Peugeot 2008 – defeitos e problemas

Peugeot 2008 - defeitos e problemas

O Peugeot 2008 é um crossover compacto da marca francesa e feito no Brasil, que é um dos players do segmento mais badalado do mercado, o dos SUVs compactos.

O modelo é feito sobre a plataforma PF1 e tem duas versões de motorização, além de algumas de conteúdo. Mas, quais serão os defeitos e problemas desse produto?

O 2008 é um projeto derivado do hatch 208, que acaba de ser renovado na Europa com uma segunda geração, que vem ao país. O utilitário esportivo da Peugeot é pequeno, medindo 4,159 m de comprimento, 1,739 m de largura, 1,583 m de altura e 2,542 m de entre eixos.

Equipado com motores 1.6 Flex de até 118 cavalos e 1.6 THP Flex com até 173 cavalos, o Peugeot 2008 tem opção de câmbio automático apenas na versão mais fraca, o que é uma falha num segmento que valoriza esse item. Com 355 litros no porta-malas, o crossover tem um bom espaço e acabamento, assim como conectividade e um painel bem moderno.

Mas, mesmo tendo itens como teto panorâmico, o Peugeot 2008 também recebe reclamações de alguns de seus proprietários.

A grande maioria dos relatos com queixas dos donos é referente a barulhos na suspensão traseira, assim como limpador de para-brisa e ruídos no painel.

Peugeot 2008 – defeitos e problemas

Peugeot 2008 - defeitos e problemas

O Peugeot 2008 é um carro recente e por isso não tem muitos relatos de defeitos e problemas.

Lançado em abril de 2015, o modelo tem alguns relatos de reclamação dos clientes referentes aos barulhos internos. Em realidade, a maior quantidade encontrada na internet trata mesmo é do conjunto de suspensão traseira.

Os clientes reclamam que o conjunto de molas e amortecedores tem calibração ruim, que faz com que o curso do conjunto seja inadequado para a buraqueira das ruas brasileiras. Outros dizem que a pressão do ajuste faz com que o retorno em caso de passagem de lombadas ou ondulações no asfalto, seja bem incomodo.

Também existem aqueles que relatam o alcance do limite do curso durante a condução em ruas de piso ruim ou com o carro parcialmente carregado. O Peugeot 2008 utiliza na maioria das versões, rodas de liga leve aro 16 com pneus altos 205/60 R16. Mas, não é somente a suspensão que gera críticas.

Alguns relatam que o estepe também faz barulho, assim como parte do acabamento, que inclui ainda o teto panorâmico. Mas, o painel é líder na quantidade de relatos, que não foram detalhados exatamente. Entretanto, o porta-luvas travado foi apontado por outros donos, algo resolvido facilmente na concessionária.

Limpador de para-brisa

Peugeot 2008 - defeitos e problemas

Um problema recorrente ao Peugeot 208 (confira também Peugeot 208 – defeitos e problemas) também é verificado no 2008. Como ambos compartilham muitas peças, esta também é fonte de reclamação de diversos proprietários, que relatam desde barulhos no funcionamento até riscos no vidro do para-brisa, demandando reparação na concessionária.

Não foram vistos casos de travamento do mesmo por causa do capô, como no Peugeot 208, mas a incidência de problemas na haste do limpador já demandaria uma correção por parte do fabricante.

Isso foi feito em relação ao chicote elétrico do para-brisa no caso do Peugeot 2008, tendo sido feita chamada para carros produzidos entre 21 de outubro de 2014 e 1 de outubro de 2015. A chamada começou em março de 2016.

Também já visto no 208, a entrada de água pelo aerofólio sobre a tampa do porta-malas também foi verificada por alguns donos do Peugeot 2008.

O motivo é o desprendimento dos parafusos que o prendem à tampa, sendo que um dos proprietários providenciou a instalação dos que haviam caído ou estavam faltando, resolvendo o problema.

Outras reclamações

Peugeot 2008 - defeitos e problemas

Para quem pensa em ter um Peugeot 2008, a quantidade de reclamações consideradas pelos donos como defeitos e problemas são poucos, com a maioria tecendo elogios ao crossover desde a beleza até o padrão de acabamento dos bancos, que realmente é um diferencial do pequeno utilitário esportivo.

Mas, nem tudo são flores. Alguns relatam falhas no funcionamento ao dar a partida, geralmente com melhora na mudança de combustível ou simplesmente o problema desaparece. Quem vai à concessionária, ouve do técnico que o motor não tem problemas de funcionamento.

Se as falhas são pontuais, o consumo nem tanto. Os relatos são variados nesse caso, indo desde consumos exagerados de 6,5 e 7 km/l na cidade usando gasolina até médias de 14 km/l com o mesmo. No etanol, a reclamação é recorrente em quase todos os casos.

Também se queixam do câmbio automático de 4 marchas, o famoso AL4. Existem reclamações de limitação de performance, trancos e demora exagerada na redução de marcha, em especial quando se precisa subir planos bem inclinados.

Outros indicam que essas características da transmissão ajudam a elevar suas médias de consumo no dia a dia, o que incomoda bastante. Somente em agosto de 2017, é que o Peugeot 2008 ganhou o câmbio automático de seis marchas com os modos Eco, Sport, Sequencial e Drive.

O motor 1.6 16V Flex também recebeu alterações, passando a ter 118 cavalos ante os 122 anteriores. No entanto, o 1.6 THP Flex continua com o manual de seis marchas, algo que alguns clientes relataram a necessidade em te-lo.

Detalhes

Peugeot 2008 - defeitos e problemas

Os detalhes que geram críticas dos proprietários do Peugeot 2008 são muito frequentes nos relatos. A maior delas é a falta de abertura interna do porta-malas, que muitos dizem incomodar na hora de colocar bagagens ou compras. O mesmo vale para a não existência de abertura interna do bocal do tanque.

Também reclamam da falta de alças no teto, assim como de função one touch para todos os vidros. A tela de proteção do teto panorâmico também é criticada, pois amplia enormemente o calor no interior do veículo em dias ensolarados, mesmo com essa cobertura totalmente fechada.

O ar condicionado dual zone é citado igualmente por não compensar de forma rápida a climatização no habitáculo em dias quentes. A multimídia dos modelos mais antigos é fonte de queixas no que diz respeito ao espelhamento com o sistema MirrorLink.

No geral, o Peugeot 2008 tem menos defeitos e problemas que o irmão menor e é um dos SUVs compactos menos criticados nesses aspectos.

Em relação ao produto em si, mesmo com a apontamento de alguns detalhes e ausências do conjunto, os donos se mostram satisfeitos com seus carros. A rede Peugeot, no entanto, é pouco elogiada.

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações.