Comprando e Vendendo Mercado

Onde comprar carros baratos?

mercado-2 Onde comprar carros baratos?

Onde comprar carros baratos?

Muitas vezes não é fácil achar aquele carro dos sonhos ou mesmo da necessidade por um bom preço, não é mesmo? Quando o carro é novo, a tarefa de comprar um carro barato é mais difícil, visto que a maioria das lojas trabalha com os valores sugeridos (caso das concessionárias) ou com ágio, geralmente em lojas multimarcas, que atendem aqueles mais apressados, dispostos a pagar mais para ser um dos primeiros a desfilar com o lançamento nas ruas…



Se a opção for usada, ter um preço bom é bem mais fácil. O problema é encontrar o carro ideal, o mais conservado possível e com o melhor preço. Unir essas três coisas numa só é uma verdadeira epopeia, que para quem consegue a façanha, vale quase qualquer coisa, mesmo ir buscar o tal carro bem longe de casa.

Diante disso, comprar carros baratos é algo que exige tempo, dedicação e até sorte. Mas não vamos contar tanto com esta última, por motivos óbvios. Assim, o negócio é arregaçar as mangas e partir em busca do tão sonhado carro barato.

mercado-2 Onde comprar carros baratos?

Comprar carros baratos pela internet

Antigamente, quando não existia a internet, não havia outro jeito se não ir à caça pessoalmente, mas com a chegada da rede mundial de computadores, encontrar um carro barato para comprar ficou bem mais fácil. Após definir as características e condições que considera ideais para o futuro carro, que ainda por cima precisa ser barato, o comprador nem precisa sair de casa.

A internet trouxe para os computadores e depois para os smartphones todo tipo de oferta de automóvel. Os mais procurados são os classificados online, promovidos por sites que são especializados no anúncio de ofertas, seja de particulares, multimarcas ou concessionárias. Ali é possível escolher todos os detalhes do carro desejado e assim ter todos os preços disponíveis.

Estes sites já agregam diversos serviços para facilitar a compra, tais como reserva paga de ofertas (especialmente quando há indecisão entre dois ou mais carros), simulação de financiamento ou o próprio financiamento online, simulação de seguro ou contratação do mesmo, laudo com histórico do veículo, check gratuito e até ponto de encontro monitorado para maior segurança de quem compra e de quem vende.

mercado-2 Onde comprar carros baratos?

 

Quando encontrar o anúncio, considere aquele que tiver mais informações sobre o veículo e, claro, que tenha fotos, muitas fotos e de preferência bem nítidas. Anúncios sem fotos, desconsidere. Já em relação aos que só mostram o exterior e uma parte pouco importante do interior, peça ao vendedor mais imagens e detalhes. Desconfie sempre de preços extremamente baixos. Se na descrição não fala o motivo, melhor nem tentar descobrir. Afinal, o tempo perdido pode ser a diferença entre achar ou não um carro barato e bom.

Fora desses classificados online, existem os sites de carros usados, onde também é possível encontrar um carro barato, mas requer mais atenção, visto que os anunciantes podem não ser totalmente confiáveis. Por isso é bom dar uma pesquisada sobre a segurança do site e dos anúncios para não entrar numa fria. Buscas como “carro usado barato” podem ajudar a encontrar tais ofertas. Nas redes sociais, outra modalidade de anúncio é em páginas com ofertas de carro, geralmente da região onde o interessado está pesquisando.

Nesses casos, a atenção é ainda maior, visto que o anúncio é direto entre vendedor e comprador, não tendo nenhum vínculo com a administração da página, que no máximo pode banir o anunciante em caso de alguma irregularidade. Hoje em dia, até mesmo aplicativos de mensagem ou compartilhamento de imagens geram grupos dos mais variados assuntos, inclusive com ofertas de carros baratos. Da mesma forma, toda a cautela é bem-vinda. Nesse caso, marque em um local público, onde há circulação de pessoas e tome todas as medidas de segurança para não entrar numa fria…

mercado-2 Onde comprar carros baratos?

Mas existe outra forma de comprar um carro barato pela internet. Lembra daqueles leilões da Receita Federal nos anos 90, onde carros importados eram oferecidos com lances inacreditáveis, mas você não podia estar presente? Com a internet, seus problemas acabaram… Hoje é muito fácil encontrar um carro barato em sites de leilão online.

Praticamente como nos sites de classificados, estes sites de empresas do setor se dedicam a oferecer veículos de toda a procedência e em diversos estados de conservação com lances virtuais. Com fotos e descrição de detalhes e possíveis danos do veículo – muitos são conservados por serem de busca e apreensão ou outra restrição – mas atenção.

Fuja de imagens ilustrativas e anúncios com poucos dados sobre o carro, pois muitas vezes os danos são maiores do que o esperado e o que era para sair barato, acabará ficando caro. Lembre-se que não há garantia e geralmente não é possível verificar todo o estado do veículo. O atrativo são lances com valores bem abaixo do preço de mercado, mas saiba ter um limite para as ofertas, já que o preço é à vista. Ter alguém ao lado que já comprou em leilão online é uma boa. Também é necessário prestar atenção aos custos do leilão e se o mesmo é legalizado.

mercado-2 Onde comprar carros baratos?

No jornal e na TV também podem existir carros baratos

Estar sentado na sala de estar diante da TV no sábado ou no domingo, geralmente é outra forma de encontrar um carro barato. Os programas de TV sempre estão oferecendo algum tipo de oferta que pode interessar quem está assistindo e procurando por um carro. Seja em loja multimarca, concessionária ou feira livre especializada, o telespectador na busca por um carro barato tem que estar pronto para anotar a oferta e o telefone do vendedor ou loja. Alguns estabelecimentos dão descontos para quem comprou por meio do anúncio no programa de TV.

Outro meio, este um dos mais antigos é recorrer ao velho classificado de jornal. Antigamente não existiam fotos e apenas uma breve descrição do veículo, preço e telefone do vendedor. Depois surgiram páginas mais elaboradas em cadernos de automóveis ou mesmo em páginas pagas por lojas anunciantes. Estas duas últimas podem contar fotos, o que ajuda um pouco. Quando não existia internet, o jornal era o primeiro meio pelo qual muita gente buscava um carro barato para comprar. Atualmente, a força desses classificados já não é a mesma.

mercado-2 Onde comprar carros baratos?

Pessoalmente

O boca a boca ainda é uma boa forma de se encontrar um carro barato. Da mesma forma que veio aquele amigo e lhe revelou uma loja onde fez uma boa compra, você também pode fazer o contrário. Peça para ele e outros amigos ou colegas ficarem atentos para uma oferta de carro barato que você está procurando. Geralmente você já se decidiu pelo modelo e condições que considera ideais, assim é mais fácil para os outros encontrarem o que você procura.

Porém, não é confiável se apoiar na ideia de que rapidamente algum amigo volte dizendo que viu tal carro barato, não é mesmo? Então, quem busca uma boa oferta também precisa se mexer, literalmente. Nesse caso, saia e corra atrás do carro ideal. No dia a dia, vale rastrear visualmente aquele carro que você está querendo. Quando aparecer um com anúncio de vende-se no vidro, senão puder parar e falar com o dono, anote o telefone e busque mais informações.

Além disso, visitar lojas multimarcas ou concessionárias com seminovos é outro meio. O shopping automotivo é outro local que vale a pena visitar, já que existem diversas lojas com muitas ofertas. Por lá, existem desde bancos e financeiras até vistoria e empresas de seguro. Só não sai de lá “dono” se não encontrar o carro barato que deseja.

mercado-2 Onde comprar carros baratos?

As feiras livres automotivas também são importantes, onde negocia-se diretamente com o proprietário e, dependendo da organização, com segurança e outros serviços, que possibilitam desde financiar o carro do particular até sair de lá com o carro vistoriado e toda a documentação pronta. Sempre é importante levar alguém que conheça mais de carro ou um mecânico para avaliar o veículo. Mas, nestes locais, existem empresas que prestam esse serviço, dando assim mais garantia para quem compra.

Lembra do leilão? Você também pode comparecer fisicamente, mas nesse caso é necessário se atentar aos dias em que é possível ver as ofertas que estão recebendo lances. O local também vai variar e da mesma forma, tem que se atentar aos custos do leilão e também às condições dos veículos, o que nesse caso é parcialmente conclusivo, pois não se pode avalia-lo completamente. Prepare-se para contratar um reboque se o carro ficou muito tempo parado.

Com todas essas opções, fique sempre atento aos detalhes da negociação e ao estado do veículo oferecido. Não se afobe diante de uma oferta irresistível. Mantenha o pé no chão, mas se realmente encontrar aquele carro ideal pelo preço e condições igualmente desejáveis, não demore em contatar o vendedor e ir ver o carro, pois na lei de oferta e procura, nem sempre o vendedor vai ficar esperando por você. Ou seja, se chegar alguém antes e fechar, já era… Boa compra!

COMPARTILHAR:
  • Danillo Barros

    Interessante reportagem, tem coisas que parecem óbvias, mas é como dizem: O óbvio tem que ser dito.

    • Ronald

      E muitas vezes repetido exaustivamente….

  • Paulo Roberto Steindoff

    Para carro zero gosto de consultar as ofertas na webmotors, para carro usado o buscaacelerada é perfeito

    • 1 Raul

      Nunca usei o busca acelerada, vou pesquisar a respeito.

      Os piores lugares pra comprar carro são os auto shoppings, notadamente os de SP e região metropolitana.

  • celso

    “Onde encontrar carros baratos ?”
    Fora do Brasil!

  • Samluzbh

    Tem uma opção que se torna cada dia mais relevante, os seminovos de locadoras, antigamente as locadoras acabavam com os carros antes de se desfazerem deles, atualmente elas abriram os olhos sobre o fato que a venda de seminovos pode ser tão ou mais rentável que o aluguel, fato já confirmado pelas maiores locadoras do pais, hoje em dia é possível encontrar determinados carros do “ano” com baixa quilometragem e ainda no período de garantia e fazer um bom negocio, pois a primeira e maior desvalorização do veiculo já foi absorvida pela locação do mesmo.

    • No_Name

      Via de regra, as maiores locadoras do Brasil “desativam” os carros da frota quando estes completam 30 mil km. Se colocam carros à venda com menos disso, é porque o veículo apresentou algum problema ou sofreu avarias (eles consertam mas colocam pra vender), segundo um colega que trabalha no ramo. Existe ainda a desativação do veículo antes do momento certo por questões de depreciação e excesso de contingente do modelo na frota, mas são mais raros estes casos.

      • TijucaBH

        Não é bem por aí! Até pouco tempo atrás, as maiores locadoras trocavam os carros a cada 6 meses, independente da km. Agora teve uma mudança na legislação e eles trocam a cada ano, independente de km. Ppdem até trocar um ou outro antes do prazo por algum problema, mas são casos pontuais, pois nesses casos o governo pode cobrar parte do imposto que as locadoras tiveram isenção.

      • Samluzbh

        Como eu comentei acima as locadoras estão fazendo disso um “negocio” tão bom quanto a locação em si, então os carros são separados para venda por 2 critérios KM e idade, de uma olhada no site da localiza tem carros 2017 com menos de 30000km.

        • No_Name

          Como comentei, os motivos podem ser qualquer um desses:

          • Carro desativado por atingir 30 mil km
          • Carro posto à venda por ter apresentado defeitos ou sofrido danos (lá nos EUA os carros desse tipo vão a leilão, pra você ver a índole dessas locadoras brasileiras)
          • Excesso de determinado modelo na frota
          • Depreciação de um modelo prestes a superar o que eles pagaram pelo mesmo 0 km.

          • Samluzbh

            Os carros que apresentam “defeitos” não são vendidos ao publico geral e sim para logistas, eu mesmo já quis comprar um desses “defeituosos” e não consegui, o preço era muito mais baixo, mas tinha muita burocracia e exigências que pessoa física não conseguem atender.

    • T1000

      Pela pouca diferença de preços, muito mais vantagem compra.0km do que carro surrado de locadora.
      A nao ser que seja muito barato, senao nao compensa!

      • TijucaBH

        Vai numa grande locadora como Localiza e Movida conhecer os seminovos. Os carros sao quase impecáveis e a diferença de preço pro novo é considerável. Você bai rever seus conceitos.

        • Stéfano

          Já fui. Os carros não possuem garantia de fábrica porque a locadora não faz as revisões na concessionária. Por menos dinheiro, peguei o mesmo modelo, com 7 mil km, 1 ano de uso e 4 anos de garantia.

          • Samluzbh

            Realmente tem de saber procurar, aqui em BH as locadoras fazem as revisões na concessionaria exatamente pra manter as garantias que hoje são extensas, e facilitar a revenda. Infelizmente tem alguns carros que perdem isso por estarem locados por períodos grandes, ou rodando onde nem tem concessionarias.

        • T1000

          2 a 3 mil reais de diferença para um novo para mim é mínimo.
          Andando de carona com colegas de trabalho em carros locados, vejo passarem por todos os buracos, sobem o giro do motor frio, esmerilham o freio e erram as marchas. Abastecem nos piores postos, enfiam o carro em enchente.
          Eu alugava muito carro, pegava alguns bons, confesso, mas também muitos com menos de 10mil km cheio de jogos e barulhos de suspensão. Peguei uma vez um uno que me deixou na estrada, fundiu o motor com 18mil km devido estar sem óleo.
          Locacoes sempre das grandes locadoras.
          Sério mesmo, não vale a pena.

          • Samluzbh

            Infelizmente brasileiro tem essa mania de desrespeitar o que não é seu, eu já comprei e indico seminovos de locadora mas tem de esmiuçar o carro e seu histórico, alem de que, tem de ainda estar coberto pela garantia de fabrica.

            • George Gurgel

              meu caso: comprei um logan 1.0 2011/2012 na localiza em 2012, tinha exatamente 1 ano de uso (vi pela data dos pneus) e 14 mil km, se passaram 4 anos e meio, o carro está com 78 mil km e nenhum problema eu tive.

            • RTEC30

              Creio que tenha muitas pessoas preocupadas em não passar em buracos e arregaçarem os carros que terão de ser devolvidos, depois serão cobrados se não estiver em boas condições. Concordo contigo, carro zero é melhor e cobra por isso, mas dependendo do desconto sou mais um usado.

    • Lucas086

      A diferença é muito pouca pra um zero km, sem falar que procurando sempre se acha um semi novo de verdade, de primeiro dono e tal, carro de locadora já teve varios donos, compensava se o preço fosse muuuuuuito bom, mas não é o caso. Eu mesmo não comprava

    • TijucaBH

      Verdade! Muita gente ainda tem preconceito de carro de locadora, mas além de voce estar negociando com empresas maiores, bem estabelecidas no país, como os carros sao bem novos, eles sao obrigados a fazer as revisões em dia por conta da garantia. Os carros que ja foram batidos ou estão em mal estado de conservação, eles passam para lojistas.

      • T1000

        Amigo não é pré-conceito não, é pós conceito!

      • SDS SP

        A julgar pelos carros aqui da empresa (que são alugados), não quero “nem de graça”…Melhor garimpar um exemplar em outras fontes.

    • Diego

      Carro de frota é um péssimo negócio. Há relatos sobre a falta de manutenção aliada a motoristas que levam o motor ao extremo pelo fato do automóvel não ser deles, facilmente você pega carros com pouca quilometragem e amortecedor vazando, pneus com desgaste prematuro, fora aquilo que não se pode ver como a real situação do motor, no final vc economiza em tese 3 mil e gasta mais 5 mil em manutenções como Freios, Pneus, itens do motor; fora a desvalorização do mercado pelas restrições impostas na hora de vender ou contratar um seguro.

      • Samluzbh

        Entendi sua colocação exceto o final, por favor me explica essa parte; “fora a desvalorização do mercado pelas restrições impostas na hora de vender ou contratar um seguro”

    • TijucaBH

      O grande problema dos carros de locadora, falando das grandes, é que elas puxam o preço do usado pra baixo. Veja os carros da Renault e Fiat. Como as locadoras trocam a frota todo ano, colocam no mercado de usados um grande volume de uma só vez de um determinado modelo e como a oferta aumenta, o preço diminui. Isso é bom pra quem está comprando o usado, mas pra quem comprou esse mesmo carro zero, vai amargarbuma depreciação acima da média. Por isso antes de comprar qualquer carro zero, procuro descobrir na internet qual montadora tem menor precentual de vendas locadora. A top é Honda, seguida pela Hyundai, falando apenas das de maior volume…

    • Lucas Fernando

      Concordo, já comprei um Celta na Localiza e um Ká 1.5 na Unidas. O Celta estava com 18 mil KM e ainda com garantia da Chevrolet por mais 3 meses. Na Unidas eles ofertaram 1 ano de garantia completa (igual a da FORD + reboque em qualquer lugar do Brasil) e o carro estava com 29 mil KM. A única desvantagem da locadora pra mim é que você não consegue encontrar carros (populares) com todos os opcionais e em cores sem ser preto, branco ou prata. Fora isso, não tenho do que reclamar.

    • Ailton Maschio Gomes

      Se bobear a locadora vende mais caro do que pagou.

      • tjbuenf

        Mas isso eu nunca tive dúvida. Igual quem compra como PCD e troca de carro a cada 2 anos.

      • T1000

        Nao tenha duvidas, lucram na locação e na venda

      • No_Name

        Com certeza, no mínimo 20% desconto é garantido na hora deles comprarem. Tem marcas que dão até 30%.

    • Emanuel Schott

      Em setembro aluguei um carro que tava sem a capa do motor, com o tampão do porta malas quebrado, com um rasgo no pneu e com a lataria riscada.. e pasmem, o carro tinha só 6 meses e com 8.000Km rodados.

      Pelo preço que vejo por ai, vale mais a pena comprar 0 Km que carro de locadora.

      • Samluzbh

        Carro “zero” só serve pra massagear o ego, lógico que tem de ter paciência e saber procurar seminovos.

        • Emanuel Schott

          Tá.. entre pagar R$3.000 a menos num carro de locadora todo ferrado (é disso que estamos falando) e um zero, você escolheria o de locadora?

          • Samluzbh

            Se a diferença fosse “só” essa realmente não se justifica. Mas não é essa a diferença que tenho visto. Todo seminovo se torna um negocio arriscado num pais que cada um quer levar vantagem sobre os outros, mas se tiver paciência e conhecimento para procurar, é mais justificável que pagar os absurdos que pedem nos “zero”.

            • Emanuel Schott

              Problema é que muita gente não tem paciência e nem conhecimento pra ficar procurando carro usado. E mesmo que de boa procedência e bem revisado, ainda pode aparecer uma surpresinha inesperada. Carro 0 Km é certeza de pegar algo que não vai te deixar na mão e nem apresentar gastos não planejados, pelo menos até vencer a garantia. A coisa vai muito além de “querer mostrar pros outros” (isso não faz nem sentido, um carro de categoria superior chama mais atenção que um zero, porém inferior), ou “massagear ego”.

              • Elizangela Oliveira

                “Carro 0 Km é certeza”… Certeza nunca, uma probabilidade maior, sim!

    • Luconces

      Eu comentei acima, problema de carro de locadora é que o brasileiro que aluga…

  • T1000

    Leilão? Recuperação judicial?
    Kkkkkkk
    Carro bom já está reservado antes de ir a leilão.
    Leilão só é bom para o leiloeiro!

  • Pennywise

    Nas lojas HAVAN, nao tem crise pra quem vende barato.

  • Lucas

    Engraçado que as imagens dos sites são todas americanas, nada demais, mas poderia ser dos melhores sites brasileiros.

    • Diego

      Acredito que seja devido aos Direitos Autorais.

      • Lucas

        Foi o que pensei, mas é uma pena, as vezes ajudaria quem não conhece.

      • Acho que é mais pra não fazer publicidade gratuita. Pois não creio haver Direitos autorais ao divulgar o nome de um site em um artigo publicado em outro site.

    • é uma mensagem subliminar, querendo dizer que aqui carro barato não se encontra :)

  • Zé Mundico

    Apesar dos pesares, acho mais conveniente comprar carros usados em autorizadas ou lojas multimarcas. Embora já tendo comprado carro de particular (o meu último, por exemplo), prefiro fazer negócio com segurança jurídica e com tudo devidamente oficializado e documentado.
    Motivo: o Brasil não é um país para amadores e não confio em particulares. Não quero generalizar, mas tem muito marreteiro nesse país.
    Tá certo que com um particular você pode conversar e chorar mais, pois geralmente o vendedor está em desvantagem, pois é ele que precisa do dinheiro e portanto pode melhorar as condições. Mas você se arrisca a pegar uma bomba com prazo de validade ou um carro com defeitos ocultos e bem disfarçados. Depois, não adianta chorar.
    Já na loja a negociação tem algum amparo legal, pois é uma relação comercial regida por leis e registrada pelas transferências feitas. Também tem o lado da concorrência e reputação da loja, que não vai querer se sujar com qualquer presepada. Se algo der errado, é mais fácil você ter quem procurar e conversar de igual para igual. A loja é obrigada a te dar garantia de 90 dias no motor e transmissão. Além do mais, com dinheiro vivo na mão, a loja pode te oferecer mais opções de modelos, incluindo desconto ou prazo maior, coisa que o particular não pode dar.
    Outro ponto importante é perguntar antes o valor de todas as taxas que incidirão na compra. Os vendedores tem a má-fé de só informar taxas na hora de assinar o cheque, típica pegadinha de vigarista.
    Enfim, cada caso é um caso, mas o importante é ficar de olho aberto e não acreditar em nada do que o vendedor falar. Acredite apenas no que sabe e no que está vendo e não ouça opinião nem palpite de vendedor.
    É preciso ter em mente que o vendedor não é seu amigo e nem está ali para te ajudar, mas sim para tirar a comissão dele.

  • Danilo Silva

    Tive um Celta 2010 que comprei na localiza em Dezembro do mesmo ano, estava com 20.000KM e nunca me deu problema vendi em 2014 com 70.000KM, único problema foi para revender perdi uns 4 mil viam com maus olhos quando olhavam o histórico do veículo, mas quando comprei economizei 6 mil comparado aos Celtas de lojas ou zero do mesmo ano, hoje em dia não compensa comprar de locadoras pq os preços praticados são pouca coisa de diferença.

  • Tom Costa

    Comprei um Ka 2015 na Localiza de Belém. Comprei confiando e nem me preocupei em coisas como número de chassi e motor.
    Levaram 6 meses pra transferir o carro pro meu nome e não entendia porque da demora, isso porque eu perturbava constantemente. Nesse período, o seguro que havia transferido venceu e fui fazer um novo.
    Descobri então que haviam trocado o motor e não havia nenhuma informação disso em lugar nenhum, nem me comunicaram, nem o Detran.
    Mais quase dois meses pra me devolverem o dinheiro, indo perturbar a paciência do gerente quase todo dia.
    NUNCA MAIS compro carro de locadora. Nunca tive tanto trabalho com a compra de um carro.

    • Luconces

      Problema de carro de locadora é que brasileiro usa.

      Não existe lombada, valeta, calçada… o pessoal maltrata demais os carros.

      Fomos ver uma vez um celta, deu dó dos carros no pátio. Alguns com a pintura externa ok mas dentro era um estrago.

      Pneus eram novos pois estavam trocando.

      Se nego ja judia carro de empresa, imagina quando tá “pagano” para usar. Complicado.

    • Retrato do Papai

      2~3 anos de uso e já teve que trocar até o motor… pensa em um carro surrado

      • Tom Costa

        Outros amigos já compraram com eles e nunca tiveram problemas. Esse Ka aparentemente não tinha nada, interior perfeito, funcionamento perfeito. 7 meses com ele e não apresentou nenhum defeito. Aí descobri o porque de tanta dor de cabeça pra passar pro meu nome.

        Demoraram pra me devolver o dinheiro, mas devolveram inclusive as prestações do financiamento no valor cheio, com os juros.
        Resolvi comprar no lugar um Peugeot 408 2012 com 70.000km, único dono, impecável o carro, o cara cuidava do carro como um filho. Gastei muito menos, tenho muito mais, apenas peças de acabamento são caras, as de desgaste natural e manutenção custam pouca coisa a mais. O seguro saiu quase o mesmo valor do Ka 2015.

  • Felipe Caldas

    Galera, estou querendo comprar um carro de até 25 mil temers. Estou pensando no focus, sentra e no 408. Qual a opinião de vocês? Qual escolheriam? Ou escolheriam outro carro? Agradeço a ajuda de todos!

    • Alcindo Gandhi

      Os 3 são bons carros, mas nesse preço, provavelmente estarão bem rodados e a manutenção desses carros não é barata. Pode separar de R$3.000,00 a R$4.000,00 pra deixar o carro em dia e enfrentar algum imprevisto.
      Já andei nos 3. Eu tenho um Focus hatch, imagino que você queira o sedan.
      Não compre o Focus 1.6. Anda bem menos e bebe quase a mesma coisa.
      Se você deseja a versão manual, a escolha entre um dos 3 passa vai depender mais do seu gosto.
      Se você deseja a versão automática, eu escolheria o Sentra (CVT), seguido do Focus e do Peugeot. Mas aí não sei se você encontra nesse valor um modelo em bom estado que vale a pena investir.
      No mais, são carros espaçosos e confortáveis, muito melhores que os carros populares da mesma época.
      São carros robustos e dificilmente vão te deixar na mão, desde que estejam em dia com a manutenção.
      Acho que vale a pena se você não roda tanto e tem recursos reservados para a manutenção. Caso contrário, existem opções melhores.

    • Tom Costa

      Comprei um 408 2012 manual allure. único dono, bem conservado, bancos de couro, somente peças originais, já me entregou com pneus, pastilhas, discos, fluidos e filtros trocados. Estou adorando o carro, apesar do consumo alto na cidade(esperado para o porte do carro e rodo pouco mesmo…) Mas para comprar um médio usado, deixe sempre uma quantia separada e troque logo o kit de correia dentada, fluidos e filtros.

      • Tom Costa

        Quilometragem é o de menos, apesar do preconceito do brasileiro. Carro bem cuidado como encontrei, com 70.000km, por 27.000, valeu cada centavo. Os franceses tem fama de difícil revenda, mas não pense que é fácil vender um sentra ou focus. Racionalmente os três modelos propostos são compras racionais, melhor que dar 40-45.000 em um corolla surrado do mesmo ano.

        • Jose Alexandre Mendonça Neto

          Com certeza os franceses são bons carros, mas olhando para um futuro próximo, e consequentemente na revenda eu ainda prefiro pagar uns 10-12.000 a mais em um corolla, mesmo que for 2 a 3 anos mais velho.

          • Tom Costa

            Bem, é o seu dinheiro, se você acha que vale a pena dispor essa diferença de dinheiro pra ter a mesma coisa pensando em revenda, fazer o quê. Eu não fico pensando muito em revenda, procuro comprar beeem desvalorizado, assim, não tem muito pra onde cair de preço, no máximo demora mais pra achar um comprador.
            Minha experiência diz carro impecável aliado a preço atraente sempre acha um novo dono, ainda que demore mais.
            Se compro por 27.000 hoje e daqui a dois anos conseguir vender por 22-24.000, terei perdido apenas 3-5.000. Um corolla de de 45.000 do mesmo ano vai perder os mesmos 3-5.000 na revenda, mas eu dispus 27.000 no peugeot em vez de 45.000 no toyota. São mais de 15.000,00 empatados no mesmo bem, que pode ser revertidos para outras coisas.
            Já tive vários franceses e nunca me deram dor de cabeça.

          • Zé Mundico

            Conversa, esses 10-12.000 você já começou perdendo, pois nunca vai conseguir tirar na revenda.
            Sem falar que carro velho (mesmo o idolatrado Corolla) já tem todas as possibilidades de estar mais detonado e te fazer gastar mais na manutenção. Carro velho é carro velho, independente de marca.

    • Gil de Piento

      O 408 dificilmente se encontra em boas condições abaixo dos 25 mil. O Focus nessa faixa de preço geralmente é o de primeira geração. Então eu optaria pelo Sentra, que tanto manual quanto automático é elogiado, e tinha um bom nível de segurança estrutural, além de ser facilmente encontrado nessa faixa de preços.

  • Eduardo Sad

    O melhor local pra

  • ####Carlao GTS

    Peguei uma Caravan 87.
    4cc.

    • Zé Mundico

      Pelo menos ficou livre do IPVA.

  • impostoéroubo

    mensagem não aparece

  • Gil de Piento

    Resumindo: para comprar carro, barato ou não, basta procurar qualquer meio de venda de carros.

  • Cristiano

    Pra quem mora no RJ, vale olhar em SP. Os carros mais bem conservados e os preços 10% a baixo daqui. Eu comprei 2 nesse esquema e fui la buscar voltei dirigindo… A diferença deu uns 5K em cada um… Pra blindado então nem se fala.

    • T1000

      Em sp saindo da capital ninguém quer saber de blindado, talvez explique o valor mais em conta.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email

receber-noticias Notícias por email