma cordinha para alguma eventualidade, sendo esta no compartimento de bagagem.

A maioria dos relatos são de resolução do problema na concessionária e ainda durante a garantia, durando em média um dia de carro parado na revenda autorizada.

Outros donos falam de problemas com o quebra-sol, alguns falam que o protetor visual estava solto ou mesmo abrindo, sendo o defeito resolvido na rede de concessionárias.

O ar condicionado também aparece como outro defeito muito comentado entre os donos de Fiat Stilo, que reclamam de falhas no funcionamento ou simplesmente sua desativação.

Recall

Fiat Stilo - defeitos e problemas

O Fiat Stilo teve como recall mais famoso o cubo de roda traseira, que teria provocado alguns acidentes no Brasil, sendo registrados 30 como suspeita do componente, sendo que 8 foram efetivamente comprovados.

A Fiat chegou a ser multada em R$ 3 milhões por causa do defeito, que é considerado extremamente grave, colocando em risco a integridade dos ocupantes e de terceiros. A decisão judicial virou uma batalha nos tribunais com recurso da marca.

Outro recall é em relação ao sistema de direção do Stilo Abarth 2004, sendo o mesmo convocado a partir de 2005. O risco era de inoperância durante a manobra, exigindo assim a troca do componente, que pode ocasionar um acidente.

Apesar de ser bem elogiado por boa parte dos donos, inclusive em relação ao desempenho e visual, o hatch sofreu muito com a falta de um câmbio automático e opção de um teto solar menos problemático.

 

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.